Você está na página 1de 13

HISTÓRIA DA BIOTECNOLOGIA

DEFINIÇÃO:

Biotecnologia define-se pelo uso de conhecimento sobre processos biológicos e sobre as propriedades dos seres vivos, com a finalidade de resolver problemas e criar produtos de utilidade.Convenção sobre biodiversidade biológica da ONU.

A biotecnologia abrange diferentes áreas do conhecimento que incluem:

Ciência básica: biologia molecular, microbiologia, biologia

celular, genética e embriologia

Ciência aplicada: Imunologia, química e bioquímica Outras tecnologias: informática, robótica, controle de processos

Os produtos da biotecnologia incluem:

Alimentos (pães, bebidas alcoólicas e proteínas)

Medicamentos, vacinas, hormônios (insulina, hormônio do crescimento), reagentes, testes

diagnósticos.

Biocombustível, defensivos agrícolas, etc

6.000 a.C. sumérios e babilônios utilizaram a cevada para produzir bebidas alcoólicas (cerveja e vinho).

2.000 a.C. - panificação e bebidas fermentadas são utilizadas por

egípcios e gregos

alcoólicas (cerveja e vinho). 2.000 a.C. - panificação e bebidas fermentadas são utilizadas por egípcios e
alcoólicas (cerveja e vinho). 2.000 a.C. - panificação e bebidas fermentadas são utilizadas por egípcios e

1875 d. C. Pasteur (químico) mostra que a fermentação é causada por micro-organismos -Pasteurização: dça do vinho, aquecer o vinho a 55º C por alguns minutos. Procedimento realizado com leite e cerveja.

1880-1910 Surgimento da fermentação industrial (ácido láctico, etanol, vinagre)

realizado com leite e cerveja. 1880-1910 – Surgimento da fermentação industrial (ácido láctico, etanol, vinagre)

1910-1940 Durante a primeira guerra mundial gdes processos fermentativos. - Alemanha: glicerol para produção de explosivos

-Inglaterra: acetona para fabricação de munições

1940-1950 - antibióticos são produzidos em larga escala por processos fermentativos

-1928 descoberta da penicilina por Alexander Fleming. É o marco da

fermentação industrial.

por processos fermentativos - 1928 descoberta da penicilina por Alexander Fleming. É o marco da fermentação

1953 - estabelecida a estrutura biotecnologia passa de fato a existir.

1973 - início da engenharia genética

do

DNA:

-DNA recombinante: criação de novos organismos

vivos -Técnica do hibridoma: 2 ou mais células são fundidas para formar uma nova célula com

características ideais.

1983 - insulina humana é produzida (técnica do DNA

recombinante)

-Laboratório Eli Lily, pioneira na síntese de insulina

humana

-Lily: insulina lispro simula a insulina pós-pandrial

BIOTECNOLOGIA NO BRASIL

Década de 40 Faculdade de Viçosa (MG) fundaram a Sementes Agroceres

(pioneira) a produzir sementes de milho híbrido.

Década de 60 outras empresas do ramo agrícola trabalhou com melhoramento genético de sementes forrageiras (para pasto).

Houve avanço da biotecnologia a partir dos anos 90 (duplicou o número de pesquisa em biotecnologia).

Em 2000 o projeto genoma brasileiro foi lançado e conta com a participação de 25 laboratórios de biologia molecular de diversos estados brasileiros.

Das 304 empresas, 81% estavam concentradas em três

estados: São Paulo (42%), Minas Gerais (29%) e Rio de

Janeiro (9%).

Quanto à distribuição setorial, 55% das empresas se

concentravam em três segmentos de mercado: 24% na saúde humana, 17% no fornecimento de equipamentos

e insumos e 14% no agronegócios.