Você está na página 1de 17

MBTI

"Sabia que esta pequena chama era a minha consciência, a única luz que possuía. O conhecimento de mim mesmo
era o único e maior tesouro que possuía. Apesar de infinitamente frágil comparado aos poderes da sombra, era
uma luz, minha única luz." Carl Gustav Jung

Baseado na psicologia de Carl Gustav Jung, psiquiatra suíço que criou a teoria dos tipos
psicológicos, o MBTI é composto por um questionário cujos resultados apontam as diferenças
existentes entre as pessoas. "O mais importante nesse instrumento é que ele não visa prescrever
as habilidades dos indivíduos e sim o seu estilo mais natural de funcionamento, confirmando que
todas as preferências são igualmente importantes", destaca Adriana Fellipelli, diretora da
Coaching, empresa de Recursos Humanos.

Assim, o conhecimento dessa diversidade pode auxiliar as pessoas a se entenderem melhor e essa
é a principal função do MBTI. O MTBI estabelece 16 combinações para demonstrar as preferências
de cada indivíduo. As pessoas podem preferir concentrar sua atenção na Extroversão ou
Introversão; obter informações pela Sensação ou Intuição; tomar decisões pelo Pensamento
(Thinking) ou Sentimento (Feeling); e se orientar em relação ao mundo exterior pelo
Julgamento (Judgement) ou Percepção (Perceiving).

O resultado do questionário gera a combinação das letras e leva ao estabelecimento das


preferências. Exemplificando: uma pessoa que seja ISTJ tira energia do seu mundo interior e é
bastante ligado a ele (I); gosta de obter informações através dos sentidos (S); prefere usar o
pensamento para tomar decisões (T); e relaciona-se com o mundo exterior através do julgamento
(J). Uma pessoa com preferências totalmente opostas seria ENFP, ou seja, tira energia do mundo
exterior, das pessoas e dos acontecimentos (E); gosta de obter informações sobre o "todo" e
relaciona os fatos entre si (N); prefere usar o sentimento para tomar decisões (F); e relaciona-se
com o mundo exterior através da percepção (P).

Observação: É importante dizer aqui que a preferência por Introversão ou Extroversão não quer
dizer que a pessoa é tímida ou que é um tagarela. Isso quer dizer que um Introvertido pode ser
falante e um extrovertido pode ser tímido.

Escalas medidas pelo MBTI

Escala Refere-se a Atividade-chave

Extroversão-Introversão Como uma pessoa é motivada Motivação

Naquilo que a pessoa presta


Sensação-Intuição Observação
atenção

Como uma pessoa toma


Pensamento-Sentimento Decisões
decisões

Tipo de vida que uma pessoa


Julgamento-Percepção Modo de vida
adota
AVALIAÇÃO - METAPROGRAMAS SIMPLES

CLIENTE:

COACH: ERIKA FIGUEIRA DATA

1. Quando está na hora de recarregar suas baterias você prefere ficar:

Com pessoas

2. Ao estudar um determinado assunto, você se interessa:

Nos fatos e nas suas aplicações atuais


Nas idéias e nos relacionamentos entre os fatos e em suas aplicações futuras

3. Quando você toma uma decisão, você confia mais:

Nas razões impessoais e na lógica


Nos valores pessoais

4. Se fossemos iniciar um projeto agora, você preferiria:

Que pudéssemos ser mais flexíveis


Que ele fosse delineado, planejado e ordenado

5. Quando você encontra pessoas novas, você:

Fala mais do que escuta?


Escuta mais do que fala?

6. Qual sentença caracteriza melhor sua forma de lidar com a vida?

Apenas faça
Verifique as alternativas

7. O que você gosta mais sobre você:

Sua cabeça fria e abordagem lógica


Sua abordagem compreensiva e acolhedora

8. No que você é melhor:

Promover mudanças quando necessário?


Focar em uma tarefa até completá-la?

