Você está na página 1de 121
Faculdade Pitágoras Maranhão ENADE 2015 Conquiste a Nota máxima para o seu curso Seminário Temático
Faculdade Pitágoras Maranhão
ENADE 2015
Conquiste a Nota
máxima para o
seu curso
Seminário Temático
Formação Geral
Prof. MSc. Gerisval Alves Pessoa
Outubro de 2015

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Temático Formação Geral Prof. MSc. Gerisval Alves Pessoa Outubro de 2015 Revisão 02  Gerisval Pessoa

1 de 121

Temático Formação Geral Prof. MSc. Gerisval Alves Pessoa Outubro de 2015 Revisão 02  Gerisval Pessoa
Temático Formação Geral Prof. MSc. Gerisval Alves Pessoa Outubro de 2015 Revisão 02  Gerisval Pessoa

Gerisval Alves Pessoa

Mestre em Gestão Empresarial (EBAPE/FGV).

Especialista em Engenharia da Qualidade (UEMA). Químico Industrial (UFMA)

Aperfeiçoamento em Total Quality Control - TQC (JUSE / Tóquio - Japão)

Programa de Desenvolvimento de Empreendedorismo (MIT Sloan School of Management Cambridge-MA-EUA)

Professor do curso de Administração (UEMA: 1998 2002 e FAMA: 2003 2014)

Professor dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e CST em logística (Faculdade Pitágoras Maranhão)

Professor Especialização em Engenharia Ferroviária (IFMA e UNDB)

Professor Especialização em Engenharia Portuária (UFRJ, UFMA e ISUTC Maputo - Moçambique)

Professor Especializações (UFMA): Engenharia de Campo Qualidade; Gestão Portuária e Logística Portuária

Professor Mestrado Energia e Meio Ambiente (UFMA)

Professor MBA: Gerenciamento de Projetos; Gestão de Pessoas, Logística Empresarial e Gestão de Sistemas Integrados(QSMS- RS). Especializações: Engenharia de Produção e Engenharia de Segurança do Trabalho (Faculdade Pitágoras São Luís)

Professor Especialização em Gestão Empresarial (UEMA e CEST). Qualidade e Produtividade (UEMA)

Professor Especializações em Gestão Estratégica de Pessoas /Qualidade / Engenharia de Segurança do Trabalho / Gestão

Educacional (FAMA)

Coordenador dos Cursos de Pós-Graduação Gestão Estratégica da Qualidade e Gestão Estratégica de Pessoas (FAMA: 2004 a 2012). Qualidade e Produtividade (UEMA: 1999 2002)

Coordenador do MBA em Gestão de Pessoas (Faculdade Pitágoras São Luís)

Auditor Líder ISO 9001 e 14001 e Auditor Líder Sistema Integrado de Gestão (Qualidade, Meio Ambiente e SSO)

Instrutor Internacional de TPM (Total Productivity Maintenance)

Examinador Prêmio Nacional da Qualidade: Ciclos 2000, 2001 e 2002

Analista da Qualidade Máster (Vale)

31 anos de experiência profissional (24 anos em gestão da qualidade / sistema de gestão da qualidade)

Coautor do livro Administração: Uma visão pragmática discutindo teoria e prática

Membro do Harvard Business Review Advisory Council

Revisão 02

Gerisval Pessoa

teoria e prática  Membro do Harvard Business Review Advisory Council Revisão 02  Gerisval Pessoa

2 de 121

teoria e prática  Membro do Harvard Business Review Advisory Council Revisão 02  Gerisval Pessoa
teoria e prática  Membro do Harvard Business Review Advisory Council Revisão 02  Gerisval Pessoa
Fortalecimento ao desenvolvimento de competências e habilidades dos alunos de Gestão de RH e Gestão
Fortalecimento ao
desenvolvimento de
competências e habilidades
dos alunos de Gestão de RH e
Gestão Comercial
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
3 de 121
competências e habilidades dos alunos de Gestão de RH e Gestão Comercial Revisão 02  Gerisval
competências e habilidades dos alunos de Gestão de RH e Gestão Comercial Revisão 02  Gerisval
Questões de formação geral Na componente de Formação Geral serão considerados os seguintes elementos integrantes
Questões de formação geral
Na componente de Formação Geral serão considerados os
seguintes elementos integrantes do perfil profissional: letramento
crítico; atitude ética; comprometimento e responsabilidade sociais;
compreensão de temas que transcendam ao ambiente próprio de
sua formação, relevantes para a realidade social; espírito científico,
humanístico e reflexivo; capacidade de análise crítica e integradora
da realidade; e aptidão para socializar conhecimentos com públicos
diferenciados e em vários contextos.
Espera-se que os graduandos evidenciem a compreensão de temas
que transcendam ao seu ambiente próprio de formação profissional
específico e que sejam importantes para a realidade contemporânea.
Essa compreensão vincula-se a perspectivas críticas, integradoras e
à construção de sínteses contextualizadas e avalia aspectos como
clareza, coerência, coesão, estratégias argumentativas, utilização de
vocabulário adequado e correção gramatical do texto.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
4 de 121
utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto. Revisão 02  Gerisval Pessoa 4 de
utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto. Revisão 02  Gerisval Pessoa 4 de
Questões de formação geral  O componente de Formação Geral do Enade 2015 terá 10
Questões de formação geral
 O componente de Formação Geral do Enade 2015
terá 10 (dez) questões que abordarão situações-
problema e estudos de casos.
 As questões discursivas do componente de
Formação Geral avaliam aspectos como clareza,
coerência, coesão, estratégias argumentativas,
utilização de vocabulário adequado e correção
gramatical do texto.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
5 de 121
utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto. Revisão 02  Gerisval Pessoa 5 de
utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do texto. Revisão 02  Gerisval Pessoa 5 de
Questões de formação geral Objetos de Conhecimento:  Cultura e Arte;  Inovação tecnológica; 
Questões de formação geral
Objetos de Conhecimento:
 Cultura e Arte;
 Inovação tecnológica;
 Ciência, tecnologia e sociedade
 Democracia, ética e cidadania
 Ecologia
 Globalização e política internacional;
 Políticas públicas: educação, habitação, saneamento,
saúde, transporte, segurança, defesa e questões
ambientais;
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
6 de 121
saneamento, saúde, transporte, segurança, defesa e questões ambientais; Revisão 02  Gerisval Pessoa 6 de 121
saneamento, saúde, transporte, segurança, defesa e questões ambientais; Revisão 02  Gerisval Pessoa 6 de 121
Questões de formação geral Objetos de conhecimento:  Relações do trabalho;  Responsabilidade social: setor
Questões de formação geral
Objetos de conhecimento:
 Relações do trabalho;
 Responsabilidade social: setor público, privado e
terceiro setor;
 Sociodiversidade e multiculturalismo: Violência ,
tolerância/intolerância, inclusão/exclusão e relações de
gênero;
 Tecnologias de Informação e Comunicação;
 Vida urbana e rural.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
7 de 121
 Tecnologias de Informação e Comunicação;  Vida urbana e rural. Revisão 02  Gerisval Pessoa
 Tecnologias de Informação e Comunicação;  Vida urbana e rural. Revisão 02  Gerisval Pessoa
Questões de formação geral Habilidades e competências (mobilidade de recursos):  Ler e interpretar e
Questões de formação geral
Habilidades e competências (mobilidade de recursos):
 Ler e interpretar e produzir textos;
 Extrair conclusões por indução e/ou dedução;
 Estabelecer relações, comparações e contrastes em
diferentes situações;
 Fazer escolhas valorativas avaliando conseqüências;
 Argumentar coerentemente;
 Projetar ações de intervenção;
 Propor soluções para situações-problema;
 Elaborar sínteses;
 Administrar conflitos.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
8 de 121
situações-problema;  Elaborar sínteses;  Administrar conflitos. Revisão 02  Gerisval Pessoa 8 de 121
situações-problema;  Elaborar sínteses;  Administrar conflitos. Revisão 02  Gerisval Pessoa 8 de 121
Cultura e Arte Revisão 02  Gerisval Pessoa 9 de 121
Cultura e Arte
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
9 de 121
Cultura e Arte Revisão 02  Gerisval Pessoa 9 de 121
Cultura e Arte Revisão 02  Gerisval Pessoa 9 de 121
Cultura Noção de cultura como modo de vida: a cultura corresponde ao modo de vida
Cultura
Noção de cultura como modo de vida:
a cultura corresponde ao modo de vida de um povo ou nação,
constituindo e expressando o seu modo de sentir, pensar e agir.
Esta concepção parte do princípio de que todos os povos ou
grupos étnicos possuem cultura e de que nenhuma cultura é
superior a outra, colocando em foco as questões da diversidade
cultural e da igualdade de direitos para as diferentes culturas
A cultura é uma marca, uma identidade
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
10 de 121
direitos para as diferentes culturas A cultura é uma marca, uma identidade Revisão 02  Gerisval
direitos para as diferentes culturas A cultura é uma marca, uma identidade Revisão 02  Gerisval

