Você está na página 1de 56

PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS

AMBIENTAIS NR 09

PPRA
PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE
RISCOS AMBIENTAIS.

NR-09/Portaria 3.214/MTE.

PPRA - Programa De Prevenção De Riscos Ambientais, visa à preservação


da saúde e da integridade dos trabalhadores, através da antecipação,
reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos
ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho,
tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos
naturais.

EMITIDO EM JULHO DE 2021


PRÓXIMA REVISÃO JULHO DE 2022
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

Sumário
1. CARACTERIZAÇÃO DA CONTRATANTE...................................................................................................3

2. CARACTERIZAÇÃO DA CONTRATADA.....................................................................................................4

3. RESPONSABILIDADE TÉCNICA...................................................................................................................5

4. ÍNDICE DE REVISÕES.....................................................................................................................................6

5. DESCRIÇÃO DO AMBIENTE:.........................................................................................................................6

6. CARACTERIZAÇÃO GERAL DA EMPRESA................................................................................................7

7. INTRODUÇÃO..................................................................................................................................................7

8. OBJETIVOS.......................................................................................................................................................7

9. CLASSIFICAÇÃO DO GRAU DE RISCO.......................................................................................................8

10. DESENVOLVIMENTO DO PPRA...............................................................................................................8

11. AVALIAÇÕES DOS RISCOS POR FUNÇÃO.............................................................................................9

12. CONTROLE DOS RISCOS...........................................................................................................................9

13. MONITORAMENTO.....................................................................................................................................9

14. REGISTRO E DIVULGAÇÃO DOS DADOS............................................................................................10

15. PERIODICIDADE E AVALIAÇÃO DO PPRA.........................................................................................10

16. COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO – CIPA........................10

17. RISCOS AMBIENTAIS...............................................................................................................................11

18. MAPA DE RISCO........................................................................................................................................12

19. IDENTIFICAÇÃO DE GHE’s – GRUPOS HOMOGÊNEOS DE EXPOSIÇÃO......................................13

20. ORGANIZAÇÃO.........................................................................................................................................13

21. RESPONSABILIDADES.............................................................................................................................14

21.1 EMPREGADOR................................................................................................................................................14

21.2 EMPREGADOS................................................................................................................................................14

22. INTERNA.....................................................................................................................................................14

23. EXTERNA....................................................................................................................................................14

24. RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS OCUPACIONAIS..........................................14

25. MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DOS AMBIENTES LABORAIS PARA EVITAR OU MITIGAR O


CONTAGIO DO NOVO CORONAVÍRUS (COVID 19)......................................................................................224

26. LITERATURA TÉCNICA DOS POSSÍVEIS DANOS A SAÚDE RELACIONADOS NO QUADRO


DE PERFIL PROFISSIOGRÁFICO DE FUNÇÕES..............................................................................................227

27. CRONOGRAMA DE AÇÕES...................................................................................................................229

28. CONSIDERAÇÕES FINAIS.....................................................................................................................239

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
2 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

1. CARACTERIZAÇÃO DA CONTRATANTE

CADASTRO DA EMPRESA
Razão Social: Amorim & Pinheiro LTDA
Nome Fantasia: Funerária São Vicente de Paulo
CNPJ: 09.156.460/0001-88

Inscrição Estadual: 001.04898400-86


Código e Descrição da Atividade Econômica Principal: 96.03-3-04 – Serviços de Funerárias.
Grau de Risco: 02
Grupo: C-34
Código e Descrição da Natureza Jurídica: 206-2 - Sociedade Empresária Limitada.
Logradouro: Praça Tiradentes Número: 75

Bairro: Centro Complemento: -


CEP: 38.750-000 Município: Presidente Olegário UF: MG
Responsável pela Implementação: João Antônio Pinheiro

E-mail: saovicentedepaulofuneraria@gmail.com
Horário de Jornada de Trabalho:

Setores Segunda-Feira a Sexta - Feira Um sábado a cada 15 dias

Fúnebre 13:00 – 18:00 13:00 – 18:00

Responsável Legal: João Antônio Pinheiro Telefone: (34) 3811-0039/(34) 3811-1214


Total de Colaboradores: 03
Femininos: 01
Masculinos: 02

2. CARACTERIZAÇÃO DA CONTRATADA

CADASTRO DA EMPRESA

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
3 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

Razão Social: Déborah Caetano Dos Reis 12732254657

Nome Fantasia: ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho - ME

CNPJ: 37.327.628/0001-06

Código e Descrição da Atividade Econômica Principal: 85.99-6-04 - Treinamento em desenvolvimento


profissional e gerencial.

Grau de Risco: 02
Grupo: C 31
Código e Descrição da Natureza Jurídica: 213-5 - Empresário (Individual)

Logradouro: Rua Prefeito João Pinheiro Número: 604

Bairro: Dona Benta Complemento: -

CEP: 38.750-000 Município: Presidente Olegário UF: MG

Horário de Jornada de Trabalho: Segunda - Feira a Sexta - Feira de (07:30 ás 11:00 – 12:30 ás 17:30)

Responsável Legal: Deborah Caetano Dos Reis E-mail: isobras9001@gmail.com


Total de Colaboradores: 03
Telefone: (34) 3851/4548/ (34) 9809-0951
Masculino: 01

Feminino: 02

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
4 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

3. RESPONSABILIDADE TÉCNICA

Profissional em Segurança do Trabalho Responsável pelo Levantamento Ambiental:

______________________________________
Deborah Caetano Dos Reis
Técnica em segurança do trabalho
REG: MTE/ 00470.18/MG
Bombeira Civil Minas Gerais
N° F0003744
Profissional em Segurança do Trabalho Responsável pela Elaboração:

______________________________________
Deborah Caetano Dos Reis
Técnica em segurança do trabalho
REG: MTE/ 00470.18/MG
Bombeira Civil Minas Gerais
N° F0003744

Ricardo Assis Lima Valadão


Engenheiro de Segurança do Trabalho
CREA 154475/D/MG
Responsável Legal no Cumprimento do PPRA:

________________________________________
João Antônio Pinheiro

4. ÍNDICE DE REVISÕES
ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME
CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
5 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

REVISÕES DO PROGRAMA
REV. DATA DESCRIÇÃO DA REVISÃO ELABORADOR (A)

5. DESCRIÇÃO DO AMBIENTE:

Setor: Recepção Setor: Velório

Pé Direito: 2,90 metros Pé Direito: 3,5 metros

Piso: Cerâmica Piso: Cerâmica Granito

Cobertura: Laje Cobertura: Laje

Laterais: Alvenaria revestida Laterais: Alvenaria revestida

Iluminação: Natural e artificial Iluminação: Natural e artificial

Ventilação: Natural Ventilação: Natural

Observação: Em caso de alteração do layout ou inclusão de novas operações, a empresa deve comunicar a
Isobras Soluções em Segurança do Trabalho para atualizações pertinentes.

6. CARACTERIZAÇÃO GERAL DA EMPRESA

A empresa Amorim & Pinheiro LTDA, está localizada no município de Presidente Olegário/MG e tem como
atividade principal serviços de funerárias. A mesma conta com uma equipe de profissionais qualificados e
treinados para desenvolver suas respectivas atividades.
ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME
CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
6 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

7. INTRODUÇÃO

Este Programa foi elaborado de acordo com as diretrizes da redação da Norma Regulamentadora número 09
(Programa de Prevenção de Riscos Ambientais), estabelecida pela Portaria 3.214 de 8-6-1978.
O PPRA é parte integrante do conjunto mais amplo das iniciativas da empresa no campo de preservação da saúde
e a integridade dos trabalhadores, devendo estar articulado com as demais normas de Segurança e Medicina do
Trabalho, em particular com o Programa de Controle Médico da Saúde Ocupacional – PCMSO.
Os dados constantes neste documento servem de base para a elaboração do Plano de Ação Anual de Segurança e
Saúde do Trabalho, que contempla as ações de controle a serem mantidas, implementadas ou melhoradas, assim
como as atividades de monitoramento das exposições.

