Você está na página 1de 4

TEXTO: MARCOS 7.

1-23 era “comer sem lavar as mãos”, Jesus utiliza este fato para ensinar sobre quão falsa e
“1 Foram ter com Jesus os fariseus, e alguns dos escribas vindos de Jerusalém, 2 e incoerente era a religiosidade daquelas pessoas, ora oprimindo outros com pesados
repararam que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por fardos, ora distorcendo os textos para descumprir ensinos claros da Palavra de Deus,
lavar. 3 Pois os fariseus, e todos os judeus, guardando a tradição dos anciãos, não veremos um pouco sobre este assunto baseados no tema abaixo.
comem sem lavar as mãos cuidadosamente; 4 e quando voltam do mercado, se não se
purificarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como TEMA: JESUS NOS TRAZ UMA IDENTIDADE DA FALSA RELIGIÃO
a lavagem de copos, de jarros e de vasos de bronze. 5 Perguntaram-lhe, pois, os fariseus
e os escribas: Por que não andam os teus discípulos conforme a tradição dos anciãos, 1. JESUS IDENTIFICA A FALSA RELIGIÃO. V.1-7
mas comem o pão com as mãos por lavar? 6 Respondeu-lhes: Bem profetizou Isaías
acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios; o seu Todos nós possuímos um documento de identidade, neste documento estão os dados
coração, porém, está longe de mim; 7 mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que básicos para que as pessoas nos conheçam, nos vv.1-7 Jesus apresenta a falsa religião,
são preceitos de homens. 8 Vós deixais o mandamento de Deus, e vos apegais à queremos, juntamente com todos, aprender algumas lições sobre a falsa religião,
tradição dos homens.9 Disse-lhes ainda: Bem sabeis rejeitar o mandamento de deus, expostas a partir deste instante.
para guardardes a vossa tradição. 10 Pois Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e:
Quem maldisser ao pai ou à mãe, certamente morrerá. 11 Mas vós dizeis: Se um homem a) Jesus identifica quem são os falsos religiosos: Escribas e fariseus. V1
disser a seu pai ou a sua mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, “1 Foram ter com Jesus os fariseus, e alguns dos escribas vindos de Jerusalém”.
oferta ao Senhor, 12 não mais lhe permitis fazer coisa alguma por seu pai ou por sua
mãe, 13 invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição que vós transmitistes; Nesta passagem Mateus identifica os falsos religiosos que são os escribas, responsáveis
também muitas outras coisas semelhantes fazeis. 14 E chamando a si outra vez a pelo ensino da Lei, e os fariseus, preservadores da Lei, estes tinham uma função nobre.
multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós todos, e entendei. 15 Nada há fora do homem que, Porém, usaram de abuso de autoridade, rechearam a Lei com as tradições criadas pelos
entrando nele, possa contaminá-lo; mas o que sai do homem, isso é que o contamina. 16 anciãos. A Lei não era suficiente para eles, complementaram com tradições humanas.
Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça. 17 Depois, quando deixou a multidão e entrou Segundo William Hendriksen, os escribas eram os especialistas da Lei, estudavam,
em casa, os seus discípulos o interrogaram acerca da parábola. 18 Respondeu-lhes ele: interpretavam e a ensinavam ao povo, porém a encheram de ensinos dos rabinos,
Assim também vós estais sem entender? Não compreendeis que tudo o que de fora enquanto os fariseus se esforçavam para que o povo visse que eles seguiam os ensinos
entra no homem não o pode contaminar, 19 porque não lhe entra no coração, mas no dos escribas (HENDRIKSEN, 2003, p.347). O falso ensino precisa ser combatido e os
ventre, e é lançado fora? Assim declarou puros todos os alimentos. 20 E prosseguiu: O falsos mestres denunciados, João Calvino disse que seria um covarde se visse o
que sai do homem , isso é que o contamina. 21 Pois é do interior, do coração dos evangelho sendo vilipendiado e se calasse. Jesus aqui expõe os falsos religiosos, Ele os
homens, que procedem os maus pensamentos, as prostituições, os furtos, os homicídios, denuncia abertamente, e nós como temos agido? Jesus além de identificar os falsos
os adultérios, 22 a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, a religiosos, também identifica e denuncia o seu falso ensino, conforme se observa a
soberba, a insensatez; 23 todas estas más coisas procedem de dentro e contaminam o seguir.
