Você está na página 1de 161

SAFin

Sistema de Acompanhamento Financeiro

Atualizado em:

03 de outubro de 2017.
Sumário
INTRODUÇÃO.......................................................................................................................3
OBJETIVO..............................................................................................................................3
REQUISITOS DE USO DO SAFIN........................................................................................4
Responsabilidade dos Usuários do SAFin.......................................................................................4
Acesso ao SAFin....................................................................................................................5
Login no Sistema...................................................................................................................5
Tela Inicial...............................................................................................................................6
Menu Principal.......................................................................................................................7
SUBSÍDIO DO PAR...............................................................................................................9
Cadastrar Subsídio do PAR..............................................................................................................9
Editar Subsídio do PAR.................................................................................................................12
Copiar Subsídio do PAR................................................................................................................13
Excluir Subsídio do PAR...............................................................................................................15
Pesquisar Subsídio do PAR............................................................................................................16
PAR......................................................................................................................................18
Importar PAR.................................................................................................................................18
Rejeitar PAR..................................................................................................................................21
Editar PAR.....................................................................................................................................22
Copiar PAR....................................................................................................................................23
Pesquisar PAR................................................................................................................................25
AUTORIZAÇÃO DO PAR.....................................................................................................26
Autorizar PAR................................................................................................................................26
Cancelar PAR.................................................................................................................................28
SOLEMP..............................................................................................................................31
Cadastrar SOLEMP.......................................................................................................................31
Anexar arquivo na SOLEMP.........................................................................................................35
Excluir arquivo da SOLEMP.........................................................................................................36
Visualizar anexo da SOLEMP.......................................................................................................37
Inserir Centro de Custo..................................................................................................................38
Editar SOLEMP cadastrada...........................................................................................................41
Copiar SOLEMP cadastrada..........................................................................................................43
TRÂMITE..............................................................................................................................45
Ação do Operador..........................................................................................................................45
Encaminhar SOLEMP para Gerente de Crédito.......................................................................45
Ações do Gerente de Crédito.........................................................................................................47
Verificar Centro de Custo..........................................................................................................47
Encaminhar SOLEMP para Agente Fiscal................................................................................50
Editar SOLEMP encaminhada..................................................................................................53
Rejeitar SOLEMP encaminhada...............................................................................................54
Ações do Agente Fiscal..................................................................................................................57
Encaminhar SOLEMP para Ordenador de Despesas................................................................57
Editar SOLEMP provisionada...................................................................................................59
Rejeitar SOLEMP provisionada................................................................................................61
Ações do Ordenador de Despesa – UGR.......................................................................................64
Autorizar SOLEMP para Gerente de Obtenção........................................................................64
Editar SOLEMP verificada.......................................................................................................66
Rejeitar SOLEMP verificada....................................................................................................68
Cancelar SOLEMP....................................................................................................................70

1
Ações do Gerente de Obtenção – UGE.........................................................................................74
Encaminhar SOLEMP para Agente Financeiro........................................................................74
Rejeitar SOLEMP autorizada....................................................................................................77
Ações do Agente Financeiro – UGE..............................................................................................80
Empenhar SOLEMP.................................................................................................................80
Rejeitar SOLEMP conferida.....................................................................................................83
DIÁRIA.................................................................................................................................86
Cadastrar Diária.............................................................................................................................86
Anexar arquivo na Diária...............................................................................................................88
Excluir arquivo da Diária...............................................................................................................89
Visualizar anexo da Diária.............................................................................................................91
Editar Diária cadastrada.................................................................................................................92
Copiar Diária cadastrada................................................................................................................93
Limite de diárias cadastradas por CPF..........................................................................................94
TRÂMITE DA DIÁRIA...........................................................................................................96
Ações do Operador........................................................................................................................96
Encaminhar Diária para Gerente de Crédito.............................................................................96
Ações do Gerente de Crédito.........................................................................................................98
Encaminhar Diária para Agente Fiscal......................................................................................98
Editar Diária encaminhada......................................................................................................101
Rejeitar Diária encaminhada...................................................................................................102
Ações do Agente Fiscal................................................................................................................105
Encaminhar Diária para Ordenador de Despesas....................................................................105
Editar Diária provisionada......................................................................................................107
Rejeitar Diária provisionada...................................................................................................108
Ações do Ordenador de Despesa – UGR.....................................................................................112
Autorizar Diária para Agente Financeiro................................................................................112
Editar uma Diária verificada...................................................................................................114
Rejeitar Diária verificada........................................................................................................115
Cancelar Diária........................................................................................................................118
Ações do Agente Financeiro – UGE............................................................................................120
Empenhar Diária.....................................................................................................................120
Rejeitar Diária Autorizada.......................................................................................................122
RELATÓRIOS....................................................................................................................126
Relatório do Subsídio do PAR.....................................................................................................126
Relatório do PAR.........................................................................................................................129
Relatório Solicitação de Empenho...............................................................................................131
Relatório SOLEMPs Cadastradas................................................................................................133
Relatório Saldo de Crédito...........................................................................................................135
Relatório Limite de Dispensa......................................................................................................137
Relatório Comparativo do Planejamento com Despesas.............................................................139
Relatório Diárias..........................................................................................................................140
Relatório Diárias Cadastradas......................................................................................................143
Relatório Auditoria da SOLEMP.................................................................................................144
Relatório Auditoria da Diária.......................................................................................................146
Relatório Rateio Centro de Custo................................................................................................148
GLOSSÁRIO......................................................................................................................150
REFERÊNCIAS..................................................................................................................150

2
INTRODUÇÃO
O Sistema de Acompanhamento Financeiro (SAFin) é um sistema corporativo desenvolvido
com o objetivo de automatizar as atividades do processo de planejamento, obtenção, controle e
execução orçamentária e financeira das Organizações Militares (OMs), sejam elas centralizadoras
(OMCs), apoiadas ou autônomas.
Com a padronização dos processos de obtenção e seus controles, a Marinha desonera custos
de desenvolvimento e manutenção, bem como, minimiza o desperdício de tempo e esforços de
pessoal, reduzindo as inconsistências e redundâncias desnecessárias provenientes de excessivas
planilhas e programas paralelos.
Sendo um sistema único e padronizado, permitirá agilidade à DFM nas suas atividades de
Programa de Recursos Financeiros (PRF) e consultas gerenciais às Diretorias Especializadas (DE) e
demais OMs, a partir de consultas parametrizadas.
Com o SAFin, as OMs – incluindo os Meios —, fazem seus acompanhamentos financeiros
visando o análise e o planejamento de seus gastos, para uma melhor tomada de decisão.

OBJETIVO
Acompanhamento financeiro das OM apoiadas por parte das OMCs com o propósito de
melhorar o planejamento dos gastos, permitindo manter sempre atualizadas e disponíveis as
informações gerenciais.

3
REQUISITOS DE USO DO SAFIN

Para o uso do SAFin, os seguintes fatores devem ser considerados:


➢ Existência de pelo menos um usuário para cada perfil envolvido no Trâmite;
➢ Cada Depto/Setor deve estar cadastrado no sistema.

Responsabilidade dos Usuários do SAFin


➢ Operador (UGR) → Responsável pelo cadastro inicial do Subsídio do PAR, de seu
respectivo setor de trabalho, e a confecção da SOLEMP e da Diária;
➢ Gerente de Crédito (UGR) →Responsável pela montagem do PAR (por meio da importação
do Subsídio), por iniciar o Trâmite da SOLEMP e da Diária (inserindo a Célula de Crédito,
realizando edições, encaminhando-a para o Agente Fiscal e rejeitando-a para o Operador).
➢ Agente Fiscal (UGR)→Responsável pela verificação das informações preenchidas pelo
Operador e Gerente de Crédito e, caso não haja informações incorretas, este deverá
encaminhar as SOLEMPs e Diárias para o Ordenador de Despesa, podendo, antes disso,
realizar edições ou rejeitar, retornando-as para o Operador.
➢ Ordenador de Despesa (UGR) → Suas atribuições são: aprovar/cancelar o PAR, durante a
reunião do Conselho de Gestão ou em casos excepcionais; aprovar (encaminhar a SOLEMP
para o Gerente de Obtenção ou a Diária para o Agente Financeiro), editar, cancelar ou
rejeitá-las. As SOLEMPs e Diárias rejeitadas por este perfil retornam para o Operador.
➢ Gerente de Obtenção (UGE)→ Verificar a SOLEMP em todos os seus aspectos
(principalmente o enquadramento do subelemento de despesa e seu limite). Além disso, ele
encaminha as SOLEMPs para o próximo perfil (Agente Financeiro) e rejeita-as
(retornando-as para o Gerente de Crédito).
➢ Agente Financeiro (UGE) → Praticamente terá a mesma função do Gerente de Obtenção, se
atentando principalmente no enquadramento da Célula de Crédito. É o último usuário do
Trâmite. Responsável por empenhar SOLEMPs e Diárias e por rejeitá-las (retornando-as
para o Gerente de Crédito).

OBSERVAÇÃO: Somente o Gerente de Crédito poderá inserir os dados da Célula de Crédito.

4
DICA: Caso o usuário tenha problemas ao utilizar o SAFin e não consiga tirar suas dúvidas por
meio deste manual, deve entrar em contato com a equipe técnica do sistema por meio do e-mail:
dfm-safin/finans/mar.

Acesso ao SAFin
O SAFin é um sistema web e multiplataforma, que fica disponível apenas dentro das OMs
da Marinha do Brasil (MB) com acesso à Rede de Comunicações Integrada da Marinha (RECIM),
sendo necessário possuir o navegador de internet Mozilla Firefox.
O acesso é realizado por meio do link: www.safin.mb

Login no Sistema
Por questões de segurança, o acesso às informações contidas no sistema é facultado apenas
aos usuários credenciados. Cada usuário é previamente inserido conforme sua função e necessidade
de acesso às funcionalidades.
Após acessar o link do sistema, será exibida a Tela de Login.

Figura 1-Tela de Login

Na Tela de Login do SAFin é necessário que o usuário insira as informações de Identificador


e Senha, e em seguida clique no botão CONFIRMAR.
 Identificador: informar o NIP do usuário, sem ponto e sem traço.
 Senha: informar a senha que foi previamente cadastrada.

5
Caso o usuário ainda não tenha sido cadastrado no sistema, é necessário solicitar junto ao
Administrador do SAFin da OM o referido cadastro.

DICA: O campo de Senha do sistema é sensitivo, ou seja, diferencia letras maiúsculas e


minúsculas. Visando a segurança das informações contidas no sistema, a senha deve ser composta
de no mínimo 8 e no máximo 16 caracteres e ser alterada a cada 90 dias.
Preferencialmente as senhas devem conter letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres
especiais.

Tela Inicial
Após realizar o login no sistema, será exibida a tela inicial com o objetivo de
informar ao usuário e facilitar a navegabilidade do sistema. Esta tela pode conter um Quadro
de Avisos, onde são inseridas informações (avisos) para conhecimento de um grupo de
usuários, um grupo de OMs, um grupo de Perfis ou todos os usuários.

Figura 2-Quadro de Avisos

6
Figura 3-Tela Inicial

Menu Principal
No menu principal constam todos os menus de acesso ao sistema.

Figura 4-Menu Principal


a) Início: Página principal;
b) Financeiro: Contém as principais atividades dentro do Sistema, como o Cadastro do
Subsídio do PAR, da SOLEMP, da Diária e de outros;
c) Relatórios: Exibe demonstrativos em forma de relatórios das atividades realizadas no
SAFin;
d) Trâmite: Módulo utilizado para as atividades competentes aprovarem/autorizarem os
pedidos cadastrados no módulo Financeiro;
e) Manutenção: Módulo para controle e criação de dados no Sistema;
f) Contas de Acesso: Destina-se ao cadastro de usuários, alteração de informações cadastrais,
bloqueio e desbloqueio de usuários e recuperação de senhas;
g) Extras: Módulo destinado à manipulação das mensagens tramitadas via SAFin e ao
cadastramento dos avisos públicos no sistema;
h) Ajuda: Contém informações importantes destinadas aos usuários;
i) Mensagem: Correio eletrônico para comunicação entre usuários e Administradores;
j) Encerrar: Sair do SAFin;
k) Alterar Função: Botão destinado a alternar entre a função primária e as funções secundárias
nas quais o usuário esteja cadastrado.

7
Clicando sobre o menu desejado, o sistema exibirá a tela com os atalhos das principais
funcionalidades, os atalhos dos demais menus e uma coluna informando os usuários logados no
sistema no momento.
Outra forma de acessar os submenus é sobrepondo o mouse no menu desejado, com isso o
sistema exibirá automaticamente os seus respectivos acessos.

Figura 5-Tela do Menu Financeiro

8
SUBSÍDIO DO PAR

O objetivo do Subsídio do PAR é cadastrar a intenção em realizar aquisições de bens e


serviços por parte de cada Setor da OM, para o exercício financeiro desejado.
A funcionalidade do Subsídio do PAR pode ser utilizada pelos usuários com os perfis de
Operador, Gerente de Crédito, Agente Fiscal e Ordenador de Despesa, todos da UGR.
Antes de inserir os Subsídios do PAR, é necessário realizar, o cadastramento de todos os
Setores da OM.

Cadastrar Subsídio do PAR

1 Para cadastrar um Subsídio, acesse:


Financeiro > Planejamento > Subsídio do PAR

Figura 6-Acessar submenu do PAR

2 Na tela de Cadastro do Subsídio o usuário deve preencher corretamente todos os campos a


seguir:
➢ Exercício → Ano em que o pedido será realizado;
➢ Código da OM → OM para a qual o pedido será realizado (este campo é preenchido
automaticamente de acordo com o login do usuário);
➢ Setor → Setor para o qual o pedido será realizado.

9
Figura 7-Preencher campos do Subsídio do PAR

3 Clique no botão NOVO para criar um Subsídio do PAR.

Figura 8-Botão NOVO

4 O usuário deve preencher os seguintes dados na tabela:


 Prioridade → Campo que expressa a prioridade de execução.
 Descrição → Campo para preenchimento da necessidade de aquisições de materiais ou
serviços do Departamento/Setor, descrito de forma sucinta.
 Valor estimado → Campo para inserção do valor estimado do material ou serviço a ser
utilizado.
 Natureza de Despesa → Código que representa o conjunto ao qual aquele material ou
serviço está inserido.

10
Figura 9-Preencher dados na tabela do Subsídio do PAR

5 O próximo passo é clicar no botão SALVAR.

6 O Subsídio foi salvo corretamente e o sistema exibirá uma mensagem confirmando a


ação.

Figura 10-Mensagem de sucesso após salvar Subsídio do PAR

ATENÇÃO: Caso não tenha preenchido todos os campos obrigatórios, o sistema emitirá uma
mensagem informando a necessidade de preenchimento.

11
Editar Subsídio do PAR
O Subsídio, após salvo, pode também ser editado.
Para isso, acesse o menu Financeiro > Planejamento > Subsídio do PAR

1 Após preencher os campos: Exercício e Depto/ Setor, serão exibidos todos os Subsídios
cadastrados para os itens preenchidos.

2 O usuário edita as linhas desejadas.

Figura 11-Editar dados na tabela do Subsídio do PAR cadastrado

3 Ao clicar no botão SALVAR, todas as edições feitas no Subsídio terão sido salvas e o
sistema exibirá uma mensagem confirmando a ação.

Figura 12-Mensagem de sucesso após editar Subsídio do PAR

12
Copiar Subsídio do PAR
Também é possível realizar a cópia das informações de Subsídios cadastrados e salvos.
Para isso, é preciso acessar o menu Financeiro > Planejamento > Subsídio do PAR

1 Após preencher os campos Exercício e Depto/Setor, serão exibidos todos os Subsídios


cadastrados para os itens preenchidos.

2 O usuário deve selecionar o subsídio desejado e clicar no botão COPIAR.

Figura 13-Botão COPIAR

3 É possível selecionar todos os Subsídios que desejar clicando no primeiro quadro de seleção,
que fica no cabeçalho da tabela.

13
Figura 14-Selecionar todos os itens

4 O sistema exibirá uma caixa de diálogo para que o usuário selecione o Exercício para o qual
deseja copiar o Subsídio. Após isso, o usuário deve clicar no botão OK.