9. Você prefere uma vida social que inclua:

Muitos amigos conhecidos


Poucas pessoas que você sente próximas

10. Quando você está tentendo entender alguma coisa, você:

Precisa de detalhes específicos


Prefere ter uma visão do todo e entrar nos detalhes depois

11. O que é mais interessante para você?

Saber como as pessoas fazem


Saber como as pessoas sentem

12. Que tipo de trabalho você prefere?

Um que permita você reagir rapidamente e improvisar


Um que permita você estabelecer objetivos e dar passos para atingi-los

13. Se uma tempestade impedir você de ir ao trabalho ou à escola, você:

Imagina o que está perdendo


Aproveita o tempo inesperado sozinho(a)

Com quais sentenças você é mais parecido (a)?

14.

Eu sou interessado(a) nas experiências das pessoas - o que elas fazem, quem elas conhecem.
Eu sou interessado(a) nos planos e sonhos das pessoas - aonde elas vão, o que elas vislumbram.

15.

Eu sou bom(a) em fazer um plano de trabalho.


Eu sou bom(a) em fazer outras pessoas concordarem com um plano e cooperarem no esforço.

16.

Eu posso, às vezes, tentar alguma coisa impulsivamente, apenas para ver o que acontece.
Eu gosto de saber o que está para acontecer antes de eu tentar alguma coisa.

17.

Eu geralmente penso ao mesmo tempo em que estou falando.


Eu geralmente reflito sobre o que vou falar antes de dizer.

18.

Eu tenho uma boa noção de como as coisas são.


Eu posso não perceber muito sobre como as coisas são - pelo menos não imediatamente.

19.

Eu tendo a ser do tipo analítico(a), talvez um pouco cético(a).


Eu sou interessado(a) nas pessoas e me preocupo sobre o que vai acontecer a elas.

20.

Eu gosto de deixar espaço para novas opções, mesmo depois dos planos estarem feitos.
Uma vez que os planos estão feitos, eu quero poder contar com eles.

21.

Pessoas que me conhecem geralmente sabem o que é importante para mim.


Eu não falo sobre o que é realmente importante para mim, a não ser que eu me
sinta muito próximo(a) de alguém.

22.

Se eu gosto de uma atividade em particular, eu me envolvo nela com frequência


suficiente para fazê-la bem.
Uma vez que a atividade me é familiar, eu quero mudá-la ou tentar algo novo.

23.

Quando eu estou tomando uma decisão, eu peso os prós e contras das minhas alternativas.
Quando eu estou tomando uma decisão, eu estou interessado(a) em que os
outros teriam feito em uma situação similar.
24.

Eu tendo a aprender pela experiência, portanto eu geralmente tenho meu próprio


jeito de fazer as coisas.
Eu geralmente aprendo seguindo instruções e adaptando-as às minhas necessidades.

25.
Eu descanso quando não tenho muito tempo para mim mesmo(a).
Eu descanso quando estou sozinho(a) muito tempo.

26.

Eu não me interesso muito por idéias sem aplicação prática.


Eu gosto de idéias pelo simples fato de serem idéias e gosto de brincar com elas
com minha imaginação.

27.

Quando eu negocio, eu dependo do meu conhecimento e habilidades práticas.


Quando eu negocio, eu estabeleço uma base comum com a outra pessoa.

28.

Eu preciso de um tempo (break) de tempos em tempos quando estou num trabalho.


Eu prefiro não ser interrompido(a) quando estou trabalhando com alguma coisa.

29.

Quando estou tendo bons momentos com outras pessoas, eu me sinto com energia.
Quando estou tendo bons momentos com outras pessoas, minha energia se
esvai e eu preciso de espaço.

30.

O ambiente físico ao meu redor é importante para mim e afeta como eu me sinto.
A atmosfera não é tão importante para mim se eu estiver gostando do que estou fazendo.

31.

As pessoas podem contar que eu serei justo(a) e as tratarei com respeito.


As pessoas podem contar que eu estarei lá quando elas precisarem de mim.

Quando você está de férias, você é mais parecido(a) com:

32.

Lida com as coisas conforme elas acontecem, fazendo o que você sentir que vai
gostar naquele momento.
Trabalha numa programação com coisas que você gostaria de fazer.

33.

Gasta tempo fazendo coisas com outras pessoas.


