Você está na página 1de 24

Filhas do Nilo

Iniciação

1983

Abertura

O templo deve ser configurado de acordo com o diagrama oficial. Mesas ou pedestal
para a Rainha e Princesa Real podem ser para a direita ou para a esquerda, mas nunca
na frente dos oficiais. A estação da Princesa Músico está onde quer que o piano ou
órgão esteja situado.
A Princesa Marechal conduz Junior Rain Queen à sua estação no trono, Junior Past
Queen imediatamente instrui a Princesa Marechal a se retirar e conduzir os policiais
para suas estações.
A forma de entrada de oficiais, exceto a Rainha, dois Atendentes e Damas da Espera, é
opcional. Depois de chegarem às estações, os policiais permanecem em pé até que a
Princesa Royal telefone para o Templo. A porta da ante-sala está fechada.
Princesa Real chama Temple para encomendar *
Diretores; exceto Princesa Marechal, estão sentados.
PR: Princesa Marechal, você vai consertar a câmara interna onde você encontrará Sua
Majestade, com a presença de suas cinco Damas da Espera e duas atendentes. Apresente
a Sua Majestade meus cumprimentos e informe a ela que a assembléia o aguarda. A seu
prazer, você a conduzirá ao trono e as Damas de Espera a seus vários lugares.
A princesa Marechal vai até a porta, carregando bastão, abre a porta; saúda e
diz: Vossa Majestade, a Princesa Real me instrui a apresentar seus cumprimentos e
informá-lo a assembléia aguarda
Q .: Princesa Marechal, liderar em senhoras, me atender.
A Princesa Real dá três golpes no martelo, chamando a assembléia quando a Rainha
entra no Templo. Precedida pela Princesa Marechal e dois assistentes, Sua Majestade e
cinco Damas da Espera entram marchando pela Princesa Real e Princesa Badoura. Ao
chegar ao pé do trono, os atendentes se viram e se encaram, fazendo um arco
baixo; segurando até que a rainha passe entre eles e vá para o trono. Eles se viram e
enfrentam a Rainha, voltando-se novamente para as Damas da Casa depois que a
Rainha é saudada. Ladies em Waiting formam um crescente em frente ao trono e
saúdam a Princesa Marechal, em seguida, conduzem a Princesa Tirzah, em frente a
Crescent, em frente à estação da Princesa Zuleima, e continuam dentro de Crescent até
a estação da Princesa Nydia, cada Senhora em Espera parando na frente de sua
cadeira, a princesa Marshal retorna a sua estação, todos permanecem de pé.
PR: Senhoras do Lar, vocês se juntarão a mim para saudar Sua Majestade
Rainha reconhece saudação.

Cerimônias de Bandeira
As bandeiras podem estar no lugar no trono ou escoltadas ao trono pelo guarda de cor
do portador, ou patrulha. A bandeira dos Estados Unidos da América deve ser
colocada à direita da Rainha, a bandeira do Canadá à esquerda da bandeira dos EUA,
a bandeira do Nilo ou a bandeira, se usada, à esquerda da Rainha. Honre a bandeira
dos EUA dando a Promessa de Allegiance e cante “The Star Spangled Banner” Honre
a bandeira canadense cantando “O Canada”.
Os templos canadenses seguem o protocolo da bandeira canadense.
Assentos da Rainha do Templo *.
P .: Princesa Real.
PR, saúda: Sua Majestade.
Q: Como vai a hora?
PR: É a hora da assembléia, Sua Majestade.
Q .: Então deixe meu édito sair entre os fiéis, que este Templo, Filhas do Nilo, sejam
reunidos Veja que nossas portas estão seguramente protegidas da intrusão, e clamam
por silêncio e obediência.
PR: Companheiros e Senhoras da Casa, eu proclamo a vocês a ordem de Sua Majestade,
que ela reunirá este Templo, Filhas do Nilo, e que vocês se comportarão com silêncio e
obediência.
P .: Senhora das Chaves.
L de K, saúda: Sua Majestade.
P .: Informe a Senhora dos Portões que estou prestes a abrir ... Templo Não ... Filhas do
Nilo, e dirija-a para levantar a ponte levadiça, fazer as portas seguras, e permitir que
ninguém entre até novas ordens .
Lady of Keys vai para a porta fechada e abre.
L. de K .: Senhora dos Portões, Sua Majestade está prestes a abrir ... Temple No. ..., e
você deve levantar a ponte levadiça, fazer as portas seguras, e permitir que ninguém
entre até novas ordens.
Lady of Keys fecha a porta e se reporta ao Queen.
L. de K., saúda: Vossa Majestade, a ponte levadiça está levantada e os portões foram
protegidos.
Depois que Temple é aberto, Lady of Gates sempre dá cinco batidas na porta e recebe
uma resposta similar de Lady of Keys antes de abrir a porta. Lady of Keys não faz rap
em nenhum outro momento.
P .: Princesa Tirzah e Princesa Badoura, verifique se todos têm direito a permanecer.
A princesa Tirza e a princesa Badoura se levantam, se curvam umas às outras; trono de
aproximação na diagonal saudação, e obter a senha da rainha, em seguida, levá-lo a
partir de Junior Past Queen e quaisquer outros que possam estar sentados no trono.
Um método adicional de tomar a senha é opcional A Rainha pode nomear Past Queens
para ajudar Quando a estação da Princesa Real for alcançada, a Princesa Badoura se
reportará à Princesa Tirzah.
PB: Princesa Tirzah, acho tudo no norte em posse da senha.
A Princesa Tirzah e a Princesa Badoura viram a princesa Real.
PT: Princesa Real, todos possuem a senha.
A Princesa Tirzah e a Princesa Badoura viram e encaram o trono.
PR, saúda: Sua Majestade, todos têm direito a permanecer.
P .: está bem
A princesa Tirzah e a princesa Badoura saúdam, voltam às estações e permanecem de
pé.
P .: Princesa Tirzah, você providenciará o altar para nossa devoção.
A princesa Tirzah saúda e, carregando a Bíblia com véu e rosa branca, aproxima-se do
altar entre a princesa Zuleika e a princesa Zenóbia, coloca a Bíblia no altar; recua
dois passos, arcos; coloca o véu e se eleva para o lado do altar; abre a Bíblia no quinto
capítulo de Mateus, coloca a rosa branca diagonalmente através da Bíblia, cobre
ambas com um fino véu branco de tamanho apropriado. Ela então recua dois
passos; saúda a Bíblia, vira-se e volta à sua posição, deixando o Crescente entre a
Princesa Zuleika e a Princesa Zenóbia.
Apenas música instrumental.
Assentos da Rainha do Templo *.
P .: Princesa Real.
PR, saúda: Sua Majestade.
Q .: Quantos oficiais constituem um Templo, Filhas do Nilo, e quais são os seus
títulos?
PR: Dezenove, Vossa Majestade; necessário convocar um templo, onze. Sua Majestade
a Rainha, Rainha Junior, Princesa Real, Princesa Tirzah, Princesa Badoura, Princesa
Recorder, Princesa Banqueiro, Princesa Marechal, Princesa Capelão, Senhora das
Chaves e Senhora dos Portões Oito oficiais adicionais são requisitados para
exemplificar o trabalho: cinco senhoras em espera, princesa músico e dois atendentes.
Q .: está bem. Princesa Badoura, você agora irá coletar os emblemas do Templo.
A princesa Badoura levanta-se, saúda, pega a cesta, sai do Crescente à direita da
princesa Nydia, faz uma pausa diante dela; e diz: Princesa Nydia, o que de fé?
Princesa Nydia sobe. Cada Senhora da Espera sobe quando é abordada pela Princesa
Badoura, pega a cesta e permanece de pé depois de dar a carga até que o Templo
esteja sentado após a oração e a distribuição dos emblemas.
PN: Faith inflama e mantém as esperanças queimando,
E ilumina o dia mais triste da vida
Uma profecia que define a alma para o anseio
Para coisas melhores: uma maneira mais nobre
Fé é aquilo que torna a existência mais brilhante
E alegre, é um poder divino,
Ele eleva a carga e torna as cargas da vida mais leves
Então, pode levantar sua carga e a minha.
A princesa Nydia entrega um pouco de renda para a princesa Badoura, que a coloca
em sua cesta.
A princesa Badoura sai pela esquerda da princesa Nydia, dá a volta pela princesa
Zuleika, depois para na frente dela.
