Você está na página 1de 2

Pragas e doenças

Embora não seja considerado praga para plantas cultiva-


das em grandes extensões, nos estágios iniciais de cres-
cimento da cultura ocorre danos consideráveis por grilos
e paquinhas. Para essas pragas as medidas de controle
mais eficientes são iscas preparadas com inseticidas,
água e farinha de trigo. Essas iscas devem ser dispostas
Elaboração
nos canteiros até que se verifique o controle, sendo en- Divino Nunes Mesquita
tão retiradas posteriormente. (Engº. Agr. EMATER-AC)
As sucessivas aplicações de piretróides vem ocasionan- mesquit@agronomo.eng.br
do avanços da larva minadora (Liryomiza spp) o que con- Cel: (68)9.9967-0413
solida como uma das principais pragas dessa cultura no
Estado.
Pulgão, Tripes, Cigarrinhas também são importantes,
devendo o controle ser realizado preventivamente.
Das doenças, a incidência de Erwinea carotovora é se-
vera em áreas onde o manejo é inadequado.

Métodos de controle Fotos: MESQUITA, 2011


Devido aos consecutivos ciclos de colheitas, o controle
de pragas e doenças torna-se difícil quando não utiliza-se
de medidas preventivas, nesse caso deve-se utilizar de-
fensivos de baixo efeito residual. Solicitação deste documento pode ser feita à:
Oxicloreto de cobre controla Ferrugens, Antracnose e
Mancha-púrpura; Míldio e Queima-das-pontas (Mofo- Av, das Nações,2.604, Estação Experimental
CEBOLINHA
cinzento) podem ser controlados por Manzate. Rio Branco –AC, CEP 69908-620 (Allium fistolosum)
Tel: (68) 3226-4365
O controle das pragas devem ser realizados por práticas
culturais, porém se não forem eficientes podem ser apli-
cados piretróides, exceto a larva minadora cujo controle
eficiente depende de Abamectina, Ciromazyne ou Clori-
dato de cartap. A eficiência da abamectina é dependente
da adição de óleo vegetal na proporção de 0,25-1%.
Para o controle de Erwinea o Agricultor deve realizar ro-
tação de culturas ou aplicação de mistura com Kasuga-
micina + Oxicloreto de cobre nas proporções de 1 e 1,5% Obs: proibida a reprodução e a distribui-
respectivamente
ção, salvo pelo autor

EMATER ACRE
Colheita:
Cultivares: K. Futonegui, N. Hosonegui O cuidado durante a colheita é muito importante para as
Época de plantio: Ano todo folhas tendem proporcionar maiores produtividades bem
Escolha e preparo do solo: como auxiliar no controle preventivo de doenças.berá ao
Pode ser cultivada em qualquer tipo de solo agricultável agricultor optar pela retirada axilar ou pelo corte das fo-
desde que não seja encharcado. A preferência é por so- lhas, devendo sempre realizar após essa operação a
lo de textura média e fértil. Se o solo estiver com pH adubação de manutenção e aplicação de oxicloreto de
abaixo de 6 e teor de alumínio acima de 0,2 meq/100 cobre, alternando com mistura de oxicloreto + manco-
cm³ fazer a correção com calcário dolomítico, aplicado zeb..
pelo menos 3 meses antes do plantio. Pode-se usar tam-
bém calcário calcinado que tem reação imediata. A Perspectivas de mercado:
quantidade a ser usada deve basear-se no resultado da Devido às dificuldades de cultivo em ambiente desprote-
análise do solo, ou na ausência deste, aplicar 20-30 g gido, no período chuvoso ocorre aumento da demanda
por m2. O terreno deve ser arado e/ou gradeado de ma- em função da redução significativa da produção, o que
neira que os canteiros fiquem bem nivelados e fofos. O trona a cultura mais vantajosa, entretanto deve-se consi-
derar os custos com o controle do ambiente, senão ado-
comprimento dos canteiros deve ser de acordo com a
tar práticas de manejo em campo aberto, dentre os quais
disposição do terreno e a largura variando entre 1,0 a
podem ser adotados cobertura morta ou plástico dupla
1,20 m.
face.
Adubação:
Como na calagem a adubação química deve ser feita de
acordo com o resultado da análise do solo. Na ausência
deste usar por m² do terreno 200 g do adubo químico 4- Controle de plantas daninhas:
14-8, 2 g do bórax e 1 g de sulfato de zinco. Na aduba- Manter a cultura no limpo durante todo o ciclo. A cobertu-
ção orgânica incorpora-se também por m² do terreno 2 ra com manta dupla face/massa vegetal é o melhor con- Preços, pagos (RS/kg) no CEASA em Rio Branco-AC,
litros de esterco puro de galinha ou qualquer outra fonte trole e o cultivo em hidroponia pode ser implantado com 2013
de matéria orgânica em quantidade equivalente. possibilidade de sucesso, principalmente devido a ausên-
cia de plantas daninhas no sistema (consultar um Engº.
Plantio:
Agrônomo).
No Acre a cebolinha pode ser cultivada em qualquer
época do ano, porém o produto adquire melhor preço 8.83 8.84
8.19 8.33
quando comercializado entre os meses de fevereiro e 7.76
maio. O plantio é feito com mudas produzidas em se- 6.64 6.81 6.32
menteiras ou com partes vegetativas (partes da toucei-
ra). Se gasta aproximadamente 1,5 Kg de semente para 4.00
produzir mudas para plantar 1 ha. O espaçamento reco-
mendado é de 0,4 m entre linhas no canteiro e de 0,08
m entre plantas.
Tratos culturais:
Adubação de cobertura:
Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set
A adubação de cobertura deve ser feita logo após o pe-
gamento das mudas (aproximadamente de 10 a 15 dias
após o transplantio) com 20 g por m² de canteiro do adu-
bo 20-00-20 e repetir esta adubação a cada corte feito Fonte: CEASA RIO BRANCO, 2013
na cultura. A cada 3 adubações com 20-00-20, intercalar
uma outra com 10-10-10 na mesma dosagem.