Você está na página 1de 20

Sr. Proprietário

Parabéns pela aquisição da Carreta Distribuidora de fertilizantes e calcário MASTERFLOW NOGUEIRA. Um produto da mais alta qualidade, especialmente desenvolvido para atender às suas necessidades. Este manual contém instruções de operação e manutenção, que devidamente observadas serão a garantia do bom funcionamento, com segurança e durabilidade, da sua MASTERFLOW NOGUEIRA. Recomendamos a sua leitura atenta antes de colocar a máquina em funcionamento.

Encontra-se fixada na máquina, uma plaqueta de identificação com o seu número de série de fabricação. Anote este número no certificado de garantia, na página 14 deste manual. Esta informação será muito importante para a identificação da sua máquina em caso de assistência ou reposição de peças.

A Nogueira S/A estará sempre ao seu dispor para responder qualquer consulta, oferecendo-lhe assistência técnica eficaz e permanente.

oferecendo-lhe assistência técnica eficaz e permanente. A Nogueira S/A adota a política de melhoria contínua de

A Nogueira S/A adota a política de melhoria contínua de seus produtos, reservando-se o direito de alterá-los sem prévio aviso.

ÍNDICE

Introdução

01

Conhecendo a MasterFlow

02

Normas de segurança

03

Acionamento

04

Acoplamento ao trator

04

Nivelamento

05

Preparação do cardan

05

Início de operação

06

Distribuição

06

Regulagem de vazão

07

Esteira

09

Distribuição na margem

10

Manutenção

10 a 12

Características técnicas

13

Tabelas de distribuição

13 a 17

Certificado de garantia

14

CONHECENDO A MASTERFLOW

CARDAN LATERAL COMPORTA MACACO CARDAN DA TOMADA DE FORÇA ESCALA DISCO LANÇADOR LADO ESQUERDO CAIXA
CARDAN LATERAL
COMPORTA
MACACO
CARDAN DA
TOMADA DE FORÇA
ESCALA
DISCO LANÇADOR
LADO ESQUERDO
CAIXA DE TRANSMISSÃO
•LADO ESQUERDO
•CENTRAL
•LADO DIREITO
DISCO LANÇADOR
LADO DIREITO

REDUTOR DE VELOCIDADE (ESTEIRA)

ESTICADORES

TROCA DE VELOCIDADE DA ESTEIRA

*RODADO TIPO TANDEM

*Exceto no modelo MasterFlow 4500.

NORMAS DE SEGURANÇA

!
!

Antes de ligar a MASTERFLOW, o responsável pela operação deverá estar instruído quanto ao manejo correto e seguro da mesma. Para tanto, recomendamos a leitura atenta do manual de operação. A utilização correta do equipamento é, seguramente, fator de máxima importância na prevenção de acidentes. Em caso de dúvidas, consulte o nosso departamento de Assistência Técnica, contamos com técnicos devidamente treinados para orientá-lo sempre que necessário.

LEMBRE-SE:

· Não está autorizada a utilização da MASTERFLOW para outros fins que não sejam aqueles indicados neste manual.

· Nunca funcione o equipamento dentro de ambientes fechados e sem

ventilação, os gases liberados pelo motor do trator são nocivos à saúde.

· Após o uso lave cuidadosamente a máquina com água. Não deixe restos de

fertilizante dentro da mesma para evitar possíveis riscos de incêndio.

· Ao transitar com o equipamento em vias públicas, observar as regras locais de trânsito e segurança.

· Nunca abandone o trator com a máquina funcionando. Pare o motor, desligue

a tomada de força, acione o freio de estacionamento e retire a chave do contato antes de abandoná-lo.

· Sempre adapte a velocidade de deslocamento do trator às condições locais. Evite manobras bruscas, especialmente em locais acidentados.

· O trator deve estar sempre manobrável, para isto, montar contra-pesos suficientes.

· Não está autorizado o transporte de pessoas sobre a máquina durante a operação ou transporte da mesma.

· Nunca trabalhe debaixo de um equipamento levantado por dispositivo hidráulico sem utilizar um suporte seguro.

