Você está na página 1de 26

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO

SUCKOW DA FONSECA

EQUIPE ALPHA DE FÓRMULA SAE

ESTATUTO DA EQUIPE ALPHA DE FÓRMULA SAE

Rio de Janeiro

2019
1

EQUIPE ALPHA DE FÓRMULA SAE

ESTATUTO DA EQUIPE ALPHA DE FÓRMULA SAE

Documento apresentado como forma de


registrar as normas, exigências e descrições da
equipe Alpha de Fórmula SAE.

Professor Orientador: Alexandre Silva

Rio de Janeiro

2019
2

RESUMO

Este trabalho buscou apresentar as normas de trabalho e convívio da equipe,


juntamente a suas punições, caso haja descumprimento, a descrição detalhada de
cada cargo, setor e missão, visão e valores da equipe, e as exigências do Centro
Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, CEFET/RJ, e do
professor orientador em relação à equipe.

Palavras-chave: Normas. Descrição. Exigência.


3

SUMÁRIO
1. PREFÁCIO ..................................................................................................... 6

2. NORMAS E PUNIÇÕES ................................................................................ 7

2.1. DESCRIÇÃO DAS PUNIÇÕES................................................................... 7

2.1.1. ADVERTÊNCIA VERBAL .............................................................................. 7

2.1.2. ADVERTÊNCIA POR REGISTRO ..................................................................... 8

2.1.3. SUSPENSÃO .......................................................................................... 8

2.1.4. EXPULSÃO ............................................................................................ 8

2.2. NORMAS DE CONVÍVIO ............................................................................ 8

2.2.1. NORMA DE CONVÍVIO 1: NC1 – ADEQUAÇÃO À EQUIPE ................................... 8

2.2.2. NORMA DE CONVÍVIO 2: NC2 - RESPEITO .................................................... 8

2.2.3. NORMA DE CONVÍVIO 3: NC3 - HONRA........................................................ 8

2.2.4. NORMA DE CONVÍVIO 4: NC4 - HIERARQUIA ................................................. 9

2.2.5. NORMA DE CONVÍVIO 5: NC5 - LABORATÓRIO ............................................... 9

2.2.5.1. Alimentação .............................................................................. 9

2.2.5.2. Descanso e lazer ...................................................................... 9

2.2.6. NORMA DE CONVÍVIO 6: NC6 - USO DE DROGAS ......................................... 10

2.2.7. NORMA DE CONVÍVIO 7: NC7 - VESTIMENTAS ............................................. 10

2.3. NORMAS DE TRABALHO ........................................................................ 10

2.3.1. NORMA DE TRABALHO 1: NT1 – PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS..................... 11

2.3.2. NORMA DE TRABALHO 2: NT2 - COMPUTADORES ......................................... 11

2.3.2.1. Uso dos computadores ........................................................... 11

2.3.2.2. Programas relacionados às tarefas da equipe ........................ 11

2.3.2.3. Programas não relacionados às tarefas da equipe ................. 11

2.3.2.4. Arquivos pessoais ................................................................... 11

2.3.2.5. Área de trabalho...................................................................... 11