P. B .: Princesa Zuleika, que esperança?
PZ: A esperança é uma lâmpada pela fé inflamada,
Uma lâmpada de amor, uma luz divina
Triste é o homem e dolorido ignorado
Cuja lâmpada de esperança deixou de brilhar
Então vamos mantê-los cheios e queimando
Nossas lâmpadas de esperança, e as mantêm altas,
Que aquelas tristes almas da dor retornando
Pode pegar o brilho quando passarmos.
A princesa Zuleika entrega uma rosa vermelha à princesa Badoura.
O mesmo tipo de marcha para a princesa Zenobia, a princesa Badoura partindo à
esquerda da princesa Zuleika.
P B .: Princesa Zenobia, que caridade?
PZ: Doce caridade faz a vida valer a pena
Caridade para com aqueles que precisam
Para aprender verdadeiramente a arte de dar
É o principal dogma do nosso credo
Só dando e recebendo,
Quanto mais você dá, mais você tem
Dê simpatia e amor, acreditando
Destes para desperdiçar é salvar.
A princesa Zenobia entrega a fruta à Princesa Badoura.
Mesmo tipo de marcha para a Princesa Zora, a Princesa Badoura saindo à esquerda
da Princesa Zenobia.
PB: Princesa Zora, o que de confiança?
PZ: Confiar é um atributo divino
Confiando em seu amor você vai
Seu caminho, nem vacilar para definir
O porquê, confiando onde você não pode saber
Trabalhar confiantemente é convidar
Bênçãos do céu em sua cabeça,
E doce repouso durante a noite
E dia a dia seu pão diário.
A princesa Zora entrega um pequeno pão à princesa Badoura.
Mesmo tipo de marcha para a Princesa Zuleima, a Princesa Badoura partindo à
esquerda da Princesa Zora.
PB: Princesa Zuleima, que harmonia?
PZ: Em harmonia temos a força e a alma
De música e de corações humanos,
Por que nós lemos como em um pergaminho
A alegria da vida em todas as suas partes
Por isso, ligamos todas as vontades, combinando
Todas as Filhas do Nilo como uma só
Como cordões dourados de amor, entrelaçando
Com nós que não podem ser desfeitos.
A princesa Zuleima entrega um pergaminho de música para a princesa Badoura.
A Princesa Badoura sai à direita da Princesa Zuleima, dá a volta na estação, depois
para o altar, onde coloca uma cesta de emblemas. Senhoras em Cestas de lugar de
espera em mesas ao mesmo tempo. A princesa Badoura permanece ao lado do altar e
saúda a rainha.
PB: Sua Majestade, o dever foi cumprido.
A princesa Badoura retorna à estação e permanece de pé.
Rainha chama Temple ***.
P .: Princesa Capelão, você invocará bênção divina
A Princesa Capelania avança para o lado do trono do altar, ajoelha-se e reza: Ó Tu,
Grande e Amoroso Pai, chegamos a Ti em profunda humildade e ainda com confiança
em Teu amor e misericórdia Contemplai sobre este altar nossos emblemas dedicados a
Ti. Deixe a luz de Teu semblante divino brilhar sobre eles e abençoá-los para o uso e
propósito para o qual eles são destinados. Abra nossos olhos para o discernimento
espiritual de seu verdadeiro significado. Abram nossos corações aos princípios éticos
ensinados por meio deles e possam nos ajudar na compreensão de Tua vontade e Teu
desejo em relação a nós. E agora, ó Senhor, se aproxime e permaneça conosco para
sempre. Um homem.
Princesa Capelão retorna à estação após a resposta.
P .: Princesa Badoura, você agora distribuirá os emblemas.
A princesa Badoura saúda, vai ao altar, pega uma cesta de emblemas e vai diretamente
para a princesa Nydia, depois para cada dama em espera, parando na frente de cada
uma delas e devolvendo o emblema.
Ladies in Waiting pegam suas cestas quando a Princesa Badoura pega as dela do altar,
e as mantêm até que a Princesa Badoura retorne ao seu posto.
A princesa Badoura se dirige a cada dama da espera da seguinte maneira.
Para a princesa Nydia: Deixe a sua fé ser firme.
Para a Princesa Zuleika: Mantenha a queima da esperança acesa.
Para Princesa Zenobia: Dê e você receberá.
Para a princesa Zora: Confie e você será confiável.
Para a princesa Zuleima: Que o amor e a harmonia prevaleçam.
A princesa Badoura volta à sua estação e coloca sua cesta na mesa, Ladies in Waiting
colocando suas cestas nas mesas ao mesmo tempo.
PB, saúda: Sua Majestade, o dever foi cumprido.
Assentos da Rainha do Templo *.
P .: Princesa Real
PR, saúda: Sua Majestade.
Q: Onde está sua estação no templo, e quais são seus deveres?
PR: Minha posição é no oeste, e meus deveres são ajudar Vossa Majestade a abrir e
fechar o Templo, a proclamar os decretos de Vossa Majestade, a ver que suas ordens
são obedecidas e a presidir o Templo na ausência do Teu Majestade.
Q .: Onde está a estação da Princesa Tirzah no Templo?
PR: No sul, Sua Majestade.
Cada oficial permanece em pé, alterando sua carga.
P .: Princesa Tirzah, quais são seus deveres?
PT, saúda: Vossa Majestade, meus deveres são freqüentar o altar, ajudar a princesa
Badoura durante a cerimônia de iniciação e realizar outros deveres como os dirigidos
por Sua Majestade.
Q .: Onde está a estação da Princesa Badoura no Templo?
PT: No norte, Sua Majestade.
P .: Princesa Badoura, quais são seus deveres?
PB, saúda: Vossa Majestade, meus deveres são de receber e instruir candidatos, e de
desempenhar outros deveres conforme a orientação de Sua Majestade.
Q .: Onde está a estação da Princesa Recorder?
PB: À esquerda do trono de Sua Majestade.
Q .: Princesa Recorder, quais são seus deveres?
PR, saúda: Vossa Majestade, meus deveres são receber todo o dinheiro devido ao
Templo, e pagá-lo à Princesa Banqueiro, levando seu recibo lá, para manter um registro
de todas as sessões do Templo, e uma conta separada com cada membro.
Q .: Onde está a estação da Princesa Banqueiro?
PR: À direita do trono de Sua Majestade.
P .: Princesa Banqueiro, quais são seus deveres?
Saudações: Vossa Majestade, meus deveres são receber da Princesa Recorder todo o
dinheiro que pertence ao Templo, mantendo uma estrita conta, e pagá-lo somente
mediante uma ordem assinada por Sua Majestade e assinada pela Princesa Recorder.
Q .: Onde está a estação da Princesa Marechal?
PB: À esquerda e em frente ao trono de Sua Majestade.
P .: Princesa Marechal, quais são seus deveres?
Saudações: Vossa Majestade, meus deveres são receber e apresentar todos os visitantes,
preparar e apresentar candidatos e ter supervisão geral sobre o trabalho e a parafernália.
Q .: Onde está a estação da Princesa Capelão?
PM: À direita e em frente ao trono de Sua Majestade
P .: Princesa Capelão, quais são seus deveres?
PC, saúda: Vossa Majestade, meus deveres, é visitar os doentes, aconselhar os
membros e pedir auxílio divino, orientação e assistência aos oficiais de Sua Majestade e
aos membros do Templo, para que a paz e a harmonia prevaleçam em nossos portões.
Rainha chama Temple ***.
P .: Senhoras do Lar, nos uniremos em cantar nossa ode de abertura.
Canção, escolha da rainha.
P: Pela autoridade investida em mim pelo Templo Supremo, Filhas do Nilo, eu declaro
... Templo No. ... aberto para o envio de negócios que possam vir legalmente a
ele. Senhora das Chaves, você informará a Senhora dos Portões que este Templo está
agora aberto, e a dirija admitir todos os membros devidamente comprovados. Senhoras
da Família, sentem-se.
Assentos da Rainha do Templo *.
Lady of Keys vai até a porta e a abre.
L. de K .: Senhora dos Portões, este Templo está agora aberto, você pode admitir todos
os membros devidamente comprovados. Retorna para a estação, saudações. Sua
Majestade seu pedido foi obedecido.
P .: está bem

Iniciação

Preparação do Templo para Cerimonial. Antes de o Templo ser aberto, coloque a


Senhora em Cadeiras de Espera para que o Crescente seja grande o suficiente para
acomodar o número de candidatos a serem iniciados. Coloque rosas brancas com caule
curto no lado do trono do altar. Caso todas as rosas não sejam usadas excedentes para
serem deixadas no altar até o final da sessão. Almofadas ajoelhadas atrás de cadeiras
de Ladies in Waiting, alfinetes de membro na estação de Princesa Real, lista de
candidatos com Lady of Gates, manto, cordão, ânfora e recipiente de água disponível
na ante-sala.