Cultura

Cultura é a forma comum e aprendida da vida, que compartilham os membros de uma sociedade, e que consta da totalidade dos

instrumentos, das técnicas, instituições, atitudes, crenças,

motivações e dos sistemas de valores que o grupo conhece (FOSTER)

e dos sistemas de valores que o grupo conhece (FOSTER) A imagem destaca a passagem do

A imagem destaca a passagem do homem nômade para o grande sedentarismo que é a marca da cultura contemporânea.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

nômade para o grande sedentarismo que é a marca da cultura contemporânea. Revisão 02  Gerisval

11 de 121

nômade para o grande sedentarismo que é a marca da cultura contemporânea. Revisão 02  Gerisval
nômade para o grande sedentarismo que é a marca da cultura contemporânea. Revisão 02  Gerisval
Arte A arte hoje é entendida como uma criação humana com valores estéticos (beleza, equilíbrio,
Arte
A arte hoje é entendida como uma criação humana
com valores estéticos (beleza, equilíbrio, harmonia,
revolta) que sintetizam as suas emoções, sua
história, seus sentimentos e a sua cultura. É um
conjunto de procedimentos utilizados para realizar
obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Revisão 02  Gerisval Pessoa 12

12 de 121

utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Revisão 02  Gerisval Pessoa 12
utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Revisão 02  Gerisval Pessoa 12
Estilos artísticos O estilo é a forma como a obra artística se mostra. Está relacionado:
Estilos artísticos
O estilo é a forma como a obra artística se mostra.
Está relacionado:
- Época (tempo),
- Lugar (país ou região),
-
Estrutura
social,
econômica,
religiosa,
política
e
à
personalidade do artista.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
13 de 121
social, econômica, religiosa, política e à personalidade do artista. Revisão 02  Gerisval Pessoa 13 de
social, econômica, religiosa, política e à personalidade do artista. Revisão 02  Gerisval Pessoa 13 de
Questão 1 formação geral – ENADE 2010
Questão 1 formação geral – ENADE 2010

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 1 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02  Gerisval Pessoa 14 de 121

14 de 121

Questão 1 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02  Gerisval Pessoa 14 de 121
Questão 1 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02  Gerisval Pessoa 14 de 121
Questão 1 formação geral – ENADE 2010
Questão 1 formação geral – ENADE 2010

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 1 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02  Gerisval Pessoa 15 de 121

15 de 121

Questão 1 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02  Gerisval Pessoa 15 de 121
Questão 1 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02  Gerisval Pessoa 15 de 121
Questão 1 formação geral – ENADE 2010 Analisando o painel de Portinari apresentado e o
Questão 1 formação geral – ENADE 2010
Analisando o painel de Portinari apresentado e o trecho destacado de Morte e
Vida Severina, conclui-se que:
A - ambos revelam o trabalho dos homens na terra, com destaque para os
produtos que nela podem ser cultivados.
B
- ambos mostram as possibilidades de desenvolvimento do homem que trabalha
a terra, com destaque para um dos personagens.
C
– ambos mostram, figurativamente, o destino do sujeito sucumbido pela seca,
com a diferença de que a cena de Portinari destaca o sofrimento dos que ficam
D
- o poema revela a esperança, por meio de versos livres, assim como a cena de
Portinari traz uma perspectiva próspera de futuro, por meio do gesto.
– o poema mostra um cenário próspero com elementos da natureza, como sol,
chuva, insetos, e, por isso, mantém uma relação de oposição com a cena de
Portinari.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
16 de 121
e, por isso, mantém uma relação de oposição com a cena de Portinari. Revisão 02 
e, por isso, mantém uma relação de oposição com a cena de Portinari. Revisão 02 
Inovação Tecnológica Revisão 02  Gerisval Pessoa 17 de 121
Inovação Tecnológica
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
17 de 121
Inovação Tecnológica Revisão 02  Gerisval Pessoa 17 de 121
Inovação Tecnológica Revisão 02  Gerisval Pessoa 17 de 121
Inovação Tecnológica As condições para que ocorresse a Revolução Industrial foram criadas com descobertas em
Inovação Tecnológica
As condições para que ocorresse a Revolução Industrial
foram criadas com descobertas em química, eletricidade
e termodinâmica. Novas técnicas de fabricação produziram
transformações profundas em toda sociedade, determinando,
inclusive, mudanças no estilo de vida das pessoas.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

sociedade, determinando, inclusive, mudanças no estilo de vida das pessoas. Revisão 02  Gerisval Pessoa 18

18 de 121

sociedade, determinando, inclusive, mudanças no estilo de vida das pessoas. Revisão 02  Gerisval Pessoa 18
sociedade, determinando, inclusive, mudanças no estilo de vida das pessoas. Revisão 02  Gerisval Pessoa 18
Inovação Tecnológica Cada novo ciclo começa quando os cientistas fazem alguma descoberta sobre como funciona
Inovação Tecnológica
Cada novo ciclo começa quando os cientistas fazem alguma
descoberta sobre como funciona o mundo. Depois vem a fase
da tecnologia: as inovações no laboratório convertem-se em
novas capacidades produtivas. Na terceira etapa, as empresas
incorporam a tecnologia para melhorar seu rendimento.
Finalmente, o declínio determina o fim do ciclo, até que nova
descoberta marque o início de outro.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

determina o fim do ciclo, até que nova descoberta marque o início de outro. Revisão 02

19 de 121

determina o fim do ciclo, até que nova descoberta marque o início de outro. Revisão 02
determina o fim do ciclo, até que nova descoberta marque o início de outro. Revisão 02
Inovação Tecnológica Nesses ciclos, a inovação, que não é ciência nem tecnologia e tem estreita
Inovação Tecnológica
Nesses ciclos, a inovação, que não é ciência nem tecnologia
e tem estreita ligação com o mercado, apresenta-se como
uma possibilidade efetiva de sobrevivência para as empresas,
por ser uma forma real do aumento da produtividade.
A inovação diz respeito à capacidade de efetuar mudanças
no modelo mental, no comportamento de produtores e
consumidores de tecnologia.
Os
grandes
inovadores
mundiais
atuam
no
Brasil,
em todas as áreas, no entanto não utilizam o País como base de
inovação, por
isso
o
País
importa
grande
parte
da tecnologia usada, deixando de criar riqueza, empregos e
oportunidades.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
20 de 121
da tecnologia usada, deixando de criar riqueza, empregos e oportunidades. Revisão 02  Gerisval Pessoa 20
da tecnologia usada, deixando de criar riqueza, empregos e oportunidades. Revisão 02  Gerisval Pessoa 20

Inovação Tecnológica

Hoje apenas os mais ricos têm acesso imediato às novidades, quando nem

sempre o funcionamento é adequado; passados alguns anos, o funcionamento

torna-se mais satisfatório e, apesar de ainda custar caro, um número muito maior de pessoas passa a ter acesso à determinada novidade. Com o passar do tempo a tendência é custar menos e funcionar melhor.

O Brasil é um país periférico abalado pela financeirização da economia global, que vive um “caos sistêmico”.

Desde a década de 90 não tem um projeto. A falta deste, impede que se pense

numa estratégia política para a ciência e tecnologia. Com a estagnação do País no último quarto de século, as possibilidades futuras são cada vez mais limitadas ao papel de fornecedor de matérias-primas e de produtos agrícolas.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

limitadas ao papel de fornecedor de matérias-primas e de produtos agrícolas. Revisão 02  Gerisval Pessoa

21 de 121

limitadas ao papel de fornecedor de matérias-primas e de produtos agrícolas. Revisão 02  Gerisval Pessoa
limitadas ao papel de fornecedor de matérias-primas e de produtos agrícolas. Revisão 02  Gerisval Pessoa
População x Inovação e Tecnologia No Brasil, milhões e milhões de pessoas vivem abaixo da
População x Inovação e Tecnologia
No Brasil, milhões e milhões de pessoas vivem abaixo da linha da
pobreza e à margem dos avanços tecnológicos. São pessoas que
sequer conseguem ser trabalhadores. Os níveis de qualidade de
vida insatisfatórios atingem parcela significativa da população.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

de vida insatisfatórios atingem parcela significativa da população. Revisão 02  Gerisval Pessoa 22 de 121

22 de 121

de vida insatisfatórios atingem parcela significativa da população. Revisão 02  Gerisval Pessoa 22 de 121
de vida insatisfatórios atingem parcela significativa da população. Revisão 02  Gerisval Pessoa 22 de 121

Questão 1 formação geral ENADE 2014

Questão 1 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 23 de 121

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 1 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 23 de 121

23 de 121

Questão 1 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 23 de 121
Questão 1 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 23 de 121
Ciência, Tecnologia e Sociedade Revisão 02  Gerisval Pessoa 24 de 121
Ciência, Tecnologia e
Sociedade
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
24 de 121
Ciência, Tecnologia e Sociedade Revisão 02  Gerisval Pessoa 24 de 121
Ciência, Tecnologia e Sociedade Revisão 02  Gerisval Pessoa 24 de 121

Ciência, tecnologia e sociedade

Ciência, tecnologia e sociedade O processo de conhecimento humano gira em torno de um eixo formado

O

processo de conhecimento humano gira em torno de um eixo

formado pelas relações que se originaram entre o homem e o meio natural e social,
formado pelas relações que se originaram entre o homem e o meio
natural e social, o que torna as relações entre natureza, sociedade,
ciência e técnica em relações permanentemente construídas. Ou

seja, conhecimento e técnica contêm uma estrutura de valores

orientada conforme a classe, a cultura, o sexo, valores esses oriundos

da própria experiência humana que os criou (BAUMGARTEM, 2002)

Revisão 02

Gerisval Pessoa

esses oriundos da própria experiência humana que os criou (BAUMGARTEM, 2002) Revisão 02  Gerisval Pessoa

25 de 121

esses oriundos da própria experiência humana que os criou (BAUMGARTEM, 2002) Revisão 02  Gerisval Pessoa
esses oriundos da própria experiência humana que os criou (BAUMGARTEM, 2002) Revisão 02  Gerisval Pessoa
Ciência, tecnologia e sociedade • Conceituação e visão da sustentabilidade em ciência, tecnologia e inovação
Ciência, tecnologia e sociedade
• Conceituação e visão da sustentabilidade em ciência,
tecnologia e inovação
• Caracterização dos entraves em ciência, tecnologia e
inovação
• Propostas para construção e desenvolvimento da
sustentabilidade através ciência tecnologia e inovação
• Meios de implementação e desenvolvimento da
sustentabilidade através de ciência, tecnologia e inovação
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
26 de 121
da sustentabilidade através de ciência, tecnologia e inovação Revisão 02  Gerisval Pessoa 26 de 121
da sustentabilidade através de ciência, tecnologia e inovação Revisão 02  Gerisval Pessoa 26 de 121
A tecnologia É o conjunto de conhecimentos científicos e empíricos, de habilidades, experiências e organização
A tecnologia
É o conjunto de conhecimentos científicos e empíricos, de
habilidades, experiências e organização requeridos para produzir,
distribuir, comercializar e utilizar bens e serviços. Inclui tanto
conhecimentos teóricos como práticos, meios físicos, “know how”,
métodos e procedimentos produtivos, gerenciais e organizacionais,
entre outros.
É a busca de aplicações para conhecimentos já existentes.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
27 de 121
entre outros. É a busca de aplicações para conhecimentos já existentes. Revisão 02  Gerisval Pessoa
entre outros. É a busca de aplicações para conhecimentos já existentes. Revisão 02  Gerisval Pessoa
Inovação  É a transformação de uma idéia em um produto novo ou melhorado que
Inovação
 É a transformação de uma idéia em um produto novo ou
melhorado que se introduz no mercado ou em novos sistemas de
produção, e em sua difusão, comercialização e difusão
 É a exploração bem sucedida de novas idéias.
 Não é o mesmo que INVENÇÃO
 É a primeira UTILIZAÇÃO COMERCIAL DE NOVO PRODUTO,
PROCESSO, APARELHO OU SISTEMA.
Algo
novo
INOVAÇÃO
Agrega
valor
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
28 de 121
PROCESSO, APARELHO OU SISTEMA. Algo novo INOVAÇÃO Agrega valor Revisão 02  Gerisval Pessoa 28 de
PROCESSO, APARELHO OU SISTEMA. Algo novo INOVAÇÃO Agrega valor Revisão 02  Gerisval Pessoa 28 de

Questão 2 formação geral ENADE 2005

Questão 2 formação geral – ENADE 2005 Revisão 02  Gerisval Pessoa 29 de 121

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 2 formação geral – ENADE 2005 Revisão 02  Gerisval Pessoa 29 de 121

