Você está na página 1de 8

PORTARIA N" 001-DMB DE 11 DE JUNHO DE 1992

NORMAS REGULADORAS DA VENDA, AQUISIÇÃO, TRANSFERÊNCIA, DEVOLUÇÃO E


PROCEDIMENTO EM CASO DE EXTRAVIO DE PIS70LA CALIBRE 9min

O CHEFE DO DEPARTAMENTO DE MATERIAL BÉLICO, no uso das atribuições que lhe são
conferidas pelo Decreto n° 88.778, de 30 de setembro de 1983 (R-S7), e pelas Portarias Ministeriais ii°
1.228, de 18 de novembro de 1986 e n° 986, de 07 de dezembro de 1990, RESOLVE:
1. Aprovar as Normas Reguladoras da Venda, Aquisição, Transferência, Devolução e Procedimentos em
Caso de Extravio de Pistota Calibre 9mm, que com esta baixa.
2. Determinar que as referidas Nonnas entrem em vigor na data de sua publicação.
3. Revogar a Portaria n° 001-DMB, de 29 de abril de 1987.

1. FINALIDADE

As presentes Normas regulam a venda, aquisição, transferência, devolução e procedimento em caso de


extravio de Pistola calibre 9mm.

2. OBJETIVO

Possibilitar a venda, aquisição, transferência e devolução e determinar procedimento em caso de extravio


de Pistola calibre 9mm para Oficiais de carreira do Exército Brasileiro.

3. REFERÊNCIAS

a. Portaria Ministerial n° 1.228, de 18 de novembro de 1986.


b. Portaria Ministerial n° 986, de 07 de dezembro de 1990.

4 CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO

a. Venda
1 ) A venda de Pistola calibre 9ram para Oficiais de carreira do Exército (da ativa, da reserva e
reformados) será efetuada pela Indústria de Material Bélico do Brasil IMBEL, ou por empresa privada
febricante considerado de posse temporária dos oficiais e intransferível, salvo nos casos estabelecidos
nestas Normas.
b. Aquisição
1) O processo para aquisição de uma pistola calibre 9nmi, por Oficial de Carreira do Exército (da ativa,
da reserva reformado) inicia-se com o preenchimento do Pedido de Aquisição, em cinco vias, que no
decorrer do processo terão os seguintes destinos finais:
Pvia: fabricante
T via: Diretoria de Armamento e Munição - DAM
3" via: Oficial adquirente
4'' via: Arquivo da Região Militar ou Organização Militar
5" via: Seção de Fiscalização de Produtos Controlados de Região Militar SFPC/RM
2) O oficial da ativa encaminha seu pedido de aquisição através da Organização Militar onde serve, e o
oficial da reserva ou reformado faz o encaminhamento através, da Região Mihtar ou OM a que estiver
vinculado para percepção de proventos.
3) Os pedidos de aquisição ( 1", 2" e 5" vias), firmados individualmente, serão remetidos pela RM ou OM
à Diretoria de Armamento e Munição - DAM que, ao fina! de cada mês, encaminhará as 1" e 5^ via com
autorização, à IMBEL ou empresa fabricante do annamento. Na mesma ocasião a DAM informará, às
RM ou OM, das autorizações concedidas e arquivará a 2° via do pedido.
4) Os vistos nas Guias de Tráfego, relativas às amias destinadas a uma mesma RM ou OM, serão obtidos
mediante a manterá em. seus arquivos as 5 vias dos pedidos de aquisição apresentados.
5) As remessas das armas serão feitas pelo fabricante, diretamente para a RM ou OM onde foi realizado o
pedido, mediante Nota Fiscal que conterá o número e o modelo da arma, uma cópia dessa nota será
enviada à DAM para arquivo e controle.
6) Por ocasião do recebimento da arma, o oficial adquirente efetuará o pagamento conforme condições
estabelecidas pelo fabricante, por intermédio da RM ou OM onde foi efetuado o pedido.
7) O recebimento e entrega da arma serão publicados em Boletim Interno da RM ou OM; uma cópia
desse Boletim será remetida à DAM para arquivo.
8) A DAM é responsável pelo registro e controle das armas adquiridas.
9) O ofcial de carreira do Exército poderá ter a posse temporária de apenas uma Pistola calibre 9mm.
10) Em caso de extravio da arma, a DAM somente autorizará, ao oficial, a aquisição e posse de uma nova
arma decon^do o prazo de três anos após a solução de inquérito instaurado para apuração de
responsabilidade