Figura 15-Selecionar Exercício para Cópia de Subsídio

5 O Subsídio foi copiado e agora existe um novo Subsídio cadastrado no Exercício


selecionado. O sistema exibirá uma mensagem confirmando a ação.

Figura 16-Mensagem de sucesso após copiar Subsídio PAR

14
ATENÇÃO: Lembre-se que, ao copiar um Subsídio, será sempre apresentado o Exercício atual e o
imediatamente posterior para ser selecionado.

Excluir Subsídio do PAR


Também é possível excluir um Subsídio cadastrado que não será utilizado.

Para isso, acesse o menu Financeiro > Planejamento > Subsídio do PAR

1 Após preencher os campos Exercício e Depto/Setor, serão exibidos todos os Subsídios


cadastrados para os itens preenchidos.

2 O usuário deve selecionar os Subsídios que deseja excluir e clicar no botão EXCLUIR.

OBSERVAÇÃO: Também é possível selecionar todos os itens como foi mostrado anteriormente, na
Figura 14.

Figura 17-Botão EXCLUIR

15
3 O sistema exibirá uma mensagem solicitando a confirmação da ação.

Figura 18-Mensagem de Confirmação da ação EXCLUIR

4 Após clicar no botão SIM, o sistema exibirá uma mensagem confirmando a ação.

Figura 19-Mensagem de sucesso após excluir Subsídio do PAR

ATENÇÃO: É importante lembrar que esta ação não poderá ser desfeita, portanto é preciso ter
muita atenção com o Subsídio que se quer excluir.

Pesquisar Subsídio do PAR


1 É possível pesquisar por um Subsídio cadastrado. Para isso, deve-se utilizar o campo à
direita da tela. A pesquisa é feita pela descrição do item do PAR.

16
Figura 20-Pesquisar pela Descrição do Pedido

17
PAR

O objetivo do Programa de Aplicação de Recursos (PAR) é orientar e racionalizar a


utilização dos recursos orçamentários e extraorçamentários, no respectivo exercício financeiro,
descrevendo de forma sucinta os itens julgados prioritários pela OM.
A funcionalidade do PAR pode ser utilizada pelos usuários com os perfis de Gerente de
Crédito, Agente Fiscal e Ordenador de Despesa, todos da UGR.
Para que seja possível inserir um PAR, é necessário que exista Subsídio do PAR cadastrado
no sistema para a respectiva OM.

Importar PAR

1 Para importar um Subsídio para o PAR, o usuário deve acessar:


Financeiro > Planejamento > Programa de Aplicação de Recursos – PAR

Figura 21-Acessar submenu do PAR

2 Na tela do PAR, o usuário deve preencher corretamente todos os campos:


➢ Exercício → Ano que o pedido foi realizado;
➢ Código da OM → Organização Militar que realizou o pedido (preenchimento automático).
Após o preenchimento, serão exibidos os Subsídios que já foram importados de acordo com
os campos preenchidos. Caso ainda não tenha sido importado nenhum Subsídio, a tabela ficará em
branco.

18
Figura 22-Preencher campos do PAR

ATENÇÃO: São exibidos os Subsídios cadastrados para os campos preenchidos que estão com
status Rascunho, Cancelado (em vermelho) e Aprovado (em verde). Para os Subsídios cancelados e
aprovados só é possível realizar a ação de Copiar.

3 O usuário clica no botão IMPORTAR para inserir novos itens do Subsídio no PAR a ser
criado.

Figura 23-Botão IMPORTAR

OBSERVAÇÃO: O Código do PAR é criado após a Importação do Item para o PAR. Esse Código
será exibido também na SOLEMP, para cada Item do PAR que a compõe.

4 Após clicar no botão IMPORTAR, será aberta uma janela para o usuário escolher os
Subsídios que deseja importar para o PAR.

19
OBSERVAÇÃO: Também é possível selecionar todos os itens clicando no primeiro quadro de
seleção, que fica no cabeçalho da tabela. Se o usuário desejar, poderá pesquisar por um item no
campo Filtrar.

24-Selecionar Subsídios para o PAR

5 Após clicar no botão OK, será aberta uma janela para o usuário escolher a data de
importação dos itens selecionados.

OBSERVAÇÃO: A data de importação só pode ser a data corrente ou anterior dentro do exercício
atual.

Figura 25-Escolher data de importação

6 Após clicar no botão OK, o sistema exibirá uma mensagem confirmando a ação.

Figura 26-Mensagem de sucesso após Importar Subsídios para o PAR

20
Rejeitar PAR
Após preencher o campo Exercício, selecione um ou mais itens do PAR com status
1
Rascunho e clique no botão REJEITAR para excluir o item do PAR.

OBSERVAÇÃO: Também é possível selecionar todos os itens clicando no primeiro quadro de


seleção, que fica no cabeçalho da tabela.

Figura 27-Botão REJEITAR

ATENÇÃO: Após rejeitar um item do PAR, este retornará para o Subsídio, de acordo com o
Exercício, Código da OM e Depto/ Setor.

2 Após clicar no botão REJEITAR, o sistema exibirá uma mensagem solicitando a sua
confirmação para efetuar a ação.

Figura 28-Mensagem de confirmação da ação REJEITAR

21
3 Após clicar no botão SIM, o sistema exibirá uma mensagem de confirmação da ação.

Figura 29-Mensagem de sucesso após rejeitar os itens do PAR

Editar PAR

1 O usuário poderá editar os dados do item do PAR com status Rascunho. A edição é feita
diretamente na tabela exibida na tela.

30-Edição dos itens do PAR

2 Após realizar a edição nos itens do PAR desejados, o usuário deve clicar no botão SALVAR
para efetivar as alterações realizadas. O sistema exibirá uma mensagem de confirmação da
ação.

22
Figura 31-Mensagem de sucesso da ação SALVAR
Caso não queira efetivar a edição nos itens do PAR, o usuário deve clicar no botão
3
DESISTIR para retornar para a informação original, antes da sua alteração.

32-Botão DESISTIR

Copiar PAR

1
Após preencher os campos Exercício e Código da OM, o usuário deve selecionar um
ou mais itens do PAR e clicar no botão COPIAR.

OBSERVAÇÃO: Também é possível selecionar todos os itens clicando no primeiro


quadrado de seleção, que fica no cabeçalho da tabela.

Figura 33-Botão COPIAR

23
DICA: A ação de COPIAR pode ser realizada com os itens do PAR no status Rascunho, Aprovado
ou Cancelado.

OBSERVAÇÃO: O item copiado vai para a tela do Subsídio conforme o setor/departamento e o


Exercício que será escolhido. Ficando disponível na tela do PAR, somente após a sua Importação.

Após clicar no botão COPIAR, será aberta uma janela para o usuário escolher o Exercício
2
para o qual deseja copiar os itens do PAR selecionados.

Figura 34-Selecionar Exercício para cópia do PAR

DICA: Lembre-se que, ao copiar um PAR, será sempre apresentado o Exercício atual e o
imediatamente posterior para que o usuário selecione.

3 Após selecionar o Exercício e clicar no botão OK, o sistema exibirá uma mensagem
confirmando o sucesso da ação.

Figura 35-Mensagem de sucesso da ação COPIAR

24
Pesquisar PAR

1 É possível pesquisar por um item do PAR cadastrado. Para isso, o usuário deve utilizar o
campo à direita da tela. A pesquisa é feita pela Descrição do Pedido.

Figura 36-Pesquisar pela Descrição do Pedido

25
AUTORIZAÇÃO DO PAR

É possível autorizar ou cancelar o item do PAR. Após autorizado, o item passa a ser uma
Meta do PAR e poderá ser usado, posteriormente, na criação da SOLEMP.
A funcionalidade de Autorização do PAR somente poderá ser utilizada pelos usuários com o
perfil de Ordenador de Despesa da UGR.

Autorizar PAR
Para autorizar o PAR, o usuário deve acessar:
1
Trâmite > PAR > Autorizar PAR

Figura 37-Acessando Autorização do PAR

2 Na tela de Autorização do PAR, o usuário deve preencher corretamente os campos a seguir:


➢ Exercício → Ano em que o pedido foi realizado;
➢ Código da OM → Organização Militar que realizou o pedido (preenchido
automaticamente).
Após o preenchimento, serão exibidos os itens do Subsídio do PAR importados para
confecção do PAR da OM. Caso ainda não exista nenhum item do PAR, a tabela ficará em branco.

26
Figura 38-Tela de Autorização do PAR

ATENÇÃO: São exibidos os itens do PAR cadastrados para os campos preenchidos que estão com
status Rascunho e Aprovado (em verde). Os itens do PAR cancelados retornam para a tela do PAR
com status Cancelado (em vermelho).

3 Após preencher os campos, o usuário deve selecionar os itens que deseja e clicar no botão
AUTORIZAR.

OBSERVAÇÃO: Também é possível selecionar todos os itens clicando no primeiro quadro de


seleção, que fica no cabeçalho da tabela.

Figura 39-Botão AUTORIZAR

27
4 Após clicar no botão AUTORIZAR, o sistema emitirá uma mensagem para que o usuário
confirme a ação desejada.

Figura 40-Mensagem de confirmação da ação Autorizar

5 Após clicar no botão SIM, o sistema exibirá uma mensagem de confirmação da ação.

Figura 41-Mensagem de sucesso da ação Autorizar

Cancelar PAR

1 Após preencher os campos, o usuário deve selecionar os itens que deseja cancelar e clicar no
botão CANCELAR.

OBSERVAÇÃO: Também é possível selecionar todos os itens clicando no primeiro quadro de


seleção, que fica no cabeçalho da tabela.

28
Figura 42-Botão CANCELAR

Após clicar no botão CANCELAR, o sistema emitirá uma mensagem para que o usuário
2
confirme a ação desejada.

Figura 43-Mensagem de confirmação da ação Cancelar

3 Após clicar no botão SIM, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação da ação.

29
Figura 44-Mensagem de sucesso da ação CANCELAR

DICA: Na Tela de Autorização do PAR também é possível pesquisar um item por sua descrição.
Para isso, deve-se utilizar o campo à direita da tela.

30
SOLEMP

O objetivo da funcionalidade Solicitação de Empenho (SOLEMP) é realizar a solicitação de


contratação de pessoa física ou jurídica para fornecimento de material ou serviço junto à
Administração Pública, conforme previsto no PAR.
A funcionalidade da SOLEMP pode ser utilizada pelos usuários com os perfis de Operador,
Gerente de Crédito, Agente Fiscal e Ordenador de Despesa, todos da UGR, e os perfis de Gerente
de Obtenção e Agente Financeiro, pertencentes à UGE.
Para que seja possível inserir uma SOLEMP é necessário que exista um PAR cadastrado e a
tabela de Agentes Responsáveis atualizada no sistema para a respectiva OM.

Cadastrar SOLEMP
Para criar uma SOLEMP no SAFin, é preciso que exista pelo menos uma Meta do PAR
cadastrada no sistema para a OM selecionada.

O acesso à Tela de Solicitação de Empenho (SOLEMP) será realizado pelo seguinte


1
caminho:
Financeiro > Execução > Solicitação de Empenho

Figura 45-Acessar submenu da SOLEMP

31
A seguinte tela será carregada:

Figura 46-Tela da SOLEMP

Para realizar o cadastro de uma Nova SOLEMP, os seguintes campos devem ser
2
preenchidos:
➢ Exercício (preenchido automaticamente com o Ano Corrente);
➢ Código da OM (preenchido automaticamente);
➢ Tipo de Empenho;
➢ Depto/Setor;
➢ Modalidade;
➢ Contrato de Autonomia de Gestão;
➢ Data SOLEMP (automaticamente preenchido com a data corrente);
➢ Fornecimento/ Firma;
➢ Processo/ Origem;
➢ Finalidade/ Aplicação.

Após esses campos preenchidos, o usuário deve clicar no botão BUSCAR META DO PAR
3
para pesquisar por Metas do PAR, de acordo com os campos OM (Organização Militar) e
Exercício selecionados. Se nenhuma Meta for encontrada, a seguinte mensagem será
apresentada:

32
Figura 47-Mensagem de Meta do PAR não encontrada
Se existirem Metas do PAR para a OM e o Exercício selecionados, uma tabela será
apresentada para que o usuário possa escolher quais Metas e a quantidade desejada para cada uma
que for selecionada.

Figura 48-Selecionar as Metas do PAR

A definição da Meta a ser inserida será dada por meio da seleção do campo Selecione, bem
como a quantidade de linhas do mesmo item será dada por meio do campo Qtd. (Quantidade).
Clicando em OK, o usuário confirma a ação e os itens desejados serão apresentados na
tabela principal.

Figura 49-Itens do PAR selecionados

4 Na tabela, o usuário deve preencher os campos:


➢ UF (Unidade de Fornecimento);

33
➢ Quantidade;
➢ Preço.
O campo Total por Item será preenchido automaticamente quando o usuário clicar neste
mesmo campo.

DICA: É possível realizar a alteração da descrição do campo Especificação.

OBSERVAÇÃO: Quando o usuário escolher por criar uma SOLEMP do tipo Reforço ou Anulação,
todos os campos ficarão desabilitados, com exceção do campo SOLEMP Referência. Após este ser
selecionado, todos os outros campos serão preenchidos automaticamente, de acordo com a
SOLEMP Referência, inclusive os itens da SOLEMP.

5 Clique no botão SALVAR.

6 Se todos os campos estiverem preenchidos corretamente, o sistema apresentará uma


mensagem de sucesso, seguido do número da SOLEMP recém-criada.

DICA: É possível excluir o item do PAR inserido no momento da criação da SOLEMP por meio do
botão EXCLUIR desde que a SOLEMP esteja no status Rascunho ou não tenha SOLEMP
Referência.

Figura 50-Botão de EXCLUIR Meta do PAR

DICA: Quando as modalidades forem Dispensa de Licitação (Valor) ou Cotação Eletrônica e a


SOLEMP for aprovada pelo Ordenador de Despesa - UGR, o sistema faz um controle de Limite de
Dispensa por meio do Relatório de Limite de Dispensa: Relatórios > Controle de Créditos > Limites
de Dispensa.

34
ATENÇÃO: Caso, ao salvar, o SAFin exiba a mensagem “Os campos obrigatórios abaixo não
foram preenchidos!” significa que algum dos campos do formulário não foi preenchido
corretamente ou está em branco. Neste caso, deve-se clicar no botão OK, corrigir os campos e
salvar novamente.

Anexar arquivo na SOLEMP


É possível anexar arquivos em SOLEMPs cadastradas e com status Rascunho.

1 Selecione o Código da SOLEMP e clique no Botão Anexo para que a janela para inserir os
anexos seja exibida na tela.

Figura 51-Janela para anexar arquivos na SOLEMP

2 Clique em “Selecione Arquivos” e escolha os arquivos que deseja incluir na SOLEMP


selecionada. Após anexar, basta clicar no botão Fechar para retornar à tela da SOLEMP.

Figura 52-Arquivos anexados com sucesso na SOLEMP

35
ATENÇÃO: Só é possível anexar arquivos com as seguintes extensões: “.aao”, “.ass” ou “.pdf”.
Além disso, a soma dos tamanhos dos anexos de uma SOLEMP não pode ultrapassar o limite
máximo de 5MB. Também não é possível anexar arquivos com nomes idênticos. O sistema exibirá
mensagem comunicando a impossibilidade de anexar os arquivos nesses casos.

Excluir arquivo da SOLEMP


1 Após clicar em Anexo, na tela principal do cadastro da SOLEMP, o sistema exibirá a janela
de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no botão “Excluir” ao lado do
arquivo que deseja remover da lista da SOLEMP.

Figura 53-Botão Excluir Anexo da SOLEMP

2 Clique em SIM para confirmar a ação.

Figura 54-Mensagem de confirmação da ação Excluir anexo da SOLEMP

36
3 O sistema exibirá uma mensagem de confirmação da exclusão do Anexo escolhido.

Figura 55-Mensagem de sucesso da ação Excluir anexo da SOLEMP

DICA: Só é possível Anexar e Excluir anexos de SOLEMPs com status Rascunho.