8. OBJETIVOS

A norma Regulamentadora – NR 09 estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implementação do


programa de prevenção de riscos ambientais que tem como objetivo à preservação da saúde e da integridade física
dos trabalhadores, fornecendo parâmetros legais e técnicos, tendo em consideração a proteção do meio ambiente e
dos recursos naturais, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequentemente o controle da
ocorrência dos Riscos Ocupacionais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho.
O Programa não se resume apenas em atender as exigências da Legislação, como também visa
apresentar sugestões e recomendações técnicas adequadas à sua realidade, tornando o ambiente laboral mais
saudável, prevenindo os acidentes do trabalho e as doenças profissionais ocupacionais, evitando perdas, gerando
bem-estar e influindo positivamente na melhoria da qualidade e da produtividade.
Para tanto, deverá ser colocado em prática um Programa de Segurança e Saúde que obedecerá às Normas
de Segurança, atendendo as NRs e a legislação. Definindo atribuições, responsabilidades e autoridade ao pessoal
que administra, desempenha e verifica atividades que influem na Segurança e que intervêm no processo produtivo;
determinar as medidas de proteção e prevenção; definir as medidas de proteção a implementar em função do risco;
fazer a previsão dos riscos que derivam do processo de execução dos serviços.
O PPRA é documento fundamental para elaboração do PCMSO – Programa de Controle Médico de
Saúde Ocupacional, previsto na NR 07.

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
7 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

9. CLASSIFICAÇÃO DO GRAU DE RISCO

Para efeito deste trabalho, adotamos as seguintes definições para os graus de riscos, que podem ser classificados
em cinco níveis conforme a sua categoria:

GRAU DE CATEGORIA SIGNIFICADO


RISCO

Fatores do ambiente ou elementos materiais que não constituem


Insignificante
0 nenhum incômodo e nem risco para a saúde ou integridade física.

Fatores do ambiente ou elementos materiais que constituem um


incômodo sem ser uma fonte de risco para a saúde ou integridade
1 Baixo
física.
Fatores do ambiente ou elementos materiais que constituem um
incômodo podendo ser de baixo risco para a saúde ou integridade
2 Moderado
física.
Fatores do ambiente ou elementos materiais que constituem um
risco para a saúde e integridade física do trabalhador, cujos valores
3 Alto ou Sério
ou importâncias estão notavelmente próximos dos limites
regulamentares.
Muito Alto ou Fatores do ambiente ou elementos materiais que constituem um
Crítico risco para a saúde e integridade física do trabalhador, com uma
4
probabilidade de acidente ou doença, elevada.

10. DESENVOLVIMENTO DO PPRA

O presente trabalho consiste das etapas abaixo relacionadas, as quais serão gerenciadas pela direção da empresa
Amorim & Pinheiro LTDA

ANTECIPAÇÃO DE RISCOS: Somente aplicável em situações de análises de projetos de novas instalações,


métodos e processos de trabalho, modificações de condições existentes ou em diagnóstico clínico em processo de
gerenciamento de risco. No caso da empresa Amorim & Pinheiro LTDA será trabalhado dentro do processo
contínuo de gerenciamento de riscos no acompanhamento das atividades no dia a dia.

RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS OCUPACIONAIS: Inicia-se com visitas técnicas à


empresa como todo, posteriormente aos setores operacionais ou de produção, para identificação das fontes
geradoras, meios de propagação, número de trabalhadores expostos, descrição das atividades e do tipo de
exposição, comprometimento da saúde, decorrente do trabalho e dados disponíveis na literatura técnica específica,
além das medidas de controle existentes. No caso da empresa Amorim & Pinheiro LTDA, foi feito levantamento

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
8 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

ambiental em todos os setores e processos de trabalho visando o reconhecimento e posterior avaliação como será
tratado no item Perfil por Função.

AVALIAÇÃO QUALITATIVA: Consiste no pré-diagnóstico da realidade ambiental da empresa, através da


qualificação dos riscos ambientais encontrados através do Reconhecimento e Identificação de Riscos
Ocupacionais. Quanto à avaliação qualitativa está mencionada no item Perfil por Função deste programa.

AVALIAÇÃO QUANTITATIVA: Consiste na quantificação dos riscos ambientais qualificados anteriormente,


através do uso de aparelhos de medição e metodologia adequadas a cada situação identificada e com correta
interpretação de resultados.

Nota: “NR 09, item 9.1.2.1 – Quando não forem identificados riscos ambientais nas fases de antecipação ou
reconhecimento, descritas no item 9.3.2 e 9.3.3, o PPRA poderá resumir-se às etapas previstas nas alíneas “a”
(antecipação e reconhecimento dos riscos) e “f” (registro e divulgação dos dados) do subitem 9.3.1.

11. AVALIAÇÕES DOS RISCOS POR FUNÇÃO

Estas avaliações serão realizadas para comprovar o controle da exposição ou a existência dos riscos identificados
na etapa de reconhecimento ou para dimensionar a exposição dos colaboradores podendo ser qualitativa ou
quantitativa.

12. CONTROLE DOS RISCOS

O controle será feito obedecendo as seguintes etapas:

 Analise dos dados contidos no PCMSO (Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional);
 Implantação de medidas de proteção coletiva;
 Utilização de EPI (Equipamento de Proteção Individual);
 Treinamento e reciclagem em cursos e palestras.

13. MONITORAMENTO

Para o monitoramento da exposição, deve ser realizada uma avaliação sistemática e repetitiva da exposição a um
determinado risco, objetivando a introdução ou notificação das medidas de controle, cuja periodicidade dependerá
dos seguintes fatores: potencial de gravidade do risco, frequência e duração com o que o risco se manifesta n° de
colaboradores expostos e frequência da exposição.
Envolve o monitoramento dos riscos ambientais para a determinação da intensidade dos agentes físicos a
concentração dos agentes químicos, visando o dimensionamento da exposição dos trabalhadores.

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
9 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

A avaliação quantitativa deverá ser realizada sempre que necessária para comprovar o controle da
exposição ou a inexistência dos riscos identificados na etapa de reconhecimento, dimensionar a exposição dos
trabalhadores e subsidiar o equacionamento das medidas de controle.

A avaliação deverá considerar as seguintes atividades:

A - Definir e planejar a estratégia de quantificação dos riscos, baseando-se nos dados e informações coletados na
etapa anterior;

B - Quantificar a concentração ou intensidade através de equipamentos e instrumentos compatíveis aos riscos


identificados e utilizando-se de técnicas indicadas a seguir;

C - Verificar se os valores encontrados estão em conformidade com os Limites de Tolerância estabelecidos e o


tempo de exposição dos trabalhadores;

D - Verificar se as medidas de controle implantadas são eficientes.

Nesta fase de avaliação, é primordial caracterizar, através de metodologias técnicas, à exposição de


trabalhadores a agentes de risco, considerando-se os Limites de Tolerância e o tempo de exposição. Deverá ser
transcrita a conclusão quanto à caracterização de danos à saúde do trabalhador.

14. REGISTRO E DIVULGAÇÃO DOS DADOS

Deverá ser mantida pela empresa Amorim & Pinheiro LTDA, por um período de 20 anos, um registro de dados
estruturado de forma a construir um acervo técnico e administrativo do desenvolvimento do PPRA, estando este
sempre disponível aos colaboradores, seus representantes legais e autoridades competentes. Deverá ainda o
presente trabalho ser apresentado e discutido com o representante da CIPA (Comissão Interna de Prevenção De
Acidentes), o qual fará o seu registro em livro de atas.

15. PERIODICIDADE E AVALIAÇÃO DO PPRA

Anualmente deverá ser avaliado com o objetivo de verificar se forem cumpridas todas as metas descritas no plano
de ação, e se as medidas de controle adotadas eliminaram, neutralizaram ou reduziram os riscos e/ou houve o
surgimento de novos riscos nos diversos ambientes de trabalho.

16. COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO – CIPA

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho tem como objetivo o envolvimento e o


comprometimento dos próprios colabores na prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a
tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador
No caso da empresa Amorim & Pinheiro LTDA, não será necessária à constituição da CIPA na empresa, de
acordo com a NR-05.