· Observe os arredores da máquina antes de colocá-la em funcionamento.

Mantenha crianças, animais e espectadores à uma distância segura. Verifique se não há ferramentas ou outros objetos sobre a mesma.

· Antes de regular, lubrificar ou fazer manutenção na máquina, é necessário

desligar a tomada de força e o motor do trator e retirar a chave do contato.

·

Conserte imediatamente qualquer dano antes de ligar a máquina novamente.

·

Não use roupas largas ou soltas em volta da máquina e mantenha mãos, pés

e

roupas afastadas das peças móveis.

·

Componentes rotativos, devido à inercia, continuam em movimento por mais

algum tempo depois que o acionamento é desligado. Antes de tocar em qualquer componente rotativo, desligue a fonte de acionamento, olhe e ouça se não há evidências de rotação. Somente toque nestes componentes ao ter certeza de que estão totalmente parados.

· Mantenha todas as proteções em seus devidos lugares.

· Seja especialmente cuidadoso quando acoplar e desacoplar a máquina do

trator! Trave a barra de engate com o pino indicado.

· Máquinas tracionadas pelo trator, influenciam na performance, manobra e

freios! Então, teste o freio e a direção e, se necessário, coloque pesos na frente do trator.

· Observe e respeite as normas de segurança. A falta de atenção durante a operação poderá causar-lhe sérios danos.

APRESENTAÇÃO

A Carreta Distribuidora MasterFlow Nogueira foi projetada para distribuir

fertilizantes, calcário e adubo orgânico com absoluta precisão. Seu sistema de

lançamento composto de 2 discos com 6 lançadores cada, proporciona distribuição uniforme numa faixa de 6 a 25 metros.

ACIONAMENTO

ACIONAMENTO

A MasterFlow é acoplada à barra de tração do trator e acionada pela tomada de

força a 540 rpm, com potência a partir de:

MasterFlow 4500 : 65 CV. MasterFlow 5000 : 65 CV. MasterFlow 6500 : 70 CV.

ACOPLAMENTO AO TRATOR

A MasterFlow deve ser acoplada à barra de tração do trator. Utilize o macaco

para levantar ou baixar o cabeçalho da MasterFlow, conforme necessário. IMPORTANTE ! Lembre-se de colocar a trava A no pino de engate. Após o acoplamento, recolha o macaco e coloque-o na posição de descanso.

A fig. 1
A
fig. 1
fig. 2
fig. 2

NIVELAMENTO

Após o acoplamento ao trator, observando a MasterFlow de lado, veja se ela está nivelada em relação ao solo. (nivelamento longitudinal fig. 3). Se necessário, corrigir o nivelamento mudando-se a posição da barra de tração do trator para uma altura superior ou inferior, conforme a necessidade.

uma altura superior ou inferior, conforme a necessidade. fig. 3 PREPARAÇÃO E COLOCAÇÃO DO CARDAN Devido

fig. 3

PREPARAÇÃO E COLOCAÇÃO DO CARDAN

Devido a distância entre a tomada de força do trator e o eixo de acionamento da Masterflow variar nos diversos modelos de tratores existentes no mercado, eventualmente, poderá ser necessário ajustar o comprimento do cardan antes de utilizá-lo. Neste, caso, com a máquina devidamente acoplada ao trator e a tomada de força desligada, proceder da seguinte maneira:

Desencaixar as duas partes do cardan.

Acoplar a parte tubular (fêmea) no eixo da MasterFlow e a parte maciça (macho) na tomada de força do trator.

Colocar as duas partes (macho e fêmea) uma ao lado da outra. Observe se há uma folga de, no mínimo, 25 mm nas duas pontas do cardan. Não havendo a folga necessária, deve-se marcar os pontos para efetuar o corte do cardan.

Retirar o cardan da máquina e do trator e executar os cortes.

Montar as duas partes do cardan. Observar que as cruzetas estejam alinhadas.

Acoplar a parte tubular (fêmea) no eixo da máquina e a parte maciça (macho) na tomada de força do trator.