Usa o tempo para ler, caminhar ou sonhar acordado, sozinho(a).

34.

Retorna a um lugar ao qual já viajou e gosta.


Vai a algum lugar no qual nunca tenha ido antes.

35.

Leva com você algum trabalho ou projeto relacionado à escola ou curso que esteja fazendo.
Renova relacionamentos que são importantes para você.

36.

Esquece de sua rotina diária e se concentra em se divertir.


Pensa nas coisas que você precisa preparar quando as férias acabarem.

37.

Vai ver um ponto turístico famoso.


Gasta o tempo em museus e lugares mais quietos.
38.

Vai jantar em um restaurante que você realmente gosta.


Explora novas opções de restaurantes e pratos.

Quais as palavras que melhor descrevem o jeito que você vê a você mesmo(a)?

39.

Sensato(a).
Idealista.

40.

Espontâneo(a).
Sistemático(a).

1 0 0 2 0 0 3 0 0 4 0 0
5 0 0 6 0 0 7 0 0 8 0 0
9 0 0 10 0 0 11 0 0 12 0 0
13 0 0 14 0 0 15 0 0 16 0 0
17 0 0 18 0 0 19 0 0 20 0 0
21 0 0 22 0 0 23 0 0 24 0 0
25 0 0 26 0 0 27 0 0 28 0 0
29 0 0 30 0 0 31 0 0 32 0 0
33 0 0 34 0 0 35 0 0 36 0 0
37 0 0 38 0 0 39 0 0 40 0 0
E I S N T F P J
0% 0% 0% 0% 0% 0% 0% 0%

TIPO PSICOLÓGICO:
AVALIAÇÃO - METAPROGRAMAS SIMPLES

CLIENTE:

COACH: ERIKA FIGUEIRA DATA

1. Quando está na hora de recarregar suas baterias você prefere ficar:

A Com pessoas
B Só

2. Ao estudar um determinado assunto, você se interessa:

A Nos fatos e nas suas aplicações atuais


B Nas idéias e nos relacionamentos entre os fatos e em suas aplicações futuras

3. Quando você toma uma decisão, você confia mais:

A Nas razões impessoais e na lógica


B Nos valores pessoais

4. Se fossemos iniciar um projeto agora, você preferiria:

A Que pudéssemos ser mais flexíveis


B Que ele fosse delineado, planejado e ordenado

5. Quando você encontra pessoas novas, você:

A Fala mais do que escuta?


B Escuta mais do que fala?

6. Qual sentença caracteriza melhor sua forma de lidar com a vida?

A Apenas faça
B Verifique as alternativas

7. O que você gosta mais sobre você:

A Sua cabeça fria e abordagem lógica


B Sua abordagem compreensiva e acolhedora

8. No que você é melhor:

A Promover mudanças quando necessário?


B Focar em uma tarefa até completá-la?

9. Você prefere uma vida social que inclua:

A Muitos amigos conhecidos


B Poucas pessoas que você sente próximas

10. Quando você está tentendo entender alguma coisa, você:

A Precisa de detalhes específicos


B Prefere ter uma visão do todo e entrar nos detalhes depois

11. O que é mais interessante para você?

A Saber como as pessoas fazem


B Saber como as pessoas sentem

12. Que tipo de trabalho você prefere?

A Um que permita você reagir rapidamente e improvisar


B Um que permita você estabelecer objetivos e dar passos para atingi-los
13. Se uma tempestade impedir você de ir ao trabalho ou à escola, você:

A Imagina o que está perdendo


B Aproveita o tempo inesperado sozinho(a)

Com quais sentenças você é mais parecido (a)?

14.

A Eu sou interessado(a) nas experiências das pessoas - o que elas fazem, quem elas conhecem.
B Eu sou interessado(a) nos planos e sonhos das pessoas - aonde elas vão, o que elas vislumbram.

15.

A Eu sou bom em fazer um plano de trabalho.


B Eu sou bom em fazer outras pessoas concordarem com um plano e cooperarem no esforço.

16.