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
10 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

Quadro de Dimensionamento da CIPA


Número de Colaboradores: 03
Grau de Risco: 02
Representantes do Empregador Representante dos Empregados
Titulares Suplentes Titulares Suplentes
00 00 00 00
O presente estabelecimento fica desobrigado de montar a CIPA, devido a especificação da NR-05 quadro I
com o enquadramento no grupo C-2. Quando o estabelecimento não se enquadrar no Quadro I, a empresa
designará um responsável pelo cumprimento dos objetivos desta NR, podendo ser adotados
mecanismos de participação dos empregados, através de negociação coletiva.

17. RISCOS AMBIENTAIS

Riscos ocupacionais são aqueles aos quais os colaboradores estão expostos durante sua rotina de trabalho. Para
que uma empresa tenha um ambiente de trabalho seguro é preciso que haja uma gestão de segurança interna
voltada para a análise de riscos relacionados às atividades que são executadas em cada local.
Qualquer situação que apresente risco de danos à saúde do trabalhador é caracterizada como um risco ocupacional.
Isso inclui desde acidentes com risco de morte e afastamento, até problemas ergonômicos, que passam
desapercebidos em muitas empresas e para a maior parte dos colaboradores.
Para efeito da NR 09 consideram-se riscos ambientais os agentes físicos, químicos e biológicos existentes nos
ambientes de trabalho que, em função de sua natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição, são
capazes de causar danos à saúde do trabalhador.
Consideram agentes físicos, são agentes de risco físico: ruído, calor, frio, pressão, umidade, radiações ionizantes e
não-ionizantes, vibração e quaisquer outras formas de energia a que possam estar expostos os trabalhadores. Para
cada tipo de risco é indicada uma limitação permitida. No caso de ruídos, o máximo de decibéis por exemplo. Os
limites para a exposição a esses fatores estão descritos, em sua maioria, na NR 15.

Consideram-se agentes químicos as substâncias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo
pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos, névoas, neblinas, gases ou vapores, ou que, pela natureza
da atividade de exposição, possam ter contato ou ser absorvidos pelo organismo através da pele ou por ingestão. É
o nível de toxicidade do agente químico que determina o período máximo que o colaborador pode ter exposição.

Consideram-se agentes biológicos, bactérias, fungos, bacilos, parasitas, protozoários, vírus, entre outros.

Riscos ergonômicos, podem ser expressados através de Postura inadequada de trabalho, levantamento e transporte
de peso, jornadas prolongadas de turno e quaisquer outras situações que exijam esforço físico demasiado ou que
haja estresse físico. A avaliação desses riscos é feita por meio de um laudo ergonômico.

Riscos de acidentes/mecânicos, são situações perigosas que colocam o trabalhador em risco de acidente:
iluminação ruim, operar máquinas e equipamentos sem proteção, estruturas de trabalho inadequadas (ferramentas

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
11 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

desajustadas, armazenamento de materiais de forma incorreta) e situações como trabalho em altura, risco iminente
de choque elétrico, incêndio, atmosferas explosivas e manuseio de máquinas pesadas.

18. MAPA DE RISCO

O Mapa de Riscos é a representação gráfica dos riscos de acidentes nos diversos locais de trabalho, inerentes ou
não ao processo produtivo, devendo ser afixado em locais acessíveis e de fácil visualização no ambiente de
trabalho, com a finalidade de informar e orientar todos os que ali atuam e outros que, eventualmente, transitem
pelo local. No Mapa de Riscos, os círculos de cores e tamanhos diferentes mostram os locais e os fatores que
podem gerar situações de perigo em função da presença de agentes físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e de
acidentes.
De acordo com a Portaria nº 25, o Mapa de Riscos deve ser elaborado pela CIPA, com a participação dos
trabalhadores envolvidos no processo produtivo e com a orientação do Serviço Especializado em Engenharia de
Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) do estabelecimento, quando houver. É considerada indispensável à
colaboração das pessoas expostas ao risco.
O mapeamento possibilita o desenvolvimento de uma atitude mais cautelosa por parte dos trabalhadores diante dos
perigos identificados e graficamente sinalizados. Desse modo, contribui com a eliminação e/ou controle dos riscos
detectados.

Considerado uma das primeiras medidas não paternalistas nesta área, o Mapa de Risco é um modelo participativo
dotado de soluções práticas que visam eliminação e/ou controle de riscos e a melhoria do ambiente e das
condições de trabalho. A adoção desta medida favorece trabalhadores (com a proteção da vida, da saúde e da
capacidade profissional) e empregadores (com a redução do absenteísmo, aumento da produtividade). Ganha
também o País, com a redução de gastos do sistema previdenciário em virtude da aposentadoria precoce por
invalidez, por exemplo.
A elaboração de Mapas de Riscos está mencionada na alínea “a”, do item 5.16 da NR 05, com redação dada pela
Portaria nº 25 de 29/12/1994: “identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o MAPA DE RISCOS, com
a participação do maior número de servidores, com assessoria do SESMT, onde houver.

Classificação dos riscos por cor:

No Mapa de Riscos Ocupacionais, cada tipo de risco está relacionado à uma cor. Trata-se da representação gráfica
dos riscos à saúde e segurança do trabalhador em cada ambiente de trabalho. O objetivo é compartilhar a
informação com toda a equipe a fim de que sejam estabelecidas políticas de prevenção de acidentes e riscos
ocupacionais. Entenda:

Riscos Físicos - Verde


Riscos Químicos - Vermelho
Riscos Biológicos - Marrom
Riscos Ergonômicos - Amarelo

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
12 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

Risco De Acidentes – Acidente

19. IDENTIFICAÇÃO DE GHE’s – GRUPOS HOMOGÊNEOS DE EXPOSIÇÃO

Corresponde a um grupo de trabalhadores que experimentam exposição semelhante, de forma que o resultado
fornecido pela avaliação da exposição de qualquer trabalhador do grupo seja representativo da exposição do
restante dos trabalhadores do mesmo grupo.
Um Grupo Homogêneo de Exposição (GHE) é o alicerce para avaliação de exposições dos trabalhadores a agentes
ambientais agressivos nos locais de trabalho. Na sua forma concepcional mais pura um GHE corresponde a um
grupo de trabalhadores sujeito a condições em que ocorram idênticas probabilidades de exposição a um
determinado agente.
A determinação dos Grupos Homogêneos de Exposição (GHE) ocorre durante a fase de estudo e levantamento de
dados, quando se processam as etapas de reconhecimento e estabelecimento de metas e prioridades de avaliação.

20. ORGANIZAÇÃO

O PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais tem a seguinte estrutura:

Documento-base, que é o elemento gerenciador do programa e contém os seguintes aspectos estruturais:

 Primeiro planejamento anual com estabelecimento de metas, prioridades e cronograma;


 Estratégia e metodologia de ação;
 Forma de registro, manutenção e divulgação dos dados;
 Periodicidade e forma de avaliação do desenvolvimento do programa;
 Responsabilidades;
 Articulação com outros programas.

Desenvolvimento, fase onde ocorre a implantação do programa e inclui as seguintes etapas:

 Antecipação e reconhecimentos dos riscos;


 Estabelecimento de prioridades e metas de avaliação e controle;
 Avaliação dos riscos e da exposição dos trabalhadores;
 Implantação de medidas de controle e avaliação de sua eficácia;
 Monitoramento da exposição aos riscos;
 Registro e divulgação dos dados.

Á medida em que forem executadas as etapas do desenvolvimento serão gerados relatórios que serão anexados ao
documento-base, formando um conjunto, que é dinâmico, e que é denominado de PPRA – Programa de Prevenção
de Riscos Ambientais.

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
13 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

21. RESPONSABILIDADES

21.1 EMPREGADOR

Instituir, elaborar, implementar e assegurar o cumprimento do PPRA – Programa de Prevenção de Riscos


Ambientais, através do envolvimento do mesmo no sistema corporativo da empresa e provocando grupos de
melhorias com a participação de seus colaboradores.

21.2 EMPREGADOS

 Participar na elaboração e implementação e cumprimento do PPRA, através de informações de situações


de riscos do seu dia a dia de trabalho;
 Participar e seguir as orientações recebidas nos treinamentos oferecidos dentro do PPRA e provocar
melhorias na empresa;
 Comprometer-se com a Saúde, Segurança e Qualidade na empresa.