25 mm
25 mm

de folga

MANTER OS TERMINAIS ALINHADOS

25 mm de folga MANTER OS TERMINAIS ALINHADOS

NOTA: Os pedaços cortados das partes maciça e tubular do cardan devem ter o mesmo comprimento. Deve-se deixar uma folga mínima de 25 milímetros em cada extremidade do cardan. As instruções para o corte, lubrificação, manutenção e colocação da corrente de proteção do cardan, encontram-se descritas no folheto fornecido pelo fabricante, fixado no cardan. É de responsabilidade exclusiva do revendedor autorizado Nogueira executar a preparação do eixo cardan e o primeiro acionamento da máquina.

INÍCIO DE OPERAÇÃO

Antes de acionar a máquina verifique com atenção:

Se não há objetos ou ferramentas dentro da máquina.

Se os pneus estão devidamente calibrados.

Se não há pessoas ou animais próximos á maquina.

Se a esteira está devidamente esticada.

Com a MasterFlow devidamente acoplada e lubrificada dê a partida no motor do trator e deixe-o funcionando por alguns minutos em marcha lenta. Ligue a tomada de força e aumente aos poucos a aceleração até atingir 540 RPM.

Observar no painel do trator a marcação correspondente a 540 RPM na tomada de força. Na maioria dos tratores este ponto está compreendido entre 1700 e 1900 RPM no contagiros.

DISTRIBUIÇÃO

Para garantir uniformidade na distribuição, é necessário fazer uma sobreposição à passada anterior a que se está realizando, compensando assim a deficiência normal que ocorre nas extremidades.

fig. 4 SOBREPOSIÇÃO
fig. 4
SOBREPOSIÇÃO

LARGURA DE TRABALHO

REGULAGEM DE VAZÃO DO PRODUTO

A quantidade de produto que será distribuído pela MasterFlow é determinada pela abertura da comporta de vazão A , regulada por intermédio da manivela B. Uma escala dosadora fixada na comporta, possibilita definir com precisão a abertura de vazão. Para abrir ou fechar a comporta deve-se

abertura de vazão. Para abrir ou fechar a comporta deve-se girar a manivela B , no
abertura de vazão. Para abrir ou fechar a comporta deve-se girar a manivela B , no

girar a manivela B , no sentido horário para abrir e no sentido anti-horário para fechar.

!
!

PERIGO!

A regulagem da vazão deve ser feita com a máquina desligada. Nunca se aproxime dos discos lançadores com a máquina funcionando.

aproxime dos discos lançadores com a máquina funcionando. B A fig. 5 A abertura da comporta
B
B
A
A

fig. 5

A abertura da comporta dependerá de 3 fatores:

· Taxa de aplicação.

· Velocidade do trator (definida de acordo com as condições locais).

· Largura de trabalho (varia de acordo com a natureza, peso específico e granulometria do material a ser distribuído). Para calcular o fluxo de fertilizante a ser distribuído vamos utilizar a seguinte fórmula agrícola:

FLUXO = taxa de aplicação (Kg/há) X largura de trabalho (m) X velocidade de deslocamento do trator (Km/h) : 600

EXEMPLO:

Para que possamos demonstrar o cálculo, vamos tomar como exemplo a seguinte

situação: Precisamos distribuir 600 Kg de fertilizante por hectare, numa faixa de trabalho de 12 m, com o trator deslocando-se a uma velocidade de 6 Km/hora. Temos então as seguintes informações:

Taxa de aplicação = 600 Kg/há.

Largura de trabalho = 12 m.

Velocidade do trator = 6 Km/h.

CALCULANDO TEMOS:

Fluxo = 600 Kg/h X 12 m X 6 km/h = 72 Kg/min.

600

Descobrimos então que, nesta situação, é necessário distribuir 72 Kg de adubo por minuto. Agora só precisamos definir qual a abertura necessária da comporta para distribuir os 72 Kg/min.

