Você está na página 1de 4

GERENCIAMENTO DE COLETA DE LIXO

TRASH COLLECTION MANAGEMENT

Mateus Guarezi PortonI


Madelon Rebelo PetersII

Resumo: O gerenciamento de coleta de lixo ou resíduos é o conjunto de ações exercidas, direta


ou indiretamente, nas etapas de coleta, transporte, transbordo, tratamento e destinação final
ambientalmente adequada dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos
rejeitos.

Palavras-chave: Lixo. Resíduos. Gerenciamento.

Abstract: Waste or trash collection management is the set of actions performed, directly or
indirectly, in the stages of collection, transportation, transhipment, treatment and final disposal
of solid waste and environmentally appropriate disposal of waste

Keywords: Trash. Waste. Management.

1 INTRODUÇÃO

Existem planos de resíduos sólidos, como por exemplo: o plano nacional, plano
estadual, microrregionais, intermunicipais e municipais. No plano nacional fica a cargo do
Ministério do Meio Ambiente, onde a união elabora o plano com vigência por prazo
indeterminado e horizonte de 20 anos, sendo atualizado a cada 4 anos. Nesse artigo irei focar
no plano do Estado de Santa Catarina e na coleta de lixo do município de Tubarão-SC

I
Acadêmico do curso Engenharia Civil da Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul. E-mail:
mateusporton@gmail.com.
II
Mestre em Engenharia Ambiental – Universidade Federal de Santa Catarina. Professor (a) Titular na
Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL.
2 GERENCIAMENTO DA COLETA DE LIXO EM SANTA CATARINA

Em SC, os resíduos sólidos urbanos na sua maioria são acondicionados a sacos plásticos
de supermercados ou especiais para resíduos, sendo que estes ficam dispostos em lixeiras
abertas ou fechadas, no passeio ou contentores até o momento da coleta em dia e horário pré-
estabelecido pelas prefeituras municipais. Ocorre ainda, em menor escala, o uso de contêiner,
que pode ser diferenciada para resíduos recicláveis e orgânicos, ou indiferenciada (um único
contêiner para todos os resíduos).

3 GERECIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS EM SANTA CATARINA

A coleta e transporte são de responsabilidade do titular dos serviços (prefeitura


municipal) e podem ser efetuados pelo órgão municipal encarregado da limpeza urbana, com
infraestrutura e recursos próprios, ou por serviços terceirizados. Em SC ocorrem dois tipos de
coletas de RSU (Resíduos Sólidos Urbanos): Convencional (indiferenciada, coletadas no
mesmo veículo) e a coleta Seletiva (diferenciada, as coletas dos resíduos orgânicos/rejeitos e
secos são feitos de maneira separada, com segregação prévia pela população).
Em SC ao menos 68 municípios, 23,05% do total do estado encaminham seus resíduos
sólidos urbanos para a estação de transbordo antes de dispor em aterro sanitário. Os tipos de
tratamento adotados pelas administrações municipais para os resíduos sólidos urbanos são a
compostagem de resíduos orgânicos e o beneficiamento e reciclagem de materiais secos
recicláveis.
Conforme levantamento realizado, 100% dos municípios catarinenses destinam seus
RSU para aterros sanitários. Existem atualmente 34 aterros sanitários em SC que recebem os
resíduos sólidos urbanos dos 295 municípios do estado. Sendo que 79,41% dos aterros são
operados por empresas privadas; 17,64% pelo município e 2,95% por associação de catadores.

4 GERAÇÃO DE RESÍDUO SÓLIDO NO ESTADO

Em âmbito estadual, a quantidade total de RSU coletada é da ordem de 1.723.115,36


ton/ano, sendo 94,14% derivados da coleta convencional e 5,86% da coleta seletiva.
5 RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

A disposição inadequada dos Resíduos da Construção Civil sempre foi um dos grandes
fatores de degradação do espaço urbano, causando poluição visual e danos ao meio ambiente e
à saúde pública. Em 2002 o Governo Federal sancionou a resolução do CONAMA n° 307, que
disciplinou a gestão dos RCC, estabelecendo diretrizes, critérios e ações para minimizar os
impactos. Em Tubarão, possui URCA – USINA DE RECUPERAÇÃO DE DESCARTADOS
CIDADE AZUL LTDA. É uma das quatro unidades de reciclagem de resíduos da construção
civil do estado. Também possui 22 aterros de Resíduos da Construção Civil em SC.

6 GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO MUNICÍPIO DE TUBARÃO

A LEI N° 4616, DE 16/12/2016 – Esta lei institui a Politica Municipal de Gestão


Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), estabelece as diretrizes, a universalização do acesso
aos serviços de limpeza urbana e resíduos sólidos do Município, dispões sobre seus princípios
e objetivos, bem como define as responsabilidades dos geradores e do Poder Público e sobre os
instrumentos econômicos aplicáveis.

7 COLETA DE LIXO EM TUBARÃO

Figura 1 – Modelagem de coleta de lixo

Fonte: Elaboração do autor , 2019

Em Tubarão/SC, os bairros recebem a coleta de lixo e a coleta de lixo seletivo. O serviço


é realizado por meio da empresa Racli Limpeza Urbana LTDA. A Racli faz a coleta e o
transporte de lixo domiciliar urbano e também a coleta e o transporte de resíduos recicláveis.
A coleta do lixo comum e do reciclável são realizadas de porta em porta através de
cronograma de coleta em dias alternados, atendendo aproximadamente 95% da cidade. Na área
rural a coleta é realizada uma vez por mês, sempre no primeiro dia de cada mês.
Os resíduos comuns são destinados ao aterro sanitário da Serrana Engenharia, localizada
na cidade de Pescaria Brava/SC. Os resíduos recicláveis são destinados ao centro de triagem da
empresa Louber LTDA.
A quantidade média mensal de lixo comum é de 2100 toneladas. A quantidade média
mensal de lixo reciclável é de 60 toneladas. Todos os resíduos comuns são coletados com
caminhões compactadores, com capacidade de 11 toneladas. Os recicláveis são coletados com
caminhões baús, com capacidade de 4000kg.

7 CONSIDERAÇÕES FINAIS

O descarte inadequado dos Resíduos e lixo sempre foi um dos grandes fatores de
degradação do espaço urbano, causando danos ao meio ambiente e a saúde da população,
através resolução do CONANMA nº 307 o governo federal estabeleceu diretrizes para
minimizar os impactos. Hoje no estado de Santa Catarina temos quatro unidade de reciclagem
para resíduos da construção do civil e uma encontra-se em Tubarão, onde temos a lei nº 4616
de 16 de dezembro de 2016, onde estabelece diretrizes para limpeza urbana. A coleta de lixo
comum e seletivo em tubarão é atendida em quase 95% da cidade, um percentual que só não é
ótimo, pois ótimo seria 100%.

REFERÊNCIAS

LEI Nº 4616, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2016. Estabelece a Política Municipal de Gestão


Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS) do Município de Tubarão/SC e dá outras
providências. Julho 2019.

PLANO ESTADUAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE SANTA CATARINA. Estudo de


Regionalização da gestão integrada de resíduos sólidos do estado de Santa Catarina. Julho
2019.