Visualizar anexo da SOLEMP


Após clicar em Anexo, na tela principal do cadastro da SOLEMP, o sistema exibirá a janela
1
de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que deseja
visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 56-Janela de anexos da SOLEMP

DICA: É possível visualizar os anexos de uma SOLEMP com qualquer status. Caso a SOLEMP não
possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a inexistência de arquivos.

37
Figura 57-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP

ATENÇÃO: Ao Cancelar uma SOLEMP, os arquivos anexados a ela também serão excluídos.
Caso a SOLEMP possua outras SOLEMPs vinculadas a ela, os anexos das vinculadas também serão
excluídos.

Inserir Centro de Custo


1 É possível inserir Centro de Custo em SOLEMPs cadastradas e com status Rascunho.
Selecione o Código da SOLEMP e clique no Botão Inserir Centro de Custo para que a tela
para inserir os dados seja exibida.

Figura 58-Inserir Centro de Custo na SOLEMP

38
2 A tela para inserir os dados do Centro de Custo será exibida.

Figura 59-Tela para Inserir Centro de Custo na SOLEMP

3 Escolha o Item da SOLEMP, no campo Descrição, para o qual deseja inserir as informações
do Centro de Custo. E a opção do Código de Distribuição entre: Classificação Simples (um
único Centro de Custo), Classificação Múltipla - Quantidade (mais de um Centro de Custo,
indicando a quantidade de itens para cada um deles) ou Classificação Múltipla –
Porcentagem (mais de um Centro de Custo, indicando a porcetagem referente ao valor total
do Item para cada um deles).

Figura 60-Escolher Item da SOLEMP para inserir Centro de Custo

Lembrete: Os campos: Código do Par, Quantidade, Preço Unitário e Valor Total serão preenchidos
automaticamente, após a escolha do Item da SOLEMP.

39
4 Clique no botão NOVO a cada nova linha que desejar inserir. Preencha as colunas da tabela
com as UGs Beneficiadas (UGs que receberão os itens descritos na SOLEMP),
Quantidade/Porcentagem (de acordo com a opção selecionada no Código de Distribuição) e
os Centros de Custos para os quais será feito o rateio da quantidade/valor dos itens da
SOLEMP. E após inserir todos os dados, clique no botão SALVAR.

Figura 61-Preencher a tabela do Centro de Custo

Observação: O sistema identificará se os números preenchidos na coluna Quantidade/Porcentagem


tratam-se de inteiros (quantidade) ou porcentagens de acordo com a opção selecionada no Código
de Distribuição. No exemplo acima, serão divididos 5 itens para a UG 73000 no Centro de Custo
C238 e 5 itens para a UG 10000 no Centro de Custo D200.
Caso a opção selecionada fosse Classificação Múltipla – Porcentagem, o sistema entenderia 50%
para cada associação UG Beneficiada – Centro de Custo.

ATENÇÃO: A soma dos números inseridos na coluna Quantidade/Porcentagem deverá ser igual a
quantidade do Item selecionado, para a opção Quantidade, e igual a 100% para a opção
Porcentagem.

5 Após inserir os dados referentes a cada Item da SOLEMP de acordo com as UGs
Beneficiadas e Centros de Custo desejados, o usuário deverá clicar no botão SALVAR. O
sistema exibirá uma mensagem de sucesso.

40
Figura 62-Mensagem de sucesso da ação Salvar do Centro de Custo

DICA: Caso queira desistir de alguma alteração ou inserção de dados, o usuário poderá clicar no
botão DESISTIR e as informações não serão salvas. E caso queira excluir uma linha, basta clicar no
botão EXCLUIR na linha desejada e no botão SALVAR para confirmar esta alteração.

Observação: Esta funcionalidade, na tela do Operador, é opcional. Ou seja, o usuário poderá


preencher os dados da SOLEMP e encaminhá-la ao Gerente de Crédito sem inserir as informações
do Centro de Custo.

Editar SOLEMP cadastrada


Quando o usuário encerra com sucesso o cadastro de uma nova SOLEMP, a mesma pode ser
editada caso seja necessário. Para isso, basta clicar nos campos, alterar as informações desejadas e
clicar em SALVAR.
Caso queira editar as informações de uma SOLEMP que já tenha sido cadastrada em um
outro momento, o usuário deve acessar a Tela de Cadastro da SOLEMP e realizar uma busca. Para
isso, devem ser preenchidos os campos: Exercício, Código da OM (preenchidos automaticamente)
e Código da SOLEMP.

1 Selecione o Exercício, Código da OM e clique em Código da SOLEMP para visualizar as


SOLEMPs já cadastradas.

41
Figura 63-SOLEMPs carregadas

DICA: No campo para seleção das SOLEMPs, as mesmas aparecerão em laranja quando tiverem
sido rejeitadas e deverão ser editadas conforme orientação de quem as rejeitou (em Visualizar é
possível verificar, no relatório, o motivo da rejeição), para que seja novamente tramitada. E, em
vermelho quando estiverem no status Cancelada.

ATENÇÃO: Apenas as SOLEMPs com status Rascunho podem ser editadas.

3 Após clicar no Código da SOLEMP desejada, os campos serão carregados e poderão ser
editados.

Figura 64-Edição nos campos da SOLEMP

42
ATENÇÃO: Quando as SOLEMPs forem do tipo Anulação ou Reforço apenas os campos
SOLEMP Referência, Preço Unitário e Quantidade ficarão habilitados para edição.

4 Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a SOLEMP terá
sido editada com sucesso.

DICA: É importante lembrar que o campo Código da OM não pode ser editado, pois está sempre
atrelado ao login do usuário. Além disso, o usuário poderá desistir de editar ou cadastrar uma
SOLEMP em qualquer momento.

Copiar SOLEMP cadastrada


O usuário poderá também copiar uma SOLEMP que já esteja cadastrada no SAFin. Para
isso, é necessário acessar a tela de cadastro de SOLEMP. A ação Copiar se dará da seguinte forma:

1 O usuário preenche os campos Exercício, Código da OM (preenchidos automaticamente) e


clica em Código da SOLEMP para escolher a que deseja fazer uma cópia.
2 Após selecionar a SOLEMP e o sistema preencher os campos com as respectivas
informações, o usuário clica em COPIAR para que uma nova SOLEMP seja criada com as
mesmas informações da SOLEMP carregada na tela.

Figura 65-Botão Copiar da SOLEMP

3 O sistema apresentará uma caixa de diálogo para que o usuário confirme que deseja copiar a
SOLEMP.

43
Figura 66-Mensagem de confirmação da cópia da SOLEMP

4 Após a confirmação, o sistema exibirá uma mensagem de sucesso, informando que a


SOLEMP foi copiada com sucesso e o código da nova SOLEMP.

Figura 67-Mensagem de sucesso da cópia da SOLEMP

Dica: Ao se copiar uma SOLEMP, a nova SOLEMP (copiada) terá o status Rascunho, independente
do status da SOLEMP original. E os seus anexos não são copiados para a nova SOLEMP.

Lembrete: O código da SOLEMP é criado automaticamente e de forma sequencial.

44
TRÂMITE

O objetivo do trâmite é o Operador realizar o cadastro da SOLEMP e tramitá-la, de forma


semelhante ao que ocorre no SiGDEM, até o Agente Financeiro da Unidade Gestora Executora
(UGE), passando antes, dentro da própria Unidade Gestora Responsável (UGR), pelo Gerente de
Crédito (para inserir a Célula de Crédito), Agente Fiscal (para verificação), Ordenador de Despesa
(para autorização) e, finalmente, já na UGE, pelo Gerente de Obtenção (para conferência).

Ação do Operador
O Operador pode realizar a ação referente a SOLEMP que é:
➢ Encaminhar SOLEMP para o Gerente de Crédito.

Encaminhar SOLEMP para Gerente de Crédito


O perfil Operador poderá realizar a ação Encaminhar para o Gerente de Crédito sempre que
selecionar uma SOLEMP com status Rascunho. Para isso, os seguintes passos devem ser realizados:

1 O acesso à Tela de Solicitação de Empenho (SOLEMP) é feito por meio do seguinte


caminho:
Financeiro > Execução > Solicitação de Empenho
O usuário preenche os campos Exercício e clica em Código da SOLEMP para pesquisar
2
pela SOLEMP desejada no sistema.
Após escolher a SOLEMP e o sistema retornar os campos preenchidos com suas
3
informações, o usuário clica em ENCAMINHAR para que a SOLEMP carregada possa ser
visualizada pelo Gerente de Crédito e este insira as informações da Célula de Crédito.
O sistema irá exibir uma mensagem questionando se o usuário deseja encaminhar a
4
SOLEMP ao Gerente de Crédito.

Figura 68-Mensagem de confirmação para encaminhamento da SOLEMP

45
Clicando em SIM, o sistema retornará uma mensagem de que a SOLEMP foi encaminhada
5
com sucesso. Além disso, os dois usuários (Operador e Gerente de Crédito), receberão uma
mensagem, informando quando a SOLEMP foi encaminhada pelo usuário que realizou a
ação. Ao ser encaminhada ao Gerente de Crédito, a SOLEMP assume o status Encaminhada.
Mas se clicar em NÃO, a ação de Encaminhar ao Gerente de Crédito é cancelada.

Figura 69-Mensagem interna de encaminhamento da SOLEMP

46
Ações do Gerente de Crédito
O Gerente de Crédito pode realizar quatro ações referentes à SOLEMP, que são:
➢ Verificar Centro de Custo;
➢ Encaminhar SOLEMP para Agente Fiscal;
➢ Editar SOLEMP;
➢ Rejeitar SOLEMP;

Verificar Centro de Custo

1 O Gerente de Crédito deverá acessar a Tela de Provisionamento de Solicitação de Empenho


– SOLEMP através do seguinte caminho:
Trâmite > SOLEMP > Provisionar SOLEMP
O sistema exibirá a Tela de Provisionamento de Solicitação de Empenho com os campos
Exercício e Código da OM preenchidos. Se existirem SOLEMPs Encaminhadas, as mesmas serão
listadas na tabela.

O Gerente de Crédito deverá Verificar Centro de Custo das SOLEMPs antes de encaminhá-
2
las ao Agente Fiscal.
Selecione a SOLEMP e clique no Botão Inserir Centro de Custo para que a tela para inserir
os dados seja exibida.

Figura 70-Verificar Centro de Custo na SOLEMP

3 A tela para inserir os dados do Centro de Custo será exibida.

47
Figura 71-Tela para Inserir Centro de Custo na SOLEMP

4 Escolha o Item da SOLEMP, no campo Descrição, para o qual deseja inserir as informações
do Centro de Custo. E a opção do Código de Distribuição entre: Classificação Simples (um
único Centro de Custo), Classificação Múltipla - Quantidade (mais de um Centro de Custo,
indicando a quantidade de itens para cada um deles) ou Classificação Múltipla –
Porcentagem (mais de um Centro de Custo, indicando a porcetagem referente ao valor total
do Item para cada um deles).

Figura 72-Escolher Item da SOLEMP para inserir Centro de Custo

48
Lembrete: Os campos: Código do Par, Quantidade, Preço Unitário e Valor Total serão preenchidos
automaticamente, após a escolha do Item da SOLEMP.

5 Clique no botão NOVO a cada nova linha que desejar inserir. Preencha as colunas da tabela
com as UGs Beneficiadas (UGs que receberão os itens descritos na SOLEMP),
Quantidade/Porcentagem (de acordo com a opção selecionada no Código de Distribuição) e
os Centros de Custos para os quais será feito o rateio da quantidade/valor dos itens da
SOLEMP. E após inserir todos os dados, clique no botão SALVAR.

Figura 73-Preencher a tabela do Centro de Custo

Observação: O sistema identificará se os números preenchidos na coluna Quantidade/Porcentagem


tratam-se de inteiros (quantidade) ou porcentagens de acordo com a opção selecionada no Código
de Distribuição. No exemplo acima, serão divididos 5 itens para a UG 73000 no Centro de Custo
C238 e 5 itens para a UG 10000 no Centro de Custo D200.
Caso a opção selecionada fosse Classificação Múltipla – Porcentagem, o sistema entenderia 50%
para cada associação UG Beneficiada – Centro de Custo.

ATENÇÃO: A soma dos números inseridos na coluna Quantidade/Porcentagem deverá ser igual a
quantidade do Item selecionado, para a opção Quantidade, e igual a 100% para a opção
Porcentagem.

49
6 Após inserir os dados referentes a cada Item da SOLEMP de acordo com as UGs
Beneficiadas e Centros de Custo desejados, o usuário deverá clicar no botão SALVAR. O
sistema exibirá uma mensagem de sucesso.

Figura 74-Mensagem de sucesso da ação Salvar do Centro de Custo

DICA: Caso queira desistir de alguma alteração ou inserção de dados, o usuário poderá clicar no
botão DESISTIR e as informações não serão salvas. E caso queira excluir uma linha, basta clicar no
botão EXCLUIR na linha desejada e no botão SALVAR para confirmar esta alteração.

ATENÇÃO: Esta funcionalidade, na tela do Gerente de Crédito, é obrigatória. Ou seja, o usuário


deverá preencher os dados do Centro de Custo de cada Item da SOLEMP antes de encaminhá-la ao
Agente Fiscal.

Encaminhar SOLEMP para Agente Fiscal


Para dar continuidade na tramitação da SOLEMP, o perfil Gerente de Crédito deverá realizar
a ação Encaminhar para o Agente Fiscal. As SOLEMPs deverão estar no status Encaminhada e
deverão ser feitas uma por vez.

1 O Gerente de Crédito deverá acessar a Tela de Provisionamento de Solicitação de Empenho


– SOLEMP através do seguinte caminho:
Trâmite > SOLEMP > Provisionar SOLEMP
O sistema exibirá a Tela de Provisionamento de Solicitação de Empenho com os campos
Exercício e Código da OM preenchidos. Se existirem SOLEMPs Encaminhadas, as mesmas serão
listadas na tabela.

50
Figura 75-Tela de Provisionamento de SOLEMP

DICA: Também é possível visualizar o relatório da SOLEMP clicando sobre o Código da SOLEMP
desejada. E visualizar os anexos da SOLEMP clicando no Botão Anexos na tabela. Caso a
SOLEMP não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem após clicar no Botão Anexos.

O Gerente de Crédito seleciona a SOLEMP que deseja encaminhar na tabela. A seguir, clica
2
no botão INSERIR CÉLULA DE CRÉDITO e uma janela pop-up será exibida com uma
lista de Células de Crédito possíveis. O usuário escolhe a que deseja vincular à SOLEMP e
clica em Carregar ou Cancelar (para desistir de continuar com a ação).

Figura 76-Inserção de Célula de Crédito na SOLEMP

NOTA: A lista acima apresentará as Células de Crédito nas quais o valor disponível no SAFin seja
maior ou igual ao valor da SOLEMP selecionada.

3 Após clicar em Carregar, uma nova janela pop-up será exibida com os campos preenchidos,
exceto o Plano de Contas e o Saldo Conciliado. O usuário deverá clicar no campo Plano de
Contas e escolher a opção que deseja. O Saldo Conciliado será preenchido automaticamente.

51
O usuário pode clicar em Encaminhar, caso deseje continuar com a ação, ou em Desistir,
caso não deseje continuar com o encaminhamento.

Figura 77-Inserção do Plano de Contas na Célula de Crédito da SOLEMP

ATENÇÃO: Caso a SOLEMP selecionada seja do tipo Anulação ou Reforço, o sistema exibirá a
janela pop-up com os campos da Célula de Crédito preenchidos, de acordo com as informações da
SOLEMP Referência a que está vinculada, restando ao Gerente de Crédito apenas Encaminhar ou
Desistir da ação.

Figura 78-Célula de Crédito de SOLEMP Anulação ou Reforço

NOTA: Após o preenchimento das informações de Célula de Crédito, o sistema subtrai o crédito
disponível da Célula de Crédito pelo somatório das SOLEMPs existentes nesta Célula de Credito
com o status Provisionada e também as SOLEMPs com status Verificada e exibe no campo Saldo
Conciliado. Este dado tem apenas caráter informativo e não impede que o Gerente de Crédito
encaminhe a SOLEMP ao Agente Fiscal, mesmo que o valor da SOLEMP seja maior que o crédito
disponível.