Faremos então um teste prático, muito simples de ser realizado, conforme descrito a seguir:

1. Carregue a carreta com o produto que será distribuído.

2. Retire completamente da máquina o cardan inferior A .

2. Retire completamente da máquina o cardan inferior A .
2. Retire completamente da máquina o cardan inferior A . 3. Retire os 4 parafusos B

3. Retire os 4 parafusos B e o suporte das caixas de transmissão C .

4 parafusos B e o suporte das caixas de transmissão C . 4. Coloque uma lona

4. Coloque uma lona para armazenar o produto que sairá da máquina.

uma lona para armazenar o produto que sairá da máquina. 5. Com as mãos, gire a
uma lona para armazenar o produto que sairá da máquina. 5. Com as mãos, gire a

5. Com as mãos, gire a manivela D para abrir a comporta F . Inicie com uma pequena abertura, aumentando depois conforme a necessidade.

6. Ligue a máquina (540 rpm na tomada de força) e marque 1 minuto.

7. Pese o produto que caiu na lona.

8. Refaça o teste, alterando a abertura da comporta até obter os 72 Kg/min.

9. Definida a regulagem, monte novamente o suporte C e o cardan A .

9. Definida a regulagem, monte novamente o suporte C e o cardan A .
a regulagem, monte novamente o suporte C e o cardan A . OBS.: A escala E

OBS.: A escala E é uma referência de abertura da comporta, anote a posição

uma referência de abertura da comporta, anote a posição encontrada, você poderá precisar em futuras aplicações.

encontrada, você poderá precisar em futuras aplicações.

A B C fig. 6
A
B
C
fig. 6
D
D
E F fig. 7
E
F
fig. 7

POSICIONAMENTO DOS LANÇADORES

Os discos da MasterFlow possuem 6 lançadores cada. Observe na figura 8 que os discos possuem rasgos que permitem alterar o posicionamento dos lançadores de acordo com a necessidade. Para distribuir com maior alcance utilize a posiçao 1 (posição padrão, que sai de fábrica), conforme mostra a fig. 8. Para distribuir com maior densidade, menor alcance, desloque todos os lançadores para as posições à frente (fig. 9).

fig. 8
fig. 8
alcance, desloque todos os lançadores para as posições à frente (fig. 9). fig. 8 POSIÇAO 1

POSIÇAO 1

fig. 9
fig. 9

VELOCIDADE DA ESTEIRA

Responsável pelo transporte do material até os discos lançadores, a esteira da MasterFlow pode trabalhar em 3 diferentes velocidades, facilmente ajustadas através do conjunto de rodas dentadas do sistema de acionamento. As diferentes posições de montagem da corrente definem a velocidade da esteira. Para mudar a velocidade, proceda como descrito a seguir:

Verifique na fig. 11 abaixo as três velocidades possíveis. Retire a porca F e a tampa G . Afrouxe o esticador H . Mude a corrente de posição, de acordo com a velocidade desejada. Estique a corrente por intermédio do esticador H . Recoloque a tampa G .

por intermédio do esticador H . Recoloque a tampa G . fig. 11 F G H
por intermédio do esticador H . Recoloque a tampa G . fig. 11 F G H
por intermédio do esticador H . Recoloque a tampa G . fig. 11 F G H
por intermédio do esticador H . Recoloque a tampa G . fig. 11 F G H
fig. 11
fig. 11
do esticador H . Recoloque a tampa G . fig. 11 F G H fig. 10
F G H fig. 10
F
G
H
fig. 10

VELOCIDADE MAIOR VELOCIDADE INTERMEDIÁRIA VELOCIDADE MENOR

!
!

ATENÇÃO!

Para aliviar o peso do material sobre a esteira, a MasterFlow sai de fábrica com o protetor P montado dentro da caçamba. Deve-se mantê-lo montado para distribuir calcário, adubos químicos e simila- res e retirá-lo para distribuir adubo orgânico.

montado para distribuir calcário, adubos químicos e simila- res e retirá-lo para distribuir adubo orgânico.
P fig. 12
P
fig. 12

DISTRIBUIÇÃO NAS MARGENS

Para realizar a distribuição nas margens do campo, pode-se desligar um dos discos lançadores simplesmente retirando-se o acoplamento A no lado correspondente. A desmontagem é simples, necessitando-se apenas retirar os 2 parafusos de fixação do acoplamento.