2.3.2.6. Organização das pastas ......................................................... 12


4

2.3.3. NORMA DE TRABALHO 3: NT3 - ORGANIZAÇÃO DO LABORATÓRIO..................... 12

2.3.4. NORMA DE TRABALHO 4: NT4 – INTERAÇÃO ENTRE SETORES ......................... 12

3. DESCRIÇÕES DA EQUIPE ......................................................................... 13

3.1. REQUISITOS PARA ADMISSÃO EM CARGOS NA EQUIPE .................. 13

3.1.1. INGRESSO NA EQUIPE ............................................................................. 13

3.1.2. GESTOR DA QUALIDADE .......................................................................... 13

3.1.3. PROJETISTA......................................................................................... 13

3.1.4. GERÊNCIA ........................................................................................... 13

3.1.5. DIRETORIA .......................................................................................... 14

3.1.6. CAPITANIA........................................................................................... 14

3.2. MISSÃO, VISÃO, VALORES E METAS.................................................... 14

3.2.1. MISSÃO .............................................................................................. 14

3.2.2. VISÃO ................................................................................................ 14

3.2.3. VALORES ............................................................................................ 14

3.2.4. METAS ............................................................................................... 15

3.3. SETORES ................................................................................................. 15

3.3.1. PROJETO ............................................................................................ 15

3.3.1.1. Estrutura.................................................................................. 15

3.3.1.2. Freio ........................................................................................ 15

3.3.1.3. Instrumentação e controle ....................................................... 16

3.3.1.4. Motor ....................................................................................... 16

3.3.1.5. Suspensão .............................................................................. 16

3.3.1.6. Transmissão............................................................................ 16

3.3.2. ADMINISTRATIVO ................................................................................... 16

3.3.2.1. Financeiro ............................................................................... 16

3.3.2.2. Marketing ................................................................................ 17

3.3.2.3. Gestão e Logística .................................................................. 17


5

3.4. CARGOS .................................................................................................. 17

3.4.1. CAPITÃO ............................................................................................. 17

3.4.2. DIRETOR(A) DE PROJETOS ........................................................................ 17

3.4.3. DIRETOR(A) ADMINISTRATIVO .................................................................... 18

3.4.4. DIRETOR(A) DE QUALIDADE (?) .................................................................. 18

3.4.5. GERENTE............................................................................................ 19

3.4.6. PROJETISTA......................................................................................... 19

3.4.7. GESTOR DA QUALIDADE .......................................................................... 19

3.4.8. MEMBRO ............................................................................................ 19

3.5. GRUPOS .................................................................................................. 20

3.5.1. DIRETORIA .......................................................................................... 20

3.5.2. GERÊNCIA ........................................................................................... 20

3.5.3. CONSELHO DE PROJETISTAS ..................................................................... 20

3.5.4. CONSELHO DA QUALIDADE ....................................................................... 21

4. EXIGÊNCIAS SOBRE A EQUIPE ................................................................ 22

4.1. CEFET ...................................................................................................... 22

4.2. PROFESSOR(A) ORIENADOR(A) ........................................................... 22

5. VERSÕES .................................................................................................... 23

5.1. VERSÃO 1 ................................................................................................ 23

5.2. VERSÃO 2 ................................................................................................ 23


6

1 PREFÁCIO

Nós, integrantes da equipe Alpha de Fórmula SAE, com o objetivo de garantir


o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o
desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma equipe
fraterna, pluralista e sem preconceitos, e para oficializar e registrar formalmente e
detalhadamente as normas e as descrições da equipe e as exigências sobre esta,
confeccionamos este estatuto.
7

2 NORMAS E PUNIÇÕES

As normas da equipe Alpha de Fórmula SAE são divididas em dois conjuntos:


de convívío e de trabalho.
As normas de convívio da equipe baseiam-se no artigo 5º da Constituição
Federal Brasileira, afirmando que “todos são iguais perante a lei, sem distinção de
qualquer natureza”.
As normas de trabalho tem o objetivo de apresentar de maneira objetiva e
sucinta as formas adequadas de trabalhar no laboratório da equipe Alpha de Fórmula
SAE, visando a segurança dos membros.
Caso ocorra alguma infração das normas, o fato deverá ser levado ao
conhecimento do professor(a) orientador(a) para que este aplique as punições
cabíveis, baseadas neste documento, podendo ser advertência verbal ou escrita,
suspensão, podendo chegar à exclusão da equipe.
Os líderes (capitão, diretores e gerentes) também podem aplicar advertências
aos demais integrantes, obedecendo a hierarquia, fatos estes que serão informados
ao professor(a) orientador(a) para que o mesmo tome ciência e valide a punição.
As advertências devem ser registradas em um documento recomendado pela
diretoria. A advertência possui validade de um ano. Ao acumular 2 advertências por
registro, o integrante será encaminhado ao professor para que este decida o futuro do
membro na equipe. Ao alcançar a terceira, o membro é expulso automaticamente.
O descumprimento de quaisquer normas e tarefas deve ser analisado
juntamente ao professor, são recomendadas algumas punições, entretanto pode
haver atenuantes e agravantes que devam ser avaliados.

2.1 DESCRIÇÃO DAS PUNIÇÕES

2.1.1 ADVERTÊNCIA VERBAL


O integrante será comunicado verbalmente sobre o ocorrido e deverá assinar
o termo de ciência de punição. Esta advertência deve ser usada como forma de alertar
o membro da equipe do não cumprimento das normas e/ou tarefas, buscando uma
forma mais pacífica de coerção, sendo responsabilidade de seus superiores na
hierarquia auxiliá-lo para que este fato não se ocorra novamente.
8

2.1.2 ADVERTÊNCIA POR REGISTRO


Será registrado na planilha de “Advertências e Gratificações” e o integrante
deverá assinar o termo de ciência. Isso acarretará em algumas perdas de benefícios
quanto ao uso do laboratório.

