Você está na página 1de 24

SOCIOLOGIA EM CO TEXTOS

Um inventário de monografias sobre práticas profissionais (1995-2008)

Duarte Pimentel*

OTA

Resultado de uma experiência pedagógica e de um projecto de iniciação à investigação


empírica em práticas profissionais na cadeira de Práticas Profissionais em Sociologia
(1995-2005) e no Laboratório IV (2005-2008), a produção destas monografias
mobilizou cerca de quatrocentos discentes (400), aproximadamente trezentos e
cinquenta inquiridos (350), e quatrocentas entrevistas aprofundadas (400), num
horizonte temporal de treze anos (1995-2008).

A produção das monografias aqui inventariadas (129) foi antecedida da elaboração de


um projecto de pesquisa com a seguinte estrutura: definição dos objectivos da
investigação; identificação e delimitação da problemática teórica; construção do objecto
de estudo, da hipótese e do modelo de análise; quadro(s) teórico(s) de referência;
métodos e técnicas de recolha e de tratamento da informação. Foi contemplado um
vasto leque de dimensões de análise: áreas de actividade; contextos organizacionais;
papéis profissionais; competências profissionais; trajectórias formativa e profissional;
equipas de trabalho e relações interprofissionais; cultura profissional; deontologia e
associativismo profissional. Os próprios títulos das monografias, ora indiciam as mais
diversas articulações entre as dimensões mencionadas, ora a pluralidade dos objectos de
estudo.

Uma vez que se trata de um levantamento bibliográfico, seria absurdo, redutor e


simplista qualquer restituição de resultados com base num acervo de dados que se
estima da ordem das dezenas de milhares (cerca de 30.000 informações). No entanto, e
meramente a título de exemplo, foi possível identificar correlações positivas entre as
seguintes dimensões: trajectórias formativa e profissional; áreas de actividade, contextos,
competências e processos de estruturação de papéis; diferentes tipos de cultura
profissional, com a progressiva sedimentação de uma cultura da associação, em
detrimento de uma cultura da dissociação (A. F. Costa:1988), identidades institucionais,
etc. Note-se que, entre todas estas dimensões, aquela que se assume como
discriminatória é o contexto de inserção e as suas características estruturais,
organizacionais, profissionais, relacionais e culturais, pelo que, exercer a profissão de
sociólogo, quer na empresa, quer no hospital, quer numa autarquia “ obriga” à adopção
de trajectórias e estratégias de profissionalização significativamente diferenciadas, bem
como de papéis singulares.

Faz-se ainda referência a duas teses de dissertação em sociologia da autoria de Luís


Miguel Gaspar (2005), Os sociólogos da Câmara Municipal de Lisboa: que identidade
profissional? ISCTE .57p., e de Catarina Morgado (2003), Trajectórias e papéis de
sociólogos: que cultura profissional?, ISCTE, 86p., sob a orientação de Duarte
Pimentel, tendo esta última a particularidade de se tratar da primeira análise extensiva
realizada entre nós a um universo de cento e onze indivíduos (111), e cujos resultados
confirmam largamente os já conhecidos através das monografias. A tese sobre a
autarquia de Lisboa revela-nos uma realidade ímpar: a mais significativa concentração
de sociólogos (50), com particular relevo para a acção social, e integrados na carreira
técnica superior de sociólogos. Esta última traduz um reconhecimento institucional
explícito do estatuto de sociólogo, enquanto profissional portador de um perfil que o
distingue de qualquer outro.

Destaque-se, contudo, uma questão transversal e nuclear: a de que a “equação” -


empregabilidade = exercício profissional da sociologia - está por demonstrar. Pelo
contrário, os resultados disponíveis não autorizam a confirmação de tal premissa,
mesmo tendo por referencial uma definição minimalista de sociólogo profissional: todo
aquele que estando na posse de uma trajectória formativa superior em sociologia e,
independentemente da natureza da função exercida, o faz, observando sempre a
condição de que tal se reporte a um capital de conhecimentos sociológicos e não a outro
qualquer (O.Chenal:1987).
A elucidação científica desta controversa questão (O.Piriou:2006), por um lado, e os
seus aproveitamentos académico-institucionais, discursivos e políticos, por outro, só
podem, no nosso entender, ser minimizados pelo uso fino e rigoroso, leia-se implacável
e devastador, no separar das águas do indicador da natureza das práticas. Esta é a
constatação maior, empiricamente sustentada pelo conjunto destes trabalhos, até que se
demonstre, também empiricamente, o contrário (N.Alter:2008).