A fig. 13
A
fig. 13
os 2 parafusos de fixação do acoplamento. A fig. 13 fig. 14 MANUTENÇÃO A sua MasterFlow
fig. 14
fig. 14
2 parafusos de fixação do acoplamento. A fig. 13 fig. 14 MANUTENÇÃO A sua MasterFlow necessita

MANUTENÇÃO

A sua MasterFlow necessita de um mínimo de manutenção para o seu perfeito

funcionamento e máxima durabilidade. Para tanto, tornam-se indispensáveis alguns cuidados:

· Manter a máquina limpa de restos de material.

· Manter a máquina devidamente lubrificada.

Antes de paradas prolongadas recomenda-se proceder da seguinte maneira:

· Lavar completamente a máquina.

· Lubrificá-la.

· Guardá-la em local protegido do sol e chuva.

! P E R I G O ! Sempre desligue o motor do trator antes

! PERIGO!

Sempre desligue o motor do trator antes de fazer manutenção ou regulagem na máquina.

LUBRIFICAÇÃO:

A

lubrificação, regular e adequada, é fator indispensável para o bom desempenho

e

durabilidade deste equipamento. Recomenda-se inspeções periódicas e a

utilização de graxa de boa qualidade. A tabela abaixo especifica algumas graxas

recomendadas:

Multipurpose grease II

Esso

Lubrax GMA-2

Petrobrás

Alvania

Shell

Isaflex

Ipiranga

Agrotex 2

Texaco

Litholine MP2

Atlantic

PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO:

PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO: REDUTOR DE VELOCIDADE E CAIXAS DE TRANSMISSÃO A . Troque o óleo após

REDUTOR DE VELOCIDADE E CAIXAS DE TRANSMISSÃO A . Troque o óleo após as primeiras 50 horas de trabalho. Óleo recomendado: SAE-140. Quantidade de óleo na troca: 600 ml. Verifique o nível periodicamente e complete, sempre que necessário. Próximas trocas: a cada 200 horas de trabalho.

necessário. Próximas trocas: a cada 200 horas de trabalho. CORRENTE DE ACIONAMENTO DA ESTEIRA B .

CORRENTE DE ACIONAMENTO DA ESTEIRA B . Lubrificá-la diariamente com óleo SAE-90.

CARDANS. Lubrifique diariamente os 3 cardans com graxa.

, Lubrificar com graxa através das graxeiras, a cada 8 horas de trabalho.

ROLAMENTOS DO EIXO PRINCIPAL C

a cada 8 horas de trabalho. ROLAMENTOS DO EIXO PRINCIPAL C D E E . A
D
D

E

E
E

.

A B D C fig. 15 E
A
B
D
C
fig. 15
E
A A A
A
A
A

fig. 16

fig. 17

REGULAGEM DA ESTEIRA

Após as primeiras 30 horas de trabalho, deve-se proceder o esticamento da esteira, da seguinte forma:

Solte os parafusos F nas duas extremidades do eixo. Aperte as porcas G por igual nos dois esticadores, para que a esteira não fique desalinhada. Reaperte os dois parafusos F nas duas extremidades do eixo.

os dois parafusos F nas duas extremidades do eixo. G F G fig. 18 NOTA! Verifique
os dois parafusos F nas duas extremidades do eixo. G F G fig. 18 NOTA! Verifique
G F G fig. 18
G
F
G
fig. 18

NOTA! Verifique periodicamente a esteira e refaça o esticamento sempre que necessário. Quando o esticador atingir o final do curso, não possibilitando mais o esticamento, deve-se colocá-lo na posição de esticamento inicial (mínimo) e retirar alguns elos da esteira.

DICAS DE CONSERVAÇÃO

Recomenda-se uma inspeção completa na MasterFlow antes de cada temporada. Partes danificadas devem ser consertadas ou substituídas, previnindo assim perdas durante o trabalho. Após o término da distribuição, tornam-se indispensáveis certos cuidados para a melhor conservação da máquina:

Remova restos de produtos de dentro da caçamba.

Lave cuidadosamente a máquina com água.

Faça uma aplicação de óleo em toda a máquina.

