Você está na página 1de 18

Os Evangelhos

O que Jesus fez e ensinou


Lições 3: O Evangelho segundo Mateus – Pr. Gilson Jesus
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 1: Os ensinamentos do Rei

Podemos classificar as bem-aventuranças em dois grupos


• Atitudes pessoais (5.3-6)
– Humilde: os humildes de espírito
– Penitência: os que choram por seus pecados
– Mansidão: os mansos em atitudes
– Justiça: os que tem fome e sede de justiça
• Atitudes beneficentes (5.7-12)
– Misericórdia: para com os menos afortunados
– Pureza de coração: para consigo mesmo e também para com os outros
– Paz: para com os que agitam e perturbam
– Sofrimento: por parte dos inimigos, por causa da justiça
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 1: Os ensinamentos do Rei

• Em Mt 6 Jesus adverte quanto a hipocrisia da falsa religião


– Em Mt 6.5,7,8 Jesus mostra o exemplo de oração
– Invocação: orar ao Pai Celeste (vv. 6,9)
– Prioridade nas petições: primeiro os interesses de Deus (vv. 9,10)
– As petições seguintes: buscar ajuda de Deus nas necessidades (vv. 11-13)
• Em Mt 6.14,15 cristo enfatiza a necessidade de perdoar
• Não podemos servir a Deus e a Mamom
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 2: O ministério do Rei

• Jesus pregava o arrependimento (Mt 4.17)


• São características da pregação de Jesus
– Sua voz era a expressão da certeza. Sua mensagem não deixava dúvida. Ele
jamais usou talvez ou provavelmente, mas falava com convicção
– Sua voz era repleta de autoridade divina. O Messias era o Rei e falava como
um Rei, anunciando Suas leis, mandamentos e decisões
– A mensagem de Jesus era proveniente do Pai Celeste
• Jesus tinha compaixão: curou enfermos e deu de comer ao faminto
• O ministério de Cristo é o mesmo hoje: Ele salva, cura, batiza com
Espírito Santo e supre todas as nossas necessidades
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 3: O Rei a caminho da cruz

• Em Mt 21 Jesus entra em Jerusalém


– é recebido como rei e não como Rei
– Purifica o templo
– Amaldiçoa a figueira
– Defronta-se com sacerdotes, anciãos, fariseus e herodianos
• Em Mt 23 Jesus censura os líderes religiosos
• Em Mt 24 e 25 Jesus fala sobre o futuro de Israel, Ele aborda:
– A Grande Tribulação
– Falsos Cristos e Profetas
– A Segunda Vinda de Cristo
– Exortação à Vigilância nos Últimos Tempos.
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 4: Os últimos atos do Rei

• Jesus é ungido e traído


– Jesus foi ungido na casa de Simão (Mt 26.2)
– Não fica claro pelo texto de Mateus, mas, sim, pelo dos demais
evangelistas, que entre os versículos 25 e 26 Judas sai para trair o Mestre.
• A instituição da Santa Ceia do Senhor
• Jesus perante o Sinédrio
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 5: A morte do Rei

• A crucificação de Cristo
– Durou 6h, das 9h até as 15h
– Jesus não foi vencido pela morte, Ele rendeu o Seu espírito
• Sinais sobrenaturais durante a crucificação
– O véu do templo se rasgou
– A natureza se manifestou
– Santos ressuscitaram
• O sepulcro sob guarda
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 6: A ressurreição do Rei

• Certamente os discípulos acharam que a ressurreição seria algo


figurado, pois logo se esqueceram
• Um anjo removeu a pedra não para que Ele saísse, mas para provar
que o túmulo estava vazio
• Jesus agora tinha um corpo glorificado
Lição 3: O Evangelho segundo Mateus
Texto 7: A comissão do Rei

• Nas últimas palavras do evangelho de Mateus


– Cristo afirma Seu poder universal (Mt 28.18)
– Cristo designa seu programa universal (vv 19,20)
• O mandado: fazer discípulos de todas as nações
• O método: ide e batizando-os
• Ensinando-os: edificar e equipar
– Cristo garante Sua presença universal (v 20)
Os Evangelhos
O que Jesus fez e ensinou
Lições 4: O Evangelho segundo Marcos – Pr. Gilson Jesus
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 1: Os ensinamentos do Rei

Autor
• João Marcos era sobrinho de Barnabé (Cl 4.10)
• Os discípulos se reunião em sua casa em Jerusalém (At 12.12)
• Segundo a tradição fundou a igreja em Alexandria no Egito
• Foi provavelmente testemunha pessoal do ministério de Cristo
Tema
• Cristo veio para servir e dar a sua vida em resgate de muitos (Mc
10.45)
• É o mais cronológico dos Evangelhos
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 2: A vinda do Servo

• Marcos inicia seu Evangelho


– Profecia de Is 40.3
– Apresenta João Batista
– Narra o batismo e tentação de Jesus
• Em Marcos há uma correlação entre as profecias do AT e os fatos
pertinentes ao seu cumprimento no NT
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 3: O poder do Servo

Poder sobre as enfermidades


• Na narrativa de Marcos podemos ver muitas obras miraculosas,
muitas curas e expulsão de demônios operadas por Jesus
• Jesus era um Servo Todo-Poderoso
Poder sobre os demônios
• O poder de Cristo sobre os demônios era coisa extraordinária
• Haviam também exorcistas, mas usavam rituais mágicos e
encantamentos, Jesus usava de autoridade
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 4: Oposição ao Servo

• Jesus ensinou em público através de parábolas, mas explicava em


particular a Seus discípulos
• Jesus curou enfermos, expulsou demônios e atendeu as
necessidades dos pecadores
• Os judeus esperavam um Messias Conquistador, por isso não O
receberam
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 5: O Servo prepara discípulos

• Jesus começa a revelar aos discípulos Sua identidade e Pedro da


testemunho de que Ele é o Cristo (Mc 8.29)
• Jesus ensina sobre a necessidade de oração e jejum; sobre que é o
maior no Reino dos céus; a tolerância e a caridade; e o julgamento
de quem é pedra de tropeço; do amor para com as crianças; do
divórcio; das riquezas; das recompensas; da necessidade de fé
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 5: O Servo prepara discípulos

A transfiguração de Cristo
• O propósito deste evento foi mostrar aos discípulos a divindade de
Jesus;
• Estavam representados os Profetas (Elias) e a Lei (Moisés)
Promovendo libertação
• Jesus diz que os discípulos falharam em expulsar o demônio por:
– Falta de fé
– Falta de oração
– Falta de disciplina e jejum
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 6: O sacrifício do Servo

• Jesus é aclamado em sua entrada em Jerusalém porque esperavam que Ele


fosse um líder político ou militar
• A oposição crescia, sobretudo depois que purificou o Templo pela segunda vez
• Mc 13 encerra o sermão profético de Jesus no Monte das Oliveiras
– Profecia a espeito do Templo
– Os acontecimentos da futura tribulação
– A segunda vinda do Filho do Homem
– A reunião de Israel
– A certeza da Volta de Cristo
– Exortação à vigilância
• Talvez o jovem de Mc 14.51,52 que quase foi preso pode ter sido o Evangelista
Lição 4: O Evangelho segundo Marcos
Texto 7: A ressurreição do Servo

• Jesus morre as 15h da sexta-feira; Seu corpo é sepultado antes das


18h; do domingo as mulheres vão embalsama-lo porque não foi
possível fazê-lo na sexta e O veem ressuscitado
• Na ressurreição está fundamentada a nossa fé; sem a ressurreição
não haveria Cristianismo