Você está na página 1de 16

Organizações internacionais Regionais

Percurso 4
Geografia 9ºANO
Profª Bruna Andrade e Elaine Camargo
 Os países fazem uniões a partir de interesses comuns.

 Esses interesses devem trazer benefícios aos países


membros.

 O desenvolvimento do comércio, a segurança dos


territórios e população e a promoção de suas culturas
são os principais interesses dos países ao fazerem
alianças.
Organizações internacionais regionais – BLOCOS ECONÔMICOS

Dedicadas a expandir as trocas comerciais entre os países


membros e não-membros.

Zona de livre comércio

União aduaneira
Tipos
Mercado comum

União econômica e monetária


Principais Blocos Econômicos:

A. Nafta (Acordo de Livre Comércio da América do Norte)

B. UE (União Europeia)

C. Mercosul (Mercado Comum do Sul)

D. APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico)

E. ALCA (Acordo de Livre Comércio das Américas)


A) NAFTA - Área de livre comércio da América do Norte.
(EUA, CANADÁ e MÉXICO)

 Iniciativa do México

 México cresceu industrialmente e aumentou seu IDH

 Principal Favorecido = EUA INDUSTRIAS MAQUILADORAS (ex: General


Motors e Walmart)

 Vantagens de instalarem suas indústrias : matéria-prima e mão de obra


baratas.

 Os EUA não se preocupam com os Problemas Ambientais e Sociais que


causam. (Degradação Ambiental, baixos salários e poucos direitos
trabalhistas).
B)UE (União Europeia)
Composto de 27 países

 Após a destruição causada pela guerra, essa união seria fundamental;

 Maior e mais completo bloco econômico;

 Moeda Comum (EURO);

 Disputas internas dentro do bloco;

 Criação de exércitos/Combate ao terrorismo = XENOFOBIA

 Turquia não consegue entrar no Bloco = Mão de obra barata e religião


(Muçulmana).
C) MERCOSUL ( Mercado Comum do Sul)
 Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai – Fundadores “Tratado de Assunção” (1991).

 1992: Iniciativa coletiva

 Zona de livre comércio – Saiu do papel????

 Não há circulação livre de pessoas

 Brasil e Argentina disputam hegemonia no bloco

 Argentina vem criando barreiras contra produtos


brasileiros (Limitando exportações do Brasil).

 Integração do bloco é mínima.


Composição do Grupo

Todos os países da América do Sul participam do MERCOSUL, seja como Estado


Parte, seja como Estado Associado.

Estados Partes: Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai (desde 26 de março de 1991) e


Venezuela (desde 12 de agosto de 2012).

Estado Parte em Processo de Adesão: Bolívia (desde 7 de dezembro de 2012).


Estados Associados: Chile (desde 1996), Peru (desde 2003), Colômbia, Equador (desde 2004),
Guiana e Suriname (ambos desde 2013).

Objetivos:
O MERCOSUL tem por objetivo consolidar a integração política, econômica e social entre os
países que o integram, fortalecer os vínculos entre os cidadãos do bloco e contribuir para
melhorar sua qualidade de vida.
Com a incorporação da
Venezuela, o MERCOSUL
passou a contar com:

 uma população de 270


milhões de habitantes (70%
da população da América
do Sul);

 PIB de US$ 3,2 trilhões (80%


do PIB sul-americano);

 e território de 12,7 milhões


de km² (72% da área da
América do Sul).

O MERCOSUL passa a ser, ainda, ator incontornável para o tratamento de duas questões
centrais para o futuro da sociedade global: segurança energética e segurança alimentar. Além
da importante produção agrícola dos demais Estados Partes, o MERCOSUL passa a ser o
quarto produtor mundial de petróleo bruto, depois de Arábia Saudita, Rússia e Estados
Unidos.
D) APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico)
 Países com saída para o Oceano Pacífico.

 Chile não quis entrar no Mercosul


para fazer parte da APEC. - Exporta vinho

 EUA e Japão são os maiores


Exportadores e importadores do bloco,
respectivamente.
E) ALCA (Acordo de Livre Comércio das Américas)
 Contra a Aliança do Mercosul com a EU;

 Principal Interesse dos EUA – Forma de exploração da América Latina.

 Problema – A entrada de produtos estadunidenses no Brasil (com mais


tecnologia, design e market) pode causar a falência de industrias nacionais.
ALCA (Área de Livre Comércio das Américas) foi um acordo proposto aos
países latino-americanos com o propósito de eliminar todas as barreiras
comerciais e incentivar o livre comércio nas Américas melhorando a
importação e a exportação de produtos. São ao todo 34 países (exceto Cuba,
que não faz parte do acordo por causa do bloqueio econômico imposto pelos
EUA). A ALCA está prevista para ser um grande bloco econômico juntamente
com a NAFTA e o Mercosul.
Porém, existem alguns problemas. Alguns países temem a implantação desse
acordo e muitos estudiosos acreditam que os EUA, controlariam a economia
de toda a América Latina (seria uma espécie de dominação americana).

A ALCA, dizem os especialistas, “Beneficia poucos e prejudica muitos”,


consiste em um pacote de propostas contra o povo latino-americano e suas
consequências são fáceis de serem previstas: dependência econômica, política
e tecnológica, invasão territorial e cultural. Isso sem contar o fato de que os
países em desenvolvimento precisariam de altos investimentos para entrar
em um mercado econômico tão grandioso como a ALCA.

Retirado de http://www.infoescola.com/geografia/alca-area-de-livre-comercio-das-
americas/.
Globalização x Fragmentação

 Blocos são fechados;

 Criam barreiras para a entrada de


produtos de países pertencentes a
outros blocos.

NAFTA x UE

Acordos Bilaterais com o


MERCOSUL

Trocas Intrablocos
Atualidades

Mercosul 'emperra' relação do Brasil com União Europeia


Márcia Bizzotto - De Bruxelas para a BBC Brasil

Atualizado em 23 de fevereiro, 2014 - 17:09 (Brasília) 20:09 GMT

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/02/140219_brasil_uniao_eur
opeia_mercosul_mb_mm.shtml

Dilma 'estranha' ação da UE na OMC contra a Zona Franca de Manaus


Márcia Bizzotto - De Bruxelas para a BBC Brasil
Atualizado em 24 de fevereiro, 2014 - 13:47 (Brasília) 16:47 GMT

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/02/140224_brasil_ue_dilma
_mb_cc.shtml