29 de 121

Questão 2 formação geral – ENADE 2005 Revisão 02  Gerisval Pessoa 29 de 121
Questão 2 formação geral – ENADE 2005 Revisão 02  Gerisval Pessoa 29 de 121
Questão 2 formação geral – ENADE 2005 Comparando a proposta acima com a charge, pode-se
Questão 2 formação geral – ENADE 2005
Comparando a proposta acima com a charge, pode-se concluir que
(A)
o conhecimento da tecnologia digital está democratizado no Brasil.
(B)
a preocupação social é preparar quadros para o domínio da informática.
(C)
o apelo à inclusão digital atrai os jovens para o universo da computação.
(D) o acesso à tecnologia digital está perdido para as comunidades carentes.
(E)
a dificuldade de acesso ao mundo digital torna o cidadão um excluído social
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
30 de 121
a dificuldade de acesso ao mundo digital torna o cidadão um excluído social Revisão 02 
a dificuldade de acesso ao mundo digital torna o cidadão um excluído social Revisão 02 
Democracia, Ética e Cidadania Revisão 02  Gerisval Pessoa 31 de 121
Democracia, Ética e Cidadania
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
31 de 121
Democracia, Ética e Cidadania Revisão 02  Gerisval Pessoa 31 de 121
Democracia, Ética e Cidadania Revisão 02  Gerisval Pessoa 31 de 121

Democracia x Liberdade

A Democracia é o sistema (regime) de organização social mais

eficiente para se cultivar e se praticar a liberdade de ação e de

expressão. A prática da liberdade estimula autocorreções que ajudam

a acelerar o desenvolvimento de uma nação. No entanto, a

Democracia não é a mãe da liberdade; é apenas uma ferramenta que bem usada facilita a preservação do estado de liberdade. E, ao

contrário do que muitos brasileiros pensam, a Democracia não tem

poder de evolução, ela tanto pode ajudar a prosperar como pode também ajudar a arruinar. Um povo sábio e bem informado usa a Democracia para se livrar dos vigaristas e fazer prosperar o país. Mas um povo ingênuo e mal informado permite que os demagogos e

os vigaristas controlem a Democracia e destruam o país.

A Democracia é um bom instrumento social e não a mãe de todas as soluções.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

A Democracia é um bom instrumento social e não a mãe de todas as soluções. Revisão

32 de 121

A Democracia é um bom instrumento social e não a mãe de todas as soluções. Revisão
A Democracia é um bom instrumento social e não a mãe de todas as soluções. Revisão
Questão 2 formação geral – ENADE 2010
Questão 2 formação geral – ENADE 2010

Revisão 02

1

Gerisval Pessoa

Questão 2 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02 1  Gerisval Pessoa 33 de 121

33 de 121

Questão 2 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02 1  Gerisval Pessoa 33 de 121
Questão 2 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02 1  Gerisval Pessoa 33 de 121

Questão 2 formação geral ENADE 2010

A charge acima representa um grupo de cidadãos pensando e agindo de modo diferenciado, frente a uma decisão cujo caminho exige um percurso ético. Considerando a imagem e as idéias que ela transmite, avalie as afirmativas que se seguem.

I. A ética não se impõe imperativamente nem universalmente a cada cidadão; cada um

terá que escolher por si mesmo os seus valores e ideias, isto é, praticar a autoética.

II. A ética supõe o sujeito responsável por suas ações e pelo seu modo de agir na

sociedade

III. A ética pode se reduzir ao político, do mesmo modo que o político pode se reduzir à

ética, em um processo a serviço do sujeito responsável

IV. A ética prescinde de condições históricas e sociais, pois é no homem que se situa a

decisão ética, quando ele escolhe seus valores e as suas finalidades.

V. A ética se dá de fora para dentro, como compreensão do mundo, na perspectiva do

fortalecimento dos valores pessoais.

na perspectiva do fortalecimento dos valores pessoais. Revisão 02 É correto apenas o que se afirma

Revisão 02

É correto apenas o que se afirma em:

A -

B - I e V

C - II e IV

I e II.

D - III e IV

E - III e V

Gerisval Pessoa

apenas o que se afirma em: A - B - I e V C - II

34 de 121

apenas o que se afirma em: A - B - I e V C - II
apenas o que se afirma em: A - B - I e V C - II

Questão 8 formação geral ENADE 2013

Texto I

Muito me surpreendeu o artigo publicado na edição de 14 de outubro, de autoria de um

estudante de Jornalismo, que compara a legislação antifumo ao nazismo, considerando-a um

ataque à privacidade humana.

Ao contrário do que afirma o artigo, os fumantes têm, sim, sua privacidade preservada. ( Para isso, só precisam respeitar o mesmo direito à privacidade dos não fumantes, não impondo a eles que respirem as mesmas substâncias que optam por inalar e que, em alguns casos, saem da ponta do cigarro em concentrações ainda maiores.

FITERMAN, J. Disponível em: <http://www.clicrbs.com.br>. Acesso em: 24 jul. 2013 (adaptado).

)

Texto II

Seguindo o mau exemplo de São Paulo e Rio de Janeiro, o estado do Paraná, ao que tudo indica, também adotará a famigerada lei antifumo, que, entre outras coisas, proíbe a existência de fumódromos nos espaços coletivos e estabelece punições ao proprietário que não coibir o fumo em seu estabelecimento. É preciso, pois, perguntar: tem o Estado o direito de decidir a política tabagista que o dono de um bar, por exemplo, deve adotar? Com base em que princípio pode uma tal interferência ser justificada? A lei somente se justificaria caso seu escopo se restringisse a locais cuja propriedade é estatal, como as repartições públicas. Não se pode confundir um recinto coletiv com um espaço estatal. Um recinto coletivo, como um bar, continua sendo uma propriedade privada. A lei representa uma clara agressão ao direito à propriedade.

PAVÃO, A. Disponível em: <http://agguinaldopavao.blogspot.com.br>. Acesso em: 24 jul. 2013 (adaptado).

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Acesso em: 24 jul. 2013 (adaptado). Revisão 02  Gerisval Pessoa 35 de 121

35 de 121

Acesso em: 24 jul. 2013 (adaptado). Revisão 02  Gerisval Pessoa 35 de 121
Acesso em: 24 jul. 2013 (adaptado). Revisão 02  Gerisval Pessoa 35 de 121
Questão 8 formação geral – ENADE 2013 Os textos I e II discutem a legitimidade
Questão 8 formação geral – ENADE 2013
Os textos I e II discutem a legitimidade da lei antifumo no Brasil, sob
pontos de vista diferentes.
A comparação entre os textos permite concluir que, nos textos I e II,
a questão é tratada, respectivamente, dos pontos de vista
A)
ético e legal.
B
jurídico e moral.
C) moral e econômico.
D) econômico e jurídico.
E) histórico e educacional.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
36 de 121
moral e econômico. D) econômico e jurídico. E) histórico e educacional. Revisão 02  Gerisval Pessoa
moral e econômico. D) econômico e jurídico. E) histórico e educacional. Revisão 02  Gerisval Pessoa
Ecologia Revisão 02  Gerisval Pessoa 37 de 121
Ecologia
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
37 de 121
Ecologia Revisão 02  Gerisval Pessoa 37 de 121
Ecologia Revisão 02  Gerisval Pessoa 37 de 121
Ecologia ECOSSISTEMAS: sistemas equilibrados.  Consome certa quantidade de GÁS CARBÔNICO e ÁGUA enquanto produz
Ecologia
ECOSSISTEMAS: sistemas equilibrados.
 Consome certa quantidade de GÁS CARBÔNICO e ÁGUA
enquanto produz determinado volume de OXIGÊNIO e ALIMENTO
(GLICOSE).
 Qualquer mudança na entrada ou saída destes elementos
DESEQUILIBRA o sistema.
 Cada
espécie
tem
seu
papel
no
FUNCIONAMENTO
do
ECOSSISTEMA A QUE PERTENCE!!!!!
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
38 de 121
tem seu papel no FUNCIONAMENTO do ECOSSISTEMA A QUE PERTENCE!!!!! Revisão 02  Gerisval Pessoa 38
tem seu papel no FUNCIONAMENTO do ECOSSISTEMA A QUE PERTENCE!!!!! Revisão 02  Gerisval Pessoa 38
Ecologia Ecologia: Estuda as interações dos seres vivos entre si e destes com o meio
Ecologia
Ecologia:
Estuda as interações dos seres vivos entre si e destes com o
meio ambiente
Cadeia alimentar

Revisão 02

Gerisval Pessoa

dos seres vivos entre si e destes com o meio ambiente Cadeia alimentar Revisão 02 

39 de 121

dos seres vivos entre si e destes com o meio ambiente Cadeia alimentar Revisão 02 
dos seres vivos entre si e destes com o meio ambiente Cadeia alimentar Revisão 02 
Ecologia e biodiversidade Biodiversidade ou diversidade biológica compreende a totalidade de variedade de formas de
Ecologia e biodiversidade
Biodiversidade ou diversidade biológica compreende a totalidade
de variedade de formas de vida que podemos encontrar na Terra
(plantas, aves, mamíferos, insetos, microorganismos
).
O termo biodiversidade - ou diversidade biológica - descreve a
riqueza e a variedade do mundo natural. As plantas, os animais e
os microrganismos fornecem alimentos, remédios e boa parte da
matéria-prima industrial consumida pelo ser humano.
Não se sabe quantas espécies vegetais e animais existem no
mundo. As estimativas variam entre 10 e 50 milhões, mas até
agora os cientistas classificaram e deram nome a somente 1,5
milhão de espécies. Entre os especialistas, o Brasil é considerado
o país da "megadiversidade": aproximadamente 20% das
espécies conhecidas no mundo estão aqui. É bastante divulgado,
por exemplo, o potencial terapêutico das plantas da Amazônia.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
40 de 121
divulgado, por exemplo, o potencial terapêutico das plantas da Amazônia. Revisão 02  Gerisval Pessoa 40
divulgado, por exemplo, o potencial terapêutico das plantas da Amazônia. Revisão 02  Gerisval Pessoa 40

Ecologia e biodiversidade

A biodiversidade possui três grandes níveis:

1) Diversidade genética - os indivíduos de uma mesma espécie não são geneticamente idênticos entre si. Cada indivíduo possui uma combinação única de genes que fazem

com que alguns sejam mais altos e outros mais baixos, alguns possuam os olhos azuis

enquanto outros os tenham castanhos, tenham o nariz chato ou pontiagudo. As diferenças genéticas fazem com que a Terra possua uma grande variedade de vida.

2) Diversidade orgânica - os cientistas agrupam os indivíduos que possuem uma

história evolutiva comum em espécies. Possuir a mesma história evolutiva faz com que

cada espécie possua características únicas que não são compartilhadas com outros seres vivos. Os cientistas já identificaram cerca de 1,75 milhões de espécies. Contudo, eles estão somente no começo. Algumas estimativas apontam que podem existir entre 10 a 30 milhões de espécies na Terra.

3) Diversidade ecológica - As populações da mesma espécie e de espécies diferentes interagem entre si formando comunidades; essas comunidades interagem com o ambiente formando ecossistemas, que interagem entre si formando paisagens, que formam os biomas. Desertos, florestas, oceanos, são tipos de biomas. Cada um deles possui vários tipos de ecossistemas, os quais possuem espécies únicas. Quando um ecossistema é ameaçado todas as suas espécies também são ameaçadas.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

um ecossistema é ameaçado todas as suas espécies também são ameaçadas. Revisão 02  Gerisval Pessoa

41 de 121

um ecossistema é ameaçado todas as suas espécies também são ameaçadas. Revisão 02  Gerisval Pessoa
um ecossistema é ameaçado todas as suas espécies também são ameaçadas. Revisão 02  Gerisval Pessoa

Ecologia e biodiversidade

Por que a biodiversidade é importante?

a biodiversidade é uma das propriedades fundamentais da natureza por ser responsável pelo equilíbrio e pela estabilidade dos ecossistemas. Além disso, a biodiversidade é fonte de imenso potencial econômico por ser a base das atividades agrícolas,

pecuárias, pesqueiras, florestais e também a base da indústria da

biotecnologia, ou seja, da fabricação de remédios, cosméticos, enzimas industriais, hormônios, sementes agrícolas. Portanto, a

biodiversidade possui, além do seu valor intrínseco, valor ecológico,

genético, social, econômico, científico, educacional, cultural,

recreativo

perda da biodiversidade!

Com tamanha importância, é preciso conhecer e evitar a

Revisão 02

Gerisval Pessoa

da biodiversidade! Com tamanha importância, é preciso conhecer e evitar a Revisão 02  Gerisval Pessoa

42 de 121

da biodiversidade! Com tamanha importância, é preciso conhecer e evitar a Revisão 02  Gerisval Pessoa
da biodiversidade! Com tamanha importância, é preciso conhecer e evitar a Revisão 02  Gerisval Pessoa
Ecologia e biodiversidade Fatores que ameaçam a conservação da biodiversidade A perda da biodiversidade envolve
Ecologia e biodiversidade
Fatores que ameaçam a conservação da biodiversidade
A perda da biodiversidade envolve aspectos sociais, econômicos, culturais e
científicos. A situação é particularmente grave na região tropical. Populações
humanas crescentes e pressões econômicas estão levando a uma ampla
conversão das florestas tropicais em um mosaico de hábitats alterados por
ação humana. Como resultado da pressão de ocupação humana, a Mata
Atlântica ficou reduzida a menos de 10% da vegetação original. Os principais
processos responsáveis pela perda da biodiversidade são:
- Perda e fragmentação dos hábitats;
- Introdução de espécies e doenças exóticas;
- Exploração excessiva de espécies de plantas e de animais;
-
Uso de híbridos e monoculturas na agroindústria e nos programas de
reflorestamento;
- Contaminação do solo, água e atmosfera por poluentes;
- Mudanças climáticas.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
43 de 121
do solo, água e atmosfera por poluentes; - Mudanças climáticas. Revisão 02  Gerisval Pessoa 43
do solo, água e atmosfera por poluentes; - Mudanças climáticas. Revisão 02  Gerisval Pessoa 43
Questão 5 formação geral – ENADE 2011
Questão 5 formação geral – ENADE 2011

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 5 formação geral – ENADE 2011 Revisão 02  Gerisval Pessoa 44 de 121

44 de 121

Questão 5 formação geral – ENADE 2011 Revisão 02  Gerisval Pessoa 44 de 121
Questão 5 formação geral – ENADE 2011 Revisão 02  Gerisval Pessoa 44 de 121

Questão 5 formação geral ENADE 2011

O ritmo de desmatamento na Amazônia Legal diminuiu no mês de junho de 2011,

segundo levantamento feito pela organização ambiental brasileira Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia). O relatório elaborado pela ONG, a partir de imagens de satélite, apontou desmatamento de 99 km² no bioma em junho de 2011, uma redução de 42% no comparativo com junho de 2010. No acumulado entre agosto

de 2010 e junho de 2011, o desmatamento foi de 1 534 km², aumento de 15% em

relação a agosto de 2009 e junho de 2010. O estado de Mato Grosso foi responsável por derrubar 38% desse total e é líder no ranking do desmatamento, seguido do Pará (25%) e de Rondônia (21%).

Disponível em: <http://www.imazon.org.br/imprensa/imazon-na-midia>. Acesso em: 20 ago. 2011(com adaptações).

De acordo com as informações do mapa e do texto,

De acordo com as informações do mapa e do texto , A - foram desmatados 1

A - foram desmatados 1 534 km² na Amazônia Legal nos últimos dois anos.

B - não houve aumento do desmatamento no último ano na Amazônia Legal.

C - três estados brasileiros responderam por 84% do desmatamento na Amazônia Legal

entre agosto de 2010 e junho de 2011

D - o estado do Amapá apresenta alta taxa de desmatamento em comparação aos demais estados da Amazônia Legal. E - o desmatamento na Amazônia Legal, em junho de 2010, foi de 140 km2, comparando-se o índice de junho de 2011 ao índice de junho de 2010.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

140 km2, comparando-se o índice de junho de 2011 ao índice de junho de 2010. Revisão

45 de 121

140 km2, comparando-se o índice de junho de 2011 ao índice de junho de 2010. Revisão
140 km2, comparando-se o índice de junho de 2011 ao índice de junho de 2010. Revisão
Questão 5 formação geral – ENADE 2007
Questão 5 formação geral – ENADE 2007

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 5 formação geral – ENADE 2007 Revisão 02  Gerisval Pessoa 46 de 121

46 de 121

Questão 5 formação geral – ENADE 2007 Revisão 02  Gerisval Pessoa 46 de 121
Questão 5 formação geral – ENADE 2007 Revisão 02  Gerisval Pessoa 46 de 121
Questão 7 formação geral – ENADE 2011 A definição de desenvolvimento sustentável mais usualmente utilizada
Questão 7 formação geral – ENADE 2011
A definição de desenvolvimento sustentável mais usualmente
utilizada é a que procura atender às necessidades atuais sem
comprometer a capacidade das gerações futuras. O mundo assiste a
um questionamento crescente de paradigmas estabelecidos na
economia e também na cultura política. A crise ambiental no planeta,
quando traduzida na mudança climática, é uma ameaça real ao pleno
desenvolvimento das potencialidades dos países.
O
Brasil está em uma posição privilegiada para enfrentar os enormes
desafios que se acumulam. Abriga elementos fundamentais para o
desenvolvimento: parte significativa da biodiversidade e da água
doce existentes no planeta; grande extensão de terras cultiváveis;
diversidade étnica e cultural e rica variedade de reservas naturais.
O
campo do desenvolvimento sustentável pode ser conceitualmente
dividido em três componentes: sustentabilidade ambiental,
sustentabilidade econômica e sustentabilidade sociopolítica.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
47 de 121
ambiental, sustentabilidade econômica e sustentabilidade sociopolítica. Revisão 02  Gerisval Pessoa 47 de 121
ambiental, sustentabilidade econômica e sustentabilidade sociopolítica. Revisão 02  Gerisval Pessoa 47 de 121

Questão 7 formação geral ENADE 2011

Nesse contexto, o desenvolvimento sustentável pressupõe:

Nesse contexto, o desenvolvimento sustentável pressupõe: A - a preservação do equilíbrio global e do valor

A - a preservação do equilíbrio global e do valor das reservas de capital

natural, o que não justifica a desaceleração do desenvolvimento econômico e

político de uma sociedade.

B - a redefinição de critérios e instrumentos de avaliação de custo-benefício que reflitam os efeitos socioeconômicos e os valores reais do consumo e da Preservação

C - o reconhecimento de que, apesar de os recursos naturais serem

ilimitados, deve ser traçado um novo modelo de desenvolvimento econômico para a humanidade.

D - a redução do consumo das reservas naturais com a consequente

estagnação do desenvolvimento econômico e tecnológico.

E - a distribuição homogênea das reservas naturais entre as nações e as

regiões em nível global e regional.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

reservas naturais entre as nações e as regiões em nível global e regional. Revisão 02 

48 de 121

reservas naturais entre as nações e as regiões em nível global e regional. Revisão 02 
reservas naturais entre as nações e as regiões em nível global e regional. Revisão 02 
Questão 3 formação geral – ENADE 2014
Questão 3 formação geral – ENADE 2014

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 3 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 49 de 121

49 de 121

Questão 3 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 49 de 121
Questão 3 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 49 de 121
Questão 3 formação geral – ENADE 2014
Questão 3 formação geral – ENADE 2014

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 3 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 50 de 121

50 de 121

Questão 3 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 50 de 121
Questão 3 formação geral – ENADE 2014 Revisão 02  Gerisval Pessoa 50 de 121
Globalização e política internacional Revisão 02  Gerisval Pessoa 51 de 121
Globalização e política
internacional
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
51 de 121
Globalização e política internacional Revisão 02  Gerisval Pessoa 51 de 121
Globalização e política internacional Revisão 02  Gerisval Pessoa 51 de 121

Globalização? Qual?

Fala-se muito hoje em globalização. As finanças, a informação simultânea, as

migrações de povos, o crime organizado, os conhecimentos científicos, a tecnologia, os sistemas de poder, a produção e o trabalho humano, tudo isso se globaliza.

Pode-se exaltar a globalização como oportunidade de crescimento econômico

e cultural dos povos. Pode-se ainda criticá-la em razão dos que a conduzem, ou de como a conduzem, ou dos rumos que toma. Mas ela é irrefreável, sobretudo por corresponder a muitas exigências dos seres humanos.

Essa afirmação pode sofrer duas objeções: uma vem sustentar que a

globalização da economia corresponde hoje à acumulação de capital e de poder em poucas mãos e ao predomínio das finanças internacionais sobre qualquer outro interesse; outra, é que o conceito e a natureza da globalização foram criados e difundidos por forças neoliberais, com a intenção de levar os povos a crer que não há alternativa e, assim, de negar a função da política e da democracia.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

há alternativa e, assim, de negar a função da política e da democracia. Revisão 02 

52 de 121

há alternativa e, assim, de negar a função da política e da democracia. Revisão 02 
há alternativa e, assim, de negar a função da política e da democracia. Revisão 02 

Questão 7 formação geral ENADE 2009

Leia o planisfério, em que é mostrada uma imagem noturna da superfície terrestre, obtida a partir de imagens de satélite:

noturna da superfície terrestre, obtida a partir de imagens de satélite: Revisão 02 1  Gerisval

Revisão 02

1

Gerisval Pessoa

noturna da superfície terrestre, obtida a partir de imagens de satélite: Revisão 02 1  Gerisval

53 de 121

noturna da superfície terrestre, obtida a partir de imagens de satélite: Revisão 02 1  Gerisval
noturna da superfície terrestre, obtida a partir de imagens de satélite: Revisão 02 1  Gerisval

Questão 7 formação geral ENADE 2009

Com base na leitura desse planisfério, é CORRETO afirmar que as regiões continentais em que se verifica luminosidade noturna mais intensa

em que se verifica luminosidade noturna mais intensa A) abrigam os espaços de economia mais dinâmica

A) abrigam os espaços de economia mais dinâmica do mundo contemporâneo, onde se localizam os principais centros de decisão que comandam a atual ordem mundial

B) expressam a divisão do Planeta em dois hemisférios o Leste e o Oeste que, apesar de integrados à economia-mundo, revelam indicadores sociais discrepantes.

