Você está na página 1de 38

Multimédia

introdução
Multi . média
Múltiplos media:
Texto, imagem, som, animação, vídeo,
gráficos.
Conceitos gerais:
Multimédia / Hipertexto / Hipermédia
/ Texto / Vídeo / Áudio
/ Animação / Interface / Interacção
Multimédia:
É uma tecnologia digital de comunicação, constituída
por uma soma de hardware e software, com o
objectivo de humanizar a máquina.

Integra múltiplos meios através do computador: som,


vídeo, gráficos, etc. e propicia a interacção dos
utilizadores com as aplicações.
Características:
1 Integração
Texto / Gráficos / Imagem / Animação
/ Vídeo / Som.
2 Digitalização.
3 Interactividade.
1
A integração e diversas tecnologias: de
expressão, comunicação, informação,
sistematização e documentação dá lugar à
tecnologia multimédia.
2
A digitalização, converte os dados analógicos em
impulsos simples que correspondem ao uso de um
código simples de dois números: 0, 1.
3
A interactividade, nasceu e desenvolveu-se com
os jogos de vídeo, o que permite que o utilizador se
relacione com um produto de forma não linear, que
possa gerir o tempo, fazer comentários, responder
ou formular questões.
Os media são apresentados sob forma digital.
A informação é codificada por meio de dígitos
binários ou bits. Os bits distinguem-se entre si
dado que a natureza da sua apresentação varia.
A informação áudio é interpretada como som e
são enviados para dispositivos de saída de áudio. O
mesmo se passa relativamente à imagem, ou ao
texto.
Em formato digital é possível separar os vários
media.
Por exemplo é possível trabalhar isoladamente som
e imagem, no que concerne ao vídeo digital;
Os vários media são integrados e podem ser
apresentados numa interface unificada.
Podem também ser manipulados por uma única
aplicação informática;
Media estáticos:
também designados por discretos ou espaciais, visto
que a sua representação envolve, apenas, a dimensão
espacial.
Media dinâmicos:
exigem uma reprodução contínua ao longo do
tempo. Este é uma característica fundamental que faz
parte do seu próprio conteúdo. Podemos falar em
imagens em movimento para vídeo digital e gráficos
em movimento para animação.
O sistema multimédia é interactivo.
O utilizador pode controlar o fluxo da
informação. Sempre que tal acontece estamos
perante um sistema multimédia interactivo.
Se este sistema proporcionar uma estrutura de
elementos interligados pode ser designado
por hipermédia.
Multimédia:
Designa a combinação controlada por
computador de texto, gráficos, imagens, vídeo,
áudio, animação e qualquer outro meio pelo qual a
informação possa ser representada,
armazenada transmitida e processada sob
forma digital, onde existe pelo menos um tipo de
media estático (texto gráficos, imagens) e um tipo
de media dinâmico (vídeo, áudio, animação).
Nuno Magalhães Ribeiro
Vantagens:
- Possibilita a criatividade;
- Reduz a quantidade de recursos necessários para
tarefas semelhantes;
- Reduz a necessidade de recursos humanos e
económicos;
- Pode aumentar a concentração, mantendo-a por
mais tempo e dá lugar a um elevado grau de
retenção, potenciando as capacidades de
aprendizagem.
Hipertexto:
Designa um trecho com conexões múltiplas
interligadas. Conjunto de ligações dinâmicas
entre texto.
Hipermédia:
É uma extensão do conceito de hipertexto, pois
resulta de uma estrutura de elementos (vários
media) interligados.
O desenvolvimento da tecnologia multimédia tende
à estandardização, à compatibilidade entre
sistemas e ao desenvolvimento de softwares que
permitam o máximo rendimento.
A multimédia promove novas relações sociais,
familiares e de trabalho.
Torna possível a visita e o contacto virtual com
lugares, com conhecidos, com amigos e familiares.
Possibilita o trabalho a partir de casa e pode
flexibilizar os horários tanto no trabalho como em
casa.
A Interface estabelece a relação entre o sistema
homem / máquina.
A GUI (graphical user interface) é um sistema de
representação gráfica assente sobre ícones.
A interface gráfica torna mais fácil e intuitivo o uso
do computador, mesmo por utilizadores pouco
experientes.
Uma aplicação multimédia pode não ser
interactiva. A sequência da informação pode
decorrer de modo passivo, sobre o qual o utilizador
não exerce nenhum tipo de controlo.
Interactividade
A interactividade permite aos utilizadores
controlarem o conteúdo e o fluxo da
informação.
A interacção é entendida como uma forma de
comunicação recíproca (do tipo acção/reacção);
as máquinas permitem que o utilizador faça um
pedido ou seleccionem uma opção e respondem
logicamente a essa acção. Este tipo de aplicação
suporta o tipo de comunicação em ambos os
sentidos.
Interactividade
Num documento interactivo ( não-linear) o
utilizador pode controlar:
- O instante de tempo em que o documento se
inicia;
- A ordem, pela qual os vários itens são
apresentados;
- A velocidade de apresentação;
- A forma de apresentação.
Um sistema para ser interactivo deve suportar a
comunicação em ambos os sentidos: do
utilizador para o computador, do computador para o
utilizador.
A interactividade permite ao utilizador agir
sobre um conjunto finito (predefinido) de objectos
e realizar acções. Conjunto de possibilidades
combinatórias de interacção com um programa.
Links
Fim