Você está na página 1de 27

Sistemas Estruturais - Concreto

Aula 01
O Concreto Armado
• O concreto armado não é apenas a mistura de
concreto com aço, mas um terceiro material
resultante da forte ligação desenvolvida entre o
concreto e o aço.
(Rebello, Yopanan C. P. Bases para o projeto estrutural)
O Concreto Protendido
• A protensão pode ser definida como o artifício de
introduzir, numa estrutura, um estado prévio de
tensões, de modo a melhorar sua resistência ou
seu comportamento, sobre ação de diversas
solicitações.
• Sendo o concreto um material de propriedades
tão diferentes a compressão e a tração, o seu
comportamento pode ser melhorado aplicando-se
uma compressão prévia (isto é, protensão) nas
regiões onde as solicitações produzem tensões de
tração.
O Concreto Protendido
Vantagens do Concreto Protendido
• Possibilidade de grandes vãos, pois a laje de
concreto protendido consegue vencer vãos que o
concreto armado usual não venceria.
• Maior variedade de layout no projeto arquitetônico,
já que há maior distância entre os pilares.
• Menor peso estrutural, pois as lajes são esbeltas, fato
que diminui o carregamento da fundação da
edificação.
• Economia de concreto e aço, em função da utilização
da seção transversal plena e por serem utilizados aço
e concreto de maior resistência.
Vantagens do Concreto Protendido
• Redução das tensões de tração provocadas pela
flexão e pelos esforços cortantes aplicados nas
lajes.
• Maior controle tecnológico durante a execução.
• Redução de deformações e fissurações.
• Pode ser utilizado para a recuperação e reforço de
estruturas comprometidas.
Desvantagens do Concreto Protendido
• Falta de mão de obra especializada.
• Conforme a geometria da estrutura, esta técnica pode ser
inviável.
• É preciso concreto de alta resistência, o que nem sempre é
possível conseguir devido ao seu custo mais elevado ou
indisponibilidade no local da obra.
• Boa qualidade do concreto durante a produção, a execução
e compactação, o que necessita maiores cuidados.
• Requer aço de alta resistência, o que custa até 3 vezes mais
que o aço comum utilizado no concreto armado.
• Requer bastante supervisão durante todas as fases da
construção.
A Alvenaria Estrutural
• Processo construtivo que se caracteriza pelo uso
de paredes como principal estrutura de suporte
do edifício, dimensionadas através de cálculo
racional.
(PCC 2515 – Alvenaria Estrutural – Apresentações Escola Politécnica da USP –
Prof. Luiz Sérgio Franco, 2004.)

• Na Alvenaria Estrutural a parede desempenha um


duplo papel: vedação vertical e suporte estrutural.
A Alvenaria Estrutural
Vantagens da Alvenaria Estrutural
• Eliminação de cortes nas paredes;
• Dispensa a utilização de fôrmas de madeira;
• Redução de Concreto Armado e mão de obra;
• Fácil treinamento da mão de obra;
• Permite maior rapidez na execução da obra.
• Homogeneidade na superfície;
• Diminuição na espessura do revestimento e
quantidade de argamassa de assentamento;
Vantagens da Alvenaria Estrutural
• Maior aproveitamento do material, menor
desperdício, menor entulho;
• Boas características de isolamento térmico e
acústico;
• Possibilidade de alvenaria aparente,
economizando revestimento;
• Redução do custo final da obra.
Desvantagens da Alvenaria Estrutural
• Dificuldade de se adaptar a arquitetura para uma
nova utilização;
• Necessidade de mão de obra qualificada;
• Interferências entre projetos de
arquitetura/estrutura/instalações.
Concreto Armado X Concreto
Protendido1
PRINCIPAL DIFERENÇA
• A principal diferença entre o concreto armado e o
protendido está relacionada à condição das
armaduras empregadas em seu interior. "No
primeiro tipo, não há um pré-alongamento, mas
no segundo há", fala a engenheira².

• 1 retirado de: https://www.aecweb.com.br/cont/m/rev/concreto-armado-e-protendido-tem-


diferentes-propriedades-e-aplicacoes_12306_10_0

• ² Mariana Pestana de Carvalho, colaboradora na PhD Engenharia.


Concreto Armado X Concreto
Protendido
• A diferença na preparação das barras de aço proporciona
ao protendido aumento da capacidade de carga,
possibilidade de aumento dos vãos livres entre pilares,
melhor aproveitamento de aços de alta resistência no
Estado Limite Último (ELU) e também limitação da
abertura das fissuras, o que é positivo do ponto de vista
da durabilidade. "Por outro lado, há a necessidade de
um controle mais rigoroso durante a execução e
provável encarecimento da estrutura", indica.
Concreto Armado X Concreto
Protendido
• Já a execução de estruturas de concreto armado
convencionais é consagrada pela engenharia atual.
"Por isso, de maneira geral, a mão de obra já está
habituada ao serviço", diz.
• Por serem soluções diferentes, cada um dos tipos de
concreto tem utilização específica, e a escolha pela
opção mais adequada normalmente é realizada pelo
projetista. Nos casos mais comuns, o concreto
armado é alternativa para edifícios em geral,
independente do uso – industrial, residencial ou
comercial. Já o protendido é indicado para pontes,
shopping centers, edifícios que necessitem de
grandes vãos entre pilares e pisos industriais.
Concreto Armado X Concreto
Protendido
A ESCOLHA CERTA
• "A necessidade de cada obra indica, ainda, se o concreto
será moldado in loco, pré-moldado ou pré-fabricado.
Por exemplo, se houver modulação ou muitos elementos
similares, é mais vantajoso optar por elementos pré-
moldados e pré-fabricados ao invés daqueles moldados
in loco. Quando existe a necessidade de estanqueidade,
como em paredes e lajes de reservatórios, é comum que
as estruturas sejam de concreto moldado in loco",
explica Mariana.
Concreto Armado X Concreto
Protendido
• A escolha do sistema estrutural depende também da
interação entre o projetista e o cliente, de acordo
com as necessidades da obra. Em geral, caso a
geração de resíduos ou prazos sejam questões
críticas, é comum não utilizar concreto moldado in
loco, mas partir para outro tipo de estrutura, como a
metálica ou a pré-moldada/pré-fabricada de
concreto. "No caso de reservatórios, tanques ou
sistemas de tratamento de água e esgoto, não é
recomendável utilizar elementos pré-moldados, pois
é mais difícil obter estanqueidade nas juntas entre as
peças estruturais", finaliza Carvalho.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?3
• A alvenaria estrutural e o concreto armado são
sistemas utilizados na estrutura de edifícios e
conjuntos habitacionais. Como são muito
conhecidos pelo mercado, saber suas diferenças e
entender quando se deve optar por um método e
por outro, exige um estudo preliminar. Mas você
sabe se deve usar alvenaria estrutural ou concreto
armado?