homem.
b) Jesus identifica qual o ensino da sua falsa religião: Acréscimos à Lei de Deus. V.2-4; I
INTRODUÇÃO Sm 15.22-23
Foi dito pelo pastor Batista Reformado John Piper que “a religião é o homem em busca 2 e repararam que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é,

de Deus, enquanto que o evangelho é Deus em busca do homem”, também se pode por lavar. 3 Pois os fariseus, e todos os judeus, guardando a tradição dos anciãos, não
observar que a palavra religião vem do latim “religare” que significa religar, quem pode comem sem lavar as mãos cuidadosamente; 4 e quando voltam do mercado, se não se
nos religar a Deus, senão Jesus. purificarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como
Marcos era primo de barnabé (Cl 4.10), discípulo de Pedro e amigo de Paulo, na sua a lavagem de copos, de jarros e de vasos de bronze.
casa funcionava uma igreja (At 12.12), nesta passagem trata de um embate de Jesus
com os escribas e fariseus, sobre o descumprimento de uma tradição religiosa deles que
Aqui Jesus identifica qual o ensino daqueles falsos religiosos que era acrescentar algo à religiosa desvirtuada das Escrituras, se sua religiosidade é defeituosa, sua adoração
Lei, não comer sem lavar as mãos era um item da tradição dos anciãos (v.3), quem não também será. Sobre esta adoração iremos duas verdades abaixo:
cumprisse era impuro (v.2), eles cumpriam rigorosamente estas leis (v.4), o Rev.
Hernandes Dias Lopes explica que eles criam em uma salvação meritória, entendiam  Cheia de hipocrisia: Tinham Cristo nos lábios e o mundo no coração. V.6
que guardar estas regras auxiliava na salvação deles e isso era algo que eles
precisavam fazer de modo continuo, pois toda vez que chegavam em casa precisavam Jesus acusa os fariseus e escribas de ter uma adoração falsa, conforme William Barclay,
se purificar (LOPES, 2003, p.172), eles não criam na segurança de salvação com base Jesus os acusou de hipocrisia, e esta palavra vem do grego “hypocrites” que seria um
no poder de Deus, precisavam fazer algo para ser salvo. Semelhantemente nos nossos ator teatral que encena algo que é irreal na sua vida cotidiana, uma farsa (BARCLAY,
dias muitos acrescentam usos e costumes como meio de salvação, desprezando a 2006, p.171). Eles tinham Cristo nos lábios e o mundo no coração, o seu exterior não era
salvação que Cristo comprou. Eles usavam estas leis cerimoniais para se esquivar da Lei um espelho do seu interior, a adoração apesar de poder ter gestos externos, mas ela é
Moral, muitas vezes fazem semelhante a Saul que trocou a simples obediência ao comandada do coração, Foi assim que aconteceu com Caim e Abel (Gn 4.1-7), é assim
mandado do Senhor por sacrifícios que o Senhor não os ordenou (I Sm 15.22-23). que acontece com todos nós, Deus somente aceita o nosso culto externo se este for uma
Qualquer ensino pode ser bonito, legal, mas se ele acrescenta ou retira algo da verdade replica do que acontece no coração. O seu culto externo é uma realidade do culto do seu
revelada de Deus nas Escrituras, deve ser abandonado. coração?