Lubrifique adequadamente.

Guarde a MasterFlow em local protegido do sol e da chuva.

CARATERÍSTICAS TÉCNICAS

M ODELOS

   

4500

 

5000

 

6500

C

APAC IDAD E DA CAÇAM BA

2

,50

m 3

2,50

m 3

3,75

m 3

PO TÊNC IA REQU ERIDA

 

65 CV

   

65 CV

   

70 CV

 

(TOM ADA DE FORÇA)

ROTAÇÃO

(TOM ADA DE FORÇA)

540

rpm

540

rpm

540

rpm

PESO LÍQU IDO

 

1140 Kg

 

1260 Kg

1350 Kg

FA IXA D E TRABA LH O

6

a

25

m

6

a

25

m

6

a

25

m

D

IS TR IBU IÇ Ã O (C alcá rio

K g /h á )

A

té 8000

A

té 8000

A

té 8000

CALIBRAGEM DOS PNEUS

5 5

lb s /p o l2 K g /cm 2 )

5 5

lb s/p ol2

5 5

lb s /p o l2

(3 ,8

(3 ,8 Kg/cm 2)

(3 ,8 Kg /cm 2)

CAPAC IDAD E DE ÓLEO

     

C A IXA S

D E

 

6 0 0

m l

 

6 0 0

m l

 

6 0 0

m l

TRA NS M IS SÃO

R E D U T O

R

1

,8 Litro s

1

,8 Litro s

1 ,8

Litro s

D

IM ENSÕ ES GERAIS

     

C O M PR IM EN TO

4

6 10

m m

4

61 0

m m

46

1 0

m m

ALTURA

1790

mm

1790

mm

2030

mm

LARGURA

 

1725

mm

1725

mm

1725

mm

LARGURA DA ESTEIRA

800

m m

800

m m

800

m m

R

O D A D O

S

IM P LE S

T

A N D E M

T

A N D E M

TABELAS DE DISTRIBUIÇÃO

produto:

URÉIA

 

Esteira: VELOCIDADE MENOR

peso específico:

 

780 Kg/m3

 

ABERTURA

VAZÃO

VELOC IDADE DO TRATOR (Km/h)

LARGURA

NA ESCALA

Kg/min.

ÚTIL (m)

   

4

6

8

10

12

14

17

0

17

150

100

75

60

50

43

10

31

274

182

137

109

91

78

20

41

362

241

181

145

121

103

30

51

450

300

225

180

150

129

40

66

582

388

291

233

194

166

50

73

644

429

322

258

215

184

60

88

660

440

330

264

220

189

20

70

136

1.020

680

510

408

340

291

80

180

1.350

900

675

540

450

386

90

252

1.890

1.260

945

756

630

540

100

340

2.550

1.700

1.275

1.020

850

729

   

TAXA DE APLICAÇÃO (Kg/há)

 

produto:

 

CALCÁRIO ÚMIDO

Esteira: VELOCIDADE MENOR

peso específico:

 

1400 Kg/m3

 

ABERTURA

VAZÃO

VELOC IDADE DO TRATOR (Km/h)

LARGURA

NA ESCALA

Kg/min.

ÚTIL (m)

   

4

6

8

10

12

14

18

10

60

500

333

250

200

167

143

20

76

633

422

317

253

211

181

30

88

733

489

367

293

244

210

40

106

883

589

442

353

294

252

50

118

983

656

492

393

328

281

60

132

1.100

733

550

440

367

314

70

148

1.233

822

617

493

411

352

80

168

1.400

933

700

560

467

400

90

176

1.467

978

733

587

489

419

100

186

1.550

1.033

775

620

517

443

110

220

1.650

1.100

825

660

550

471

20

120

248

1.860

1.240

930

744

620

531

130

264

1.980

1.320

990

792

660

566

140

279

2.093

1.395

1.046

837

698

598

150

296

2.220

1.480

1.110

888

740

634

160

320

2.400

1.600

1.200

960

800

686

170

332

2.490

1.660

1.245

996

830

711

180

356

2.670

1.780

1.335

1.068

890

763

190

368

2.760

1.840

1.380

1.104

920

789

200

390

2.925

1.950

1.463

1.170

975

836

210

408

3.060

2.040

1.530

1.224

1.020

874

220

438

3.285

2.190

1.643

1.314

1.095

939

230

468

3.510

2.340

1.755

1.404

1.170

1.003

240

524

3.930

2.620

1.965

1.572

1.310

1.123

250

616

4.620

3.080

2.310

1.848

1.540

1.320

   