2.1.3 SUSPENSÃO
O integrante deverá se ausentar temporariamente de suas funções, em que o
professor orientador avaliará quando esse estará apto a voltará com suas atividades
normais.

2.1.4 EXPULSÃO
O integrante é desligado completamente da extensão, sendo proibida seu
reingresso por quaisquer meios externos ao processo seletivo, ficando proibido de
participar deste por um período de um ano, ficando a cargo do(a) professor(a)
orientador(a) decidir se o membro pode participar de processos seletivos após o prazo
expirar.

2.2 NORMAS DE CONVÍVIO

2.2.1 NORMA DE CONVÍVIO 1: NC1 – ADEQUAÇÃO À EQUIPE


Todos os integrantes, alunos e professor(a) orientador(a), devem se adequar à
missão, à visão e aos valores da equipe Alpha de Fórmula SAE.
Punição recomendada: Advertência por registro.

2.2.2 NORMA DE CONVÍVIO 2: NC2 - RESPEITO


Deve-se manter o respeito com todos os integrantes da equipe e com qualquer
funcionário e aluno do CEFET/RJ.
Punição recomendada: Suspensão ou expulsão.

2.2.3 NORMA DE CONVÍVIO 3: NC3 - HONRA


Deve-se honrar a integridade da pessoa, suas opiniões e seus
posicionamentos.
Punição recomendada: Suspensão ou expulsão.
9

2.2.4 NORMA DE CONVÍVIO 4: NC4 - HIERARQUIA


A hierarquia dentro da equipe deve ser obedecida e respeitada.
Graus de hierarquia:
1. Professor(a) orientador(a);
2. Capitão;
3. Diretores (administrativo, de projeto e da qualidade);
4. Gerentes, projetista e gestor da qualidade.
5. Membro.
Sabendo que membros se reportam ao gerente; o gerente, projetista e gestor
da qualidade se reportam aos seus respectivos diretores, na ausência do diretor de
sua área, devem se reportar a qualquer diretor; o diretor se reporta ao capitão; e o
capitão se reporta ao professor orientador. Para comunicações entre setores, deve se
reportar ao gerente da área.
Punição recomendada: O caso deve ser avaliado, podendo ser levar até
suspensão ou expulsão.

2.2.5 NORMA DE CONVÍVIO 5: NC5 - LABORATÓRIO


O laboratório deverá ser usado, preferencialmente, para a execução de tarefas
referentes a equipe, contudo, pode-se utilizá-lo, também, para alimentação, descanso
e lazer, desde que não atrapalhe o trabalho de outros.
Punição recomendada: Perda do direito de usar o laboratório para fins pessoais
e advertência por registro.

2.2.5.1 Alimentação
Para utilizar o espaço do laboratório para alimentação, deve-se atentar a
organização e a limpeza do local, os lixos orgânicos e úmidos não podem ser
descartados na lixeira do laboratório. A diretoria deve informar a todos os integrantes
o local adequado que se possa usar. É permitido o uso do micro-ondas e da cafeteira,
desde que não seja alterada sua organização e sejam limpos ao final do uso.

2.2.5.2 Descanso e lazer


O espaço do laboratório é liberado para descanso e lazer de qualquer membro
da equipe que não possua nenhum histórico de punições, desde que seja respeitado
10

o ambiente, mantendo-se a organização e não atrapalhando o trabalho dos demais


integrantes.
Entende-se como lazer o uso do espaço do laboratório para atividades não
relacionadas à equipe, como assistir séries e filmes, conversar e jogar, sendo imposta
algumas restrições sobre os jogos em comum acordo com a equipe.

2.2.6 NORMA DE CONVÍVIO 6: NC6 - USO DE DROGAS


Não será permitido a entrada e/ou permanência de membros fumando,
alcoolizados ou sobre efeito de entorpecentes em reuniões ou instalações da equipe.
Punição recomendada: Suspensão ou expulsão.