22. INTERNA

Todas as informações dos riscos ambientais serão discutidas com a CIPA, com a finalidade de otimizar o conjunto
de exames e acompanhamentos necessários para a adequada avaliação de saúdo dos trabalhadores. Paralelamente,
os principais desvios encontrados na avaliação anteriormente citada, fornecerão indicações de prováveis áreas e
riscos, por isso o coordenador do PPRA deverá ser informado, preservado os preceitos de ética médica.

23. EXTERNA

O PPRA estará disponível para as autoridades competentes, trabalhadores interessados ou seus representantes.

24. RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS OCUPACIONAIS

O reconhecimento e a identificação dos riscos ocupacionais são realizados através de GHE. O Grupo Homogêneo
de Exposição ou Grupos Homogêneos de Exposição (se mais de um) são obtidos na elaboração do PPRA na etapa
de caracterização básica da unidade. Serve para facilitar o mapeamento dos riscos da empresa. O GHE é utilizado
para mapear os riscos dos ambientes físicos de empresa onde os trabalhadores exercem atividades em ambientes
de risco semelhante.

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
14 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

A seguir apresentaremos as planilhas de identificação dos riscos inerentes das atividades laborais de cada
setor na seguinte ordem:

GHE SETOR CARGO PÁG.

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG - Patos de Minas/MG.
E-mail: isobras9001@gmail.com
15 de 281
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

GHE 01 RECONHECIMENTO E IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS OCUPACIONAIS


Setor: Limpeza GHE: Limpeza
Cargo: Serviços Gerais CBO: 5134-25
Nº. De empregados: 01 Duração da Jornada de Trabalho:
Masculino: 00
Feminino: 01
Descrição das atividades: Realizar a limpeza da empresa com exceção do setor de (Tanatopraxia) e quando necessário realizar o preparo de café.
Agente Fator de Risco Código E- Fonte Geradora Trajetória Tipo de Intens./Conc. Risco Limite de Padrões Legais Medidas de controle
Social Exposição Tolerância individual existente
Físico Umidade 08.01.001 Exposição gerada Contato Habitual Não se aplica Moderado Não se aplica Portaria 3.214 de Bota de PVC CA
durante as Físico 08/06/1978, NR – 27.223, Avental
atividades de 15, Anexo nº 10 impermeável CA Não
limpeza. informado, Luva
Nitrílica CA 19.520,
Touca descartável N°
12.427 e Viseira
Facial CA 29.738.
Químico Ausência de fator 09.01.001 - - - - - - - -
de risco

16 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

Agente Fator de Risco Código E- Fonte Geradora Trajetória Tipo de Intens./Conc. Risco Limite de Padrões Legais Medidas de controle
Social Exposição Tolerância individual existente
Biológico Agentes 03.01.001 Exposição gerada Contato Habitual Não se aplica Moderado Não se aplica Portaria 3.214 de Bota de PVC CA
biológicos e durante as Físico 08/06/1978, NR – 27.223, Avental
infectocontagios atividades de 15, Anexo nº 14 impermeável CA Não
os (bactérias, limpeza. informado, Luva
vírus, protozoários, Nitrílica CA 19.520,
fungos, príons, Touca descartável N°
parasitas e outros) 12.427 e Viseira
Facial CA 29.738.
Ergonômic Ausência de fator 09.01.001 - - - - - - - -
o de risco
Acidente/ Pisos, passagens, 09.01.001 Exposição gerada Contato Habitual Não se aplica Moderado Não se aplica Não se aplica Bota de PVC CA
Mecânico passarelas, durante as Físico 27.223.
plataformas, atividades de
rampas e limpeza.
corredores com
saliências,
descontinuidades
, aberturas ou
obstruções, ou
escorregadios
Medidas de Controle Individual Indicadas:
 Utilizar bota de PVC, luva nitrílica, óculos de proteção e/ou viseira facial, máscara VO/GA e avental impermeável durante as atividades de limpeza;
 Utilizar máscara contra agentes biológicos, (N 95) durante a realização de atividades de limpeza e demais atividades com exposição ao agente.
Medidas Administrativas/Coletivas Indicadas:
 Realizar exames em conformidade com o PCMSO vigente;

17 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

 Treinamento referente a Riscos Ambientais;


 Treinamento referente ao Uso, Conservação e Higienização de EPI’s;
 Treinamento referente a Combate a Princípio de Incêndio;
 Treinamento referente a Noções de Ergonomia;
 Treinamento referente à Primeiros Socorros;
 Treinamento referente ao novo coronavírus (COVID-19);
 Kit de Primeiros;
 Sinalização;
 Proteção Contra Incêndios.
Orientações para evitar ou mitigar o contágio do novo Coronavírus (COVID):
 Lave frequentemente as mãos. Utilize água e sabão, ou uma solução à base de álcool;
 Mantenha uma distância segura de qualquer pessoa que estiver a espirrar ou tossir;
 Não toque nos olhos, no nariz ou na boca;
 Cubra o nariz e a boca com o cotovelo fletido ou um lenço quando tossir ou espirrar;
 Se se sentir doente, fique em casa;
 Se tiver febre, tosse e dificuldade respiratória, procure assistência médica. Ligue antes de sair;
 Siga as indicações da sua autoridade de saúde local.
Sugestões:
 Conheça os recursos de ajuste da sua cadeira de trabalho;
 Ajuste a cadeira de forma a lhe proporcionar bom apoio e proteger a coluna;
 Seus cotovelos devem ficar à altura do tampo da mesa;
 Seu troco e suas coxas devem formar o ângulo de aproximadamente 100 a 110 graus;
 Quando estiver escrevendo, sente-se mais para a extremidade anterior da cadeira;
 Sente-se alinhado com o eixo da cadeira, evitando sentar-se torto;
 Seus pés devem estar inteiramente apoiados;
18 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

 Ajuste a distância entre seus olhos e o monitor do seu computador;


 A altura da linha superior do monitor de vídeo deve ficar no máximo na altura dos seus olhos, nunca acima;
 Coloque o monitor do seu computador de lado para as janelas. Caso seja necessário ficar de frente ou de costas, feche as persianas ou cortinas;
 Posicione o mouse junto ao teclado;
 Procure utilizar um suporte de documentos e posicione-o a sua frente com os papéis a serem lidos, para que você não force o pescoço para os lados;
 No trabalho de interação com o computador, jamais use o teclado longe do corpo ou torcido. Puxe-o para junto de você e, dessa forma, evite a tendinite;
 Cumpra rigorosamente uma pausa a cada hora trabalhada, fazendo movimentos contrários aos que você faz no trabalho e alongamentos. Isso ajuda a evitar o stress;
 Evite colocar objetos pesados ou documentos em gavetas que estejam próximas ao piso;
 Coloque objetos de uso constante, como telefone ou agenda, o mais próximo possível do seu corpo;
 Evite torções de troco ao atender chamadas telefônicas ou outras atividades;
 Procure trabalhar com sapatos de até, no máximo, 2 cm de salto;
 Dedique alguns minutos, pelo menos 3 vezes por semana, para praticar exercícios físicos, de preferência sob orientação profissional.

19 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

20 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PPRA - PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS
AMBIENTAIS NR 09

PLANILHA DE COLABORADORES
N
º Nome completo C.P.F. Data Nasc. Data Admis. Função Setor
1 PAULO EUSTAQUIO DOS SANTOS AGENTE FUNERÁRIO
2 GILBERTO APARECIDO DE FREITAS AGENTE FUNERARIO
3 MARIA ABADIA DA SILVA TOLENTINO SERVIÇOS GERAIS

21 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
25. MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DOS AMBIENTES LABORAIS PARA EVITAR OU MITIGAR O
CONTAGIO DO NOVO CORONAVÍRUS (COVID 19).

DETERMINA que deverá o empregador:

 CRIAR e DIVULGAR protocolos para identificação e encaminhamento de trabalhadores com suspeita


de contaminação pelo novo coronavírus antes de ingressar no ambiente de trabalho. O protocolo deve incluir o
acompanhamento da sintomatologia dos trabalhadores no acesso e durante as atividades nas dependências das
empresas. 
 EVITAR que as refeições consumidas pelos trabalhadores do estabelecimento sejam fornecidas por
meio de autosserviço; quando o autosserviço não puder ser evitado, devem ser implementadas medidas de
controle, tais como:
a) higienização das mãos antes e depois de se servir;
b) higienização ou troca frequentes de utensílios de cozinha de uso compartilhado, como conchas, pegadores e
colheres;
c) instalação de protetor salivar sobre as estruturas de autosserviço; e
d) utilização de máscaras e orientações para evitar conversas durante o serviço. 
 LIMPAR e DESINFETAR as superfícies das mesas após cada utilização. 
 PROMOVER maior espaçamento entre as pessoas na fila, orientando para que sejam evitadas
conversas. 
 ESPAÇAR as cadeiras para aumentar as distâncias interpessoais. 
 EVITAR a aglomeração de trabalhadores na entrada, na saída e durante a utilização do vestiário. 
 ADOTAR procedimento de monitoramento do fluxo de ingresso nos vestiários e orientar os
trabalhadores para manter a distância de um metro entre si durante a sua utilização. 
 ORIENTAR os trabalhadores sobre a ordem de desparamentação de vestimentas e equipamentos, de
modo que o último equipamento de proteção a ser retirado seja a máscara. 
 DISPONIBILIZAR pia com água e sabonete líquido e toalha descartável ou dispensadores de
sanitizante adequado para as mãos, como álcool a 70%, na entrada e na saída dos vestiários. 
 ADOTAR procedimentos contínuos de higienização das mãos, com utilização de água e sabão em
intervalos regulares. Caso não seja possível a lavagem das mãos, utilizar imediatamente sanitizante adequado
para as mãos, como álcool 70%. 
 DISPONIBILIZAR sanitizantes (álcool 70%) em nos postos fixos de trabalho, garantindo o
reabastecimento frequente dos dispositivos de armazenamento. 
 FORNECER e obrigar o uso de máscara cirúrgica ou de tecido máscaras, conforme orientações do
Ministério da Saúde e Decretos Municipais e observando o disposto no item 7 e seus subitens do Anexo I da
Portaria Conjunta Nº 20, de 18 de Junho de 2020, promovendo sua substituição sempre que necessário. Ressalte-
se que o uso de máscara de maneira incorreta pode prejudicar sua eficácia na redução de risco de transmissão.  
 INSTRUIR os trabalhadores quanto ao uso de máscaras, dedicando especial cuidado aos trabalhadores
de atendimento de saúde do SESMT (enfermeiros, auxiliares e médicos), que devem receber e usar os EPI
definidos para os riscos. 
22 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
 PROIBIR o uso compartilhado de armários instalados para guarda de pertences pessoais, orientando os
empregados a somente levarem o essencial para o ambiente de trabalho. Sendo essencial o uso do armário para
determinadas funções, como as que exigem troca de roupa no ambiente de trabalho, garantir armários fixos para
os empregados ou outra solução que garanta a higiene e a privacidade do trabalhador. 
 PROMOVER a limpeza e desinfecção dos locais de trabalho e áreas comuns no intervalo entre turnos
ou sempre que houver a designação de um trabalhador para ocupar o posto de trabalho de outro, e instalar
mecanismo de controle pelo empregado sobre a higiene promovida antes de sua instalação no posto de trabalho,
como lista de responsável pela higienização com hora e data de sua realização, ouvidas sugestões dos
trabalhadores, para garantir maior eficácia dessa ação. 
 PROMOVER higienização no menor intervalo de tempo possível de banheiros e áreas de uso coletivo. 
 PRIVILEGIAR a ventilação natural nos locais de trabalho. No caso de existência de aparelho de ar
condicionado, evite recirculação de ar e verifique a adequação de suas manutenções preventivas e corretivas. 
 AVALIAR o afastamento dos ambientes de trabalho, por medida de segurança, dos trabalhadores
portadores de doenças crônicas (ou cujos familiares, que habitam na mesma residência, tenham doenças
crônicas), os idosos (acima de 60 anos), e as gestantes. O Ministério da Saúde recomendou que idosos, doentes
crônicos, gestantes de risco e nutrizes restrinjam o contato social, e isso inclui o contato nos ambientes de
trabalho, principalmente considerando que o referido órgão já declarou o reconhecimento da transmissão
comunitária do coronavírus em todo o território nacional. Nas situações em que a atividade não poderá ser
suspensa ou adequada remotamente, adotar sempre que possível, medidas de segurança adicionais para os grupos
de risco. 
 ELABORAR adendo ao PCMSO visando, entre outros, realizar o levantamento dos trabalhadores que
se incluem no grupo de risco, de modo a facilitar seu afastamento da exposição ao risco, sem que haja a
exigência de apresentação de relatórios médicos, atestados, etc. É de se esperar que o médico responsável pelo
gerenciamento da saúde dos trabalhadores já possua tais informações. Ressalte-se que além de o sistema de
saúde do país estar focado nas ações de combate à COVID-19, com orientações emitidas pelo Ministério da
Saúde no sentido da importância do uso racional do mesmo, haveria ainda o risco de exposição do trabalhador a
pacientes portadores do coronavírus, quando de sua ida a um serviço de saúde.  
 ESTABELECER meios para dispensar imediatamente das atividades trabalhador com suspeita de
contaminação ou contatantes de casos confirmados da COVID-19, como medida necessária e preventiva, a fim
de se evitar o contágio a outros empregados. Destaque-se que a presença de sintomas gripais já é determinante
para afastamento do trabalhador, que deve realizar isolamento domiciliar, conforme previsto no Protocolo de
Manejo Clínico do Coronavírus, Versão 9, do Ministério da Saúde. Ressalte-se que não se deve exigir, neste
momento de pandemia, atestado médico, em razão de determinação do Ministério da Saúde para evitar
sobrecarga nos serviços de saúde. 
 MONITORAR a temperatura dos trabalhadores (termômetro de testa - pirômetro) que permanecerão
realizando as atividades após a tomada das medidas sanitárias determinadas, no início da jornada de trabalho,
com auxílio do SESMT da empresa, se existente. 
 ORIENTAR todos trabalhadores sobre prevenção de contágio pelo coronavírus (COVID-19) e a forma
correta de higienização das mãos e demais medidas de prevenção. 

23 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
 INSTITUIR mecanismos e procedimentos para que os trabalhadores possam reportar aos empregadores
se estiverem doentes ou apresentando sintomas. 
 ORIENTAR os trabalhadores a evitar tocar olhos, nariz e boca sem higienização adequada das mãos. 
 ORIENTAR os trabalhadores a cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar, com cotovelo flexionado ou
utilizando-se de um lenço descartável. 
 GARANTIR que os trabalhadores de empresas terceirizadas e/ou prestadoras de serviços que realizem
atividades no ambiente de trabalho sejam contemplados pelas medidas de saúde e segurança destinadas aos
empregados celetistas do estabelecimento, conforme previsão expressa do item 2, do Anexo II da NR-24. 
 PRIORIZAR as reuniões da CIPA por meio de videoconferência, observando as práticas de boa
higiene e conduta. 
 INSTITUIR e DIVULGAR por meio do SESMT e CIPA, quando existentes, um plano de ação com
políticas e procedimentos de orientação aos trabalhadores. 
 O cumprimento dos itens, constantes dessa notificação, não desobriga, conforme o caso, o cumprimento
de medidas mais restritivas e outras disposições constantes em regulamentos sanitários do Estado ou Município,
acerca da prevenção de exposição ao risco biológico relativo à COVID-19. 

