Você está na página 1de 36

LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

1
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

2
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

PROPOSTA DE REDAÇÃO

Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua
formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma-padrão da língua portuguesa sobre o tema A
IMPORTÂNCIA DO ESPORTE PARA PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL, apresentando proposta de conscientização
social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos
para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO I

ESPORTE GERA BEM-ESTAR E INCLUSÃO SOCIAL

A prática de esportes é essencial para mantermos uma vida saudável e menos


estressante. No entanto, nem sempre nos conscientizamos de que, além disso, ele é um
fator muito importante para a ressocialização de pessoas à margem da sociedade.
Outro ponto importante é a escolha de qual esporte praticar. A atividade física
deve adequar-se ao perfil do praticante, para que ela lhe traga prazer e bem-estar.
Um esporte muito destacado, quando o assunto é inclusão social, é o futebol de
campo. Por ser muito presente em nossa cultura e fácil de praticar pelas ruas de
qualquer cidade, hoje vemos a continuidade de seu papel, mas, ao mesmo tempo,
estamos diante de um panorama diferente, em que é possível identificar a expansão de
outras modalidades esportivas no quadro de inclusão social. Hoje, esportes, como o
vôlei, o basquete, o boxe, o atletismo, o skate e o tênis, vêm tornando-se importan-
tíssimos no papel da reintegração social.
Ao ensinar esportes a crianças e jovens, é possível permitir que eles se sintam
participantes da sociedade, além de possibilitar que desenvolvam habilidades de
concentração e coordenação motora, fundamentais para o desenvolvimento físico,
psicológico e para o processo educacional. Para isso, não podemos implementar o
esporte apenas como habilidade física ou recreativa. Ele deve ser acrescido à função
educacional, incluindo elementos sociais, culturais, comunitários e afetivos.
Por isso, o esporte é visto hoje como um processo de sucesso na busca da
inclusão social, contribuindo com o desenvolvimento físico e motor, identificando
responsabilidade, autoconfiança e integração no trabalho em grupo.
Vamos contribuir com a inclusão social?
Mundo Verde – Acesso em 29 de maio de 2012.

TEXTO II

ROCINHA RECEBE ABERTURA OFICIAL DAS OLIMPÍADAS ESCOLARES 2012

O complexo esportivo da favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio do Janeiro, receberá, neste sábado (26), a
abertura oficial das Olimpíadas Escolares 2012. A etapa carioca é uma promoção das secretarias estaduais de Saúde,
de Esporte e Lazer e de Educação.
As Olimpíadas Escolares têm o objetivo de incentivar a inclusão social de jovens por meio do esporte, resgatar
a importância das competições estudantis no Brasil e descobrir novos talentos. Na edição de 2012, 475 escolas estão
inscritas, e mais de 20 mil alunos irão participar.
Os estudantes irão competir nas seguintes modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal,
ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, taekwondo, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e xadrez.
Serão duas categorias: ‘A’ para alunos de 12 a 14 anos e ‘B’ para os de 15 a 17 anos.
Os campeões se classificarão para a etapa nacional, que será em Poços de Caldas, em Minas Gerais, e em
Cuiabá, no Mato Grosso.
G1, 5/5/2012.

INSTRUÇÕES:
O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
O texto definitivo deve ser escrito a tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero.
A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero.
A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de
linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.
3
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

RASCUNHO

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

4
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

LINGUAGENS E CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

ESPANHOL

LA SALSA

El músico Eduardo Morales (1969-) define la


salsa como “un nuevo giro de los ritmos tradicionales al
son de la música cubana y la voz cultural de una nueva
generación” y “una representación de la identidad cubana
y latina en Nueva York”. El director cubano Machito
afirmaba que la salsa era, más o menos, lo que él había
tocado durante cuarenta años (entre 1930 y 1970) antes
de que el género musical se denominara así.
El célebre músico neoyorquino y de ascendencia
boricua (puertorriqueña), Tito Puente, afirmaba que “la
02. Pelo conteúdo da charge percebemos que a mulher
salsa, como ritmo o música, no existe. La música que
llaman salsa es la que he tocado desde hace muchísimos a) tem saudade da época em que o homem tinha bons
modos na presença dela.
años: se llama mambo, guaracha, chachachá, guaguancó.
Todo es música cubana. La salsa se come; no se ve, no b) não se sente a vontade na presença do marido.
se oye, no se baila”. c) gostaria de ser estranha como o marido.
La salsa presenta las siguientes características: d) pensa que ela e o homem compartilham da mesma
Ritmo: Utiliza como base el patrón rítmico del visão sobre a maneira como a pessoa deve se
comportar no ambiente doméstico.
son cubano, con clave de son en dos compases de 4/4.
Melodía: Presenta una mezcla de rasgos e) continua perdidamente apaixonada pelo marido.
melódicos del son montuno y el jazz afrocubano. El jazz
afrocubano no es imprescindible en la salsa; Se usa
Texto para a questão 03.
dependiendo del arreglo musical.
Armonía: Acopla rasgos armónicos cubanos. “Hablando sobre el último partido del Boca el
Instrumentación: Usa instrumentos cubanos arquero Cárceres dijo a un periodista tras el juego que
popularizados desde los años veinte: pailas o timbales, no comprendió lo que pasó hoy en la cancha en la final
del torneo clasura. En su opinión el equipo no ha jugado
bongó, güiro cubano, cencerro, dos maracas (en otras
bien, pero ha perdido.”
regiones solo se usaba una), conga (se diferenciaba de
(El Clarín, cuaderno de deportes.)
otros tambores afro latinos por su herraje de afinación), y
los instrumentos piano, contrabajo (en algunos casos bajo
eléctrico), trompeta, saxofón sobre todo barítono, trombón, 03. Após uma atenta leitura do fragmento posto acima
flauta y violín. observamos que
(El Clarín, Buenos Aires.)
a) o goleiro Cárceres mostra grande conhecimento
sobre o futebol e soube expressar seu ponto de
vista com muita coerência.
01. A salsa é o nome comercial dado, nos anos 60, ao
gênero musical resultante de uma síntese de b) a postura do atleta revela uma total falta de visão
influências musicais cubanas com elementos da crítica, pois apesar de fornecer explicações lógicas
música caribenha e o jazz, em especial o jazz para a derrota do time não a aceita.
afrocubano. De acordo com o músico Tito Puente c) a declaração de Cárceres é incoerente, pois não há
relação de adversidade entre o fato de o time não
a) a salsa é um ritmo autenticamente cubano e nasceu
ter jogado bem e ter perdido; pelo contrário, seria
em meados dos anos 50.
possível estabelecer uma relação de adição ou de
b) a salsa como ritmo ou música não existe. Na conclusão.
realidade, trata-se do mambo, da guaracha, do
d) o jogador revelou que tem conhecimento de fatos
chachachá e do guaguancó.
internos do clube que levaram a uma derrota
c) a salsa embora seja considerada a música nacional inesperada e inexplicável.
cubana é originária dos Estados Unidos.
e) há uma tentativa do repórter em conduzir a resposta
d) a salsa nasceu com a grande cantora afrocubana do jogador, pois sendo ele, o repórter, ligado ao
Célia Cruz. clube adversário deseja gerar uma crise interna no
e) a salsa, até hoje, disputa espaço com outros ritmos Boca.
latinos como: o mambo, a guaracha e o guaguancó.

5
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

Texto para as questões 04 e 05. c) a reeleição de Margaret Thatcher nas eleições de


1983.
La Guerra de las d) a assinatura de um acordo econômico com o Chile
Malvinas o Guerra del que mediou o conflito.
Atlántico Sur (en inglés: e) o nascimento de uma postura hostil em relação à
Falklands War) fue un América do Sul.
conflicto armado entre la
República Argentina y el
Reino Unido que tuvo lugar INGLÊS
en las islas Malvinas,
Georgias del Sur y Sándwich MAGIC AND LOSS
del Sur. La guerra se
desarrolló entre el 2 de abril,
día del desembarco argentino
en las islas, y el 14 de junio
de 1982, fecha del cese de
hostilidades entre la Argentina
y el Reino Unido de la Gran Bretaña, lo que conllevó la
reconquista de los tres archipiélagos por parte del Reino
Unido.
La causa fue la lucha por la soberanía sobre It has been more than twenty years since Tim
estos archipiélagos australes, cuyo descubrimiento es Berners-Lee first proposed the World Wide Web as a
motivo de controversias, ocupados alternadamente entre shared system that would give almost anyone access
España, Francia, Argentina y Reino Unido (actualmente); to the resources of the Internet. Nearly two billion now
Argentina considera que se encuentran ocupados por una surf the web. They join up around world from
potencia invasora y los consideran como parte de su cellphones, tablets, laptops and desktops.
provincia de Tierra del Fuego, Antártida e Islas del The Internet is a massive and spontaneous
Atlántico Sur. Tras una invasión de las Malvinas, también civilization whose population is greater than China's. It
estaba previsto invadir militarmente las islas Picton, is one of the strangest phenomena mankind has ever
Lennox y Nueva y otras hasta atacar al cabo de Hornos, seen, and yet it's now difficult to even imagine ordinary
que formaban parte de discusiones territoriales por parte life without it. At some point during these past two
de Argentina y Chile. El coste final de la guerra en vidas decades, the Internet left behind its status as a
humanas fue de 649 militares argentinos, 255 británicos y technological experiment. Instead, it turned into magic.
3 civiles isleños. It’s worth remembering the Arthur C. Clarke quotation
from “Profiles of the Future”: “Any sufficiently advanced
Políticamente, la derrota en el conflicto precipitó
technology is indistinguishable from magic.”
en Argentina la caída de la Junta Militar que gobernaba el
país; en el Reino Unido, por su parte, la victoria en el The New York Times (Adapted).
enfrentamiento ayudó a que el Gobierno conservador de
Margaret Thatcher lograra la reelección en las elecciones 01. Nas duas últimas décadas, o mundo se viu refém de
del año 1983. Posteriormente fue posible la firma de un uma tecnologia que veio para revolucionar totalmente
o modo de vida do planeta Terra: A Internet. Cerca de
tratado en 1984 con Chile.
1/3 da população do mundo tem, de alguma forma,
(El País, España.)
acesso à rede mundial de computadores, o que
permite, por exemplo, que as comunicações sejam
04. A derrota da Argentina na Guerra das Malvinas, no mais rápidas e eficientes. O texto acima, da jornalista
campo político, precipitou Virginia Heffernan, reforça a ideia da importância da
Internet nos dias de hoje quando argumenta:
a) a queda da junta militar que governava o país.
a) que o número de usuários da Internet é maior que o
b) um novo golpe militar.
da população da China.
c) a entrada da Argentina numa profunda crise
econômica. b) que a Internet já é maior e mais importante que
várias antigas civilizações.
d) o rompimento das relações diplomáticas com os
Estados Unidos. c) que a vida nos dias de hoje seria muito difícil sem a
e) a volta de Juan Perón e sua eleição à presidência Internet.
da Argentina. d) que Arthur C. Clarke propôs o uso da Internet para
traçar um perfil do futuro da civilização humana.
05. No Reino Unido, a vitória na Guerra das Malvinas, e) que a Internet se tornou maior e mais importante do
favoreceu que a própria civilização que a criou.
a) a derrota de Margaret Thatcher nas eleições
parlamentares.
b) o estabelecimento de uma crise entre a rainha e o
parlamento britânico.
6
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

LUKA a) permite que quase todo mundo tenha acesso à


Suzane Vega privacidade de usuário.
My name is Luka b) não cobra nada para que suas informações sejam
I live on the second floor disponibilizadas na rede para quem quiser.
I live upstairs from you
Yes I think you've seen me before c) permite que qualquer pessoa tenha acesso a
If you hear something late at night informações sigilosas da justiça.
Some kind of trouble. some kind of fight d) permite que a justiça investigue todos os usuários
Just don't ask me what it was do aplicativo que fizerem compras pela Internet.
e) permite que qualquer pessoa possa fazer compras e
I think it's because I'm clumsy ler os e-mails do usuário sem prévia autorização da
I try not to talk too loud justiça.
Maybe it's because I'm crazy
I try not to act too proud
They only hit until you cry
And after that you don't ask why
You just don't argue anymore

Yes I think I'm okay


I walked into the door again
Well, if you ask that's what I'll say
And it's not your business anyway THE LOST ART OF TOTAL RECALL
I guess I'd like to be alone
With nothing broken, nothing thrown We no longer need to remember telephone
Just don't ask me how I am numbers. Our mobile phones do that for us. We don`t
recall addresses either. We send emails from
02. Milhões de crianças em todo o mundo sofrem com computers that store electronic addresses. Pocket
diversos atos de violência praticados por adultos calculators do the job of multiplying quite nicely, so we
contra elas. O protagonista da letra da música anterior, don`t even need to remember multiplication tables.
Luka, tem uma vida difícil, aparentemente por sofrer: Museums, photographs, the digital media and
a) abuso sexual. books also act as storehouses for memories that were
b) exploração de trabalho infantil. once internalized.
As a result, we no longer remember long
c) bullying na escola.
poems by heart as people did in the past. Society has
d) assédio moral. changed so much that we no longer know what
e) violência doméstica. techniques we should use to remember such long
works. We are, quite simply, forgetting how to
remember.

The Observer (Adapted).