A Eu posso, às vezes, tentar alguma coisa impulsivamente, apenas para ver o que acontece.
B Eu gosto de saber o que está para acontecer antes de eu tentar alguma coisa.

17.

A Eu geralmente penso ao mesmo tempo em que estou falando.


B Eu geralmente reflito sobre o que vou falar antes de dizer.

18.

A Eu tenho uma boa noção de como as coisas são.


B Eu posso não perceber muito sobre como as coisas são - pelo menos não imediatamente.

19.

A Eu tendo a ser do tipo analítico (a), talvez um pouco cético (a).


B Eu sou interessado(a)+B69 nas pessoas e me preocupo sobre o que vai acontecer a elas.

20.

A Eu gosto de deixar espaço para novas opções, mesmo depois dos planos estarem feitos.
B Uma vez que os planos estão feitos, eu quero poder contar com eles.

21.

A Pessoas que me conhecem geralmente sabem o que é importante para mim.


Eu não falo sobre o que é realmente importante para mim, a não ser que eu me sinta
B muito próximo(a) de alguém.

22.

Se eu gosto de uma atividade em particular, eu me envolvo nela com frequência suficiente


A para fazê-la bem.
B Uma vez que a atividade me é familiar, eu quero mudá-la ou tentar algo novo.

23.

A Quando eu estou tomando uma decisão, eu peso os prós e contras das minhas alternativas.
Quando eu estou tomando uma decisão, eu estou interessado(a) em que os outros teriam
B feito em uma situação similar.
24.

Eu tendo a aprender pela experiência, portanto eu geralmente tenho meu próprio jeito de
A fazer as coisas.
B Eu geralmente aprendo seguindo instruções e adaptando-as às minhas necessidades.

25.

A Eu descanso quando não tenho muito tempo para mim mesmo(a).


B Eu descanso quando estou sozinho(a)+A166 muito tempo.
26.

A Eu não me interesso muito por idéias sem aplicação prática.


Eu gosto de idéias pelo simples fato de serem idéias e gosto de brincar com elas com
B minha imaginação.

27.

A Quando eu negocio, eu dependo do meu conhecimento e habilidades práticas.


B Quando eu negocio, eu estabeleço uma base comum com a outra pessoa.

28.

A Eu preciso de um tempo (break) de tempos em tempos quando estou num trabalho.


B Eu prefiro não ser interrompido(a) quando estou trabalhando com alguma coisa.

29.

A Quando estou tendo bons momentos com outras pessoas, eu me sinto com energia.
Quando estou tendo bons momentos com outras pessoas, minha energia se esvai e eu
B preciso de espaço.

30.

A O ambiente físico ao meu redor é importante para mim e afeta como eu me sinto.
B A atmosfera não é tão importante para mim se eu estiver gostando do que estou fazendo.

31.

A As pessoas podem contar que eu serei justo(a) e as tratarei com respeito.


B As pessoas podem contar que eu estarei lá quando elas precisarem de mim.

Quando você está de férias, você é mais parecido(a) com:

32.

Lida com as coisas conforme elas acontecem, fazendo o que você sentir que vai gostar
A naquele momento.
B Trabalha numa programação com coisas que você gostaria de fazer.

33.

A Gasta tempo fazendo coisas com outras pessoas.


B Usa o tempo para ler, caminhar ou sonhar acordado, sozinho(a).

34.

A Retorna a um lugar ao qual já viajou e gosta.


B Vai a algum lugar no qual nunca tenha ido antes.

35.

A Leva com você algum trabalho ou projeto relacionado à escola ou curso que esteja fazendo.
B Renova relacionamentos que são importantes para você.

36.

A Esquece de sua rotina diária e se concentra em se divertir.


B Pensa nas coisas que você precisa preparar quando as férias acabarem.

37.

A Vai ver um ponto turístico famoso.


B Gasta o tempo em museus e lugares mais quietos.

38.

A Vai jantar em um restaurante que você realmente gosta.


B Explora novas opções de restaurantes e pratos.

Quais as palavras que melhor descrevem o jeito que você vê a você mesmo(a)?

39.

A Sensato(a).
B Idealista.

40.