2.2.7 NORMA DE CONVÍVIO 7: NC7 - VESTIMENTAS


Os membros deverão estar trajados de forma condizente com a situação que
se encontram, incluindo o uso de equipamentos de proteção pessoal.
Punição recomendada: Advertência por registro.

2.2.8 NORMA DE CONVÍVIO 8: NC8 - Visitantes


Qualquer pessoa pode entrar no laboratório da equipe Alpha de Fórmula SAE,
desde que seja obedecidas as normas de convívio e que a pessoa não tenha algum
histórico que possa trazer malefícios à equipe. Visitantes NÃO podem utilizar os
pertences da equipe sem autorização da diretoria e/ou do professor(a) orientador(a) e
sem supervisão de algum integrante experiente.
Punição recomendada ao visitante: perda do direito de entrar no laboratório da
Alpha por tempo decidido pela diretoria junto ao professor(a) orientador(a).
Punição recomendada ao membro que permitiu a entrada do visitante sem
autorização: advertência por registro.
Punição recomendada ao membro que não supervisionou o visitante:
advertência por registro.
Punição recomendada ao membro que permitiu a entrada do visitante sem
autorização e não supervisionou o visitante: suspensão e advertência por
registro.

2.3 NORMAS DE TRABALHO


11

2.3.1 NORMA DE TRABALHO 1: NT1 – PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS


Para usar qualquer equipamento e/ou ferramenta, deve-se seguir o seu
procedimento operacional, que constará os equipamentos de proteção que devem ser
usados; a forma correta de uso; as precauções quanto ao uso; o local da ferramenta,
que após o uso, deve ser guardada no mesmo lugar; e o código da ferramenta ou
equipamento.
Punição recomendada: Advertência por registro ou, caso acarrete danos a
terceiros ou o laboratório, expulsão.

2.3.2 NORMA DE TRABALHO 2: NT2 - COMPUTADORES


Punição recomendada: Perda do direito de uso dos computadores para uso
pessoal e advertência por registro.

2.3.2.1 Uso dos computadores


Os computadores devem ser usados, preferencialmente, para trabalho. Todos
os membros têm direito a usar os computadores para fins pessoais, desde que não
possuem histórico de punições.

2.3.2.2 Programas relacionados às tarefas da equipe


Qualquer membro tem total liberdade para instalar programas relacionados a
suas tarefas na equipe, entretanto, deve ser informado à diretoria, antes de baixar o
programa.

2.3.2.3 Programas não relacionados às tarefas da equipe


Somente pessoas autorizadas pela diretoria podem baixar arquivos não
relacionados à equipe.

2.3.2.4 Arquivos pessoais


Todos os integrantes da equipe, que não possuam histórico de punições,
podem baixar arquivos pessoais no computador da equipe, porém devem ser
apagados ao final do uso.

2.3.2.5 Área de trabalho


A área de trabalho dos computadores só pode ser alterada pela diretoria.
12

2.3.2.6 Organização das pastas


Todos os arquivos e pastas devem ser guardados nas pastas indicadas pela
diretoria e gerência, sendo inadmissível o descumprimento dessa norma.

2.3.2.7 Uso de periféricos


Em hipótese nenhuma, pode-se utilizar quaisquer periféricos no computador da
equipe sem autorização e aprovação da diretoria.

2.3.3 NORMA DE TRABALHO 3: NT3 - ORGANIZAÇÃO DO LABORATÓRIO


É de obrigação de todos os integrantes da equipe Alpha de Fórmula SAE
manter organizada, mantendo cada item em seu devido lugar após uso, e limpa o
laboratório, respeitando a organização informada pela diretoria.
Punição recomendada: O caso deve ser analisado, podendo acarretar até uma
suspensão.

2.3.4 NORMA DE TRABALHO 4: NT4 – INTERAÇÃO ENTRE SETORES


Para expressar quaisquer opiniões, sugestões ou queixas referentes a alguma
área, deve-se reportar diretamente ao responsável por esta, em que, no caso de um
setor, deve-se reportar diretamente ao gerente, e no caso de uma diretoria, deve-se
reportar diretamente ao diretor da área. Caso seja necessário expor algo à capitania,
deve-se marcar uma reunião entre as partes.
Para quaisquer opiniões, sugestões e queixas, deve-se apresentar o
embasamento do fato, que será arquivado e analisado por quem se é dirigido a
opinião, sugestão ou queixa. Caso não haja fundamento no que for exposto, cabe à
gerência, diretoria e/ou capitania decidir se é válido analisar o fato.
É inadmissível o descumprimento desta norma.
Punição recomendada: O caso deve ser analisado, podendo acarretar até uma
suspensão, caso gere mal-estar entre integrantes da equipe.
13