c) Jesus identifica a forma que eles aplicam as suas regras religiosas: Impondo sobre os  Cheia de antropocentrismo: Centrada no homem. V.7; Cl 2.20-23
demais. V.5
5 Perguntaram-lhe, pois, os fariseus e os escribas: Por que não andam os teus discípulos O culto dos escribas e fariseus centralizava o homem, suas doutrinas não emanavam
conforme a tradição dos anciãos, mas comem o pão com as mãos por lavar? das Escrituras, mas de conceitos humanos, foi assim que a igreja se afastou de Cristo na
Idade Média, homens fraudulentos infiltraram doutrinas pagãs como uso de velas 310
Aqueles homens impunham as regras religiosas de modo arbitrário sobre as pessoas, A.D., culto aos santos 375 a.D., Culto à Virgem Maria 450 a.D., purgatório 506 a.D., Uso
eles não estavam preocupados se as pessoas estavam descumprindo as ordens de de imagens e relíquias 783 a.D., ano 1000 a.D. dia de finados, criou-se o rosário 1090
Deus nas Escrituras, mas se estavam em desacordo com “as tradições dos anciãos” a.D., inquisição 1184 a.D., incluiu-se sete livros na Bíblia 1546, passou a ensinar que
(v.5), e eles impunham isso sobre as pessoas, neste versículo 5 podemos observar que Maria não tem pecado 1850 a.D., tudo isso criado com base em tradições humanas e
estes homens estavam querendo impor os seus preceitos religiosos aos demais. Hoje não nas Escrituras. No meio evangélico há também muitos que criam dogmas como da
não é diferente, pois muitas igrejas criam regras humanas sem base alguma nas rosa ungida, vara de Moisés, Toalha ungida, a figura principal não é Cristo, mas os
Escrituras para impor sobre as pessoas como: “Não faça isso, não toque naquilo ou não testemunhos humanos. Ainda hoje há pessoas que vivem em um culto antropocêntrico, o
prove aquilo outro”, quando todas estas coisas se consomem pelo uso (Cl 2.20-23) e a homem é quem dita as normas, Jesus está fora de um negócio deste.
Bíblia nos mostra Deus dando enfeites às mulheres (Ez 16.10-14), ou seja, se estas
coisas são pecaminosas, Deus seria um pecador. Usos e costumes nunca formaram os Aplicação: Jesus identificou a falsa religião: Identificando quem eram os falsos
melhores crentes, mas com certeza os maiores hipócritas! Fuja da religiosidade cega religiosos: Escribas e Fariseus; O ensino da sua falsa religião: Acréscimos à Lei de Deus;
sem base nas Escrituras! A forma que eles aplicam as suas regras religiosas: Impondo sobre os demais; a forma
de adoração dos falsos religiosos: Hipocrisia e antropocentrismo. Se Jesus olhar hoje
d) Jesus identifica a forma de adoração dos falsos religiosos. V.6-7 para o nosso coração, como Ele vê a nossa adoração? Será que a nossa religião é
“6 Respondeu-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: verdadeira ou falsa? Se você percebe que a sua adoração tem sido falsa, eu quero dizer
Este povo honra-me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de mim; 7 mas em que há esperança para você, basta se arrepender dos seus pecados. Quer fazer isso
vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens”. agora?

Jesus faz uma acusação contra a religiosidade dos fariseus e escribas, pois ser religioso 2. JESUS IDENTIFICA O VALOR QUE A FALSA RELIGIÃO DÁ À PALAVRA DE
não significa agradar a Deus, muitos destes desonram a Deus com a sua pratica DEUS. V.8-13
c) Eles invalidavam a Palavra de Deus quando deixavam de transmiti-la para divulgar a
Jesus trata sobre o valor que aquelas pessoas davam à Palavra de Deus, elas não tradição. V.13
davam nenhum valor às ordenanças de Deus, sobre isso vamos aprender que: “13 invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição que vós transmitistes;
também muitas outras coisas semelhantes fazeis”.
a) Eles abandonavam a Palavra de Deus para se apegarem à tradição humana. VV.8-9
“8 Vós deixais o mandamento de Deus, e vos apegais à tradição dos homens.9 Disse-lhes Aqueles dois segmentos dentro da religiosidade judaica estavam invalidando a Palavra
ainda: Bem sabeis rejeitar o mandamento de Deus, para guardardes a vossa tradição”. de Deus além de a substituem por tradições humanas, distorcer para justificar sua
desobediência ao quinto mandamento, também deixavam de divulgá-la para proclamar
Aqueles homens abandonavam a Palavra de Deus, eles criaram tradições que tomavam as tradições humanas. As Escrituras não nos orientam proclamar tradição de igreja,
o lugar da Escrituras, não é diferente das várias tradições religiosas da atualidade, pois rituais religiosos, a ordem de Deus é pregar o evangelho (Mc 16.15), aqueles homens
todas as seitas surgiram de um ensino extra bíblico, como adventistas, mórmons, proclamaram uma mensagem que não viera da Fonte segura das Escrituras, mas de
Tabernáculo da Fé, Testemunhas de Jeová, o próprio catolicismo surgiu de fontes falíveis, as invencionices humanas que teimam em querer ocupar o lugar da Voz
ensinamentos além da Bíblia ou que ocuparam o lugar da Palavra de Deus. João Calvino de Deus. Não transmita mensagens de fontes não autorizadas, transmita a mensagem
disse que o Espírito Santo age na, com e pela Escritura, assim sendo quando alguém diz da única fonte autorizada por Deus para nos apresentar a salvação em Cristo (Jo 5.39).