04. Os pequenos aparelhos que usamos para facilitar nossas


vidas, tais como celulares, tablets e computadores,
nos proporcionam conforto e rapidez para resolvermos
vários problemas do dia a dia. Segundo a passagem
acima, essas maravilhas tecnológicas, em contrapartida
a) ajudam a tornar a vida menos entediante e mais
divertida.
b) estão fazendo com que as pessoas exercitem o
cérebro cada vez menos, fazendo com que, às
vezes, nos esqueçamos de como lembrar de coisas
simples da vida.
c) nos ajudam a internalizar sentimentos e informações,
o que vem tornando o ser humano cada vez mais
03. Os aplicativos que usamos em nossos smart phones e egoísta e distante um do outro.
tablets servem, principalmente, para facilitar nossas d) tem dificultado o aprendizado de matérias escolares
vidas. Vários desses aplicativos podem ser conse- importantes, como matemática e física, pois os
guidos sem custo algum, o que aumenta a quantidade alunos vem perdendo a capacidade de fazer contas
de usuários e consequentemente o risco para quem os sem o auxílio de uma calculadora ou de um celular.
usa de maneira descuidada. O aplicativo proposto na e) tem tornado a vida das pessoas mais chata e sem
tirinha acima representa uma ameaça para quem o poesia, pois o hábito de decorar poemas é algo que
utiliza porque pertence apenas às gerações passadas.

7
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

TEXTO I

A gordura em seu devido lugar

A fisiologista americana Karlie Friesen, da


Universidade do Oregon, decidiu investigar a influência da
dança moderna, um tremendo exercício aeróbico, na
distribuição dos pneuzinhos. Para isso, comparou a
composição corporal de 31 dançarinas com a de 30
pessoas que não malhavam. "Mesmo quando a
quantidade de gordura era igual em uma mulher do
primeiro grupo e outra do segundo, a forma como ela se
depositava no corpo era distinta", relata a autora. Na
realidade, as voluntárias que se mexiam ao som de
música tendiam a apresentar menos excessos gordurosos
no fundo da barriga, onde são capazes de causar mais
estragos ao organismo.
05. Analisando-se a tirinha acima, chega-se à conclusão
(Fonte: http://saude.abril.com.br/emagrece-brasil/novidades-
de que Ellen e Garfield ciencia-esporte.shtml)
a) têm opinião divergente sobre Jon.
b) são inimigos de Jon.
TEXTO II
c) acham que Jon precisa mudar seu estilo de vida.
d) discordam sobre o sentido da vida de Jon. FIBRAS: elas desinflam a barriga!
e) pensam o mesmo a respeito da vida de Jon.
Depois de ficarem famosas por aumentar a
sensação de saciedade e deixar o intestino funcionando a
PORTUGUÊS todo vapor, as fibras é claro, se tornaram cada vez mais
populares nas dietas e cardápios saudáveis. Muito
encontradas em grãos, verduras, frutas, hortaliças, nozes
e sementes, elas são ainda mais valorizadas quando o
objetivo é emagrecer. Estudos recentes mostram que
quanto maior for o consumo dessa substância, menos
gordura vai se acumular entre os órgãos da região
abdominal, dando fim à barriga de chope. Boa notícia,
não. E tem mais: ingerir 10 gramas de fibras por dia
durante um ano pode murchar os pneus em quase 1
centímetro.
Mas milagres não existem, e, para secar do jeito
certo, o menu deve ser variado e incluir todos os
nutrientes de forma bem balanceada.

(Fonte: http://www.fernandotiberyacademia.com.br/dicas.php?code=11)

07. Comparando-se os textos, observa-se que


a) o Texto I apresenta um alerta acerca do efeito dos
pneuzinhos femininos.
b) o Texto II expõe mais vantagens que o Texto I no
06. Ao dialogar com a famosa e trágica história de amor que tange às práticas de emagrecimento.
entre Romeu e Julieta, de Shakespeare, o chargista c) o Texto I tem como objetivo principal apresentar as
expõe ao leitor um problema tecnológico muito comum desvantagens dos exercícios aeróbicos na
em nosso cotidiano: envio e recebimento de mensagens distribuição dos pneuzinhos.
via celular.
d) o Texto I complementa o Texto II, já que a prática de
Ao comparar a mensagem do chargista com a história esportes é mais preponderante em emagrecimentos.
de Romeu, denota-se um recurso expressivo denominado e) os Textos I e II apresentam ideias relevantes sobre
a) metalinguagem. emagrecimento, saúde física e redução de gordura
b) paródia. abdominal.
c) digressão.
d) paráfrase.
e) ambiguidade.

8
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

10. Todo texto apresenta uma intenção da qual derivam as


escolhas linguísticas que o compõem.
A charge utiliza a composição textual pautada por uma
estratégia
a) expositiva, por informar, satiricamente, o caso de
multas no trânsito.
b) descritiva, pois caracteriza ações motivadas pelos
adjetivos.
c) narrativa, posto que apresenta um pequeno relato
de ações reais.
d) argumentativa, com o propósito de mudar o
comportamento do interlocutor.
e) injuntiva, já que, por meio de exemplo real, mostra
como resolver o problema.

Texto para as questões 11 e 12.


(http://www.xapopila.com/?cat=30)
Prevenção contra assaltos
08. Com base nos textos, podemos inferir que
a) os homens são desinteressantes, vivem de Como os assaltos crescem dia a dia, não
trivialidades. podendo contê-los, a PM, sabiamente, dá conselhos aos
b) as mulheres são mais interessantes por gostar de cidadãos para serem menos assaltados:
detalhes. 1) Não demonstre que carrega muito dinheiro.
c) os homens são insensíveis, portanto não se importam 2) Jamais deixe objetos à vista, dentro do carro.
com as aparências. 3) Levante todos os vidros, mesmo em movimento.
d) as mulheres são espreitadoras, portanto tudo é 4) Não deixe documentos no veículo.
avaliado pela visão. (...)
e) homens e mulheres têm olhares diferentes depen- Depois de ler com extrema atenção estas
dendo do contexto. instruções oficiais, acrescento as minhas, ou melhor,
resumo:
09. Os provérbios constituem um produto da sabedoria 1) Não saia de casa.
popular e, geralmente, pretendem transmitir ensina-
2) Se possível, não saia do quarto.
mentos ou, às vezes, uma mudança de postura...
3) De preferência, não saia do cofre.
A propósito, a melhor mensagem para as mulheres, se
observarmos as personagens em foco, é
(Texto extraído do livro Que país é este?, Editorial
a) Quem vê cara não vê coração. Nórdica Ltda. Rio de Janeiro, 1978, p.113.)

b) Dize-me com quem andas e eu te direi quem és.


c) Deita-te na cama e cobre-te de fama.
d) Quem não se enfeita, por si, se rejeita.
e) A ocasião faz o ladrão.

9
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

11. Infelizmente, Millôr Fernandes, um dos nossos brilhantes Esse texto é uma espécie de truque narrativo em que o
humoristas, faleceu este ano, deixando-nos órfãos de próprio Alencar, por meio de uma senhora leitora GM, abre
sorrisos. Entretanto, sua imortalização é viabilizada o romance Lucíola de modo a atrair a curiosidade do leitor
pela sua produção literária de grande valor para o sobre a história da protagonista.
patrimônio cultural brasileiro.
No texto “Prevenção contra assaltos”, denotam-se 13. Com base nesse recurso literário, depreende-se tratar-se
duas de suas marcas mais expressivas de um
a) argumentação e ironia. a) paratexto devido à explicitação de autoria alencariana.
b) concisão e ironia. b) intercontexto cujas temáticas principais são a obra e
c) deboche e conação. a personagem homônima.
d) sátira e prolixidade. c) metatexto que explica a construção da obra bem
como sua temática central.
e) irreverência e ironia.
d) intertexto cujo diálogo é a obra e o seu criador.
e) intratexto em que a carta de abertura corrigiu
algumas falhas romanescas.
12. Em observância à intencionalidade textual, predomina
no referido texto a função da linguagem
14. A linguagem do texto revela
a) expressiva, porque o autor expressa suas emoções
acerca da presença contra assaltos. a) o uso de expressões linguísticas e vocábulos arcaicos.
b) referencial, pois o texto trata de informações reais b) a utilização de marcas linguísticas condizentes ao
sobre a prevenção contra assaltos. registro formal da língua.
c) conativa, porque o leitor é provocado a mudar de c) o caráter coloquial expresso pelo uso do presente
comportamento. do indicativo.
d) metalinguística, pois há explicação sobre a prevenção d) o uso de termos específicos no gênero missivista:
contra assaltos brasileiros. “veste-a a virtude”, “novembro de 1961”.
e) fática, porque o autor procura testar o canal de e) a coexistência de duas variantes linguísticas: a culta
comunicação com os leitores. e a coloquial, haja vista a situacionalidade
comunicativa.

Texto para as questões 13 e 14.

Reuni as suas cartas e fiz um livro.


Eis o destino que lhes dou; quanto o título, não
me foi difícil achar.
O nome da moça, cujo perfil o senhor
desenhou com tanto esmero, lembrou-me o nome de um
inseto.
Lucíola é o lampiro noturno que brilha de uma
luz tão viva no seio da treva e à beira dos charcos. Não
será a imagem verdadeira da mulher que o abismo da
perdição conserva a pureza d’alma?
15. O humor da tirinha foi propiciado pelo recurso
Deixem que raivem os moralistas.
expressivo
A sua história não tem pretensões a vestal. É
musa cristã: vai trilhando o pó com os olhos no céu. a) ironia.
Podem os urges do caminho dilacerar-lhe a roupagem; b) metalinguagem.
veste-a a virtude. c) conotação.
Demais, se o livro cair nas mãos de alguma
das poucas mulheres que leem neste país, ela verá d) coloquialismo.
estátuas e quadros de mitologia, a que não falta nem o e) argumentação.
véu da graça, nem a folha de figueira, símbolos do pudor
no Olimpo e no Paraíso terrestre.

Novembro de 1961. G.M.


(Alencar, José de. Lucíola.)

10
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

Texto para as questões 16 e 17. 18. O gênero publicitário está diretamente ligado ao
ideário de consumo quando sua função é vender um
Rômulo rema produto.
No texto focalizado, utilizam-se elementos linguísticos
Rômulo rema no rio. e extralinguísticos para divulgar a Revista Sabor.
A compreensão da propaganda requer do leitor
A romã dorme no ramo,
a romã rubra. (E o céu) a) o reconhecimento do público-alvo a que se destina
o anúncio.
O remo abre o rio. b) a avaliação da importância do produto anunciado.
O rio murmura. c) a atenção para a linguagem não verbal.
d) o reconhecimento do intertexto entre a publicidade é
A romã rubra dorme
um provérbio.
cheia de rubis. (E o céu)
e) a percepção dos trocadilhos: fome de comer e fome
Rômulo rema no rio. de ler.

Abre-se a romã. TEXTO I

Abre-se a manhã.

Rolam rubis rubros no céu.

No rio,
Rômulo rema.

(Cecília Meireles, in: http://www.oocities.org/fedrasp/romulo.html)

16. As figuras de linguagem são recursos muito expres-


sivos e largamente utilizados em textos literários e em
nossa comunicação cotidiana.
De acordo com a leitura do texto e de seu
conhecimento sobre as figuras de linguagem, uma
delas predomina tornando o texto literário
a) a prosopopeia. d) a aliteração.
b) a assonância. e) a sinestesia.
c) o anacoluto.

17. A construção do poema usa um recurso fundamental


na caracterização do texto literário: a conotação.
A propósito, em qual palavra isso é predominante?
a) Rômulo. d) Rubros.
b) Ramo. e) Romã.
c) Remo.

TEXTO II

Juntamos a fome com a


vontade de ler.

(http://www.sme.fortaleza.ce.gov.br/educacao/index.php?option=com
_content&view=article&id=367:sme-promove-encontro-com-diretores-
para-reforcar-combate-a-dengue-nas-escolas&catid=2:destaque-
principal&Itemid=4)
(in: Terra, Ernani. Práticas de linguagem, p. 160.)
11
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

19. Todo texto tem sua intencionalidade demarcada, da TEXTO II


qual derivam as escolhas de linguagem que o compõem.
Os Textos I e II apresentam, respectivamente, compo- Laquê Fixador de cabelo
sição pautada por uma estratégia
Vaidosas, as mulheres sempre foram. Mas
a) narrativa, por apresentar um conjunto de fatos;
houve uma época em que a vaidade das mulheres não
persuasiva, com o propósito de mudar o
comportamento do leitor. saía da cabeça. Era o laquê. Ninguém ia a uma festa, a
um acontecimento, sem passar laquê no cabelo. O bom e
b) descritiva, pois apresenta características de um chá; velho laquê fixava o cabelo conforme ele estivesse. A
expositiva, porque informa de modo impessoal. mulher fazia um coque e borrifava com laquê. Havia uma
c) persuasiva, com a intenção de capturar o leitor a bomba de laquê – fi ... fi ... fi ... –, que sempre fazia esse
participar do chá; persuasiva a fim de persuadir o barulho. Repare bem, em qualquer foto de casamento,
leitor. batizado ou aniversário da década de 1970, as mulheres
d) injuntiva, haja vista a finalidade de orientar o leitor; estão com o cabelo armado de laquê.
persuasiva, com o propósito de convencer o leitor à Hoje, forçando um pouco a barra, LAQUÊ virou
causa anunciada. Gel.
e) dialogal, porque estabelece uma interação social;
(VILLAS, Alberto. Pequeno dicionário brasileiro da língua
persuasiva, haja vista a intenção de convencer o morta. São Paulo. Globo. 2012.)
leitor.
20. Na comparação dos Textos I e II, constata-se que
a) ambos os textos estruturam-se no mesmo gênero.
TEXTO I
b) o primeiro texto, embora mais longo que o segundo,
Alegria e o canarinho é, essencialmente, conciso.
c) o Texto II, diferente do primeiro, tem como caracte-
Lá na minha cidade, São Joaquim da Barra, no rística estilística o humor.
interior de São Paulo, tinha um caboclo que chamavam de d) o Texto II explicita o primeiro no que tange à
Alegria. O sujeito morava num predinho, daqueles que tem utilização da palavra “laquê”.
apartamento com uma pequena sacada na sala. O Alegria e) nos dois textos, predomina o mesmo propósito
morava lá no alto, no décimo andar, junto com um comunicativo.
canarinho. Mas como era homem da roça, não estava lá
muito bem acostumado com os costumes dos edifícios ...
Toda a tarde, Alegria ia até a sacada com a 21. Quanto às variantes linguísticas presentes no texto,
gaiola, soprava o resto de alpiste que ficava espalhado e pode-se constatar que
depois colocava mais comida pro bichinho. Só que teve a) o narrador heterodiegético prima pela utilização da
um dia em que ele foi fazer isso e a mulher que morava no norma culta da língua.
apartamento de baixo estava lá fora. b) o marido bravo pratica, por excelência, a linguagem
Ela tinha acabado de arrumar o cabelo, feito coloquial, haja vista seu interlocutor.
aquele penteado que se usava antigamente, parecendo
c) a personagem Alegria pratica um nível de linguagem
mais um cacho de marimbondo, cheio de laquê ...
de mais prestígio social que o marido bravo.
A dona ia ser madrinha num casamento e estava
lá esperando chegar a hora do compromisso. Quando d) o marido bravo e Alegria assemelham-se no que
Alegria soprou o alpiste lá de cima, imagina, encheu o tange à prática do nível linguístico.
cabelo da mulher daqueles grãozinhos. E foi um e) predomina no texto o nível regional-popular.
desespero, ela começou a chorar, não sabia o que fazer,
como podia sair daquele jeito .... O marido dela, que era
um homem bravo, quando viu aquilo, resolveu subir pra
dar sopapos no coitado do Alegria.
Marido bravo – Como é que ocê faz uma coisa
dessas, Alegria? Ocê viu o que ocê fez?! Minha muié tem
um casamento agora e tá com o cabelo cheio de alpiste! E
agora, o que que ocê vai fazê?
Alegria – Calma, doutô. Não tem problema, não
... É só eu levar meu canário lá que ele dá uma geral no
cabelo dela! Vai ficar mió do que tava antes!

