Você está na página 1de 8

Rescisão

Definição: Rescisão de contrato de trabalho é a formalização do fim do vínculo empregatício, ou


seja, aponta o término da relação de trabalho por vontade do empregado ou do empregador.

Tipos de Contratos

Rotina dentro do Módulo Folha de Pagamento: Manutenção – Trabalhador – Vínculo > Consultar >
Selecionar o trabalhador alvo – Alterar
* Aba Gerais – Campo Contrato

Para maior detalhamento sobre cada Tipo de Contrato, acessar e realizar a leitura do seguinte
link:
https://blog.convenia.com.br/tipos-de-contrato-de-trabalho/

Como incluir uma Rescisão

Rotina: Manutenção – Trabalhador – Vinculo > Dentro do Vínculo do trabalhador alvo, acessar a
Aba RESCISÃO
Principais Campos que devem ser observados:

1) Homolognet

Definição HomologNet: é um sistema criado pelo Ministério Do Trabalho e Emprego para fornecer
assistência e homologação on-line das rescisões contratuais trabalhistas.
Sua criação encontra fundamento em uma determinação da Consolidação das Leis do
Trabalho, que estabelece que o pedido de demissão ou recibo de quitação de rescisão do contrato de
trabalho do empregado com mais de 1 (um) ano de serviço, só será válido quando feito com a
assistência do respectivo Sindicato ou perante a autoridade do Ministério do Trabalho e Previdência
Social (art. 477, § 1º da CLT).

Detalharei como realizar a sua exportação em guias futuros mas poderá verificar como é a sua
importação e validação vide link ajuda:
http://ajuda.quarta.com.br/html/Qif4/Calculos/Calculo_Rescisao_Homolognet.htm

2) Data de Afastamento / Aviso Prévio

Definição Aviso Prévio: Aviso prévio é uma comunicação que deve ser feita pelo empregador ao
funcionário (ou vice-versa), avisando o fim do contrato de trabalho, em determinado prazo
atempado. O aviso prévio é obrigatório quando a demissão de um funcionário não tem justa
causa.

Ao alimentar o campo “Data de afastamento” com o período em que será desligado o colaborador, o
sistema apresentará a seguinte mensagem:

“Deseja Definir os Dias e a Data de Aviso Prévio com base nas informações do Trabalhador?”

Selecionando “SIM” os campos “Data do Aviso Prévio” e “Dias de Aviso Prévio” serão alimentados
automaticamente.
Exemplo: A data de admissão do colaborador matrícula 7 Leonel Ferreira está com o seguinte
período, 07/11/2011 e com base nessa informação o sistema realizará a seguinte contagem:
1) Data do Aviso Prévio: 30/05/2019 ( é a data em que o colaborador foi notificado sobre o seu
desligamento )

2) Dias de Aviso: 51 (é a contagem entre o dia do Aviso ao dia do Afastamento)


A contagem não é arbitrária, leva em consideração a seguinte lei: lei 12.506/2011

“Art. 1º. O aviso prévio, de que trata o Capítulo VI do Título IV da Consolidação das Leis do
Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, será concedido na
proporção de 30 (trinta) dias aos empregados que contem até 1 (um) ano de serviço na mesma
empresa.
Parágrafo único. Ao aviso prévio previsto neste artigo serão acrescidos 3 (três) dias por ano de
serviço prestado na mesma empresa, até o máximo de 60 (sessenta) dias, perfazendo um total de
até 90 (noventa) dias.”

Anos trabalhados em relação a data de admissão: 07/11/2011:


* 07/11/2011 a 08/11/2012 * 07/112015 a 08/11/2016
* 07/11/2012 a 08/11/2013 * 07/11/2016 a 08/11/2017
* 07/11/2013 a 08/11/2014 * 07/11/2017 a 08/11/2018
* 07/11/2014 a 08/11/2015 * 07/11/2018 a 19/07/2019 ( data do último dia trabalhado,
seria considerado caso o afastamento fosse superior a data de 07/11/2019 ).

7 anos trabalhados x 3 dias a mais para cada ano = 21 + 30 dias padrão = 51 dias de aviso.

Tipos mais comuns de Aviso Prévio:

1) A empresa exige que o colaborador trabalhe durante o aviso – aviso prévio trabalhador
Marcar a opção “ Aviso Prévio Trabalhador Recebido “

2) A empresa não permite que o colaborador trabalhe após a notificação do aviso – aviso prévio
indenizado
Marcar a opção “ Aviso Prévio Indenizado “
OBS: Poderá ocorrer dois tipos de Indenização, por parte da Empresa ou por parte do Colaborador.
Se o motivo de afastamento for “ SJ2 – Despedida sem justa causa, pelo empregador”, o sistema
incluirá o evento [ 37 Aviso prévio indenizado ] como rendimento mas se o motivo for “ SJ1 –
Rescisão Contratual a pedido do empregado “, o sistema incluirá o evento [ 86 Aviso prévio
indenizado ] como desconto.