Durante a abertura do Templo, uma Rainha do Passado, nomeada pela Rainha,
permanecerá com os candidatos, e os informará sobre o seguinte, uma breve história
da Ordem e seu propósito, de que o candidato exemplificador é escolhido pela Rainha
como candidato ativo para representar. Durante toda a aula, às vezes eles serão
obrigados a ficar em forma de crescente, eles serão solicitados a se ajoelharem: se não
puderem fazê-lo, uma cadeira será providenciada, e eles serão solicitados a remover
seus óculos: para segurar los na mão esquerda.
Provisão deve ser feita para a guarda segura de bolsas e envoltórios.
Se houver vários candidatos, a rainha e os oficiais usarão a linguagem plural.
Lady of Gates irá verificar a lista de candidatos esperados para verificar se todos estão
presentes.
P .: Senhora das Chaves, você se retirará para a antessala e verificará se há candidatos
em espera
Lady of Keys sauda e se retira. Ela recebe lista de candidatos da Lady of Gates. Ao
entrar novamente, ela volta da estação e relatórios da Princesa Zenobia.
L. de K., saúda: Sua Majestade, eu acho em espera ... lê os nomes dos candidatos na
íntegra.
Q .: Princesa Recorder, o candidato foi eleito para se tornar um membro do nosso
Templo?
PR, saúda: Sua Majestade, ela tem.
Q .: Princesa Marechal, você vai se aposentar e preparar o candidato
A princesa Marechal sauda e se retira, sem batuta. Ela prepara exemplar candidato
com robe cingido por cordão pesado, capuz desenhado sobre a cabeça para esconder
cabelo e ânfora para ser levado no quadril esquerdo. Candidatos restantes devem estar
atrás do candidato exemplificativo, ou em duas linhas, se a ordem do número da
Princesa Marechal instruir um candidato exemplar a dar cinco batidas distintas na
porta do Templo.
A princesa Badoura, ouvindo raps, se levanta e se dirige à rainha.
Saudações: Vossa Majestade, há um alarme no portão interno do Templo.
Q .: Princesa Badoura, atenda o alarme.
Princesa Badoura vai para a porta e dá cinco raps *****. Quando a porta abre a
música, “Knocking, Knocking” é cantada.
Batendo, batendo, quem está aí?
Esperando, esperando, oh quão justo
É um peregrino, estranho e cansado
Nunca tal foi visto antes
Ah, meus amigos, para tal viajante
Você não vai desfazer a porta?
PB: Quem causa esse alarme?
PM: Um assunto leal de Sua Majestade.
PB: Quem é seu companheiro?
PM: Uma pobre filha cansada do deserto em busca de água para seu faminto povo cujos
poços no oásis secaram.
PB: O que ela pede?
PM: Uma audiência com Sua Majestade, água para o seu povo faminto e um lugar
como servo na casa de Sua Majestade.
PB: Por que ela está vestindo esse traje de humildade?
PM: Não é apenas um traje de humildade, mas de necessidade, uma proteção contra as
tempestades de areia do deserto.
PB para candidatos: Você deseja se tornar um servo na casa de Sua Majestade?
Candidatos: eu faço.
PB: Princesa Marechal, que alegação ela tem sobre nossa amizade e hospitalidade?
PM: Ela é uma mulher de boa reputação, recomendada para o serviço de mais de um de
nossos lares. Eu, pessoalmente, vou garantir sua integridade.
PB: Qual o mérito dela? Ela não tem título de nobreza? Qual é o seu rank?
PM: Seu mérito é ser mulher, segundo pensamento de Deus e Sua melhor obra. Seu
título é garantido por ser a esposa, filha, mãe; viúva, irmã ou neta, de um Nobre do
Santuário Místico.
PB: Deixe apostar com paciência até que Sua Majestade seja informada sobre seus
pedidos, recomendações e qualificações.
Princesa Badoura fecha a porta; avança para uma posição atrás da estação da
Princesa Zenobia e saúda.
PB: Sua Majestade, o alarme foi causado pela Princesa Marechal, que comanda uma
pobre filha cansada do deserto, buscando água para seu povo cujos poços no oásis
secaram. Em troca desse favor, ela está disposta a se tornar uma serva na casa de Sua
Majestade.
P .: Que alegação ela tem sobre nossa amizade e hospitalidade?
PB: Isso de ser uma mulher como nós.
P: Ela não tem título de nobreza?
PB: Seu título de nobreza é garantido por ser esposa, filha, mãe, viúva, irmã ou neta, de
um Nobre do Santuário Místico.
P .: Ela foi atestada?
PB: A Princesa Marechal me informou que ela foi recomendada por mais de um de
nossos lares; e que ela mesma garantirá sua integridade.
P .: Já que ela é tão bem recomendada, e sua pretensão à nobreza é incontestável, deixe-
a entrar neste Templo, Filhas do Nilo, e ser recebida de acordo com ritos e cerimônias
egípcias antigas.
Princesa Badoura saúda e vira-se para a porta A princesa Tirzah levanta-se quando a
princesa Badoura se vira e ambos caminham diretamente para a porta; o que a
Princesa Badoura abre, depois passa para o lado sul, a Princesa Tirzah fica no lado
norte da porta aberta.
PB: É a ordem de Sua Majestade que você entre neste Templo, Filhas do Nilo, e seja
recebido de acordo com antigos ritos e cerimônias egípcios.
Quando houver apenas uma candidata, a Princesa Tirzah não vai para a porta.
Princesa Badoura oferecerá seu braço esquerdo ao candidato e a acompanhará pela
estação da Princesa Badoura para uma posição em frente ao trono. A Princesa
Marechal vai para uma posição atrás da Princesa Zenobia. , saúda e retorna para sua
estação.
Quando há dois candidatos, a Princesa Tirzah de seu braço direito, e acompanhando a
Princesa Badoura, avança para o trono por meio da estação da Princesa Tirzah,
assumindo uma posição ligeiramente atrás da Princesa Badoura e exemplificando a
candidata a Princesa Marechal retornando à sua posição como acima. .
Quando três candidatos, a princesa Tirzah oferece seu braço esquerdo para o segundo
candidato, e a princesa Marechal oferece braço direito para a candidata remanescente
Princesa Tirzah e a candidata segue a Princesa Badoura e candidata exemplar,
Princesa Marechal, acompanhando a Princesa Tirzah, conduz seu candidato por meio
da Princesa Tirzahs estação, ambos avançando para uma posição um pouco atrás da
Princesa Badoura e exemplificando candidato, Princesa Tirzah e Princesa Marechal no
centro; candidatos de ambos os lados, onde podem ser vistos pela rainha.
Quando houver uma grande classe, todos exceto o candidato exemplar serão formados
em duas linhas na ante-sala. A princesa Tirzah liderará uma linha, seguindo a Princesa
Badoura, a Princesa Marechal liderará a outra linha através da estação da Princesa
Tirzahs, mantendo o ritmo da Princesa Tirzah. . Ao chegarem às estações da Princesa
Badoura e da Princesa Tirzah, eles seguirão em frente até a extremidade do trono do
Templo até um ponto diretamente alinhado com a Princesa Badoura e o candidato
exemplar. Virando-se um para o outro, eles cruzarão atrás da Princesa Badoura para
formar dois crescentes, a Princesa Tirzah cruzando em frente à Princesa Marechal. Se
o número de candidatos puder ser formado em um único crescente, a Princesa Tirzah e
a Princesa Marechal liderarão suas linhas apenas solares, conforme necessário, para
que as extremidades das linhas entrem em posição diretamente atrás da Princesa
Badoura e exemplifiquem o candidato.
P .: Princesa Badoura, quem você tem aqui?
Saudações: Vossa Majestade, pobre filha cansada do deserto, em busca de água para
seu povo, cujos poços no oásis secaram Ela vem recomendada por mais de um de
nossos lares, e seu título de nobreza é tornado seguro por ser esposa, filha, mãe, viúva,
irmã ou neta, de um Nobre do Santuário Místico Ela agora procura um lugar entre os
servos de sua casa.
P .: O que ela exige de nós?
PB: Água para o seu povo sedento e faminto, e um lugar entre os servos da sua casa.
Q .: Seus pedidos serão concedidos.
Rainha bate palmas quatro vezes **** Atendentes se levantam, se voltam para a
Rainha e saúdam.
P: Atendentes, pegue a ânfora da mão da cansada filha do deserto, leve-a até a fonte
para ser enchida com água filtrada três vezes trazida do lago virgem formado pelas
neves derretidas nas cabeceiras do sagrado Rio Nilo; em seguida, coloque a ânfora
preenchida no altar.
