Você está na página 1de 10

DESAFIO PROFISSIONAL

CURSO: LETRAS/PEDAGOGIA
7ª SÉRIE

DISCIPLINAS NORTEADORAS: EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE,


ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA,
DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL, LEITURA E
PRODUÇÃO DE TEXTO, TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO.

O Desafio Profissional é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem que


tem por objetivos:

 Favorecer a aprendizagem.
 Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo aprendizado eficiente e
eficaz.
 Promover o estudo dirigido a distância.
 Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o
autoaprendizado.
 Oferecer diferentes ambientes de aprendizagem.
 Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas pelas
Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação.
 Promover a aplicação da teoria e conceitos para a solução de
problemas práticos relativos à profissão.
 Direcionar o estudante para a busca do raciocínio crítico e a
emancipação intelectual.

Para atingir estes objetivos, você deverá seguir as instruções na elaboração do


Desafio Profissional ao longo do semestre, sob a orientação do Tutor à Distância,
considerando as disciplinas norteadoras.

1
A sua participação nesta proposta é essencial para o desenvolvimento de
competências e habilidades requeridas na sua atuação profissional.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

Ao término das etapas propostas neste desafio, você terá desenvolvido as


competências e habilidades dispostas nas Diretrizes Curriculares Nacionais descritas
a seguir:

 Utilizar maneiras de ensinar diferentes áreas, como Língua Portuguesa,


Matemática, Ciências, História, Geografia, Artes, Educação Física, integrando-
as de forma interdisciplinar e consoante às diferentes fases do
desenvolvimento.
 Estabelecer relação entre os conhecimentos relativos à área de atuação e as
demais áreas do conhecimento.
 Estruturar pesquisas capazes de proporcionar conhecimentos acerca da
realidade sociocultural do alunado considerando o contexto em que
desenvolvem suas experiências não escolares, refletir sobre processos de
ensinar e de aprender em diferentes meios e sobre propostas curriculares e,
ainda, acerca da organização do trabalho educativo e práticas pedagógicas.
 Dominar instrumentos próprios para construção de conhecimentos
pedagógicos e científicos.

OBJETIVO DO DESAFIO

Promover uma reflexão crítica e aprofundada acerca dos possíveis desafios que
podem ser enfrentados em sala de aula frente a um contexto de diversidade étnico-
racial e, em seguida, propor uma ação interventiva para incentivar o reconhecimento
da importância da diversidade.

2
PRODUÇÃO ACADÊMICA

Elaboração de um e-mail direcionado para a Secretaria de Educação de seu


município, apresentando detalhadamente os desafios enfrentados diante da
diversidade étnico-racial existente em sala de aula, propondo uma ação de
intervenção capaz de possibilitar o reconhecimento da importância e respeito à
diversidade.

DESAFIO PROFISSIONAL

Roberta graduou-se recentemente no curso de Letras e atua como professora


de Língua Portuguesa na Escola Estadual Novo Horizonte. No seu cotidiano
escolar, Roberta tem se deparado com situações de desentendimento e
divergência entre os alunos, dentre as quais, destaca-se a diversidade étnico-
racial como um dos principais temas propulsores. Objetivando conscientizar os
alunos acerca da diversidade étnico-racial existente, Roberta vê a necessidade
de escrever um e-mail para a Secretaria de Educação de seu município,
argumentando a respeito dos desafios enfrentados sobre a temática Educação
e Diversidade e, ainda, propondo uma ação de intervenção que atinja todas as
etapas e modalidades educacionais do município, objetivando conscientizar os
educandos em relação ao cenário destacado.

Roberta é uma professora recém formada de Língua Portuguesa do 6º ano do


ensino fundamental da Escola Estadual Novo Horizonte. Ela tem se deparado com
situações de desentendimentos entre os alunos da turma, os quais corriqueiramente
chamam os amigos por diversos apelidos preconceituosos, como “macaco”, “pé
rapado”, “pretinho”, “burro”, “filho de lavadeira”, entre outros. Como as situações