3) Dispensa de Aviso Prévio – não haverá pagamento do evento na rescisão do colaborador.


Marcar a opção “ Dispensa do Aviso Prévio “

Ainda dentro do Tema Aviso Prévio, o usuário poderá realizar a exportação do aviso na seguinte
rotina:
MFP> Relatórios – Listagem – Aviso Prévio

* Necessário Preenchimento da:


1) Matrícula do colaborador
2) Tipo de Aviso Prévio que será impresso
3) O Tipo de Acordo será preenchido de forma automática, caso o usuário deseje remover o mesmo,
clicar em cima do campo e apertar a tecla DELETE para deixar em branco o referido campo.

3) Data de Afastamento / Férias Proporcionais e Indenizadas

Definição de Férias Proporcionais: As férias proporcionais são devidas nas hipóteses de dispensa
sem justa causa, término de contrato a prazo e quando de rescisão motivada pelo empregado no
pedido de demissão, inclusive quando o empregado possuir menos de um ano de serviço na mesma
empresa, conforme determina a Súmula 261 do TST.
Nas férias proporcionais, o empregado perceberá remuneração relativa ao período aquisitivo
incompleto de férias, na proporção de 1/12 por mês de serviço, ou fração superior a 14 dias de
trabalho, observando-se sempre as faltas injustificadas no período aquisitivo, conforme tabela
abaixo.
Deve-se observar sempre que for trabalhar a relação Férias x Faltas, a tabela do art. 130 da
CLT
Link>
http://auditecma.com.br/downloads/Tabelas_Pratricas/TabeladePagamentodeFeriasProporcionais.ht
m
Como realizar a contagem dos avos proporcionais de Férias?

Ao inserir a data de afastamento, o sistema perguntará assim como fez para o Aviso Prévio, se
deseja obter as Férias em relação a data de admissão e o último período já gozado pelo
colaborador.
Utilizando os dados do exemplo anterior, o trabalhador alvo será demitido em 20/07/2019 e dentro
da Aba Férias há os seguintes períodos já efetivados:
* 07/11/2012 a 06/11/2012 * 07/11/2014 a 06/11/2015 * 07/11/2017 a 06/11/2018
* 07/11/2012 a 06/11/2013 * 07/11/2015 a 06/11/2016
* 07/11/2013 a 06/11/2014 * 07/11/2016 a 06/11/2017

Porém, o período aquisitivo 07/11/2018 a 06/11/2019 está como programado ou aberto.

Contagem dos Avos referente às Férias:

* 07/11/2018 a 06/12/2018 * 07/05/2019 a 06/06/2019


* 07/12/2018 a 06/01/2019 * 07/06/2019 a 06/07/2019
* 07/01/2019 a 06/02/2019 * 07/07/2019 a 20/07/2019 (14 dias ou mais de trabalho no mês)
* 07/02/2019 a 06/03/2019
* 07/03/2019 a 06/04/2019

Quantidade de Avos: 8

O usuário poderá modificar as informações apresentadas no quadrante “Férias a Incluir” dentro da


aba Rescisão, poderá Incluir (+), Remover (-) ou Editar o dado apresentado.

4) Gerar Rescisão por Acordo

Definição: Com a inclusão do art. 484-A da CLT (Reforma Trabalhista), o acordo entre empregador
e empregado para extinção do contrato de passou a ser válido (a contar de 11.11.2017), deixando de
ser fraude, desde que obedecidos alguns critérios.
O novo artigo celetista estabeleceu que no caso de acordo no desligamento, serão devidas as
seguintes verbas trabalhistas:
a) Metade do aviso prévio (15 dias), se indenizado;
b) Metade da multa rescisória sobre o saldo do FGTS (20%) prevista no § 1º do art.
18 da Lei 8.036/1990;
c) Todas as demais verbas trabalhistas (saldo de salários, Férias vencidas e
proporcionais indenizadas, 13º Salário e etc.) na integralidade;
d) Saque de 80% do saldo do FGTS;
e) O empregado não terá direito ao benefício do seguro-desemprego;
Ao cadastrar a rescisão, selecione o motivo “I5 - Rescisão do Contrato por motivo de acordo”, ao
efetuar o cálculo da rescisão será calculado com os valores do acordo previsto em lei.