Atendentes saúdam a Rainha, vire-se para a Princesa Badoura. O assistente à direita
espera enquanto o Assistente à esquerda volta da Princesa Badoura à esquerda do
candidato exemplar. Levando ânforas entre eles, cada um com uma alça, eles
rapidamente se retiraram para a ante-sala através da estação da Princesa Badoura e
encheram a ânfora com água. Retornando imediatamente, colocam uma ânfora no lado
norte do altar, depois, voltam atrás dos candidatos, voltam para suas estações e estão
sentados. Nenhuma música para ele tocou para isso enquanto Queen continua com a
palestra.
P .: Princesa Real.
PR, saúda: Sua Majestade.
P: Mande minhas ordens para Ilderim, o chefe sheik, para reunir todos os camelos e
carregá-los com água encharcada com água do sagrado rio Nilo, e enviá-los para todos
os lugares no deserto, para que os pobres e famintos possam sacie sua sede.
PR, saúda: Vossa Majestade, verei que suas ordens são obedecidas.
Q., dirigindo-se a candidato: Filha do deserto, desde que você tenha expressado o
desejo de se tornar um servo em nossa casa, e desde que você foi tão bem recomendado
e garantido, não é apenas minha vontade, mas meu desejo que você se torne um de nós e
habitar aqui em paz e harmonia Antes de prosseguir, torna-se meu dever informá-lo que
você será obrigado a assumir uma obrigação solene, que, uma vez assumida, não pode
ser repudiada ou deixada de lado Esta obrigação, ou voto, embora extremamente O peso
e a ligação não contêm, no entanto, qualquer coisa conflitante com o seu dever para com
o seu Deus, o seu país, a sua casa, o seu próximo ou a sua crença sagrada. Sendo assim
assegurado, peço-lhe, está disposto a assumir a obrigação de uma Filha de o Nilo?
Candidato: eu sou
P .: Princesa Badoura, você irá conduzir o candidato ao altar e colocá-lo em posição
adequada para ser obrigado.
Rainha bate palmas quatro vezes **** Atendentes se levantam, enfrentam a Rainha,
saúdam, depois conduzem a Princesa Badoura e exemplificam o candidato por meio da
estação da Princesa Tirzahs, ao redor da Crescente à esquerda da Princesa Zuleima,
depois para o lado oeste do altar. trono, degrau lateral e avançar para os lados do
altar; um de cada lado, então se enfrentam. A princesa Badoura ajuda a exemplificar o
candidato a se ajoelhar e então, levantando-se perto do véu, instrui-a a colocar ambas
as mãos na Bíblia.
Enquanto os assistentes se levantam e saúdam, a Princesa Marechal vai ao redor das
linhas de candidatos para uma posição próxima da Princesa Tirzah. A Princesa Tirzah
e a Princesa Marechal lideram suas filas de candidatos ao redor de Crescent, seguindo
a Princesa Badoura. Quando os candidatos estão em um único crescente, à medida que
os participantes se levantam e saúdam, a Princesa Marechal retorna aos candidatos
para o centro; Em seguida, leva sua linha de candidatos após a princesa Tirzah e sua
linha, seguindo a princesa Badoura.
A Princesa Tirzah pára à direita da Princesa Zora e a Princesa Marechal pára à
direita da Princesa Zenobia. Se a classe for muito grande, a Princesa Tirzah e a
Princesa Marechal lideram filas atrás de todas as Damas da Espera, deixando espaço
para que possam retornar aos seus lugares à direita da Princesa Zora e da Princesa
Zenobia.
Imediatamente após o exemplar do candidato estar em posição, a Princesa Tirzah
começa a ajudar a Princesa Badoura a colocar candidatos remanescentes no
Crescente, como em um leque, deixando espaço suficiente para Rainhas Passadas e / ou
Rainhas se moverem entre linhas para batismo. A princesa Marechal entrega as
almofadas à Princesa Badoura e à Princesa Tirzah, que as colocarão para cada
candidato. A princesa Marechal pode ter assistentes, lembrando que eles não devem
entrar no Crescente. A princesa Badoura instrui os candidatos a se ajoelharem e
colocar a mão direita no ombro da dama mais próxima à sua frente. Cadeiras podem
ser usadas nas extremidades das linhas para qualquer incapaz de se ajoelhar. Todos os
candidatos devem estar no Crescente Quando houver uma turma grande, um candidato
exemplar e outros candidatos não forem instruídos a se ajoelhar até que todos estejam
no lugar.
PB, saúda: Sua Majestade, o candidato está em posição adequada para receber a
obrigação.
P .: Senhoras do Lar, assistam à oração.
A princesa Capelão sauda, vai ao altar e se ajoelha no lado do trono.
PC: Grande e amoroso Pai, como estamos agora reunidos no altar deste Templo
sagrado, dedicado a Ti, nós Te pedimos para que a luz de Teu semblante brilhe sobre
nós. Aproxime-se de nós e nos faça sentir a Tua presença. Como estamos prestes a
conferir a maior honra em nosso poder para conceder a este candidato em espera, faça-a
perceber a responsabilidade que tal honra acarreta. Dê-lhe força de propósito e
compreensão suficiente para sua proteção e orientação, mostre-lhe o caminho para viver
a vida real. Traga para sua mente e consciência o fato de que nenhuma vida vale a pena,
exceto a vida de serviço na causa da humanidade. Pai mais amoroso, novamente nós
imploramos a Ti, permaneçam conosco sempre.Um homem.
Princesa Capelão retorna a sua estação após a resposta.
Atendentes marcham para o trono para escoltar a Rainha ao altar, saudar a Rainha e
depois encarar um ao outro; faça um arco baixo até que a Rainha passe entre eles. Eles
então seguem a rainha ao altar; retornando para posições em ambos os lados.
Obrigação
Junior Past Queen assina o Templo *.
P .: Senhoras da Casa, reúnam-se em torno do nosso altar sagrado e formem os elos de
ouro da comunhão que nos unem, e ajudem-me a batizar nosso recém-obrigado
membro.
Somente rainhas e rainhas anteriores, previamente designadas pela rainha, ajudam no
batismo.
Com exceção da Rainha Pastora Júnior e da Dama das Chaves, oficiais, membros da
Unidade e um número suficiente de Damas da Casa, dão as mãos para formar um
círculo ao redor do lado de fora do Crescente e do altar; A Princesa Tirzah e a
Princesa Marechal, que permanecem na parte de trás da cadeira da Princesa Zenobia,
Rainha, Princesa Badoura, Assistentes, Candidatas e Rainhas do Passado ou Rainhas,
permanecem dentro do círculo, Atendentes que tomam alguns passos atrás da Rainha.
P .: Princesa Badoura, retire o capuz da cabeça desta digna filha e substitua-o por este
véu sagrado forjado pelas mãos de Nydia, a menina cega de fora da teia da aranha
sagrada.
Hood é removido pela princesa Badoura. Rainha levanta o véu da Bíblia, tomando
cantos mais próximos a ela; levanta-o e entrega-o à princesa Badoura, que o coloca na
cabeça do candidato exemplificativo, deixando as orelhas descobertas.Princesa
Badoura instrui os candidatos a remover os óculos, cruzar os braços sobre o peito,
sobe à direita, em seguida, avança para a cadeira da princesa Nydia. A rainha pega a
rosa da Bíblia e mergulha na ânfora.
P: Filha do deserto, ouvimos seus votos e ficamos aqui agora como testemunhas de sua
obrigação; asseguramos-lhe que o consideramos como nosso companheiro de servo e
mantenha em nossos corações apenas bondade, amor e simpatia. Com uma rosa branca,
emblema de pureza e inocência, eu lhe dou uma Filha do Nilo, primeiro selando seus
olhos toca levemente os olhos com rosa, então seus ouvidos tocam levemente cada
orelha, e então seus lábios tocam levemente os lábios, para que você não veja nenhum
mal, não ouça nenhum mal, não fale mal algum, seja membro desta Ordem e,
finalmente, coloque-o sobre a sua cabeça, para que você tenha apenas pensamentos
puros levemente tocados na parte superior da cabeça, pois a pureza de propósito e de
pensamento é essencial para a cultura da alma.
Classe pequena, somente batizado de rainha, diga “Eu te batizo”, ou “Eu te batizo, e
cada um de vocês”, Grande classe, diga “Nós batizamos vocês e cada um de
vocês”. Depois de exemplificar o candidato que foi batizado, a rosa é devolvida à
Bíblia. As rosas restantes são mergulhadas uma de cada vez e seguradas pela Rainha
até que várias foram mergulhadas, então entregues diretamente a uma Rainha ou
Rainha Passada que começa a batizar imediatamente.