(Almanaque Brasil. Ano 12 , agosto/ 2010.)

Rodin Decio Pignatari

12
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

22. Embora pertençam a manifestações artísticas distintas, Texto para as questões 25, 26 e 27.
os textos guardam semelhanças no que tange
Luar do sertão
a) ao tipo de linguagem. (Catulo da Paixão Cearense/João Pernambuco)
b) à época de produção.
Não há, ó gente, ó não
c) à ideia de mobilidade.
Luar como esse do sertão
d) ao plano visual subjetivo.
e) à sugestão metalinguística. Oh, que saudade do luar da minha terra
Lá na serra branquejando
Texto para as questões 23 e 24. folhas secas pelo chão
Esse luar cá da cidade tão escuro
Soneto de Fidelidade Não tem aquela saudade do luar lá do sertão

Se a lua nasce
De tudo ao meu amor serei atento por detrás da verde mata
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto Mais parece um sol de prata
Que mesmo em face do maior encanto Prateando a solidão
Dele se encante mais meu pensamento. E a gente pega a viola que ponteia
E a canção é a lua cheia
Quero vivê-lo em cada vão momento A nos nascer do coração
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto Não há oh, gente, oh não
Ao seu pesar ou seu contentamento Luar como esse do sertão

E assim, quando mais tarde me procure Coisa mais bela


Quem sabe a morte, angústia de quem vive neste mundo não existe
Quem sabe a solidão, fim de quem ama Do que ouvir-se um galo triste
No sertão, se faz luar
Eu possa me dizer do amor (que tive): Parece até que a alma da lua é que descansa
Que não seja imortal, posto que é chama Escondida na garganta
Mas que seja infinito enquanto dure. Desse galo a soluçar

Moraes, Vinícius de. Antologia Poética. Editora do Autor: Não há oh, gente, oh não
Rio de Janeiro, 1960, p. 96. Luar como esse do sertão

23. As conjunções e as locuções conjuntivas são elementos Ai quem me dera que eu morresse lá na serra
coesivos que, ao mesmo tempo em que ligam orações Abraçado à minha terra
ou termos da oração, podem estabelecer determinados E dormindo de uma vez
valores semânticos. O emprego inadequado de um Ser enterrado numa grota pequenina
desses elementos coesivos pode comprometer o onde à tarde a Sururina
sentido geral de uma frase ou de um enunciado Chora a sua viuvez
qualquer, dificultando-lhe a compreensão. Embora os
autores possam valer-se do recurso da chamada Não há oh, gente, oh não
''licença poética'', não se pode deixar de mencionar Luar como esse do sertão (...)
determinados deslizes por eles cometidos no emprego 365cancoes.blogspot.com/2010/11/309-luar-do-sertao.html
dos conectivos. Assinale, então, a passagem em que o
conectivo oracional foi mal empregado pelo autor. Leia a seguinte passagem para responder à questão 25.
a) “Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu Oh, que saudade do luar da minha terra
louvor hei de espalhar meu canto...” Lá na serra branquejando
b) “Que não seja imortal, posto que é chama...” folhas secas pelo chão
c) “E assim, quando mais tarde me procure...” Esse luar cá da cidade tão escuro
Não tem aquela saudade do luar lá do sertão
d) “Quem sabe a solidão, fim de quem ama...”
e) “E rir meu riso e derramar meu pranto...” 25. Ao falar do “luar do sertão”, o eu lírico não disfarça a
sua saudade da terra natal. Esse sentimento fica mais
24. “Que mesmo em face do maior encanto Dele se evidente
encante mais meu pensamento.” A conjunção grifada a) quando emprega os advérbios “lá” e “cá”.
nessa passagem do texto estabelece um sentido de:
b) quando emprega os adjetivos “secas” e “escuro”.
a) comparação. d) finalidade. c) quando emprega os substantivos “saudade” e
b) proporção. e) consequência. “chão...”.
c) causa. d) quando emprega as formas verbais “branquejando”
e “tem”.
e) quando emprega os pronomes “esse” e “minha”.
13
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

26. Assinale a passagem em que um termo tem a função 29. A obra O Gaúcho, de José de Alencar, é a principal
de dar ênfase a outro já mencionado. das realizações literárias que tomaram o Sul como
tema. Nela são evidentes as preocupações do autor
a) “Coisa mais bela
em compor o painel sociocultural do Rio Grande do Sul
neste mundo não existe no século XIX, ressaltando os valores e os costumes
Do que ouvir-se um galo triste...” sociais, as peculiaridades linguísticas, as caracte-
b) “Se a lua nasce rísticas naturais e geográficas e o passado histórico.
por detrás da verde mata “Quantos seres habitam as estepes americanas,
Mais parece um sol de prata sejam homem, animal ou planta, inspiram nelas uma
Prateando a solidão...” alma pampa. Tem grandes virtudes essa alma. A
coragem, a sobriedade, a rapidez são indígenas da
c) “Parece até que a alma da lua é que descansa
savana.
Escondida na garganta
Como a árvore, são a ema, o touro, o corcel,
Desse galo a soluçar...”
todos os filhos bravios da savana. Nenhum ente,
d) “Ser enterrado numa grota pequenina porém, inspira mais energicamente a alma pampa do
onde à tarde a Sururina que o homem, o “gaúcho”. De cada ser que povoa o
Chora a sua viuvez...” deserto, torna ele o melhor; tem a velocidade da ema
e) “Não há, ó gente, ó não ou da corça, os brios do corcel e a veemência do
touro.
Luar como esse do sertão...”
O coração, fê-lo a natureza franco e descor-
tinado como a vasta coxilha; a paixão que o agita
Leia a seguinte passagem para responder à questão 27. lembra os ímpetos do furacão, o mesmo bramido, a
mesma pujança. A esse turbilhão do sentimento era
Ai quem me dera que eu morresse lá na serra indispensável uma amplitude de coração, imensa
Abraçado à minha terra como a savana.
E dormindo de uma vez
Ser enterrado numa grota pequenina Tal é o pampa.
onde à tarde a Sururina Esta palavra originária da língua quíchua
Chora a sua viuvez significa simplesmente o plaino; mas sob a fria
expressão do vocábulo está viva e palpitante a ideia.
27. Assinale a opção correta a respeito dos elementos Pronunciai o nome, como o povo que o inventou. Não
constitutivos da estrofe acima. vedes no som cheio da voz, que reboa e se vai
propagando expiar no vago, a imagem fiel da savana
a) A expressão “dormindo de uma vez” foi empregada
profunda e merencória da vasta solidão?
em seu sentido natural.
Nas margens do Uruguai, onde a civilização já
b) Na passagem “Ai quem me dera que eu morresse lá
babujou a virgindade primitiva dessas regiões, perdeu
na serra...”, o termo grifado é expletivo.
o pampa seu belo nome americano. O gaúcho,
c) “Ser enterrado numa cova pequenina” encerra ideia habitante da savana, dá-lhe o nome de campanha.”
de certeza.
d) A oração “onde à tarde a sururina Chora a sua viuvez” (2. ed. São Paulo: Ática, 1982. pp. 23-5.)
expressa ideia de lugar.
e) “Abraçado” expressa circunstância de modo. Observe no fragmento de O Gaúcho, posto acima,
como Alencar procura
28. Os trechos transcritos nas alternativas seguintes foram a) ressaltar a integração entre a natureza e o homem.
extraídos de Memórias de um Sargento de Milícias, de
b) criticar a capacidade que tem o homem para
Manuel Antônio de Almeida. Em qual deles o verbo
modificar a natureza.
destacado indica um processo passado anterior a
outro também passado? c) denunciar o desprezo pelo Sul do Brasil por ser uma
região em conflito.
a) “E entrando repentinamente no quarto da sala, saiu
de lá armado com o espadim do uniforme...” d) mostrar a influência da cultura espanhola na
formação do povo gaúcho.
b) “Daqui em diante trataremos o nosso memorando
pelo seu nome de batismo...” e) destacar a pobreza linguística do povo gaúcho.
c) “Estava na porta da taverna sentado sobre um saco
quando apareceu-lhe o Leonardo.”
d) “A comadre correra toda a cidade, e em parte
alguma encontrara o Leonardo.”
e) “Enquanto a comadre dispunha seu plano de ataque
contra José Manuel, Leonardo ardia em ciúmes...”

14
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

30. A exposição de Lasar Segall, em 1913, não causou b) registra uma cena da vida íntima dos senhores e
polêmica. Afinal, tratava-se do trabalho de um estran- suas relações com os escravos.
geiro, que teria, portanto, o “direito” de apresentar uma c) tem um viés expressionista, pois os aspectos mais
arte estranha ao gosto brasileiro. Mas, com a expo- grotescos do cotidiano dos senhores de escravos
sição da pintora brasileira Anita Malfatti, a reação foi têm grande destaque.
diferente. Sua exposição, em 1917, provocou a publi-
d) representa o nascimento da pintura dadaísta, pois
cação de um artigo com severas críticas por parte do exemplifica um forte protesto à arte acadêmica.
escritor Monteiro Lobato. Em função das críticas desfa-
voráveis a Anita Malfatti, muitos artistas se uniram a e) representa a pintura naturalista por retratar as
ela em busca de uma arte brasileira livre das regras classes mais baixas.
impostas pelo academicismo. Eis a grande importância
histórica de Anita Malfatti:
a) trazer de volta os valores clássicos para a arte
brasileira. Pois as críticas feitas por Lobato promo-
veram uma profunda reflexão na visão da grande
pintora brasileira que se tornou a grande líder da
Semana de Arte Moderna.
b) revitalizar a arte romântica brasileira. Pois observou
que o gosto brasileiro não comporta tanta inovação
no uso da cor.
c) ao ser criticada, chamou a atenção dos artistas
inovadores e revelou que sua arte apontava novos
caminhos, principalmente no uso da cor.
d) ao ser criticada por Lobato, preferiu dar a sua
pintura um novo viés. Torna-se a grande represen-
tante do Surrealismo no Brasil.
e) iniciar uma inovação revolucionária na pintura
32. Em 1886, realizou-se a última exposição coletiva de
mundial, pois mesclou o impressionismo ao
artistas impressionistas. Dessa exposição participaram
expressionismo dando início à Semana de Arte
dois pintores que dariam uma nova tendência ao
Moderna.
movimento: George Seurat e Paul Signac. Basica-
mente, o trabalho desses dois artistas aprofundou as
pesquisas que os impressionistas realizaram sobre a
percepção óptica. Seraut, principalmente, acabou
reduzindo as pinceladas a um sistema de pontos
uniformes que, no seu conjunto, dão ao observador a
percepção de uma cena. Essa técnica foi chamada de
pontilhismo, e a imagem, posta acima, exemplifica a
referida técnica. Numa pintura pontilhista, observamos
que as figuras, na tela,
a) são representadas em minúsculos fragmentos ou
pontos, cabendo ao observador percebê-las como
um todo plenamente organizado.
b) apresentam uma forte deformação caricatural
ressaltando o lado sombrio da existência humana.
c) são apresentadas com contornos nítidos e repre-
sentadas em formas geométricas.
d) apresentam sombras luminosas e coloridas, contras-
tando com a própria impressão visual que nos
31. A imagem posta acima é uma obra do pintor Jean-
causam, retratando uma realidade deformada.
Baptiste Debret, que é certamente o artista da Missão
Francesa mais conhecido pelos brasileiros, pois seus e) não registram cenas da realidade, mas do mundo
trabalhos que documentam a vida no Brasil durante o onírico e da loucura humana.
século XIX são muito reproduzidos nos livros
escolares. Com relação à imagem posta acima, é
possível observar que ela
a) mostra fortes traços do Cubismo, pois as formas
geométricas predominam na retratação das figuras
humanas.