52
4 O sistema exibirá uma mensagem de confirmação informando que a SOLEMP foi
encaminhada para o Agente Fiscal e uma mensagem interna é enviada para o Operador,
Gerente de Crédito e Agente Fiscal. Ao ser encaminhada ao Agente Fiscal, a SOLEMP
assume o status Provisionada.

Editar Figura 79-Mensagem de Confirmação de Provisionamento da SOLEMP


SOLEMP encaminhada
Caso queira editar as informações de uma SOLEMP que já tenha sido encaminhada, o
Gerente de Crédito deve acessar a Tela de Provisionamento de Solicitação de Empenho – SOLEMP
e selecionar a SOLEMP que deseja.

1 O usuário deve acessar a Tela de Provisionamento de Solicitação de Empenho – SOLEMP,


selecionar a SOLEMP desejada na tabela e clicar no botão EDITAR.

Figura 80-Botão Editar no Provisionamento de SOLEMP

2 A SOLEMP será carregada em uma nova janela e os campos poderão ser editados.

53
Figura 81-Edição nos campos da SOLEMP

3 Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a SOLEMP terá
sido editada com sucesso.

DICA: É importante lembrar que o campo Código da OM não pode ser editado, pois está sempre
atrelado ao login do usuário. Além disso, o usuário poderá desistir de editar ou cadastrar uma
SOLEMP em qualquer momento do cadastro.

Rejeitar SOLEMP encaminhada


O Gerente de Crédito poderá rejeitar uma SOLEMP de cada vez. Após a ação ser concluída,
uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos no trâmite.

1 O Gerente de Crédito seleciona a SOLEMP que deseja rejeitar e clica no botão REJEITAR.

Figura 82-Ação Rejeitar SOLEMP

54
2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o mesmo justifique o motivo da rejeição.

Figura 83-Justificativa de rejeição

3 O Gerente de Crédito confirma a ação de rejeitar a SOLEMP, clicando em OK, e uma


mensagem é apresentada na tela, notificando o usuário de que a ação foi bem-sucedida.

Figura 84-Mensagem de confirmação de rejeição da SOLEMP

Ao mesmo tempo, uma mensagem interna é enviada para o Operador informando a rejeição
4
da SOLEMP.

Figura 85-Mensagem Interna Rejeição de SOLEMP

55
DICA: A SOLEMP rejeitada receberá novamente status Rascunho para que o Operador possa
realizar as devidas alterações e iniciar uma nova tramitação.

Visualizar anexo de uma SOLEMP


1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da SOLEMP, o sistema exibirá
a janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que
deseja visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 86-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a SOLEMP não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a
inexistência de arquivos.

Figura 87-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP

56
Ações do Agente Fiscal
O Agente Fiscal poderá realizar três ações referentes a SOLEMP:
➢ Encaminhar SOLEMP para o Ordenador de Despesa-UGR;
➢ Editar SOLEMP;
➢ Rejeitar SOLEMP.

Encaminhar SOLEMP para Ordenador de Despesas


Para dar continuidade na tramitação da SOLEMP, o perfil Agente Fiscal deverá encaminhar
as SOLEMPs para o Ordenador de Despesa - UGR. O Agente Fiscal visualizará somente as
SOLEMPs com status Provisionada. Este perfil poderá encaminhar mais de uma SOLEMP por vez.
As SOLEMPs encaminhadas nesta etapa, recebem o status Verificada.
O Agente Fiscal deverá acessar a Tela de Verificação de Solicitação de Empenho – SOLEMP
1 através do seguinte caminho:
Trâmite > SOLEMP > Verificação de SOLEMP

O sistema exibirá a Tela de Verificação de Solicitação de Empenho - SOLEMP com os


campos Exercício e Código OM preenchidos. Se existirem SOLEMPs, as mesmas serão listadas.

Figura 88-Tela de Verificação de SOLEMP

DICA: Também é possível visualizar o relatório da SOLEMP clicando sobre o Código da SOLEMP
desejada. E visualizar os anexos da SOLEMP clicando no Botão Anexos na tabela. Caso a
SOLEMP não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem após clicar no Botão Anexos.

57
Após escolher a SOLEMP, o Agente Fiscal clica em ENCAMINHAR para que a SOLEMP
2
carregada possa ser encaminhada para o Ordenador de Despesa. Esta ação pode ser aplicada
a mais de uma SOLEMP simultaneamente.

Figura 89-Encaminhar SOLEMP para Ordenador de Despesa

3 O sistema exibirá uma mensagem pedindo para o Agente Fiscal confirmar se deseja
continuar com a ação ou não. Clicando em Não, o sistema retorna para a tela de Verificação
de SOLEMP.

Figura 90-Mensagem de confirmação de verificação de SOLEMP

4 Clicando em Sim, o sistema exibirá na tela uma notificação informando que a SOLEMP foi
encaminhada para o Ordenador de Despesa e uma mensagem interna será enviada para o
Operador, Gerente de Crédito, o próprio Agente Fiscal e o Ordenador de Despesa - UGR.
Ao ser encaminhada ao Ordenador de Despesa - UGR, a SOLEMP assume o status
Verificada.

58
Figura 91-Mensagem de sucesso de Verificação de SOLEMP

Editar SOLEMP provisionada


Caso queira editar as informações de uma SOLEMP que já tenha sido provisionada, o
Agente Fiscal deve acessar a Tela de Verificação de Solicitação de Empenho – SOLEMP e
selecionar a SOLEMP que deseja.

O usuário deve acessar a Tela de Verificação de Empenho – SOLEMP, selecionar a


1
SOLEMP desejada e clicar em EDITAR.

Figura 92-Função Editar Verificação SOLEMP

59
2 A SOLEMP será carregada e os campos poderão ser editados.

Figura 93-Tela de Edição da SOLEMP

Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a SOLEMP terá
3
sido editada com sucesso.

Figura 94-Edição da SOLEMP realizada com sucesso

60
DICA: É importante lembrar que o campo Código da OM não pode ser editado, pois está sempre
atrelado ao login do usuário. Além disso, o usuário poderá desistir de editar uma SOLEMP em
qualquer momento.

Rejeitar SOLEMP provisionada


O Agente Fiscal poderá rejeitar uma ou mais SOLEMPs por vez. Após a ação ser concluída,
uma mensagem interna será enviada a todos os usuários envolvidos neste trâmite.
1 O Agente Fiscal seleciona quantas SOLEMPs deseja rejeitar e clica no botão REJEITAR.

Figura 95-Função Rejeitar da Verificação de SOLEMP

2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o Agente Fiscal justifique o motivo da rejeição.

Figura 96-Justificativa de rejeição da Verificação de SOLEMP

61
O Agente Fiscal confirma a ação e uma mensagem é apresentada na tela, notificando o
3
usuário de que a ação foi realizada com sucesso.

Figura 97-Mensagem de sucesso da rejeição da SOLEMP

Ao mesmo tempo, uma mensagem interna é enviada para o Operador, o Gerente de Crédito e
4
o próprio Agente Fiscal, informando a rejeição da(s) SOLEMP(s).

Figura 98-Mensagem interna da rejeição da SOLEMP

DICA: A SOLEMP que for rejeitada receberá novamente status Rascunho para que o Operador
possa realizar as devidas correções e iniciar uma nova tramitação.

62
Visualizar anexo de SOLEMP

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da SOLEMP, o sistema exibirá


a janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que
deseja visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 99-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a SOLEMP não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a
inexistência de arquivos.

Figura 100-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP

63
Ações do Ordenador de Despesa – UGR
O Ordenador de Despesa - UGR pode realizar quatro ações referentes a SOLEMP:
➢ Autorizar SOLEMP para o Gerente de Obtenção;
➢ Editar SOLEMP;
➢ Rejeitar SOLEMP;
➢ Cancelar SOLEMP;

Autorizar SOLEMP para Gerente de Obtenção


Para dar continuidade na tramitação da SOLEMP o usuário Ordenador de Despesa deverá
realizar a ação Autorizar, encaminhando a SOLEMP para o Gerente de Obtenção. As SOLEMPs
deverão estar no status Verificada e poderão ser autorizadas mais de uma ao mesmo tempo.

1 O Ordenador de Despesa deverá acessar a Tela de Autorização de Solicitação de Empenho –


SOLEMP através do seguinte caminho:
Trâmite > SOLEMP > Autorização de SOLEMP
O sistema exibirá a Tela de Autorização de Solicitação de Empenho - SOLEMP com os
campos Exercício e Código OM preenchidos. Se existirem SOLEMPs, as mesmas serão
listadas.

Figura 101-Tela de Autorização da SOLEMP

64
2 O perfil Ordenador de Despesa seleciona na tabela quantas SOLEMPs desejar Autorizar,
desde que as SOLEMPs selecionadas estejam no status Verificada.

Figura 102-Autorização da SOLEMP

3 Após escolher a SOLEMP, o Ordenador de Despesa clica em AUTORIZAR para que a


mesma seja encaminhada para o Gerente de Obtenção.
O sistema emite uma mensagem perguntando ao usuário se deseja ou não autorizar a(s)
SOLEMP(s).

Figura 103-Mensagem confirmação da Ação Autorizar

Caso o usuário confirme a ação, o sistema irá exibir uma mensagem de confirmação
informando que a SOLEMP foi encaminhada para o Gerente de Obtenção.
Se o usuário clicar em CANCELAR, o sistema irá retornar para a Tela de Autorização de
Solicitação de Empenho – SOLEMP, aguardando uma nova ação do usuário.

65
Figura 104-Mensagem sucesso autorização SOLEMP

Editar SOLEMP verificada


Caso queira editar as informações de uma SOLEMP que já tenha sido verificada, o
Ordenador de Despesa - UGR deve acessar a Tela de Autorização de Solicitação de Empenho –
SOLEMP e selecionar a SOLEMP desejada.

1 O usuário deve acessar a Tela de Autorização de Solicitação de Empenho – SOLEMP,


selecionar a SOLEMP desejada e clicar em EDITAR. Somente as SOLEMPs com status
Verificada podem ser editadas.

Figura 105-Função Editar da Autorização da SOLEMP

66
2 A SOLEMP será carregada e os campos poderão ser editados.

Figura 106-Tela de Edição da SOLEMP

3 Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a SOLEMP terá
sido editada com sucesso.

Figura 107-Edição da SOLEMP realizada com sucesso

67
DICA: Lembre-se que o campo Código da OM não pode ser editado, pois está sempre atrelado ao
login do Usuário. Além disso, o usuário poderá desistir de editar uma SOLEMP em qualquer
momento.

Rejeitar SOLEMP verificada


O Ordenador de Despesa poderá rejeitar uma ou mais SOLEMPs por vez. Após a ação ser
concluída, uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos neste trâmite.

O Ordenador de Despesa - UGR seleciona a SOLEMP que deseja rejeitar e clica no botão
1
REJEITAR. Somente as SOLEMPs com status Verificada podem ser rejeitadas.

Figura 108-Ação Rejeitar SOLEMP

68
2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o Ordenador de Despesa justifique o motivo da
rejeição.

Figura 109-Justificativa de rejeição

Após o usuário confirmar a ação, clicando em SIM, o sistema irá exibir uma notificação,
3
informando o sucesso da operação.

Figura 110-Mensagem de sucesso de rejeição da SOLEMP

69
4 Uma mensagem interna é enviada aos usuários envolvidos neste trâmite informando a
rejeição.

Figura 111-Mensagem interna de rejeição da SOLEMP

Cancelar SOLEMP
O usuário Ordenador de Despesa - UGR pode cancelar uma ou mais SOLEMPs por vez.
Para serem canceladas, as SOLEMPs devem ter status Autorizada, Conferida ou Empenhada. Os
seguintes passos devem ser seguidos:

1 Selecionar uma ou mais SOLEMPs e clicar no botão CANCELAR.

Figura 112-Ação Cancelar SOLEMP

70
2 Será aberta uma janela pop-up para que o usuário justifique as causas do cancelamento. Esta
justificativa será enviada na mensagem interna para todos os usuários envolvidos no
processo da SOLEMP cancelada e ficará disponível no relatório da mesma.

Figura 113-Justificativa cancelamento SOLEMP

ATENÇÃO: Caso a(s) SOLEMP(s) selecionada(s) esteja(m) no status Empenhada e possua(m)


SOLEMP(s) vinculada(s) a ela(s), o sistema emitirá uma mensagem comunicando o(s) seu(s)
número(s). Clicando em SIM, o sistema irá cancelar a(s) SOLEMP(s) selecionada(s) e a(s)
vinculada(s) a ela(s).

LEMBRETE: Os arquivos anexados nas SOLEMPs canceladas serão excluídos.

Figura 114-Justificativa cancelamento com SOLEMP vinculada

71
LEMBRETE: A justificativa registrada na janela pop-up será a mesma para todas as SOLEMPs
selecionadas. Caso o usuário queira justificativas diferentes, deverá selecionar as SOLEMPs
separadamente e cancelar uma de cada vez.

3 O Ordenador de Despesa - UGR confirma o cancelamento através do botão SIM. Uma


mensagem de confirmação do cancelamento é exibida na tela.

Figura 115-Mensagem de sucesso de Cancelamento de SOLEMP

Visualizar anexo de uma SOLEMP

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da SOLEMP, o sistema exibirá


a janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que
deseja visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 116-Visualizar Anexos no Trâmite

72
DICA: Caso a SOLEMP não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a
inexistência de arquivos.

Figura 117-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP

73
Ações do Gerente de Obtenção – UGE
O Gerente de Obtenção - UGE pode realizar duas ações referentes à SOLEMP:

➢ Encaminhar SOLEMP para Agente Financeiro - UGE;

➢ Rejeitar SOLEMP.

Encaminhar SOLEMP para Agente Financeiro


Para dar continuidade na tramitação da SOLEMP, o perfil Gerente de Obtenção deverá
realizar a ação Encaminhar para o Agente Financeiro. As SOLEMPs deverão estar no status
Autorizada e poderão ser encaminhadas mais de uma por vez.

1 O Gerente de Obtenção deverá acessar a tela de Conferência de Solicitação de Empenho


SOLEMP através do seguinte caminho:

Trâmite > SOLEMP > Conferir SOLEMP

O Gerente de Obtenção - UGE já recebe a SOLEMP com os campos Exercício e Código da


OM preenchidos e seleciona na tabela a(s) SOLEMP (s) que deseja encaminhar.

Figura 118-Tela de Conferir SOLEMP

74
2 O perfil Gerente de Obtenção pode selecionar na tabela quantas SOLEMPs desejar. A seguir,
deve clicar no botão ENCAMINHAR.

Figura 119-Ação Encaminhar SOLEMP para Agente Financeiro

O sistema irá exibir uma janela pop-up, onde o usuário deverá preencher o campo
3
Observação.

OBSERVAÇÃO: para encaminhar a(s) SOLEMP(s) para o próximo perfil. Este campo não
é obrigatório.

Figura 120-Campo Observação para encaminhar SOLEMP ao Agente


Financeiro

75
4 Após clicar no botão ENCAMINHAR, o sistema irá exibir uma mensagem de sucesso da
operação.

Figura 121-Mensagem de Sucesso da Operação

5 Ao mesmo tempo, uma mensagem interna é enviada a todos os perfis envolvidos neste
trâmite.

Figura 122-Mensagem interna

76
Rejeitar SOLEMP autorizada
O perfil Gerente de Obtenção poderá rejeitar uma ou mais SOLEMP's por vez. Após a ação
ser concluída, uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos neste trâmite.

O Ordenador de Despesas - UGR seleciona a SOLEMP que deseja rejeitar e clica no botão
1
REJEITAR.

Figura 123-Ação Rejeitar SOLEMP

2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o mesmo justifique o motivo da rejeição.

Figura 124-Justificativa de rejeição

77
3 Após o usuário confirmar a ação, o sistema irá exibir uma notificação, informando o sucesso
da operação.

Figura 125-Mensagem de confirmação de rejeição

4 Uma mensagem interna é enviada aos usuários envolvidos neste trâmite informando a
rejeição.

Figura 126-Mensagem interna de rejeição da SOLEMP

78
Visualizar anexo de uma SOLEMP

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da SOLEMP, o sistema exibirá


a janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que deseja
visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 127-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a SOLEMP não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a
inexistência de arquivos.