P. Levando o candidato exemplar à mão: Levante-se e vá em busca das Senhoras do
Lar que lhe darão instruções para o seu trabalho.
A rainha se vira e começa a se dirigir ao trono. Atendentes se viram e precedem o trono
da Rainha, se encaram e se curvam enquanto a rainha passa entre eles e sobe ao trono.
Os oficiais restantes, membros da Unidade e Senhoras da Casa retomam os lugares no
Templo. Rainhas passadas permanecem perto de candidatos ajoelhados para ajudá-los
a subir.
Atendentes marcham imediatamente em direção à estação da princesa Tirzah para
conduzir a princesa Badoura e exemplificar o candidato, que deixa o Crescente à
direita da Princesa Nydia. Atendentes levam a Princesa Badoura e o candidato ao
redor de Crescent, depois entram à esquerda da Princesa Zuleima, seguindo até a
estação da Princesa Nydia. Como a Princesa Badoura e o candidato exemplar estão
sendo conduzidos à Princesa Nydia, os candidatos remanescentes são dirigidos pela
Princesa Marechal para lugares à direita da Princesa Tirzah.
Os participantes correm o tempo para que eles não cheguem à estação da Princesa
Nydia antes que os candidatos restantes estejam sentados.
A Princesa Nydia começa a tricotar um pouco de renda imediatamente depois que a
Princesa Badoura e a candidata exemplar saem de Crescent e passam por trás de sua
cadeira.
A Princesa Tirzah, Past Queens, e assistentes, se necessário, devolvem os travesseiros
das Damas da Espera, após as quais retornam a seus lugares no Templo.
Tendo chegado à estação da Princesa Nydia, os atendentes marcham de ambos os
lados da cadeira para a retaguarda; vire-se e enfrente a princesa Badoura, que faz uma
pausa na frente da princesa Nydia.
PB: Princesa Nydia
PN, que é cega, coloca tricô na cesta, se levanta, sorri e estende a mão que a princesa
Badoura aperta momentaneamente: Oh? a princesa Badoura vem me visitar?
PB: Sim, princesa Nydia, e eu trouxe uma companheira.
PN: Um companheiro? Quem é ela?
PB: Uma pobre e cansada filha do deserto que foi recebida como serva na casa de Sua
Majestade, e agora vem a você para instrução.
PN: pobre? Por que você a chama de pobre? Ela pode ver?
PB: Sim, a visão dela não está prejudicada.
PN: Então ela realmente não é pobre! Ela é favorecida pelos deuses. Os anjos no céu
não têm maiores bênçãos. Pobre ela não é, mas cansada ela pode ser. Faça com que ela
tome o meu lugar e descanse, e deixe-me vê-la.
A Princesa Nydia sobe para a cadeira, a princesa Badoura senta-se na candidata A
princesa Nydia pega a mão do candidato momentaneamente e, com as duas mãos,
delineia levemente o rosto do candidato.
PN: Agora que eu vi você, vou lembrar de você. E você pode ver! Quão afortunado
você é! Deve ser uma grande fonte de prazer ver as árvores ondulando na brisa, as flores
em plena floração e os pássaros voando graciosamente no ar. Eu tenho uma irmã
chamada Paciência, que é muito gentil comigo, e através de seus olhos e fiel descrição
eu contemplei muitas belas paisagens, e pores do sol gloriosos, montanhas cobertas de
neve, e pássaros com plumagem linda. Assim, certa manhã, cedo, no promontório que
dava para o oceano, ela segurou minha mão e minha alma viu o sol nascer do mar, como
se fosse de mãos de sereias; e, no entanto, você vê, eu sou cego.
Como um spinner cego ao sol
Eu pisei meus dias
Eu sei que todos os meus tópicos serão executados
Caminhos indicados,
Eu sei que cada dia trará sua tarefa,
E, sendo cego, não mais eu peço.
Mas se isto é selo ou sinal,
Dentro, sem
Não importa: o laço divino nunca duvido
Eu sei que Ele me enviou aqui e ainda
E feliz e cego, eu espero a vontade dele
Eu escuto, escuto, dia a dia
Para ouvir o passo
Daqueles que levam a web embora,
E corte o fio
E traga a bênção de Deus ao sol;
"Venha, pobre cego spinner, o trabalho é feito"
E agora, você vai levar este pedaço de renda para Sua Majestade? Mãos candidatas
completaram um pedaço de renda no qual alguns pontos foram soltos. Diga a ela que é
de Nydia, o cego, diga que é um sinal do amor e da devoção que tenho em Sua
Majestade. Diga também, que estou ciente de sua imperfeição, você vê, há alguns
pontos soltos: mas ela terá compaixão, ela entenderá.
Atendentes se voltam e marcham diretamente para o trono, a Princesa Badoura e o
candidato seguem, deixando Crescente à direita da Princesa Nydia, mantendo-se a dois
passos de distância dos Atendentes. Ao chegar ao trono, os atendentes param, saudam,
dão um passo lateral, deixando espaço para que a princesa Badoura e o candidato
sejam vistos pela rainha.
P .: Princesa Badoura, que notícias?
PB, saúda: Vossa Majestade, visitamos a Princesa Nydia, a rendeira cega na estação da
fé, que nos pediu para trazer este pedaço de renda para Vossa Majestade, como um sinal
de seu amor e estima. Leva um lacework do candidato. Ela também nos ordenou que
disséssemos que ela está ciente de sua imperfeição, mas espera que você entenda. Leva
lacework para a rainha.
P .: Na verdade, é um presente delicado e como o doador examina de perto. Alguns
pontos caíram. Estou feliz por isso, só prova o seu custo. Quão bem eu sei que o amor
do pobre cego Nydia está unido nisso. Nenhum dispositivo feito por humanos é
perfeito. O trabalho das mãos humanas pode ser bom, mas nunca perfeito A perfeição é
de Deus; essa é a lei Vá agora à Princesa Zuleika, na estação da esperança, para uma
segunda lição.
Os assistentes caminham juntos, saúdam a Rainha, vire, passe pela Princesa Tirzah, ao
redor de Crescent para a esquerda da Princesa Zuleima, entre na Crescent e vá até a
Princesa Zuleika, marche para a retaguarda da cadeira, vire-se, enfrente a Princesa
Badoura, que faz uma pausa frente da princesa Zuleima.
PB: Princesa Zuleika.
PZ: Princesa Badoura, com esperança pela sua felicidade, eu te saúdo! Quem é seu
companheiro?
PB: Uma pobre filha cansada do deserto, que se tornou uma serva na casa de Sua
Majestade e agora vem a você para instrução.
PZ: cansada, ela pode ser, mas duvido de sua necessidade de simpatia. Ela pode
distinguir flores pela sua fragrância?
PB: Eu tenho certeza que ela pode.
PZ: Então ela não é pobre. Ela não precisa de simpatia. Os deuses foram gentis com ela;
ela consegue distinguir as flores pela fragrância. Poderia eu fazer isso eu não pediria
maior benefício Eu sou florista para a rainha. Cada dia eu envio um buquê de flores
frescas para Sua Majestade, e sendo negado o sentido do olfato, estou em dúvida sobre
como selecioná-las. Eu tenho uma irmã chamada Joy, que muitas vezes me ajuda na
minha escolha. Ela diz que é uma boa intoxicação ficar entre as flores no final da noite e
inalar sua fragrância. Para mim eles não têm fragrância. Portanto, veja você, eu estou
desolado. E agora você vai tomar essas flores para Sua Majestade com o meu amor e
devoção, Mãos cesta de flores para o candidato.Diga a ela que eles são da Zuleika, que
representa a esperança. Eles cresciam juntos, no mesmo tipo de solo, nutridos com o
mesmo cuidado, regados pelos mesmos chuveiros, abanados pela própria brisa, e
recebiam luz e calor do mesmo sol. Peça a ela para lhe dizer por qual lei eles têm o
poder de selecionar cada um por si, sua própria cor separada e sua própria fragrância
separada.
Os participantes se voltam como antes e marcham diretamente para o trono. A princesa
Badoura e o candidato deixam Crescent entre a princesa Nydia e a princesa Zuleika.
P .: Princesa Badoura, que notícias?
