Você está na página 1de 6

PROJETO CONTROLE SOCIAL E

CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE NO
TERRITÓRIO MADEIRA MAMORÉ

SISTEMATIZAÇÃO DO SEMINÁRIO
Controle social e exigibilidade de direitos:
orçamento público e complexo do Madeira

PORTO VELHO – RONDÔNIA


JULHO DE 2008
PARCEIRO
PROGRAMA WWF BRASIL

RESPONSÁVEIS TÉCNICOS PELO ACOMPANHAMENTO DO


PROJETO
ANA MARGARIDA CASTRO EULER
JUAN FELIPE NEGRET SCALIA

COORDENADOR DA POLÍTICA INSTITUCIONAL DA ADA AÇAÍ


SILVÂNIO MATIA

SECRETÁRIA EXECUTIVA INSTITUCIONAL E


COORDENADORA FINANCEIRA DO PROJETO
ILUSKA LOBO BRAGA

COORDENADOR GERAL DO PROJETO


EMANUEL MEIRELLES

COORDENADORA TEMÁTICA
ELIRIANE DOS ANJOS DA SILVA ALBUQUERQUE

COORDENADOR DO DIAGNÓSTICO
MANOEL ANTONIO VALDÉS BORRERO
(UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA)

ASSISTENTES DO PROJETO
DANIELA MOREIRA
JAKELINE CORDEIRO

ESTAGIÁRIOS DO DIAGNÓSTICO
JAMILA ANDRESSA ACEEL
JOSÉ FRANCISCO F. MACHADO
PAULA GRAZIELA S. MARINI
PAULO JACKSON BEZERRA VIANNA
REGINA MOREIRA TEIXEIRA
SUMÁRIO

1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 4

2 OBJETIVOS DO EVENTO 5

3 METODOLOGIA E PROGRAMAÇÃO 5
Incluir aqui a programação oficial da oficina

4 DESCRIÇÃO DO ANDAMENTO DOS TRABALHOS

5. PRINCIPAIS RESULTADOS E ENCAMINHAMENTOS A PARTIR DAS 49


EXPOSIÇÕES E DEBATES

6. AVALIAÇÃO
6.1 RESULTADO DA AVALIAÇÃO DOS PARTICIPANTES

6.2 RESULTADO DA AVALIAÇÃO DA EQUIPE DE TRABALHO DO


EVENTO
ANEXOS

ANEXO A - Tabulação das avaliações dos participantes


ANEXO B - Fotos
1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1.1 Data do evento: 28 de julho de 2008.


1.2 Local: Auditório da Universidade Federal de Rondônia
1.3 Promoção: ADA Açaí.
1.4 Participantes:
WWF Brasil;
Chefe da Controladoria Geral da União/ Seção Rondônia;
Representantes das entidades por município:
a) Porto Velho:
- Universidade Federal de Rondônia (professores e acadêmicos);
- Movimento Hip Hop da Floresta (MHF);
- Cooperativa Agroextrativista Ambiental (COOPEMARÉ)/ Comunidade
Cujubinzinho;
- Centro Agroecológico e Cultural (CEAC)/ Comunidade de Niterói;
- Instituto Madeira Vivo (IMV);
- Comunidade Santo Antônio;
- Comunidade Engenho Velho;
- Associação de ribeirinhos e pescadores de Jaci-Paraná.

b) Guajará Mirim:
- Comitê Binacional de Fronteira.

c) Nova Mamoré:
- Conselho Tutelar;
- Pastoral da Criança.

d) Candeias do Jamari:
- Associação Artística e Cultural de Candeias do Jamari (ACCJ);

e) Itapuã do Oeste:
- Associação dos Produtores Rurais da Aliança do Jamari (ASPRAJA);
- Cooperativa de Biojóias e Artesanato de Itapuã do Oeste (COOPBIAMIO).
2 OBJETIVOS DO EVENTO

 Socializar os resultados alcançados nos três eixos do projeto Controle


Social e Conservação da Biodiversidade no Território Madeira Mamoré
(TMM);

 Discutir os desafios e os avanços nas ações do projeto no primeiro semestre


de 2008;
 Contribuir com as temáticas sobre a problemática das usinas no Rio Madeira
e a necessidade do controle social nas políticas públicas de meio ambiente,
desenvolvimento rural e segurança alimentar.

3 METODOLOGIA

O seminário foi dividido em dois painéis:

 o primeiro, realizado pela manhã, foi intitulado Um olhar crítico sobre o


orçamento dos municípios do Território Madeira Mamoré (Porto Velho, Guajará
Mirim, Nova Mamoré, Candeias do Jamari, Itapuã do Oeste) e foi coordenado
por Eliriane dos Anjos, com exposições também de Jakeline Cordeiro e Daniela
Moreira;
 o segundo, à tarde, discutiu o tema Diagnóstico socioeconômico e ambiental
das comunidades ameaçadas pelo complexo do Rio Madeira. Foi coordenado
pelo Professor Manuel Antonio Valdés Borrero e os estagiários Jamila Andressa
Aceel, Paula Graziela S. Marini, Paulo Jackson Bezerra Vianna e Regina
Moreira Teixeira.
4 DESCRIÇÃO DO ANDAMENTO DOS TRABALHOS

DATA: ---/---- /---

4.1 MANHÃ:

PAINEL 1:Um olhar crítico sobre o orçamento dos municípios do Território


Madeira Mamoré (Porto Velho, Guajará Mirim, Nova Mamoré, Candeias do
Jamari, Itapuã do Oeste)

Os

Interesses relacionados