Figura 128-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP

79
Ações do Agente Financeiro – UGE
O Agente Financeiro - UGE pode realizar duas ações referentes à SOLEMP, que são:
➢ Empenhar SOLEMP;
➢ Rejeitar SOLEMP.

Empenhar SOLEMP
Para dar continuidade na tramitação da SOLEMP o perfil Agente Financeiro - UGE deverá
realizar a ação Empenhar SOLEMP. O Agente Financeiro poderá empenhar uma ou mais SOLEMPs
por vez.

1 O Agente Financeiro deverá acessar a tela de Empenho de Solicitação de Empenho –


SOLEMP através do seguinte caminho:
Trâmite > SOLEMP > Empenhar SOLEMP

O Agente Financeiro - UGE já recebe a SOLEMP com os campos Exercício e Código da


OM preenchidos e seleciona na tabela a(s) SOLEMP (s) que deseja empenhar.

Figura 129-Tela de Empenho da SOLEMP

80
2 Após escolher a SOLEMP, o usuário deve clicar no botão EMPENHAR.

Figura 130-Função Empenhar SOLEMP

3 O sistema irá exibir uma janela pop-up para que o usuário confirme a ação de empenho da
SOLEMP.

Figura 131-Confirmar Empenho de SOLEMP

4 Confirmando a ação, o sistema irá exibir uma mensagem de sucesso.

Figura 132-Mensagem de SOLEMP empenhada com sucesso

81
5 Uma mensagem interna será enviada para todos os usuários no trâmite notificando-os da
operação realizada.

Figura 133-Mensagem interna

82
Rejeitar SOLEMP conferida
O perfil Agente Financeiro poderá rejeitar uma ou mais SOLEMPs por vez. Após a ação ser
concluída, uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos neste trâmite. As SOLEMPs
rejeitadas nesta tela, voltarão para o Gerente de Crédito.

O Agente Financeiro - UGE seleciona a SOLEMP que deseja rejeitar e clica no botão
1
REJEITAR.

Figura 134-Ação Rejeitar SOLEMP

2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o mesmo justifique o motivo da rejeição.

Figura 135-Justificativa de rejeição

83
3 Após o usuário confirmar a ação, o sistema irá exibir uma notificação, informando o sucesso
da operação.

Figura 136-Mensagem de confirmação de rejeição

4 Uma mensagem interna é enviada aos usuários envolvidos neste trâmite informando a
rejeição.

Figura 137-Mensagem interna de rejeição da SOLEMP

84
Visualizar anexo de uma SOLEMP

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do empenho da SOLEMP, o sistema exibirá a janela
de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que deseja
visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 138-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a SOLEMP não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a
inexistência de arquivos.

Figura 139-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP

85
DIÁRIA

O módulo da Diária tem como objetivo a solicitação de crédito para viagens a serviço. Cada
usuário pode fazer uso de 40 diárias anuais, podendo este limite ser alterado quando houver
necessidade.
O módulo da Diária pode ser utilizado pelos usuários com perfis de Operador, Gerente de
Crédito, Agente Fiscal, Ordenador de Despesa, todos das UGR, além dos usuários da UGE, Agente
Financeiro.

Cadastrar Diária
Para criar uma Diária no SAFin, é preciso realizar os seguintes passos:

1 O acesso à tela de Diária será realizado pelo seguinte caminho: Financeiro > Execução >
Diárias.

Figura 140: Acessar submenu da Diária

A seguinte tela será carregada:

Figura 141: Tela de Cadastro da Diária

86
2 Para realizar o cadastro de uma Diária, os seguintes campos devem ser preenchidos:

➢ Exercício (preenchido automaticamente com o Ano Corrente);


➢ Código da OM (preenchido automaticamente);
➢ Observação/Motivo;
Campos obrigatórios da Grid:
➢ C.P.F.;
➢ Nome Completo;
➢ Início;
➢ Término;
➢ Qtde Diárias ou Qtde Meia;
➢ Valor Diária;
➢ C.Banco;
➢ Agência;
➢ C. Corrente;
➢ Nome Banco.

3 Após o preenchimento dos campos obrigatórios, o usuário deve clicar no botão SALVAR.

4 Se todos os campos estiverem preenchidos corretamente, o sistema apresentará uma


mensagem de sucesso, seguido do número da Diária recém-criada.

Figura 142: Confirmação de cadastro realizado

87
DICA: É possível excluir o item da Diária inserido no momento de sua criação. Para isso, basta
clicar no botão EXCLUIR, desde que a Diária esteja no status Rascunho.

Figura 143: Botão Excluir

Anexar arquivo na Diária


É possível anexar arquivos em Diárias cadastradas e com status Rascunho.
1 Selecione o Código da Diária e clique no Botão Anexo para que a janela para inserir os
anexos seja exibida na tela.

Figura 144-Janela para anexar arquivos na Diária

2 Clique em “Selecione Arquivos” e escolha os arquivos que deseja incluir na Diária


selecionada. Após anexar, basta clicar no botão Fechar para retornar à tela da Diária.

88
Figura 145-Arquivos anexados com sucesso na Diária

ATENÇÃO: Só é possível anexar arquivos com as seguintes extensões: “.aao”, “.ass” ou “.pdf”.
Além disso, a soma dos tamanhos dos anexos de uma Diária não pode ultrapassar o limite máximo
de 5MB. Também não é possível anexar arquivos com nomes idênticos. O sistema exibirá
mensagem comunicando a impossibilidade de anexar os arquivos nesses casos.

Excluir arquivo da Diária

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do cadastro da Diária, o sistema exibirá a janela de
anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no botão “Excluir” ao lado do
arquivo que deseja remover da lista da Diária.

Figura 146-Botão de Excluir anexo da Diária

89
2 Clique em SIM para confirmar a ação.

Figura 147-Mensagem de confirmação da ação Excluir anexo da Diária

3 O sistema exibirá uma mensagem de confirmação da exclusão do Anexo escolhido.

Figura 148-Mensagem de sucesso da ação Excluir anexo da Diária

DICA: Só é possível Anexar e Excluir anexos de Diárias com status Rascunho.

90
Visualizar anexo da Diária

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do cadastro da Diária, o sistema exibirá a janela de
anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que deseja
visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 149-Janela de anexos da Diária

DICA: É possível visualizar os anexos de uma Diária com qualquer status. Caso a Diária não
possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a inexistência de arquivos.

Figura 150-Mensagem que não possui anexo na Diária

ATENÇÃO: Ao Cancelar uma Diária, os arquivos anexados a ela também serão excluídos.

91
Editar Diária cadastrada
Quando o usuário encerra com sucesso o cadastro de uma nova Diária, a mesma pode ser
editada caso seja necessário. Para isso, basta clicar nos campos, alterar as informações desejadas e
clicar em SALVAR.
Caso queira editar as informações de uma Diária que já tenha sido cadastrada em um outro
momento, o usuário deve acessar a Tela de Cadastro da Diária e realizar uma busca.

1 Os campos Exercício, Código da Diária são preenchidos automaticamente. O usuário então


deve clicar no campo Código da Diária para pesquisar qual Diária deseja editar.

Figura 151: Busca de Diária cadastrada

2 Clique na Diária desejada.

DICA: Assim como no caso das SOLEMPs, algumas Diárias podem aparecer nas cores laranja
(quando foram rejeitadas) ou vermelha (caso tenham sido canceladas).

ATENÇÃO: Somente Diárias com status Rascunho podem ser editadas.

Após ter clicado na Diária desejada, o sistema irá carregar suas informações na tela, para
3 que o usuário possa realizar as edições desejadas.

92
Figura 152: Edição da Diária

Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a Diária terá sido
4 editada com sucesso.

Copiar Diária cadastrada


O usuário poderá também copiar Diária. Para isso, é necessário acessar a tela de cadastro de Diária
e pesquisar por uma que já exista no SAFin. A ação Copiar se dará pela seguinte forma:

Com os campos Exercício e Código da OM já preenchidos automaticamente pelo sistema,


1 o usuário deve selecionar no campo Código da Diária qual deseja copiar.

Após escolher a Diária e o sistema retornar as informações com os campos preenchidos, o


2 usuário clica em COPIAR para que uma nova Diária seja criada com as informações da
Diária carregada na tela.

O sistema apresentará uma caixa de diálogo para que o usuário confirme que deseja copiar a
3 Diária.

Figura 153: Confirmação da ação Copiar

93
Após a confirmação o sistema exibirá uma mensagem de sucesso, informando que a Diária
4 foi copiada e o código da Diária nova.

Figura 154: Diária copiada com sucesso

DICA: A Diária copiada terá status Rascunho, independente do status da Diária original. E os seus
anexos não são copiados para a nova Diária.

Lembrete: O código da Diária é criado automaticamente e de forma sequencial.

Limite de diárias cadastradas por CPF


Cada CPF possui um limite de 40 diárias anuais cadastradas (somatório de diárias e meias
diárias). No momento do cadastro de uma nova Diária, se o usuário inserir uma quantidade de
diárias para um CPF que já esteja próximo ao seu valor limite, e clicar em SALVAR, a seguinte
caixa de diálogo irá aparecer:

Figura 155: CPF excedeu limite de diárias anuais


94
O usuário terá duas opções: Justificar o motivo de novas diárias para o CPF ou Desistir do
cadastro e descartar as informações.
Clicando em JUSTIFICAR, o campo Justificativa (que está na tabela) será habilitado para
que o usuário possa inserir alguma observação para o CPF que excedeu a cota de diárias anuais.
Com este campo preenchido, o cadastro poderá continuar. Se, ao clicar em SALVAR, a caixa de
diálogo for apresentada novamente para um outro CPF, o usuário deverá realizar a mesma ação.

Observação: Esta validação também será feita quando o usuário realizar ediçoẽs ou cópias de
Diárias.

95
TRÂMITE DA DIÁRIA
O objetivo do trâmite é o Operador realizar o cadastro da Diária e tramitá-la, até o Agente
Financeiro da Unidade Gestora Executante (UGE), passando antes, dentro da própria Unidade
Gestora Responsável (UGR), pelo Gerente de Crédito (para inserir a célula de crédito), Agente
Fiscal (para verificação) e Ordenador de Despesa (para autorização).

Ações do Operador
O operador pode realizar a seguinte ação:
➢ Encaminhar a Diária para o Gerente de Crédito.

Encaminhar Diária para Gerente de Crédito


O perfil Operador poderá Encaminhar Diária para o Gerente de Crédito após selecionar uma
Diária com status Rascunho. Para isso, os seguintes passos devem ser realizados:

1 O acesso à Tela de Diária é feito por meio do seguinte caminho:


Financeiro > Execução > Diárias

2 O usuário preenche os campos Exercício e Código da Diária para pesquisar pela Diária
desejada no sistema.

3 Após escolher a Diária e o sistema retornar os campos preenchidos com suas informações, o
usuário clica em ENCAMINHAR para que a Diária carregada possa ser visualizada pelo
Gerente de Crédito e este insira as informações da Célula de Crédito.

4 O sistema irá exibir uma mensagem questionando se o usuário deseja encaminhar a Diária
ao Gerente de Crédito.

Figura 156: Confirmação da ação Encaminhar

5 Clicando em SIM, o sistema exibirá uma mensagem que a Diária foi encaminhada com
sucesso. Além disso, os dois usuários (Operador e Gerente de Crédito), receberão uma
mensagem, informando quando a Diária foi encaminhada pelo usuário que realizou a

96
ação. Ao ser encaminhada ao Gerente de Crédito, a Diária assume o status Encaminhada.
Clicando em NÃO, a ação de Encaminhar ao Gerente de Crédito é cancelada.

Figura 157: Diária encaminhada com sucesso

Figura 158: Mensagem para os usuários da ação Encaminhar

97
Ações do Gerente de Crédito
O Gerente de Crédito pode realizar as seguintes ações referentes à Diária, que são:

➢ Encaminhar Diária para Agente Fiscal;


➢ Editar Diária;
➢ Rejeitar Diária;

Encaminhar Diária para Agente Fiscal


Para dar continuidade na tramitação da Diária, o perfil Gerente de Crédito deverá realizar a
ação Encaminhar para o Agente Fiscal. As Diárias deverão estar no status Encaminhada e deverão
ser feitas uma por vez.
O Gerente de Crédito deverá acessar a Tela de Provisionamento de Diária por meio do
1 seguinte caminho:
Trâmite > Diária > Provisionar Diárias

Figura 159: Acessar submenu de Provisionamento de Diária

O sistema exibirá a Tela de Provisionamento de Diária com os campos Exercício e Código


da OM preenchidos. Se existirem Diárias Encaminhadas, as mesmas serão listadas.

98
Figura 160: Tela de Provisionamento da Diária

DICA: Também é possível visualizar a Diária clicando sobre o Código da Diária desejada.

2 O Gerente de Crédito já recebe a Diária com os campos Exercício e Código da OM


preenchidos e seleciona na tabela a Diária que deseja encaminhar.

A seguir, o usuário clica no botão INSERIR CÉLULA DE CRÉDITO e uma janela pop-up
3
será exibida com uma lista de Células de Crédito possíveis. O usuário escolhe a opção que
deseja vincular à Diária e clica em Carregar ou Cancelar (para desistir de continuar com a
ação).

Figura 161: Inserção da Célula de Crédito

NOTA: A lista acima apresentará as Células de Crédito nas quais o valor disponível no SAFin seja
maior ou igual ao valor da Diária selecionada.

99
4 Após clicar em Carregar, uma nova janela pop-up será exibida com os campos preenchidos.
O usuário pode clicar em Encaminhar, caso deseje continuar com a ação, ou em Desistir, caso não
queira continuar com o encaminhamento.

Figura 162: Célula de Crédito preenchida

NOTA: Após a escolha da Célula de Crédito, o sistema subtrai o crédito disponível da Célula de
Crédito pelo somatório das Diárias existentes nesta Célula de Crédito com o status Provisionada e
também as Diárias com status Verificada e exibe no campo Saldo Conciliado. Este dado tem
apenas caráter informativo e não impede que o Gerente de Crédito encaminhe a Diária ao Agente
Fiscal, mesmo que o valor da Diária seja maior que o saldo disponível.

O sistema exibirá uma mensagem de confirmação informando que a Diária foi encaminhada
5
para o Agente Fiscal e uma mensagem é enviada para o Operador, Gerente de Crédito e o
Agente Fiscal. Ao ser encaminhada ao Agente Fiscal, a Diária assume o status Provisionada.

Figura 163: Mensagem de Provisionamento da Diária

100
Editar Diária encaminhada
Caso queira editar as informações de uma Diária que já tenha sido cadastrada, o Gerente de
Crédito deve acessar a Tela de Provisionamento de Diárias e selecionar a Diária que deseja.

O usuário deve acessar a Tela de Provisionamento de Diárias, selecionar a Diária


1
desejada e clicar em EDITAR.

Figura 164: Botão Editar Diária

2 A Diária será carregada e os campos poderão ser editados.

Figura 165: Tela de Edição de Diária

101
3 Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a Diária terá sido
editada com sucesso.

DICA: É importante lembrar que o campo Código da OM não pode ser editado, pois está sempre
atrelado ao login do usuário. Além disso, o usuário poderá desistir de editar ou cadastrar uma Diária
em qualquer momento do cadastro.

Rejeitar Diária encaminhada


O Gerente de Crédito poderá rejeitar uma Diária de cada vez. Após a ação ser concluída,
uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos no trâmite.

1 O Gerente de Crédito seleciona a Diária que deseja rejeitar e clicar no botão REJEITAR.

Figura 166: Ação Rejeitar

2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o usuário preencha o motivo da rejeição.

Figura 167: Janela de Justificativa de Rejeição


102
3 O Gerente de Crédito confirma a ação de rejeitar a Diária e uma mensagem é apresentada
na tela, notificando o usuário de que a ação foi bem-sucedida.

Figura 168: Diária rejeitada com sucesso


4 Ao mesmo tempo, uma mensagem interna é enviada para o Operador e para o Gerente de
Crédito informando a rejeição da Diária.