Saudações: Vossa Majestade, visitamos a Princesa Zuleika, sua florista, na estação da
esperança, que nos convidou a trazer essas flores como sinal de seu amor e
devoção. Leva cesta de flores do candidato. Ela nos pediu para lhe dizer que eles
cresceram juntos; no mesmo tipo de solo, alimentado com o mesmo cuidado, regado
pelos mesmos chuveiros, espalhado pela mesma brisa, e recebeu luz e calor do mesmo
sol. Ela nos ordenou por qual lei eles têm o poder de selecionar, cada um por si só, sua
própria cor separada e sua própria fragrância separada Leva cesta de flores para a
rainha.
P: Como são lindas e perfumadas, e também perfeitas. Você encontrou outra das leis de
Deus, a lei da seleção natural. Essas flores têm o direito dado por Deus de selecionar e
apropriar do solo, da brisa, da chuva e da luz do sol aquilo que formará flores perfeitas e
rejeitar todo o resto. Você também tem o poder, quando liberto de um ambiente
adverso, como está aqui, de escolher e apropriar-se de todas as virtudes que tenderão a
formar uma mulher perfeita e de rejeitar todo o resto. Vá agora para a estação de
caridade para mais instruções.
O mesmo tipo de marcha de antes, agora indo para a estação da Princesa Zenobia.
PB: Princesa Zenobia.
PZ: Eu te dou boas vindas, princesa; quem é seu companheiro?
PB: Uma pobre filha cansada do deserto que se tornou serva na casa de Sua Majestade,
e agora vem a você para instrução.
PZ: Por que você a chama de pobre? Ela consegue distinguir frutas pelo seu gosto?
PB: Eu tenho certeza que ela pode.
PZ: Então ela não é pobre. Ela consegue distinguir frutas pelo seu sabor. Eu poderia
fazer isso? Eu não gostaria de maior benefício. Infelizmente, eu não tenho senso de
gosto! Sou horticultor de Sua Majestade e tenho supervisão de todos os pomares.
Providenciar frutas para a mesa de Sua Majestade é meu dever diário. Por causa da
abundância de frutas e sua generosa distribuição, minha estação é chamada de caridade.
No entanto, por causa da minha aflição, estou muitas vezes em dúvida que frutos enviar
Sua Majestade. Eu tenho uma irmã chamada Mercy que diz que é uma das mais doces
alegrias da vida comer as frutas deliciosas dos meus pomares. Ela muitas vezes me
ajuda na minha seleção. Pegue esta cesta de frutas para Sua Majestade. Cesta de mãos
de fruta ao candidato.Diga que é da Zenobia, em sinal de seu amor e devoção. Pergunte
a ela sobre a lei da continuidade pela reprodução. Ela vai saber, ela vai entender.
O mesmo tipo de marcha ao trono, Princesa Badoura e candidato saindo de Crescent
entre a Princesa Zuleika e a Princesa Zenobia.
Saudações PB: Vossa Majestade, visitamos a Princesa Zenóbia, na estação de caridade,
que nos convidou a trazer esta cesta de frutas deliciosas em sinal de seu amor e
devoção leva cesta de frutas de candidato, e perguntar-lhe sobre a lei da continuidade
por reprodução. Leva cesta de frutas para a rainha.
Q .: Que variedade de escolha de frutas e quão perfeita? Você descobriu outra das leis
de Deus: a lei da continuidade pela reprodução, que é uma prova da imortalidade. Vá
agora para a posição de confiança para mais instrução.
Ao ir para a Princesa Zora, a fila de marcha é invertida. Os atendentes passam,
passam pela estação da Princesa Badoura, depois ao redor de Crescent para a direita
da Princesa Nydia, depois para a Princesa Zora.
PB: Princesa Zora.
PZ: Princesa Badoura, estou a seu serviço. Quem é seu companheiro?
PB: Uma pobre e cansada filha do deserto, que se tornou serva na casa de Sua
Majestade, e chega a você para dar instruções.
PZ: Eu devo instruí-la de bom grado em seus trabalhos, pois esse realmente é o meu
ofício. Por que você a chama de pobre? Ela pode chorar?
PB: Eu tenho certeza que ela pode.
PZ: Ela pode rir?
PZ: Então ela não é pobre! Eu sou a governanta de Sua Majestade e tenho supervisão
sobre toda a casa dela. Faço meu trabalho o melhor que posso a cada dia, com um senso
de dever, não em esperança de recompensa ou medo de censura, e nenhum dos dois
poderia ser compreendido, pois sou estóico. Eu não tenho sensibilidade, nem
sensibilidade, nem emoções. Muitas vezes estou cansado e precisando de
descanso. Tristeza e alegria são apenas palavras para mim. Eu nunca lamento e eu
nunca me alegro Eu não posso chorar, eu não posso rir, eu apenas confio, e confiando
no meu caminho e fazendo o meu melhor. Eu tenho uma irmã chamada Devotion, que ri
e chora e canta e chora, e muitas vezes eu gostaria de ser como ela. Às vezes acho que
daria minha vida para poder derramar lágrimas como outras mulheres. Mas não posso
não sentir, só confio. Agora, por favor, leve este pão para Sua Majestade? Cesta das
mãos do pão ao candidato. Diga-lhe que foi feito de farinha do trigo mais escolhido em
seus próprios campos. Diga que é de Zora, em sinal de seu amor e devoção, e pergunte a
ela sobre a lei da confiança. Ela vai saber, ela vai entender.
Os atendentes se viram, passam pela estação da Princesa Badoura e marcham
diretamente para o trono, a Princesa Badoura e o candidato seguem, deixando Crescent
entre a Princesa Zora e a Princesa Zuleima.
P .: Princesa Badoura, que notícias?
Saudações: Vossa Majestade, visitamos a Princesa Zora, na estação da confiança, que
nos pediu para trazer-lhe este pão em sinal de seu amor e devoção.
Toma cesta com pão do candidato, também para perguntar a vossa majestade sobre a lei
da confiança. Leva cesta com pão para a rainha.
P .: Fiel e generosa Zora! Sempre se esforçando para cumprir seu dever. A confiança é
um atributo divino e um dos maiores dons de Deus para a raça humana. Sem confiança
não poderia haver civilização, nenhum comércio, nenhuma sociedade e nenhum
governo. Vá agora para a estação de harmonia para outra lição.
O mesmo tipo de marcha que a princesa Zora, indo agora para a princesa Zuleima. A
Princesa Zuleima começa a escrever música imediatamente após a princesa Badoura e
o candidato passarem em sua cadeira.
PB, tocando a Princesa Zuleima no ombro: Princesa Zuleima.
PZ, assustada, coloca o manuscrito na cesta, levanta-se, sorri, oferece a mão à
princesa Badoura, depois à candidata, depois olha fixamente para os lábios da
princesa Badoura: Quem é ela?
PB: Uma pobre filha cansada do deserto que se tornou uma serva na casa de Sua
Majestade e agora vem a você para instrução.
PZ: Vire seu rosto mais para mim para que eu possa ver o que você está dizendo. Ela é
uma serva?
PB, repete lenta e distintamente: Uma pobre filha cansada do deserto, que se tornou
serva na casa de Sua Majestade e agora vem a você para instrução.
PZ, parecendo piedosa com a candidata: Como ela é pobre? Ela é surda?
PB, distintamente: Não, ela pode ouvir ..
PZ: Por favor, tenha tocado música e deixe que ela me diga se ela pode ouvir.
Música.
PB: Você pode ouvir isso?
Candidato: sim
PZ: Ah, você não é pobre! Deus tem sido generoso com você. Eu quase desistiria da
minha esperança do céu para ouvir como você, pois então eu teria meu paraíso na
terra. Ouvir é a minha oração constante. Posso falar e às vezes posso ler o que meus
amigos estão dizendo pelo movimento de seus lábios, mas não consigo ouvir um som.
Ai, estou desolado! Sou surdo há anos e, de alguma forma, compreendo a lei da
harmonia. Eu sou músico para Sua Majestade. Eu tenho uma irmã chamada Melody que
toca minha música na harpa, e às vezes, quando ela toca, coloco minha mão no
instrumento para sentir a vibração, e assim minha alma discerne a música. Por favor,
leve essa música para Sua Majestade. As mãosterminaram o rolo de música para o
candidato. Diga que é de Zuleima, como um símbolo de seu amor e devoção. Pergunte
a ela sobre a lei da harmonia, ela dirá a você, ela entenderá.
O mesmo tipo de marcha para os participantes, como a Princesa Zora, a Princesa
Badoura e o candidato deixando Crescente à esquerda da Princesa Zuleima.
P .: Princesa Badoura, que notícias?
