Você está na página 1de 16
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

MODELOS DE QUEIXA-CRIME

QUEIXA OFERECIDA PELA PRÓPRIA VÍTIMA PERANTE OS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS, APÓS A AUDIÊNCIA PRELIMINAR:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO COMARCA

JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DA

, QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número ,
,
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,

NOME DA VÍTIMA, nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme

inscrito no CPF sob o nº

procuração com poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do

Código Penal, oferecer

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

Comarca, data.

Advogado, OAB.

arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) Comarca, data. Advogado, OAB. www.cers.com.br

www.cers.com.br

1
1
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

QUEIXA OFERECIDA PELA VÍTIMA INCAPAZ, ATRAVÉS DE SEU REPRESENTANTE LEGAL, PERANTE OS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS, APÓS A AUDIÊNCIA PRELIMINAR:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO COMARCA

JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DA

, QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número ,
,
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,

NOME DA VÍTIMA, menor ou incapaz, neste ato representada por NOME DO REPRESENTANTE LEGAL,

nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

inscrito no CPF sob o nº

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com poderes

especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal,

oferecer

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

Comarca, data.

Advogado, OAB.

arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) Comarca, data. Advogado, OAB. www.cers.com.br

www.cers.com.br

2
2
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

QUEIXA OFERECIDA PELO SUCESSOR DA VÍTIMA FALECIDA, PERANTE OS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS, APÓS A AUDIÊNCIA PRELIMINAR:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO COMARCA

JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DA

, inscrito no

CPF sob o nº

poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma do art. 31 do Código de Processo Penal, na forma dos artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer QUEIXA CRIME

NOME DO SUCESSOR, nacionalidade, estado civil, portador da carteira de identidade nº

, residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com

nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , , Comarca, data. Advogado, OAB.
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
,
Comarca, data.
Advogado, OAB.

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

PRELIMINARMENTE

Cabe ressaltar que, em verdade a vítima dos fatos objeto da presente, NOME DA VÍTIMA, faleceu na data

não havendo tempo hábil para o exercício do seu direito de queixa, motivo pelo qual o (indicar se cônjuge ou companheiro, ascendente, descendente ou irmão) oferece a

querelante,

queixa na forma do art. 31 do Código de Processo Penal.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. …. Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos, Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

as testemunhas abaixo arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 3

www.cers.com.br

3
3
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

QUEIXA OFERECIDA PELA PRÓPRIA VÍTIMA PERANTE OS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS, ANTES DA AUDIÊNCIA PRELIMINAR:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO COMARCA

JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DA

NOME DA VÍTIMA, nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

inscrito no CPF sob o nº

, QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número ,
,
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme

procuração com poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer

em face de

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

inscrito no CPF sob o

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência preliminar, na forma do artigo 72 da Lei 9.099/95, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Comarca, data.

Advogado, OAB.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Comarca, data. Advogado, OAB. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br

www.cers.com.br

4
4
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

QUEIXA OFERECIDA PELA VÍTIMA INCAPAZ, ATRAVÉS DE SEU REPRESENTANTE LEGAL, PERANTE OS JUIZADOS ESPECIAIS CRIMINAIS, ANTES DA AUDIÊNCIA PRELIMINAR:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO COMARCA

JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DA

NOME DA VÍTIMA, menor ou incapaz, neste ato representada por NOME DO REPRESENTANTE LEGAL,

nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

, QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número ,
,
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,

inscrito no CPF sob o nº

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com poderes

especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência preliminar, na forma do artigo 72 da Lei 9.099/95, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Comarca, data.

Advogado, OAB.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Comarca, data. Advogado, OAB. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br

www.cers.com.br

5
5
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Queixa oferecida pelo sucessor da vítima falecida, perante os Juizados Especiais Criminais, ANTES da audiência preliminar:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO COMARCA

JUIZADO ESPECIAL CRIMINAL DA

, inscrito no

CPF sob o nº

poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma do art. 31 do Código de Processo Penal, na forma dos artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer QUEIXA CRIME

NOME DO SUCESSOR, nacionalidade, estado civil, portador da carteira de identidade nº

, residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com

nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , ,
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
,

Comarca, data. Advogado, OAB.

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

PRELIMINARMENTE

Cabe ressaltar que, em verdade a vítima dos fatos objeto da presente, NOME DA VÍTIMA, faleceu na data

querelante,

não havendo tempo hábil para o exercício do seu direito de queixa, motivo pelo qual o (indicar se cônjuge ou companheiro, ascendente, descendente ou irmão) oferece a

queixa na forma do art. 31 do Código de Processo Penal.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência preliminar, na forma do artigo 72 da Lei 9.099/95, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. …. Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos, Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

as testemunhas abaixo arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 6

www.cers.com.br

6
6
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

MODELOS DE QUEIXA OFERECIDA PERANTE A VARA CRIMINAL (o mesmo modelo será utilizado no caso de oferecimento de queixa perante o Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, hipótese na qual deverá ser alterado o endereçamento)

Queixa oferecida pela própria vítima:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

, QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número ,
,
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,

NOME DA VÍTIMA, nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme

inscrito no CPF sob o nº

procuração com poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Comarca, data.