Figura 169: Mensagem para usuários da ação Rejeitar

DICA: A Diária rejeitada receberá novamente status Rascunho para que o Operador possa realizar
as devidas correções e iniciar uma nova tramitação.

103
Visualizar anexo de uma Diária

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da Diária, o sistema exibirá a


janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que deseja
visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 170-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a Diária não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a inexistência
de arquivos.

Figura 171-Mensagem que não possui anexo na Diária

104
Ações do Agente Fiscal
O Agente Fiscal poderá realizar três ações referentes à Diária, que são:
➢ Encaminhar Diária para o Ordenador de Despesa-UGR;
➢ Editar Diária;
➢ Rejeitar Diária.

Encaminhar Diária para Ordenador de Despesas


Para dar continuidade na tramitação da Diária, o perfil Agente Fiscal deverá encaminhar as
Diárias para o Ordenador de Despesa. O Agente Fiscal visualizará somente as Diárias com status
Provisionada. Este perfil poderá encaminhar mais de uma Diária por vez. As Diária encaminhadas
nesta etapa, recebem o status de Verificada.
O Agente Fiscal deverá acessar a Tela de Verificação de Diária através do seguinte
1 caminho:
Trâmite > Diárias > Verificação de Diária

Figura 172: Acessar submenu de Verificação da Diária

O sistema exibirá a Tela de Tela de Verificação de Diária com os campos Exercício e


Código OM preenchidos. Se existirem Diárias, as mesmas serão listadas.

105
Figura 173: Tela de Verificação da Diária

DICA: Também é possível visualizar informações detalhadas da Diária clicando sobre o Código da
Diária desejada.

Após escolher a Diária, o Agente Fiscal clica em ENCAMINHAR para que a Diária
2
carregada possa ser encaminhada para o Ordenador de Despesa. Esta ação pode ser aplicada
a mais de uma Diária.

Figura 174: Confirmação da ação Encaminhar

O sistema exibirá na tela uma notificação informando que a Diária foi encaminhada para
3
o Ordenador de Despesa e uma mensagem interna será enviada para o Operador, Gerente de
Crédito, o próprio Agente Fiscal e o Ordenador de Despesa – UGR. Ao ser encaminhada ao
Ordenador de Despesa - UGR, a Diária assume o status Verificada. Clicando em NÃO, a
ação de encaminhar ao Ordenador de Despesa - UGR é cancelada.

106
Figura 175: Mensagem para usuários sobre ação Encaminhar

Editar Diária provisionada


Caso queira editar as informações de uma Diária que já tenha sido cadastrada, o Agente
Fiscal deve acessar a Tela de Verificação de Diária e selecionar a Diária que deseja.

1 O usuário deve acessar a Tela de Diária, selecionar a Diária desejada e clicar em EDITAR.

Figura 176: Botão Editar Diária

2 A Diária será carregada e os campos poderão ser editados.

Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a Diária terá sido
3
editada com sucesso.

107
DICA: É importante lembrar que o campo Código da OM não pode ser editado, pois está sempre
atrelado ao login do usuário. Além disso, o usuário poderá desistir de editar uma Diária em qualquer
momento.

Rejeitar Diária provisionada


O Agente Fiscal poderá rejeitar uma ou mais Diárias por vez. Após a ação ser concluída,
uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos neste trâmite.

1 O Agente Fiscal seleciona quantas Diárias deseja rejeitar e clica no botão REJEITAR.

Figura 177: Botão Rejeitar Diária

2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o mesmo preencha o motivo da rejeição.

Figura 178-Caixa de diálogo da funcionalidade Rejeitar

108
O Agente Fiscal confirma a ação e uma mensagem é apresentada na tela, notificando o
3
usuário de que a ação foi bem-sucedida.

Figura 179-Mensagem de sucesso da rejeição da Diária

Ao mesmo tempo, uma mensagem interna é enviada para o Operador, Gerente de Crédito e
4
ao próprio Agente Fiscal, informando a rejeição da(s) Diária(s).

Figura 180-Mensagem para usuários da ação Rejeitar

109
DICA: A Diária rejeitada receberá novamente status Rascunho para que o Operador possa realizar
as devidas correções e iniciar uma nova tramitação.

Visualizar anexo de uma Diária

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da Diária, o sistema exibirá a


janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que
deseja visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 181-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a Diária não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a inexistência
de arquivos.

110
Figura 182-Mensagem que não possui anexo na Diária

111
Ações do Ordenador de Despesa – UGR
O Ordenador de Despesa - UGR pode realizar quatro ações referentes à Diária, que são:
➢ Autorizar Diária;
➢ Editar Diária;
➢ Rejeitar Diária;
➢ Cancelar Diária;

Autorizar Diária para Agente Financeiro


Para dar continuidade na tramitação da Diária o usuário Ordenador de Despesa deverá
realizar a ação Autorizar Diária (encaminhando-a automaticamente para o Agente Financeiro). As
Diárias deverão estar no status Verificada e poderão ser encaminhadas mais de uma ao mesmo
tempo.
1 O Ordenador de Despesa deverá acessar a Tela de Autorização de Diária por meio do
seguinte caminho:
Trâmite > Diárias > Autorização de Diária

Figura 183-Acessar submenu de Autorização da Diária

112
O sistema exibirá a Tela de Autorização de Diária com os campos Exercício e Código OM
preenchidos. Se existirem Diárias, as mesmas serão listadas.

Figura 184-Tela de Autorização de Diária

2 O perfil Ordenador de Despesa seleciona na tabela quantas Diárias desejar Autorizar,


desde que as Diárias selecionadas estejam no status Verificada e pertençam a mesma OM.

Figura 185-Ação Autorizar Diária

Após escolher a(s) Diária(s), o Ordenador de Despesa clica em AUTORIZAR para que a(s)
3 mesma(s) seja(m) encaminhada(s) para o Agente Financeiro.
O sistema emite uma mensagem perguntando ao usuário se deseja ou não autorizar a(s)
Diária(s).

Figura 186-Mensagem de confirmação Autorizar Diária


113
Caso o usuário confirme a ação, o sistema irá exibir uma mensagem de confirmação
informando que a(s) Diária(s) foi/foram encaminhada(s) para o Agente Financeiro.

Figura 187-Diária autorizada com sucesso

Se o usuário clicar em NÃO, o sistema irá retornar para a Tela de Autorização de Diária,
aguardando uma nova ação do usuário.

Editar uma Diária verificada


Caso queira editar as informações de uma Diária que já tenha sido cadastrada, o Ordenador
de Despesa deve acessar a Tela de Autorização de Diária e selecionar a Diária desejada.

1 O usuário deve acessar a Tela de Autorização de Diária, selecionar a Diária desejada e clicar
em EDITAR. Somente as Diárias com status Verificada podem ser editadas.

Figura 188-Ação editar Diária

2 A Diária será carregada e os campos poderão ser editados.

114
3 Após as edições serem efetuadas, o usuário deverá clicar em SALVAR, e a Diária terá sido
editada com sucesso.

DICA: Lembre-se que o campo Código da OM não pode ser editado, pois está sempre atrelado ao
login do Usuário. Além disso, o usuário poderá desistir de editar uma Diária, clicando no botão
Desistir na tela de Edição.

Rejeitar Diária verificada


O Ordenador de Despesa poderá rejeitar uma ou mais Diárias por vez. Após a ação ser
concluída, uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos neste trâmite e a Diária
retornará ao Operador.

O Ordenador de Despesa - UGR seleciona a(s) Diária(s) que deseja rejeitar e clica no botão
1
REJEITAR. Somente as Diárias com status Verificada podem ser rejeitadas.

Figura 189: Ação rejeitar Diária

2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o mesmo justifique o motivo da rejeição.

115
Figura 190: Campo Justificativa da rejeição

ATENÇÃO: Este campo é obrigatório. A informação será cadastrada para todas as Diárias
selecionadas. Caso queira Justificativas diferentes para cada Diária, o usuário deverá selecioná-las
individualmente.

Após o usuário confirmar a ação, o sistema irá exibir uma notificação, informando o sucesso
3
da operação.

Figura 191: Mensagem de sucesso da rejeição

4 Uma mensagem interna é enviada aos usuários envolvidos neste trâmite informando a
rejeição.

116
Figura 192-Mensagem para usuários sobre ação Rejeitar Diária

DICA: A Diária rejeitada receberá novamente status Rascunho para que o Operador possa realizar
as devidas correções e iniciar uma nova tramitação.

Visualizar anexo de uma Diária

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da Diária, o sistema exibirá a


janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que
deseja visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 193-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a Diária não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a inexistência
de arquivos.

117
Figura 194-Mensagem que não possui anexo na Diária

Cancelar Diária
O usuário Ordenador de Despesa - UGR pode cancelar uma ou mais Diárias por vez. Para
serem canceladas, as Diárias devem ter status Autorizada, Empenhada, Verificada ou Empenhada.
Os seguintes passos devem ser seguidos:

1 Selecionar uma ou mais Diárias e clicar no botão CANCELAR.

Figura 195: Funcionalidade Cancelar Diária

2 Será aberta uma janela pop-up para que o usuário justifique as causas do cancelamento. Esta
justificativa será enviada por e-mail para todos os usuários envolvidos no processo da(s)
Diária(s) cancelada(s).

118
Figura 196: Campo Justificativa do cancelamento

ATENÇÃO: Este campo é obrigatório. A informação será cadastrada para todas as Diárias
selecionadas. Caso queira Justificativas diferentes para cada Diária, o usuário deverá
selecioná-las individualmente.

O Ordenador de Despesa - UGR confirma o cancelamento através do botão SIM. Uma


3 mensagem de confirmação do cancelamento é exibida na tela.

Figura 197: Diária cancelada com sucesso

119
Ações do Agente Financeiro – UGE
O Agente Financeiro - UGE pode realizar duas ações referentes à Diária, que são:

➢ Empenhar Diária;
➢ Rejeitar Diária.

Empenhar Diária
Para dar continuidade na tramitação da Diária o perfil Agente Financeiro - UGE deverá
realizar a ação Empenhar Diária. O Agente Financeiro poderá empenhar uma ou mais Diárias por
vez.

O Agente Financeiro deverá acessar a tela de Empenho de Diária através do seguinte


1
caminho:
Trâmite > Diárias > Empenho de Diária

Figura 198: Caminho para a Tela de Empenho da Diária

O Agente Financeiro - UGE já recebe a Diária com os campos Exercício e Código da OM


preenchidos e seleciona na tabela a(s) Diária(s) que deseja empenhar.

Figura 199: Tela de Empenho da Diária

120
2 Após escolher a Diária, o usuário deve clicar no botão EMPENHAR.

Figura 200: Ação empenhar

3 O sistema irá exibir uma janela pop-up para que o usuário confirme a ação de empenho da
Diária.

Figura 201: Confirmação da ação empenhar

4 Confirmando a ação, o sistema irá exibir uma mensagem de sucesso.

Figura 202-Mensagem de sucesso da ação empenhar

121
5 Uma mensagem interna será enviada para todos os usuários no trâmite notificando-os da
operação realizada.

Figura 203-Mensagem interna para os usuários sobre o Empenho da Diária

Rejeitar Diária Autorizada


O perfil Agente Financeiro poderá rejeitar uma ou mais Diárias por vez. Após a ação ser
concluída, uma mensagem será enviada a todos os usuários envolvidos neste trâmite. As Diárias
rejeitadas nesta tela, voltarão para o Gerente de Crédito.

1 O Agente Financeiro - UGE seleciona a(s) Diária(s) que deseja rejeitar e clica no botão
REJEITAR.

Figura 204-Ação rejeitar do Agente Financeiro

122
2 Uma caixa de diálogo será aberta para que o mesmo justifique o motivo da rejeição.

Figura 205-Campo de justificativa da ação Rejeitar

3 Após o usuário confirmar a ação, o sistema irá exibir uma notificação, informando o sucesso
da operação.

Figura 206: Rejeição efetuada com sucesso

4 Uma mensagem interna é enviada aos usuários envolvidos neste trâmite informando a
rejeição.

123
Figura 207-Mensagem para usuários sobre ação Rejeitar Diária

DICA: A Diária rejeitada receberá novamente status Rascunho para que o Operador possa realizar
as devidas correções e iniciar uma nova tramitação.

Visualizar anexo de uma Diária

1 Após clicar em Anexo, na tela principal do provisionamento da Diária, o sistema exibirá a


janela de anexos com os arquivos que já foram anexados. Clique no nome do arquivo que deseja
visualizar, para o sistema exibir seu conteúdo.

Figura 208-Visualizar Anexos no Trâmite

DICA: Caso a Diária não possua anexos, o sistema exibirá uma mensagem indicando a inexistência
de arquivos.

124
Figura 209-Mensagem que não possui anexo na Diária

125
RELATÓRIOS

O objetivo do Menu Relatório é permitir que os usuários possam consolidar as informações


financeiras manipuladas no SaFin para uma melhor tomada de decisão. Os relatórios estão
relacionados à Execução Financeira, Controle de Créditos e Geral, como por exemplo, o relatório
do Subsídio do PAR, do PAR, da SOLEMP, da Diária, do Saldo de Crédito, do Limite de Dispensa,
dos Fornecedores e Firmas, dentre outros.

Figura 210-Menu do sistema com opções de Relatórios

Relatório do Subsídio do PAR


Tem como objetivo gerar o relatório com informações que foram manipuladas no Subsídio
do PAR de cada Setor da OM para um determinado exercício financeiro.

1 Para visualizar o relatório de subsídio do PAR acesse:


Relatórios > Execução Financeira > Subsídio do PAR

Figura 211-Acessar o Relatório Subsídio do PAR

126
2 Ao exibir a tela Filtro do Subsídio do PAR, devem ser selecionados os filtros conforme
necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 212-Filtros do Relatório Subsídio do PAR

OBSERVAÇÃO:
i – O sistema exibe apenas os Setores cadastrados para a OM.
ii – O sistema só exibe as Naturezas de Despesas utilizadas em Subsídios do PAR nos Setores da
OM.
iii – É possível selecionar uma ou mais Setores, assim como a Natureza de Despesa.
iv - É possível alterar o tipo de ordenação para a visualização.

127
Figura 213-Relatório do Subsídio do PAR

128
Relatório do PAR

Tem como objetivo gerar o relatório com informações que foram manipuladas no PAR de
cada OM para um determinado exercício financeiro.

1 Para visualizar o relatório de subsídio do PAR acesse:


Relatórios > Execução Financeira > PAR

Figura 214-Acessar o Relatório do PAR

Ao exibir a tela Filtro do Programa de Aplicação de Recursos - PAR, devem ser selecionados
os filtros conforme necessário e clicar no botão Visualizar.

Figura 215-Filtros do Relatório do PAR

129
OBSERVAÇÃO:
i - Sistema exibe apenas os Setores cadastrados para a OM.
ii - Sistemas só exibe as Naturezas de Despesas utilizadas em Subsídios do PAR nos Setores da
OM.
iii – É possível selecionar uma ou mais Setores, assim como a Natureza de Despesa.
iv – O filtro de Situação significa:
Todos: exibe todos os itens do PAR, independente do status.
Autorizados: exibe apenas os itens do PAR com o status Autorizados.
Cancelados: exibe apenas os itens do PAR com o status Cancelado.
Rascunho: exibe apenas os itens do PAR com o status Rascunho.
Associado a SOLEMP (Rascunho): exibe apenas os itens do PAR que já foi utilizado em SOLEMP,
mas essa ainda está com status Rascunho.
v - É possível alterar o tipo de ordenação para a visualização.

Lembrete: A autorização e o cancelamento do item do PAR são realizados exclusivamente pelo


Ordenador de Despesa da UGR.

Figura 216-Relatório do PAR

130
Relatório Solicitação de Empenho

Tem como objetivo gerar o relatório por SOLEMP da referida OM para o determinado
exercício financeiro.