26. LITERATURA TÉCNICA DOS POSSÍVEIS DANOS A SAÚDE RELACIONADOS NO QUADRO


DE PERFIL PROFISSIOGRÁFICO DE FUNÇÕES.
24 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
Agente Fator de Risco Possíveis Danos à Saúde
Físico Radiação ultravioleta, exceto radiação n a faixa 400 a 320 nm Queimaduras de pele.
(Luz Negra).
Ruído continuo ou intermitente (legislação previdenciária) Perda auditiva.
Vibração de corpo inteiro (aceleração resultante de exposição Perda de equilíbrio, labirintite, lentidão
normalizada – aren) de reflexos, visão turva, alteração no
sistema cardíaco.
Vibrações localizadas (Mãos e Braços) Perda de equilíbrio, labirintite, lentidão
de reflexos, visão turva, alteração no
sistema cardíaco.
Químico Particulados (insolúveis ou de baixa solubilidade) não Infecções pulmonares
especificados de outra maneira (PNOS) - respiráveis
Ferro, óxido (Fe2O3)
Manganês e seus compostos, fumos
Outros - Quartzo
Outros - Oxido de Titânio
Cimento Portland
Ácido Clorídrico
Ácido Sulfúrico
Ácido Fluorídrico
Álcool isobutílico
Silício
Fósforo e seus compostos tóxicos Irritações nas vias respiratórias e
Cobre doenças pulmonares.
Níquel e seus compostos tóxicos (inclui níquel carbonila e
níquel tetracarbonila
Cromo e seus compostos tóxicos (inclui metal e compostos de
Cr III, compostos de Cr VI solúveis em agua e compostos de
Cr VI insolúveis)
Tolueno (toluol)
Xileno (xilol)
Álcool etílico (etanol)
Fluoreto de Hidrogênio

25 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
Químico Hidrocarbonetos aromáticos
Dióxido de Titânio
Outros - Nafta Alifático
Negro do fumo
Etilbenzeno
Molibdênio –compostos solúveis Irritações nas vias respiratórias e
2-Butóxi etanol (EGBE) doenças pulmonares.
Éter monobutílico de dietileno glicol
Octoato de chumbo
Octoato de cobalto
Bário e compostos solúveis, como Ba
Alumínio metal e compostos insolúveis
Biológico Agentes biológicos infecciosos e infectocontagiosos Infecções
(bactérias, vírus, protozoários, fungos, príons, parasitas e
outras)
Ergonômico Trabalho em posturas incomodas ou pouco confortáveis por Danos a coluna cervical
longos períodos
Acidente/ Condução de veículos de qualquer natureza em vias públicas. Múltiplas Lesões/Morte
Outros – Colisão e Tombamento Múltiplas Lesões/Morte
Mecânico
Diferença de nível maior que dois metros Múltiplas Lesões/Morte
Condições ou procedimentos que possam provocar contato Múltiplas Lesões/Morte
com eletricidade
Quedas de Objetos Múltiplas Lesões/Morte
Intempéries Resfriados
Animais peçonhentos Múltiplas Lesões/Morte
Mobiliário e/ou superfícies com quinas vivas, rebarbas ou Múltiplas Lesões
elementos de fixação expostos
Superfícies e/ou materiais aquecidos expostos Queimaduras
Objetos cortantes e/ou perfurocortantes Múltiplas Lesões
Movimentação de materiais Múltiplas Lesões/Morte
Outros - Atropelamento Múltiplas Lesões/Morte
Outros – Projeção de Partículas Queimaduras, perfurações e
contaminação ocular
Outros – Acidente com veículo como passageiro Múltiplas Lesões/Morte

27. CRONOGRAMA DE AÇÕES

Apresentamos as sugestões de melhorias para implantação do cronograma deste PPRA a ser implementado pela
diretoria da empresa Amorim&Pinheiro LTDA, no transcorrer de 12 meses, validade deste programa. Foram
efetuadas as recomendações técnicas para o melhoramento das condições ambientais e de conforto dos
trabalhadores na empresa.

26 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
27 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PLANO DE AÇÃO VIGÊNCIA
2021/2022
PERÍODO – 2021/2022 Realizado
CRONOGRAMA Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

Reavaliar PPRA – Programa de prevenção de riscos ambientais Dezembro de 2021 –


(NR-9). Levantamento
NR - 32.2.2.2 O PPRA deve ser reavaliado 01 (uma) vez ao ano ambiental para
e: X elaboração PGR/GRO.
a) sempre que se produza uma mudança nas condições de
trabalho, que possa alterar a exposição aos agentes biológicos.
b) quando a análise dos acidentes e incidentes assim o
determinar.
Dezembro de 2021 –
Reavaliar PCMSO - Programa de Controle Médico de Saúde
Levantamento
Ocupacional (NR-7). X
ambiental para
Realizar a execução dos ASO’s e os exames complementares
elaboração PGR/GRO.
que se fizerem necessários conforme PCMSO.
Elaborar LTCAT - Técnico das Condições do Ambiente de Programado Junho de
X
Trabalho, Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991. 2021.
Realização de reuniões mensais da CIPA (NR-5). X X X X X X X X X X X X Reunião mensal em ata.

28 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PLANO DE AÇÃO VIGÊNCIA
2021/2022

PERÍODO - 2021 Realizado


CRONOGRAMA Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

Todos os extintores de incêndio deveram permanecer X X X X X X X X X X X X Mensal


desobstruídos e sempre dentro do prazo de validade (NR-23).
Decreto 4.815 20 abril 2020, dispõe sobre obrigatoriedade do Mensal
X X X X X X X X X X X X
uso de máscaras de proteção e outros recursos necessários a
prevenção do Coronavírus (Covid 19).
Elaborar laudos de insalubridade e de periculosidade - Artigo Programado Junho de
X
195 da CLT-Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943. 2021
Realização de todos os treinamentos exigidos nas planilhas de Programado Setembro
X
reconhecimento de riscos do PPRA. de 2021
Seguir orientações e exigências da NR 12 (Em anexo). X X X X X X X X X X X X Programado para todo
Seguir orientações e exigências da NR 18 (Em anexo). X X X X X X X X X X X X
mês realizar uma
Seguir orientações e exigências da NR 35 (Em anexo).
X X X X X X X X X X X X
adequação.

CRONOGRAMA PERÍODO - 2021 Realizado


Situação

29 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

Localização e Sinalização dos Extintores. Mensal


Os extintores deverão ser colocados em locais: (123.055-7 / I1
(Ficha de Inspeção)
a) de fácil visualização;
b) de fácil acesso;
c) onde haja menos probabilidade de o fogo bloquear o seu
acesso.
X X X X X X X X X X X X
Os locais destinados aos extintores devem ser assinalados por
um círculo vermelho ou por uma seta larga, vermelha, com
bordas amarelas. (123.056-5 / I1)
Deverá ser pintada de vermelho uma larga área do piso embaixo
do extintor, a qual não poderá ser obstruída por forma nenhuma.
Essa área deverá ser no mínimo de 1,00m x 1,00m (um metro x
um metro). (123.057-3 / I1).
Elaborar análise ergonômica – NR n° 17 Portaria MTE n.º 876, Programado para
X
de 24 de outubro de 2018. Setembro de 2021.

Realizar avaliações quantitativas dos agentes (Ruído, Vibração Programado em 4


e Poeira Metálica) conforme exigência da NR-15 e ACGIH. X X X X etapas (mês) devido a
quantidade.

CRONOGRAMA PERÍODO - 2021 Realizado

30 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

Segundo a Norma Regulamentadora n° 6 do M T E, Entrega de EPI’s diário


“considera-se Equipamento de Proteção Individual - EPI, (Ficha de Controle)
todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo
trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de
ameaçar a segurança e a saúde no trabalho”, estando a
empresa obrigada a fornecê-los gratuitamente à todos os seus
trabalhadores, sejam eles empregados, avulsos, prestadores de
serviços autônomos ou terceirizados, sempre que as medidas X X X X X X X X X X X X
de ordem geral (equipamentos de proteção coletiva) não
ofereçam completa proteção contra riscos de acidente de
trabalho ou doenças profissionais e do trabalho.
Os equipamentos de proteção devem conter a indicação do
Certificação de Aprovação – CA, emitido pelo Ministério do
Trabalho, afim de garantir a qualidade e funcionamento do
produto bem como estabelecer prazo de validade de
comercialização do equipamento.

31 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PERÍODO Realizado
CRONOGRAMA Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

12.1.9.1 A adoção de sistemas de segurança nas zonas de perigo Reforço de placas de


deve considerar as características técnicas da máquina e do
segurança em acrílico
processo de trabalho e as medidas e alternativas técnicas
existentes, de modo a atingir o nível necessário de segurança X em todas as máquinas e
previsto na NR-12.
equipamentos realizado
em 24/03/2021.