3 DESCRIÇÕES DA EQUIPE

3.1 REQUISITOS PARA ADMISSÃO EM CARGOS NA EQUIPE


Para o ingresso em quaisquer cargos, deve haver aprovação, obrigatoriamente,
do professor(a) orientador(a), da diretoria e da gerência. É recomendado a abertura
de uma votação entre todos os integrantes para saber a opinião de toda a equipe,
sendo obrigatório a participação dos integrantes supracitados.

3.1.1 INGRESSO NA EQUIPE


Para o ingresso na equipe Alpha de Fórmula SAE, deve-se estar devidamente
matriculado no Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca,
não pode possuir históricos que possam ser danosos à equipe, deve ser aprovado no
processo seletivo e estar de acordo com a missão, visão e valores da equipe.

3.1.2 GESTOR DA QUALIDADE


 Conhecimento intermedário de Word, Excel e PowerPoint;
 Conhecimento básico em softwares de desenho, preferencialmente
SolidWorks;
 Estar familiarizado com os projetos desenvolvidos pelos setores.

3.1.3 PROJETISTA
 Conhecimento intermediário em SolidWorks, Word e Excel;
 Estar familiarizado com os projetos desenvolvidos pelos setores.

3.1.4 GERÊNCIA
 Conhecimento avançado em Word e PowerPoint;
 Conhecimento intermediário em Excel e softwares de desenho,
preferencialmente SolidWorks;
 Estar familiarizado com os projetos desenvolvidos pelos setores;
 Aptidão à gestão;
 Experiência de, no mínimo, seis meses como membro.
14

3.1.5 DIRETORIA
 Conhecimento avançado em Excel, Word, PowerPoint e SolidWorks;
 Para assumir cargo de projeto, deve ter experiências prévias como
projetista;
 Para assumir cargo administrativo, deve ter experiências prévias como
gerente;
 Para assumir cargo de qualidade, deve ter experiências prévias como
gestor da qualidade;
 Experiência de, no mínimo, um ano de equipe.

3.1.6 CAPITANIA
 Conhecimento avançado em Excel, Word, PowerPoint e SolidWorks;
 Ter experiência de, no mínimo, um ano de equipe.

3.2 MISSÃO, VISÃO, VALORES E METAS

3.2.1 MISSÃO
A missão da equipe Alpha de Fórmula SAE é estimular o crescimento pessoal
e profissional dos alunos através de um aprendizado diferenciado, de modo a formar
profissionais de excelência para a sociedade, e projetar e construir um protótipo
seguindo as normas da competição, sempre seguindo a premissa da confiabilidade e
baixo custo.

3.2.2 VISÃO
A visão da equipe Alpha de Fórmula SAE é estar sempre se atualizando,
buscando novos conhecimentos para se tornar mais competitivo e desta forma, virar
referência nacional entre as equipes de Fórmula SAE do Brasil.

3.2.3 VALORES
Os valores da equipe Alpha de Fórmula SAE são:
 Trabalho em equipe;
 Inovação;
 Amor à Alpha.
15

3.2.4 METAS
As metas devem ser estipuladas a cada ciclo, sendo recomendado serem
traçadas a cada ano, de modo a cada ciclo, se aproximar da visão da equipe, tendo
como base a missão da equipe e agindo de acordo com os valores da equipe.
Cada grupo e setor da equipe deve ter suas próprias metas, que devem se
basear nas gerais, estipuladas pela diretoria.

3.3 SETORES
É de extrema obrigação que todos os setores trabalhem em conjunto para que
seja evitado problemas de compatibilidade e evitar quaisquer outros problemas por
falta de comunicação.
Todas as informações referente aos trabalhos dos setores devem ser
registrados nos documentos indicados pela diretoria.
A equipe é divida em dois grupos de setores: administrativo, composto por
marketing, financeiro e gestão e logística, e projetos, englobando estrutura, freio,
instrumentação e controle, motor, suspensão e transmissão.

