Você está na página 1de 1

Edifícios Híbridos incluem tanto o contexto da cidade e a arquitetura em si, identificando a nece idade dos

EDIFÍCIO
Híbrido usos mistos dentro de uma mesma região para a vitalidade do lugar. Funciona como uma extensão do tecido
urbano, onde todas e as funções se comunicam e se interligam através de circulações e/ou espaços públicos.

espaço público

Residencial

Referências:

comercial
espaço público

restaurante/hall

edífício de uso misto edífício híbrido

Portanto, busca-se com este projeto, regenerar zonas obsoletas atribuindo usos a edificação que permita alterações
programáticas, dando resposta as transformações culturais e sociais, estabelecendo uma relação com o espaço
PÚBLICO. A ideia é aproveitar a complexidade e vitalidade inerente à cidade , maximizando o potencial de ocupação do solo de uma
n o d o - a n a d a l u c i a
A maior inovação arquitetônica do projeto baseia-se na po ibilidade de que o arranha céu está em constante forma que estimule a diversidade de experiências, usos e pe oas, redefinindo a relação de e tipo de edifício com a rua.
mudando, se trata de uma exploração acerca da po ibilidade de construir uma cidade vertical mutante, sensível
as nece idades do momento. o projeto consta duas partes distintas a permanente e a variável.
Local:
Nossa Senhora do Rosário

Distrito de santa maria

biblioteca de lisboa-joão p. f. torres


A organização de e trabalho começa na escala urbana e termina concentrando-se em uma nova visão de como
os espaços híbridos deveriam ser no futuro. As soluções estão fundamentadas na localização, suas
potencialidades e como esta refletirá na modificação do edifício e seu entorno ao longo dos anos.

B r y g h u s p r o j e k t e t - O M A
Com os programas sobrepostos permitindo aos habitantes da cidade ace o direto
e ininterrupto à orla, fazendo com que as rotas urbanas cheguem até o cerne
do edifício e criem uma grande variedade de interações entre as diferentes partes do programa e o ambiente urbano.