C) comprovam que o Planeta pode abrigar o dobro de seu atual contingente populacional, desde que mantido o padrão de consumo praticado pela sociedade contemporânea.

D) registram fluxos reduzidos de informação, de pessoas, de mercadorias e de capitais, tendo em vista a saturação de suas redes de circulação, alcançada no início do século

XXI.

E) substituíram suas tradicionais fontes de energia não renováveis, historicamente empregadas na geração de eletricidade, por alternativas limpas e não poluentes.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

na geração de eletricidade, por alternativas limpas e não poluentes. Revisão 02  Gerisval Pessoa 54

54 de 121

na geração de eletricidade, por alternativas limpas e não poluentes. Revisão 02  Gerisval Pessoa 54
na geração de eletricidade, por alternativas limpas e não poluentes. Revisão 02  Gerisval Pessoa 54
Questão 4 formação geral – ENADE 2007
Questão 4 formação geral – ENADE 2007

Revisão 02

4

Gerisval Pessoa

Questão 4 formação geral – ENADE 2007 Revisão 02 4  Gerisval Pessoa 55 de 121

55 de 121

Questão 4 formação geral – ENADE 2007 Revisão 02 4  Gerisval Pessoa 55 de 121
Questão 4 formação geral – ENADE 2007 Revisão 02 4  Gerisval Pessoa 55 de 121
Questão 4 formação geral – ENADE 2007 Dos três países, os que apresentaram, respectivamente, o
Questão 4 formação geral – ENADE 2007
Dos três países, os que apresentaram, respectivamente, o
maior e o menor crescimento percentual no número de hosts, no
período 2003−2007, foram
(A)
Brasil e Colômbia
(B)
Brasil e Argentina
(C)
Argentina e Brasil
(D) Colômbia e Brasil.
(E)
Colômbia e Argentina

Revisão 02

Gerisval Pessoa

(C) Argentina e Brasil (D) Colômbia e Brasil. (E) Colômbia e Argentina Revisão 02  Gerisval

56 de 121

(C) Argentina e Brasil (D) Colômbia e Brasil. (E) Colômbia e Argentina Revisão 02  Gerisval
(C) Argentina e Brasil (D) Colômbia e Brasil. (E) Colômbia e Argentina Revisão 02  Gerisval
Questão 6 formação geral – ENADE 2010
Questão 6 formação geral – ENADE 2010

Revisão 02

1

Gerisval Pessoa

Questão 6 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02 1  Gerisval Pessoa 57 de 121

57 de 121

Questão 6 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02 1  Gerisval Pessoa 57 de 121
Questão 6 formação geral – ENADE 2010 Revisão 02 1  Gerisval Pessoa 57 de 121
Questão 6 formação geral – ENADE 2010 A - o número total de homicídios em
Questão 6 formação geral – ENADE 2010
A - o número total de homicídios em 2008 no estado da Paraíba é inferior
ao
do estado de São Paulo
B
- os estados que não divulgaram os seus dados de homicídios
encontram-se na região Centro-Oeste.
C
- a média aritmética das taxas de homicídios por 100 mil habitantes da
região Sul é superior à taxa média aproximada
do
Brasil.
D
- a taxa de homicídios por 100 mil habitantes do estado da Bahia, em
2008, supera a do Rio Grande do Norte em mais de 100%
E - Roraima é o estado com menor taxa de homicídios por 100 mil
habitantes, não se caracterizando como zona
.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
58 de 121
de homicídios por 100 mil habitantes, não se caracterizando como zona . Revisão 02  Gerisval
de homicídios por 100 mil habitantes, não se caracterizando como zona . Revisão 02  Gerisval
Questão 6 formação geral – ENADE 2013 De um ponto de vista econômico, a globalização
Questão 6 formação geral – ENADE 2013
De um ponto de vista econômico, a globalização é a forma como
os mercados de diferentes países interagem e aproximam
pessoas e mercadorias.
A superação de fronteiras gerou uma expansão capitalista que
tornou possível realizar transações financeiras e expandir os
negócios para mercados distantes e emergentes. O complexo
fenômeno da globalização resulta da consolidação do
capitalismo, dos grandes avanços tecnológicos e da necessidade
de expansão do fluxo comercial mundial. As inovações nas áreas
das telecomunicações e da informática (especialmente com a
Internet) foram determinantes para a construção de um mundo
globalizado.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
59 de 121
Internet) foram determinantes para a construção de um mundo globalizado. Revisão 02  Gerisval Pessoa 59
Internet) foram determinantes para a construção de um mundo globalizado. Revisão 02  Gerisval Pessoa 59
Questão 6 formação geral – ENADE 2013 Sobre globalização, avalie as afirmações a seguir. I.
Questão 6 formação geral – ENADE 2013
Sobre globalização, avalie as afirmações a seguir.
I. É um fenômeno gerado pelo capitalismo, que impede a
formação de mercados dinâmicos nos países emergentes.
II. É um conjunto de transformações na ordem política e
econômica mundial que aprofunda a integração econômica,
social, cultural e política.
III. Atinge as relações e condições de trabalho decorrentes da
mobilidade física das empresas.
É correto o que se afirma em
A I, apenas.
B II, apenas.
C I e III, apenas.
D II e III, apenas.
E
I, II e III.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
60 de 121
B II, apenas. C I e III, apenas. D II e III, apenas. E I, II
B II, apenas. C I e III, apenas. D II e III, apenas. E I, II
Políticas públicas Revisão 02  Gerisval Pessoa 61 de 121
Políticas públicas
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
61 de 121
Políticas públicas Revisão 02  Gerisval Pessoa 61 de 121
Políticas públicas Revisão 02  Gerisval Pessoa 61 de 121

Questão 1 formação geral ENADE 2012

Questão 1 formação geral – ENADE 2012 Um novo vírus da dengue, o tipo 4, foi

Um novo vírus da dengue, o tipo 4, foi identificado, elevando para quatro os tipos circulantes. Nos últimos 20 anos, o Brasil passou por quatro grandes epidemias: 1998, 2002, 2008 e 2010. Todas foram associadas à mudança do sorotipo do vírus predominante. Sobre a transmissão da doença afirma- se que:

I - Somente a fêmea do Aedes aegypit transmite a dengue. II - O Aedes aegypit contrai o vírus picando uma pessoa doente. III - Qualquer picada do Aedes aegypit transmite a doença. IV - É fato raro o Aedes aegypit já nascer infectado.

Está (ão) correta(s) a(s) afirmação(ões):

infectado. Está (ão) correta(s) a(s) afirmação(ões): Revisão 02 A – I e II. somente B –

Revisão 02

A I e II. somente

B II e III, somente

C I, II e III, somente

D- I, II e IV, somente.

E I, II, III e IV

Gerisval Pessoa

e III, somente C – I, II e III, somente D- I, II e IV, somente.