3.3.1 PROJETO

3.3.1.1 Estrutura
O setor de estrutura é responsável pela construção do chassi, o design do carro
e a carenagem, considerando as regras da SAE Brasil e a identidade da equipe Alpha.
O setor também é o responsável pela segurança do piloto, como a construção da
firewall, atenuador de impacto, banco do piloto, posicionamento do cinto, encosto de
cabeça, carenagem lateral, proteção da cremalera, e outros itens informados nas
regras da SAE Brasil, e o jacking point, que é utilizado para empurrar o carro durante
a competição.

3.3.1.2 Freio
O setor de freio é responsável por projetar todo o sistema de freio, desde a
caixa de pedais, incluindo a embreagem e o acelerador, até às linhas de freio, e pela
ergonomia do piloto.
16

3.3.1.3 Instrumentação e controle


O setor de instrumentação e controle é responsável por toda a parte eletrônica
do carro, devendo confeccionar o chicote elétrico, programar a injeção eletrônica,
dimensionar a bateria, projetar o painel e desenvolver novos projetos de eletrônica
com objetivo de aumentar a pontuação da equipe na competição.

3.3.1.4 Motor
O setor de motor tem como principal objetivo alcançar, dentro das normas da
SAE, a melhor eficiência e autonomia de um motor a combustão interna, projetando
tudo o que for necessário, como a admissão, a exaustão, o sistema de arrefecimento
e a linha de combustível, além de fornecer os dados exigidos pelo setor de
instrumentação e controle para realização de suas tarefas.

3.3.1.5 Suspensão
O setor de suspensão é responsável por atenuar as descontinuidades da pista,
sendo capaz de absorver as forças geradas pelas irregularidades da pista de uma
maneira que minimize a transmissão desses esforços para o chassi, manter o contato
dos pneus com o solo, otimizar a estabilidade e controle do carro, confeccionar a
direção do carro, bem como o volante e caixa e braços de direção.

3.3.1.6 Transmissão
O sistema de transmissão é responsável por transmitir o torque produzido pelo
motor para as rodas, controlar a velocidade do veículo e permitir que o mesmo faça
curvas em movimento.

3.3.2 ADMINISTRATIVO
Os setores de marketing e financeiro devem analisar em conjunto o custo do
carro e estudar formas para se conseguir esse dinheiro, seja por rifas, por bolsas
interna ou externa, patrocínio ou apoio.

3.3.2.1 Financeiro
O setor financeiro é responsável por toda a movimentação monetária da
equipe, pela lista de compras para a equipe e para o CEFET e por informar aos
membros a situação financeira da equipe.
17

3.3.2.2 Marketing
O Marketing é responsável pela imagem da equipe externamente, controlando
as páginas nas redes sociais, conversando com os patrocinadores e apoiadores e
confeccionando a bandeira e a paleta de cores da equipe, e internamente, expondo a
equipe para o CEFET, buscando adesão de funcionários e alunos, pela busca de
patrocinadores e apoiadores, baseado nas necessidades da equipe, e por
confeccionar a arte dos itens a serem vendidos pela equipe, como blusas, bonés e
quaisquer artigos que possam trazer benefícios à equipe.

3.3.2.3 Gestão e Logística


O setor de gestão e logística é responsável por cuidar da gestão de pessoas e
recursos da equipe, englobando o processo de admissão, suspensão e expulsão,
registro de punições e gratificações, atualização e manutenção da base de dados de
membros e ex-membros, atualização e manutenção do inventário da equipe,
utilizando o documento informado pela diretoria e , por confeccionar os memorandos,
baseado nas necessidades da equipe , e por preparar tudo que for necessário para a
competição, como: estadia, alimentação, ferramentas, kit de primeiros socorros e
quaisquer outras coisas que a equipe precise.

3.4 CARGOS

3.4.1 CAPITÃO
 Representar a equipe Alpha de Fórmula SAE dentro do CEFET/RJ e em
assuntos externos;
 Fiscalizar o cumprimento das tarefas dos diretores;
 Estudar e implementar modelos de gestão;
 Auxiliar os diretores na execução de suas tarefas;
 Manter os integrantes da equipe motivados para exercem suas tarefas;
 Compõe a diretoria da equipe.