12.3.4 Os condutores de alimentação elétrica das máquinas e Conferência mensal


equipamentos devem atender aos seguintes requisitos mínimos
de segurança: (Livro de manutenção –
a) oferecer resistência mecânica compatível com a sua
utilização; Manutenções
b) possuir proteção contra a possibilidade de rompimento preventivas e
mecânico, de contatos abrasivos e de contato com lubrificantes,
X X X X X X X X X X X X corretivas).
combustíveis e calor;
c) localização de forma que nenhum segmento fique em contato
com as partes móveis ou cantos vivos;
d) não dificultar o trânsito de pessoas e materiais ou a operação
das máquinas;
e) não oferecer quaisquer outros tipos de riscos na sua
localização;
f) ser constituídos de materiais que não propaguem o fogo.

32 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PERÍODO - 2021 Realizado
CRONOGRAMA Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

12.3.5 Os quadros ou painéis de comando e potência das máquinas Conferência mensal


e equipamentos devem atender aos seguintes requisitos mínimos
de segurança: (Livro de manutenção
a) possuir porta de acesso mantida permanentemente fechada,
exceto nas situações de manutenção, pesquisa de defeitos e outras – Manutenções
intervenções, devendo ser observadas as condições previstas nas preventivas e
normas técnicas oficiais ou nas normas internacionais aplicáveis;
X X X X X X X X X X X X corretivas).
b) possuir sinalização quanto ao perigo de choque elétrico e
restrição de acesso por pessoas não autorizadas;
c) ser mantidos em bom estado de conservação, limpos e livres de
objetos e ferramentas;
d) possuir proteção e identificação dos circuitos; e Este texto não
substitui o publicado no DOU;
e) observar ao grau de proteção adequado em função do ambiente
de uso.
12.4.9 As máquinas e equipamentos, cujo acionamento por Conferência mensal
pessoas não autorizadas possam oferecer risco à saúde ou
integridade física de qualquer pessoa, devem possuir sistema que (Livro de manutenção
possibilite o bloqueio de seus dispositivos de acionamento. X X X X X X X X X X X X – Manutenções
preventivas e
corretivas).

12.6.1 As máquinas devem ser equipadas com um ou mais Conferência mensal


dispositivos de parada de emergência, por meio dos quais possam
ser evitadas situações de perigo latentes e existentes (Livro de manutenção
X X X X X X X X X X X X – Manutenções
preventivas e
corretivas).

CRONOGRAMA PERÍODO - 2021 Realizado

33 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

12.5.1 As zonas de perigo das máquinas e equipamentos devem Conferência mensal


possuir sistemas de segurança, caracterizados por proteções fixas,
proteções móveis e dispositivos de segurança interligados, que (Livro de manutenção
resguardem proteção à saúde e à integridade física dos
trabalhadores. – Manutenções
12.5.2 Os sistemas de segurança devem ser selecionados e preventivas e
instalados de modo a atender aos seguintes requisitos:
a) ter categoria de segurança conforme apreciação de riscos corretivas).
prevista nas normas técnicas oficiais;
b) estar sob a responsabilidade técnica de profissional legalmente X X X X X X X X X X X X
habilitado;
c) possuir conformidade técnica com o sistema de comando a que
são integrados;
d) instalação de modo que dificulte a sua burla;
e) manterem-se sob vigilância automática, ou seja,
monitoramento, se indicado pela apreciação de risco, de acordo
com a categoria de segurança requerida, exceto para dispositivos
de segurança exclusivamente mecânicos;
f) paralisação dos movimentos perigosos e demais riscos quando
ocorrerem falhas ou situações anormais de trabalho.
12.8.1 Os movimentos perigosos dos transportadores contínuos de Conferência mensal
materiais, acessíveis durante a operação normal, devem ser
protegidos, especialmente nos pontos de esmagamento, (Livro de manutenção
agarramento e aprisionamento. X X X X X X X X X X X X – Manutenções
preventivas e
corretivas).

34 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PERÍODO - 2021 Realizado
CRONOGRAMA Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

12.11.1 As máquinas e equipamentos devem ser submetidos a Conferência mensal


manutenções na forma e periodicidade determinada pelo
fabricante, por profissional legalmente habilitado ou por (Livro de
profissional qualificado, conforme as normas técnicas oficiais ou
normas técnicas internacionais aplicáveis. manutenção –
12.11.2 As manutenções devem ser registradas em livro próprio, Manutenções
ficha ou sistema informatizado interno da empresa, com os
seguintes dados: X X X X X X X X X X X X preventivas e
a) intervenções realizadas; corretivas).
b) data da realização de cada intervenção;
c) serviço realizado;
d) peças reparadas ou substituídas;
e) condições de segurança do equipamento;
f) indicação conclusiva quanto às condições de segurança da
máquina; e
g) nome do responsável pela execução das intervenções.
12.12.2 A sinalização de segurança deve: Realizado –
a) ficar destacada na máquina ou equipamento; X X X X X X X X X X X X 24/03/2021.
b) ficar em localização claramente visível;
c) ser de fácil compreensão.
12.14.1 Devem ser elaborados procedimentos de trabalho e Adequando
X X X X X X X X X X X X
segurança para máquinas e equipamentos, específicos e
padronizados, a partir da apreciação de riscos.

35 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
PERÍODO – 2021/2022 Realizado
CRONOGRAMA Situação
JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Sim Não

12.16.1 A operação, manutenção, inspeção e demais intervenções Conferência mensal


em máquinas e equipamentos devem ser realizadas por
trabalhadores habilitados ou qualificados ou capacitados, e (Livro de manutenção
autorizados para este fim.
12.16.2 Os trabalhadores envolvidos na operação, manutenção, – Manutenções
inspeção e demais intervenções em máquinas e equipamentos preventivas e
devem receber capacitação providenciada pelo empregador e
compatível com suas funções, que aborde os riscos a que estão corretivas).
expostos e as medidas de proteção existentes e necessárias, nos
termos desta NR, para a prevenção de acidentes e doenças.
12.16.3 A capacitação deve:
X X X X X X X X X X X X
a) ocorrer antes que o trabalhador assuma a sua função
b) ser realizada sem ônus para o trabalhador;
c) ter carga horária mínima, definida pelo empregador, que
garanta aos trabalhadores executarem suas atividades com
segurança, sendo realizada durante a jornada de trabalho;
d) ter conteúdo programático conforme o estabelecido no Anexo
II da NR 12;
e) ser ministrada por trabalhadores ou profissionais ou
qualificados para este fim, com supervisão de profissional
legalmente habilitado que se responsabilizará pela adequação do
conteúdo, forma, carga horária, qualificação dos instrutores e
avaliação dos capacitados.
18.6.5 Os condutores elétricos devem: Conferência mensal
a) ser dispostos de maneira a não obstruir a circulação de pessoas
e materiais; (Livro de manutenção
b) estar protegidos contra impactos mecânicos, umidade e contra
agentes capazes de danificar a isolação; X X X X X X X X X X X X – Manutenções
c) possuir isolação em conformidade com as normas técnicas preventivas e
nacionais vigentes;
d) possuir isolação dupla ou reforçada quando destinados à corretivas).
alimentação de máquinas e equipamentos elétricos móveis ou
portáteis.

36 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
28. CONSIDERAÇÕES FINAIS

Os dados coletados e descritos no presente PPRA foram fornecidos pelos responsáveis dos diversos setores da empresa e é de total conhecimento do Sr. João Antonio
Pinheiro.
Este Programa permanecera valido enquanto forem mantidas as condições existentes na empresa por ocasião da vistoria. Quaisquer alterações que venham a ocorrer nas
atividades, planta física e equipamentos exigirão novas análises.

Presidente Olegário /MG, 13 de Julho de 2021.

37 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
________________________________________________________
Amorim&Pinheiro LTDA

38 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ANEXO II
FICHA DE CONTROLE DE EQUIPAMENTO DE
PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI)

FICHA DE CONTROLE DE FORNECIMENTO DE UNIFORMES, EPI’S E FERRAMENTAS.