que Deus revelou algo a ele, ele precisa provar nas Escrituras, pois se fere a Palavra de
Deus deve ser rejeitado, mesmo se um anjo do céu trouxe algo, se é contrario às Aplicação: Jesus identificou o valor que a falsa religião dá à Palavra de Deus:
Escrituras é maldito (Gl 1.8). A nossa regra única de fé é a Escritura, ela é inspirada por Abandonavam a Palavra de Deus para se apegarem à tradição humana; Distorciam a
Deus (II Tm 3.14-17), é a verdade (Jo 17.17), O Espírito Santo nos fala nas Escritura por Palavra de Deus para buscar manter seus interesses pessoais; Invalidavam a Palavra de
meio dos seus autores (II Pe 1.20-21), isto torna as Escrituras inerrante e infalível. Nunca Deus quando deixavam de transmiti-la para divulgar a tradição. Qual o valor que você
troque as Escrituras por tradições humanas, por mais bonitas que pareçam ser. tem dado à Palavra de Deus? Não podemos abandonar, distorcer ou deixar de proclamar
Creiamos na Bíblia, ela é a verdade de Deus para nós! a Palavra de Deus. Quanto tempo você investe em leitura das Escrituras? quando as
Escrituras batem nos seus pecados você se dobra diante De Deus ou releva aquilo que
b) Eles distorciam a Palavra de Deus para buscar manter seus interesses pessoais. que as Escrituras está dizendo? Você transmite fielmente as Escrituras ou troca elas por
V.10-12 dogmas religiosos. Dobre-se diante de Deus e da sua Palavra, Ele fala contigo, Ele te
“10 Pois Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e: Quem maldisser ao pai ou à mãe, repreende porque te ama!
certamente morrerá. 11 Mas vós dizeis: Se um homem disser a seu pai ou a sua mãe:
Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor, 12 não mais lhe 3. JESUS IDENTIFICA A PREOCUPAÇAO DA FALSA RELIGIÃO. V.14-23
permitis fazer coisa alguma por seu pai ou por sua mãe”.
a) A falsa religião está preocupada em ocupar o lugar de Deus, julgando pela aparência
Aqui há uma acusação de distorcer a Palavra de Deus e descumprir o quinto e não pela reta justiça.VV.14-17
mandamento de honrar pai e mãe (Êx 20.12), eles para não cumprir o que era de “14 E chamando a si outra vez a multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós todos, e entendei. 15
obrigação deles cuidar do pai e da mãe, inclusive na velhice, diziam que suas posses Nada há fora do homem que, entrando nele, possa contaminá-lo; mas o que sai do
seriam “corbã”, que era uma consagração para o uso no templo, não podendo ser homem, isso é que o contamina. 16 Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça. 17 Depois,
usados para outra finalidade, porém, quem controlava o templo eram eles, assim usavam quando deixou a multidão e entrou em casa, os seus discípulos o interrogaram acerca da
o dinheiro a seu bel prazer. Muitas vezes as pessoas distorcem a Palavra de Deus para parábola”.
não congregar, dizimar, ser submisso as autoridades da igreja, inventam-se desculpas
várias, até deturpam as escrituras para continuar na preguiça, mesmismo, sequidão, etc., A falsa religião não está preocupada em que sua mensagem ocupe o coração dos seus
se você tem distorcido a Palavra de Deus, usado desculpas esfarrapadas para encobrir ouvintes, para a falsa religião basta parecer ser crente, mas para Jesus não basta
seu descompromisso com Deus, arrependa-se hoje! aparência, precisa ter essência. Não somos chamados para parecer crentes, e sim para
sermos verdadeiros crentes. Eles se preocupavam excessivamente com o exterior, não
que isso não seja importante, mas precisamos entender que o interior é que santifica o
exterior. Crente não pode ser igual Denorex, parecer e não ser, antes precisa ser uma A questão mais importante é que a fonte de onde vem o comando e motivações é o
testemunha viva do amor de Deus. Ser crente vai muito além das aparências, João relata coração, se a religião não buscar ensinar isso vai gerar muitos religiosos que estão longe
um dos embates se Jesus com os religiosos, no qual Ele disse: “Não julgueis pela
de ser cristãos, esqueceram faz muito tempo de que vida cristã é um deleite. Quando
aparência, mas julgai segundo a reta justiça” (Jo 7.24), aqueles homens estavam
julgando os discípulos de Jesus pela aparência dogmática de uma tradição, semelhante não se trata os problemas na fonte geram mais problemas, por exemplo, quando você
fazem os legalistas hoje, os quais vivem uma aparência de piedade, mas pura hipocrisia. está com dor de cabeça, geralmente se toma um analgésico, mas por trás daquela dor
Jesus fala que a sua preocupação não é o que entra (v.14-15), mas o que sai. Jesus não de cabeça tem outra coisa, a dor é um alerta de que algo não está bem.