3.4.2 DIRETOR(A) DE PROJETOS


 Estudar e implementar modelos de gestão de projetos;
18

 Fiscalizar o cumprimento das tarefas dos gerentes de projeto;


 Auxiliar os projetistas na execução de suas tarefas, baseando nas regras
da Fórmula SAE;
 Manter os gerentes de projeto motivados para exercerem suas tarefas;
 Armazenar e gerir os arquivos referentes a:
o Modelagens em programas;
o Cálculos de projeto;
o Ensaios para o projeto;
o Relatórios da Fórmula SAE.
 Compõe a diretoria da equipe.

3.4.3 DIRETOR(A) ADMINISTRATIVO


 Estudar e implementar modelos de gestão;
 Fiscalizar o cumprimento das tarefas dos gerentes;
 Auxiliar os gerentes na execução de suas tarefas;
 Manter os gerentes motivados para exercerem suas tarefas;
 Armazenar e gerir os arquivos referentes a:
o Planilha de carga horária;
o Advertências e gratificações;
o Atas de reunião;
o Base de dados de membros e ex-membros;
o Modelos de arquivos;
o Procedimentos operacionais.
 Compõe a diretoria da equipe.

3.4.4 DIRETOR(A) DE QUALIDADE (?)


 Estudar e implementar modelos de gestão da qualidade;
 Registrar as regras da Fórmula SAE em um documento, juntamente aos
gestores da qualidade;
 Analisar se o projeto está de acordo com as regras da Fórmula SAE;
 Auxiliar os gestores da qualidade o cumprimento de suas tarefas.
 Manter os gestores da qualidade motivados a exercerem suas tarefas;
 Compõe a diretoria.
19

3.4.5 GERENTE
 Idealizar as metas e objetivos para o setor;
 Propor melhorias;
 Estipular prazos;
 Designar tarefas;
 Auxiliar os integrantes do setor na execução de suas atividades;
 Promover a integração do setor com os demais da equipe;
 Organizar os horários de trabalho do setor;
 Liderar o setor.

3.4.6 PROJETISTA
 Idealizar e projetar novos projetos para o setor;
 Detalhar tudo que for necessário para o projeto;
 Buscar melhorias para os projetos atuais.

3.4.7 GESTOR DA QUALIDADE


 Pesquisar a viabilidade dos projetos propostos, caso não seja viável,
detalhar o que pode ser substituído e como deve ser feito;
 Propor melhorias para os projetos já implementados;
 Pesquisar e implementar pelo menos um indicador de qualidade;
 Organização física dos locais;
 Conferir se os métodos de gestão estão sendo aplicados, similar ao Scrum
Master no método Scrum;
 Verificar se os processos executados pela equipe se enquadram na
qualidade estipulada pela diretoria.

3.4.8 MEMBRO
 Auxiliar os integrantes do setor a realizarem suas tarefas;
 Propor melhorias para os processos;
 Fazer as tarefas teóricas e práticas.
20

3.5 GRUPOS
Os cargos na equipe serão divididos em grupos para que as decisões
referentes ao andamento da equipe e do projeto sejam pensadas e analisadas.

3.5.1 DIRETORIA
A diretoria é responsável por formular a base da equipe, propondo modelos de
gestão e documentos, capacitando os gerentes no exercício de suas funções,
modelando as metas da equipe que serão utilizadas de base pelos demais grupos e
setores e estipulando os primeiros prazos para o início dos projetos, e por criar o
primeiro escopo da missão, visão e valores da equipe, que será discutido com a
gerência.
O principal objetivo da diretoria é alinhar o pensamento da equipe, de acordo
com a missão, visão e valores já predefinidos, e motivar a equipe para que os objetivos
sejam alcançados.

3.5.2 GERÊNCIA
A gerência é composta por dois subgrupos: projeto e administração.
A gerência de projetos é a responsável pela confecção do protótipo da equipe
Alpha de Fórmula SAE.
A gerência administrativa deve trabalhar em prol dos setores de projeto, de
modo a suprir suas necessidades de pessoal e de recursos para o projeto.
Os dois subgrupos da gerência devem trabalhar constantemente em conjunto
de modo a evitar problemas de comunicação e compatibilidade de projetos, sendo
completamente inaceitáveis erros desses tipos, e em prol da equipe, de modo a
beneficiar ao máximo a equipe.
A gerência deve-se basear nas metas e prazos propostos pela diretoria para
traçar o cronograma, definir a organização interna e as metas dos setores, de modo a
atingir os objetivos da equipe.

