Você está na página 1de 7

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Universidade Federal Rural da Amazônia - Campus Tomé–Açu


Disciplina: Estatística - Profª: Shirlaine Moraes e Souza
Engenharia Agrícola 2018
Aluno: Benedito Quintino Demetrio Gaia

LISTA DE EXERCÍCIOS

1) Quais as vantagens e utilidades da Amostragem?


Resposta:
A amostragem oferece, com frequência, muitas vantagens sobre estudo total de
uma população, como por exemplo,
 Economia, quando o número de dados é muito grande, e além do mais a qualidade
da informação é maior;
 Custo reduzido, já que se trabalha com um número reduzido de informações;
 Ganho de tempo, pois se consegue uma informação mais rápida em menos tempo
do que quando se trabalha com toda população.

2) Série Estatística é qualquer tabela que apresenta a distribuição de um conjunto


de dados estatísticos em função da época, do local ou da espécie. Que tipo de série está
sendo apresentada na tabela 1 e na Tabela 2. Justifique sua resposta.

Tabela 1: Quantidade de alunos matriculados em escolas públicas, no 1º


bimestre de 2011, por município.

Resposta:
 Série Geográfica: é a série que apresenta como elemento variável o fator
geográfico. A época e o fato (espécie) são elementos fixos. Também é chamada
de espacial, territorial ou de localização. Na série acima, as variáveis são os
municípios pertencentes ao estado do Pará, tratando-se de localidades, que é um
fator geográfico.
Tabela 2: Quantidade de carros vendidos da ABC Veículos LTDA, no 1º
bimestre de 2011 e por cidade da filial.

Resposta:
 Série Conjugada: Também chamada de tabela de dupla entrada ou série mista. São
apropriadas à apresentação de duas ou mais séries de maneira conjugada, havendo
duas ordens de classificação: uma horizontal e outra vertical. A tabela acima
(Tabela 2) é de uma série geográfica-temporal, haja vista que tem como variáveis
as localidades de São Paulo e Rio de janeiro (por cidade da filial), bem como o 1º
bimestre de 2011 (tempo).
3) Quais são os gráficos 1 e 2, respectivamente?
Gráfico 1
Gráfico 2

Resposta:
 Gráfico 1 = Gráfico em Colunas
 Gráfico 2 = Gráfico em Barras

4) Considere os pesos ao nascer, em kg, de 10 bezerros das raças de gado Crioula e Nelore,
cujos dados estão apresentados na Tabela 01.
Tabela 01: Valores de pesos ao nascer de bezerros das raças Crioula e Nelore
Raça Pesos ao nascer em Kg
Crioula 47 51 45 50 50 52 46 49 53 51
Nelore 51 40 46 48 54 56 44 43 55 57
Calcule a média, a mediana e a moda
Respostas:
Rol:
Crioula: 45, 46, 47, 49. 50, 50, 51, 51, 52, 53; n = 10
Nelore: 40, 43, 44, 46, 48, 51, 54, 55, 56, 57; n = 10
Médias:
45+46+47+49+50+50+51+51+52+53
Média Crioula: 𝑀𝑒 = = 49,4 𝑘𝑔
10
40+43+44+46+48+51+54+55+56+57
Média Nelore: 𝑀𝑒 = = 49,4 𝑘𝑔
10

Medianas:
𝑛 10 𝑛
Números pares: 𝑝 = = = 5 e 𝑝 = 2 + 1 = 5 + 1 = 6; a mediana será obtida pela média aritmética
2 2

entre o 5º e o 6º termos.
50+50
Mediana Crioula: 𝑀𝑑 = = 50 𝑘𝑔
2
48+51
Mediana Nelore: 𝑀𝑑 = = 49,5 𝑘𝑔
2

Modas: São os valores que mais ocorrem durante a observação. Assim:


Moda Crioula: Mo = 50 e 51 (bimodal)
Moda Nelore: amodal, pois nenhuma observação ocorre mais de uma vez.
5) Para se estudar o comportamento de uma planta típica de dunas, a Hydrocotille sp, quanto ao
seu desenvolvimento, mediu-se o tamanho do pecíolo (cm), em duas áreas: seca e úmida. Selecionou-
se de cada uma dessas áreas amostras aleatórias de plantas e mediu-se o tamanho dos pecíolos. Os
dados são fornecidos na Tabela 02:
Tabela 02: Tamanho de pecíolos de Hydrocotille sp
Área úmida Área seca
13,8 14,3 14,5 15,0 15,0 15,5 15,5 15,5 7,3 7,6 7,8 7,8 8,0 8,2 8,2 8,3
15,6 15,6 15,8 15,8 15,8 15,8 16,0 16,0 8,3 8,4 8,4 8,4 8,6 8,6 8,6 8,6
16,0 16,1 16,1 16,3 16,3 16,3 16,3 16,5 9,0 9,0 9,0 9,0 9,3 9,3 9,3 9,6
16,5 16,6 16,6 16,6 16,8 16,8 16,9 17,0 9,6 9,8 9,8 10,4 10,4 10,9 10,9
17,0 17,2 17,4 11,7 11,7 12,0

Construa uma distribuição de frequência para cada uma das áreas.


a) Calcular a amplitude total, o número de Classes e a amplitude do intervalo
b) A frequência simples ou absoluta.
c) A frequência relativa.
d) As frequências acumuladas das classes.
e) Frequência relativa acumulada
f) Percentual simples.
g) Percentual acumulado.
h) Os pontos médios das classes.
i) A média
j) A mediana
k) A moda
l) Desvio Padrão
m) Variância
n) Q3, D5 e P30
o) Construa um Histograma e um Polígono de frequência.
p) Faça uma comparação entre as duas áreas.