Em resumo, assim se deu cumprimento a dois dos objectivos programáticos das


unidades curriculares acima referidas: “ contacto directo dos estudantes com sociólogos
a exercer actividade profissional, em contextos de profissionalização diversificados;
análise sociológica dos perfis profissionais dos sociólogos, segundo as suas principais
dimensões caracterizadoras”. Assim se cumpre a imperiosa tarefa de divulgar uma
produção sociológica sobre práticas profissionais extra universitária, que permanece
para muitos ainda oculta. A este propósito ocorre-nos o certeiro titulo da obra de O.
Piriou: La face cachée de la sociologie. À la découverte des sociologues practiciens.

AUTARQUIAS

ALFREDO, Ana, MARTINS, Fernando, POLIDO, Paulo ( s,d ), Representações e


papeis de um sociólogo numa autarquia. ISCTE, 40p.

Palavras-chave: sociólogo, autarquia, representações, papeis

ANDRADE, Nuno, FERREIRA, Joana, VALENTE, João (2005), Práticas profissionais


em sociologia numa autarquia ( CML ). ISCTE, 43p.

Palavras chave: práticas profissionais, autarquia

ANJOS, Claudia, MALTESINHO, Patrícia ( 2001 ), O papel do sociólogo na Autarquia.


ISCTE, 43p.

Palavras-chave: papel, sociólogo, autarquia


BARRADAS, Cláudia, CARDOSO, Sílvia, RODRIGUES, Andreia, LATAS, Ricardo
( 2005 ), O sociólogo numa instituição de poder local. ISCTE, 39p.

Palavras-chave: sociólogo, instituição, poder local

BRITO, Liliana, MONTEIRO, Elsa, PEDRO, Susana, SILVA, Nádia (2008),


Trajectória formativa versus trajectória profissional: uma análise comparativa. ISCTE.
20p.

Palavras-chave: trajectória formativa, trajectória profissional

BURNAY, Filipa, FELIX, Patrícia, MIRANDA, Patrícia (2001), Representações e


práticas profissionais em sociologia no contexto do poder local. ISCTE, 21p.

Palavras-chave: representações, práticas profissionais, poder local

CABRITA, João, FREIRE, João, HORTA, Tânia, PIRES, Marco (2006), A


versatilidade da profissão de sociólogo: contextos profissionais numa autarquia.
ISCTE, 21p.

Palavras-chave: profissão, sociólogo, contextos, autarquia

CALADO, Vanda, LEÃO, Vanessa, PIEDADE, Mónica (2001), O sociólogo nas


autarquias: a profissionalização dos actores da sociologia. ISCTE, 15p.

Palavras-chave: sociólogo, autarquia, profissionalização, actor.

CORREIA, Andreia (2002), O sociólogo no contexto do poder local: o papel do


sociólogo na autarquia de Faro. ISCTE, 65p.

Palavras-chave: sociólogo, poder local. papel, autarquia

COSTA, Maria do Céu, ROSÁRIO, Esmeralda (s-d), O sociólogo numa instituição de


poder local. ISCTE, 15p.

Palavras-chave: sociólogo, instituição, poder local


CRISTINA, Isilda, FIDALGO, Tânia, MESTRE, Sílvia, SANTOS, Marta (2005),
Profissionalização de um sociólogo numa autarquia. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, autarquia

JARDIM, Hugo, LOURENÇO, José (2008), Profissionalização dos sociólogos em


empresas e autarquias. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, empresa, autarquia

LOURENÇO, José, SILVA, Hugo (2008), Profissionalização dos sociólogos em


empresas e autarquias. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, empresa, autarquia

MATOS, José António (2005), O processo de profissionalização dos sociólogos na


Câmara Municipal de Almada. ISCTE, 15p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, autarquia

PAULA, Paulo Almeida (2002), A sociologia na autarquia de Loures: da investigação


à profissionalização - representações e práticas profissionais em sociologia. ISCTE,
34p.

Palavras-chave: autarquia, investigação, profissionalização, representações, práticas

PAULO, Luís Miguel (1998), Os sociólogos na Câmara Municipal de Sintra. ISCTE,


54p.

Palavras-chave: sociólogo, autarquia

SEQUEIRA, Maria João (2005), A natureza dos papéis do sociólogo na autarquia.


ISCTE, 30p.

Palavras-chave: papel, sociólogo, autarquia

SOBRAL, Cláudia, FERNANDES, Patrícia, GUERREIRO, Ângela, LOPES, Marisa


(2005), O papel do sociólogo numa autarquia. ISCTE, 25p.

Palavras-chave-papel: sociólogo, autarquia


FERNANDES, Pedro, MACHADO, Catarina, MARTINS, Nuno (2006), A
profissionalização dos sociólogos nas autarquias. ISCTE, 26p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, autarquia

PEREIRA, Ana Rita, SALVADOR, Saudy (2004), Profissionalização da sociologia:


sociólogos nas autarquias. ISCTE, 26p.

