Você está na página 1de 1

Profª Literatura

Série: 3ª EM Data:__ _ Nota:__________________

Aluno (a): ________________________________________________________________________________________

Instruções gerais:
01. TODAS as respostas deverão ser feitas no seu caderno.
ooo

TRABALHO SOBRE O PARNASIANISMO


Musa Impassível
Francisca Júlia

Musa! um gesto sequer de dor ou de sincero


Luto jamais te afeie o cândido semblante! Dá-me o hemistíquio d'ouro, a imagem atrativa;
Diante de um Job, conserva o mesmo orgulho; e diante A rima, cujo som, de uma harmonia crebra,
De um morto, o mesmo olhar e sobrecenho austero. Cante aos ouvidos d'alma; a estrofe limpa e viva;

Em teus olhos não quero a lágrima; não quero Versos que lembrem, com seus bárbaros ruídos,
Em tua boca o suave e idílico descante. Ora o áspero rumor de um calhau que se quebra,
Celebra ora um fantasma anguiforme de Dante, Ora o surdo rumor de mármores partidos.
Ora o vulto marcial de um guerreiro de Homero.

Job – personagem bíblico que significa aquele que Homero – poeta grego, a quem
sofre, aquele para quem a vida é provação. são atribuídas as principais
sobrecenho – semblante severo epopeias da Grécia antiga: a
idílico – amoroso Ilíada e a Odisséia;
descante – canto hemistíquio – a metade de um
anguiforme – que tem a forma de serpente verso alexandrino (de doze
Dante – grande peota italiano renascentista, autor sílabas métricas) e, por
da Divina Comédia. extensão, de qualquer verso.
marcial – relativo à guerra creba – repetida
calhau – fragmento de rocha
dura, pedra solta, eixo.
ATIVIDADES

1. Ao longo do soneto, o sujeito poético tem como interlocutora a sua musa, isto é,
a sua fonte de inspiração artística.
Escultura Musa Impassível
a) Quais as características da musa, presentes no primeiro quarteto? (Francisca Júlia) de Victor
b) Ainda de acordo com essa estrofe e como os dois versos iniciais do segundo Brecheret, exibida na
quarteto, que comportamentos a musa deve rejeitar, para manter suas Pinacoteca do Estado.
características? Créditos: Leandro Lanzoni.
c) Tais comportamentos lembram que estilo literário? Por quê?

2. A “musa impassível”parnasiana é fundamentalmente anti-romântica. Como o título e os seis versos iniciais do


poema justificam a 1ª parte dessa afirmação?

3. Nos tercetos aparecem alguns dos principais traços estilísticos valorizados pelos parnasianos que buscavam,
sobretudo, a perfeição formal, de acordo com critérios clássicos. Exemplifique tais traços com passagens dessa
parte depois de observar o exemplo abaixo.

Descritivismo impessoal e objetivo (versos elaborados com tal racionalidade e precisão que parecem existir sem
interferência humana);
“Versos que lembrem, com seus bárbaros ruídos,
Ora o áspero rumor de um calhau que se quebra,
Ora o surdo rumor de mármores partidos.”

a) preciosismo linguístico e vocabular (busca da palavra rara e perfeita, dos elementos poéticos – a métrica, a
rima, as imagens, as estruturas sintáticas, etc. – mais sofisticados)
b) culto ao equilíbrio clássico e referências à mitologia greco-latina.

4. Considerando as características do Parnasianismo percebidas até agora, dê sua opinião: a poesia parnasiana é
resultado da inspiração ou do trabalho, da “transpiração”?

AcroPDF - A Quality PDF Writer and PDF Converter to create PDF files. To remove the line, buy a license.