C. TRANSFERÊNCIA

1) O oficial de carreira do Exército (da ativa, da reserva ou reformado) poderá transferir a posse da Pistola
calibre 9mm, ezdusivamente, para outro oficial de carreira do Exército.
2) A transferência da arma para ofcial da ativa será feita por intermédio da Organização Militar onde
estiver servindo o oficial que assumir a posse da arma, mediante o preenchimento da Guia de
Transferência, em quatro vias.
3) A transferência da arma para oficial da reserva ou reformado será feita por Intennédio da RM ou OM
onde o oficial estiver vinculado para a percepção de proventos, cabendo a este assumir a posse da arma,
mediante o preenchimento da Guia de Transferência, em quatro vias.
4) A Guia de Transferência obedecerá o modelo anexo a estas Normas, e terá os seguintes destinos:
- P via: Oficial que transferiu a arma
- 2" via: Diretoria de Armamento e Munição
- 3" via: Oficial que recebe a arma
- 4" via: Arquivo da RM ou OM
5) A RM ou OM, de posse da Guia de Transferência, consultará a DAM, via radiograma ou telex da
exiquibilidade da transferência. Após a consulta a seus arquivos, a DAM autorizará ou não a
transferência.
6) E vedada a transferência para outro oficial que já possuir uma Pistola calibre 9mm, de acordo com o
item 4. b .9) destas Normas.
7) Após a autorização da DAM, será efetuada a transferência, sendo o ato publicado em Boletim Interno
da RM ou OM do oficial cedente e do oficial que assumir a posse da arma. Cópias desses boletins serão
remetidas à DAM para registro e controle.
8) A DAM é responsável pelo registro e controle das armas transferidas.
9) Quando a operação de transferência envolver um ou dois ofciais da ativa, esse ato, publicado em
Boletim Interno das respecfivas OM, será transcrito nas folhas de alterações.
d. Devolução
1 ) O ofidal de carreira (da ativa, da reserva ou refora~ado) poderá, voluntariamente e em qualquer época,
devolver a Pistola calibre 9mm de sua posse temporária ao Exérc'|-to.
2) A devolução da Pistola calibre 9mm será obrigatória nos casos de demissão do serviço afivo, interdição
ou falecimento do ofcial; a Região Militar ou a OM informará o fato à DAM e, simultaneamente,
comunicará ao interessado, tutor ou herdeiro da obrigatoriedade de restituir a arma em questão, no prazo
máximo de sessenta dias.
3) Decorrido o prazo de sessenta dias sem que a arma tenha sido devolvida, a Região Militar interessada,
por intennédio de sua Assessoria Jurídica, tomará as medidas legais cabíveis.
4) O recolhimento da Pistola calibre 9mm será efetuado pelas Regiões Militares nas respectivas sedes e,
fora delas, por qualquer Organização Militar do Exército.
5) Ao receber a arma, a RM ou OM emifirá um recibo de devolução preenchido em duas vias, onde
constem o posto, nome e identidade do oficial, modelo e número da anna devolvida, acessórios e
sobressalentes que a acompanham, e estado geral da anna. A 1" via, assinada pelo Comandante da RM ou
OM, será entregue ao interessado e a 2' via arquivada.
6) Recebendo a arma, a RM ou OM deverá mantê-la sob custódia, publicar seu recebimento em Boletim
Interno, transcrever o fato nas alteraçães do oficial da ativa e comunicar a devolução à DAM, através da
RM enquadrante, informando os dados constantes do recibo de devoloção.
7) Caberá à DAM informar a OM, através da RM enquadrante, o destino a ser dado à arma recolhida. A
remessa da arma ao destino obedecerá às prescrições em vigor
8) Estando a Pistola calibre 9mm em perfeitas condições de uso, o oficial, tutor ou herdeiro será
indenizado de acordo com os seguintes critérios, levando-se em conta o tempo de uso e o valor atuallzado
da arma:
-Até 15 (quinze) anos 75%
- De 15 (quinze) até 20 (vinte) anos 50%
- Mais de 20 (vinte) anos 30%
9) Caso a Pistola calibre 9mm não esteja em perfeitas condições de uso, a RM ou OM nomeará uma
comissão que arbitrará o valor da indenização.
10) O valor da Pistola calibre 9mm será dado pela IMBEL, e informado periodicamente ao Departamento
de Material Bélico, que o divulgará através do Noticiário do Exército.
11) A Portaria n° 004-SEF, de 25 de janeiro de 1989, regula os procedimentos relativos à indenização.
e. Extravio
1) Oconendo o extravio, perda, inutilização, roubo ou furto da Pistola cal 9mm, o fato deverá ser, de
imediato comunicado pelo possuidor a quem de direito:
a) quando oficial da ativa, ao Comandante, Chefe ou Diretor da OM onde servir o oficial, através de parte
escrita;
b) quando oficial da reserva oú reformado, ao Comandante da Região. Militar ou OM a qual estiver
vinculado para percepção de proventos, através de documento hábil.'
2) Caberá às autoridades acima especificadas determinar a instauração de Inquérito para apuração de
responsabilidades e aplicação da sanção disciplinar se for o caso, bem como infomrar à DAM, para
registro.

