Você está na página 1de 6

Professor Luiz Antonio de Carvalho

PeríciasPerícias ee Peritos.Peritos. Medicina Legal 1
PeríciasPerícias ee
Peritos.Peritos.
Medicina Legal
1
MEDICINA LEGAL 1)Conceito – é a ciência que sistematiza técnicas e métodos para com o
MEDICINA LEGAL
1)Conceito – é a ciência que
sistematiza técnicas e métodos para
com o objetivo em busca da verdade.
Trata-se de uma matéria eminente
jurídica, mesmo que tenha
fundamentos trazidos pela Medicina.
3
Objeto da perícia – a perícia, segundo seu modo de realizar, pode ser sobre um
Objeto da perícia – a perícia,
segundo seu modo de realizar,
pode ser sobre um fato a analisar
(pericia percipiendi) ou sobre uma
perícia já realizada (pericia
deducendi).
a)pericia percipiendi – é aquela em
que o perito é chamado para conferir
técnica e cientificamente um fato sob
a óptica quantitativa e qualitativa.
5

Conhecimentos Bancários - www.lacconcursos.com.br

1. Perícias e Peritos. 1.1. Perícias médicas. 1.2 Legislação sobre perícias 2.1. Documentos médico-
1. Perícias e Peritos.
1.1. Perícias médicas.
1.2 Legislação sobre perícias
2.1. Documentos médico-
legais.Quesitos oficiais.
médico-legais.
2
1)Perícia Conceito – conhecida também como perícia médico-legal, trata- se de um conjunto de procedimentos
1)Perícia
Conceito – conhecida também
como perícia médico-legal, trata-
se de um conjunto de
procedimentos médicos e
técnicos que tem como finalidade
o esclarecimento de um fato de
interesse da justiça.
4
b)pericia deducendi – análise feita sobre os fatos pretéritos com relação aos quais possam existir
b)pericia deducendi – análise
feita sobre os fatos pretéritos
com relação aos quais possam
existir contestação ou
discordância das partes ou do
julgador.
6

1

Professor Luiz Antonio de Carvalho

Obs: Intérpretes - Art. 281. Os intérpretes são, para todos os efeitos, equiparados aos peritos.
Obs: Intérpretes -
Art. 281. Os intérpretes são,
para todos os efeitos,
equiparados aos peritos.
7
Obs: Diploma oficial – o perito oficial deverá ser portador de diploma de curso superior.
Obs: Diploma oficial – o perito
oficial deverá ser portador de
diploma de curso superior. A lei
não traz que tipo de curso
superior que o perito deva ser
formado, o que leva a conclusão,
que em tese, poderá ser qualquer,
salvo, quando a perícia for mais
complexa.
9
Obs: Perito não oficial – quando a perícia é realizada por peritos nomeados e não
Obs: Perito não oficial – quando a
perícia é realizada por peritos
nomeados e não oficiais, a lei atesta
a igualdade de responsabilidades
com o perito oficial, conforme o
artigo abaixo:
Art. 275. O perito, ainda quando não
oficial, estará sujeito à disciplina
judiciária.
11

Conhecimentos Bancários - www.lacconcursos.com.br

2.2) Fundamento Legal – Art. 159. O exame de corpo de delito e outras perícias
2.2) Fundamento Legal –
Art. 159. O exame de corpo de
delito e outras perícias serão
realizados por perito oficial,
portador de diploma de curso
superior.
8
Obs: Ausência de um perito oficial – § 1 o Na falta de perito oficial,
Obs: Ausência de um perito oficial –
§ 1 o Na falta de perito oficial, o
exame será realizado por 2 (duas)
pessoas idôneas, portadoras de
diploma de curso superior
preferencialmente na área específica,
dentre as que tiverem habilitação
técnica relacionada com a natureza
do exame.
10
Obs: Nomeação – em regra, durante o processo ou quando se tratar de provas colhidas
Obs: Nomeação – em regra,
durante o processo ou quando se
tratar de provas colhidas
antecipadamente, a nomeação do
perito será do magistrado. Se
ocorrer durante o inquérito
policial, a nomeação é da
autoridade policial.
12

