Você está na página 1de 8

Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.

org

Aqui estou eu com mais um (de novo?!) tutorial especialmente criado para vocês, amigos do CPTurbo.org
e P2PBrasil.org. Sendo eu um ferrenho usuários de programas não poderia deixar de passar a vocês um pouco do
meu conhecimento, afinal, compartilhar é importante.

Hoje vamos aprender a usar um programa gratuito (coisa que eu adoro) chamado Format Factory. Ele
serve para converter vídeos entre formatos. O site do produtor é http://www.pcfreetime.com/download.html.
Simplesmente instale e o programa se atualizará com os codecs necessários para seu funcionamento. Isso inclui
os arquivos para que ele reconheça MPEG, x.264, VP7, entre outros.

Esse programa é bastante fácil de usar, faz as conversões rapidamente e com ótimos resultados. Você
baixou uma das conversões do Cuca que insiste em usar aquele maldito codec VP7 junto com o Vorbis e você
gastou uma grana preta num player de mesa que reproduz DivX com MP3? É, o Cuca é assim mesmo, cabeçudo...
Mas se é por isso que você está reclamando, seus problemas acabaram! Você vai poder converter todos os seus
filmes para DivX/MP3, dispositivos móveis, etc. Muito fácil mesmo, acreditem. Vamos começar a tarefa.

Começamos pela tela inicial do programa;

Como se pode ver, nada de opções complexas ou telas confusas. Mas antes de começarmos, vamos fazer
a configuração do software. Para isso, clique em “opções” no alto da tela. A primeira tela trata das configurações
gerais do programa:

1
Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.org

Reparem nos itens realçados pelas setas. É a minha sugestão de configuração, exceto, claro, pela pasta de
destino dos arquivos convertidos, que você pode escolher à vontade. Também indiquei as opções pós-conversão
onde você pode dizer ao programa para desligar o computador (útil se o micro for trabalhar durante a
madrugada) ou abrir a pasta de saída, caso você queira testar o resultado final. Agora, uma olhadinha nas
configurações de legendas:

2
Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.org

Selecione a fonte desejada para as legendas na lista pronta (seta para baixo ao lado da fonte) ou escolha
uma fonte não instalada no sistema apontando onde está o arquivo true type correspondente, usando o botão
“browser”. Se quiser a fonte em cor branca com contorno preto, não faça nada. Se quiser selecionar outra cor
para as legendas, marque o box “ASS fonte de legenda: ligado” e indique as cores desejadas.

As demais abas de opções dizem respeito a dados técnicos do processo de conversão e eles já estão
corretamente configurados para apresentar bons resultados, então não precisamos fazer mais nada aqui e
simplesmente clicamos em Ok para retornar ao programa.

De volta à tela inicial, vamos começar a converter. Vejam no realce em vermelho todos os formatos de
saída produzidos pelo programa. Reparem pela seta azul que há mais opções ocultas e basta clicar ali para rolar a
tela. Nesse exemplo, vamos fazer o que certamente interessará à maioria dos usuários: converter para XviD com
MP3. Para isso, clicamos na opção indicada pela seta verde.

Ao clicar na opção indicada, aparecerá a tela onde indicaremos os arquivos que serão convertidos. Nessa
mesma tela, poderemos assistir aos vídeos selecionados e alterar algumas opções usadas na conversão, como, por
exemplo, marcar apenas um trecho do filme para conversão (para fazermos testes). Tudo de forma muito simples.
Começamos por incluir arquivos na lista de conversões. Basta clicar no botão indicado na tela abaixo. Você pode
selecionar quantos arquivos quiser. Use a forma habitual no Windows: Control para selecionar avulsos, Shift para
selecionar intervalos, arraste e marque, etc. Ao final, clique em “abrir”. Veja os passos conforme abaixo:

3
Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.org

4
Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.org

Selecionados os arquivos, somos devolvidos à tela de conversão. Veja a lista final. Há indicação de
duração de cada filme, tamanho do arquivo e resolução, no caso 624 x 336. Vamos ver como acertar alguns
detalhes da conversão. Selecione um dos arquivos e clique em “opções”.