Palavras-chave: profissionalização, sociologia, sociólogo, autarquia

MELA, Susana, TAQUELIM, Rita (1999), O papel do sociólogo numa autarquia em


meio rural. ISCTE, 35p.

Palavras-chave: papel, sociólogo, autarquia, meio rural

I STITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL (IPSS)

ADÃO, Sara, BANZA, Feliciana, COSTA, Sara, MARTINS, Inês (2007), O percurso
profissional dos sociólogos nas IPSS. ISCTE ,22p.

Palavras-chave: percurso profissional, sociólogo, IPSS

BORREGUILHO, Maria Antónia, CAEIRO, Ana Raquel, FERREIRA, Irene (2006),


Praticas profissionais: o sociólogo no seio de uma IPSS. ISCTE, 27p.

Palavras chave: práticas profissionais, sociólogo, IPSS

BRIGIDO, Pedro, BRUNO, Patrícia, CANDEIAS, Pedro (2007), Socióloga numa IPSS
de apoio a mulheres vítimas de prostituição. ISCTE, 21p.

Palavras chave: socióloga, IPSS, mulher, prostituição


COSTA, Maria da Luz, JACINTO, Carlos, SANDE, Carmen, SANTOS, Maria de
Lurdes (2008), Os sociólogos no mundo: da racionalidade privada à solidariedade
social. ISCTE, 18p.

Palavras-chave: sociólgo, mundo, racionalidade, solidariedade social

LOPES, Adília, MOTA, Catia (2006), A profissionalização do sociólogo numa IPSS:


trajectória formativa e profissional .ISCTE, 19p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, IPSS, trajectória

MARQUES, Indara Nanci, LOPES, Antonieta (2004), A cultura profissional dos


sociólogos numa IPSS (Casa Pia). ISCTE, 28p.

Palavras-chave: cultura profissional, sociólogo, IPSS

ROSA, Fernando André, SANTOS, Ana SOUSA (2005), A identidade profissional dos
sociólogos nas IPSS. ISCTE, 33p.

Palavras-chave: identidade profissional, sociólogo, IPSS

VEDOR, Fátima (2006), Identidade profissional de um sociólogo numa IPSS. ISCTE,


38p.

Palavras-chave: identidade profissional, sociólogo, IPSS

SAÚDE

BAPTISTA, Inês, GOMES, Mafalda, OLIVEIRA, Ana, SOUSA, Filipe (2008),


Sociologia em equipas multidisciplinares: dinâmicas de trabalho interprofissional na
saúde. ISCTE, 30p.

Palavras-chave: sociologia, equipa, trabalho interprofissional, saúde

CARVALHO, Maria das Dores, LOURENÇO, Deolinda (s-d) ,O sociólogo na área da


saúde. ISCTE, 19p.

Palavras-chave: sociólogo, área, saúde


DELGADO, Dora, PATRÍCIO, Cátia, VENCESLAU, Ana Catarina (2006), Saúde:
área de profissionalização de uma socióloga. ISCTE, 22p.

Palavras-chave: saúde, área, profissionalização, socióloga

MARTA, Paulo, VIDAL, Rui Manuel (2005), Uma socióloga na Saúde. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: socióloga, saúde

LOPES, Mariana, RIBEIRO, João (2008), Papéis, trajectórias e contextos profissionais:


um estudo de caso na área da saúde. ISCTE, 30p.

Palavras-chave: papel, trajectória, contexto, saúde

PRAZERES, Ana Filipa (2001), Uma socióloga na saúde. ISCTE, 29p.

Palavras-chave: socióloga, saúde

XAVIER, Carla (2005), O percurso profissional do sociólogo em meio hospitalar.


ISCTE, 34p.

Palavras-chave: percurso, sociólogo, hospital

E SI O

MACEDO, Roxana, OLIVEIRA, Filipa, TEIXEIRA, Álvaro (2006), A sociologia no


ensino secundário - representações de um professor de sociologia do ensino secundário.
ISCTE, 27p.

Palavras chave: sociologia, ensino secundário, representação

SILVA, Armandina (2001), A sociologia e o ensino secundário. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: sociologia, ensino secundário


EMPRESA E I STITUÇIÕES

ABREU, Isabel, CARDOSO, Paula, FERREIRA, Luís, VICENTE, António (2002),


Sociólogos na Segurança Social. ISCTE, 38p.

Palavras-chave: sociólogo, segurança social

ALVAREZ, Emílio (2005), Acerca de uma socióloga industrial. ISCTE, 24p.

Palavras-chave: socióloga, industrial

ALVES, Sofia (2000), Os sociólogos no Marketing Político. ISCTE, 26p.

Palavras-chave: sociólogo, marketing politico

AZINHEIRO, Ana, GONÇALVES, Sandra (2004), Os sociólogos na área dos Recursos


Humanos. ISCTE, 44p.