15
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

33. Durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), d)


artistas e intelectuais de diversas nacionalidades,
contrários ao envolvimento de seus países no conflito,
exilaram-se em Zurique, na Suíça. Aí acabaram
fundando um movimento que deveria expressar suas
decepções com o fracasso das ciências, da religião e
da filosofia existentes até então, pois todos esses
conhecimentos se revelaram incapazes de evitar a
grande destruição que assolava a Europa. Esse movi-
mento era o Dadaísmo, que propunha que a criação
artística se libertasse das amarras do pensamento
racionalista e sugeria que ela fosse apenas o resultado
do automatismo psíquico, selecionando e combinando
elementos ao acaso. Na pintura, essa atitude foi tradu- e)
zida por obras que usaram o recurso da colagem. Pois
a intenção não é plástica, e sim de sátira e crítica aos
valores tradicionais tão aparentemente prezados, mas
responsáveis pelo caos em que se encontrava a Europa.
Com base nos comentários feitos, indique uma obra
que pertença ao Dadaísmo.
a)

Texto para a questão 34.

Que importa a paisagem, a Glória, a baía, a


linha do horizonte?
O que eu vejo e o beco.

(Manuel Bandeira, Poema do Beco.)

34. Manuel Bandeira compõe, juntamente com Oswald e


Mário de Andrade, a tríade maior da primeira fase
modernista, responsável pela divulgação e pela
b) solidificação do movimento modernista em nosso país.
Entre as inúmeras contribuições deixadas pela poesia
de Bandeira uma está exemplificada no poema posto
acima, e pode ser identificada como
a) o rigor métrico.
b) a forte musicalidade simbolista.
c) a violenta crítica social.
d) a perfeita escolha lexical.
e) o verso livre.

Texto para a questão 35.


c)
Pronominais

Dê-me um cigarro
Diz a gramática
Do professor e do aluno
E do mulato sabido
Mas o bom negro e o bom branco
Da Nação Brasileira
Dizem todos os dias
Deixa disso camarada
Me dá um cigarro

(Oswald de Andrade)
16
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

35. A obra de Oswald de Andrade representa um dos da crítica, Jorge Amado tornou-se um dos mais pres-
cortes mais profundos do Modernismo brasileiro em tigiados escritores brasileiros no Brasil e no exterior.
relação à cultura do passado. Seu conceito de Alfredo Bosi, importante crítico literário, distingue cinco
nacionalismo era diferente daquele pregado pelo momentos na produção literária de Jorge Amado. Após
romantismo e mesmo por certos grupos modernistas, uma leitura do texto apresentado sobre o romance
como o Verde-Amarelo e o Anta. Sem ser ingênuo e Gabriela, Cravo e Canela, podemos afirmar que essa
ufanista, Oswald defendia a valorização de nossas obra enquadra-se
origens, de nosso passado histórico e cultural, mas de a) num momento de águas-fortes da vida baiana, que
forma crítica, isto é, recuperando, parodiando, ironizando
lhe deram a fórmula do “romance proletário”.
e atualizando nossa história de colonização. Oswald
foi polêmico, revolucionário, agitador e antiacadêmico. b) num grupo de escritos de pregação partidária.
Após a leitura do poema “Pronominais”, de Oswald de c) num momento que aborda a região do cacau que
Andrade, marque o comentário mais adequado ao animam de tom épico as lutas entre coronéis e
conteúdo textual. exportadores.
a) Observa-se a ruptura com os padrões da língua d) nas crônicas amaneiradas de costumes provincianos.
literária culta e a busca de uma língua brasileira, Momento no qual abandonam-se os esquemas de
que incorporasse todos os “erros” gramaticais, literatura ideológica que nortearam os romances de
vistos como verdadeiras contribuições para a 30 e 40.
definição da nacionalidade. e) nas obras que retomam a literatura clássica mostrando
b) Nota-se uma crítica violenta à falta de conhecimento um apuro da linguagem e um cuidado especial com
gramatical do povo brasileiro mostrando que as a construção das personagens.
autoridades responsáveis pela educação atuavam
de forma negligente. 37. Carlos Drummond de Andrade é considerado por
c) Percebe-se que o autor ironiza a falta de interesse alguns críticos o principal poeta brasileiro do século
do brasileiro pela leitura, mostrando de forma risível, XX, um desses escritores que aparecem de tempos
os equívocos gramaticais do povo. em tempos e conseguem apreender e refletir poeti-
camente as inquietudes de uma época, tal qual um
d) Observa-se, ainda que de modo disfarçado, a
Camões ou um Fernando Pessoa. Dada a farta
tentativa de valorizar a forma culta da língua
produção poética de Drummond, a organização de
pregando a obediência à sintaxe lusitana.
suas obras em partes ou em fases permite acompanhar
e) Observam-se as contradições existentes entre o com maior clareza a evolução de seus temas, de sua
primitivo, o provinciano e o moderno. visão de mundo e de seus traços estilísticos. Obser-
vando-se o texto posto abaixo, de Carlos Drummond
Texto para a questão 36. de Andrade, pode-se dizer que

Decerto o romance mais conhecido de Jorge


Amado, nacional e internacionalmente, Gabriela Cravo e Construção
Canela, passa-se em Ilhéus, cenário baiano de outras Um grito pula no ar que nem foguete.
histórias do autor, no ano 1925. Além de retratar a cidade Vem da paisagem de barro húmido, caliça e andai
do cacau naqueles anos decisivos, gira em torno dos mes hirtos.
amores e desventuras de Nacib, “um brasileiro das O sol cai sobre as coisas como placa fervendo.
arábias”, e Gabriela, retirante maltrapilha encontrada no Um sorveteiro corta a rua.
“mercado dos escravos”. Começa ele por contratá-la como E o vento brinca nos bigodes do construtor
cozinheira, mas até casar-se com ela, depois de torná-la
sua amásia, foi um passo. Acontece que Gabriela, com a) trata-se de um texto que se enquadra nos poemas
todo o seu charme de cravo e canela, cai nas graças de mais apegados às influências da Geração de 22:
Tonico Bastos, um dos frequentadores do Bar Vesúvio, versos brancos e livres, prosaísmo e coloquialismo.
pertencente a Nacib. E o casamento é anulado. Com o b) exemplifica poemas com predomínio de temas
tempo, sentindo a falta de Gabriela, não só nos serviços sociais, como o Estado Novo e a Segunda Guerra
de cozinha, mas também como companheira, Nacib Mundial; linguagem um pouco mais clássica.
recebe-a de volta. E assim a paz retorna ao Vesúvio. c) trata-se de um poema que está enquadrado na fase
que aborda temas sociais e individuais; reunindo
(Literatura Brasileira Através dos Textos, Massaud Moisés.)
versos rimados e metrificados, com outros em
versos brancos e livres.
36. Parte da crítica literária vê pouco valor na obra de
Jorge Amado, principalmente nos romances da última d) exemplifica a fase na qual os poemas questionam o
fase. Certos críticos rejeitam o caráter militante de sentido da vida e das coisas, antíteses, paradoxos e
algumas de suas obras, acusando-as de panfletárias; contradições.
outros rejeitam sua linguagem despretensiosa e popular, e) representa a fase na qual os poemas sintetizam as
acusando-o de escrever mal; outros rejeitam o apimen- fases anteriores; ocorrendo a retomada do humorismo
tado de suas histórias mais populares, recheadas de e experimentos formais que incluem o Concretismo.
erotismo; outros o consideram repetitivo em relação a
personagens e enredos. Independentemente da opinião
17
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

Texto para a questão 38. Textos para a questão 39.

Pai João AUTORRETRATO


Provinciano que nunca soube
A filha de Pai João tinha um peito de Escolher bem uma gravata;
Turina para os filhos de iôiô mamar: Pernambucano a quem repugna
Quando o peito secou a filha de Pai João A faca do pernambucano;
Também secou agarrada num Poeta ruim que na arte da prosa
Ferro de engomar. Envelheceu na infância da arte,
A pele do Pai João ficou na ponta E até mesmo escrevendo crônicas
Dos chicotes. Ficou cronista de província;
A força de Pai João ficou no cabo Arquiteto falhado, músico
Da enxada e da foice. Falhado (engoliu um dia
A mulher de Pai João o branco Um piano, mas o teclado
A roubou para fazer mucamas. Ficou de fora); sem família,
Religião ou filosofia;
(LIMA, Jorge de. Pai João. In: Poesia completa. 2 ed. Rio Mal tendo a inquietação de espírito
de Janeiro: Nova Fronteira, 1980. V.1. p.110.)
Que vem do sobrenatural,
E em matéria de profissão
38. Muitas vezes, observamos um diálogo entre a literatura Um tísico profissional.
e a pintura mostrando que as diferentes manifestações (BANDEIRA, Manuel. Poesia Completa e Prosa. Rio de
artísticas podem abordar os mesmos temas estabe- Janeiro: Nova Aguilar, 1985. p. 394.)
lecendo um contato apesar de utilizarem diferentes
linguagens. Após uma atenta leitura do poema, de
COGITO
Jorge de Lima, marque a opção que apresenta a
imagem que melhor dialoga com o texto. Eu sou eu sou
Pronome
a) d) Pessoal intransferível
Do homem que iniciei
Na medida do impossível
Eu sou como eu sou
Agora
Sem grandes segredos dantes
Sem novos segredos dentes
Nesta hora
Eu sou como eu sou
Presente
Desferrolhado indecente
b) e) Feito um pedaço de mim
Eu sou como eu sou
Vidente
E vivo tranquilamente
Todas as horas de fim.
(NETO, Torquato. Torquatália: obra reunida de Torquato
Neto. Rio de Janeiro, 2004. V. 1, p. 165.)

39. Por meio de uma atenta leitura dos textos, observa-se que
a) não é possível perceber uma subjetividade descritiva.
Pois os textos falam de pessoas que não são os
seus autores.
b) os dois poemas são exemplos de subjetividade
descritiva em textos poéticos: eu poético, tema do
c) poema e poeta se confundem.
c) os textos se opõem quanto à temática como
também quanto ao gênero, pois o primeiro é prosa e
o segundo é poesia.
d) os textos exemplificam a poesia parnasiana em
função do cuidado com a métrica e com a rima,
como também é possível observar uma escolha
lexical primorosa.
e) enquanto o texto de Bandeira mostra um forte viés
simbolista, o de Torquato Neto é um exemplo, bem
acabado, de poesia romântica.
18
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

Texto para a questão 40. TEXTO II

ANOITECER Ao espelho

Esbraseia o Ocidente na agonia Por que persistes, incessante espelho?


O Sol... Aves em bandos destacados, Por que repetes, misterioso irmão,
Por céus de oiro e de púrpura raiados, O menor movimento da minha mão?
Fogem... Fecha-se a pálpebra do dia... Por que na sombra o súbito reflexo?
És o outro eu sobre qual fala o grego
Delineiam-se, além, da serrania E desde sempre espreitas. Na brunidura
Os vértices de chama aureolados, Da água incerta ou do cristal que dura
E em tudo, em torno, esbatem derramados Me buscas e é inútil estar cego.
Uns tons suaves de melancolia... O fato de não te ver e saber-te
Te agrega horror, coisa de magia que ousas
Um mundo de vapores no ar flutua... Multiplicar a cifra dessas coisas
Como uma informe nódoa, avulta e cresce Que somos e que abarcam nossa sorte.
A sombra à proporção que a luz recua... E depois outro, e outro, e outro, e outro...

A natureza apática esmaece... (BORGES, Jorge Luís. Obras completas de Jorge Luís
Borges. São Paulo: Globo, 1999. V. 2. p. 550.)
Pouco a pouco, entre as árvores, a lua
Surge trêmula, trêmula... Anoitece...
41. Ao ler os textos acima, percebemos que há entre eles
(CORREIA, Raimundo. Poesia. Rio de Janeiro: Agir, 1958. pp. 24-5.) a) uma oposição temática. Pois enquanto Machado
mostra uma visão desenganada sobre a alma
humana, Borges reflete uma postura otimista sobre
40. Raimundo Correia, poeta parnasiano, soube atingir o o homem.
universalismo desenvolvendo temas sociais e, sobretudo, b) uma ligação temática: o espelho; e mais: o espelho
filosóficos, como a busca de uma verdade essencial e como multiplicador.
imorredoura, os conflitos da condição humana etc.
Após uma leitura do poema, de Raimundo Correia, c) uma postura simbolista, pois o espelho representa a
posto acima, é lícito afirmar que busca do etéreo e do indefinível.
d) um forte viés de religiosidade, pois o espelho meta-
a) o texto exemplifica o ponto máximo de subjeti- foriza a alma que busca refletir o eu adormecido e
vidade, pois o eu lírico é o tema da poesia. marcado pelo amor divino.
b) o poeta captura na sua poesia um fenômeno do dia: e) uma negação total dos valores sociais mostrando o
o anoitecer. Porém, não é possível perceber distintos ser humano como sendo um mero reflexo de
momentos. conceitos equivocados.
c) a descrição feita pelo texto tenta a objetividade pelo
distanciamento entre o eu lírico e o tema do poema.
d) o eu lírico se evidencia no poema deixando fortes Texto para a questão 42.
marcas da primeira pessoa aproximando-se assim
do tema. Semana que vem
e) embora o autor tente apresentar uma cena do
anoitecer não ocorre no poema uma sequência Esse pode ser o último dia de nossas vidas
descritiva. Última chance de fazer tudo ter valido a pena
Diga sempre tudo o que precisa dizer
Arrisque mais pra não se arrepender
Textos para a questão 41. Nós não temos todo o tempo do mundo
E esse mundo já faz muito tempo
TEXTO I O futuro é o presente, e o presente já passou
O futuro é o presente, e o presente já passou
(...) desde que ficara só, não olhara uma só vez Não deixe nada pra depois
para o espelho (...) era impulso inconsciente, um receio de Não deixe o tempo passar
achar-me um e dois, ao mesmo tempo, naquela casa Não deixe nada pra semana que vem
solitária; e se tal explicação é verdadeira, nada prova Porque semana que vem pode nem chegar
melhor a contradição humana, porque no fim de oito dias Pra depois
deu-me na veneta de olhar para o espelho com fim O tempo passar
justamente de achar-me dois. Não deixe nada pra semana que vem
Porque semana que vem pode não chegar.
(ASSIS, Machado de. Obra completa. Rio de Janeiro:
Nova Aguilar, 1986. V. 2.) (PITTY. In: Admirável chip novo (CD). Rio de Janeiro, Deckdisc, 2003.)

