Você está na página 1de 23

MATERIAL DE

COMPLEMENTAÇÃO ESCOLAR

9
SEMANA 06/07
MARCELO CRIVELLA
PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

TALMA ROMERO SUANE


SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

REJANE PEREIRA FARIA DA COSTA


SUBSECRETARIA DE ENSINO

MATERIAL DE COMPLEMENTAÇÃO ESCOLAR 1.1

MARIA DE FÁTIMA CUNHA


SIMONE CARDOZO VITAL DA SILVA
COORDENADORIA DE MATERIAL PEDAGÓGICO

ELISA MURIEL SANTOS DA SILVA


GINA PAULA BERNARDINO CAPITÃO MOR - VOZ E ELABORAÇÃO (PODCAST)
INES MARIA MAUAD ANDRADE CANALINI
NÍVEA MUNIZ VIEIRA
VITOR JOSÉ DA ROCHA MONTEIRO
ELABORAÇÃO

ANA PAULA REGUETE M. M. DE SOUZA


CLAUDIA PESSOA JORGE MESQUITA
MAURÍCIO PEREIRA DE MATTOS
SANDRA MARIA PEREIRA ALCÂNTARA
EDIGRÁFICA
SUZANA FERREIRA BASTOS
EDITORAÇÃO E IMPRESSÃO
PRODUÇÃO COLETIVA - E/NIAP-PROINAPE E DO E/NPSE- NSEC
MIGUEL PAIXÃO
VAGNER LÚCIO DE LIMA SUPERVISÃO GRÁFICA
REVISÃO GRAMATICAL / MIXAGEM (PODCAST)

CARLOS EDUARDO DE SOUZA ALVES CONTATOS E/SUBE/CMP


REVISÃO – MATEMÁTICA / VOZ E ELABORAÇÃO (PODCAST) Telefones: 2976-2294 / 2976-2315
materialcarioca@rioeduca.net

Procure no seu celular um aplicativo leitor de QR Code e mire no código.


Ele irá direcioná-lo para o material que estiver estudando. Caso o seu celular QR CODE
não tenha nenhum aplicativo com essa função, baixe-o, gratuitamente, na
sua loja de aplicativos.

Formulário Material de Complementação Escolar (Aluno/Responsável)

Mire a câmera do seu celular nesta imagem ao lado ou use o


link para acessar o formulário Material de Complementação
Escolar e participe: https://forms.gle/tP7PUchEna71h1zu6.
Queridos Alunos,
Queridas Alunas!

No Material de Complementação Escolar da semana de 29 de junho de 2020, os


professores que elaboram os materiais prepararam novidades especiais para vocês: a
possibilidade de entender e recuperar atividades sobre as quais poderiam ter dúvidas, ou
recapitular mais um pouquinho. Afinal, relembrar o que estudamos, sempre, é muito bom!
Outra novidade foram... os PODCASTS de Matemática e Língua Portuguesa. Vocês
escutaram? Acessaram? Nos áudios curtos e objetivos, os professores expressam a saudade e
reforçam a necessidade de vocês acompanharem cada etapa, para realizar as atividades com
maior facilidade, conhecerem novas formas de estudar e continuarem nos estudos sem fraquejar!
Por isso, é muito importante que vocês acessem e prestem atenção a todas as dicas.
Mais uma novidade foi a participação dos professores do Programa de Saúde
Escolar -PSE Carioca e dos professores, psicólogos e assistentes sociais do Núcleo Interdisciplinar
de Apoio às Unidades Escolares – NIAP do Município Carioca. As equipes abordaram a palavra
memória, abrangendo toda a sua importância em nossas vidas.
Como todos sabem, a palavra memória nos traz o cenário do passado e do
presente das nossas vidas, nos fortalecendo para o futuro que estamos construindo, mesmo no
isolamento social.
Vamos conhecer, então, um trecho do texto da grande escritora Isabel Allende,
que a professora amiga, aposentada e querida Maria do Socorro Ramos de Souza - que trabalhou
na 6ª Coordenadoria Regional de Educação e na Secretaria Municipal de Educação - nos enviou.
Tempos de escuridão existiam antes da pandemia: “Estava o tempo ‘do antes’, agora estamos
vivendo o ‘do meio’ e depois será o tempo ‘de amanhã’. Vamos ver se o último é um pouco mais
leve e mais claro do que vivíamos antes”.
Sempre aprendendo e acreditando que tudo, tudo depende de nós!! Vamos
seguir e enfrentar o mundo do passado, do presente e, assim, o do futuro será mil, mil vezes
melhor! Mobilizados pela reflexão do que a memória pode nos ajudar na construção de uma
humanidade mais solidária e feliz!!
E agora, juntamente com a memória da Orquestra nas Escolas, vamos relembrar o
que estudamos até aqui. Curtam este som, assistam e participem! É só clicar no link abaixo.

https://youtu.be/eARIQx0VL2Y

Freepik
Vamos aprender mais? Então,
clique no link e ouça.

https://bit.ly/2ZG916a
Olá, aluno(a) do nono ano!
Vamos a mais uma viagem pela leitura. Desta vez, vamos revisitar o que aprendemos em março. Leia o
primeiro texto e siga colorindo a vida com muita leitura!
TEXTO 1
http://www.facebook.com/tirasarmandinho

Pense, imagine...
e converse com
seus familiares: que
cores a vida deve
ter?
https://www.schoolandcollegelistings.com/BR/Salvador/538942636211058/Col%C3%A9gio-Bom-Jesus-dos-Milagres

1.Na tirinha, a menina e o menino estão falando da mesma coisa?


_________________________________________________________________________________________
2. O que o menino acha da vida?
_________________________________________________________________________________________
3. Que sentido o menino do texto dá ao verbo pintar?
_________________________________________________________________________________________

O próximo texto é uma crônica. Acesse o link ou o QR CODE e saiba mais!

http://multirio.rio.rj.gov.br/index.p

v%C3%ADdeo-sobre-a-nossa-vida-
TEXTO 2
Pérolas absolutas

hp/assista/webtv/9349-um-
Fundo do mar, em algum ponto do planeta. Na luminosidade
difusa, partículas mínimas — fragmentos de plantas, micro-organismos,

cr%C3%B4nica
grãos erguidos do chão arenoso — dançam nas águas uma dança à que
ninguém assiste. Tudo é silêncio e quietude no fundo do mar, esse mar
eterno.
Mas não, nem tudo.
Há, no seio de uma ostra, um movimento — ainda que 1. Perceba que o primeiro parágrafo
imperceptível. Qualquer coisa imiscuiu-se pela fissura, uma partícula apresenta um cenário. Qual o
qualquer, diminuta e invisível. Venceu as paredes lacradas, que se sentido do verbo destacado no
fecham como a boca que tem medo de deixar escapar um segredo. trecho: “...dançam uma dança à que
Venceu. E agora penetra o núcleo da ostra, contaminando-lhe a ninguém assiste...”?
própria substância. A ostra reage, imediatamente. E começa a secretar ______________________________
o nácar. É um mecanismo de defesa, uma tentativa de purificação contra ______________________________
a partícula invasora. Com uma paciência de fundo de mar, a ostra
2. Observe que o segundo parágrafo é
profanada continua seu trabalho incansável, secretando por anos a fio o
formado de uma frase curta. Qual o
nácar que, aos poucos, se vai solidificando. É dessa solidificação que
efeito provocado por isso?
nascem as pérolas.
_______________________________
As pérolas são, assim, o resultado de uma contaminação. A arte por
_______________________________
vezes também. A arte é quase sempre a transformação da dor.

4
Escrever, por exemplo. Fico lembrando de quando comecei. Estava com quase 40 anos e de repente alguma
coisa dentro de mim clamou por ser escrita, mas clamou ferida, gritando. E eu cedi. As pessoas às vezes me
perguntam se não é preciso coragem para começar a escrever tão tarde, mas respondo que não foi por coragem
que comecei e sim por covardia. Tinha medo de morrer. Ou melhor, tinha certeza de que morreria se não
escrevesse.
Hoje, mais de dez anos passados, fico pensando ainda em tudo isso, na magia e no fascínio da escrita. Quando
escrevemos um romance, entregando-nos à história por semanas, meses, anos, temos por vezes a impressão de
estar cruzando um deserto. E corre na espinha o medo de nunca chegar do outro lado. Mas afinal chegamos. E aí
nos vem aquela sensação de vazio, como a de alguém que morto de sede atravessasse o deserto apenas para
descobrir que no horizonte o que está à sua espera é o mar. O mar, a água salgada, incapaz de matar a sede. E
vemos que será preciso virar as costas e trilhar outra vez o deserto, outros desertos, incansavelmente.
Há dor, delírio e delícia em tudo isso — mas que importa? Escrever é preciso. É preciso continuar secretando o
nácar, formar a pérola que talvez seja imperfeita, que talvez jamais seja encontrada e viva para sempre encerrada
no fundo do mar. Talvez estas, as pérolas esquecidas, jamais achadas, as pérolas intocadas e, por isso, absolutas em
si mesmas, guardem em si uma parcela faiscante da eternidade.
SEIXAS, Heloísa. Crônicas para ler na escola. Rio de Janeiro: Objetiva, 2013.

3. Qual a relação estabelecida pelo termo destacado em “Há, no seio de uma ostra, um movimento — ainda que
imperceptível”?
_____________________________________________________________________________________________________________________
4. No terceiro parágrafo, destacamos algumas palavras. A seguir, estarão significados possíveis para essas palavras
no texto. Escreva à que palavra se refere cada significado proposto:
a) Pequena fenda, rachadura. _______________________ b) Produzir ou expelir secreção. _________________
c) Passar para dentro de. ___________________________ d) Violada, invadida. __________________________
Volte e releia o parágrafo após refletir sobre essas palavras.
5. Por que a ostra produz o nácar?
_____________________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________
6. Qual o sentido da expressão “uma paciência de fundo de mar” (parágrafo 3)?
________________________________________________________________________________________________

7. Substitua o termo destacado por outro de mesmo sentido: “As pérolas são, assim, o resultado de uma
contaminação.” _______________________________________________________________________________
8. No trecho a seguir, sublinhe as opiniões e envolva o que é fato:
“As pérolas são, assim, o resultado de uma contaminação. A arte por vezes também. A arte é quase sempre a
transformação da dor.”
9. A cronista defende a sua opinião exemplificando. Qual o exemplo utilizado para defender a sua opinião?
________________________________________________________________________________________________
10. A que é comparado o ato de escrever um romance? Explique com as suas palavras.
_____________________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________
11. A que é comparada a escrita no último parágrafo? A partir dessa comparação, que significado a escrita assume
no texto?
_____________________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________
O próximo texto é um conto. Para relembrar a estrutura do http://multirio.rio.rj.gov.br/inde
x.php/assista/webtv/9348-
conto e os seus elementos fundamentais, assista ao Morde a vladimir,-o-sapo,-e-outras-
hist%C3%B3rias-contos
Língua, episódio: “Vladimir, o sapo, e outras histórias: contos”. 5
TEXTO 3 - Como os campos
Preparavam-se aqueles jovens estudiosos para a vida adulta, acompanhando um sábio
e ouvindo seus ensinamentos. Porém, como fizesse cada dia mais frio com o adiantar-se do
outono, dele se aproximaram e perguntaram: 4. O termo
— Senhor, como devemos vestir-nos? destacado
— Vistam-se como os campos - respondeu o sábio. substitui qual
Os jovens então subiram a uma colina e durante dias olharam para os campos. Depois termo
anteriormente
dirigiram-se à cidade, onde compraram tecidos de muitas cores e fios de muitas fibras.
citado?
Levando cestas carregadas, voltaram para junto do sábio.
_______________
Sob seu olhar abriram os rolos das sedas, desdobraram as peças de damasco, e cortaram
quadrados de veludo, e os emendaram com retângulos de cetim. Aos poucos foram recriando
em longas vestes os campos arados, o vivo verde dos campos em primavera, o pintalgado da
germinação. E entremearam fios de ouro no amarelo dos trigais, fios de prata no alagado das 5. Os termos
destacados
chuvas, até chegarem ao branco brilhante da neve. As vestes suntuosas estendiam-se como
expressam que
mantos. O sábio nada disse.
circunstância?
Só um jovem pequenino não havia feito sua roupa. Esperava que o algodão estivesse em _______________
flor, para colhê-lo. E quando teve os tufos, os fiou. E quando teve os fios, os teceu. Depois
vestiu sua roupa e foi para o campo trabalhar.
Arou e plantou. Muitas e muitas vezes sujou-se de terra. E manchou-se do sumo das 6. O que a ação do
frutas e da seiva das plantas. A roupa já não era branca, embora ele a lavasse no regato. pássaro confirma
Plantou e colheu. A roupa rasgou-se, o tecido puiu-se. O jovem pequenino emendou os sobre a atitude do
rasgões com fios de lã, costurou remendos onde o pano cedia. Quando a neve veio, prendeu jovem pequenino?
em sua roupa mangas mais grossas para se aquecer. _______________
Agora a roupa do jovem era de tantos pedaços, que ninguém poderia dizer como havia _______________
começado. E estando ele lá fora uma manhã, com os pés afundados na terra para receber a _______________
_______________
primavera, um pássaro o confundiu com o campo e veio pousar em seu ombro. Ciscou de leve
entre os fios, sacudiu as penas. Depois levantou a cabeça e começou a cantar.
Ao longe, o sábio que tudo olhava, sorriu.
COLASANTI. Marina. Longe como o meu querer. São Paulo: Ática, 2002.

1. O narrador do conto é narrador-personagem (participa da história como personagem, Escreva um conto em


marcado pelo uso da primeira pessoa para narrar) ou narrador-observador (não participa que dois jovens vivam
uma situação
da história, é marcado pelo uso da terceira pessoa para narrar)?
interessante e aprendam
________________________________________________________________________ um ensinamento para o
seu futuro.
2. Qual o fato novo que desestabiliza a situação inicial, qual o conflito da narrativa? Reflita:
__________________________________________________________________________ - Quem vai narrar essa
3. O título do conto é “Como os campos”. O sábio orientou os jovens a vestirem-se “como história?
- Quem serão os
os campos”. Explique como entenderam essa expressão: personagens?
a) Os jovens que se dirigiram à cidade - ______________________________________ - Que fato acontecerá e
_________________________________________________________________________ será o conflito gerador
b) O jovem pequenino –_____________________________________________________ desse conto?
_________________________________________________________________________ - Organize seu conto em
parágrafos, marcando o
Releia o texto e responda as questões que estão na lateral. Depois retorne e continue a
começo, meio e fim.
seguir. - Lembre-se da revisão.
E compartilhe seu
7. Que entendimento o sábio valorizou? conto com a família e
_________________________________________________________________________ conosco!
Mande para o e-mail:
materialcarioca@rioeduc
8. Escolha um ensinamento que você pode levar do texto, como os jovens que se a.net
preparavam para a vida adulta. Leia o texto para a sua família, converse e registre a Lembre-se de colocar seu
resposta a esta pergunta no seu caderno. nome, turma e escola.
6
Vamos aprender mais? Então,
clique no link e ouça.

https://bit.ly/2NQYkZb

MULTIRIO

1. Os professores de uma escola fizeram um levantamento dos alunos que disseram não ter tido
dificuldades em realizar as atividades propostas no material complementar disponibilizado no
aplicativo da SME no último mês.
Número de Alunos por Ano de Escolaridade
Alunos que não
apresentaram
Quantitativo de alunos

dificuldades nas
atividades
Ano %

6º 40%
7º 50%
8º 30%
6º ano 7º ano 8º ano 9º ano 9º 20%
Ano de escolaridade

Responda, de acordo com o gráfico e a tabela:

I. Quantos alunos de cada ano não apresentaram dificuldades em realizar as atividades?

a) 6º ano. b) 7º ano.

c) 8º ano. d) 9º ano.

II. Qual ano de escolaridade apresentou menos dificuldade em realizar as atividades?


7
2. Na reta numérica abaixo, vemos 4 números assinalados por letras.
K W Y Z
   

Qual delas indica um número mais próximo de 6?

3. Maria Eduarda foi ao posto de combustível e pediu para completar o tanque de sua moto.
Ao final do abastecimento, a bomba marcou o valor a ser pago e a quantidade de litros que
foram colocados no tanque de sua moto.

Adaptado. http://www.jvozdooeste.com.br
a) Quanto Maria Eduarda pagou por cada litro de 54,00
combustível?
10,00
b) Quanto Maria Eduarda pagaria por 12 litros de
combustível?

4. Determine o resultado de:

a) 54 ∶ 53 b) 30 . 32 c) ( 3 . 5 )²

d) 2102 ∶ 2100 e) (23 )² f) ( 7² )³ : 76

14
5. Qual é o ponto da reta numérica abaixo que representa a fração ?
4

6. Observe a planta ao lado e responda:


Os consultórios A e C são quadrados.
Consultório A Consultório B
a) Qual é a medida do lado do consultório A? 16 m²

b) Qual é a medida do lado do consultório C?

c) Quais são as dimensões do consultório B?

Consultório C
d) Qual é a área do consultório B?
25 m²
e) Qual consultório tem maior perímetro?
8
7. Identifique cada número abaixo em Racional ou Irracional:
a) 0,04 b) 0,444... c) 3,9056781... d) 32

e) 256 f) 0,1212... g)
5 h) 1,4
9

Quais desses números são Reais? _____________

8. Os polígonos abaixo são semelhantes:

3,6 2,4

6 y
2,8
x

z
9
Determine:
a) A medida x. b) A medida y. c) A medida z. d) O perímetro e) A razão entre
dos polígonos. esses perímetros.

9. Gustavo comprou um porta-retrato para colocar a ampliação de uma fotografia de suas


duas filhas. A fotografia original era um retângulo com 12 cm x 6 cm. A ampliação foi feita em
50%. Quais são as dimensões da foto ampliada?
Pixabay.com

10. Observe as figuras:


a) Os retângulos A e B são
A B C semelhantes? Justifique.

b) Os retângulos A e C são
semelhantes? Justifique.

9
Se você olhar pela janela, verá o céu, o Sol, as árvores, os carros, as
ruas. Observe o seu material escolar, há objetos que você pode pegar: um
lápis, um estojo, um caderno entre outros. Além das formas de matéria
que você pode pegar ou ver, existem outras que você pode sentir, como o
vento, que é o ar em movimento. Esses também são exemplos de matéria.
Tudo aquilo que tem
1- Olha a seu redor, escreva o nome de três objetos que são considerados
existência física é
matéria?
matéria.
_____________________________________________________________

Em quais formas a matéria pode ser encontrada? A matéria pode se apresentar de formas ou
estados físicos diferentes. Mas o que é estado físico da matéria?
O estado físico em que uma substância se encontra depende do espaço existente entre suas
moléculas, ou seja, da maior ou menor agregação dessas partículas. Assim, os estados físicos também
podem ser chamados de estados ou fases de agregação.
Ao alterar o estado físico
de uma substância,

.infoescola.com/quimica/estados-fisicos-da-materia/
ocorrem alterações não
apenas em suas
características
macroscópicas, como a
forma e o volume, mas
também em suas
características
microscópicas, como o
arranjo das partículas. Sua
composição, no entanto,
não é modificada.

2- Que exemplo de matéria se apresenta nos três estados físicos no planeta em condições ambientais
normais?__________________________________________________________________________

3 - Observe a brincadeira que é feita nos quadrinhos abaixo:

© Laerte/Acervo do artista

a) Por que no banheiro há um aviso alertando para que não se dê descarga?


_______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
b) Em que região do mundo a história se passa?
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
c) Faça uma lista de todas as utilidades que o gelo tem para nós.
10
_______________________________________________________________________________
4- Observe a ilustração ao lado feita por um artista que procurou
representar os estados físicos da matéria. Lembre-se de que, por
se tratar de uma ilustração de caráter artístico, ela não apresenta
rigor teórico. O ilustrador fez uso de um recurso de humor na
composição.
a) Qual foi o entendimento dele sobre o termo "estado"? Justifique
sua resposta, usando elementos da imagem.

MARLON TENORIO
_______________________________________________________
_______________________________________________________
b) Descreva quais elementos da natureza o artista utilizou para
representar cada um dos estados físicos da matéria.
_______________________________________________________
_______________________________________________________
As mudanças do estado físico da matéria dependem,
sobretudo, de duas grandezas físicas: TEMPERATURA e PRESSÃO.
É possível modificar o estado físico de um corpo, alterando-

Telaris – Ciências /Ensino Fundamental/Anos Finais 9 – 2020)


se a velocidade e a distância das partículas que o formam, por
meio da transferência de calor ou pela diferença de pressão.

A mudança do estado sólido para o


líquido é denominada fusão; do
estado líquido para o gasoso é
chamado vaporização; do estado
gasoso para o líquido é liquefação
ou condensação; já do estado líquido
para o sólido é denominado
solidificação. Por fim, a mudança
direta do estado sólido para o gasoso
e, vice-versa, é a sublimação.

5- Encontre, no CAÇA-PALAVRA, as palavras em destaque no texto abaixo:


Várias espécies de pinguins na Antártida estão
ameaçadas pelo degelo, mas há outras, que, por
estarem habituadas a águas mais quentes, vão
sobreviver, disse, em Coimbra, um cientista polar. “Se
os pinguins vão desaparecer, depende da espécie de
que estamos falando. Como o derretimento do gelo
está sendo maior, a espécie dos pinguins-imperadores é
uma das espécies afetadas, quer pelo gelo, quer por
https://fisicaevestibular.com.br/novo/wp-content/uploads/migracao/termica/mudanca-estado/i_954955d81752f4da_html_10388422.jpg

haver menos comida.


6- Agora responda sobre o texto acima:
a) Qual é a mudança de estado físico da matéria encontrada no texto acima?
________________________________________________________________________________
b) É possível relacionar o aquecimento global com o degelo na Antártica?
________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
7- Nos quadrinhos dessa questão,
podem-se observar três transições
de estado físico da água. Qual a
sequência em que elas aparecem?
____________________________
____________________________
____________________________ 11
Olá, querido(a) aluno(a)! Como você e os seus familiares estão?
Em todas as atividades, temos ajudado você a lembrar o que já estudou,
inclusive, em outros anos de escolaridade. Isso o(a) torna maior conhecedor da
Geografia e faz descobrir que, na verdade, você já sabe muita coisa. Só precisa
relembrar e ligar uma coisa à outra. Já percebeu?

Esta semana, vamos relembrar os


principais assuntos que estudamos nas
atividades do mês de março. Para isso,
contaremos com o auxílio do professor de
Geografia Gustavo Xavier de Abreu.
No canal da 8.ª CRE, esse professor
tem explicado as atividades do Material de
Complementação Escolar, para ajudar
Professor Gustavo Xavier aos(às) alunos(as) de nossa rede. Vamos
de Abreu (Geografia) da Escola assistir? Entre no link ou aponte a câmera
Municipal (09.18.007) Presidente do seu celular para o QR Code.
Antônio Carlos Link:
Explicação do MCE https://www.youtube.com/wat
(Material de Complementação ch?v=EFWElFrtI04&feature=
Escolar) da semana 16/03 a youtu.be
20/03.

QUEM SOU EU?

https://paises.ibge.gov.br/#/mapa
Ao lado,
apresentamos
algumas informações
de um país da
Europa: a bandeira, a
capital, a extensão
territorial, indicadores Total do PIB Índice de Desenvolvimento
econômicos e sociais, Humano
dentre outros.
1) De que país
europeu estamos
falando?

2) O que você sabe


sobre esse país?
Registre em seu
12
caderno.
ROTEIRO DE VIAGEM PARA A EUROPA

Você já PASSO A PASSO


experimentou viajar 1. País de destino e motivo pelo qual gostaria de conhecer
sem sair de casa? este país: observe o mapa da Europa e escolha um país para
Podemos viajar ouvindo você conhecer.
uma música, lendo um
livro e, principalmente, 2. Objetivo da viagem: conhecer praias? Conhecer a cultura do
estudando Geografia. país? Aprender um novo idioma? Conhecer parques naturais e
Você já percebeu? visitar cachoeiras? O que você gostaria de fazer ou conhecer?
O seu desafio
agora será criar o seu 3. Melhor época para viajar: pense nas atividades que gostaria
próprio roteiro de viagem de fazer e confira como estará o “tempo” no local de destino no
para a Europa. Mas período em que pretende viajar. Para isso, estude o clima do
como fazer isso? Vamos país de destino.
explicar. Atenção! BOA VIAGEM!

MAPA POLÍTICO DA EUROPA


Você
Fonte: IBGE. Atlas Geográfico Escolar. 8ª edição. Rio de Janeiro, 2018, p. 43. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101627.pdf. Acesso em 1º/7/20.

também poderá
ver este mapa,
na página 43 do
Atlas do IBGE.
Entre no link ou
aponte a câmera
do seu celular
para o QR
Code.
Link:
https://biblioteca.ib
ge.gov.br/visualiza
cao/livros/liv10162
7.pdf

13
TEXTO 01
Mangueira - Samba-Enredo 2019
O fim da escravidão no Brasil se (Enredo: História Pra Ninar Gente Grande. Compositores:
deu, definitiva e oficialmente, em 1888. Deivid Domênico, Tomaz Miranda, Mama, Marcio Bola,
Durante muito tempo, se deu crédito Ronie Oliveira e Danilo Firmino).
quase exclusivo à princesa Isabel,
regente brasileira no momento da Mangueira, tira a poeira dos porões
assinatura da Lei Áurea, pela libertação Ô, abre alas pros teus heróis de barracões
Dos Brasis que se faz um país de Lecis, Jamelões
dos escravizados. Seu pai, Dom Pedro II,
São verde e rosa, as multidões
estava fora do país na ocasião.
Porém, sabemos que o processo Brasil, meu nego
de abolição da escravidão no Brasil foi Deixa eu te contar
resultado da luta de muitas pessoas e A história que a história não conta
grupos. Revoltas e fugas dos O avesso do mesmo lugar
escravizados, criação de quilombos, Na luta é que a gente se encontra
movimentos abolicionistas, disputas
políticas entre legisladores contribuíram Brasil, meu dengo
para o fim da escravidão no país. A Mangueira chegou
Com versos que o livro apagou
Desde 1500 tem mais invasão do que descobrimento
TEXTO 02 Tem sangue retinto pisado
Atrás do herói emoldurado
Mulheres, tamoios, mulatos
Dragão do Mar foi líder contra
Eu quero um país que não está no retrato
escravidão
Conheça a trajetória do jangadeiro que se negou a Brasil, o teu nome é Dandara
transportar os escravos para os navios negreiros. E a tua cara é de cariri
Não veio do céu
Francisco José do Nascimento, o Chico da Matilde, Nem das mãos de Isabel
jangadeiro e abolicionista brasileiro, cravou mesmo A liberdade é um dragão no mar de Aracati
seu nome na história como o lendário Dragão do Mar
e é símbolo da resistência popular contra a Salve os caboclos de julho
escravidão. Chico da Matilde se recusou a transportar Quem foi de aço nos anos de chumbo
escravos até os navios negreiros que seguiam para o Brasil, chegou a vez
sul do país. De ouvir as Marias, Mahins, Marielles, malês
Sua ousadia e coragem paralisaram o mercado
escravista no porto de Fortaleza nos dias 27, 30 e 31
de janeiro de 1881. Chico, filho da Matilde, tinha Para ouvir o samba-enredo da
então, 42 anos. (...) Antes e depois da greve que Mangueira de 2019, acesse o QR Code
eternizou o Dragão do Mar, movimentos libertários e ou link abaixo.
jornais como o Libertador se destacaram pela luta
contra a escravidão. Mas foi a firmeza do mulato
jangadeiro Chico da Matilde que ultrapassou os limites
da província e alcançou o Império, mostrando a força
da resistência nordestina. que consagrou o maior herói
popular da história abolicionista do Ceará.
14
Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/fsp/turismo/fx1910200611.htm . http://www.mangueira.com.br/sambaenredo
TEXTO 03

“Não é de admirar, portanto, que o Exército se revelasse simpático à causa da abolição.


Oficiais e alunos de escolas militares tomaram abertamente posição abolicionista. A primeira das
chamadas questões militares do Império teve origem em atitude abolicionista do tenente-coronel
Sena Madureira. Esse oficial foi punido por ter recebido na Escola de Tiro de Campo Grande o
jangadeiro Francisco do Nascimento [o “Dragão do Mar”, mencionado na página anterior], líder dos
abolicionistas cearenses. Mesmo oficiais conservadores, como Deodoro, apoiaram a abolição. (...) o
futuro proclamador da República enviou à princesa Isabel documento do Clube Militar, do qual era
presidente, solicitando que o Exército não fosse empregado na captura dos escravos que fugiam das
fazendas.”

CARVALHO, José Murilo de. O Exército e os Negros. In: ________. Forças Armadas e política no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. Zahar, 2005,
p157.

Depois de ler os textos, responda as questões abaixo em seu caderno:

a) Após ler o texto 1, podemos dizer que a abolição da escravidão no Brasil não foi o resultado
somente das ação da princesa Isabel (assinatura da Lei Áurea, em 13/05/1888). Explique por quê.

b) Retire verso(s) do samba-enredo da Mangueira (da página anterior) que retrata(m) a ideia da
pergunta acima.

c) Observe os versos do samba-enredo: “Brasil, meu nego / Deixa eu te contar / A história que a
história não conta”. O que você entende sobre esses versos?

d) De acordo com o texto 2, o que realizou José Francisco do Nascimento (o “Dragão do Mar”) para
ser reconhecido como símbolo da luta pela liberdade dos escravizados no Brasil do século XIX?

e) A abolição da escravidão (1888) e a proclamação da República no Brasil (1889) estão ligadas por
vários motivos. De acordo com o texto 3, o que fez o tenente-coronel para ser punido?

f) Os militares (do Exército principalmente) lideraram a proclamação da República, derrubando


D. Pedro II. O que é citado no texto 3 que demonstra a simpatia do marechal Deodoro da Fonseca
pelo fim da escravidão?

Você pode consultar o seu Material


Didático Carioca, páginas 255 e 256.

Ele pode ajudar você!


15
“Olhar para si, olhar para o outro,
olhar para o mundo.”

Escolha um emoji que represente seu estado de ânimo nesse momento: se for positivo,
compartilhe como tem conseguido manter-se desta forma, se negativo, reflita como conseguir
alterar positivamente esse estado de ânimo.

_____________________________________________________
_____________________________________________________
16
Se puder, fique em casa!

No momento, permanecer em casa é a única atitude que pode proteger a todos da covid-19,
porém existem necessidades essenciais que precisam ser realizadas: ir ao mercado, à farmácia,
ao médico.... Lembre-se: é importantíssimo estar atento aos protocolos e etiqueta social das
medidas preventivas, inclusive naquelas de retorno à casa.

saudacao-de-coronavirus_7370527.htm Consulta em/13/06/2020


https://br.freepik.com/fotos-premium/balancando-os-cotovelos-
http://asemanacuritibanos.com.br/not%C3%ADcias/2.
4749/a-dificuldade-de-seguir-regras-1.2227040

A etiqueta social se refere, principalmente, ao respeito, à elegância, gentileza no trato com o


outro. São qualidades fundamentais para uma relação social equilibrada e harmônica.

De acordo com os protocolos e etiqueta social, o que você avalia que está correto e/ou incorreto
nas imagens?
coronavirus-ck8qi814m00sy01nt0l24enla.html
https://gauchazh.clicrbs.com.br/coronavirus-

supermercado-as-novas-regras-ditadas-pelo-
servico/noticia/2020/04/em-casa-na-rua-no-

http://g1.globo.com/pr/parana/

Correto Incorreto
_______________________ _______________________
_______________________ _______________________
_______________________ _______________________
_______________________ _______________________ 17
A Esperança pela Ciência

Nunca a ciência se mostrou tão legitimamente valorizada e necessária como no momento


atual. Cientistas do mundo todo se debruçam em pesquisas para a descoberta de uma vacina
para prevenir à covid-19. A Universidade de Oxford, do Reino Unido, numa parceria com a
Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), realizará testagem de uma vacina que terá a
participação voluntária de brasileiros, mas, enquanto não chega à vacina, teremos de conviver
com um “novo normal”.

Novo normal, um novo você, um novo nós? Que atitudes realizadas pelo outro e por você têm te
surpreendido positivamente?

__________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________

Tempestade de ideias

Escolha três ideias para viver e conviver no mundo pós-pandemia:

______________________________________________
______________________________________________
______________________________________________
https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/06/bio-manguinhos-e-butantan-ja-preparam-fabricas-para-vacina-
contra-novo-coronavirus.shtml

18 https://olhardigital.com.br/coronavirus/noticia/covid-19-apenas-uma-possivel-vacina-no-mundo-esta-na-fase-final-de-
testes/102046https://saude.abril.com.br/medicina/a-jornada-pela-primeira-vacina-contra-o-coronavirus-no-brasil
SAUDADES DA
ESCOLA, NÃO É?

Quais são as suas saudades da escola?


_______________________________________________
______________________________________________

O que você tem feito para amenizar essas saudades?


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Alguns países já superaram o pico da pandemia do


novo coronavírus, iniciando, cuidadosamente, o
retorno às aulas.
https://istoe.com.br/escola-chinesa-adota- https://g1.globo.com/educacao/noticia/2020/05/18/portugal-
chapeu-helicoptero-para-manter-distancia- tem-volta-as-aulas-parcial-nesta-segunda-feira-com-medidas-
entre-alunos/ - Consulta em 15/06/2020 de-protecao-e-distanciamento.ghtml - Consulta15/06/2020

Pensando na realidade da sua escola, nos protocolos sanitários e


etiqueta social, o que você considera importante ser planejado para
um retorno seguro às aulas?

_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
_____________________________________________________
Depois você pode enviar a sua resposta para o materialcarioca@rioeduca.net. Lembre-se de colocar seu
19
nome, turma e o nome de sua escola.
1. Não. A menina fala do livro e o menino da vida.
2. O menino acha que a vida é um presente que pode ser usado como quisermos.
3. O sentido de preencher, usar, construir.

No espaço para conversa é importante estimular as associações: o que seria uma vida cheia de cor?
Quais cores deveriam compor a vida, sendo que culturalmente as cores são simbólicas.

Texto 2
1. O sentido de flutuar, se movimentar no fundo do mar, está sendo associado a uma dança.
2. O efeito de provocar o leitor a parar e prestar atenção ao que virá a seguir.
3. Indicam concessão, admitem uma contradição ou um fato inesperado. A ideia de concessão está
diretamente ligada ao contraste, à quebra de expectativa.
4.
a) Fissura
b) Secretar.
c) Imiscuiu-se.
d) Profanada.

5. Porque ela reage à invasão e aciona um mecanismo de defesa, para purificar-se da partícula
invasora.
6. Paciência profunda, silenciosa e infinita.
7. Desse modo pode substituir.
8. Fato: “As pérolas são, assim, o resultado de uma contaminação”.
Opiniões: “A arte por vezes também. A arte é quase sempre a transformação da dor”.
9. A escrita.
10. Ao ato de atravessar um deserto incansavelmente, sem parar.
11. A escrita é comparada ao ato da pérola de secretar o nácar, o que permite associá-la a um
mecanismo de defesa e purificação.

Texto 3
1. O narrador do texto é narrador-observador.
2. O sábio responder que os jovens deveriam vestir-se como os campos.
3. a) Traduzir nas roupas os elementos dos campos, confeccioná-las fazendo referência aos campos.
b) Se integrar à natureza, trabalhar nos campos, ter simplicidade.
4. Quadrados de veludo.
5. Circunstância de tempo.
6. A integração do jovem com a natureza, já que o pássaro até o confunde com o campo.
7. O entendimento do jovem pequenino.
8. Resposta pessoal, que deve ser escrita com coerência.

20
1.
I. a) 6º ano: b) 7º ano:

40% de 50 = 20 alunos. 50% de 30 = 15 alunos.

c) 8º ano: d) 9º ano:

30% de 40 = 12 alunos. 20% de 30 = 6 alunos.

II. 7º ano.
2. W.

3.
a) R$ 5,40.
b) R$ 64,80.

4.
a) 54 ∶ 53 b) 30 . 32 c) ( 3 . 5 )²
51 = 5 32 = 9 32 . 52 = 225
d) 2102 ∶ 2100 e) (23 )² f) ( 7² )³ : 76
22 = 4 26 = 64 76 ∶ 76 = 70
=1

5. D 8. a) A medida x b) A medida y c) A medida z d) O perímetro e) A razão


3,6 𝑥𝑥 dos polígonos. entre esses
= 3,6 6 3,6 9 perímetros.
6. 2,4 2,8 = = P = 22,8
2,4 𝑦𝑦 2,4 𝑧𝑧
a) 4 m. 22,8
𝑥𝑥 = 4,2 y= 4 z= 6 P = 15,2 = 1,5
b) 5 m. 15,2
c) 4 m x 5 m.
d) 20 m². 50% de 12 = 6 12 + 6 = 18 .
9.
e) Consultório C; 20 m. 50% de 6 = 3 6 + 3 = 9.
As dimensões são 18 cm x 9 cm.
7. a) racional.
b) racional. 10. a) Sim, os ângulos
c) irracional. correspondentes são
d) irracional. congruentes e as medidas dos
e) racional. lados são proporcionais.
f) racional. 2 4
g) racional. =
3 6
h) racional. b) Não, as medidas dos lados não
TODOS SÃO REAIS. são proporcionais.
2 4
 21
3 5
1- Sugestões de resposta: a mesa, o copo e a cadeira etc.

2- A água.

3-
a) Pois a água está congelada por causa do frio extremo dessa região.

b) Em lugar extremamente frio, como Polo Norte ou no Polo Sul.

c) Gelar alimentos ou bebidas, conservar alimentos entre outras utilidades.

4-
a) O termo “estado” remete ao sentido geográfico, reforçado pela presença da rosa dos ventos e pela
divisão característica de mapas presentes na ilustração.

b) O artista utilizou elementos da natureza, como rios, montanhas cobertas com neve e nuvens.

5-

6-
a) Derretimento – fusão.

b) O aquecimento global é uma das causas do degelo na Antártica.

7- Fusão, vaporização e condensação.

22
Agora é com você

1) Alemanha.

2) Resposta pessoal.

Desafio – Roteiro de Viagem

Resposta pessoal. Orientação: seguir o passo a passo apresentado.

Questão a)
Porque a abolição foi fruto de um conjunto de ações e processos como: as revoltas
e fugas dos escravizados, a construção de quilombos, a pressão dos movimentos
abolicionistas dentre outras coisas.

Questão b)
“Não veio do céu / Nem das mãos de Isabel / A liberdade é um dragão no mar de
Aracati”.

Questão c)
Deve ser mencionado, de alguma forma que o samba (e a escola de samba) se
dispõe a falar sobre temas que não são muito estudados, valorizados, não estão “nos
livros de História”: a luta pela liberdade, em vários momentos da história do Brasil,
liderada por pessoas do povo pobre, simples e sofrido.

Questão d)
Liderou um movimento de recusa a transportar, em suas embarcações, os
escravos que iam para o sul do país. Com isso, criou uma paralisação no mercado
escravista de parte do Ceará, em 1881.

Questão e)
Ele recebeu, em seu quartel, o líder (José Francisco do Nascimento, o “Dragão do
Mar”) de um movimento que lutava contra a escravidão.

Questão f)
Ele enviou carta à princesa Isabel pedindo que o Exército não fosse utilizado para
“caçar” escravizados.
23