Palavras-chave: sociólogo, área, recursos humanos

BAPTISTA, Inês, GOMES, Mafalda, OLIVEIRA, Ana, SOUSA, Filipe (2008),


Sociologia em equipas multidisciplinares: dinâmicas de trabalho interprofissional na
saúde. ISCTE, 33p.

Palavras-chave: sociologia, equipa, trabalho interprofissional, saúde

BERNARDO, Olga, SANTOS, Manuel, SILVA, Ana PAULA (2008), A cultura


profissional dos sociólogos em equipas pluridisciplinares. ISCTE, 40p.

Palavras-chave: cultura profissional, sociólogo, equipa, pluridisciplinar

BRITO, Liliana, MONTEIRO, Elsa, PEDRO, Susana, SILVA, Nádia (2008),


Trajectória formativa versus trajectória profissional. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: trajectória formativa, trajectória profissional


CARREIRAS, Maria de Fátima (2008), Trajectórias, práticas e contextos profissionais:
impacto na cultura profissional do sociólogo (Casa da América Latina e Instituto de
Emprego e Formação Profissional). ISCTE, 26p.

Palavras-chave: trajectória, prática, contexto, cultura profissional, sociólogo

CARVALHO, Ana, JEREMIAS, Fernanda, MACEDO, Jaime, MAURÍCIO, Helena,


VAZ, Ana (2008), Uma socióloga na liderança de um grupo multidisciplinar na área
penal: saberes e práticas. ISCTE, 30p.

Palavras-chave: socióloga, liderança, grupo, multidisciplinar, penal, saberes, práticas

CASTRO, Ricardo, GAMA, Maria, SANTOS, Daniel (2007), A profissionalização dos


sociólogos no Instituto de Defesa ;acional. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, defesa nacional

CHAPELAS, Patrícia, EZEQUIEL, Daniela, LOPES, Marina, PIRES, Maria João,


SABALA, Joana (2007), Trajectórias de sociólogos numa Instituição Pública. ISCTE,
19p.

Palavras-chave: trajectória, sociólogo, instituição pública

COSTA, Teresa, GASPAR, Lúcia, VITORINO, Paulo (2004), Sociólogos no IEFP.


ISCTE. 25p.

Palavras-chave: sociólogo, instituto, emprego, formação profissional

COSTA, Ana Paula Godinho (2008), Práticas e Representações sociais dos sociólogos
no Laboratório ;acional de Engenharia Civil. ISCTE, 2op.

Palavras-chave: prática, representação, sociólogo, laboratório, engenharia

COSTA, Maria da Luz, JACINTO, Carlos, SANDE, Carmen, SANTOS, Maria de


Lurdes (2008), Os sociólogos no mundo: da racionalidade privada à solidariedade
social. ISCTE, 18p.

Palavras-chave: sociólogo, mundo, racionalidade, solidariedade social


DIAS, Sandra, FÉLIX, Tânia, GILBERTO, Nuno, MARUJO, Tânia (2008), Sociologia:
ciência ou profissão? (Ministério da Defesa ;acional). ISCTE, 3p.

Palavras-chave: sociologia, ciência, profissão

FERNANDES, Neuza, RODRIGUES, Cátia (2007), O sociólogo na empresa. ISCTE,


21p.

Palavras-chave: sociólogo, empresa

FERREIRA, Nuno (s-d), O 3º sector e a distinção clássica entre ciência e profissão:


comparação de três trajectórias profissionais em sociologia. ISCTE, 51p.

Palavras-chave: 3º sector, ciência, profissão, trajectória profissional

FONSECA, Eduardo M. , MAURÍCIO, Paula (2008), O sociólogo na empresa. ISCTE,


30p.

Palavras-chave: sociólogo, empresa

GERMANO, Cândida, TEOTONEO, Tiago (2005), O sociólogo no Centro de Emprego.


ISCTE, 51p.

Palavras-chave sociólogo, emprego

JERÓNIMO, Sílvia, RATO, Natacha, SILVA, Cátia, TEIXEIRA, Eva, VINHAS,


Telma (2006), A identidade profissional dos sociólogos: uma aplicação à investigação
criminal. ISCTE, 45p.

Palavras-chave: identidade profissional, sociólogo, investigação criminal

JARDIM, Hugo, LOURENÇO, José (2008), Profissionalização dos sociólogos em


empresas e autarquias. ISCTE, 25p.

Palavras chave: profissionalização, sociólogo, empresa, autarquia


JESUS, João, LOUREIRO, Ricardo, PIRES, Carlos (2007), Trajectória formativa
versus trajectória profissional: uma aplicação na Policia Judiciária. ISCTE, 22p.