Advogado, OAB.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Comarca, data. Advogado, OAB. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br

www.cers.com.br

7
7
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Queixa oferecida pela vítima incapaz, através de seu representante legal:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

NOME DA VÍTIMA, menor ou incapaz, neste ato representada por NOME DO REPRESENTANTE LEGAL,

inscrito no CPF sob o nº

nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

, QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , Comarca, data.
,
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
Comarca, data.

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com poderes

especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Advogado, OAB.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

abaixo arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Advogado, OAB. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 8

www.cers.com.br

8
8
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Queixa oferecida pelo sucessor da vítima falecida:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

, inscrito no

CPF sob o nº

poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma do art. 31 do Código de Processo Penal, na forma dos artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer QUEIXA CRIME

NOME DO SUCESSOR, nacionalidade, estado civil, portador da carteira de identidade nº

, residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com

nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , , Comarca, data. Advogado, OAB.
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
,
Comarca, data.
Advogado, OAB.

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

PRELIMINARMENTE

Cabe ressaltar que, em verdade a vítima dos fatos objeto da presente, NOME DA VÍTIMA, faleceu na data

não havendo tempo hábil para o exercício do seu direito de queixa, motivo pelo qual o (indicar se cônjuge ou companheiro, ascendente, descendente ou irmão) oferece a

querelante,

queixa na forma do art. 31 do Código de Processo Penal.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. …. Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos, Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

as testemunhas abaixo arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 9

www.cers.com.br

9
9
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

MODELOS DE QUEIXA OFERECIDA PERANTE A VARA CRIMINAL EM CASO DE CRIMES CONTRA A HONRA (o mesmo modelo será utilizado no caso de oferecimento de queixa perante o Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, hipótese na qual deverá ser alterado o endereçamento)

Queixa oferecida pela própria vítima:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

, QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número ,
,
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,

NOME DA VÍTIMA, nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme

inscrito no CPF sob o nº

procuração com poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência de conciliação, na forma do artigo 520 do Código de Processo Penal, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Comarca, data.

Advogado, OAB.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

Nestes termos, Espera deferimento. Comarca, data. Advogado, OAB. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 10

www.cers.com.br

10
10
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Queixa oferecida pela vítima incapaz, através de seu representante legal:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

NOME DA VÍTIMA, menor ou incapaz, neste ato representada por NOME DO REPRESENTANTE LEGAL,

, inscrito no CPF sob o nº

, residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com poderes

especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer

nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

QUEIXA CRIME nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , Comarca, data.
QUEIXA CRIME
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
Comarca, data.

Advogado, OAB.

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência de conciliação, na forma do artigo 520 do Código de Processo Penal, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos,

Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

as testemunhas abaixo arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 11

www.cers.com.br

11
11
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Queixa oferecida pelo sucessor da vítima falecida:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

, inscrito no

CPF sob o nº

poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma do art. 31 do Código de Processo Penal, na forma dos artigos 30 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 2º do Código Penal, oferecer QUEIXA CRIME

NOME DO SUCESSOR, nacionalidade, estado civil, portador da carteira de identidade nº

, residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com

nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , ,
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
,

Comarca, data. Advogado, OAB.

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

PRELIMINARMENTE

Cabe ressaltar que, em verdade a vítima dos fatos objeto da presente, NOME DA VÍTIMA, faleceu na data

querelante,

não havendo tempo hábil para o exercício do seu direito de queixa, motivo pelo qual o (indicar se cônjuge ou companheiro, ascendente, descendente ou irmão) oferece a

queixa na forma do art. 31 do Código de Processo Penal.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência de conciliação, na forma do artigo 520 do Código de Processo Penal, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos, Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

as testemunhas abaixo arroladas. Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 12

www.cers.com.br

12
12
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

AÇÃO PENAL PRIVADA SUBSIDIÁRIA DA PÚBLICA Lembre-se que, neste caso, estamos diante de um crime de ação penal pública no qual o Ministério Público descumpriu o prazo do art. 46 do CPP, permanecendo inerte. Assim, surge para a vítima a oportunidade de oferecer a queixa-crime subsidiária. Referida queixa-crime subsidiária poderá ser oferecida perante a Vara Criminal, o Tribunal do Júri, os Juizados Especiais Criminais, ou mesmo o Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, dependendo do crime praticado e da competência para o seu processo e julgamento. Assim, você deve estar atento à possível diferença no endereçamento. Os exemplos abaixo referem-se a uma queixa-crime subsidiária oferecida perante a Vara Criminal.

