Você está na página 1de 9

Curso Intensivo Regular – 2007.

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

Juros Compostos
1. JUROS COMPOSTOS
É a modalidade de aplicação financeira onde a taxa de rendimento incide sempre sobre o montante. Nos
juros compostos, temos também duas fórmulas importantes que serão detalhadas em aula:

M = c ⋅ (1 + i ) n e J=M–c

EXEMPLO

Quais os juros obtidos por um capital de R$ 1.000,00, aplicado, no regime de juros compostos, durante 3
anos, a uma taxa de 20% ao ano?

SOLUÇÃO

M = c .(1 + i)n = 1.000 .(1 + 0,2)3 = 1.728,00

J = M – c = 1.728 – 1.000 = 728,00

J = R$ 728,00

EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

01. Qual o montante obtido por um capital de R$ 2.000,00, quando aplicado à taxa de 10% a.m. num
período de 10 meses, no regime de juros compostos?

02. Qual o capital que deve ser aplicado à taxa de 3% ao mês para se obter, no final de um ano, no
regime de juros compostos, o montante de R$ 10.000,00?

03. Seu Américo aplicou R$ 25.000,00 numa caderneta de poupança a uma taxa de 20% ao semestre no
regime de juros compostos. Depois de 01 ano e meio, quanto a aplicação rendeu de juros?

04. Uma pessoa aplicou um capital de R$ 4.000,00 no regime de juros compostos por um período de 10
meses e obteve no final um montante de R$ 7.869,00. Qual a taxa mensal da aplicação?

1
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

2. TAXAS EQUIVALENTES
Duas taxas de juros são equivalentes quando aplicadas a um mesmo capital produzem no mesmo período
de tempo, o mesmo montante.

Exemplos:

E.1.No regime de juros compostos, qual a taxa anual equivalente a taxa de 3% ao mês ?

Solução:

i = 3% ao mês ⇒ fator 1,03 ⇒ em um ano fator resultante (1,03)12 = 1,4258 ⇒ 42,58% ao ano
Ou seja a taxa de 3% ao mês é equivalente a 42,58% ao ano.

E.2. No regime de juros compostos, qual a taxa mensal equivalente a taxa de 79,59% ao ano ?

Solução:

i = 79,59% ao ano ⇒ fator resultante (1+ i )12 = 1,7959 ⇒ 1+ i = 1,05 ⇒ 5% ao mês


Ou seja a taxa de 79,59% ao ano é equivalente a 5% ao mês.

EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

01. No regime de juros compostos, qual a taxa semestral equivalente a taxa de 4% ao mês ?

02. No regime de juros compostos, qual a taxa trimestral equivalente a taxa de 125,22% ao ano ?

3. TAXA NOMINAL E TAXA EFETIVA


Uma taxa de juros é dita nominal quando a sua unidade de tempo é diferente da unidade de tempo da
capitalização. Por exemplo: Num contrato de financiamento consta que a taxa de juros é de 12% ao ano
com capitalização mensal. Na verdade isso quer dizer uma taxa efetiva de juros compostos de 1% ao mês
que equivale a uma taxa também efetiva de 12,68% ao ano.

EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

01. Num contrato de financiamento consta que a taxa de juros é de 60% ao semestre com capitalização
mensal. Calcule a taxa efetiva mensal e semestral.

02. Um capital de R$ 3.000,00 foi aplicado a uma taxa de 24% ao ano com capitalização trimestral
durante 15 meses. Calcule o montante obtido.

2
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

4. TAXA APARENTE E TAXA REAL


A taxa real é a taxa de rendimento de uma aplicação depois de descontada a inflação do período. Para
calcular a taxa real vamos utilizar a seguinte fórmula:

( 1 + iap ) = ( 1 + iinf ).( 1 + ireal )

EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

01. Uma aplicação rendeu 26% ao longo do ano de 2006. Sabendo que a inflação de 2006 foi de 5%,
calcule a taxa real de rendimento desta aplicação.

02. (FCC/ Aud. Fiscal da Prefeitura de São Paulo-2007) Um capital de R$10.000,00 foi aplicado no dia
primeiro de junho e no último dia de julho foi resgatado todo o montante de R$11.082,30. Nesse período,
as taxas de inflação foram, respectivamente:

Junho: 2%
Julho: 2,5%

A taxa real desse investimento, nesse período, foi de

a) 6,32%
b) 6,00%
c) 5,50%
d) 5,00%
e) 4,50%

5. CONVENÇÃO LINEAR E CONVENÇÃO EXPONENCIAL


Muitas vezes, em algumas operações financeiras o prazo não é um número inteiro de períodos de
rendimento. Por exemplo: Um capital de R$10.000 , aplicado a uma taxa de juros compostos de 30% ao
ano por 2 anos e 4 meses. Em casos como este existem duas formas de calcular o montante:

Pela convenção linear utiliza-se juros compostos para a parte inteira e juros simples para a parte
fracionária.

M 1 = c.(1 + i ) n = 10.000.(1,3) 2 = 16.900

4
M 2 = c.(1 + i.n) = 16900.(1 + 0,3. ) = 18.590
12

3
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

Pela convenção exponencial utiliza-se juros compostos para todo o período.