Palavras-chave: trajectória formativa, trajectória profissional, polícia

LOURENÇO, José, SILVA, Hugo (2008), Profissionalização dos sociólogos em


empresas e autarquias. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, empresa, autarquia

MARQUES, Tatiana (2007), Análise da profissionalização dos sociólogos dos Serviços


Centrais do Instituto da Droga e da Toxicodependência. ISCTE, 63p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, toxicodependência

MESQUITA, Pedro,VILAR, Vera (2006), O sociólogo na empresa. ISCTE, 28p.

Palavras-chave: sociólogo, empresa

NHADWATE, Yolanda (2005), Sociólogos nas O;G: que identidade?. ISCTE, 34p.

Palavras-chave: sociólogo, ONG, identidade

NHAMAZE, Jucyara Semedo (2008), Profissionalização dos sociólogos no Exército


Português. ISCTE, 17p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, forças armadas

OLIM, Dina (2003), Sociólogos na Segurança Social da Região Autónoma da Madeira.


ISCTE, 50p.

Palavras-chave: sociólogo, segurança social, região autónoma

PIRES, Carlos Eduardo (2008), Os sociólogos na Segurança Social: trajectórias


formativas e práticas profissionais. ISCTE. 14p.

Palavras-chave: sociólogo, segurança social, trajectória formativa, prática profissional


PIO, Mário (2008), ;ovas oportunidades e nova profissionalização: o sociólogo no
centro do processo de reconhecimento, validação e certificação de competências
(C;O). ISCTE, 41p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, CNO

SANCHES, Edison Sérgio Ferreira (s-d), Os sociólogos nas empresas de estudos de


mercado. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: sociólogo, empresa

ARTE E CULTURA

CHAMBEL, Maria João, COITO, Ana, GARCIA, Pedro, GASPAR, Joana, PITA,
Francisco (2007), A sociologia e a arte. ISCTE, 17p.

Palavras-chave: sociologia, arte

SANCHEZ, Débora, SPENCER, António, SILVA, Rita (2005), Os sociólogos no


mundo da arte e da cultura em Portugal. ISCTE, 21p.

Palavras-chave: sociólogo, arte, cultura

ACÇÃO E I TERVE ÇÃO SOCIAL

BARROSO, Ana, CARRILHO, Ana (2004), O sociólogo no trabalho de intervenção.


ISCTE, 19p.

Palavras-chave: sociólogo, intervenção

CATARINO, Beatriz, LOUREIRO, Maria da Conceição, POLONIO, Tiago (2005), O


sociólogo na intervenção social. ISCTE, 19p.

Palavras-chave: sociólogo, intervenção


CAROLA, Sílvia, FERNANDES, Carla, GOUVEIA, Natacha, PEREIRA, Vânia (s-d),
A prática sociológica como meio de intervenção social. ISCTE, 41p.

Palavras-chave: prática, intervenção social

CARVALHO, Ana Paula, JEREMIAS, Fernanda, MACEDO, Jaime, MAURÍCIO,


Helena, VAZ, Ana Paula (2008), A natureza das práticas de uma socióloga na área da
reinserção social; porquê uma socióloga num lugar de coordenação de uma equipa
pluridisciplinar?. ISCTE, 41p.

Palavras-chave: prática, socióloga, reinserção social, coordenação, equipa,


pluridisciplinar

CUNHA, Joana, RAMOS, Patrícia, SILVA, Ana, VARELA, Íris (2007), Práticas
profissionais: o sociólogo na intervenção social. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: prática, sociólogo, intervenção social

DIAS, Ângela, TEIXEIRA, Sofia (2004), Trabalho comunitário: o papel do sociólogo


na intervenção local. ISCTE. 41p.

Palavras-chave: trabalho comunitário, papel, sociólogo, intervenção local

RAMALHO, Alexandra (2004), O caso de uma técnica superior de reinserção social.


ISCTE, 14p.

Palavras-chave: técnica superior, reinserção social


.
TORRES, Ricardo (2004), Cultura profissional na Acção Social. ISCTE, 18p.

Palavras-chave: cultura profissional, acção social

OUTRAS

ABRANCHES, Maria, BRANQUINHO, Ana, PERES, Sílvia, ROSADO, Patrícia


(1998), O processo de profissionalização dos sociólogos. ISCTE, 27p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo


AGUIAR, Humbah (s-d), Satisfação profissional em sociologia, o equívoco e a
realidade. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: satisfação profissional, sociologia

ALCOBIA, Margarida, ANUNCIAÇÃO, Maria Francisca S. Cabral, OLIVEIRA, Rui


Terroso Mesquita, TAVARES, Domingas Irarcide da Costa (2008), Inserção
profissional de sociólogos em diferentes contextos organizacionais. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: inserção profissional, sociólogo, contexto organizacional

ALEXANDRE, Alice (2005), Articulação entre as trajectórias formativa e profissional.