Nome da empresa: Nome Funcionário:

Atividade Principal: Função: Data de Admissão:

39 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
Data Quant. Descrição Ass. Empregado N. do C.A Data Dev. Motivo da Dev. Responsável pelo controle
entrega

(Verso)
O empregado infra-assinado declara haver recebido as peças de uniformes, equipamentos de proteção individual ferramentas de trabalho conforme relacionados e
especificados no verso, obrigando-se ao uso e consumo regular quando em serviço, e responsabilizando-se em preservá-los e mantê-los em perfeito estado de conservação e
limpeza, a fim de restituí-las no caso de desligar-se da empresa __________________________________________, ou quando a critério da empresa
________________________________________________.
No caso de desgaste natural recomendar a substituição por outras peças novas. Igual obrigação e responsabilidade assume o empregado na substituição das peças
recebidas, bem como desde já autoriza a empresa __________________________________________________.
Descontar de seus salários o valor corrigido e correspondente ao preço atualizado das peças que venha danificar por qualquer motivo doloso ou culposo, ou ainda se
delas fizer uso impróprio ou indevido ou se apropriar indevidamente, deixando de devolvê-las por ocasião das substituições ou de seu desligamento da empresa.

40 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
Conforme consta da NR (Norma Regulamentadora) nº 6 da portaria 3214/78 - EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL – EPI inciso 6.7- obrigações do
empregado

6.71- OBRIGA-SE O EMPREGADO, QUANDO AO EPI, A:


Usá-lo apenas para a finalidade a que se destina
Responsabilizar-se por sua guarda e conservação
Comunicar ao empregador qualquer alteração que torne impróprio para o uso

Declaro ainda para os devidos fins, respeitar as disposições contidas no Art. 158 da lei 6514 de 22/12/77, sujeitando-me em caso de inobservância, ao disposto no
parágrafo único daquele artigo.

ART.158 – CABE AOS EMPREGADOS

Observar as normas de segurança e medicina do trabalho;


Colaborar com a Empresa na aplicação dos dispositivos deste capítulo.

Parágrafo único - Constitui alto faltoso do empregado a recusa injustificada à observância das instruções expedidas pelo empregador ao uso dos equipamentos de proteção
individual fornecidos pela empresa.

______________________ _____________________________________________ ______________________________________


Data Assinatura do empregado Presidente da CIPA ou Designado

Motivo para devolução: DG= Desgaste RC= Rescisão contratual DI= Dano involuntário DV = Dano voluntário

41 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ANEXO III
FORMULÁRIO DE INVESTIGAÇÃO DE
ACIDENTES

42 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
FORMULÁRIO DE INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES
Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA
Empresa:
Endereço:
Data da ocorrência: Hora:
Nome do Acidentado:
Idade: Função:
Nascimento:
Admissão: Tempo na função:
Setor de trabalho:
Escolaridade:
Local exato da ocorrência:
Empregado (s) envolvido (s):

Testemunhas:

Descrição do acidente:

Parte do corpo lesada:


Informação do encarregado

Investigação do acidente
O que causou o acidente?
Serviço executado na hora do acidente:
Como ocorreu o acidente?

Após quantas horas de trabalho?


Recomendações: Prazo para implementação Responsável

43 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
Grupo de análise Assinatura:

ANEXO IV
FICHA ORDEM DE SERVIÇO
44 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ORDEM DE SERVIÇO POR ATIVIDADE – SEGURANÇA DO TRABALHO

NOME DA EMPRESA:
CNPJ:
ENDEREÇO:
NOME DO FUNCIONÁRIO:
FUNÇÃO: DOCUMENTO:
SETOR DE TRABALHO: DATA:
1. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES:

2. AGENTES ASSOCIADOS ÀS ATIVIDADES

3. EPI’s DE USO OBRIGATÓRIO

4. RECOMENDAÇÕES

5. PROCEDIMENTOS EM CASO DE ACIDENTES


Todo e qualquer acidente de trabalho, deverá ser comunicado para o superior imediato, na falta deste para membro da CIPA e
/ ou ao Depto. De Pessoal, para que possa ser providenciada a emissão da CAT – Comunicado de Acidente do Trabalho, cujo
prazo é de 24 horas.
Obs: O acidente não comunicado, não será considerado para efeitos legais.
6. OBSERVAÇÕES
 As orientações aqui contidas não esgotam o assunto sobre prevenção de acidentes, devendo ser observadas todas as
instruções existentes, ainda que verbais em especial as Normas Regulamentadoras da Empresa.
 Não executar qualquer atividade sem treinamento e pleno conhecimento dos riscos e cuidados a serem observados.
Aprovação: Data:
CIPA: Data:
PORTARIA 3214 DE 8 DE JUNHO DE 1978
NORMA REGULAMENTADORA NÚMERO 01 (NR 01) DISPOSIÇÕES GERAIS
1.7. CABE AO EMPREGADOR:
a) Cumprir e fazer cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho;
b) Elaborar ordens de serviço sobre segurança e medicina do trabalho, dando ciência aos empregados, com os seguintes
objetivos:
 Prevenir atos inseguros no desempenho do trabalho;
 Divulgar as obrigações e proibições que os empregados devam conhecer e cumprir;
 Dar conhecimento aos empregados de que serão passíveis de punição, pelo descumprimento das ordens de serviço

45 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
expedidas;
 Determinar os procedimentos que deverão ser adotados em caso de acidente do trabalho e doenças profissionais ou
do trabalho;
 Adotar medidas determinadas pelo MTE;
 Adotar medidas para eliminar ou neutralizar a insalubridade e as condições inseguras de trabalho.
c) Informar aos trabalhadores:
 Os riscos profissionais que possam originar-se nos locais de trabalho;
 Os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa;
 Os resultados dos exames médicos e de exames complementares de diagnóstico aos quais os próprios trabalhadores
forem submetidos;
 Os resultados das avaliações ambientais realizadas nos locais de trabalho.
d) Permitir que representantes dos trabalhadores acompanhem a fiscalização dos preceitos legais e regulamentares sobre
segurança e medicina do trabalho.
1.8. CABE AO EMPREGADO:
a) Cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho, inclusive as ordens de serviço
expedidas pelo empregador;
b) Usar o EPI fornecido pelo empregador;
c) Submeter-se aos exames médicos previstos nas Normas Regulamentadoras - NR;
d) Colaborar com a empresa na aplicação das Normas Regulamentadoras - NR.
1.8.1. Constitui ato faltoso, a recusa injustificada do empregado ao cumprimento do disposto no item anterior.
Declaro que recebi da empresa _____________________________, as orientações que fazem parte deste documento, bem
como, cópia do mesmo, comprometendo-me a seguir as orientações nele contidas e reconhecendo serem elas indispensáveis à
minha segurança e à de meus colegas de trabalho. Também afirmo ter recebido os EPI’s de utilização obrigatória na minha
função e comprometo-me a utilizá-los durante toda a minha jornada de trabalho, solicitando sua substituição sempre que
necessário.
NOME:
ASSINATURA:

46 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
47 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ANEXO V

FICHA DE CONTROLE DE EXTINTORES DE


INCÊNDIOS.

48 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
FICHA DE INSPEÇÃO DE EXTINTORES
EMPRESA: Nº DO EXTINTOR:
LOCAL DE INSTALAÇÃO: ANO DE FABRICAÇÃO:
VALIDADE DO TESTE HIDROSTATICO: SINALIZAÇÃO: ( ) SIM ( ) NÃO
PLANILHA DE INSPEÇÃO
PEÇAS JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ
SUPORTE
VALVULA
DIFUSOR
LACRE
MANGOTE
CILINDRO
MONOMETRO
PINTURA
APARENCIA
DESOBSTRUIDO
VISTO DO
RESPONSÁVEL
PELA INSPEÇÃO
CODIGOS: (OK = EM ORDEM) (SB = NECESSIDADE DE SUBSTITUIÇÃO)
OBSERVAÇÕES
DATA DA PRÓXIMA RECARGA:

EMPRESA RESPONSÁVEL:

49 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ANEXO VI

ESBOÇO DE COLOCAÇÃO E INSTALAÇÃO DE


EXTINTORES.

50 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
51 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ANEXO VII

RESULTADO DE AVALIAÇÕES QUANTITATIVAS.

52 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
53 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ANEXO IX

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DO


PRODUTO QUÍMICO – FISPQ.

54 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
ANEXO X

CERTIFICADO DE APROVAÇÃO DOS


EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.

55 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com
56 de 254

ISOBRAS Soluções em Segurança do Trabalho ME


CNPJ 37.327.628/0001-06
Rua Prefeito João Pinheiro, 604, Dona Benta - Presidente Olegário/MG – Patos de Minas/MG
E-mail: isobras9001@gmail.com