28 7
n = 2 anos e 4 meses = 28 meses = anos = anos .
12 3
7

M = 10.000.(1,3) = 18.444,54
3

EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

01. Um capital de R$5.000,00 é aplicado a juros compostos de 20% ao ano por um período de 3 anos e
meio. Calcule o montante obtido pela:
a) Convenção linear
b) Convenção exponencial
Dados: (1,2)3 = 1,728 e (1,2)3,5 = 1,893

02. (AFRF 2003)Um capital é aplicado a juros compostos à taxa de 40% ao ano durante um ano e meio.
Calcule o valor mais próximo da perda percentual do montante considerando o seu cálculo pela
convenção exponencial em relação ao seu cálculo pela convenção linear, dado que 1,401,5 =1,656502.

a) 0,5%
b) 1%
c) 1,4%
d) 1,7%
e) 2,0%

6. EQUIVALÊNCIA DE CAPITAIS EM JUROS COMPOSTOS


Dois ou mais capitais representativos em uma certa data dizem-se equivalentes quando, a uma certa taxa
de juros, produzem resultados iguais numa data comum.

Exemplo:

R$1.000,00 hoje e R$1.210,00 daqui a dois meses são equivalentes a uma taxa de j.c. de 10% a.m.

4
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

01. Uma pessoa tem de pagar três parcelas no valor de R$1.000,00 cada uma, que vencem todo dia 05 dos
próximos três meses. Todavia ela combina com o credor um pagamento único equivalente no dia 05
do terceiro mês para quitar a dívida. Calcule este pagamento considerando juros compostos de 4%
ao mês.

02. (AFRF 2005) Ana quer vender um apartamento por R$ 400.000,00 à vista ou financiado pelo sistema
de juros compostos a taxa de 5% ao semestre. Paulo está interessado em comprar esse apartamento e
propõe à Ana pagar os R$ 400.000,00 em duas parcelas iguais, com vencimentos a contar a partir da
compra. A primeira parcela com vencimento em 6 meses e a segunda com vencimento em 18 meses. Se
Ana aceitar a proposta de Paulo, então, sem considerar os centavos, o valor de cada uma das parcelas será
igual a:

a) R$ 220.237,00
b) R$ 230.237,00
c) R$ 242.720,00
d) R$ 275.412,00
e) R$ 298.654,00

5
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

EXERCÍCIOS PROPOSTOS
01.(ESAF/AFCE-98) Obtenha o capital que, aplicado a juros compostos durante 12 meses, à taxa de 4%
ao mês, atinge o montante de R$ 1.000,00 (aproxime o resultado para reais).

a) R$625,00
b) R$630,00
c) R$636,00
d) R$650,00
e) R$676,00

02.(GEFAZ MG-2005) Ao fim de quantos trimestres um capital aplicado a juros compostos de 8% ao


trimestre aumenta 100% ?

a) 12,5
b) 12
c) 10
d) 9
e) 8

03.(AFTN/ESAF) Uma pessoa tem um compromisso de R$500.000,00 para ser pago daqui a 2 anos.
Admitindo-se a taxa de juros compostos de 18% ao ano, com capitalização quadrimestral, a pessoa deve
depositar hoje, para poder honrar o compromisso, a importância de:

a) R$ 352.480,30
b) R$ 355.490,20
c) R$ 356.278,50
d) R$ 357.072,20
e) R$ 359.091,80

04.(AFTN/ESAF) Uma financeira diz cobrar em suas operações uma taxa de juros compostos de 40% ao
ano, capitalizados trimestralmente. Nessas condições, a taxa de juros efetiva anual que esta sendo cobrada
ao devedor é de:

a) 46,41%
b) 47,26%
c) 48,23%
d) 49,32%
e) 40,00%

05.(ESAF/AFTN-98) O capital de R$ 1.000,00 é aplicado do dia 10 de junho ao dia 25 do mês seguinte, a


uma taxa de juros compostos de 21% ao mês. Usando a convenção linear, calcule os juros obtidos,
aproximando o resultado em real.

a) R$ 331,00.
b) R$ 340,00.
c) R$ 343,00.
d) R$ 342,00.
e) R$ 337,00.

6
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

06.(ESAF/AFRF-00) Um capital é aplicado a juros compostos durante seis meses e dez dias, a uma taxa
de juros de 6% ao mês. Qual o valor que mais se aproxima dos juros obtidos como porcentagem do
capital inicial, usando a convenção linear?

a) 46,11%.
b) 48,00%.
c) 41,85%.
d) 44,69%.
e) 50,36%.

07.Determine a taxa de juros mensal que deve ser aplicada a um capital de R$ 5.000,00 para se obter, no
regime de juros compostos, um montante de R$ 8.569,00 em 7 meses.

a) 6%
b) 7%
c) 8%
d) 9%
e) 10%

08.(AFRF/ESAF) Indique a taxa de juros anual equivalente à taxa de juros nominal de 12% ao ano com
capitalização mensal.

a) 12,6825%.
b) 12,5508%.
c) 12,4864%.
d) 12,6162%.
e) 12,3600%.

