Você está na página 1de 4

Instituto Superior de Ciências e Tecnologias de Moçambique

Curso de Engenharia geológica e de Minas 11de Setembro de 2018


Cadeira Poços e Galerias: Teste 1
Correção 4o Ano

1. Quais as razoes que nos levam a optar pela mineração subterrânea? (1,5)
Esgotamentos dos depósitos a céu aberto
Melhoria dos equipamentos a subterrâneo
Menores custos

2. Quais os elementos chaves a ter em conta na definição do número e área de secção de


acesso primários? (3,0)
Tamanho da jazida
Geometria dos equipamentos
Producao visada
3. Diferencie entivação de enchimento (2,5)

Entivação refere se ao revestimento da uma determinada área ou abertura da que


pode ser feita por madeira, betão aço ,ao passo que enchimento centrasse na colocação
de um determinado material de enchimento usualmente no método corte e enchimento.
4. Quais as condições de aplicabilidade do método de ancoras? (2,5).
O método de ancoras e geralmente empregue em depósitos de grandes dimensões e de
dureza media a elevada que apresentam fissuração com fissuras na fase inicial.
5. Fale da importância do conhecimento das formas dos jazigos na exploração subterrânea
(2,0)
Nos permite seleccionar os equipamentos, as técnicas e métodos de exploração
6. De que forma as condições hidrogeologicas e as propriedades físico mecânicas da rocha
encaixante influenciam na boca do túnel? (2,0)
As propriedades físico mecânicas irão determinar o tipo de entivacao a ser aplicado e
as condicoes hidrogeologicas nos ajudao na determinacao do local óptimo para
abertura da boca do túnel.
7. Fale da aplicação do poço vertical e inclinado pela (jacente, pingente, atravessado o
mineral e pelo flanco). (2,0)
Poço Vertical Pela Jacente (reclinado/deitado): É o mais utilizado a nível mundial
devido a 2 grande vantagens:
I: Na parte jacente é onde menos pressão mineira surge como consequência da
exploração do jazigo e portanto a construção e manutenção das escavações de abertura
tem custos mínimos.
II: É nesta posição onde as reservas ficam atadas ao pilar de segurança, não obstante é
o esquema de poço vertical excelente e os restantes esquemas são usados quando os
factores geo-
Poço Vertical Pela Pingete (pendente): Aplica-se quando a topografia da superfície ou
as condições hidrogeológicas nos impedem situar o poço pela jacente. Para a escolha
desta variante considera-se a influencia de condições difíceis de estabilidade e fortaleza
pela jacente.
Poço Vertical pelo mineral: Aplica-se em jazigos muito abrupto (brusco, declivado) ou
quando as condições de estabilidade do corpo mineral são melhor que as da rocha de
caixa.
Poço Vertical atravessando o mineral: Aplica-se em jazigos pouco inclinados e
horizontais e nestes últimos tem grande extensões.
Poucas vezes é utilizado em jazigos inclinados.
Este tipo de posso tem a grande vantagem de que a somatória das
longitudes/cumprimento das galerias transversais são menores que as variantes acima
descritas.
Não são aconselháveis em jazigos de grande valor porque as perdas nos pilares de
segurança são maiores.
Poço Vertical pelo flanco: Aplica-se em jazigos abruptos de pouco cumprimento ou
quando não é possível usar poço pela jacente ou ainda em jazigos horizontais quando o
mineral é valiosos para evitar perdas.
Poço inclinado Pela Jacente: É o esquema mais utilizado para a abertura porque na
parte jacente existem menores pressões mineiras como consequência das escavações já
exploradas se comparados com o colgante.
A principal desvantagem está nos pontos de intersecção do poço inclinado com as
galerias transversais que dificultam o transito directo do mineral estraído, este
problema se resolve com a construção de tolvas/funis subterrâneas com pontos de
descargas no poço inclinado
Poço inclinado atravessando o mineral: Aplica-se quando as condições de estabilidade
e propriedades mecânicas do corpo mineral são superiores que as da rochas
encaixantes e quando o jazigo não é de mineral valioso.
Aplica-se também quando o jazigo não foi geologicamente bem estudado.

Poço inclinado pelo flanco: Aplica-se em jazigos horizontais, valiosos e de pouca


profundidade. Tem a vantagem de aplicar o angulo de inclinação que desejamos.
Poço inclinado Pela Pingete (pendente): Aplica-se quando as condições de relevo ou
hidrogeológicas nos impedem situar o poço pela jacente. Também se recomenda
quando o jazigo é quase horizontal e tem grande extensão pela direcção do corpo.
Este esquema provoca maiores perdas de reservas atadas no pilar de

8. Um deposito de minério apresenta um comportamento estratiforme atitude 120/10


(direcção de mergulho e mergulho) resistência elevada e uma potência de 5 metros, a
capa e um arenito salificado de elevada resistência e a lapa e um folhelho friável.

Com as informações acima desenhe ou represente o jazigo acima e esboce o referido sistema de
acesso primário e secundários. (4,5)

Bom Trabalho.
Salazar Mangumo
Luís Bernardo