19
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

42. Observando o conteúdo da letra da canção da roqueira


Pitty percebemos a presença da temática do carpe diem.
Essa temática também surge no seguinte fragmento:
a) “Sê prudente, começa a apurar teu vinho, e nesse
curto espaço abrevia as remotas expectativas.
Mesmo enquanto falamos, o tempo, malvado, nos
escapa: aproveita o dia de hoje, e não te fies no
amanhã.”
b) “O amor da gente é como um grão
Uma semente de ilusão
Tem que morrer pra germinar.”
c) “E quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão.”
d) “Meu coração
Não sei por que
Bate feliz, quando te vê
E os meus olhos ficam sorrindo
E pelas ruas vão te seguindo A única das quatro versões de O Grito, de
Mas mesmo assim, foges de mim.” Edvard Munch, que permanecia na mão de colecionadores
e) “Teu boletim meteorológico particulares, foi vendida nesta quarta-feira (2), em Nova
Me diz aqui e agora York, por US$ 119,9 milhões (cerca de R$ 230,5 milhões).
Esse valor é recorde e supera os US$ 106,5 milhões (R$
Se chove ou se faz sol.” 204,8 milhões) de “Nu, folhas verdes e busto" de Pablo
Picasso.
43. A imprensa, de uma maneira geral, desdenhou a Simon Shaw, diretor do leilão organizado pela
Semana de Arte Moderna; houve até publicações que Sotheby's, afirmou que a obra do pintor norueguês “define
antecipadamente se declararam contra o evento sem a modernidade e é instantaneamente reconhecível, porque
saber sequer do que se tratava. O Estado de São é uma das poucas imagens que transcendem a história da
Paulo, maior jornal paulista da época e um dos arte e que têm um alcance global, superado apenas pela
maiores do país, manteve uma sobriedade até certo Mona Lisa”.
ponto simpática para com a iniciativa. Apesar da
resistência dos grupos mais conservadores, após a (Jornal O Globo.)
Semana de Arte Moderna de 1922 ocorreu uma
revolução nas artes brasileiras, revelando novas 44. A notícia posta acima faz referência ao quadro O Grito,
linguagens, formas e abordagens, que chocavam pelo de Edvard Munch. Esse quadro datado de 1893,
ineditismo e ousadia. O período vivido pela Geração inspirou o Expressionismo que teve origem em
de 22, também chamado de fase heroica, em Dresden, Alemanha, entre 1904 e 1905, com um grupo
decorrência da implantação do Modernismo no Brasil chamado Die Brücke (A Ponte). A arte expressionista
em um momento ainda fortemente marcado por a) busca expressar as emoções humanas e interpretar
tendências conservadoras, é caracterizado por intenso as angústias que caracterizam psicologicamente o
experimentalismo, tanto na forma como na temática. homem do início do século XX.
Nesse primeiro momento do Modernismo, desenvol-
veram-se a poesia, mais intensamente, a prosa e b) defende a ideia que as figuras não devem ter
ainda a prosa-poética. Em todas essas formas, contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do
observam-se inovações como ser humano para representar as imagens.
c) determina que as sombras devem ser luminosas e
a) o rompimento com o passadismo e a conservação
coloridas, tal como é a impressão visual que nos
do academicismo literário.
causam, e não escuras ou pretas, como os pintores
b) a incorporação e a valorização do prosaico, do costumavam representá-las.
vulgar, do cotidiano, inclusive da linguagem
d) diz que a pintura deve registrar as tonalidades que
coloquial, na poesia e na prosa.
os objetos adquirem ao refletir a luz solar num
c) a prevalência do nacionalismo ufanista e a rejeição determinado momento, pois as cores da natureza se
do nacionalismo crítico. modificam constantemente, dependendo da incidência
d) a rejeição do prosaico, do vulgar, do cotidiano, da luz solar.
inclusive da linguagem coloquial, na poesia e na
e) passa a representar os objetos com todas as suas
prosa.
partes num plano. É como se eles estivessem
e) o rigor formal, personificado em especial pelo uso abertos e apresentassem todos os seus lados no
do soneto e pelas formas de composição com plano frontal em relação ao espectador.
regularidade.

20
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

Texto para a questão 45. MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS


o
1 motivo da rosa 46. Uma norma muito importante é a NBR 5410, que
regulamenta as instalações elétricas, determinando
Vejo-te em seda e nácar como escolher corretamente os componentes de uma
E tão de orvalho trêmula, instalação. Vale lembrar que muitos dos problemas
Que penso ver, efêmera, encontrados em instalações elétricas são devidos ao
Toda a Beleza em lágrimas não atendimento das definições dessa norma.
Por ser bela e ser frágil. Condições para estabelecer a quantidade mínima de
tomadas de uso geral (TUG’s):
Meus olhos te ofereço:
Espelho para a face Cômodos ou dependências com área igual ou
2
Que terás, no meu verso, inferior a 6 m : no mínimo uma tomada.
Quando, depois que passes, 2
Cômodos ou dependências com mais de 6 m : no
Jamais ninguém te esqueça. mínimo uma tomada para cada 5 m ou fração de
perímetro, espaçadas tão uniformemente quanto
Então, de seda e nácar, possível.
Toda de orvalho trêmula,
Cozinhas, copas, copas-cozinhas: uma tomada para
Serás eterna. E efêmero
cada 3,5 m ou fração de perímetro, independente da
O rosto meu, nas lágrimas
área.
Do teu orvalho... E frágil.
Subsolos, varandas, garagens ou sótãos: pelo
menos uma tomada.
(Obra poética, p. 232. Cecília Meireles.) Banheiros: no mínimo uma tomada junto ao lavatório
com uma distância mínima de 60 cm do limite do
boxe.
45. A rigor, Cecília Meireles nunca esteve filiada a nenhum Considere a planta baixa de uma casa, a seguir:
movimento literário. Sua poesia, de modo geral, filia-se
às tradições da lírica luso-brasileira. Apesar disso, as 6,45 0,35
publicações iniciais da escritora, Espectros (1919), 0,15 3,00 0,15 3,00 0,15
Nunca mais..., Poema dos poemas (1923) e Balada
0,15

0,15
para El-Rei (1925), evidenciam certa inclinação pelo
Simbolismo. Essa tendência é confirmada por sua
participação na revista carioca “Festa”, publicação
literária de orientação espiritualista que defendia o Dormitório

2,80
universalismo e a preservação de certos valores Copa/cozinha
tradicionais da poesia. Observando o conteúdo do
poema, de Cecília Meireles, posto acima, percebemos
que ele tematiza
a) o amor. 0,15
6,90

7,20
1,30
b) a criação artista. Hall
0,15
Banheiro
1,05 2,30
0,15

c) o infinito.
d) a efemeridade do tempo.
e) o erotismo.
2,50

Sala de Estar Dormitório


0,15

0,15

0,15 3,00 0,15 3,00 0,15

Planta de casa pequena área de 47 m2

Para obedecer à norma NBR 5410, o número de


tomadas no dormitório maior, sem considerar a
espessura das paredes, é:
a) 1.
b) 2.
c) 3.
d) 4.
e) 5.

21
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

47. No final do século XVIII, os revolucionários franceses propuseram adaptar o calendário


ao sistema decimal e, ao mesmo tempo, eliminar dele todas as referências religiosas,
bem como outras datas, fruto da tradição e da história. O resultado converteria a
semana para 10 dias, o dia com 10 horas, a hora com 100 minutos e o minuto com
100 segundos. Uma das medidas que menos entusiasmou seria que as décadas só
teriam um dia de folga, isto é, somente o domingo.
Disponível em http://www.mdig.com.br. Acesso em 09/05/2012 (adaptado).

De acordo com o antigo horário francês, o relógio ao lado tem mostrador de 10 horas
diárias. E ele está marcando 2 horas e 88 minutos.
Desenho extraído do site:
http://www.relogiosdiferentes.com.br. Acesso em 09/05/2012.

No sistema convencional (de 24 horas), a hora marcada corresponde a, aproximadamente


a) 5h 30 min. d) 6h 55 min.
b) 5h 50 min. e) 7h 05 min.
c) 6h 00 min.

48. A Antártica é o mais meridional dos continentes e um dos menores, com uma
superfície de catorze milhões de quilômetros quadrados. Rodeia o Polo Sul, e por
esse motivo, está quase completamente coberta por enormes geleiras, exceção
feita a algumas zonas de elevado aclive nas cadeias montanhosas e à extremidade
norte da Península Antártica.
Disponível em: www.wikipedia.com.br. Acesso em 12/05/2012.
A parte coberta por gelo tem uma área aproximadamente semicircular, com um raio
de 2000 km (ver figura ao lado). A espessura média da cobertura de gelo é de 3000
metros.
Desconsiderando a curvatura da Terra, quantos quilômetros cúbicos de gelo existem nesse continente? (Considere = 3).
a) 9 milhões. d) 90 milhões.
b) 18 milhões. e) 180 milhões.
c) 36 milhões.

49. O pictograma abaixo revela a taxa de fecundidade (número de filhos por mulher) de cinco países de maioria
muçulmana: Omã, Maldivas, Iêmen, Arábia Saudita e Irã. Neste gráfico, existe uma comparação entre as taxas de
fecundidade no início da década de 90 e nos dias atuais.

Fonte: Revista Veja (4 de abril/2012).


Os dados estatísticos revelam que:
a) comparando com o início da década de 90, a taxa média atual de fecundidade dos países ricos (não muçulmanos)
aumentou consideravelmente.
b) atualmente, a taxa média mundial de fecundidade é maior que a taxa média de fecundidade dos países
muçulmanos.
c) em Omã, a atual taxa de fecundidade diminuiu menos de 50% em relação àquela verificada no início da década
de 90.

22
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

d) a atual taxa de fecundidade do Irã é superior à taxa Observe, por exemplo, o desempenho do Fortaleza:
média de fecundidade dos países ricos (não em 25 jogos, obteve 59 pontos, com 18 vitórias, 5 em-
muçulmanos) no início da década de 90. pates e 2 derrotas, um aproveitamento de aproxima-
e) atualmente, a taxa de fecundidade da Arábia damente 78,6%, isto é, dos 75 pontos disputados em
Saudita supera a taxa média mundial de fecundi- 25 jogos, ele obteve 59 pontos. (59/75 = 0,786 = 78,6%).
dade em 16%. Analisando o desempenho do Ferroviário, é possível
afirmar que o seu índice de aproveitamento foi em
torno de
50. Recentemente, Aline recebeu um e-mail dizendo que a) 23%.
uma empresa de produtos para emagrecimento estava
b) 25%.
pagando R$ 30,00 para cada e-mail que ela encami-
nhasse para a sua lista de contatos e mais R$ 45,00 c) 29%.
para cada terceiro que recebesse o e-mail. Para d) 32%.
comprovar o sucesso, o e-mail informava que uma e) 35%.
pessoa chamada Salomão havia recebido R$ 15000,00
ao participar desse evento.
Se o informado no e-mail é verdade, sendo x o número 52. Visando acabar o seu estoque de um lote com 30
de e-mails que Salomão encaminhou para a sua lista caixas, cada caixa contendo 1 litro de determinada
de contatos e y a quantidade de terceiros que marca de suco, já prestes a atingir a data de validade
receberam seu e-mail, a equação que permite estudar e vendida a R$ 2,00 a unidade, um lojista resolveu
as possibilidades para os valores de x e y é: colocar em promoção o lote do tal produto.
a) 3x + 2y = 500. A tabela a seguir mostra o total pago, em função da
quantidade comprada pelo cliente.
b) 2x + 3y = 1.000.
c) 3x + 2y = 1.000. Número de unidades
Total pago (R$)
d) 2x + 3y = 500. compradas pelo cliente
e) 2x + 3y = 1.500. 1 2,00
2 3,50
51. A tabela a seguir mostra o desempenho dos times 3 5,00
cearenses no campeonato estadual de 2012 até
6/5/2012. 4 6,50

CAMPEONATO CEARENSE 2012 5 8,00

Clube PG J V E D . .
. .
1 Ceará 61 25 19 4 2 . .
2 Fortaleza 59 25 18 5 2 Se estiver disponível em estoque, um cliente que
comprar 25 caixas desse suco, terá direito a um
3 Horizonte 44 24 14 2 8 desconto percentual de
4 Tiradentes 38 24 11 5 8 a) 76%.
5 Crato 34 22 9 7 6 b) 70%.
c) 50%.
6 Guarani (J) 29 22 9 2 11
d) 30%.
7 Crateús 26 22 7 5 10 e) 24%.
8 Guarany (S) 25 22 6 7 9
9 Icasa 22 22 6 4 12
10 Ferroviário 21 22 5 6 11
11 Trairiense 17 22 4 5 13
12 Itapipoca 7 22 1 4 17
o
Nas legendas da tabela, PG = pontos ganhos, J = n
o o
de jogos disputados, V = n de vitórias, E = n de
o
empates e D = n de derrotas. Além disso, 1 V = 3
pontos, 1 E = 1 ponto e 1 D = 0 ponto.