PB, saúda: Vossa Majestade, visitamos a Princesa Zuleima, na estação da harmonia que
lhe enviou esta música como um sinal de seu amor e
devoção. Recebe música do candidato e nos pede que lhe perguntemos sobre a lei da
harmonia. Ela disse que você entenderia. Leva música ao Queen.
Q .: Ah, pobre Zuleima! Quão fiel ela é. Ela compõe música, embora ela seja
desolada. Ela não consegue ouvir um som. A harmonia é uma das leis de Deus. Sem
harmonia não haveria música e, sem música, o mundo seria realmente um lugar
triste. Agora você deve visitar a nobre Princesa Tirzah e a Princesa Real, para exame e
instrução.
Os assistentes se reúnem e saúdam a Rainha Precedida pela Atendente Princesa
Badoura e o candidato se vira e, passando pela estação da Princesa Badoura,
marcham do lado de fora do Crescente até a Princesa Tirzah.
Chegando na estação da Princesa Tirzahs, os participantes ficam de cada lado da
princesa Badoura e do candidato. A Princesa Marechal se levanta e leva os candidatos
remanescentes para a forma de um crescente na parte de trás da Princesa Badoura e
exemplificando o candidato. Se não houver espaço suficiente, ou se a classe for grande,
a Princesa Marechal pode instruir os candidatos restantes a ficar na frente de suas
cadeiras e enfrentar a Princesa Tirzah.
Se vários candidatos, mudar para a linguagem plural.
PT: Princesa Badoura, eu te saúdo. Quem é seu companheiro?
PB: Um servo na casa de Sua Majestade, e por sua ordem enviada a você para exame e
instrução.
PT para candidato: Foi por seu próprio pedido que você se tornou um servo na casa de
Sua Majestade?
Candidato: foi.
PT: Você assumiu a obrigação solene e obrigatória de uma Filha do Nilo?
Candidato: eu tenho.
PT: Você foi batizado com as águas do rio sagrado?
Candidato: eu tenho.
PT: Seus olhos, ouvidos e lábios foram selados contra todo tipo de fofoca e escândalo?
Candidato: Eles têm.
PT: Uma rosa branca pura, emblemática de pureza e inocência, foi colocada sobre sua
cabeça, para que você possa ter apenas pensamentos puros?
Candidato: Tem.
PT: Princesa Badoura, com que autoridade este servo usa o véu sagrado de devoção,
usado apenas pelos devotos de nossa Ordem?
PB: Por ordem de Sua Majestade.
PT: Então, embora ela seja uma serva, ela é uma de nós, todos nós somos servos.
Remova essa vestimenta do deserto.
A princesa Tirzah dá passos para exemplificar o candidato para remover o véu, recua
para a posição, segurando o véu frouxamente nas mãos. A princesa Badoura remove o
cordão e o entrega a um dos atendentes, depois remove o manto e o entrega ao
outro; para ser colocado em ambos os lados da estação da Princesa Tirzah.
PT: Vá agora e visite a Princesa Royal para mais instruções.
Enquanto os participantes se voltam para o oeste e conduzem a Princesa Badoura e
exemplificam o candidato para a estação da Princesa Real, a Princesa Marechal
liderará os candidatos remanescentes para formar um crescente, ou crescentes, atrás
da Princesa Badoura e exemplar candidato. A princesa Tirzah substitui o véu
informalmente pela Bíblia e pela rosa, entrando e saindo de Crescent à direita da
princesa Nydia.
PR: Princesa Badoura, eu te saúdo. Quem é seu companheiro?
PB: Um servo na casa de Sua Majestade e por sua ordem chega até você para exame e
instrução.
PR: Então, embora ela seja uma serva, ela é uma de nós, todos nós somos servos. Como
Filha do Nilo, ela carece apenas da jóia da Ordem, que eu agora, com prazer,
apresento. Pinos Jóias no Candidato Somente Rainhas Passadas do Templo podem
ajudar. Agora, para mim, você representa uma verdadeira Filha do Nilo, ou seja, uma
mulher nobre, e é com orgulho e prazer que te envio adornado com a jóia de nossa
sagrada Ordem. Vá agora para Sua Majestade.
Atendentes levam a Princesa Badoura e exemplificam o candidato ao trono por meio da
estação da Princesa Badoura, saúdam a Rainha e estão sentados. A Princesa Marechal
segue, levando os candidatos remanescentes a formar um crescente, ou crescentes,
atrás da Princesa Badoura e exemplificando o candidato, marchando diretamente para
o trono do Templo, até um ponto alinhado com a Princesa Badoura, então virando e
marchando na forma de um crescente a um ponto em linha com o outro lado da
Princesa Badoura e exemplificando o candidato.
P .: Princesa Badoura, que notícias?
Saudações: Vossa Majestade, visitamos a Princesa Tirzah, também Princesa Real, que
nos deu uma jóia, um emblema da Ordem.
Q .: Está bem.
A princesa Marechal fornece uma cadeira para exemplificar o candidato, para se
sentar diante do trono pela Princesa Badoura. Outros candidatos permanecem em pé
durante a palestra de Queen e Secret Work de Junior Past Queen.
A princesa Badoura e a princesa marechal voltam diretamente para as estações.
Canção "Weary Pilgrim", Tune opcional.
Peregrino cansado do deserto,
Embora teu caminho parecesse longo e sombrio,
Saiba que todas as viagens terminam
Está repleto de amor e alegria
Se com fé e confiança você viaja,
Segurando amor e verdade mais doce,
Você vai encontrar as flores da amizade
Florescendo suavemente aos teus pés.
O desdobramento das flores dos corações
Envia fragrância para um amigo
Então, com as mais sinceras boas-vindas,
Saudações amorosas estendemos
Que o abrigo de nossa casa
Dá-te paz e doce repouso
E teu caminho pelo deserto da vida
Sempre flor como uma rosa
Rainha em pé é opcional. Se a Rainha se levanta, ela fica diretamente na frente da
cadeira enquanto da uma palestra.
P .: Agora lhes explicarei o propósito e os princípios das Filhas do Nilo, a fé de seus
Fundadores e a esperança de seus adeptos.
Os Fundadores desta grande Ordem perceberam que a influência benigna de mulheres
boas e de mente pura sobre a sociedade é uma estrela guia e um poder insistente para o
bem, que serve para neutralizar as influências do mal dos menos puros e age como um
âncora para todas as almas fracas e vacilantes em tempos de tentação. Acreditando que
o poder era prejudicado pela falta de ação concertada, eles decidiram combinar o
máximo possível associando todas as mulheres boas que desejassem melhorar a
humanidade.
Em sua iniciação, você foi conduzido até a porta e deu cinco batidas distintas com sua
própria mão, para anunciar seu desejo voluntário de admissão, também porque cinco é o
número místico desta Ordem e alude aos cinco órgãos sensoriais através dos quais a
obra do Supremo Arquiteto do Universo é manifestada à alma.
Você usava uma indumentária de humildade para indicar a sinceridade do seu propósito
e sua disposição de ser julgado pela sua reputação, e não pelo seu vestuário.
Você estava em busca de água, porque a água é o elemento mais essencial para sustentar
a vida, também tipifica a sede do coração para a vida mais elevada na terra, e a sede da
alma para as águas da vida eterna.
Você foi obrigado a se ajoelhar e assistir à oração, para ensinar-lhe a depender de um
poder maior do que a si mesmo para ajuda e orientação, e para lembrá-lo de cultivar o
hábito de pensamentos de oração.
Em sua obrigação, você fez o voto de segredo por duas razões, primeiro, porque
nenhum esforço humano para o bem pode ser efetivo se seus princípios são lançados ao
mundo como um todo para ser pisado pela multidão descuidada, segundo, para que você
perceba amor e devoção ligando cada Filha do Nilo a todos os membros da Ordem.
O véu de devoção foi colocado sobre a sua cabeça para indicar o amor que você nutrirá
pelas Filhas do Nilo, e para assegurar-lhe que o mesmo sentimento sagrado é
compartilhado por todos que assumiram nossos votos.
Você foi batizado com a água do Nilo, para lembrar-lhe que o chamado rio sagrado, em
sua plenitude, sustenta milhões de criaturas de Deus e porque representa a religião. A
religião é o desejo inato da alma humana de conhecer sua causa, uma corrente que
sempre se esforça para alcançar o poderoso mar de onde veio.
Seus olhos, ouvidos e lábios foram selados contra todos os tipos de fofocas e
escândalos, a fim de que você não se degradará puxando outra mulher para baixo, e que
falará bem, ou não, de qualquer mulher, mais especialmente de uma filha do Nilo.
Uma rosa branca foi colocada sobre sua cabeça, como um emblema de pureza e
inocência, para proteger sua mente dos pensamentos impuros.