A Espontâneo(a).
B Sistemático(a).

A B A B A B A B
1 2 3 4
5 6 7 8
9 10 11 12
13 14 15 16
17 18 19 20
21 22 23 24
25 26 27 28
29 30 31 32
33 34 35 36
37 38 39 40
E I S N T F P J

TIPO PSICOLÓGICO:
PRIMEIRA CATEGORIA
Atitude primária

EXTROVERSÃO (Extraversion) ou INTROVERSÃO (Introversion)

E I

Aproximadamente 75% da população. Aproximadamente 25% da população.

Preferência por tirar energia do mundo exterior, das pessoas, Preferência por tirar energia do mundo interior, das idéias,
atividades ou coisas. emoções ou impressões pessoais.

Foco externo. Foco interno.

Grande gama de interesses. Grande poder de concentração.

Definem-se à luz do externo - coisas que outros irão Consideram o seu ponto de vista o árbitro da realidade e
reconhecer ou reagir. definem o externo a partir disso.

São estimulados pelos chamados prazeres e obrigações do


São mais conscientes do fenômeno mental - as impressões,
mundo externo - as pessoas, coisas e eventos que
fatos, idéias e reações que constituem um mundo interno.
constituem a realidade externa.

Agem, depois refletem. Refletem, depois agem.

São influenciados e se dão valor pelas expectativas e atenção Podem criar mecanismos de defesa contra as expectativas e
dos outros. atenção dos outros.

São diretos, fáceis de entender e acessíveis. São reservados, complicados e resguardam a privacidade.

São expressivos e podem às vezes não reconhecer suas Conhecem-se bem; Algumas vezes são apaixonadamente
próprias necessidades. intensos, mas podem não impressionar as pessoas.

Tem poucos e bons amigos; buscam relacionamentos mais


Têm muitos amigos com relacionamentos superficiais.
profundos com eles.

Olham para o meio ambiente buscando por causas. Buscam em si mesmos as causas.

São sociáveis, felizes e alegres. Gostam de interação. São mais solitários e auto-suficientes.

Gostam de lidar com conceitos e idéias. Têm notas altas em


Envolvem-se em novas situações. São aventureiros.
testes de aptidão.

Em geral, a EXTROVERSÃO nos ajuda a arriscarmos e Em geral, a INTROVERSÃO nos ajuda a perceber as
descobrirmos o que nos falta. responsabilidades individuais.

Quando julgamos nossa situação baseados nas nossas


Quando julgamos a nós mesmos à luz dos valores e realidade
próprias idéias, impressões, desejos e valores, não estamos
dos outros, nós aprendemos a confiar e a ser vulneráveis.
à mercê do ambiente.

Muita extroversão nos limita no reconhecimento de nossas


Muita introversão nos limita na habilidade de compartilhar
próprias necessidades e potencial, principalmente se os
nossas visões com outras pessoas.
outros não os reconhece.

Introvertidos enfatizam o seu ponto de vista interno. Eles se


Extrovertidos enfatizam a influência das circunstâncias
sentem mais confortáveis em situações que permitam uma
externas.
reflexão sustentada e certa privacidade.

Interagem com a maioria das situações em termos de


satisfações possíveis - mesmo que estas não tenham uma
relação imediata com suas reflexões internas.
SEGUNDA CATEGORIA
Função de Percepção

SENSAÇÃO (Sensation) ou INTUIÇÃO (Intuition)

S N

Aproximadamente 75% da população. Aproximadamente 25% da população.

Preferência por obter informações através dos cinco sentidos Preferência por obter informações através do "sexto-sentido",
e observar aquilo que é real. observando o que pode ser.

Presta atenção ao que é real, atual e factual. Presta atenção na figura completa, os padrões e conexões.

Procura especificidades. Concreto e específico. Procura generalizações. Global e abstrato.

A função de Sensação dá: A função de Intuição dá:

Apreciação por fatos objetivos e circunstâncias como Apreciação da visão do todo ou percepção de padrões que
percebidas pelos sentidos. vão além dos sentidos.

Excelente poder de observação. Poder vívido de imaginação.