23
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

53. O gráfico a seguir apresenta a evolução do percentual


de professores mestres ou doutores nas instituições de 15,6
m

educação superior de 1998 a 2011. Assim, por 1º andar


exemplo, no ensino superior brasileiro, o percentual de
professores mestres ou doutores subiu de 52,0% em 3,5 m
2000 para 62,2% em 2009.
Inclinação da esteira
Piso térreo
Evolução do percentual de professores com mestrado ou
doutorado 1998-2011 e projeção para se atingir meta (%)
A inclinação dessa esteira, isto é, o ângulo agudo que
a base da esteira faz com o plano do piso térreo
horizontal
o
a) é inferior a 30 .
o o
64,4
b) é superior a 30 , mas inferior a 45 .
o
63,3
62,2 c) é igual a 45 .
o o
58,6 d) está entre 45 e 60 .
o
56,8
e) ultrapassa 60 .
53,2 52,0
49,3 Projeção para se atingir a meta
55. Desejando presentear sua filha por ter completado 5
Ano anos, os pais encomendaram uma casa de boneca no
1998
1999
2000
2001
2002
2003
2004
2005
2006
2007
2008
2009
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017
2018
2019
2020

mesmo formato da casa onde moram. O fabricante


construiu a casa de bonecas na escala de 1:10 (ou
Disponível em http://fne.mec.gov.br. Acesso 1
em 12/05/2012 (adaptado). seja, cada comprimento da casa de boneca é do
10
Admitindo que a partir de 2008 o crescimento é linear, comprimento correspondente da casa de verdade).
a projeção para 2020 é de que o percentual de
A casa verdadeira tem 25 m de comprimento, 14 m de
professores com mestrado ou doutorado atinja, aproxi-
largura e 3,5 m de altura, com um telhado inclinado de
madamente:
4,5 m de altura e com um perfil de triângulo isósceles
a) 70%. (ver figura).
b) 71%.
c) 72%.
d) 73%.
e) 74%. 4,5 m

54. Alguns supermercados disponibilizam a seus frequen-


tadores uma esteira rolante para dar acesso às suas
3,5m
dependências, facilitando, assim, o deslocamento de
pessoas com dificuldade de locomoção, como, também,
14 m
maior facilidade no transporte de suas compras.
25m

Desenho extraído do site http://www.4dprojetos.com.


Acesso em 11/05/2012.
Qual é a área do piso térreo da casa de bonecas?
2
a) 20 m .
2
b) Aproximadamente 1,67 m .
2
c) 3,5 m .
2
d) 35 m .
2
e) 2 m .

Foto extraída do site: www.atlas.schindler.com. Acesso


em 10/05/2012.

Um desses supermercados – localizado em um bairro


nobre de Fortaleza – possui uma esteira rolante de
15,6 m de comprimento que liga o piso térreo ao
o
1 andar, que dista 3,5 m do solo (ver figura).

24
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

56. Em um cenário ainda calmo na manhã de domingo, Utilizando os dados do seguro DPVAT – de 2002 a
um grupo chamava atenção dos frequentadores da 2007 – como referência, é possível afirmar correta-
Praia do Futuro com luvas, sacolas em mãos e olhos mente que
atentos para o lixo deixado na areia. a) a maior incidência de vítimas fatais ocorreu em
O mutirão de limpeza da Praia do Futuro, fruto das 2006.
mobilizações realizadas pelo grupo Consciência Limpa, b) de 2002 a 2005, houve um crescimento exponencial
reuniu pessoas interessadas em compartilhar a ideia no número de vítimas fatais.
de que a ação e o exemplo são poderosos para o c) a maior taxa de variação de decrescimento no
hábito de cuidar da cidade.
número de vítimas fatais ocorreu de 2005 para
Fonte: Jornal O Povo. Edição No 28.099, de 07/05/2012. 2006.
Em uma amostra com 15 voluntários, a quantidade de d) de 2002 a 2007, o número de vítimas fatais só
sacolas que cada um deles utilizou no recolhimento do aumentou.
lixo está exibida na tabela a seguir: e) a menor incidência de vítimas fatais ocorreu em
o Quantidade de 2003.
Voluntário N
sacolas utilizadas
1 10 58. Metabolismo basal ou taxa metabólica basal é a
quantidade calórica ou energética que o corpo utiliza,
2 4
durante o repouso, para o funcionamento de todos os
3 8 órgãos, por exemplo, o coração, cérebro, pulmões,
4 3 intestino, etc.
5 3 Fonte: Wikipédia. Acesso em 19/05/2012.

6 5 Uma regra prática para calcular essa taxa é a


seguinte: multiplique o seu “peso”, em kg, por 24. O
7 8
resultado é dado em kcal. Assim, por exemplo, se você
8 6 “pesar 70 kg, necessitará de 70 x 24 = 1680 kcal,
9 6 apenas para se manter com as funções básicas em
10 5 funcionamento.
11 6 Gina “pesa” 85 kg e decidiu fazer uma dieta radical:
12 4 ingerir uma quantidade mínima de calorias utilizando a
regra acima, apenas para se manter com as funções
13 6 básicas em funcionamento. Para tanto, decidiu fazer
14 4 diariamente três refeições iguais, do tipo: 1 porção de
15 7 180 g de arroz cozido (190 kcal), 1 porção de 120 g de
A mediana do número de sacolas utilizadas por cada feijão cozido (145 kcal) e 1 porção de frango assado.
voluntário da amostra é igual a: Se o plano for seguido à risca, a porção de frango
assado deve conter
a) 4.
a) 200 kcal. d) 390 kcal.
b) 5.
b) 345 kcal. e) 250 kcal.
c) 6.
c) 305 kcal.
d) 7.
e) 8. 59. O escritório de Patentes da Índia quebrou o monopólio
da farmacêutica alemã Bayer sobre a produção de
57. O gráfico a seguir mostra o número de vítimas fatais osilato de sorafenibe, medicamento usado para tratar
em acidentes de trânsito, segundo o seguro DPVAT, o câncer de fígado e rim.
DATASUS e o DENATRAN, de 1997 a 2008. No caso, a empresa indiana autorizada a produzir o
medicamento – vendido pela Bayer sob o nome de
fantasia Nexavar – foi a produtora de genéricos Nacto,
que pagará royalties de 6% à Bayer.
Segundo a ONG Médicos Sem Fronteiras, a estimativa
é que o custo do uso do osilato de sorafenibe por um
mês caia de US$ 5.500 para US$ 175.
Disponível em http://www1.folha.uol.com.br. Acesso
em 17/05/2012.
Segundo a estimativa apresentada, para os usuários
desse medicamento, haverá um desconto no seu custo
mensal de aproximadamente
a) 68%. d) 97%.
b) 75%. e) 99%.
Disponível em http://www.vias-seguras.com. Acesso c) 82%.
em 18/05/2012.

25
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

60. A tabela e a fórmula abaixo mostram como se calcula 62. O ITBI é um imposto cobrado sobre a transmissão
o tempo em que uma bateria precisa para ser onerosa, entre pessoas vivas, de bens imóveis e
carregada totalmente. direitos a eles relativos, sendo cobrado sobre o valor
venal do imóvel, considerando os valores aferidos no
Cálculo para tempo de carga mercado imobiliário.
Tabela de estado de carga de uma bateria Os valores abaixo são cobrados pela prefeitura de
Volts Densidade Estado de Carga Fortaleza
12,7 1265 100% Alíquotas
12,4 1225 75% Financiamento Valor Alíquota
12,2 1190 50% Sobre o valor
Imóvel financiado 0,5%
financiado
12,0 1155 20% pelo Sistema Finan-
ceiro da Habitação Sobre o valor
11,9 1120 0% 2,0%
não financiado
(100 EC ) x CB Antecipado à
T x 1,2 onde: Nas demais trans- 2,0%
100 x CC escritura
missões
T – Tempo de carga em horas. No registro 3,0%
EC – Estado de carga da bateria em %.
CB – Capacidade nominal da bateria em Ampéres- Uma pessoa compra um apartamento cujo valor venal
é de R$ 200.000,00, sendo R$ 150.000,00 financiado
hora.
pelo Sistema Financeiro da Habitação e o restante à
CC – Corrente de carga em Ampéres.
vista. Essa pessoa terá de pagar de ITBI
http://www.jlweletromax.com.br/
a) R$ 750,00.
Paulo tem uma bateria com capacidade nominal de b) R$ 1.000,00.
50 Ah e sabe que o estado de carga da bateria é de c) R$ 1.750,00.
50% e pretende carregá-la com uma corrente de 10 A.
O tempo necessário para carregá-la totalmente é: d) R$ 3.000,00.
a) 1h. e) R$ 4.000,00.
b) 2h.
63. Além de utensílios práticos para o uso diário, as velas
c) 3h. podem ser ótimos presentes e enfeites para a casa.
d) 4h. Confira algumas dicas para fazer você mesmo lindas
e) 5h. velas decorativas.

61. O Açude Castanhão é um açude brasileiro construído


sobre o leito do rio Jaguaribe, no estado do Ceará. Ele
é, portanto, uma represa, tecnicamente falando. A
barragem está localizada em Jaguaribara, embora
atinja outros municípios.
[...]
A capacidade de armazenamento do Castanhão é de
3
6.700.000.000 m , o que o coloca como o maior açude
para múltiplos usos da América Latina. Sozinho, ele
tem 37% de toda a capacidade de armazenamento dos
8.000 reservatórios cearenses. Antes do Castanhão a
maior barragem cearense era o Orós, no município de
mesmo nome, que também é uma represa no Rio Para fazer velas, você irá precisar de parafina,
Jaguaribe, mas que comporta pouco mais da metade barbante ou pavio, panela, colher de pau e refratários
da capacidade do Castanhão. no formato que desejar. Esse material pode ser
http://pt.wikipedia.org adquirido em lojas de produtos para a casa ou locais
especializados.
Sabendo que um caminhão pipa Mercedes Benz 1313
pode armazenar até 10.000 litros de água, podemos Inicie o processo de fabricação da vela derretendo a
afirmar que a capacidade do Castanhão equivale a parafina em banho-maria. Assim que ela amolecer,
desligue o fogo e mexa bem até que fique completa-
a) 6.700.000.000 caminhões pipa Mercedes Benz
mente derretida. Depois disso, estique o pavio na
1313.
fôrma e despeje a parafina ajustando-o para que ele
b) 670.000.000 caminhões pipa Mercedes Benz 1313. fique ele no centro da vela. Quanto mais grosso for o
c) 67.000.000 caminhões pipa Mercedes Benz 1313. pavio, mais rápido o fogo queimará, portanto defina a
d) 6.700.000 caminhões pipa Mercedes Benz 1313. espessura de acordo com o tamanho da vela.
e) 6.70.000 caminhões pipa Mercedes Benz 1313.

26
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

Tendo como base as instruções no texto, analise a 65. Bombas hidráulicas são máquinas de fluxo, cuja
situação abaixo e, em seguida, marque o item função é fornecer energia para a água, a fim de
verdadeiro. recalcá-la (elevá-la), através da conversão de energia
mecânica de seu rotor proveniente de um motor à
Um artesão dispõe de parafina no formato de um bloco
combustão ou de um motor elétrico. Dessa forma, as
cúbico com 3 dm de aresta para fabricação de velas
bombas hidráulicas são tidas como máquinas
cilíndricas no formato abaixo.
hidráulicas geradoras.
Para a escolha de uma bomba deve-se conhecer a
vazão e a altura manométrica e, consultando o gráfico
de seleção de cada fabricante onde se encontram as
bombas de uma série com mesmo tipo, pode-se
escolher a bomba desejada.
160

219

140

207
120
197
P
100
hp 189
6,0 cm
179
80
O número de velas que podem ser fabricadas, sem
levar em consideração o pavio, é:
60

(Considere = 3.)
a) 135 velas. 0 50 100 150 200 250
Q m3/h
350 400 450 500 550

b) 207 velas.
c) 268 velas. Os valores 219, 207, 197, 189 e 179 se referem ao
diâmetros das bombas.
d) 300 velas.
Considere que uma pessoa deseja escolher uma
e) 324 velas.
bomba para encher uma caixa d’água cúbica com 10 m
de dimensão interna (aresta) em 4 horas. Sabendo
64. O gráfico abaixo mostra a distribuição da população da que essa pessoa escolheu a bomba de diâmetro 179,
cidade de Acarape-CE obtido no censo de 2010. a potência dessa bomba é de
5.000
a) 60 hp.
4.500 b) 70 hp.
4.000 c) 80 hp.
3.500
d) 90 hp.
e) 100 hp.
3.000

Homens
2.500
Mulheres 66. Impostômetro encerra 2011 em R$ 1,5 trilhão,
2.000
diz associação

1.500
O Impostômetro da Associação Comercial de São
Paulo (ACSP) alcançou, nesta quinta-feira (29), a
1.000 marca de R$ 1,5 trilhão de impostos federais,
500 estaduais e municipais pagos pelos brasileiros desde
o
1 de janeiro de 2011.
0
0 a 14 anos 15 a 69 anos 70 anos ou mais
Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010.
Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2010.

Escolhendo uma pessoa dessa população ao acaso, a


probabilidade que tenha mais de 14 anos é de
aproximadamente:
3 14
a) . d) .
15 15
Imagem do site do Impostômetro nesta quinta-feira (29).
7 (Foto: Reprodução)
b) . e) 1.
15
11
c) .
15

27
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

De acordo com levantamento da consultoria Econo- à inexistência desses no Brasil, os técnicos da


matica, o montante registrado em 2011 equivale ao Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN),
valor de mercado somado das 25 maiores empresas empresa responsável pelo armazenamento dos rejeitos,
de capital aberto do Brasil, contabilizado na última decidiram acondicioná-los em um depósito separado,
quarta-feira (28). já construído, chamado por eles de Container de
Grande Porte (CGP), para diferenciá-lo do depósito
O painel localizado no centro da capital paulista e na
internet (www.impostometro.com.br) encerra o ano dos rejeitos que, de fato, têm potencial de risco. O
com R$ 1,51 trilhão, o que significa uma arrecadação CGP nada mais é do que uma grande caixa de
concreto com, aproximadamente, 60 metros de
nominal de 17,1% em relação ao ano passado e real
comprimento, 16 metros de largura e 4,5 metros de
(descontada a inflação) de 11%. O Impostômetro
altura, construído sob a superfície, coberto com solo
terminou 2010 com a marca de R$ 1,29 trilhão em
local, gramado, tendo a aparência de uma pequena
impostos pagos.
elevação no terreno.
Uma cédula de 50 reais tem 14 cm de comprimento e http://members.tripod.com
6,5 cm de largura, o raio da Terra é de
aproximadamente 6400 km. O valor em impostos em Desprezando a espessura das paredes, a capacidade
2011 em cédulas de R$ 50,00, colocadas um ao lado do CGP é de
da outra, formariam uma fita de 6,5 cm de largura. O 3
a) 2.320 m .
número de voltas que essa fita daria ao redor da Terra 3
b) 3.320 m .
na linha do Equador é, aproximadamente, 3
c) 4.320 m .
a) 45 voltas. 3
d) 5.320 m .
b) 65 voltas. 3
e) 6.320 m .
c) 85 voltas.
d) 105 voltas. 68. Degradação florestal na Amazônia caiu 87%
e) 125 voltas.
São Paulo – O Imazon –
67. Acidente Nuclear de Goiânia Instituto do Homem e Meio
Ambiente da Amazônia
Até o final do ano, deverá estar pronto o depósito divulgou, nesta quinta-feira,
definitivo para os rejeitos gerados pelo acidente com o 19/4, o boletim do SAD –
Césio-137 em Goiânia, em setembro de 1987. Não se Sistema de Alerta de
trata apenas de um depósito, mas de um complexo de Desmatamento da Amazônia
instalações onde a maioria das utilidades já se Legal referente ao mês de
encontram prontas. O local é Abadia de Goiás, a cerca março de 2012, no qual
de 20 quilômetros do centro de Goiânia. apontou uma redu-ção de
É o pior acidente radiológico da História, na opinião de 87% nas práticas que
Alfredo Tranjan Filho, coordenador do projeto e da causam degradação florestal
construção do depósito definitivo, por ter ocorrido em na região.
2
um centro urbano. Causou a morte de quatro pessoas Neste mês, 40 km de mata da Amazônia Legal –
e a geração de 3.430 metros cúbicos de rejeitos sobretudo do Mato Grosso – foram comprometidos por
radioativos (6 mil toneladas), não podendo, entretanto, conta de atividades insustentáveis, como a exploração
ser confundido ou comparado com um acidente ilegal da madeira, que provocam a degradação da
nuclear, como o de Chernobyl, cuja magnitude é floresta. Em março de 2011, foram 298 km².
muitas ordens de grandeza maior. A degradação florestal acumulada no período de
o
O edital de licitação da obra foi lançado em 1 de julho agosto do ano passado a março de 2012 também
e o início do processo de transferência dos rejeitos apresentou redução: foram mais de 2500 km² a
está previsto para o mês de outubro. Esse depósito menos, em relação ao período anterior, o que
abrigará cerca de 60% do total de rejeitos produzidos caracteriza uma diminuição de cerca de 62%.
em Goiânia, aqueles cujo tempo de decaimento à http://viajeaqui.abril.com.br
condição de liberação como lixo comum é de até 300 Considere que em março de 2013 haja uma redução
anos. de 87% em relação a março de 2012, que, em março
Desse grupo, 16% exigem confinamento superior a de 2014, haja uma redução de 87% em relação a
150 anos e 41%, isolamento de até 150 anos. O março de 2013, e assim por diante. A área degradada
material está acondicionado em caixas metálicas em março de 2020 será de
7
construídas com a finalidade específica de armazenar a) 40 . 0,13 .
o material radioativo e em tambores alocados dentro 7
b) 40 . 0,87 .
de containers de concreto ou de metal. 8
c) 40 . 0,13 .
O material restante (cerca de 40% do total) não 8
d) 40 . 0,87 .
apresenta mais potencial de contaminação e poderia 7
ser colocado em aterros sanitários qualificados. Devido e) 40 . 1,87 .

28
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

69. A temporada 2010 foi uma das mais emocionantes da história da Fórmula 1. Cinco pilotos estiveram na briga pelo
título e Sebastian Vettel liderou o campeonato apenas uma vez: justamente na última corrida do ano.
Apesar disso, os números não mostram o poder da Red Bull na temporada. Dona do carro mais veloz, projetado por
Adrian Newey, a equipe poderia ter tido uma vida mais fácil não fossem os erros internos.
Enquanto isso, Fernando Alonso buscou extrair o máximo possível dos erros dos adversários. Primeira temporada
dele na Ferrari, o piloto espanhol massacrou o companheiro de equipe nas pistas e chegou como favorito ao
tricampeonato na última corrida. No entanto, perdeu o título na estratégia errada.
Em 2010, o bicampeão esteve envolvido em mais uma polêmica: no GP da Alemanha, a Ferrari ordenou que Felipe
Massa cedesse o primeiro lugar a Alonso, melhor classificado no campeonato.
No final, nem mesmo o jogo de equipe foi suficiente. Imbatível na reta final do campeonato, Sebastian Vettel se
tornou o mais jovem campeão de Fórmula 1 até então.
As posições dos 10 primeiros colocados em cada corrida e o sistema de pontuação estão representados abaixo:
Pos Piloto BAH AUS MAL CHI ESP MON TUR CAN EUR ING ALE HUN BEL ITA CIN JAP COR BRA ABU
1 Sebastian 4 NC 1 6 3 2 NC 4 1 7 3 3 15 4 2 1 NC 1 1
Vettel
2 Fernando 1 4 13 4 2 6 8 3 8 14 1 2 NC 1 1 3 1 3 7
Alonso
3 Mark 8 9 2 8 1 1 3 5 NC 1 6 1 2 6 3 2 NC 2 8
Webber
4 Lewis 3 6 6 2 14 5 1 1 2 2 4 NC 1 NC NC 5 2 4 2
Hamilton
5 Jenson 7 1 8 1 5 NC 2 2 3 4 5 8 NC 2 4 4 12 5 3
Button
6 Felipe 2 3 7 9 6 4 7 15 11 15 2 4 4 3 8 NC 3 15 10
Massa
7 Nico 5 5 3 3 13 7 5 6 10 3 8 NC 6 5 5 17 NC 6 4
Rosberg
8 Robert 11 2 4 5 8 3 6 7 5 NC 7 NC 3 8 7 NC 5 9 5
Kubica
9 Michael 6 10 NC 10 4 12 4 11 15 9 9 11 7 9 13 6 4 7 NC
Schumacher
10 Rubens 10 8 12 12 9 NC 14 14 4 5 12 10 NC 10 6 9 7 14 12
Barrichello

NC – Não Correu.
Sistema de pontuação – F1 2010
o
1 lugar – 25 pontos.
o
2 lugar – 18 pontos.
o
3 lugar – 15 pontos.
o
4 lugar – 12 pontos.
o
5 lugar – 10 pontos.
o
6 lugar – 8 pontos.
o
7 lugar – 6 pontos.
o
8 lugar – 4 pontos.
o
9 lugar – 2 pontos.
o
10 lugar – 1 ponto.

o
Considerando o sistema de pontuação de 2010 e as posições de cada piloto, o 1 colocado, Sebastian Vettel,
terminou o campeonato com
a) 236 pontos.
b) 246 pontos.
c) 256 pontos.
d) 266 pontos.
e) 276 pontos.

29
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

70. Olimpíadas 2008 72. No centro de um mosaico formado apenas por


Aconteceu, no mês de agosto de 2008, na cidade pequenos ladrilhos, um artista colocou 4 ladrilhos
cinza. Em torno dos ladrilhos centrais, ele pôs uma
chinesa de Pequim (Beijing), os XXIX Jogos
camada de ladrilhos brancos, seguida de uma camada
Olímpicos. A abertura foi realizada no dia 8 de agosto
de ladrilhos cinza, e assim sucessivamente, alternando
(cerimônia às 20 horas na China e às 9 horas de
camadas de ladrilhos brancos e cinza, como ilustra a
Brasília) e durou cerca de 4 horas. A cerimônia de
encerramento ocorreu no dia 24 do mesmo mês. O figura abaixo, que mostra apenas a parte central do
lema dos jogos foi “Nova Beijing (Pequim), Grandes mosaico.
Olimpíadas”.
As cerimônias de abertura e encerramento foram
vistas pela televisão por, aproximadamente, 4 bilhões
de pessoas no mundo. Foram realizados 302 eventos
esportivos, sendo 165 provas masculinas, 127 femininas
e 10 mistas.
A tabela abaixo mostra o número de medalhas de
prata obtidas pelos dez primeiros colocados. 1ª- camada cinza
o 1ª- camada branca
Países N medalhas
01 – China 21 2ª- camada cinza
02 – EUA 38 2ª- camada branca
03 – Rússia 21 3ª- camada cinza
04 – Grã-Bretanha 13
05 – Alemanha 10
06 – Austrália 15 O total de ladrilhos usados para construir um mosaico
com dez camadas, cinco cinza e cinco brancas, é
07 – Coréia 8
08 – Japão 10 a) 350 ladrilhos.
09 – Itália 10 b) 400 ladrilhos.
10 – França 16 c) 450 ladrilhos.
A moda e a mediana do número de medalhas são, d) 500 ladrilhos.
respectivamente, e) 550 ladrilhos.
a) 10 e 14.
b) 10 e 13.
c) 10 e 15. 73. Um soldador foi contratado para construir uma
d) 21 e 14. estrutura formada por barras de aço, a fim de sustentar
o telhado de uma garagem. A figura abaixo apresenta
e) 21 e 15. visão frontal de uma parte da estrutura de aço.

71. O dono de um restaurante que vende comida por quilo


encomendou uma pesquisa para relacionar preço e 1,5 m
quantidade vendida, e obteve a tabela abaixo:
2m
Preço Quantidade Vendida (kg)
R$ 20,00 80 A estrutura terá 10 metros de comprimento, para isso
R$ 19,00 85 vão ser usados
R$ 18,00 90 a) 40 m de barras de aço.
R$ 17,00 95 b) 40,5 m de barras de aço.
R$ 16,00 100 c) 41 m de barras de aço.
R$ 15,00 105
d) 41,5 m de barras de aço.
Para ser obtida a receita máxima, o dono do e) 42 m de barras de aço.
restaurante deve reajustar o preço do quilo para:
a) R$ 16,00.
b) R$ 16,50.
c) R$ 17,00.
d) R$ 17,50.
e) R$ 18,00.

30
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

74. Na sala de reuniões de Considere um consumidor que pagará, em 2015, uma


certa empresa, há uma conta mensal de luz de R$ 300,00 pelo modelo atual.
mesa retangular com 10 Se for respeitada a lei e novos leilões realizados, a
poltronas dispostas da economia anual poderá chegar a
fôrma como é mostrado
a) R$ 620,00.
na figura ao lado.
Sabe-se que: b) R$ 670,00.
O presidente e o vice-presidente deverão ocupar c) R$ 720,00.
exclusivamente as poltronas da cabeceira da mesa;
d) R$ 770,00.
O restante das pessoas do conselho podem ocupar
qualquer poltrona restante. e) R$ 820,00.
Certo dia, seis pessoas foram convocadas para
participar de uma reunião a ser realizada nessa sala: o
presidente, o vice-presidente e quatro membros da 76. Ações do Facebook estreiam na bolsa
diretoria.
As ações do Facebook fecharam o primeiro dia da
Considerando que tais poltronas são fixas no piso da rede social na bolsa de valores valendo US$ 38,23,
sala, o número de modos que as seis pessoas podem (cada ação), segundo informações da Nasdaq. O valor
acomodar-se na sala é: representa uma variação de 0,6% em relação ao preço
a) 1680. d) 5456. inicial proposto pela empresa (US$ 38).
b) 3360. e) 6320. [...]
c) 3568.
Enquanto o Facebook arrecadou mais de US$ 16
bilhões nesta sexta-feira, outras empresas de internet
75. No Brasil, 77% de toda a energia produzida vêm de tiveram um dia difícil. LinkedIn e Groupon tiveram
usinas hidrelétricas, a fonte mais barata que existe. No quedas nos valores de suas ações, mas o caso de
entanto, a construção das usinas e dos sistemas de maior destaque foi o da Zynga.
transmissão e de distribuição é um investimento
http://www.G1.globo.com
bilionário. Para viabilizar essa construção, o governo
faz contratos de concessão com empresas e o investi- Considerando as informações acima, o número de
mento é recuperado cobrando-se um valor adicional ações vendidas pelo Facebook foi em torno de
nas contas de luz. Portanto, quem paga pela a) 350 milhões.
construção do sistema elétrico é o consumidor. As
contas são mais altas no período de amortização. b) 420 milhões.
Porém, passados 35 anos, limite máximo definido pela c) 470 milhões.
lei para a recuperação do investimento, a tarifa tem
que baixar, e muito... d) 520 milhões.
e) 590 milhões.

77. Um supermercado vende dois tipos de cebola


conforme apresentado na tabela abaixo:

Tipo de Cebola Raio médio (cm)

Pequena 3

Grande 6

Considerando que a massa de cada cebola é


proporcional ao seu volume, que as cebolas são
esferas e que a massa da cebola menor é 30 g, a
massa da cebola maior é:
a) 60 g.
b) 120 g.
c) 240 g.
d) 480 g.
e) 960 g.

http://www.energiaaprecojusto.com.br
31
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

78. Soja em números (safra 2010/2011) Dívida líquida total (A)


Soja no mundo 70,0

Produção: 263,7 milhões de toneladas 60,0

50,0
Área plantada: 103,5 milhões de hectares
40,0
Fonte: USDA
30,0 Dívida líquida total (A)

20,0

Soja na América do Sul 10,0

Produção: 135,7 milhões de toneladas 0,0

dez/01
ago/02
abr/03
dez/03
ago/04
abr/05
dez/05
ago/06
abr/07
dez/07
ago/08
abr/09
dez/09
ago/10
abr/11
Área plantada: 47,5 milhões de hectares
Fonte: USDA Fonte: Banco Central, elaboração do grupo.