aceita aparência de homem, pois Ele conhece a nossa essência. Sabe que somos de Semelhantemente, quando a religião não trata do problema na fonte, ela agrava o
fato! problema. O coração é a fonte de todos os pecados (v.21-22), mas do coração também
procedem as fontes de vida (Pv 4.23), a sua vida cristã depende do que seu coração
b) A falsa religião está preocupada em explicar a espiritualidade a partir de regras pré- produz. O que tem sido gerado no seu coração?
concebidas. V.18-19
“18 Respondeu-lhes ele: Assim também vós estais sem entender? Não compreendeis Aplicação: Jesus identifica a preocupação da falsa religião que é: Ocupar o lugar de
que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar, 19 porque não lhe entra Deus, julgando pela aparência e não pela reta justiça; Explicar a espiritualidade a partir
no coração, mas no ventre, e é lançado fora? Assim declarou puros todos os alimentos”. de regras pré-concebidas; Usar paliativos e não vai à fonte real do problema que é o
coração. Todo problema do homem é um problema do coração, todos as mazelas da sua
Aqueles homens , além de não comer sem lavar as mãos como regra salvífica, também vida são geradas no coração, Você não pode mudar seu próprio coração, somente Deus
possuíam outras regras alimentares como se ingerir alimentos contaminasse ou pode mudar, Ele pode te dar um novo coração (Ez 36.26), Renda o seu coração a Cristo
purificasse o ser humano, Jesus declara que não é aquilo que entra que contamina o ser agora!
humano, pois o que entra vai ser feito a digestão e lançado fora, mas aqueles criaram
regras pré-concebidas, segundo seu conceito religioso e não segundo Deus. Há um CONCLUSÃO
preconceito, uma rotulação feitas contra pessoas, as regras religiosas estão acima das Esta mensagem trouxe à luz uma identidade da falsa religião dos fariseus e escribas,
pessoas em alguns lugares, a espiritualidade é medida pelo volume da voz, se bate que pode também ser aplicada ao presente. Vimos que: Jesus identifica a falsa
palmas ou não, se canta chorando, isto não afere espiritualidade, a carta pastoral da IPB religião; Jesus identifica o valor que a falsa religião dá à Palavra de Deus; Jesus
identifica a preocupação da falsa religião. No inicio vimos que a palavra religião vem
diz que não se pode inferir espiritualidade de coisas externas como palmas, gritos,
do latim “religar”, assim Jesus é a única e verdadeira religião, pois só Ele é quem nos
aplausos, etc. A adoração é feita em espirito e em verdade (Jo 4.23-24), ou seja, em todo religa a Deus (I Tm 2.5), somente por meio Dele é que nós nos apresentamos a Deus
e qualquer lugar e com a vida, não com regras religiosas externas à Escritura. (Hb 13.15) e Ele é o nosso perfeito sacerdote junto ao Pai (Hb 4.14-16). Convido você a
ter Jesus como sua única e verdadeira religião. Amém!
c) A falsa religião está preocupada em usar paliativos e não vai à fonte real do problema
que é o coração. VV.20-23 AUTOR: Pr. Veronilton Paz da Silva
“20 E prosseguiu: O que sai do homem, isso é que o contamina. 21 Pois é do interior, do
coração dos homens, que procedem os maus pensamentos, as prostituições, os furtos,
os homicídios, os adultérios, 22 a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a inveja, a
blasfêmia, a soberba, a insensatez; 23 todas estas más coisas procedem de dentro e
contaminam o homem”.

Interesses relacionados