ISCTE, 59p.

Palavras-chave: trajectória formativa, trajectória profissional

ALEXANDRE, Maria Goreti, SEICEIRA, Filipa, TEODORO, Dafne (2000), Somos


sociólogos: identidades e actualização dos conhecimentos dos sociólogos. ISCTE, 27p

Palavras-chave: identidade, conhecimento, sociólogo

ALVES, Dora, ROMEU, Tiago, TORRES, Sara (2004), Ao encontro de uma dupla
formação. ISCTE, 33p.

Palavras-chave: sociologia, formação

ALVES, Alexandra, SANTOS, Sandra (2001), Do ISCTE a um projecto de


desenvolvimento local: uma história profissional. ISCTE, 33p.

Palavras-chave: projecto, desenvolvimento local, história profissional

ALVES, Ricardo, BARROS, Ana, CRUZ, Sónia, SOUSA, Mafalda (2006),


Profissionalização dos sociólogos: diferentes práticas e identidades profissionais.
ISCTE, 42p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo, prática, identidade profissional


AMADO, Djeniffer, BATALHA, Priscila, CARVALHO, Ana Filipa (2007), Os
sociólogos na descoberta do mundo: práticas e experiências profissionais. ISCTE, 21p.

Palavras-chave: sociólogo, prática, experiência profissional

AMARO, André, COELHO, Bernardo (2001), Profissão sociólogo: entre a idealização


e a prática . ISCTE, 20p.

Palavras-chave: profissão, sociólogo, idealização, prática

AMBROSIO, Cláudia, OLIVEIRA, Filipe (2006), A cultura profissional dos


sociólogos. ISCTE, 31p.

Palavras-chave: cultura profissional, sociólogo

ANDRÉ, Daniel, FERREIRA, Cláudia, MORENO, Maria Luísa, PEREIRA, Angelina


(2006), A sociologia e as suas práticas profissionais. ISCTE, 40p.

Palavras-chave: sociologia, prática

ARSÉNIO, Ana Rita, ALVADIA, Natália Margarida, RODRIGUES, Cláudia (2001),


Uma abordagem no campo profissional da sociologia.ISCTE, 47p.

Palavras-chave: campo profissional, sociologia

ARVÉLOA, Alexandra, SOUSA, Mafalda (1996), Desempenho profissional dos


sociólogos em contextos associativos: um desafio mutuamente enriquecedor. ISCTE,
25p.

Palavras-chave: desempenho, sociólogo, contexto

BAPTISTA, José, BASILIO, Abílio, GONÇALVES, Carlos, TEIXEIRA, Eduardo


(2006), Práticas profissionais em sociologia. ISCTE, 30p.

Palavras-chave: prática, sociologia

BASILIO, Márcio, CAMPINO, Liliana, MELO, João, MOURA, João, SOUSA, Edite
(2004), O exercício da sociologia: contextos e trajectórias. ISCTE, 35p.

Palavras-chave: sociologia, contexto, trajectória


BICHO, Ana Rita, PEREIRA, Patrícia, VIEGAS, Andreia (2004), Ser ou não
ser…sociólogo. ISCTE, 60p.

Palavras-chave: identidade, sociólogo

BRACEIRO, Carlos, DORDIO, João, FERREIRA, Jorge, PATRICIO, Liliana (2005),


Profissão sociólogo: práticas e representações. ISCTE, 22p.

Palavras-chave: profissão, sociólogo, prática, representação

BRANDÃO, Ana, Rita, MACHADO, Pedro, MENDONÇA, Maria João, PEDRADAS,


Sofia, PEREIRA, Catarina ( s-d), As trajéctorias profissionais. ISCTE, 35p.

Palavras chave: trajectória profissional

BRITO, Liliana, PEDRO, Susana, SILVA, Nádia (2008), Trajectória formativa versus
trajectória profissional. ISCTE, 22p.

Palavras-chave: trajectória formativa, trajectória profissional

CABAÇO, Dora, FERNANDES, Ana, GONÇALVES, Flávio, VALENTIM, Raquel (s-


d), Sociólogo com vínculo contratual versus sociólogo sem vínculo contratual. ISCTE,
19p.

Palavras-chave: sociólogo, vínculo, contrato

CABRAL, Ana Carina, OLIVEIRA, Susana Isabel, (2005), Os sociólogos e os media:


uma análise às práticas dos “ sociólogos formalistas”. ISCTE, 60p.

Palavras-chave: sociólogo, media, prática

CAEIRO, Tiago, FREIRE, Susana, GÃOS, Sandra (2001), A cultura profissional dos
sociólogos. ISCTE, 22p.