2

Professor Luiz Antonio de Carvalho

Obs: Influência das partes – a lei não autoriza a influência das partes na escolha
Obs: Influência das partes – a lei
não autoriza a influência das
partes na escolha dos peritos.
Afinal, as partes poderão nomear
assistentes técnicos para
questionar a perícia oficial.
Art. 276. As partes não
intervirão na nomeação do perito.
13
Parágrafo único. Incorrerá na mesma multa o perito que, sem justa causa, provada imediatamente: a)
Parágrafo único. Incorrerá na mesma
multa o perito que, sem justa causa,
provada imediatamente:
a) deixar de acudir à intimação ou ao
chamado da autoridade;
b) não comparecer no dia e local
designados para o exame;
c) não der o laudo, ou concorrer para
que a perícia não seja feita, nos prazos
estabelecidos.
15
Obs: Impedimentos e suspeição dos peritos – os peritos oficiais e não oficiais deverão se
Obs: Impedimentos e suspeição dos
peritos – os peritos oficiais e não
oficiais deverão se submeter as
regras de suspeição e impedimentos
conforme orientação do CPP
Art. 279. Não poderão ser
peritos:
I - os que estiverem sujeitos à
interdição de direito mencionada nos
ns. I e IV do art. 69 do Código Penal;
17

Conhecimentos Bancários - www.lacconcursos.com.br

Obs: Recusa – os peritos em regra, não poderão recusar-se a nomeação, salvo, prova justa
Obs: Recusa – os peritos em
regra, não poderão recusar-se a
nomeação, salvo, prova justa
causa, conforme os artigos
abaixo:
Art. 277. O perito nomeado
pela autoridade será obrigado a
aceitar o encargo, sob pena de
multa de cem a quinhentos mil-
réis, salvo escusa atendível.
14
Art. 278. No caso de não- comparecimento do perito, sem justa causa, a autoridade poderá
Art. 278. No caso de não-
comparecimento do perito,
sem justa causa, a autoridade
poderá determinar a sua
condução.
16
II - os que tiverem prestado depoimento no processo ou opinado anteriormente sobre o objeto
II - os que tiverem prestado
depoimento no processo ou opinado
anteriormente sobre o objeto da
perícia;
III - os analfabetos e os menores
de 21 anos.
Art. 280. É extensivo aos
peritos, no que Ihes for aplicável, o
disposto sobre suspeição dos juízes.
18

3

Professor Luiz Antonio de Carvalho

2.3)Deveres de conduta do perito – quando da avaliação da responsabilidade profissional em um contestado
2.3)Deveres de conduta do perito –
quando da avaliação da
responsabilidade profissional em um
contestado ato pericial, seja nos
Conselhos Profissionais, seja na
Justiça, recomenda-se deveres de
conduta. As regras de conduta,
arguidas quando de uma avaliação
da responsabilidade do perito, são as
seguintes:
19
c)deveres de abstenção de abusos – o perito deve agir com cautela e em prol
c)deveres de abstenção de
abusos – o perito deve agir com
cautela e em prol da dignidade da
pessoa humana, evitando
abusos.
d)deveres de vigilância, de
cuidado e de atenção – deverá
ser diligente e isento de qualquer
tipo de omissão ou influência.
21
3.2)Espécies de documentos: a)Notificações – são comunicações compulsórias feitas pelos médicos às
3.2)Espécies de documentos:
a)Notificações – são
comunicações compulsórias
feitas pelos médicos às
autoridades competentes de um
fato profissional, por
necessidade social ou sanitária.
23

Conhecimentos Bancários - www.lacconcursos.com.br

a)deveres de informação – todos os peritos devem esclarecimentos que se considerem necessários e imprescindíveis
a)deveres de informação – todos os
peritos devem esclarecimentos que se
considerem necessários e
imprescindíveis para o correto
desempenho, principalmente, quando a
perícia for complexa.
b)deveres de atualização profissional –
para o pleno e ideal exercício da atividade
pericial, não se exige do facultativo
apenas uma habilitação legal, mas um
aprimoramento sempre e continuado.
20
3) Documentos Médicos-Legais 3.1)Conceito – é toda anotação, seja ela gráfica, públicas ou privadas, que
3) Documentos Médicos-Legais
3.1)Conceito – é toda anotação,
seja ela gráfica, públicas ou
privadas, que têm o caráter
representativo de um fato a ser
avaliado em juízo.
22
a.1) Legislação: Art. 269 CP: “Deixar o médico de denunciar a autoridade pública, doença de
a.1) Legislação:
Art. 269 CP: “Deixar o médico de
denunciar a autoridade pública, doença
de notificação
compulsória”. Pena - detenção de 6
meses a 2 anos e multa.
Art. 154 CP: “Revelar alguém, sem justa
causa, segredo de que tem ciência em
razão de função de ministério, ofício ou
profissão, e cuja revelação possa produzir
dano a outrem”. Pena - detenção de 3
meses a 1 ano ou multa.
24