Um investimento na vida como ela é agora, em todos os Um investimento nas possibilidades futuras, o desejo do que
detalhes. está por vir.

A fascinação pelo desconhecido, o não visível, o que está


Satisfação em prazeres e na segurança da realidade material.
escondido.

Pragmatismo e precisão. Inspiração e entusiasmo.

Uma ênfase na utilidade e significado literal. Uma ênfase na originalidade e nos significados alternativos.

Uma necessidade de absorver todos os fatos, não


Uma tendência de ter a visão completa tendo como base
interessando quanto tempo vai levar, antes de procurar
alguns fatos salientes.
entender.

Uso das experiências passadas em algo sem evidência


Uso da ingenuidade para resolver problemas.
sensorial.

A inabilidade de se motivar sem que algo novo possa ser


A inabilidade de acreditar em algo sem evidência sensorial.
antecipado.

Uma sensação de prazer em consumir, possuir e usar coisas Alguma resistência em posses materiais e responsabilidade
que são para ser usadas. como um potencial entrave.

Os que percebem o mundo através da INTUIÇÃO geralmente


Os que percebem o mundo através das SENSAÇÕES
ignoram a superfície material das coisas, considerando a
geralmente focam na experiência sensorial direta.
visão do todo.

Estão interessados no significado e nas possibilidades


São conscientes das aparências, fatos e detalhes; o ambiente futuras, não em fatos e detalhes. Intuitivos podem ser tão
tem um impacto direto sobre eles. focados no potencial de uma situação que eles não vêem os
obstáculos presentes.

Pessoas que usam a SENSAÇÃO na maioria das interações Pessoas que usam a INTUIÇÃO na maioria das suas
com a realidade são excelentes observadores e interações com a realidade são imaginativas e sempre
profundamente influenciados pelo o que vêem e ouvem à sua buscam mais; podem antecipar o que há de vir e podem
volta. liderar mudanças.

O uso excessivo desta função pode "amarrar" à superfície O uso excessivo desta função pode dificultar o entendimento
material da vida. de valores, como estabilidade e perseverança por exemplo.
Pode ser difícil lidar com teorias ou conceitos abstratos a Pode levar a conclusões muito rapidamente e confundir
menos que possam ser aplicados diretamente na experiência. possibilidades com fatos.
TERCEIRA CATEGORIA
Função de Julgamento

PENSAMENTO (Thinking) ou SENTIMENTO (Feeling)

T F

Aproximadamente 50% da população. Aproximadamente 50% da população.

Preferência por organizar e estruturar as informações para


Preferência por organizar e estruturar as informações para
tomar decisões de maneira pessoal e orientada para os
tomar decisões de maneira lógica e objetiva.
valores.

Dá um passo atrás da situação e avalia os pontos fortes e Coloca-se na posição da pessoa envolvida e personaliza a
fracos a partir de uma posição dissociada. situação. Posição associada.

Privilegia o auditivo digital. Privilegia o cinestésico interno.

São mais experimentadores, precisam de ordem, autonomia,


domínio, realizações, persistência. Aprendem mais por São mais sociáveis, gregários, provedores, afiliados,
leitura. Saem-se bem em exames. Tem uma orientação religiosos. Têm mais ansiedade e altos e baixos.
teórica.

A função de Pensameto dá: A função de Sentimento dá:

Habilidade de tomar decisões impessoalmente, baseadas na Habilidade de tomar decisões pessoalmente baseadas em
lógica, análise e táticas eficientes. valores compartilhados e relacionamentos.

Interesses em como as coisas funcionam. Interesses em como as pessoas pensam.

Justiça, ética, jogo limpo e igualdade. Consenso, moralidade, piedade e lealdade.

Comprometimento com liberdade intelectual, liberdade de Comprometimento em obrigações sociais, empatia e


consciência e direitos individuais. responsabilidade com os outros.

Habilidade de antecipar dificuldades ou obstáculos e planejar Habilidade de antecipar as necessidades das pessoas e
realisticamente. reações.

Interesse em relacionamentos casuais e leis gerais que


Interesse nas relações humanas e nos seus valores.
regem estes relacionamentos.