Palavras-chave: cultura profissional, sociólogo


CAMPOS, Carina, NEVES, Inês, PINELA, Carla, VIEIRA Ana Lúcia (2008), Práticas
profissionais em sociologia: trajectórias profissionais em diferentes áreas profissionais.
ISCTE, 20p.

Palavras-chave: prática, sociologia, trajectória profissional, área

COELHO, Fernando (s-d), Práticas profissionais em sociologia. ISCTE, 19p.

Palavras-chave: prática, sociologia

CAETANO, Sónia, PEDRO, Maria Inês (2006), Práticas profissionais em sociologia:


uma abordagem no campo profissional da sociologia. ISCTE, 13p.

Palavras chave prática, sociologia, campo

CALADO, Inês, GONÇALVES, Telma Sofia, LIMA, Marta, RODRIGUES, Ana Rita
(s-d), Práticas profissionais em sociologia. ISCTE. 23p.

Palavras-chave: prática profissional, sociologia

CALISTO, Inês, DIAS, Patrícia, LOPES, Sara (2006), Posição face à sociologia em
Portugal. ISCTE, 35p.

Palavras-chave: posição, sociologia, Portugal

CAMACHO, Sandra, MOURA, Ana Leonor, NEVES, Marco, SILVIA, Júlia (2006),
Práticas profissionais em sociologia. ISCTE, 40p.

Palavras-chave: prática profissional, sociologia

CARVALHO, Tânia, SILVA, Mário, SILVA, Raquel, SPENCER, Cátia (2006), A auto-
representação dos sociólogos e as suas práticas profissionais. ISCTE, 29p.

Palavras-chave: representação, sociólogo, prática profissional


CASTRO, Maria Madalena, RIBEIRO, Hussaúbamé, VICENTE, Irene (2004), A
profissão de sociólogo. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: profissão, sociólogo

CORREIA, Catarina, MANSOS, Patrícia, MICAELO, Joana, OLIVEIRA, Vanessa


(2006), Representações e práticas profissionais dos sociólogos portugueses. ISCTE,
32p.

Palavras-chave: representação, prática profissional, sociólogo, português

CORREIA, Cláudia, Araújo, OLIVEIRA, Vânia Freixo, SANTOS, Marta Oliveira


(2000), Sociólogos e deontologia. ISCTE, 41p.

Palavras-chave: sociólogo, deontologia

CORREIA, Liliana, LOBITO, Sandrina (2005), Trajectórias profissionais de


sociólogos. ISCTE, 29p.

Palavras-chave: trajectória profissional, sociólogo

CRISÓSTOMO, Joana (2005), Representações e práticas de integração no mercado de


trabalho. ISCTE, 52p.

Palavras-chave: representação, integração, mercado de trabalho

ESTEVES, Inês, PINTOR, Natércia (2005), A sociologia como profissão: três


sociólogos, três formas de viver a sociologia. ISCTE, 23p.

Palavras-chave: sociologia, profissão

FELIX, Catarina, OLIVEIRA, Ana Sofia, PEPE, Andreia Patrícia, PICÃO, Ana Rute
(2005), ;atureza das práticas dos sociólogos e dos sociólogos e planeamento. ISCTE,
41p.

Palavras-chave: prática, sociólogo, planeamento


FERNANDES, Andreia, OLIVEIRA, Maria João (2007), Papeis, contextos e
trajectórias. ISCTE, 20p.

Palavras-chave: papel, contexto, trajectória

FERNANDES, Carina, PINA, Rute, SILVA, Cláudia (2006), Profissionalização dos


sociólogos. ISCTE, 36p.

Palavras chave: profissionalização, sociólogo

FERNANDES, Vitória Pereira, PINTO, Ana Marques (2005), A profissionalização dos


sociólogos. ISCTE. 19p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo

FERREIRA, Lilia, MATIAS, Luís, PINTO, Maria Armanda, SANTOS, Fernanda


(2005), Trajectórias formativas, profissionais e recomposição de papeis no contexto da
vida familiar. ISCTE, 17p.

Palavras-chave: trajectória, papel, contexto, família

FREITAS, Licínia, PESTANA, Carla (2002), A profissionalização dos sociólogos.


ISCTE, 46p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo

GASPAR, Ana Micaela, FERREIRA, Lisete, OLIVEIRA, Raul (1995), O exercício


profissional da sociologia. ISCTE, 34p.

Palavras-chave: exercício, profissional, sociologia

GOMES, Rui, VERISSIMO, Paula, VICENTE, Fátima (1997), A relação entre a


sociologia científica e a sociologia profissional. ISCTE, 32p.