5
Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.org

Ao abrir a janela de opções, o filme é automaticamente reproduzido, o que pode ser controlado pelos
botões de “pause” e “stop” realçados em azul, abaixo da imagem do filme. Aqui temos vários controles. A barra
deslizante realçada em vermelho permite movermos o filme para um ponto específico. Se quiser, você pode
converter apenas um trecho do filme em vez de todo ele. Basta mover o controle deslizante para o ponto em que
deseja iniciar a conversão, clicar no botão “tempo inicial”, mover o controle deslizante para o ponto de término,
clicar no botão “tempo final”. Tudo isso está realçado em laranja. Clique em Ok e retornaremos à janela anterior.

Se você quiser remover um ou mais filmes da lista, basta clicar no “x” vermelho no grupo realçado no
canto superior esquerdo. Ainda, podemos definir a qualidade desejada para a conversão, sabendo que melhor
qualidade leva mais tempo para ser produzida mas isso não chega a ser problema porque o programa é muito
rápido. Mesmo assim, se quiser outra qualidade que não a sugerida (“alta qualidade e tamanho”), clique no botão
“configurações de saída” e escolha dentre os perfis existentes. Como se pode ver pela tela a seguir, há muitos
deles e você pode selecionar à vontade. Repare que alguns tem a resolução final fixada e isso pode ser problema.
Se você tem um vídeo em widescreen e selecionar uma resolução full screen você acabará por introduzir uma
distorção na imagem. Se tiver dúvida, fique entre o perfil padrão de “alta qualidade e tamanho” ou varie entre
média ou baixa qualidade (as três opções iniciais da lista) pois elas afetam a qualidade final da imagem e o
tamanho do arquivo gerado mas mantém a resolução do filme, de modo que não será introduzida nenhuma
distorção no arquivo resultante. Eu recomendo que se mantenha a opção padrão porque a conversão não é
demorada. A não ser que você tenha muita pressa, a velocidade será boa o suficiente para todos os casos e a
qualidade também.

Outro detalhe importante é que a alteração feita no perfil afetará todos os arquivos que forem
convertidos e não apenas o selecionado.

6
Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.org

Um detalhe importante com relação ao Format Factory diz respeito às legendas. Se você tem um filme
com legendas externas em .SRT, tudo bem (é possível que ele reconheça outros formatos como .SUB/.IDX mas
não sei dizer porque não fiz testes com eles). Basta que as legendas estejam na mesma pasta que o filme e
tenham exatamente o mesmo nome de arquivo e elas serão reconhecidas e incorporadas. Por outro lado, se você
tem um arquivo MKV (Matroska) onde as legendas estão incorporadas a ele (como eu tenho feito mais
recentemente em minhas conversões), então teremos um problema. Em princípio, o programa reconhece esse
tipo de arquivo com tais legendas mas o fato é que nunca consegui fazer com que ele incorporasse as mesmas.
Quando estou convertendo esse tipo de arquivo, prefiro outro programa gratuito e excelente chamado Freemake
Video Converter, que será objeto de outro tutorial em breve. De qualquer forma, se você vai converter o filme
todo e as legendas estão em .SRT e na mesma pasta, nem precisa entrar nessas opções. Só precisa entrar se
quiser ver o filme sendo reproduzido com a legenda e áudio, para fins de verificação.

Bem, de volta à tela inicial do programa, agora aparecem listados todos os arquivos selecionados para
conversão. Vamos iniciar a conversão clicando no botão “iniciar”.

7
Tutorial do Format Factory 2.60 – Cucamonga2001 para CPTurbo.org e P2PBrasil.org

Agora é só aguardar. Também é possível marcar o box dizendo para desligar o computador. Veja:

E isso é tudo. Ao fim do processo você terá seu arquivo convertido para o formato definido sem
dificuldades. O programa automatiza quase tudo de forma que para a maior parte dos casos você precisa apenas
selecionar os arquivos e clicar em “iniciar”. Não poderia ser mais fácil!

Espero que tenham gostado de mais esse tutorial desenvolvido especialmente para os amigos do CPTurbo
e P2PBrasil. Até a próxima!