3
acontecem durante o intervalo, período no qual os alunos ficam sozinhos, as
discussões e reclamações tinham seu ápice no retorno para a sala, muitas vezes,
acabando em agressões física e morais.
Frente esta situação, Roberta passou a refletir sobre as possíveis causas dos
desentendimentos, e lembrou-se de uma temática bastante discutida na disciplina de
“Educação e Diversidade”, que é o desenvolvimento do respeito e da tolerância,
frente à diversidade cultural existente e a dificuldade do Brasil ser entendido em sua
amplitude e diversidade regional, social, cultural e religiosa.
Inquieta com a situação e tendo clareza referente ao direito de acesso e
permanência na escola, direito esse garantido na Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional (LDBEN 9394/96), tema bastante estudado na disciplina de
Estrutura e Organização da Educação Brasileira, Roberta descobriu que o motivo dos
conflitos estavam relacionados a questões étnico-raciais e sociais, o que favorecia o
surgimento de apelidos e piadas que constrangiam os alunos e causavam as brigas e
discussões.
Considerando a diversidade um dos desafios a ser enfrentado na sua atuação
profissional, temática também discutida na disciplina de Desenvolvimento Pessoal e
Profissional, Roberta pensou em uma estratégia para intervir e conscientizar os
alunos sobre o respeito e a tolerância à diversidade.
Lembrando-se das estratégias utilizadas pela professora da disciplina de
Leitura e Produção de Texto, durante a graduação, decidiu realizar atividades de
leitura com temas sobre a diversidade cultural, social, religiosa e étnico-racial
existente, também abordar aspectos como respeito, tolerância, reconhecimento e,
posteriormente, solicitar uma produção de texto sobre o assunto, objetivando
identificar os conceitos e preconceitos dos alunos e trabalhá-los mais
especificamente.
A professora Roberta, realizando a atividade, notou que esta temática
configura-se em prioridade a ser desenvolvida no contexto amplo da educação, pois
envolve alunos de todas as etapas e modalidades de ensino. Assim, decidiu
encaminhar um e-mail, junto à Secretaria de Educação de seu, explicitando os
desafios enfrentados na escola sobre a questão das diversidades e propondo uma
ação de intervenção frente à realidade.
4
Tendo em vista o contexto descrito e a intervenção a ser desenvolvida, o seu
desafio profissional é, enquanto professor de Língua Portuguesa, elaborar um e-mail
para a Secretaria Municipal de Educação, explicitando os desafios enfrentados na
sala de aula frente à temática e propor uma ação para conscientizar os alunos sobre
o respeito e a tolerância à diversidade.

Para construir o seu Desafio Profissional, será necessário seguir os seguintes


passos:

Passo 1

O primeiro passo para a realização deste desafio profissional consiste em você


pesquisar a estrutura de um e-mail, para os quais serão indicados links nas
orientações pedagógicas a seguir, reconhecendo suas características e
especificidades, a fim de produzi-lo atendendo todas as especificidades
características do gênero.

Passo 2

No segundo passo, você deverá refletir sobre e descrever quais são os


desafios enfrentados na atualidade referentes à temática Educação e Diversidade,
para que a Secretaria Municipal de Educação entenda o contexto da ação a ser
proposta. Para direcionar esta atividade, podem ser utilizadas as seguintes questões
para reflexão.

1 – Os alunos têm consciência da diversidade étnico-racial presente em nosso país?


2 – Os alunos conhecem e reconhecem suas origens?
3 – Os alunos conhecem a histórica formação populacional do Brasil?
4 – Quais as leis que discutem a Educação e Diversidade no Brasil? Quais as suas
implicações?
5 – Como e quando abordar a temática diversidade, garantindo uma discussão e
reflexão sem preconceito sobre a temática.
5
Lembrando que as questões são apenas norteadoras para a elaboração da
justificativa e contextualização da proposta de intervenção, devendo este item se
compor em um texto corrido, coerente e consiste, com discussões de autores e
legislações que tratam da temática.

Passo 3

O terceiro passo, tendo contextualizado e discutido a temática, é propor uma


ação de intervenção junto a todas as etapas e modalidades de educação do
município, objetivando tratar questões sobre a diversidade e conscientizar os alunos
sobre a importância do respeito a esta.
Para a elaboração da proposta de intervenção, você deverá explicitar os
seguintes itens:

1 – Público alvo.
2 – Objetivos.
3 – Ação a ser desenvolvida.
4 – Metodologia a ser utilizada.

Lembrando que os itens devem ser contemplados num texto corrido e não em
tópicos.

Passo 4

O passo 4, o último, consiste na elaboração do Desafio Profissional a ser


postado no AVA. Dessa forma, o trabalho final deve conter:

 Capa.
 Contracapa.
 Sumário.

6
 Introdução.
 Reflexão e descrição sobre os desafios enfrentados na atualidade referentes à
diversidade étnica-racial. (Texto estruturado a partir das questões norteadoras)
 Proposta de intervenção para a situação descrita no item anterior.
 Conclusão.
 Referências.
 Anexo: i) e-mail escrito para ser enviado à Secretaria de Educação do
município.
 Formatação segundo a padronização apresentada a seguir.