Palavras-chave: sociologia, ciência, profissão


GOMES, Cláudia, MARCELINO, Cláudia (2005), Práticas profissionais em sociologia:
representações do mundo universitário e extra universitário. ISCTE, 23p
.
Palavras-chave: prática profissional, sociologia, representação, academia

GOMES, Mariana Filipa Meireles (2004), A profissionalização dos sociólogos. ISCTE,


18p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo

GONÇALVES, Maria Eunice, NUNES Maria de Lurdes, TRINDADE, Carlos (2008),


Papel de um líder sindical em função da sua trajectória formativa. ISCTE, 37p.

Palavras-chave: papel, líder, sindical, trajectória formativa

HOMEM-GENTIL, Tânia, PEDRO, Andreia, NÓVOAS, David, VAZ, Susana (2005),


Profissão sociólogo: perspectivas versus realidade. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: profissão, sociólogo, perspectiva, realidade

LEITE, Maria Guiomar R. Pereira (2001), Profissionalização dos sociólogos. ISCTE,


33p.

Palavras-chave: profissionalização, sociólogo

MARQUES, António A. Ferreira (2006), Integração dos sociólogos: culturas de


diferentes instituições universitárias. ISCTE, 32p.

Palavras-chave: integração, sociólogo, cultura, instituição

MATOS, Rita (2005), A cultura profissional dos sociólogos. ISCTE, 25p.

Palavras-chave: cultura profissional, sociólogo

MARTINS, Nuno (s-d), Representações e práticas profissionais em sociologia: o relato


de três experiências profissionais. ISCTE, 53p.

Palavras-chave: representação, prática, sociologia


MENDES, Ana Sofia, PEREIRA, Joana, SILVA, Ana Marta, SILVA, Carla Sofia,
VENTURA, Carlos (2007), A ciência na profissão e na prática: distinção entre
instituições superiores. ISCTE, 24p.

Palavras-chave: ciência, profissão, prática, instituição

NASCIMENTO, João Carlos Silva do (2001), Práticas profissionais. ISCTE, 29p.

Palavras-chave: prática profissional

PAIVA, Inês (2001), Ciência e profissão : realidades opostas?. ISCTE, 23p.

Palavras-chave: ciência, profissão

PIO, Mário (2008), ;ovas oportunidades e novos papéis: o sociólogo no processo de


reconhecimento e validação de competências. ISCTE, 30p.

Palavras-chave: papel, sociólogo, competência

QUEIROZ, Maria da Conceição (2008), Uma socióloga nos media. ISCTE, 10p.

Palavras-chave: socióloga, media

RAMOS, Jorge Miguel S. Amaral (2005), O sociólogo profissionalizado. ISCTE, 28p.

Palavras-chave: sociólogo, profissão

RODRIGUES, Cátia (2004), O sociólogo em Portugal: um estudo sobre as práticas


profissionais em sociologia. ISCTE. 23p.

Palavras-chave: sociólogo, Portugal, prática profissional

RODRIGUES, Isabel (2006), Profissão sociólogo: representações e práticas. ISCTE


25p.

Palavras-chave: profissão, sociólogo, representação, prática


RUBIM, Pedro, SEMEDO, Joana (2006), Sociólogos no Alentejo: um estudo de caso.
ISCTE, 31p.

Palavras-chave: sociólogo, Alentejo

SILVA, Ana Rita (2006), Cultura profissional dos sociólogos. ISCTE, 51p.

Palavras-chave: cultura profissional, sociólogo

SOARES, Dora Maria Moreira (2006), A sociologia em Portugal. ISCTE, 51p.

Palavras-chave: sociologia, Portugal

TESES

GASPAR, Luís Miguel Ribeiro (2005), Os sociólogos da Câmara Municipal de Lisboa:


que identidade profissional?. ISCTE, 57p.

Palavras-chave: sociólogo, autarquia, identidade profissional

MORGADO, Catarina João (2003), Trajectórias e Papeis de sociólogos: que cultura


profissional? .ISCTE, 86p.

Palavras-chave: trajectória, papel, sociólogo, cultura profissional


Referências Bibliográficas

Alter, Nobert (2008), “Du sociologue critique à la critique sociologique”, in Sociologies


Pratiques, Paris, nº 16.

Costa, António F. da (1988), “Cultura profissional dos sociólogos”, Sociologia,


Problemas e Práticas, nº 5.

Chenal, Odile (1987), “Des sociologues professionnels deconnus” , in Renaud


Sainsaulieu et. al., L’exercice professionnel de la sociologie, Paris, LSCI ( IRESCO-
CNRS ).

Piriou, Odile (2006), La face cachée de la sociologie. À la découverte des sociologues


praticiens, Paris, Éditions Belin.

______________________________________________________________________

*Duarte Pimentel. Sociólogo Departamento de Sociologia do ISCTE e Centro de


Investigação e Estudos de Sociologia(CIES) .

E-mail: duarte.pimentel.@iscte.pt