09.(ESAF/AFCE-98) Obter a taxa anual equivalente a taxa mensal de 5%, juros compostos, com
aproximação de uma casa decimal.

a) 60,0%
b) 69,0%
c) 74,9%
d) 77,2%
e) 79,6%

10.Depois de dois anos sem reajuste salarial uma categoria conseguiu um aumento de 26,5% nos salários.
Sabendo que a inflação acumulada no período(2 anos) foi de 10%, calcule o aumento real nos salários
desta categoria.

a) 17%
b) 16,5%
c) 16%

7
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

d) 15,5%
e) 15%

11.Se o governo decide dar um aumento real de 5% no salário mínimo e a inflação acumulada desde o
último reajuste foi de 4%, então o valor em reais do salário mínimo deverá ser reajustado em:

a) 9%
b) 9,1%
c) 9,2%
d) 9,3%
e) 9,4%

12. (ESAF/AFRF-2005) Uma empresa adquiriu de seu fornecedor mercadorias no valor de R$ 100.000,00
pagando 30% à vista. No contrato de financiamento realizado no regime de juros compostos, ficou
estabelecido que para qualquer pagamento que for efetuado até seis meses à taxa de juros compostos será
de 9,2727% ao trimestre. Para qualquer pagamento que for efetuado após seis meses, a taxa de juros
compostos será de 4% ao mês. A empresa resolveu pagar a dívida em duas parcelas. Uma parcela de R$
30.000,00 no final do quinto mês e a segunda parcela dois meses após o pagamento da primeira. Desse
modo, o valor da segunda parcela, sem considerar os centavos, deverá ser igual a:

a) R$ 62.065,00
b) R$ 59.065,00
c) R$ 61.410,00
d) R$ 60.120,00
e) R$ 58.065,00

13.(ESAF/AFRF-2005) Em janeiro de 2005, uma empresa assumiu uma dívida no regime de juros
compostos que deveria ser quitada em duas parcelas, todas com vencimento durante o ano de 2005. Uma
parcela de R$ 2.000,00 com vencimento no final de junho e outra de R$ 5.000,00 com vencimento no
final de setembro. A taxa de juros cobrada pelo credor é de 5% ao mês. No final de fevereiro, a empresa
decidiu pagar 50% do total da dívida e o restante no final de dezembro do mesmo ano. Assim,
desconsiderando os centavos, o valor que a empresa deverá pagar no final de dezembro é igual a:

a) R$ 4.634,00
b) R$ 4.334,00
c) R$ 4.434,00
d) R$ 4.234,00
e) R$ 5.234,00

14. (ESAF/AFRF-2005)Paulo aplicou pelo prazo de um ano a quantia total de R$ 50.000,00 em dois
bancos diferentes. Uma parte dessa quantia foi aplicada no Banco A, à taxa de 3% ao mês. O restante
dessa quantia foi aplicado no Banco B à taxa de 4% ao mês. Após um ano, Paulo verificou que os valores
finais de cada uma das aplicações eram iguais. Deste modo, o valor aplicado no Banco A e no Banco B,
sem considerar os centavos, foram, respectivamente iguais a:

a) R$ 21.948,00 e R$ 28.052,00
b) R$ 23.256,00 e R$ 26.744,00
c) R$ 26.589,00 e R$ 23.411,00
d) R$ 27.510,00 e R$ 22.490,00
e) R$ 26.447,00 e R$ 23.552,00

15.(ESAF/AFRF – 2002)A quantia de R$ 500.000,00 é devida hoje e a quantia de R$ 600.000,00 é


devida no fim de um ano ao mesmo credor. Na medida em que os dois compromissos não poderiam ser
honrados, uma negociação com o credor levou ao acerto de um pagamento equivalente único ao fim de
dois anos e meio. Calcule o valor deste pagamento considerando que foi acertada uma taxa de juros

8
Curso Intensivo Regular – 2007.2

MATERIAL 02 MATEMÁTICA FINANCEIRA


www.cursoparaconcursos.com.br PROF. ADRIANO CARIBÉ

compostos de 20% ao ano, valendo a convenção exponencial para cálculo do montante (despreze os
centavos).

a) R$ 1.440.000,00
b) R$ 1.577.440,00
c) R$ 1.584.000,00
d) R$ 1.728.000,00
e) R$ 1.733.457,00

16.(ESAF/AFRF – 2002) Um capital é aplicado a juros compostos à taxa de 20% ao período durante
quatro períodos e meio. Obtenha os juros como porcentagem do capital aplicado, considerando a
convenção linear para cálculo do montante.
Considere ainda que

1,204 =2,0736;
1,204,5 =2,271515 e
1,205 =2,48832.

a) 107,36%
b) 127,1515%
c) 128,096%
d) 130%
e) 148,832%

17. Um capital aplicado à taxa de 4% ao mês, no regime de juros compostos, triplica em,
aproximadamente:
Dados: log 1,04 = 0,017 e log 3 = 0,477

a) 26 meses
b) 28 meses
c) 30 meses
d) 32 meses
e) 50 meses

Gabarito:

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9
0 a d a a e d c a e
1 e c e d e b c b