5. PRESCRIÇÕES DIVERSAS

a. A manutenção da Pistola calibre 9mm é da responsabilidade de seu detentor. Sendo que, para
substituição de peças danificadas o oficial poderá se valer de cadeia nomial de manutenção do Exército,
mediante indenização.
b. Os casos omitidos por estas Normas serão solucionados pelo Chefe da Departamento de Material
Bélico.
ANEXOS:
- Modelo de Pedido de Aquisição de Pistola Calibre 9mm
- Modelo de Guia de Transferência de Pistola Calióre 9mm
- Modelo de Recibo de Devolução de Pistola Calibre 9mm

ANEXO À PORTARIA N" 001-DMB, DE 11 DE JANEIRO DE 1992

MODELO DE PEDIDO DE AQUISIÇÃO DE PISTOLA CALIBRE 9mm


MINISTÉRIO DO EXÉRCITO

(RM / OM)

PEDIDO DE AQUISIÇÃO DE PISTOLA CALIBRE 9MM

Aquisição de Pistola calibre 9mm feita de acordo com as NORMAS REGULADORAS DA VENDA,
AQUISIÇÃO, TRANSFERÊNCIA, DEVOLUÇÃO E PROCEDIMENTO EM CASO DE EXTRAVIO
DE PISTOLA CALIBRE 9mm, aprovadas pela Portaria n° 001-DMB, de 11 de junlio de 1992.

Posto e nome do oficial de carreira do Exército


Identidade
Ativa [ ] Reserva [ ] Reformado [ ]
Arma - modelo, número, outras especificações, fabricante
Acessórios e/ou sobressalentes
I Modalidade de pagamento
i Endereço para entrega

Declaro conhecer as NORMAS PARA A VENDA E AQUISIÇÃO DE PISTOLA 9mm e assumo o


compromisso, inclusive em nome de meus herdeiros, de que será devolvida ao Exército, quando j
devido, a arma objeto desta aquisição.

Posto e nome
I OBSERVAÇÕES:

Quaitel em (Cidade-UF), de de 19

Cmt/RM, Cmt, Ch ou Dir OM


ANEXO À PORTARIA N° 001-DMB, DE 11 DE JANEIRO DE 1992

MODELO DE GUIA DE TRANSFERÊNCIA DE PISTOLA CALIBRE 9MM

MINISTÉRIO DO EXÉRCITO

(RM / OM)

GUIA DE TRANSFERÊNCIA DE PISTOLA CALIBRE 9MM

Transferência de posse temporária de Pistola calibre 9mm feita de acordo com as NORMAS
REGULADORAS DA VENDA, AQUISIÇÃO, TRANSFERÊNCIA, DEVOLUÇÃO E
PROCEDIMENTO EM CASO DE EXTRAVIO DE PISTOLA CALIBRE 9mm, aprovadas pela Portaria
n°001-DMB, de 11 de jimho de 1992.

Oficial que transfere a arma


Posto -
Nome -
Identidade -
Ativa [ ] Reserva [ ] Reformado [ ]
Oficial que recebe a arma
Posto -
Nome -
Identidade -
Ativa [ ] Reserva [ ] Reformado [ ]
Arma transferida
Modelo - I
Número -
Outras especificações - Acessórios e/ou sobressalentes -
Declaro estar de acordo com a transferência da arma de minha propriedade temporária.

(posto e nome do oficial cedente)

Declaro conhecer as NORMAS PARA A TRANSFERÊNCIA DE PISTOLA 9mm e assumo o


compromisso inclusive em nome de meus herdeiros, de que será devolvida ao Exército, quando devido, a
arma objeto desta Aquisição.

Nome do requerente

Quartel em (Cidade-UF), de de 19

Cmt/RM, Cmt, Ch ou Dir OM

ANEXO À PORTARIA N" 001-DMB, DE 11 DE JANEIRO DE 1992

MODELO DE RECIBO DE DEVOLUÇÃO DE PISTOLA CALIBRE 9MM

MINISTÉRIO DO EXÉRCITO

(RM / OM)

RECIBO DE DEVOLUÇÃO DE PISTOLA CALIBRE 9MM


De acordo com as NORMAS REGULADORAS DA VENDA, AQUISIÇÃO, TRANSFERÊNCIA,
DEVOLUÇÃO E PROCEDIMENTO EM CASO DE EXTRAVIO DE PISTOLA CALIBRE 9mm,
aprovado pela Portaria n° 001-DMB, de 11 de junho de 1992.

! Oficial que devolve a arma


Posto -
Nome -
Identidade -
Ativa [ ] Reserva [ ] Refonnado [ ]
Autoridade que recebe a arma
i Posto -
Nome -
Identidade -
Função -
Arma devolvida
Modelo e fabricante -
Número -
Outras especificações -
Acessórios e/ou sobressalentes -
Estado da Arma -
Declaro ter recebido a arma acima especificada do Sr.

(Detentor, Tutor ou Herdeiro)

Quartel em (Cidade-UF), de de 19

Cmt/RM, Cmt, Ch ou Dk OM