1 Para visualizar o relatório da solicitação de empenho acesse:


Relatórios > Execução Financeira > Solicitação de Empenho

Figura 217-Acessar o Relatório Solicitação de Empenho

2 Ao exibir a tela Filtros para impressão de SOLEMP, devem ser selecionados os filtros
conforme necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 218-Filtros do Relatório Solicitação de Empenho

131
OBSERVAÇÃO:
i – No campo Identificador da SOLEMP, o sistema exibe todas as SOLEMPs já cadastradas,
independente do status.
ii – Ao visualizar a SOLEMP, a mesma será exibida com uma tarja informando o status a qual se
encontra no momento.
iii – As informações da célula de crédito não serão exibidas nos status Rascunho e Encaminhada,
pois o Gerente de Crédito da UGR (GC-UGR) ainda não a inseriu. As informações serão exibidas
nos status Provisionada, Verificada, Autorizada, Conferida ou Empenhada.
iv – As SOLEMPs criadas antes de 11/04/2017 apresentarão os Agentes de Autorização, já as
criadas após esta data, apresentarão uma Auditoria simplificada.

Figura 219-Relatório de SOLEMP criada antes de 11/04/2017

132
Figura 220-Relatório de SOLEMP criada após 11/04/2017

Relatório SOLEMPs Cadastradas


Tem como objetivo gerar o relatório de SOLEMP da referida OM para um determinado
exercício financeiro, podendo utilizar filtros conforme interesse.

1 Para visualizar o relatório da SOLEMP cadastrada acesse:


Relatórios > Execução Financeira > SOLEMP Cadastrada

Figura 221-Acessar o Relatório


133 SOLEMPs Cadastradas
2 Ao exibir à tela Filtros de Relatório Cadastradas, devem ser selecionados os filtros
conforme necessário e clicar no botão Visualizar.

Figura 222-Filtros do Relatório SOLEMPs Cadastradas

OBSERVAÇÃO:
i – O sistema só exibe as informações de Célula de Crédito utilizadas em SOLEMP da OM.
ii – O sistema exibe apenas os Setores cadastrados para a OM.
iii – É possível selecionar um ou mais dados de Célula de Crédito, assim como os Setores.
iv – O filtro de Situação significa:
Rascunho: exibe apenas SOLEMP com o status Rascunho.
Canceladas: exibe apenas SOLEMP com o status Cancelada.
Autorizadas: exibe apenas SOLEMP com o status Autorizada.
Todas: exibe todas as SOLEMP, independente do status.
Autorizadas e Canceladas: exibe todas as SOLEMP que estão autorizadas e canceladas.
v – Ao visualizar a SOLEMP, a mesma será exibida com uma tarja informando o status a qual se
encontra no momento.
vi – As informações da célula de crédito não serão exibidas nos status Rascunho e Encaminhada,
pois o Gerente de Crédito da UGR (GC-UGR) ainda não a inseriu. As informações serão exibidas
nos status Provisionada, Verificada, Autorizada, Conferida ou Empenhada.

Lembrete: A autorização e o cancelamento da SOLEMP são realizados exclusivamente pelo


Ordenador de Despesa da UGR.

134
Figura 223-Relatório SOLEMPs Cadastradas

Relatório Saldo de Crédito


O objetivo desta funcionalidade é gerar o relatório com informações financeiras, contendo
os valores provisionadas e disponíveis por Célula de Crédito que foram utilizadas durante a
movimentação de crédito para a OM.

1 Para visualizar o relatório de saldo de crédito acesse:


Relatórios > Controle de Créditos > Saldos de Créditos

Figura 224-Acessar o Relatório Saldo de Crédito

135
2 Ao exibir à tela Filtros do Relatório de Saldo de Crédito, devem ser selecionados os filtros
conforme necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 225-Filtros do Relatório Saldo de Crédito

OBSERVAÇÃO:
i - É possível alterar o tipo de ordenação para a visualização.
ii – O sistema só exibe as Célula de Crédito que possuem Provisionamento.
iii – É possível selecionar uma ou mais dados de Célula de Crédito.
iv – Explicação dos campos da visualização do relatório:
Provisionado: é o valor provisionado para a célula de crédito, sendo importado automaticamente do
SIPLAD.
Disponível: é o valor disponível após a aprovação pelo Ordenador de Despesa (UGR) das
SOLEMPs e Diárias da referida célula de crédito.
Comprometido: é o valor empenhado após a aprovação pelo Ordenador de Despesa (UGR) das
SOLEMPs e Diárias da referida célula de crédito. Exceto Solemp Estimativa.
Estimado: é o valor utilizado após a aprovação pelo Ordenador de Despesa (UGR) das SOLEMPs
Estimativas da referida célula de crédito.

136
Figura 226-Relatório Saldo de Crédito

Relatório Limite de Dispensa


O objetivo da funcionalidade é gerar o relatório com informações para o controle do limite
de dispensa de licitação por subelemento de despesa.

1 Para visualizar o relatório de limite de dispensa acesse:


Relatórios > Controle de Créditos > Limite de Dispensa.

Figura 227-Acessar o Relatório Limite de Dispensa

137
2 Ao exibir à tela Relatório Limite de Dispensa de Licitação, sistema relaciona a Conta
Contábil com os referidos valores.

OBSERVAÇÃO:
i – É possível pesquisar por Conta Contábil.
ii – Clicando sobre o número da conta contábil, sistema exibe a lista com as SOLEMPs que foram
utilizadas para a respectiva conta. Clicando no código da SOLEMP, sistema exibe o relatório da
mesma.
iii – Somente serão contabilizadas as SOLEMPs com o seguinte característica:
Limite de R$8000,00: SOLEMP cadastrada tendo as Modalidades Dispensa Licitação (valor) ou
Cotação Eletrônica.
Limite de R$15000,00: SOLEMP cadastrada tendo as Modalidades Dispensa Licitação (valor) ou
Cotação Eletrônica e o campo Meio Operacional Bélico com a opção Sim ou o Plano de Contas ser
do tipo Engenharia.
iv - Explicação dos campos da visualização do relatório:
Limite de Dispensa: é o valor de referência do limite de dispensa da respectiva conta contábil.
Comprometido: é o valor empenhado após a aprovação pelo Ordenador de Despesa (UGR) das
SOLEMP para respectiva conta contábil.
Saldo: é o valor disponível após a aprovação pelo Ordenador de Despesa (UGR) das SOLEMPs
para respectiva conta contábil.

Figura 228-Relatório Limite de Dispensa

138
Relatório Comparativo do Planejamento com Despesas

O objetivo da funcionalidade é gerar o relatório com informações comparando o valor


empenhado em SOLEMPs e Diárias em relação ao que foi planejado no PAR, através da Natureza
de Despesa.

1 Para visualizar o relatório comparativo do planejamento com despesas acesse:


Relatórios > Controle de Créditos > Comparativo do Planejamento com Despesas

Figura 229-Acesso ao Comparativo do Planejamento com Despesas

2 Ao exibir a tela Filtro de Relatório Comparativo do Planejamento com Despesas, devem ser
selecionados os filtros conforme necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 230-Filtros do Relatório Comparativo do Planejamento com Despesas

139
OBSERVAÇÃO:
i – É possível selecionar um ou mais dados de Natureza de Despesa.
ii - Sistema exibe apenas a Natureza de Despesa que já foi utilizada no PAR e o item do mesmo
esteja Aprovado.
iii – Explicação dos campos da visualização do relatório:
Planejamento: é o valor total, por Natureza de Despesa, planejado no PAR.
Empenhado: é o valor já autorizado, por Natureza de Despesa, somando-se SOLEMPs e Diárias.
Meta Atingida: é o percentual do que foi empenhado em relação ao que foi planejado. Se este valor
for 0,00%, significa que ainda não houve empenho, e se for 100%, significa que o valor empenhado
é o mesmo que o planejado.
Valor Saldo: é o valor que ainda pode ser utilizado, por Natureza de Despesa, ou seja, a diferença
entre o Planejamento e o Empenhado.

Figura 231-Relatório Comparativo do Planejamento com Despesas

Relatório Diárias

Tem como objetivo gerar o relatório por Diária da referida OM para o determinado
Exercício financeiro.

1 Para visualizar o relatório de Diárias acesse:


Relatórios > Execução Financeira > Diárias

140
Figura 232-Acessar o relatório da Diária

2 Ao exibir a tela do Relatório de Diária, o usuário deve selecionar os filtros que desejar e
clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 233-Tela de filtro do relatório da Diária

OBSERVAÇÃO:
i – No campo Identificador da Diária, o sistema exibe todas as Diárias já cadastradas, independente
do status.
ii – O Relatório gerado exibirá uma tarja informando o status da Diária no momento.
iii – As informações da Célula de Crédito não serão exibidas nos status Rascunho e Encaminhada,
pois o Gerente de Crédito da UGR (GC-UGR) ainda não as inseriu. Estas informações serão
exibidas nos status Provisionada, Verificada, Autorizada, Conferida, Empenhada e Cancelada.
iv – As SOLEMPs criadas antes de 11/04/2017 apresentarão os Agentes de Autorização, já as
criadas após esta data, apresentarão uma Auditoria simplificada.

141
Figura 234-Relatório de Diária criada antes de 11/04/2017

Figura 235-Relatório de Diária criada após 11/04/2017

142
Relatório Diárias Cadastradas
Tem como objetivo gerar uma lista de Diárias de acordo com a Célula de Crédito, Código da
OM e demais filtros que podem ser selecionados pelo usuário. As Diárias são agrupadas por status.

1 Para visualizar o Relatório de Diárias Cadastradas acesse:


Relatórios > Execução Financeira > Diárias Cadastradas

Figura 236-Menu de acesso ao Relatório de Diárias cadastradas

2 Ao exibir a tela do Relatório de Diárias Cadastradas, o usuário deve selecionar os filtros


conforme necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 237-Filtros para gerar o relatório de Diárias cadastradas

143
OBSERVAÇÃO:
i – É possível selecionar um ou mais dados de Célula de Crédito.
ii – O filtro de Situação significa:
Todas: exibe todas as Diárias cadastradas independente do status.
Rascunho: exibe apenas Diárias com o status Rascunho (perfil Operador).
Encaminhadas: exibe apenas Diárias com o status Encaminhada (perfil Gerente de Crédito).
Provisionadas: exibe apenas Diárias com o status Provisionada (perfil Agente Fiscal).
Verificadas: exibe apenas Diárias com o status Verificada (no perfil Ordenador de Despesa).
Autorizadas: exibe apenas SOLEMP com o status Autorizada (perfil Gerente de Obtenção).
Conferidas: exibe apenas SOLEMP com o status Conferida (perfil Agente Financeiro).
Empenhadas: exibe apenas SOLEMP com o status Empenhada (fim do trâmite).
Canceladas: exibe apenas Diárias com o status Cancelada.
iii – Ao clicar no Código da Diária, esta será exibida com uma tarja informando o status atual da
mesma.
iv – As informações da Célula de Crédito não serão exibidas nos status Rascunho e Encaminhada,
pois o Gerente de Crédito da UGR (GC-UGR) ainda não as inseriu. Estas informações serão
exibidas nos status Provisionada, Verificada, Autorizada, Conferida, Empenhada e Cancelada.

Lembrete: O cancelamento da Diária é realizado exclusivamente pelo Ordenador de Despesa


da UGR.

Figura 238-Relatório das Diárias cadastradas

Relatório Auditoria da SOLEMP

Tem como objetivo gerar o relatório com as informações de todo o Trâmite da SOLEMP da
referida OM para o determinado Exercício financeiro.

1 Para visualizar o Relatório de Auditoria de SOLEMP acesse:


Relatórios > Auditoria > Auditoria de SOLEMPs

144
Figura 239-Acessar o Relatório de Auditoria de SOLEMP

2 Ao exibir a tela do Relatório de Auditoria de SOLEMP, o usuário deve selecionar os filtros


conforme necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 240-Filtros para gerar o Relatório de Auditoria de SOLEMP

3 Após clicar em Visualizar, o sistema exibirá o Relatório de Auditoria de SOLEMP em uma


nova aba do navegador de internet.

Figura 241-Relatório de Auditoria de SOLEMP criada após 11/04/2017

145
Figura 242-Mensagem da Auditoria de SOLEMP criada antes de 11/04/2017

Relatório Auditoria da Diária

Tem como objetivo gerar o relatório com as informações de todo o Trâmite da Diária da
referida OM para o determinado Exercício financeiro.

1 Para visualizar o Relatório de Auditoria de SOLEMP acesse:


Relatórios > Auditoria > Auditoria de Diárias

Figura 243-Acessar o Relatório de Auditoria de Diária

2 Ao exibir a tela do Relatório de Auditoria de Diária, o usuário deve selecionar os filtros


conforme necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

146
Figura 244-Filtros para gerar o Relatório de Auditoria de Diária

3 Após clicar em Visualizar, o sistema exibirá o Relatório de Auditoria de Diária em uma


nova aba do navegador de internet.

Figura 245-Relatório de Auditoria de Diária

Figura 246-Mensagem de Auditoria de Diária criada antes de 11/04/2017

147
Relatório Rateio Centro de Custo

Tem como objetivo gerar o relatório com as informações do rateio do Centro de Custo por
UG Beneficiada.

1 Para visualizar o Relatório Rateio de Centro de Custo acesse:


Relatórios > Controle de Créditos > Rateio Centro de Custo

Figura 247-Acessar o Relatório Rateio de Centro de Custo

2 Ao exibir a tela do Relatório de Rateio Centro Custo, o usuário deve selecionar os filtros
conforme necessário e clicar no botão VISUALIZAR.

Figura 248-Filtros do Relatório Rateio de Centro de Custo

3 O sistema exibirá o relatório com as informações do Rateio do Centro de Custo de acordo


com a seleção feita na tela de Filtros do Relatório.

148
Figura 249-Relatório Rateio de Centro de Custo

149
GLOSSÁRIO
Dashboard – Painel de indicadores
DE - Diretorias Especializadas
DFM – Diretoria de Finanças da Marinha
MB – Marinha do Brasil
Multiplataforma – Pode ser executado em mais de uma plataforma (ex. Windows e Linux)
NIP – Número de Identificação Pessoal
OM – Organização Militar
OMAp - Organização Militar Apoiada
OMC - Organização Militar Centralizadora
OMPS – Organização Militar Prestadora de Serviço
PAR – Programa de Aplicação de Recursos
PRF - Programação de Recursos Financeiros
RECIM – Rede de Comunicações Integrada da Marinha
SAFin - Sistema de Acompanhamento Financeiro
SiGDEM – Sistema de Gerenciamento de Documentos da Marinha
SOLEMP – Solicitação de Empenho
UGR – Unidade Gestora Responsável
UGE – Unidade Gestora Executora

REFERÊNCIAS
SGM-301 - Normas sobre Administração Financeira e Contabilidade (7ª revisão)

150
ÍNDICE DE FIGURAS
Figura 1-Tela de Login...........................................................................................................5

Figura 2-Quadro de Avisos....................................................................................................6

Figura 3-Tela Inicial................................................................................................................7

Figura 4-Menu Principal.........................................................................................................7

Figura 5-Tela do Menu Financeiro.........................................................................................8

Figura 6-Acessar submenu do PAR.......................................................................................9

Figura 7-Preencher campos do Subsídio do PAR...............................................................10

Figura 8-Botão NOVO..........................................................................................................10

Figura 9-Preencher dados na tabela do Subsídio do PAR..................................................11

Figura 10-Mensagem de sucesso após salvar Subsídio do PAR........................................11

Figura 11-Editar dados na tabela do Subsídio do PAR cadastrado....................................12

Figura 12-Mensagem de sucesso após editar Subsídio do PAR........................................12

Figura 13-Botão COPIAR....................................................................................................13

Figura 14-Selecionar todos os itens....................................................................................14

Figura 15-Selecionar Exercício para Cópia de Subsídio.....................................................14

Figura 16-Mensagem de sucesso após copiar Subsídio PAR............................................14

Figura 17-Botão EXCLUIR...................................................................................................15

Figura 18-Mensagem de Confirmação da ação EXCLUIR..................................................16

Figura 19-Mensagem de sucesso após excluir Subsídio do PAR.......................................16

Figura 20-Pesquisar pela Descrição do Pedido..................................................................17

Figura 21-Acessar submenu do PAR...................................................................................18

Figura 22-Preencher campos do PAR.................................................................................19

Figura 23-Botão IMPORTAR................................................................................................19