Segundo o que foi exposto, o valor aproximado do PIB


em abril de 2011 era de:
Soja nos EUA (maior produtor mundial do grão)
a) 2760 bilhões de reais.
Produção: 90,6 milhões de toneladas
b) 3260 bilhões de reais.
Área plantada: 31,0 milhões de hectares
c) 3760 bilhões de reais.
Fonte: USDA d) 4260 bilhões de reais.
e) 4760 bilhões de reais.
Soja no Brasil (segundo maior produtor mundial do
grão) 80. Os dados definitivos populacionais do Censo Demo-
gráfico 2010 por município permitem uma análise mais
Produção: 75,0 milhões de toneladas detalhada de fenômenos demográficos no território do
Área plantada: 24,2 milhões de hectares estado do Ceará.
Fonte: CONAB O gráfico abaixo apresenta a evolução populacional da
http://www.cnpso.embrapa.br/ cidade de Caridade-CE.
Evolução da População nos Censos Demográficos - Caridade (CE)
20.000

De acordo com as informações a maior produtividade 18.000


de soja é observada no(s)
16.000

a) EUA com 2.992 Kg/ha.


14.000
b) EUA com 3.106 Kg/ha.
12.000
c) Brasil com 2.992 Kg/ha.
10.000
d) Brasil com 3.100 Kg/ha.
8.000
e) Brasil com 4.106 Kg/ha.
6.000

4.000

79. A dívida líquida total do setor público atingiu R$1.507 2.000


bilhões em abril de 2011. Entre os fatores que contri-
buíram para a redução destacam-se o superávit primário 0
1970 1980 1991 2000 2010

e o crescimento do PIB corrente. No ano, a relação


Fonte: IBGE.
DLSP/PIB registrou redução equivalente a 0,8 p.p. do
PIB. O superávit primário acumulado contribuiu para
essa redução com 2,3 p.p. do PIB; o efeito do cresci- Observe no gráfico da página anterior que a população
mento do PIB corrente, com 2,5 p.p.; e a variação na de 1991 a 2010 aumentou praticamente de forma linear.
paridade da cesta de moedas que compõem a dívida Considerando que, de 1991 a 2050, o aumento seja
externa líquida, com 0,2 p.p. Essas reduções foram também linear, a previsão é que a população em 2029
compensadas, parcialmente, pelo aumento de 3,5 p.p. seja de
nos juros nominais apropriados e pelo efeito da a) 25.000 habitantes.
apreciação cambial de 6,6% registrada no período, b) 28.000 habitantes.
com impacto de 0,8 p.p. c) 33.000 habitantes.
O quadro a seguir apresenta a evolução do percentual d) 38.000 habitantes.
da dívida líquida em relação ao PIB – dezembro de e) 43.000 habitantes.
2001 a julho de 2011.

32
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

81. Um controlador de voo detectou – durante uma viagem aérea de Fortaleza a Natal – que o avião havia desviado
cerca de 22 km de seu curso previsto, conforme a figura a seguir:

FORTALEZA

21
1
km
5,95°

LEGENDA
Curso paralelo ao original
.
β Ângulo de correção de

km
percurso

22

22
4
Mossoró

km
Dados:
tg 84,4° = 10,2 ( valores aproximados )
tg 89° = 57,2
β

NATAL

Qual deverá ser, aproximadamente, o ângulo de correção do percurso para o qual o avião rumará novamente em
direção a Natal?
o
a) 11,33 .
o
b) 11,44 .
o
c) 11,55 .
o
d) 11,66 .
o
e) 11,77 .

82. O preço do feijão de corda disparou nas feiras livres do Ceará e alcançou o maior valor dos últimos 12 anos no
Estado. A seca que atinge a Bahia, o principal centro produtor do Nordeste, e outras regiões de produção, contribui
diretamente para a elevação do principal produto que integra a cesta básica do cearense. A tendência é de alta em
decorrência da estiagem e da escassez do grão. Em comparação com o preço praticado em fevereiro passado, no
Ceasa, o valor da saca de 60 kg de feijão de corda saltou de R$ 177,00 para os atuais R$ 295,00, um aumento de
66,7%. Esse acréscimo ocorre também nas cidades do interior do Estado.
Fonte: Diário do Nordeste. Disponível em: www.iguatunoticias.com.br. Acesso em 09/05/2012 (adaptado).

Se o preço atual da saca de 60 kg do feijão de corda voltar ao preço praticado em fevereiro último, haverá uma
redução percentual no preço da saca com 60 kg de
a) 66,7%.
b) 67,6%.
c) 60%.
d) 40%.
e) 33,3%.

33
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

83. Mensalmente, uma companhia de eletricidade divulga, 84. A publicação Saúde Brasil 2007, do Ministério da
na conta que envia ao consumidor, um gráfico Saúde, revela que o número de óbitos que tiveram,
referente ao histórico de consumo, em kWh, dos como causa básica as doenças plenamente
últimos 11 meses. relacionadas com álcool (como acidente de trânsito,
quedas, afogamentos, dentre outros) entre 2000 e
A seguir, temos o gráfico que mostra o consumo anual
2006, concentrou-se no sexo masculino. Dos 92.919
de energia elétrica, em kWh, de um dos clientes da
companhia, no período Junho – 2011/ Abril – 2012. óbitos registrados, 82.834 (89,1%) foram de homens e
10.085 (10,9%) foram de mulheres.
Segundo o Centro Brasileiro de Informações sobre
HISTÓRICO DE CONSUMO
JUNHO/2011 - ABRIL/2012 Drogas Psicotrópicas (CEBRID, 2006), a prevalência
de dependentes de álcool também é maior para o sexo
227 224
masculino: 19,5% dos homens são dependentes de
216
197 196 200 192 álcool, enquanto 6,9% das mulheres apresentam
185 182 185
162 dependência.
Para cada seis pessoas do sexo masculino que faz
uso de álcool, uma fica dependente. Entre as mulheres,
esta proporção é de um dependente a cada 10 usuários.
Distribuição dos óbitos com causa básica
plenamente relacionada ao uso de álcool no
período 2000-2006, segundo Unidade da Federação
Consumo médio últimos 11 meses Consumo mensal e sexo
UF Masculino Feminino
Querendo saber o consumo de energia no mês de N % N %
abril/2012, o qual não foi informado – e não querendo AC 164 95,3 8 4,7
fazer tantas contas – o cliente pegou o papel do mês AL 898 89,9 101 10,1
anterior e observou o consumo no período de maio – AM 548 97,2 15 2,7
2011 a março – 2012 (ver gráfico a seguir): AP 68 93,2 5 6,8
BA 3.940 85,6 662 14,4
HISTÓRICO DE CONSUMO CE 4.087 91,1 394 8,8
MAIO/2011 - MARÇO/2012 DF 1.354 91,2 129 8,7
ES 1.952 85,2 338 14,8
227 224 GO 2.652 86,2 424 13,8
216
196 200
195 185 182
192 185 MA 1.090 89,9 122 10,1
176
162 MG 10.329 84,1 1.946 15,9
MS 1.116 88,6 143 11,4
MT 1.110 89,7 126 10,2
PA 685 92,1 58 7,8
PB 1.163 89,6 134 10,3
Média MAI
PE 5.199 90,3 557 9,7
PI 806 89,4 95 10,5
Consumo médio últimos 11 meses Consumo mensal PR 6.407 88,7 819 11,3
RJ 5.554 89,7 636 10,3
RN 1.200 91,1 117 8,9
Com isso, o cliente concluiu que o consumo, em kWh, RO 251 94,0 15 5,6
no mês de abril – 2012, foi de
RR 54 88,5 7 11,5
a) 195. RS 6.277 90,5 660 9,5
b) 196. SC 2.219 91,7 199 8,2
SE 1.132 89,1 139 10,9
c) 197. SP 22.242 91,1 2.177 8,9
d) 198. TO 337 85,1 59 14,9
e) 199. Brasil 82.834 89,1 10.085 10,9
Fonte: SIM/SVS/MS.
Um desses casos, escolhido aleatoriamente, vai ser
estudado. Sabendo que o caso escolhido foi de um
homem, a probabilidade desse caso ser do Ceará é
a) 4087/82834. d) 4481/92919.
b) 4087/92919. e) 82834/92919.
c) 4481/82834.
34
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

85. O quadro a seguir mostra o número de filhos em idade 87. Quando se administra uma medicação a um paciente,
escolar dos 20 funcionários da empresa MARILUX®. a droga entra na corrente sanguínea, depois passa
pelo fígado e pelos rins, quando é metabolizada. A
Número de filhos em idade escolar dos 20 eliminação da droga pelo organismo depende da droga
funcionários da empresa MARILUX®. específica. Por exemplo, para o medicamento
1 2 3 5 propanolol (utilizado no tratamento da hipertensão
arterial e da cardiopatia isquêmica), 50% da droga
2 3 2 3 presente no corpo do paciente é eliminada a cada 6
horas. Uma dose de propanolol tem 40 mg.
2 4 1 2
A tabela a seguir mostra a quantidade, em mg, de
3 1 1 1 propanolol existente no organismo em função do
1 2 1 3 tempo, em horas.
Tempo (h) Massa (mg)
Qual o percentual de funcionários com menos filhos do 0 40
que a média do número de filhos desses funcionários?
6 20
a) 35%. 12 10
b) 65%. 18 5
c) 22%. . .
. .
d) 78%. . .
e) 50%.
A função que fornece a quantidade y, em mg, de
86. Em 1935, para comparar os tamanhos relativos dos propanolol existente no organismo, em função do
sismos, o sismólogo americano Charles Francis tempo x, em horas, é
Richter formulou uma escala de magnitude baseada a) linear.
na amplitude dos registros das estações sismo-
gráficas. O princípio básico da escala é que as b) quadrática.
magnitudes sejam expressas na escala logarítmica, de c) modular.
maneira que cada ponto na escala corresponda a 10
d) exponencial.
vezes a amplitude das vibrações medida pelo
sismógrafo. Por isso é usado o logaritmo de base 10, e) trigonométrica.
onde ele classifica cada grau da escala em 1, 2, 3 ...,
em vez de utilizar 10, 100, 1000..., o que dificultaria
mais o processo para o cálculo. Com isso, o modo de 88. Pedro decidiu presentear seu pai com um kit composto
classificá-lo através da escala usada é bem fácil de se de quatro garrafas, sendo duas garrafas de marcas
trabalhar, de maneira que, se houver, por exemplo, distintas de cerveja, uma garrafa de uísque e uma
um abalo de magnitude 4,0, ele será dez vezes o de garrafa de vinho. Sobre as preferências de seu pai,
magnitude 3,0, cem vezes o de magnitude 2,0 e mil Pedro sabe que:
vezes o de magnitude 1,0. Observe a associação: o
1 ) As quatro marcas de cerveja mais apreciadas pelo
Escala de magnitude
(em graus Richter) 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 seu pai são “Hofbräu München”, “Radeberger”,
“Weinhenstephaner” e “St. Gallen”;
o
2 ) As três marcas de uísque da preferência de seu
Amplitude das vibrações 2 3 4 5 6 7 8 9 10 pai são “Johnny Walker Blue Label”, “Old Parr” e
(em µm) 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 “Dimple”;
o
3 ) As quatro marcas de vinho que seu pai mais gosta
De acordo com essa correspondência, um terremoto são “Marques de casa Concha”, “Enzo Bianchi”,
de 4,5 graus na escala Richter informa que a “Quinta de Pancas” e “Don Melchor”.
amplitude de vibração registrada no sismógrafo, em
De quantas maneiras distintas, Pedro pode montar o
m, foi de
kit para presentear seu pai, respeitando suas
Dado: log 3,16 = 0,5. preferências?
a) 31.600. a) 72.
b) 3.160. b) 48.
c) 316. c) 36.
d) 31,6. d) 24.
e) 3,16. e) 11.

35
LINGUAGENS E CÓDIGOS/MATEMÁTICA 170689/PU

89. Mauro comprou uma tela flexível para colocar no


portão de sua residência, objetivando impedir a entrada
de animais de pequeno porte. As dimensões do portão
são 6 m x 2,5 m. Para recobrir o portão, Mauro
pretende recortar a tela, de dimensões 10 m x 1,5 m,
em 4 retângulos congruentes sem deixar sobras.
PORTÃO

2,5 m

6m

TELA

1,5 m

10,0 m

De acordo com as pretensões de Mauro, é possível


concluir corretamente que:
a) as dimensões de cada retângulo são 1 m x 2,5 m.
b) as dimensões de cada retângulo são 1,5 m x 2,5 m.
c) as dimensões de cada retângulo são 1,5 m x 2 m.
d) as dimensões de cada retângulo são 1,5 m x 2,5 m.
e) não é possível dividir a tela em 4 retângulos
congruentes sem deixar sobras.

90. O Sr. Péricles, um pequeno comerciante (dono de


mercadinho) da região metropolitana de Fortaleza,
localizado em Eusébio, tem por hábito – via de regra –,
ao fazer novos pedidos aos fornecedores, escolher
somente os produtos que tiveram “maior saída”, isto é,
mais vendidos.
Intuitivamente, esse comerciante – que sabe apenas
as quatro operações aritméticas – ao renovar os
pedidos está utilizando a ideia de
a) moda.
b) média aritmética.
c) média harmônica.
d) mediana.
e) desvio padrão.

www.christus.com.br
fa ce b oo k.c
om /c ole
g ioc hris
tus
t wit t er:@colegiochrist us
(85) 3277.1515

PA02/D04/IP
36