Você visitou as cinco Damas da Espera, representando fé, esperança, caridade,
confiança e harmonia, representando também os cinco sentidos. Eles ensinam que um
defeito corporal ou luto não é necessariamente uma desvantagem para a realização
física, muito menos para uma realização mental ou moral. Eles também o inspiram com
confiança em sua própria habilidade para um bom trabalho verdadeiro.
Você foi apresentado à nobre Princesa Tirzah, que o recebeu como membro da casa de
Sua Majestade. Você também foi apresentado à princesa real, que o reconheceu como
membro, e lhe presenteou com uma jóia, que a proclama uma fiel Filha do Nilo.
Que as lições que você aprendeu aqui sejam aprofundadas em seu coração, sua
consciência e sua memória. Que você seja capaz de substituir a fé pela dúvida, a
esperança pelo desespero, a caridade pela censura, a confiança pela suspeita e a
harmonia pela discórdia.
Que você perceba a honra e a distinção conferidas a você ao se tornar um membro das
Filhas do Nilo, uma organização que representa a elevação da civilização e da
cidadania, a mais elevada e melhor em todas as realizações humanas, e a cultura daquela
centelha divina chamada a alma.
Quando você for adiante entre seus amigos e companheiros, tenha cuidado com seu
discurso e seja cortês à sua maneira, para não ofender. Por palavras alegres e atos de
bondade, você pode cercar-se de uma muralha de amigos que nenhum mal pode causar
a você.
Quando o dia está terminado e você procura seu merecido descanso, quão doce é a
segurança que você teve naquele dia lançou um raio de luz na escuridão de alguma vida
triste, que você estendeu uma mão amiga e ajudou um alpinista tímido em um passo
mais alto na escada que leva à vida mais elevada, que você aliviou um pouco o coração
dolorido, secou algumas tranças amargas, adoçou um pouco de tristeza.
Que você possa estudar as cinco virtudes: fé, esperança, caridade, confiança e harmonia,
e você pode lucrar com as lições nelas inculcadas.
E agora, que a paz e a harmonia possam prevalecer e o amor resista.
Junior Past Queen.
JPQ: Eu vou instruí-lo agora no trabalho secreto da Ordem, depois do qual você será
conduzido ao trono para receber a senha da Rainha, o aperto da Rainha Júnior e depois
para a mesa da Princesa Recorder para assinar o contrato. estatutos.
Trabalho secreto

Quando Junior Past Queen pede à Princesa Marechal para ajudar na Obra Secreta, a
Princesa Marechal se levanta e vai para a esquerda de Junior Past Queen, que então
instrui os candidatos a repetir as respostas da Princesa Marechal.
Princesa Badoura retorna diretamente para o lado do candidato exemplar como Junior
Past Queen demonstra Honras Suprema. Ela então conduz cada candidato a Queen,
começando com um candidato exemplar.
A Princesa Marechal conduz os candidatos à mesa da Princesa Recorder e depois aos
assentos. Com grande classe, a Princesa Tirzah ajuda a conduzir os candidatos aos
assentos depois de sair da mesa da Princesa Recorders.
A Rainha dá a senha, abstendo-se de pegar a mão ou tocar os novos membros, que são
solicitados a repetir a senha, e então a Rainha Pastora dá o aperto da Ordem a cada
membro recém-iniciado.
Princesa Badoura retorna diretamente para a estação. A princesa Marechal e a
princesa Tirzah retomam as estações depois que todos os candidatos estiverem
sentados.

Fechamento

P .: Princesa Real, qual é a hora?


PR, saúda: Majestade, é a hora da aposentadoria.
P .: Senhora das Chaves.
L. de K., saúda: Sua Majestade.
P .: Informe à Senhora dos Portões que estou prestes a fechar este Templo, Filhas do
Nilo, instruí-la a baixar a ponte levadiça e a manter os portais entreabertos, para que as
Filhas possam partir para seus vários locais de residência.
Lady of Keys vai até a porta e a abre.
L. de K: Senhora dos Portões, Sua Majestade está prestes a fechar este Templo, Filhas
do Nilo, e instrui você a abaixar a ponte levadiça e manter os portais entreabertos, para
que as Filhas possam partir para seus vários locais de residência.
Retorna à estação e saúda: Sua Majestade, suas ordens foram obedecidas.
P .: Princesa Real, como um Templo, Filhas do Nilo, deveria ser fechado?
PR, saúda: Sua Majestade, um Templo, Filhas do Nilo, deve ser encerrado com música,
oração e bons conselhos.
P .: Princesa Tirzah, você tem uma palavra de conselho?
PT, saudações: Senhoras da Casa, estamos prestes a deixar este lugar sagrado, onde a
paz e a harmonia prevalecem e o amor perdura, para se misturar novamente com o
mundo em geral. Leve com você, então, a memória dos grandes princípios inculcados e
as doces e úteis lições aqui ensinadas e aplique-as em sua vida diária. Seja heróico na
causa da justiça e do direito. Exigir da sociedade um padrão de moralidade para os
homens e para as mulheres. Julgue com cuidado, não apressadamente. Primeiro,
encontre a causa, a intenção e a força do ambiente antes de censurá-lo ou condená-
lo. Deixe sua condenação cair somente sobre os depravados, viciosos e mal-
intencionados.
Para aqueles que caem através do estresse das circunstâncias ou do ambiente do mal,
enquanto se esforçam pelo direito, estendam sua simpatia. A virtude estava em luta,
embora eles tivessem perdido.
E se você encontrar uma mulher em tristeza ou angústia, tomar uma parte de sua carga e
suportá-la por ela, a força será dada a você.
Como o crescimento da fruta e o florescimento das flores dependem do sol e da chuva,
o crescimento e a cultura da alma dependem do brilho da alegria no rosto e das lágrimas
de gratidão nos olhos de algum receptor humano de nossa vida. bondade.
P .: Princesa Real, você tem uma palavra de conselho?
PR, saúda: Sua Majestade, apenas um pensamento. Senhoras da Casa, não te canses de
fazer o bem, porque te conheço isto, não podes ficar parado por muito tempo; você deve
avançar. Nenhum dia volta e a vida é curta na melhor das hipóteses.Aquilo que torna a
vida mais digna de ser vivida, na verdade a própria nata da existência, é o conhecimento
seguro de termos lembrado de nossa obrigação e mantido nossos votos de termos
encontrado ingratidão com tolerância, egoísmo com bondade e penitência com amor.
Rainha chama Temple ***.
P .: Princesa Capelão, o Templo agora está montado para nossa devoção e aguarda sua
vontade e prazer.
A Princesa Capelania, carregando uma pequena Bíblia, avança para uma posição
intermediária entre a sua estação e o altar, e então lê uma pequena seleção da Bíblia
antes de prosseguir para o altar. A seleção pode ser feita por Rainha ou Capelão.
Apenas música instrumental.
PC: Ó Tu, Grande e Amoroso Pai, chegamos a Ti como crianças tímidas e indefesas
para um pai amoroso. Seja nosso amigo e ajudador em todos os nossos esforços para
alcançar um plano superior de vida. Preencha nossos corações com o desejo de viver
bem, excluindo todo egoísmo, inveja do ciúme e do amor próprio. Leve-nos com a mão
do amor no caminho do dever. Suporta-nos quando tropeçamos ou caímos. Sê nosso
guia na hora da adversidade, nossa ajuda na hora da extremidade. E que a Tua paz e
benignidade sejam e permaneçam conosco para sempre. Um homem.
Princes capelão retorna à estação após a resposta.
Ode de fechamento.
P .: Eu lhe pedirei um favor, que você seja tão fiel e pontual em sua participação no
Templo, que seus outros deveres permitirão que a Princesa Tirzah compareça ao altar.
Princesa Tirzah saúda a Rainha, entra em Crescent entre as estações da Princesa
Zuleika e da Princesa Zenobia, saúda a Bíblia, dobra o véu e coloca para o lado,
lugares subiram no véu, fecha a Bíblia, e coloca o véu com rosa no topo, recua dois
passos, arcos, pega a Bíblia, vira e refaz os passos para a estação.
P .: Agora todos nós podemos, a partir de então, caminhar nos cinco caminhos do
pensamento correto, ensino, ação, falando e vivendo.
Eu agora declaro ... Temple No. ... fechado.
Senhora das Chaves, você informará a Senhora dos Portões.
Rainha bate o martelo *.
A Senhora das Chaves abre a porta depois do som do martelo e anuncia informalmente
à Senhora dos Portões que ... O templo está fechado.