24-Selecionar Subsídios para o PAR...................................................................................20

Figura 25-Escolher data de importação...............................................................................20

151
Figura 26-Mensagem de sucesso após Importar Subsídios para o PAR............................20

Figura 27-Botão REJEITAR.................................................................................................21

Figura 28-Mensagem de confirmação da ação REJEITAR.................................................21

Figura 29-Mensagem de sucesso após rejeitar os itens do PAR........................................22

30-Edição dos itens do PAR................................................................................................22

Figura 31-Mensagem de sucesso da ação SALVAR...........................................................22

32-Botão DESISTIR.............................................................................................................23

Figura 33-Botão COPIAR....................................................................................................23

Figura 34-Selecionar Exercício para cópia do PAR............................................................24

Figura 35-Mensagem de sucesso da ação COPIAR...........................................................24

Figura 36-Pesquisar pela Descrição do Pedido..................................................................25

Figura 37-Acessando Autorização do PAR..........................................................................26

Figura 38-Tela de Autorização do PAR................................................................................27

Figura 39-Botão AUTORIZAR..............................................................................................27

Figura 40-Mensagem de confirmação da ação Autorizar....................................................28

Figura 41-Mensagem de sucesso da ação Autorizar..........................................................28

Figura 42-Botão CANCELAR...............................................................................................29

Figura 43-Mensagem de confirmação da ação Cancelar....................................................29

Figura 44-Mensagem de sucesso da ação CANCELAR.....................................................30

Figura 45-Acessar submenu da SOLEMP...........................................................................31

Figura 46-Tela da SOLEMP.................................................................................................32

Figura 47-Mensagem de Meta do PAR não encontrada.....................................................33

Figura 48-Selecionar as Metas do PAR...............................................................................33

Figura 49-Itens do PAR selecionados..................................................................................33

Figura 50-Botão de EXCLUIR Meta do PAR.......................................................................34

Figura 51-Janela para anexar arquivos na SOLEMP..........................................................35

Figura 52-Arquivos anexados com sucesso na SOLEMP...................................................35

152
Figura 53-Botão Excluir Anexo da SOLEMP.......................................................................36

Figura 54-Mensagem de confirmação da ação Excluir anexo da SOLEMP.......................36

Figura 55-Mensagem de sucesso da ação Excluir anexo da SOLEMP..............................37

Figura 56-Janela de anexos da SOLEMP...........................................................................37

Figura 57-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP.................................................38

Figura 58-Inserir Centro de Custo na SOLEMP..................................................................38

Figura 59-Tela para Inserir Centro de Custo na SOLEMP..................................................39

Figura 60-Escolher Item da SOLEMP para inserir Centro de Custo...................................39

Figura 61-Preencher a tabela do Centro de Custo..............................................................40

Figura 62-Mensagem de sucesso da ação Salvar do Centro de Custo..............................41

Figura 63-SOLEMPs carregadas.........................................................................................42

Figura 64-Edição nos campos da SOLEMP........................................................................42

Figura 65-Botão Copiar da SOLEMP..................................................................................43

Figura 66-Mensagem de confirmação da cópia da SOLEMP.............................................44

Figura 67-Mensagem de sucesso da cópia da SOLEMP....................................................44

Figura 68-Mensagem de confirmação para encaminhamento da SOLEMP.......................45

Figura 69-Mensagem interna de encaminhamento da SOLEMP........................................46

Figura 70-Verificar Centro de Custo na SOLEMP...............................................................47

Figura 71-Tela para Inserir Centro de Custo na SOLEMP..................................................48

Figura 72-Escolher Item da SOLEMP para inserir Centro de Custo...................................48

Figura 73-Preencher a tabela do Centro de Custo..............................................................49

Figura 74-Mensagem de sucesso da ação Salvar do Centro de Custo..............................50

Figura 75-Tela de Provisionamento de SOLEMP................................................................51

Figura 76-Inserção de Célula de Crédito na SOLEMP........................................................51

Figura 77-Inserção do Plano de Contas na Célula de Crédito da SOLEMP.......................52

Figura 78-Célula de Crédito de SOLEMP Anulação ou Reforço.........................................52

Figura 79-Mensagem de Confirmação de Provisionamento da SOLEMP..........................53

153
Figura 80-Botão Editar no Provisionamento de SOLEMP...................................................53

Figura 81-Edição nos campos da SOLEMP........................................................................54

Figura 82-Ação Rejeitar SOLEMP.......................................................................................54

Figura 83-Justificativa de rejeição.......................................................................................55

Figura 84-Mensagem de confirmação de rejeição da SOLEMP.........................................55

Figura 85-Mensagem Interna Rejeição de SOLEMP..........................................................55

Figura 86-Visualizar Anexos no Trâmite..............................................................................56

Figura 87-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP.................................................56

Figura 88-Tela de Verificação de SOLEMP.........................................................................57

Figura 89-Encaminhar SOLEMP para Ordenador de Despesa..........................................58

Figura 90-Mensagem de confirmação de verificação de SOLEMP....................................58

Figura 91-Mensagem de sucesso de Verificação de SOLEMP..........................................59

Figura 92-Função Editar Verificação SOLEMP...................................................................59

Figura 93-Tela de Edição da SOLEMP................................................................................60

Figura 94-Edição da SOLEMP realizada com sucesso.......................................................60

Figura 95-Função Rejeitar da Verificação de SOLEMP......................................................61

Figura 96-Justificativa de rejeição da Verificação de SOLEMP..........................................61

Figura 97-Mensagem de sucesso da rejeição da SOLEMP...............................................62

Figura 98-Mensagem interna da rejeição da SOLEMP.......................................................62

Figura 99-Visualizar Anexos no Trâmite..............................................................................63

Figura 100-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP...............................................63

Figura 101-Tela de Autorização da SOLEMP......................................................................64

Figura 102-Autorização da SOLEMP..................................................................................65

Figura 103-Mensagem confirmação da Ação Autorizar.......................................................65

Figura 104-Mensagem sucesso autorização SOLEMP.......................................................66

Figura 105-Função Editar da Autorização da SOLEMP......................................................66

Figura 106-Tela de Edição da SOLEMP..............................................................................67

154
Figura 107-Edição da SOLEMP realizada com sucesso.....................................................67

Figura 108-Ação Rejeitar SOLEMP.....................................................................................68

Figura 109-Justificativa de rejeição.....................................................................................69

Figura 110-Mensagem de sucesso de rejeição da SOLEMP..............................................69

Figura 111-Mensagem interna de rejeição da SOLEMP.....................................................70

Figura 112-Ação Cancelar SOLEMP...................................................................................70

Figura 113-Justificativa cancelamento SOLEMP.................................................................71

Figura 114-Justificativa cancelamento com SOLEMP vinculada........................................71

Figura 115-Mensagem de sucesso de Cancelamento de SOLEMP...................................72

Figura 116-Visualizar Anexos no Trâmite............................................................................72

Figura 117-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP...............................................73

Figura 118-Tela de Conferir SOLEMP.................................................................................74

Figura 119-Ação Encaminhar SOLEMP para Agente Financeiro........................................75

Figura 120-Campo Observação para encaminhar SOLEMP ao Agente Financeiro...........75

Figura 121-Mensagem de Sucesso da Operação...............................................................76

Figura 122-Mensagem interna.............................................................................................76

Figura 123-Ação Rejeitar SOLEMP.....................................................................................77

Figura 124-Justificativa de rejeição.....................................................................................77

Figura 125-Mensagem de confirmação de rejeição............................................................78

Figura 126-Mensagem interna de rejeição da SOLEMP.....................................................78

Figura 127-Visualizar Anexos no Trâmite............................................................................79

Figura 128-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP...............................................79

Figura 129-Tela de Empenho da SOLEMP.........................................................................80

Figura 130-Função Empenhar SOLEMP.............................................................................81

Figura 131-Confirmar Empenho de SOLEMP.....................................................................81

Figura 132-Mensagem de SOLEMP empenhada com sucesso.........................................81

Figura 133-Mensagem interna.............................................................................................82

155
Figura 134-Ação Rejeitar SOLEMP.....................................................................................83

Figura 135-Justificativa de rejeição.....................................................................................83

Figura 136-Mensagem de confirmação de rejeição............................................................84

Figura 137-Mensagem interna de rejeição da SOLEMP.....................................................84

Figura 138-Visualizar Anexos no Trâmite............................................................................85

Figura 139-Mensagem que não possui anexo na SOLEMP...............................................85

Figura 140: Acessar submenu da Diária..............................................................................86

Figura 141: Tela de Cadastro da Diária...............................................................................86

Figura 142: Confirmação de cadastro realizado..................................................................87

Figura 143: Botão Excluir.....................................................................................................88

Figura 144-Janela para anexar arquivos na Diária.............................................................88

Figura 145-Arquivos anexados com sucesso na Diária......................................................89

Figura 146-Botão de Excluir anexo da Diária......................................................................89

Figura 147-Mensagem de confirmação da ação Excluir anexo da Diária...........................90

Figura 148-Mensagem de sucesso da ação Excluir anexo da Diária.................................90

Figura 149-Janela de anexos da Diária...............................................................................91

Figura 150-Mensagem que não possui anexo na Diária.....................................................91

Figura 151: Busca de Diária cadastrada.............................................................................92

Figura 152: Edição da Diária...............................................................................................93

Figura 153: Confirmação da ação Copiar............................................................................93

Figura 154: Diária copiada com sucesso.............................................................................94

Figura 155: CPF excedeu limite de diárias anuais..............................................................94

Figura 156: Confirmação da ação Encaminhar...................................................................96

Figura 157: Diária encaminhada com sucesso....................................................................97

Figura 158: Mensagem para os usuários da ação Encaminhar..........................................97

Figura 159: Acessar submenu de Provisionamento de Diária............................................98

Figura 160: Tela de Provisionamento da Diária...................................................................99

156
Figura 161: Inserção da Célula de Crédito..........................................................................99

Figura 162: Célula de Crédito preenchida.........................................................................100

Figura 163: Mensagem de Provisionamento da Diária.....................................................100

Figura 164: Botão Editar Diária..........................................................................................101

Figura 165: Tela de Edição de Diária.................................................................................101

Figura 166: Ação Rejeitar..................................................................................................102

Figura 167: Janela de Justificativa de Rejeição................................................................102

Figura 168: Diária rejeitada com sucesso.........................................................................103

Figura 169: Mensagem para usuários da ação Rejeitar....................................................103

Figura 170-Visualizar Anexos no Trâmite..........................................................................104

Figura 171-Mensagem que não possui anexo na Diária...................................................104

Figura 172: Acessar submenu de Verificação da Diária....................................................105

Figura 173: Tela de Verificação da Diária..........................................................................106

Figura 174: Confirmação da ação Encaminhar.................................................................106

Figura 175: Mensagem para usuários sobre ação Encaminhar........................................107

Figura 176: Botão Editar Diária..........................................................................................107

Figura 177: Botão Rejeitar Diária......................................................................................108

Figura 178-Caixa de diálogo da funcionalidade Rejeitar...................................................108

Figura 179-Mensagem de sucesso da rejeição da Diária.................................................109

Figura 180-Mensagem para usuários da ação Rejeitar....................................................109

Figura 181-Visualizar Anexos no Trâmite..........................................................................110

Figura 182-Mensagem que não possui anexo na Diária...................................................111

Figura 183-Acessar submenu de Autorização da Diária...................................................112

Figura 184-Tela de Autorização de Diária..........................................................................113

Figura 185-Ação Autorizar Diária.......................................................................................113

Figura 186-Mensagem de confirmação Autorizar Diária...................................................113

Figura 187-Diária autorizada com sucesso.......................................................................114

157
Figura 188-Ação editar Diária............................................................................................114

Figura 189: Ação rejeitar Diária..........................................................................................115

Figura 190: Campo Justificativa da rejeição......................................................................116

Figura 191: Mensagem de sucesso da rejeição................................................................116

Figura 192-Mensagem para usuários sobre ação Rejeitar Diária.....................................117

Figura 193-Visualizar Anexos no Trâmite..........................................................................117

Figura 194-Mensagem que não possui anexo na Diária...................................................118

Figura 195: Funcionalidade Cancelar Diária......................................................................118

Figura 196: Campo Justificativa do cancelamento............................................................119

Figura 197: Diária cancelada com sucesso.......................................................................119

Figura 198: Caminho para a Tela de Empenho da Diária.................................................120

Figura 199: Tela de Empenho da Diária............................................................................120

Figura 200: Ação empenhar...............................................................................................121

Figura 201: Confirmação da ação empenhar....................................................................121

Figura 202-Mensagem de sucesso da ação empenhar....................................................121

Figura 203-Mensagem interna para os usuários sobre o Empenho da Diária..................122

Figura 204-Ação rejeitar do Agente Financeiro.................................................................122

Figura 205-Campo de justificativa da ação Rejeitar..........................................................123

Figura 206: Rejeição efetuada com sucesso.....................................................................123

Figura 207-Mensagem para usuários sobre ação Rejeitar Diária.....................................124

Figura 208-Visualizar Anexos no Trâmite..........................................................................124

Figura 209-Mensagem que não possui anexo na Diária...................................................125

Figura 210-Menu do sistema com opções de Relatórios..................................................126

Figura 211-Acessar o Relatório Subsídio do PAR.............................................................126

Figura 212-Filtros do Relatório Subsídio do PAR..............................................................127

Figura 213-Relatório do Subsídio do PAR.........................................................................128

Figura 214-Acessar o Relatório do PAR............................................................................129

158
Figura 215-Filtros do Relatório do PAR.............................................................................129

Figura 216-Relatório do PAR.............................................................................................130

Figura 217-Acessar o Relatório Solicitação de Empenho.................................................131

Figura 218-Filtros do Relatório Solicitação de Empenho..................................................131

Figura 219-Relatório de SOLEMP criada antes de 11/04/2017........................................132

Figura 220-Relatório de SOLEMP criada após 11/04/2017..............................................133

Figura 221-Acessar o Relatório SOLEMPs Cadastradas..................................................133

Figura 222-Filtros do Relatório SOLEMPs Cadastradas...................................................134

Figura 223-Relatório SOLEMPs Cadastradas...................................................................135

Figura 224-Acessar o Relatório Saldo de Crédito.............................................................135

Figura 225-Filtros do Relatório Saldo de Crédito..............................................................136

Figura 226-Relatório Saldo de Crédito..............................................................................137

Figura 227-Acessar o Relatório Limite de Dispensa.........................................................137

Figura 228-Relatório Limite de Dispensa..........................................................................138

Figura 229-Acesso ao Comparativo do Planejamento com Despesas.............................139

Figura 230-Filtros do Relatório Comparativo do Planejamento com Despesas...............139

Figura 231-Relatório Comparativo do Planejamento com Despesas...............................140

Figura 232-Acessar o relatório da Diária...........................................................................141

Figura 233-Tela de filtro do relatório da Diária..................................................................141

Figura 234-Relatório de Diária criada antes de 11/04/2017..............................................142

Figura 235-Relatório de Diária criada após 11/04/2017....................................................142

Figura 236-Menu de acesso ao Relatório de Diárias cadastradas...................................143

Figura 237-Filtros para gerar o relatório de Diárias cadastradas......................................143

Figura 238-Relatório das Diárias cadastradas..................................................................144

Figura 239-Acessar o Relatório de Auditoria de SOLEMP................................................145

Figura 240-Filtros para gerar o Relatório de Auditoria de SOLEMP.................................145

Figura 241-Relatório de Auditoria de SOLEMP criada após 11/04/2017..........................145

159
Figura 242-Mensagem da Auditoria de SOLEMP criada antes de 11/04/2017.................146

Figura 243-Acessar o Relatório de Auditoria de Diária.....................................................146

Figura 244-Filtros para gerar o Relatório de Auditoria de Diária.......................................147

Figura 245-Relatório de Auditoria de Diária.......................................................................147

Figura 246-Mensagem de Auditoria de Diária criada antes de 11/04/2017......................147

Figura 247-Acessar o Relatório Rateio de Centro de Custo.............................................148

Figura 248-Filtros do Relatório Rateio de Centro de Custo..............................................148

Figura 249-Relatório Rateio de Centro de Custo..............................................................149

160