Você está na página 1de 11

Teoria Neoclássica

A abordagem neoclássica é a retomada da Teoria


Clássica devidamente atualizada e redimensionada
aos problemas administrativos atuais e ao tamanho
das organizações de hoje.
 A Teoria Neoclássica surgiu da necessidade de se utilizarem
os conceitos válidos e relevantes da Teoria Clássica,
expurgando-os dos exageros e distorções típicos de
qualquer teoria pioneira e condensando-os com outros
conceitos igualmente válidos e relevantes oferecidos por
outras teorias administrativas ao longo das três últimas
décadas.

A teoria têm como principal referência Peter Drucker, mas


também inclui um grupo amplo de autores como Willian
Newman, Ernest Dale, Ralph Davis, Louis Allen e George Terry.
A teoria Clássica e a Escola de

Administração Cientifica, surge, de

maneira Eclética, o movimento

Neoclássico, e o principal expoente

Peter F. Drucker, começa a delinear as

principais características da Escola

Neoclássica da Administração, à partir de

1946.
 Drucker ainda considerada que nenhum negocio vive de
um objeto único, mas sim de um conjunto de oito tipos,
que estabelecem entre si, equilíbrio e hierarquia, que são:
 Posição no mercado;
 Inovação;
 Produtividade;
 Recursos físicos e financeiros;
 Rentabilidade;
 Desenvolvimento dos executivos;
 Desenvolvimento da mão de obra;
 Responsabilidade pública.
As principais Características
Ênfase na prática da administração - Ênfase na prática da administração
(pragmatismo): através da prática, busca de resultados concretos, mas
levando em consideração das bases teóricas da administração. Busca de
resultados concretos
Reafirmação dos postulados clássicos - Confirmação relativa dos
postulados clássicos: Retomada das bases clássicas, reestruturando-se
conforme as contingências atuais.
Ênfase nos princípios gerais da Administração – Orientação ao
Administrador no desenvolvimento de suas funções
Ênfase nos objetivos e resultados - Toda a organização existe, não para si
mesma, mas para alcançar objetivos e produzir resultados
Abordagem eclética - Embora baseados na teoria clássica, os
neoclássicos utilizam-se de quase todas teorias administrativas.
Dentro de um ciclo há um processo;

Pessoas

Organização Resultados

Recursos

Continuidade : Ser contínuo (ciclo)


Dinamicidade: Flexibilidade (pode alterar, se adptar)
Interatividade: itinerário, influência nos resultados onde a
organização está.
Sistemacidade: Está ligado a interatividade, porque é sistêmico é
ciclo, segue um plano.
Interatividade: significa que se relacionam entre si, assim como
também na ora
PLANEJAR

CONTROLAR ORGANIZAR

DIRECIONAR
Funções Administrativas
Rotinas Administativas

Planejar – Definir um fim, estabelecer os meios para atingir,


rotas de ação.

Organizar – Colocar em marcha, as atividades para que


estejam dentro da rota de ação

Controlar – Comparar o idealizado o “realizado” resultado.


Administração por objetivos (APO)

Peter Drucker, dá origem a esta técnica voltada,


para o atingimento de resultados de forma
estruturada e consciente. A administração por
objetivos é considerada uma continuidade da
escola neoclássica, somente com enfoque mais
direcionado a resultados.
Além dos princípios da Administração, a Teoria
Neoclássica abrange discussão sobre a centralização a
descentralização da autoridade dentro da organização,
abordando os pontos positivos e negativos de cada um.
Chega-se a conclusão de que a centralização ou a
descentralização devem ser aplicadas de acordo com a
situação encontrada na empresa, ou até mesmo em nível
departamental ou setor, de modo a permitir uma
infinidade de combinações ao longo da estrutura desta