62 de 121

e III, somente C – I, II e III, somente D- I, II e IV, somente.
e III, somente C – I, II e III, somente D- I, II e IV, somente.
Questão 1 formação geral – ENADE 2011 Retrato de uma princesa desconhecida Para que ela
Questão 1 formação geral – ENADE 2011
Retrato de uma princesa desconhecida
Para que ela tivesse um pescoço tão fino
Para que os seus pulsos tivessem um quebrar de caule
Para que os seus olhos fossem tão frontais e limpos
Para que a sua espinha fosse tão direita
E ela usasse a cabeça tão erguida
Com uma tão simples claridade sobre a testa
Foram necessárias sucessivas gerações de escravos
De corpo dobrado e grossas mãos pacientes
Servindo sucessivas gerações de príncipes
Ainda um pouco toscos e grosseiros
Ávidos cruéis e fraudulentos
Foi um imenso desperdiçar de gente
Para que ela fosse aquela perfeição
Solitária exilada sem destino
ANDRESEN, S. M. B. Dual. Lisboa: Caminho, 2004. p. 73.
3
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
63 de 121
sem destino ANDRESEN, S. M. B. Dual. Lisboa: Caminho, 2004. p. 73. 3 Revisão 02 
sem destino ANDRESEN, S. M. B. Dual. Lisboa: Caminho, 2004. p. 73. 3 Revisão 02 

Questão 1 formação geral ENADE 2011

Questão 1 formação geral – ENADE 2011 No poema, a autora sugere que A - os

No poema, a autora sugere que

A - os príncipes e as princesas são naturalmente belos

B - os príncipes generosos cultivavam a beleza da princesa

C - a beleza da princesa é desperdiçada pela miscigenação racial

D - o trabalho compulsório de escravos proporcionou privilégios aos

príncipes.

E - o exílio e a solidão são os responsáveis pela manutenção do corpo esbelto da princesa

Revisão 02

3

Gerisval Pessoa

solidão são os responsáveis pela manutenção do corpo esbelto da princesa Revisão 02 3  Gerisval

64 de 121

solidão são os responsáveis pela manutenção do corpo esbelto da princesa Revisão 02 3  Gerisval
solidão são os responsáveis pela manutenção do corpo esbelto da princesa Revisão 02 3  Gerisval
Questão 8 formação geral – KROTON 2012
Questão 8 formação geral – KROTON 2012

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 8 formação geral – KROTON 2012 Revisão 02  Gerisval Pessoa 65 de 121

65 de 121

Questão 8 formação geral – KROTON 2012 Revisão 02  Gerisval Pessoa 65 de 121
Questão 8 formação geral – KROTON 2012 Revisão 02  Gerisval Pessoa 65 de 121
Questão 8 formação geral – KROTON 2012 De acordo com a charge, podemos inferir que:
Questão 8 formação geral – KROTON 2012
De acordo com a charge, podemos inferir que:
a)
A condição de trabalho escravo infantil, ainda é mantida no Brasil,
apesar da existência da Declaração Universal dos Direitos humanos
b) As condições laborais no campo são as melhores possíveis.
c) Os trabalhadores dos canaviais comemoram a entrada do ano novo.
d) Houve um equívoco por parte de um dos trabalhadores mirins ao
desejar um feliz 1912.
e)
A evolução tecnológica trouxe modernidade para o campo.
Revisão 02
 Gerisval Pessoa
66 de 121
feliz 1912. e) A evolução tecnológica trouxe modernidade para o campo. Revisão 02  Gerisval Pessoa
feliz 1912. e) A evolução tecnológica trouxe modernidade para o campo. Revisão 02  Gerisval Pessoa
Questão 6 formação geral – ENADE 2011
Questão 6 formação geral – ENADE 2011

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 6 formação geral – ENADE 2011 Revisão 02  Gerisval Pessoa 67 de 121

67 de 121

Questão 6 formação geral – ENADE 2011 Revisão 02  Gerisval Pessoa 67 de 121
Questão 6 formação geral – ENADE 2011 Revisão 02  Gerisval Pessoa 67 de 121

Questão 6 formação geral ENADE 2011

A expressão “o Xis da questão” usada no título do infográfico diz respeito

questão” usada no título do infográfico diz respeito A - à quantidade de anos de estudos

A - à quantidade de anos de estudos necessários para garantir um emprego

estável com salário digno.

B - às oportunidades de melhoria salarial que surgem à medida que aumenta

o nível de escolaridade dos indivíduos

C - à influência que o ensino de língua estrangeira nas escolas tem exercido

na vida profissional dos indivíduos.

D - aos questionamentos que são feitos acerca da quantidade mínima de

anos de estudo que os indivíduos precisam para ter boa educação.

E - à redução da taxa de desemprego em razão da política atual de controle

da evasão escolar e de aprovação automática de ano de acordo com a idade.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

da evasão escolar e de aprovação automática de ano de acordo com a idade. Revisão 02

68 de 121

da evasão escolar e de aprovação automática de ano de acordo com a idade. Revisão 02
da evasão escolar e de aprovação automática de ano de acordo com a idade. Revisão 02
Questão 2 formação geral – ENADE 2009 Leia o gráfico, em que é mostrada a
Questão 2 formação geral – ENADE 2009
Leia o gráfico, em que é mostrada a evolução do número de trabalhadores de 10 a 14
anos, em algumas regiões metropolitanas brasileiras, em dado período:

Revisão 02

Gerisval Pessoa

a 14 anos, em algumas regiões metropolitanas brasileiras, em dado período: Revisão 02  Gerisval Pessoa

69 de 121

a 14 anos, em algumas regiões metropolitanas brasileiras, em dado período: Revisão 02  Gerisval Pessoa
a 14 anos, em algumas regiões metropolitanas brasileiras, em dado período: Revisão 02  Gerisval Pessoa

Questão 2 formação geral ENADE 2009

Leia a charge:

Questão 2 formação geral – ENADE 2009 Leia a charge: Há relação entre o que é
Questão 2 formação geral – ENADE 2009 Leia a charge: Há relação entre o que é

Há relação entre o que é mostrado no gráfico e na charge?

A)

Não, pois a faixa etária acima dos 18 anos é aquela responsável pela disseminação da violência urbana nas grandes cidades brasileiras.

B)

Não, pois o crescimento do número de crianças e adolescentes que trabalham diminui o risco de

sua exposição aos perigos da rua.

C)

Sim, pois ambos se associam ao mesmo contexto de problemas socioeconômicos e culturais vigentes no país

D)

Sim, pois o crescimento do trabalho infantil no Brasil faz crescer o número de crianças envolvidas com o crime organizado.

E)

Ambos abordam temas diferentes e não é possível se estabelecer relação mesmo que indireta entre

eles.

Revisão 02

Gerisval Pessoa

e não é possível se estabelecer relação mesmo que indireta entre eles. Revisão 02  Gerisval

70 de 121

e não é possível se estabelecer relação mesmo que indireta entre eles. Revisão 02  Gerisval
e não é possível se estabelecer relação mesmo que indireta entre eles. Revisão 02  Gerisval

Questão 8 formação geral ENADE 2009

Questão 8 formação geral – ENADE 2009 Revisão 02  Gerisval Pessoa 71 de 121

Revisão 02

Gerisval Pessoa

Questão 8 formação geral – ENADE 2009 Revisão 02  Gerisval Pessoa 71 de 121