3texto retirado de: https://www.mapadaobra.com.br/inovacao/alvenaria-estrutural-ou-concreto-


armado/?doing_wp_cron=1549308826.0481729507446289062500
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• As resistências dos dois sistemas são semelhantes e suas
escolhas derivam, basicamente, do tipo de projeto que se
está trabalhando. “A alvenaria estrutural trata-se de um
sistema construtivo em que as cargas são transmitidas às
fundações por planos verticais, a própria parede.
Dispensa-se, assim, a utilização de vigas, apoiando-se
as lajes diretamente sobre as paredes”, explica Henrique
Dinis, professor de Engenharia Civil da Universidade
Presbiteriana Mackenzie.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• A alvenaria estrutural não permite modificações nas
paredes se, posteriormente, o proprietário do imóvel
quiser fazer alguma personalização na planta, retirando
alguma delas, por exemplo. Dessa forma, é mais comum
realizar imóveis cujos apartamentos possuam até 70 m²
de dimensão com esse tipo de estrutura, pensando em
seus vãos que são menores.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• Já o sistema em concreto armado é mais utilizado em
estruturas reticuladas, formadas por vigas e pilares.
Logo, as paredes dentro dos imóveis são utilizadas
apenas como vedação. “Se você tem apartamentos
maiores, consequentemente, existem vãos maiores, salas
maiores, quartos maiores, e isso inviabiliza a utilização
da alvenaria estrutural e torna mais indicado o uso do
concreto armado”, afirma Emerson Soares de Andrade,
engenheiro civil da Elmo Engenharia.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• Atualmente, Andreade está trabalhando com os dois
sistemas em obras diferentes em Goiânia – no
Residencial Padre Pereira, com apartamentos de 53 m²,
utilizando alvenaria estrutural, e no Flamboyant
Residence Prime de 39 pavimentos e apartamentos de 89
m² a 183 m², utilizando concreto armado. Ambos ficam
em Goiânia.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• O docente de engenharia civil do Mackenzie
ressalta também que na escolha do concreto
armado são considerados os projetos que
possibilitam a grande repetição do uso das
formas, que minimizam os custos do concreto
armado e reduz os prazos de obra.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
VANTAGENS DE CADA PRODUTO
• Alvenaria Estrutural: De acordo com as fontes consultadas,
uma das grandes vantagens da alvenaria estrutural é a sua
velocidade em obra. “É possível realizar uma obra em
alvenaria estrutural muito mais rápido porque você já vai
fazendo estruturas e paredes ao mesmo tempo”, afirma
Emerson Soares de Andrade.

• Esse aumento da velocidade reduz também o tempo de


obra, fazendo com que ela, possivelmente, seja entregue
com antecedência – o que gera, também, economia
financeira com a redução dos custos administrativos.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• Outro ponto que a alvenaria estrutural otimiza é a redução de
descartes na obra – o consumo de reboco e argamassa são
menores, logo, se gera menos resíduos. Quando se fala nesse
aspecto, também é preciso considerar os custos para seu descarte.
Há também uma vantagem na diminuição de consumo de madeira
pela menor utilização de fôrmas em alvenaria estrutural do que em
concreto armado.

• O professor de engenharia civil do Mackenzie ressalta, também,


que outra vantagem do sistema é dispensar a utilização de
equipamento, “o que possibilita a execução segundo a
conveniência de prazos e alocação de mão de obra”, explica.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• Concreto Armado: No caso do concreto armado, a
principal vantagem é conseguir flexibilizar as plantas dos
empreendimentos possibilitando personalizações.
“Quando eu trabalho com estrutura convencional, as
paredes são mera vedação e isso possibilita fazer as
alterações na planta com maior facilidade”, explica o
engenheiro da Elmo Engenharia.
Alvenaria Estrutural ou Concreto
Armado?
• Além disso, o concreto armado é uma alternativa que
apresenta grande desempenho em prazos e custos quando
se trata de grandes obras, que necessitam de alocação de
guindastes e grandes conjuntos de formas
reaproveitáveis, por exemplo. “Este sistema é bem mais
complexo e exige mão de obra qualificada, a
mobilização de equipamentos, mas é sempre viável
tecnicamente, seja qual for a complexidade
arquitetônica, o que representa uma vantagem
relativamente às obras em alvenaria estrutural”, ressalta
Henrique Dinis.