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Para ajudar na elaboração deste Desafio Profissional, é importante que, além


das discussões realizadas nas disciplinas que compõem o semestre, você leia o artigo
“Diversidade cultural, desigualdade e exclusão: um encontro com professores da
Educação Básica” (2013), elaborado pela Professora doutora Ruth Pavan. Neste
artigo, a autora apresenta discussões acerca da compreensão que os professores de
Educação Básica têm sobre os processos de exclusão, diversidade cultural e
desigualdade existentes tanto na sociedade quanto na escola. O artigo encontra-se
disponível em: <www2.pucpr.br/reol/index.php/dialogo?dd99=pdf&dd1=10217>.
Acesso em 23 mar. 2017.
Focando especificamente na discussão sobre a diversidade étnico-racial, sugiro
que assistam ao filme curta metragem “O Xadrez das Cores: o preconceito e o
desafio da acolhida da diversidade”, de Marco Schiavon, que trata especificamente
sobre o preconceito étnico-racial presente na sociedade, que também envolve
questões culturais, religiosas e sociais e que, sem dúvida, reflete na formação da
criança. A criança não nasce preconceituosa, mas ela se torna preconceituosa como
fruto das próprias relações existentes. Procure, a partir do vídeo, verificar como as
relações sociais se constituem e como refletem na ação os educandos na escola. O

7
vídeo encontra-se disponível em: <www.youtube.com/watch?v=CGIBoGzNMR0>.
Acesso em 28 mar. 2017.
Para ajudar na elaboração da proposta de intervenção, sugiro a leitura do
artigo “Gênero e Diversidade na Escola: analisando propostas pedagógicas”,
elaborado pela professora doutora Raquel Pereira Quadrado, e pela acadêmica do
curso de pedagogia Jéssica Martins da Silva. O artigo em questão é resultante de
pesquisa desenvolvida no âmbito do projeto Gênero e Diversidade na Escola,
financiado pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade –
SECAD – do Ministério de Educação. O trabalho apresenta diversos relatos de
projetos desenvolvidos em escolas públicas, em torno da temática, diversidade e
desigualdade. O artigo encontra-se disponível em:
<www.fazendogenero.ufsc.br/9/resources/anais/1278290917_ARQUIVO_Fazendo_
Genero_9_Texto_Competo_Raquel_Quadrado.pdf>. Acesso em: 27 mar. 2017.
Finalmente, para contribuir com a estruturação do e-mail a ser enviado à
Secretaria municipal de educação, sugiro a leitura do texto “O e-mail - Um gênero
textual do meio eletrônico”, disponível em: <http://portugues.uol.com.br/redacao/o-
e-mail---um-genero-textual-meio-eletronico-.html>. Acesso em: 27 mar. 2017. O
texto em questão discute a ampliação da interação e comunicação entre as pessoas
com o advento das novas tecnologias e, ainda, especifica os componentes do gênero
e-mail.
Lembrando que estas são sugestões de leituras, mas que podem e devem ser
ampliadas a partir do autoestudo e da autopesquisa.

POSTAGEM DO DESAFIO PROFISSIONAL

Postar no Ambiente Virtual a versão final do Desafio Profissional em arquivo único no


formato .doc /.docx (Word), para a avaliação do tutor à distância.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

8
Desafio Profissional: Nota – 0 a 4 pontos.

Observância à padronização e às orientações para a elaboração do e-mail.

PADRONIZAÇÃO

A atividade deve ser estruturada de acordo com a seguinte padronização:

1. Páginas de formato A4.


2. Margens esquerda e superior de 3cm, direita e inferior de 2cm.
3. Fonte Times New Roman ou Arial tamanho 12, cor preta.
4. Espaçamento de 1,5 entre linhas.
5. Citações com mais de três linhas devem ser em fonte tamanho 10, com um recuo
de 4cm da margem esquerda e espaçamento simples entre linhas.
6. Capa, contendo:
6.1. nome de sua Unidade de Ensino, Curso e Disciplinas;
6.2. nome completo e RA do(a) aluno(a);
6.3. título da atividade;
6.4. nome do(a) Tutor(a) à Distância (EAD);
6.5. cidade e data da entrega, apresentação ou publicação.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996.


Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <Ministério da
Educação. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e
bases da educação nacional. Disponível em:
<http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/ldb.pdf>. Acesso em: 27 mar. 2017.

BUZATTO, Odete Do Rocio; HAGEMEYER, Regina Cely De Campos. ANÁLISE DA


Formação Docente para diversidade cultural na escola básica: as novas dimensões
do trabalho pedagógico. 2016. Disponível em: <www.anpedsul2016.ufpr.br/wp-
content/uploads/2015/11/EIXO6_ODETE-DO-ROCIO-BUZATTO-REGINA-CELY-DE-
CAMPOS-HAGEMEYER.pdf>. Acesso em: 24 mar. 2017.
9
SILVA, Clemildo Anacleto da; MUNOZ, Manuel Alfonso Diaz. Diversidade na
Educação, Respeito e Inclusão. Porto Alegre: EdiPUCRS, 2012.

COMO CITAR ESTE DESAFIO PROFISSIONAL

PIO, Camila Aparecida. Desafio Profissional de Letras e pedagogia: Educação e


Diversidade, Estrutura e Organização da Educação Brasileira, Desenvolvimento
Pessoal e Profissional, Leitura e Produção de Texto, Tecnologias Aplicadas à
Educação. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2017. 10 p. Disponível em:
<www.anhanguera.edu.br/cead>. Acesso em: 6 abr. 2017.

10