Queixa-crime subsidiária oferecida pela própria vítima:

, nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , / , /
,
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
/
, /

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

NOME DA VÍTIMA, nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

,

residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme

inscrito no CPF sob o nº

procuração com poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 29 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 3º do

Código Penal, oferecer QUEIXA-CRIME SUBSIDIÁRIA

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

PRELIMINARMENTE

Embora a conduta ora imputada ao querelante se caracterize como infração de ação penal pública verifica-

se que o Ministério Público recebeu as peças de informação em

sendo certo que permanece

inerte até a presente data. Assim, possui o ora querelante legitimidade para o oferecimento da presente queixa subsidiária, conforme arts. 5 o ., LIX, da Constituição Federal, 100, § 3 o ., do Código Penal e 29, do

Código de Processo Penal.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência de conciliação, na forma do artigo 520 do Código de Processo Penal, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

como incurso nas penas do art. …. Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas. www.cers.com.br

www.cers.com.br

13
13
Nestes termos, Espera deferimento. OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal

Nestes termos, Espera deferimento.

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Comarca, data. Advogado, OAB.

Rol de testemunhas: 1) 2) 3)
Rol de testemunhas:
1)
2)
3)
Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça Comarca, data. Advogado, OAB. Rol de testemunhas: 1) 2) 3)

www.cers.com.br

14
14
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Queixa-crime subsidiária oferecida pela vítima incapaz, através de seu representante legal:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

NOME DA VÍTIMA, menor ou incapaz, neste ato representada por NOME DO REPRESENTANTE LEGAL,

, inscrito no CPF sob o nº

, residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com poderes

especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma artigos 29 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 3º do Código Penal, oferecer

nacionalidade, estado civil, profissão, portador da carteira de identidade nº

QUEIXA-CRIME SUBSIDIÁRIA nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , / , /
QUEIXA-CRIME SUBSIDIÁRIA
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
/
, /

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

PRELIMINARMENTE

Embora a conduta ora imputada ao querelante se caracterize como infração de ação penal pública verifica-

se que o Ministério Público recebeu as peças de informação em

sendo certo que permanece

inerte até a presente data. Assim, possui o ora querelante legitimidade para o oferecimento da presente queixa subsidiária, conforme arts. 5 o ., LIX, da Constituição Federal, 100, § 3 o ., do Código Penal e 29, do Código de Processo Penal.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência de conciliação, na forma do artigo 520 do Código de Processo Penal, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. ….

Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos, Espera deferimento.

Comarca, data. Advogado, OAB.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

Nestes termos, Espera deferimento. Comarca, data. Advogado, OAB. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) www.cers.com.br 15

www.cers.com.br

15
15
OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana

OAB XIII EXAME DE ORDEM - 2 a FASE Direito Penal Geovane Moraes e Ana Cristina Mendonça

Queixa-crime subsidiária oferecida pelo sucessor da vítima falecida:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

VARA CRIMINAL DA COMARCA DE

, inscrito no

CPF sob o nº

poderes especiais em anexo, em conformidade com o art. 44 do Código de Processo Penal, vem a Vossa Excelência, na forma do art. 31 do Código de Processo Penal, na forma dos artigos 29 e 41 do Código de Processo Penal, e art. 100, § 3º do Código Penal, oferecer QUEIXA-CRIME SUBSIDIÁRIA

NOME DO SUCESSOR, nacionalidade, estado civil, portador da carteira de identidade nº

, residência e domicílio, por seu advogado abaixo assinado, conforme procuração com

nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número , / , / ,
nacionalidade, estado civil, profissão, identidade número
,
/
, /
,

em face de

inscrito no CPF sob o

,

, residência e domicílio, pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir expostos.

PRELIMINARMENTE

Embora a conduta ora imputada ao querelante se caracterize como infração de ação penal pública verifica-

se que o Ministério Público recebeu as peças de informação em

sendo certo que permanece

inerte até a presente data. Assim, possui o ora querelante legitimidade para o oferecimento da presente queixa subsidiária, conforme arts. 5 o ., LIX, da Constituição Federal, 100, § 3 o ., do Código Penal e 29, do Código de Processo Penal.

Ainda cabe ressaltar que, em verdade a vítima dos fatos objeto da presente, NOME DA VÍTIMA, faleceu

na data

querelante,

não havendo tempo hábil para o exercício do seu direito de queixa, motivo pelo qual o (indicar se cônjuge ou companheiro, ascendente, descendente ou irmão) oferece a

queixa-crime subsidiária na forma do art. 31 do Código de Processo Penal.

DOS FATOS

Apresentar os fatos indicados no enunciado da questão, motivadores da ação penal privada.

DO DIREITO

Indicar as razões jurídicas que justificam a tipificação da conduta.

DO PEDIDO

DIANTE DO EXPOSTO, requer o querelante seja designada audiência de conciliação, na forma do artigo 520 do Código de Processo Penal, e, em caso de impossibilidade de conciliação, requer seja recebida a presente, citado o querelado para responder aos termos da ação penal e, ao final, julgado procedente o pedido para condenar o querelado como incurso nas penas do art. …. Requer ainda sejam intimadas as testemunhas abaixo arroladas.

Nestes termos, Espera deferimento.

Rol de testemunhas:

1)

2)

3)

Comarca, data. Advogado, OAB.

Nestes termos, Espera deferimento. Rol de testemunhas: 1) 2) 3) Comarca, data. Advogado, OAB. www.cers.com.br 16

www.cers.com.br

16
16