5) Inserir Eventos sazonais na Rescisão manualmente / Ajuste

Haverá situações em que o usuário desejará editar ou inserir um determinado evento no cálculo da
rescisão e para isso, deverá utilizar a seguinte rotina antes do cálculo do afastamento:

Manutenção – Trabalhador – Evento > Tipo Cálculo, alterar para Rescisão > Selecionar o
trabalhador alvo

* Usuário deseja inserir o evento [ Desconto Vale Refeição ] no valor de 26,00


Deverá selecionar o ícone [+], encontrará o código de evento correspondente e colocará o valor
desejado.

* Usuário deseja alterar o valor do evento [ 241 13 Salário Rescisão ]


Deverá selecionar o ícone [+], encontrará o código 241, marcar VALOR MANUAL e informar no
campo “ Valor “ o valor desejado

* Usuário deseja que não apareça o valor no evento [ 241 13 Salário Rescisão ]
Deverá selecionar o ícone [+], encontrará o código 241, marcar VALOR MANUAL e informar no
campo “ Valor “, 0,00.
6) Como Calcular a Rescisão

Rotina: Processos – Calcular Folha de Pagamento> Selecionar Rescisão, o sistema mostrará caso a
rescisão não tenha sido calculada anteriormente a seguinte mensagem:
“ Existem rescisões não calculadas ”

7) Entendo o Cálculo básico de uma rescisão:

O Termo de Rescisão Contrato de Trabalho ( TRCT ) é visualizado na seguinte rotina:


MFP > Relatórios – Listagem – Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho > Informe a referência
do afastamento e a matrícula do trabalhador alvo.

Utilizando o exemplo anteriormente dado, o colaborador matrícula 7.Leonel Ferreira cuja data de
afastamento será no dia 20/07/2019 Aviso Prévio Indenizado e motivo SJ2.

Verbas Acessórias

1. Rubrica 50 TRCT – Código evento Calima 42:


Memória de Cálculo:
Valor Salário base (1.079,75) / 31 dias ( parametrização adotada N dias do Mês na
Configuração da Empresa ) = 34,83
Data do afastamento: 20/07/2019 => 20 dias trabalhados x 34,83 = 696,61.
2. Rubrica 63 TRCT 13 Salário Proporcional – Código Evento Calima 241:
Memória de Cálculo:
Salário Base ou Maior Remuneração caso o colaborador possua eventos parametrizados para
fazer média: 1.079,75 ( Salário Base ) + 323,93 ( rendimentos incidentes sobre salário
composto ) = 1.403,68 / 12 avos = 116,97
116,97 x 7 avos = 818,81

Para realizar a verificação dos avos, o colaborador terá que ter exercido a sua função mais
de 14 dias dentro do mês, normalmente é contato de Janeiro ao mês de afastamento.
* Janeiro – trabalhou mais de 14 dias * Maio
* Fevereiro - Idem * Junho
* Março * Julho – 20/07/2019 ( mais de 15 dias )
* Abril
Contagem de avos ao total: 7

3. Rubrica 69 TRCT Aviso Prévio Indenizado – Código Evento Calima 37:


Memória de Cálculo:
Salário Base ou Maior Remuneração caso o colaborador possua eventos parametrizados para
fazer média: 1.079,75 ( Salário Base ) + 323,93 ( rendimentos incidentes sobre salário
composto ) = 1.403,68 / 31 dias = 45,28
45,28 x 51 dias = 2.309,28

4. Rubrica 70 13.Salário ( Aviso Prévio Indenizado ) - Código Evento Calima 32:


Memória de Cálculo:
Salário Base ou Maior Remuneração caso o colaborador possua eventos parametrizados para
fazer média: 1.079,75 ( Salário Base ) + 323,93 ( rendimentos incidentes sobre salário
composto ) = 1.403,68 /12 x 1 avo = 116,97

Para realizar a contagem de avos, deve-se levar em consideração a projeção do aviso prévio
indenizado.
Data da Rescisão: 20/07/2019 – 51 dias de aviso
Projeção: 21/07/2019 a 31/07/2019 – ( não é considerado como mês de cálculo pois já
ocorreu o pagamento do 13S Proporcional )
01/08/2019 a 31/08/2019 – 1 avo – 31 dias
01/09/2019 a 09/09/2019 – 0 avos – 9 dias

5. Rubrica 65 Férias Proporcionais – Código Evento Calima 34:


Memória de Cálculo:
Salário Base ou Maior Remuneração caso o colaborador possua eventos parametrizados
para fazer média: 1.079,75 ( Salário Base ) + 323,93 ( rendimentos incidentes sobre salário
composto ) = 1.403,68 / 12 avos x 8 meses = 935,79

6. Rubrica 68 1/3 Férias – Código Evento Calima 39:


Memória de Cálculo: valor das Férias /3 = 387,40

7. Rubrica 71 Férias ( Aviso Prévio Indenizado ) - Código Evento Calima 24: