Você está na página 1de 3

GEOLOGIA E BIOLOGIA – 10.

º ANO

Mini Teste 3 Versão 1


NOME: ____________________________________ N.º ___ TURMA: 10.º CT3

GRUPO I – Melvin Calvin e os seus colaboradores iniciaram, em 1940, uma série de experiências com algas verdes
unicelulares do género Chlorella que viriam a esclarecer aspetos essenciais do processo fotossintético. Cultivaram estas
algas num meio rico em CO 2 radioativo, marcado com o isótopo 14C, até este ser incorporado pelas algas. Seguidamente,
em intervalos de tempo regulares, retiravam algumas algas e por técnicas de autoradiografia determinavam a
localização celular da radioatividade e os compostos químicos em que a mesma surgia. Verificaram que nestas algas os
compostos orgânicos resultantes da fotossíntese eram radioativos.

Na resposta a cada um dos itens de 1. a 5., selecione a única opção que permite obter uma afirmação
correta.
Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

1. O problema que a série de experiências levadas a cabo por Calvin e colaboradores pretendiam esclarecer
era...
(A)... a origem do O2 produzido durante a fotossíntese.
(B)... o mecanismo de fixação do CO2 durante a fotossíntese.
(C)... as reações da fase química da fotossíntese.
(D)... o papel da luz na fixação do CO2 na fotossíntese.

2. A utilização nestas experiências de 14CO2 marcado serviu para...


(A)... assinalar o percurso do CO2 no interior da Chorella.
(B)... medir os consumos deste gás efetuados pelas células, durante a fotossíntese.
(C)... aumentar a libertação de O2 pelas algas.
(D)... matar as algas para posteriormente serem analisadas, aplicando técnicas de auto-radiografia.

3. As plantas, através de processos ______, produzem compostos orgânicos a partir de dióxido de carbono
e água, utilizando como fonte de energia _______.
(A) … autotróficos (...) a oxidação de diferentes compostos
(B) …heterotróficos (...) a luz solar
(C) … autotróficos (...) a luz solar
(D) … heterotróficos (...) a oxidação de diferentes compostos

4. As reações da fotossíntese podem ser divididas em duas fases: a fase fotoquímica e a fase química.
Selecione a alternativa que as avalia corretamente.
I. Na fase fotoquímica há produção de ATP e de NADPH +H + e ocorre a reação de fotólise da água.
II. Na fase química ocorre fixação do CO2 e produção de compostos orgânicos nos tilacóides.
III. Se a planta for colocada na obscuridade verifica-se uma acumulação crescente da molécula que se
combina com o CO2 (RuDP) no estroma
(A) Todas as afirmações são falsas.
(B) Todas as afirmações são verdadeiras.
(C) I é verdadeira e a II e III são falsas.
(D) III é verdadeira e II e II são falsas.

5. As células vegetais de Chorella são resistentes à lise, porque possuem uma _______ celular constituída,
essencialmente, por um polissacarídeo _______.
(A)… parede (...) estrutural.
(B)… membrana (... )estrutural.
(C)… parede (...) de reserva.
(D)… membrana ... de reserva.
1 Professora: Isabel Henriques
6. Explique, com base na informação contida no texto, o contributo desta série de experiências para o
conhecimento da fotossíntese.

GRUPO II – Produção Primária em Ecossistemas Hidrotermais


Uma das mais surpreendentes descobertas efetuadas no domínio da biologia das grandes profundidades foi a dos
ecossistemas ligados às fontes hidrotermais profundas, quer pela exuberância, quer pelas características dos
organismos.
Nos povoamentos hidrotermais profundos, a produção primária é assegurada por bactérias que obtêm a energia
necessária para a fixação do CO2 a partir da oxidação de sulfuretos, tais como o H2S ou o HS –, provenientes, na sua
maioria, dos gases vulcânicos que emanam das fontes hidrotermais.
As bactérias que vivem nas fontes hidrotermais são hipertermófilas, possuindo uma temperatura ótima de crescimento
muito elevada. Para sobreviverem a tais temperaturas, estas bactérias apresentam um grande número de adaptações,
pois, à medida que as membranas celulares são sujeitas a temperaturas altas, a estabilidade e a fluidez essencial ao bom
funcionamento ficam comprometidas. Assim, estas bactérias apresentam alterações na estrutura dos fosfolípidos
constituintes das suas membranas, que resultam no aumento do tamanho das caudas dos ácidos gordos e na sua
saturação (remoção das ligações múltiplas). Desta forma, os fosfolípidos ficam mais compactados, mantendo a
estabilidade das membranas a temperaturas e a pressões mais elevadas.
O organismo mais característico do ecossistema hidrotermal é um animal vermiforme tubícola, de grandes dimensões,
Riftia pachyptila, que forma densos agregados e que não possui nem boca nem tubo digestivo, intervindo na sua
nutrição bactérias simbiontes. Este animal transfere sulfuretos para um órgão especializado no seu corpo, onde se
alojam as bactérias simbiontes.
Baseado em L. Saldanha, «Fauna das profundezas marinhas», Colóquio/Ciências, 1991

Na resposta a cada um dos itens de 1. a 4., selecione a única opção que permite obter uma afirmação
correta.
Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

1. De acordo com o texto, tendo em conta a forma como produzem matéria orgânica, as bactérias das
fontes hidrotermais são seres…
(A) … fototróficos, pois utilizam a energia resultante da atividade vulcânica.
(B) … fototróficos, pois utilizam energia luminosa.
(C) … quimiotróficos, pois utilizam energia resultante da oxidação de substratos minerais.
(D) … quimiotróficos, pois utilizam a energia térmica das fontes hidrotermais.

2. No processo de produção de matéria orgânica descrito no texto, a fonte de electrões é o…


(A) … hidrogénio.
(B) …. dióxido de carbono.
(C) … oxigénio.
(D) … sulfureto de hidrogénio.

3. As membranas celulares das bactérias possuem proteínas…


(A)… intrínsecas, que ocupam posições fixas.
(B)… intrínsecas, que apresentam mobilidade.
(C)… extrínsecas, que participam no transporte não mediado.
(D) …extrínsecas, que participam no transporte por difusão simples.

4. Quando Riftia pachyptila obtém o H2S do exterior por difusão, esse processo implica o transporte
desta substância de zonas de…
(A)… menor concentração para zonas de maior concentração, sem gasto de energia.
(B)… menor concentração para zonas de maior concentração, com gasto de energia.
(C)… maior concentração para zonas de menor concentração, com gasto de energia.
(D)… maior concentração para zonas de menor concentração, sem gasto de energia.

2 Professora: Isabel Henriques


5. Ordene as letras de A a F, de modo a reconstituir a sequência cronológica dos acontecimentos
relacionados com a obtenção de matéria orgânica pelas bactérias que habitam nas fontes
hidrotermais profundas. Escreva, na folha de respostas, apenas a sequência de letras.
A. Captação de sulfuretos.
B. Síntese de matéria orgânica.
C. Oxidação de sulfuretos.
D. Síntese de ATP.
E. Redução do dióxido de carbono.
F. Fixação do dióxido de carbono.

6. Riftia pachyptila tem, na sua extremidade, uma pluma vermelha que absorve água sulfurosa utilizada
pelas bactérias que vivem no seu interior. As bactérias penetram no verme quando este ainda está no
estádio juvenil, pois, mais tarde, a boca desaparece.
Explique, tendo em conta a morfologia de Riftia pachyptila, no estado adulto, os benefícios que as que as
bactérias simbiontes e o referido animal retiram desta associação.

GRUPO III – Cuscuta pentagona é uma planta trepadeira e parasita, cor de laranja, que produz pequenas
flores brancas. Esta planta é invulgar pelo facto de não ter folhas nem clorofila. Para viver, Cuscuta fixa-se
numa planta hospedeira e suga os seus nutrientes, inserindo-lhe um apêndice no sistema vascular.
Baseado em www2.uol.com.br/sciam (consultado em outubro de 2012)

Na resposta a cada um dos itens de 1. a 3., selecione a única opção que permite obter uma afirmação
correta.
Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.

1. Cuscuta pentagona é um ser heterotrófico, pois


(A) … necessita de obter compostos orgânicos através do xilema do hospedeiro.
(B) …não realiza fotossíntese por ser desprovida de clorofila.
(C) … é incapaz de captar energia luminosa por não ter folhas.
(D) … necessita de uma fonte externa de carbono orgânico.

2. Durante a fase fotoquímica, a incidência da luz nos tecidos clorofilinos da planta hospedeira provoca
(A) … redução da água e fixação de dióxido de carbono.
(B) … fixação de dióxido de carbono com produção de compostos orgânicos.
(C) … oxidação da água e imediata libertação de oxigénio.
(D) … absorção da energia de comprimento de onda correspondente ao verde.

3. A abertura dos estomas das plantas deve-se


(A) … ao aumento da pressão de turgescência nas células-guarda.
(B) … à modificação da estrutura da membrana celular das células-guarda.
(C) … ao decréscimo da pressão osmótica nas células-guarda.
(D) … à alteração da espessura da parede das células-guarda.

Cotações
Doc. 1 Doc. 2 Doc. 3
Questões Cotações Questões Cotações Questões Cotações
1. 10 7. 10 13. 10
2. 10 8. 10 14. 10
3. 10 9. 10 15. 10
4. 10 10. 10
5. 10 11. 20
6. 30 12. 30
Total 80 Total 90 Total 30
3 Professora: Isabel Henriques