4

Professor Luiz Antonio de Carvalho

b)Atestados – conhecido também como certificado, o documento que tem por objetivo firmar a veracidade
b)Atestados – conhecido também
como certificado, o documento que
tem por objetivo firmar a veracidade
de um fato ou a existência de
determinado estado de ocorrência.
Tem a finalidade de resumir, de forma
objetiva e singela, o que resultou do
exame feito em um paciente.
25
Administrativo - É aquele fornecido por um médico servidor público ou um particular mas que
Administrativo - É aquele fornecido
por um médico servidor público ou
um particular mas que vai
desempenhar seu papel junto a uma
repartição pública, ou seja, servem
aos interesses dos serviços
públicos.
Judicial - É aquele expedido por
solicitação do Juiz ou que integra os
autos judiciários. Atende a
administração da justiça.
27
Imprudente - É aquele fornecido por um médico particular para fins administrativos, sabendo-se que a
Imprudente - É aquele fornecido
por um médico particular para
fins administrativos, sabendo-se
que a empresa ou repartição tem
serviço médico próprio.
Falso - É o que na sua expressão
falta com a verdade,
dolosamente.É crime previsto no
Código Penal como falsidade
ideológica.
29

Conhecimentos Bancários - www.lacconcursos.com.br

b.1) B) CLASSIFICAÇÃO: a) Quanto a procedência ou destino: Oficioso - É aquele fornecido por
b.1) B) CLASSIFICAÇÃO:
a) Quanto a procedência ou destino:
Oficioso - É aquele fornecido por um
médico na atividade privada com
destino a uma pessoa
física ou privada. Justifica situações
menos formais.
26
b) Quanto ao “Modus faciendi” ou conteúdo Idôneo - É aquele expedido pelo profissional habilitado
b) Quanto ao “Modus faciendi” ou
conteúdo
Idôneo - É aquele expedido pelo
profissional habilitado e o seu conteúdo
expressa a veracidade do ato.
Gracioso - É aquele fornecido sem a
prática do ato profissional que o
justifique, não importandose
gratuitamente ou pago “caridade,
humanidade, amizade, político”. É sempre
antiético e pode se transformar em
imprudente ou falso.
28
c) Tipos - De vacina - De sanidade física ou mental - De óbito -
c) Tipos
- De vacina
- De sanidade física ou mental
- De óbito
- De insanidade física ou mental
30

5

Professor Luiz Antonio de Carvalho

LEGISLAÇÃO: CP Art. 302 -“Dar o médico no exercício de sua profissão, atestado falso”. Pena:
LEGISLAÇÃO:
CP Art. 302 -“Dar o médico no
exercício de sua profissão, atestado
falso”. Pena: detenção de 1 mês a 1
ano.
Código de Ética Médica: Art. 110 - “
Fornecer atestado sem ter praticado
ato profissional que o justifique, ou
que não corresponda à verdade”.
31
Obs: elementos do relatório: O relatório é constituído das seguintes partes: Preâmbulo – é a
Obs: elementos do relatório: O relatório é
constituído das seguintes partes:
Preâmbulo – é a qualificação, com nome
das partes, data, local, nome do perito,
etc.
Quesitos – são as perguntas necessárias
para a elucidação do caso.
Histórico – registro dos fatos mais
significativos que motivam o pedido de
perícia ou que possam esclarecer e
orientar a ação do legisperito.
33
Pareceres – são as convicções técnicas a respeito do fato periciado; Depoimento oral – quando
Pareceres – são as convicções
técnicas a respeito do fato periciado;
Depoimento oral – quando
convocado pelo juiz ou pelas partes,
os peritos devem responder
oralmente algum ponto relevante.
35

Conhecimentos Bancários - www.lacconcursos.com.br

c)Prontuários – trata-se de registro dos cuidados médicos prestados. Sendo de propriedade do paciente.
c)Prontuários – trata-se de registro
dos cuidados médicos prestados.
Sendo de propriedade do paciente.
d)Relatórios – é a descrição mais
minuciosa de uma perícia médica a
fim de responder à solicitação da
autoridade policial ou judiciária
frente ao inquérito.
32
Descrição – é a parte mais importante do relatório médico-legal. Trata-se da exposição de todas
Descrição – é a parte mais
importante do relatório médico-legal.
Trata-se da exposição de todas as
particularidades da lesão.
Conclusão – síntese de tudo que foi
feito.
repostas as quesitos – os peritos
responde os quesitos de forma
objetiva.
34
36
36

6