Resposta:
Para a área úmida.
a) Calculo da amplitude total, o número de Classes e a amplitude do intervalo:
Amplitude total: ∆𝑇 = 𝑋𝑚𝑎𝑥 − 𝑋𝑚𝑖𝑛 = 17,4 − 13,8 = 3,6
Número de classes: 𝑘 = √𝑛 = √35 = 5,91 => 𝑘 = 6
∆𝑇 3,6
Amplitude do intervalo: ℎ = 𝐾 = 6 => ℎ = 0,6
De b) até h): valores preenchidos na tabela.

Tabela 02: Tamanho de pecíolos de Hydrocotille sp, em área úmida.


Tamanho fi fri Fi Fri pi Pi (%) Xi fi.Xi (Xi-Me)2.fi
(cm) (%)
13,8├14,4 2 0,1 2 0,1 10 10 14,1 28,2 8,0
14,4├15,0 1 0,0 3 0,1 0 10 14,7 14,7 2,0
15,0├15,6 5 0,1 8 0,2 10 20 15,3 76,5 3,2
15,6├16,2 11 0,3 19 0,5 30 50 15,9 174,9 0,4
16,2├16,8 9 0,3 28 0,8 30 80 16,5 148,5 1,4
16,8├┤17,4 7 0,2 35 1,0 20 100 17,1 119,7 7,0
Total = 35 1,0 - - 100 - - 562,5 22,0

562,5
i) Cálculo da média: 𝑀𝑒 = 35 => 𝑀𝑒 = 16,1
j) Cálculo da mediana (Md):
𝑛 35
Posição da mediana: 𝑝 = 2 = 2 = 17,5 => 𝑝 = 18º termo, que se encontra na 4ª classe.

𝑝 − 𝐹𝑟3 18 − 8
𝑀𝑑 = 𝑙𝑖4 + [ ] . ℎ = 15,6 + . 0,6 => 𝑀𝑑 = 16,1
𝑓4 11
k) A moda (Mo):
Classe modal: 4ª classe
(𝑓4 − 𝑓3 ) (11 − 5) 6
𝑀𝑜 = 𝑙𝑖4 + [ ] . ℎ = 15,6 + [ ] . 0,6 = 15,6 + . 0,6
2. 𝑓4 − (𝑓3 + 𝑓5 ) 2.11 − (5 + 9) 22 − 14

𝑀𝑜 = 16,1

22
l) Desvio Padrão: 𝑆 = √35 => 𝑆 = 0,8

m) Variância: 𝑆 2 = 0,82 = 0,6


n) Q3, D5 e P30
𝑞.𝑛 3.35
Cálculo do Q3: posição 𝑝 = 4 = 4 = 26,25 ≅ 26 => está na classe 5.
𝑝 − 𝐹4 26 − 19 7
𝑄3 = 𝑙𝑖5 + [ ] . ℎ = 16,2 + . 0,6 = 16,2 + . 0,6 = 16,66. . => 𝑄3 = 16,7
𝑓5 9 9
𝑞.𝑛 5.35
Cálculo do D5: 𝑝 = = = 17,5 ≅ 18º 𝑡𝑒𝑟𝑚𝑜; D5 está na 4ª classe.
10 10
𝑝−𝐹3 18−8
𝐷5 = 𝑙𝑖4 + [ ] . ℎ = 15,6 + . 0,6 = 16,14.. => D5=16,1 = mediana
𝑓4 11
𝑞.𝑛 30.35
Cálculo do P30: posição 𝑝 = 100 = = 10,5 ≅ 11 𝑡𝑒𝑟𝑚𝑜. P30 está na 4ª classe.
100
𝑝−𝐹3 11−8 3
𝑃30 = 𝑙𝑖4 + [ ] . 0,6 = 15,6 + . 0,6 = 15,6 + 11 . 0,6 = 15,76.. => P30= 15,8
𝑓4 11

Para a área seca.


a) Calculo da amplitude total, o número de Classes e a amplitude do intervalo:
Amplitude total: ∆𝑇 = 𝑋𝑚𝑎𝑥 − 𝑋𝑚𝑖𝑛 = 12,0 − 7,3 = 4,7
Número de classes: 𝑘 = √𝑛 = √34 = 5,83 => 𝑘 = 6
∆𝑇 4,7
Amplitude do intervalo: ℎ = 𝐾 = 6 => ℎ = 0,78 … => ℎ = 0,8
De b) até h): valores preenchidos na tabela.