Um bom senso de narrativa estruturada e sequëncial - como Um bom senso da linguagem corporal e entonação vocal -
a introdução conduz passo-a-passo logicamente à conclusão. como algo deve ser dito e porque deve ser falado.

Pessoas que usam o PENSAMENTO para a maioria das Pessoas que usam o SENTIMENTO na maioria de suas
interações com a realidade costumam desenvolver uma boa interações com a realidade são usualmente empáticas e
noção de como as coisas são ou como deveriam ser. orientadas às pessoas.

São boas para encontrar soluções para problemas imparciais


Procuram gerar consenso e cooperação.
e lógicos.

O uso execessivo desta função pode levar a uma


O uso excessivo do SENTIMENTO pode levar à dependência
dependência na observação analítica, cegando a pessoa à
de exposição social ou a comportamentos/rituais pessoais
verdade que não pode ser expressa em termos de lógica de
para estabelecer o senso de identidade.
causa e efeito.
QUARTA CATEGORIA
Função de Organização da Vida

PERCEPÇÃO (Perceiving) ou JULGAMENTO (Judging)

P J

Aproximadamente 50% da população. Aproximadamente 50% da população.

Preferência por terem uma vida espontânea e flexível. Preferência por terem uma vida organizada e planejada.

Focam em obter todas as informações e saber que, qualquer Focam em identificar metas, planejar como alcançar cada
que seja o desafio, podem superá-lo. uma delas e seguir o plano até alcançá-las.

Podem decidir antes que todos os fatos tenham sido


Nunca sentem que têm informações suficientes para decidir e
analisados ou limitarem suas opções simplesmente para
podem procurar novas opções, mesmo depois de decidirem.
teram as coisas ajustadas e tirarem da sua mente.

Reagem rapidamente a qualquer coisa que lhes chame a Querem saber o que está acontecendo para poderem se
atenção. preparar para isso.

Estão prontos para qualquer coisa, porém podem depender São automotivados, mas podem estar despreparados para
muito das oportunidades certas e circunstâncias. lidar com o inesperado.

Resistem à estrutura; podem não iniciar um projeto até Preferem estruturas; irão organizar tempo e esforços para
estarem motivados pela chegada do prazo final. atingirem objetivos e prazos.

Fazem muitos projetos e continuam a iniciar mais projetos Fazem exatamente o que dizem que vão fazer e irão negociar
até ficarem sobrecarregados e incapazes de lidar com tudo. se forem solicitados mais.

Podem experimentar emoções como se fossem estados Podem não perceber suas necessidades físicas até terem um
físicos. problema real.

São responsáveis, firmes, verdadeiros aos seus mundos, mas


São curiosos, adaptáveis, mestres em improvisar, mas não
podem não querer mudanças, mesmo quando as coisas estão
finalizam ou permanecem em algo por muito tempo.
indo mal.

São estusiastas, engajados, impetuosos. São decididos, comprometidos, determinados.

Podem ser inconseqüentes; podem não considerar risocos e


Podem ser controladores - podem assumir autoridade
restrições de tempo quando estão envolvidos em algo
instintivamente - certamente sabem o que precisa ser feito.
excitante.

Pelo fato do tipo J usar o PENSAMENTO ou SENTIMENTO


Pelo fato do tipo P usar a SENSAÇÃO ou a INTUIÇÃO como
como seu comportamento externo, eles não acreditam nem
seu comportamento externo, as metas que formulam
por um minuto que as coisas certas vão simplesmente
usualmente enfatizam engajamento direto.
acontecer.

Como valorizam o engajamento, são mais flexíveis e podem As pessoas do tipo J acreditam que sempre é necessário
mudar facilmente a direção de algo. planejar para se alcançar algo.

Uma pontuação elevada de PERCEPÇÃO pode sugerir Lidam com os eventos racionalmente, antecipando, prevendo
resistência a prazos e limites externos. e se preparando para isto.

O seu humor parece variar com os ciclos - períodos de


entusiasmo e receptividade alternados com períodos de
sobrecarga e esgotamento.