3.5.3 CONSELHO DE PROJETISTAS


O conselho de projetistas é composto por todos os membros projetistas e é
responsável pela idealização do protótipo da equipe Alpha de Fórmula SAE e pela
confecção do projeto, baseado nas exigências impostas pela diretoria e gerência.
21

3.5.4 CONSELHO DA QUALIDADE


O conselho da qualidade da equipe é composto por todos os membros gestores
da qualidade e é responsável por definir o indicador de qualidade que será usado pela
equipe e implementá-lo, além de avaliar os projetos em andamento e conferir o
enquadramento na regra e a compatibilidade dos mesmos.
22

4 EXIGÊNCIAS SOBRE A EQUIPE

4.1 CEFET

4.2 PROFESSOR(A) ORIENADOR(A)


23

5 VERSÕES
Deve ser informado todas as alterações, quem alterou e cargo e quando
alterou.

5.1 VERSÃO 1
Apresentada na reunião geral RG1.19. Possui as primeiras ideias a cerca do
estatuto da equipe Alpha de Fórmula SAE.

5.2 VERSÃO 2
Alterado por Bruno Mello Silveira, capitão, em 04/04/2019.
Alterações:
 Acréscimo de uma norma de trabalho – NT4: interação entre setores.
 Acréscimo de uma punição, referente a NT4.
 Oficializa a advertência verbal.
 Adicionada explicações acerca das punições.
 Abolido o uso do nome strike para as advertências por escrito.
 Abolido o uso do nome “oficina” para se referir ao espaço da equipe Alpha
de Fórmula SAE, sendo utilizado a nomenclatura de “laboratório”.

5.3 VERSÃO 3
Alterado por Bruno Mello Silveira, acpitão, em 25/04/2019
Alterações:
 Correções gramaticais encontradas pelos integrantes da equipe;
 Acréscimo na NC4: “na ausência do diretor de sua área, os gerentes devem
se reportar a qualquer diretor”;
 Unificação das normas e punições em um único capítulo;
 Formatação do documento para que as numerações sejam automáticas;
 Acréscimo de uma norma de convívio – NT8: visitantes;
 Alteração da função do gerente:
o “Auxiliar os membros na execução de suas atividades” – antes.
o “Auxiliar os integrantes do setor na execução de suas atividades”.
– depois.
 Acréscimo da função do gerente: “Liderar o setor”;
24

 Alteração da função do membro:


o “Auxiliar o gerente do setor a realizar suas tarefas” – antes.
o “Auxiliar os integrantes do setor a realizarem suas tarefas” -
depois.
 Alteração do tópico 3.5.2 Gerência:
o “Os dois subgrupos da gerência devem trabalhar constantemente
em conjunto de modo a evitar problemas de comunicação e
compatibilidade de projetos, sendo completamente inaceitáveis
erros de projeto desses tipos” – antes
o “Os dois subgrupos da gerência devem trabalhar constantemente
em conjunto de modo a evitar problemas de comunicação e
compatibilidade de projetos, sendo completamente inaceitáveis
erros desses tipos, e em prol da equipe, de modo a beneficiar ao
máximo a equipe.” – depois.
 Acréscimo na função do gestor da qualidade “Verificar se os processos
executados pela equipe se enquadram na qualidade estipulada pela
diretoria”;
 Alteração do tópico 2.3.2.4: Arquivos pessoais:
o “Não pode haver arquivos pessoais nos computadores da equipe”
- antes
o “Todos os integrantes da equipe, que não possuam histórico de
punições, podem baixar arquivos pessoais no computador da
equipe, porém devem ser apagados ao final do uso.” - depois
 Acréscimo do tópico 2.3.2.7: Uso de periféricos;
 Alteração do tópico 3.2.4: Metas:
o “Deve-se baseá-las na missão, visão e valores da equipe,
buscando, a cada ciclo, se aproximar da visão da equipe, tendo
como base a missão da equipe e agindo de acordo com os
valores da equipe.” – antes.
o “As metas devem ser estipuladas a cada ciclo, sendo
recomendado serem traçadas a cada ano, de modo a cada ciclo,
se aproximar da visão da equipe, tendo como base a missão da
equipe e agindo de acordo com os valores da equipe.” – depois.
25

 Acréscimo no tópico 3.1: Cargos:


o “É recomendado a abertura de uma votação entre todos os
integrantes para saber a opinião de toda a equipe, sendo
obrigatório a participação dos integrantes supracitados.”