Tabela 02: Tamanho de pecíolos de Hydrocotille sp, em área seca.


Tamanho fi fri Fi Fri pi Pi (%) Xi fi.Xi (Xi-Me)2.fi
(cm) (%)
7,3├8,1 5 0,1 5 0,1 10 10 7,7 38,5 11,2
8,1├8,9 11 0,3 16 0,4 30 40 8,5 93,5 5,4
8,9├9,7 9 0,3 25 0,7 30 70 9,3 83,7 0,1
9,7├10,5 4 0,1 29 0,8 10 80 10,1 40,4 3,2
10,5├11,3 2 0,1 31 0,9 10 90 10,9 21,8 5,8
11,3├12,1 3 0,1 34 1,0 10 100 11,7 35,1 18,8
Total = 34 1,0 - - 100 - - 313,0 44,5

313
a) Cálculo da média: 𝑀𝑒 = 34 => 𝑀𝑒 = 9,2
b) Cálculo da mediana (Md):
𝑛 34
Posição da mediana: 𝑝 = = = 17 => 𝑝 = 17º termo, que se encontra na 3ª classe.
2 2

𝑝 − 𝐹𝑟2 17 − 16
𝑀𝑑 = 𝑙𝑖3 + [ ] . ℎ = 8,9 + . 0,8 => 𝑀𝑑 = 9,0
𝑓3 9
c) A moda (Mo): Classe modal: 2ª classe
(𝑓2 − 𝑓1 ) (11 − 5) 6
𝑀𝑜 = 𝑙𝑖2 + [ ] . ℎ = 8,1 + [ ] . 0,8 = 8,1 + . 0,8
2. 𝑓2 − (𝑓1 + 𝑓3 ) 2.11 − (5 + 9) 22 − 14

𝑀𝑜 = 8,7

44,5
d) Desvio Padrão: 𝑆 = √ 34 => 𝑆 = 1,1
e) Variância: 𝑆 2 = 1,12 = 1,2
f) Q3, D5 e P30
𝑞.𝑛 3.34
Cálculo do Q3: posição 𝑝 = 4 = 4 = 26,5 ≅ 26 => está na classe 4.
𝑝 − 𝐹3 26 − 25 1
𝑄3 = 𝑙𝑖4 + [ ] . ℎ = 9,7 + . 0,8 = 9,7 + . 0,8 => 𝑄3 = 9,9
𝑓4 4 4

Cálculo do D5: Já foi visto que D5=Md, então: 𝐷5 = 9,0


𝑞.𝑛 30.34
Cálculo do P30: posição 𝑝 = 100 = = 10,2 ≅ 10º termo => 2ª classe
100
𝑝−𝐹1 10−5
𝑃30 = 𝑙𝑖2 + [ ] . ℎ = 8,1 + . 0,8 = 8,46 => 𝑃30 = 8,5
𝑓2 11
g) Construa um Histograma e um Polígono de frequência.
Gráficos desenhados em folha anexa.

h) Faça uma comparação entre as duas áreas.


Resposta:
Com relação a assimetria, pode-se afirmar que o gráfico para a área úmida é de uma curva
assimétrica negativa. Em relação à curtose, essa curva tem grau de achatamento leptocúrtico. Já
o gráfico para a área seca, tem uma curva assimétrica positiva e também tem grau de achatamento
leptocúrtico.

6) Variável é o conjunto de resultados possíveis de um fenômeno (resposta), ou ainda são as


propriedades dos elementos da população que se pretende conhecer. As variáveis: Temperatura do
solo, cor dos olhos, número de experimentos e peso dos coelhos (em Kg), respectivamente, são:
a) Variável quantitativa contínua, variável qualitativa nominal, variável quantitativa discreta e
variável quantitativa discreta.
b) Variável quantitativa contínua, variável qualitativa nominal, variável quantitativa discreta
e variável quantitativa contínua.
c) Variável qualitativa ordinal, variável qualitativa nominal, variável quantitativa discreta e variável
quantitativa contínua.
d) Variável quantitativa nominal, variável qualitativa ordinal, variável quantitativa discreta e variável
quantitativa contínua.
e) Variável qualitativa ordinal, variável quantitativa discreta, variável quantitativa discreta e variável
qualitativa contínua.
Resposta: letra b
7) De acordo com a Figura 1 abaixo marque a alternativa correta
Figura 1:

a) Assimetria Positiva, logo a 𝑋̅ = 𝑀𝑜 = 𝑀𝑑.


b) Assimetria Negativa, logo a 𝑋̅ < 𝑀𝑑 < 𝑀𝑜.
c) Assimetria Positiva, logo a 𝑀𝑜 < 𝑀𝑑 < 𝑋̅ .
d) Simétrica, logo a 𝑋̅ = 𝑀𝑜 = 𝑀𝑑.
e) Assimetria Negativa, logo a 𝑀𝑜 < 𝑀𝑑 < 𝑋̅ .
Resposta: letra c