TAXA DE APLICAÇÃO (Kg/há)

 

produto:

GESSO

AGRÍCOLA

Esteira: VELOCIDADE MENOR

peso específico:

 

1170 Kg/m3

 

ABERTURA

VAZÃO

VELOC IDADE DO TRATOR (Km/h)

LARGURA

NA ESCALA

Kg/min.

ÚTIL (m)

   

4

6

8

10

12

14

12

20

51

638

425

319

255

213

182

40

71

888

592

444

355

296

254

60

99

1.238

825

619

495

413

354

80

130

           

100

158

1.975

1.317

988

790

658

564

120

178

1.907

1.271

954

763

636

545

14

140

206

2.207

1.471

1.104

883

736

631

160

224

2.400

1.600

1.200

960

800

686

180

244

2.614

1.743

1.307

1.046

871

747

200

272

2.914

1.943

1.457

1.166

971

833

220

305

3.268

2.179

1.634

1.307

1.089

934

240

334

3.579

2.386

1.789

1.431

1.193

1.022

250

349

3.739

2.493

1.870

1.496

1.246

1.068

   

TAXA DE APLICAÇÃO (Kg/há)

 

produto:

 

CALCÁRIO SECO

Esteira: VELOCIDADE MENOR

peso específico:

 

1560 Kg/m3

 

ABERTURA

VAZÃO

VELOC IDADE DO TRATOR (Km/h)

LARGURA

NA ESCALA

Kg/min.

ÚTIL (m)

   

4

6

8

10

12

14

15

10

62

620

413

310

248

207

177

20

80

800

533

400

320

267

229

30

92

920

613

460

368

307

263

40

114

1.140

760

570

456

380

326

50

128

1.280

853

640

512

427

366

60

152

1.520

1.013

760

608

507

434

70

168

1.680

1.120

840

672

560

480

80

194

1.940

1.293

970

776

647

554

90

212

2.120

1.413

1.060

848

707

606

100

232

2.320

1.547

1.160

928

773

663

110

264

2.329

1.553

1.165

932

776

666

17

120

296

2.612

1.741

1.306

1.045

871

746

130

316

2.788

1.859

1.394

1.115

929

797

140

336

2.965

1.976

1.482

1.186

988

847

150

356

3.141

2.094

1.571

1.256

1.047

897

160

378

3.335

2.224

1.668

1.334

1.112

953

170

403

3.556

2.371

1.778

1.422

1.185

1.016

180

428

3.776

2.518

1.888

1.511

1.259

1.079

190

448

3.953

2.635

1.976

1.581

1.318

1.129

200

480

4.235

2.824

2.118

1.694

1.412

1.210

210

542

4.782

3.188

2.391

1.913

1.594

1.366

220

600

5.294

3.529

2.647

2.118

1.765

1.513

230

652

5.753

3.835

2.876

2.301

1.918

1.644

240

711

6.274

4.182

3.137

2.509

2.091

1.792

250

782

6.900

4.600

3.450

2.760

2.300

1.971

   

TAXA DE APLICAÇÃO (Kg/há)

 

produto:

NPK 10-10-10

 

Esteira: VELOCIDADE MENOR

peso específico:

 

1070 Kg/m3

 

ABERTURA

VAZÃO

VELOC IDADE DO TRATOR (Km/h)

LARGURA

NA ESCALA

Kg/min.

ÚTIL (m)

   

4

6

8

10

12

14

22

0

30

205

136

102

82

68

58

10

43

293

195

147

117

98

84

20

52

355

236

177

142

118

101

30

62

423

282

211

169

141

121

40

73

498

332

249

199

166

142

50

86

586

391

293

235

195

168

60

106

723

482

361

289

241

206

70

126

788

525

394

315

263

225

24

80

146

913

608

456

365

304

261

90

168

1.050

700

525

420

350

300

100

196

1.225

817

613

490

408

350

110

292

1.825

1.217

913

730

608

521

120

426

2.663

1.775

1.331

1.065

888

761

   

TAXA DE APLICAÇÃO (Kg/há)

 

produto:

 

CAMA DE AVIÁRIO SECO

 

Esteira: VELOCIDADE

peso específico:

 

500 Kg/m3

 

INTERMEDIÁRIA

ABERTURA

VAZÃO

VELOC IDADE DO TRATOR (Km/h)

LARGURA

NA ESCALA

Kg/min.

ÚTIL (m)

   

4

6

8

10

12

14

8

40

92

1.725

1.150

863

690

575

493

50

116

2.175

1.450

1.088

870

725

621

60

132

2.475

1.650

1.238

990

825

707

70

144

2.700

1.800

1.350

1.080

900

771

80

168

3.150

2.100

1.575

1.260

1.050

900

90

186

3.488

2.325

1.744

1.395

1.163

996

100

200

3.750

2.500

1.875

1.500

1.250

1.071

110

224

3.360

2.240

1.680

1.344

1.120

960

10

120

240

3.600

2.400

1.800

1.440

1.200

1.029

130

260

3.900

2.600

1.950

1.560

1.300

1.114

140

288

4.320

2.880

2.160

1.728

1.440

1.234

150

312

4.680

3.120

2.340

1.872

1.560

1.337

160

346

5.190

3.460

2.595

2.076

1.730

1.483

170

370

5.550

3.700

2.775

2.220

1.850

1.586

180

390

5.850

3.900

2.925

2.340

1.950

1.671

190

422

6.330

4.220

3.165

2.532

2.110

1.809

200

450

6.750

4.500

3.375

2.700

2.250

1.929

210

478

7.170

4.780

3.585

2.868

2.390

2.049

220

500

7.500

5.000

3.750

3.000

2.500

2.143

230

548

8.220

5.480

4.110

3.288

2.740

2.349

240

592

8.880

5.920

4.440

3.552

2.960

2.537

250

658

9.870

6.580

4.935

3.948

3.290

2.820

   

TAXA DE APLICAÇÃO (Kg/há)

 

produto:

 

CAMA DE AVIÁRIO SECO

 

Esteira: VELOCIDADE

peso específico:

 

500 Kg/m3

 

MAIOR

ABERTURA

VAZÃO

VELOC IDADE DO TRATOR (Km/h)

LARGURA

NA ESCALA

Kg/min.

ÚTIL (m)

   

4

6

8

10

12

14

8

40

92

1.725

1.150

863

690

575

493

50

116

2.175

1.450

1.088

870

725

621

60

132

2.475

1.650

1.238

990

825

707

70

144

2.700

1.800

1.350

1.080

900

771

80

168

3.150

2.100

1.575

1.260

1.050

900

90

186

3.488

2.325

1.744

1.395

1.163

996

100

200

3.750

2.500

1.875

1.500

1.250

1.071

110

224

3.360

2.240

1.680

1.344

1.120

960

10

120

240

3.600

2.400

1.800

1.440

1.200

1.029

130

260

3.900

2.600

1.950

1.560

1.300

1.114

140

288

4.320

2.880

2.160

1.728

1.440

1.234

150

312

4.680

3.120

2.340

1.872

1.560

1.337

160

346

5.190

3.460

2.595

2.076

1.730

1.483

170

370

5.550

3.700

2.775

2.220

1.850

1.586

180

390

5.850

3.900

2.925

2.340

1.950

1.671

190

422

6.330

4.220

3.165

2.532

2.110

1.809

200

450

6.750

4.500

3.375

2.700

2.250

1.929

210

478

7.170

4.780

3.585

2.868

2.390

2.049

220

500

7.500

5.000

3.750

3.000

2.500

2.143

230

548

8.220

5.480

4.110

3.288

2.740

2.349

240

592

8.880

5.920