Você está na página 1de 35

SISTEMA

REPRODUTOR
FEMININO
E.M.Francisca de Paula E.J.A
3º Ciclo – Ciências
Profa. Ludimira Collares
ÓRGÃOS EXTERNOS DO SISTEMA
REPRODUTOR FEMININO

SEIOS

VULVA
OS SEIOS

O tamanho do seio varia de


uma mulher para outra, sendo
que, geralmente, um seio é
ligeiramente maior do que o
outro.

O seio é formado por um


tecido gorduroso e por
pequenas glândulas chamadas
glândulas mamárias.

Essas glândulas são ligadas


ao mamilo (bico) por canais,
através dos quais o leite passa
durante a amamentação. O
mamilo, em geral, é muito
sensível ao toque.
Conjunto dos
VULVA órgãos genitais
externos femininos

VULVA
A vulva é constituída por:

pêlos
púbicos

clitóris
grandes
Apesar
Apesardede
lábios
estar
estarna
na
abertura
vulva,
vulva,aauretra
uretra
pequenos da uretra
não
nãofaz
fazparte
parte
lábios
do
dosistema
sistema
reprodutor
reprodutore,e,
abertura sim,
da vagina sim,do
do
sistema
sistema
urinário.
urinário.
Os grandes lábios
GRANDES LÁBIOS
são duas dobras de
pele que têm a
função de proteger a
vulva.
Já os pequenos
lábios são duas
dobras de pele
que têm a função
de proteger a PEQUENOS
LÁBIOS
entrada da
vagina.
CLITÓRIS:
-Pequeno órgão
erétil localizado
CLITÓRIS acima da
entrada da
uretra.
URETRA - Possui a
mesma
estrutura do
pênis.
- Quando
estimulado,
pode levar a
URETRA: diferente nos homens na mulher ao ela
não faz parte do sistema reprodutororgasmo.
feminino.
É por onde sai a urina.
Entrada da
ENTRADA
vagina:
DA - por onde sai a
VAGINA
menstruação;
- onde se localiza
o hímen;
- por onde sai a
criança durante o
parto normal.
- local onde é
introduzido o
O hímen é uma membrana presente na entrada da
vagina. Normalmente, possui uma abertura anelar (em
forma de anel), por onde são eliminadas secreções e a
menstruação.

Existe para proteger as garotas durante a sua infância


dos riscos de infecções genitais.
O hímen é uma membrana que normalmente é rompida
na primeira relação sexual.

Entretanto, existem vários tipos de hímens como o hímen


elástico ou complacente. Esse tipo não se rompe facilmente
durante uma relação porque é constituído de fibras mais
elásticas.
ANELAR

SEPTADO

CRIBIFORME
Períneo = é o espaço entre o ânus e
a vulva.

Ânus
Os músculos pélvicos (do períneo) controlam o fluxo de
urina, a contração (aperto) da vagina e o bom encerramento
do ânus

O bom estado dos músculos do PERÍNEO é fundamental


para manter a integridade e o bom funcionamento da vagina
e da uretra e a posição dos órgãos dentro da pélvis.
EXERCÍCIOS PARA O PERÍNEO
1.Tente interromper o fluxo de urina quando estiver sentada na
privada. Se o conseguir fazer, significa que está a utilizar os
músculos corretos.

2. Imagine que está a tentar impedir a saída de gases. Contraia


os músculos que utilizaria numa situação dessas. Se sentir uma
sensação de “puxar”, significa que esses são os músculos
corretos para os exercícios pélvicos.
ATENÇÃO: Estes exercícios vão ajudar a prevenir
INCONTINÊNCIA URINÁRIA, PROLAPSO (ABAIXAMENTO) DO
ÚTERO. Além disso, influenciam na relação sexual, mantendo o
ÓRGÃOS INTERNOS
Diferente do masculino, a maioria dos órgãos do
genitais femininos encontra-se dentro do corpo da
mulher.

Tuba uterina
VAGINA
Formada por
pregas (ou rugas);
Liga o útero ao
meio exterior;
Órgão copulador
feminino;
Por onde passa a
menstruação e o
bebê no parto;
Canal elástico,
com cerca de 9 cm.
ÚTERO
PRINCIPAIS Órgão oco, com o
formato de uma pêra
CARACTERÍSITCA invertida.
S
A parte que dá para
a vagina se chama
colo do útero ou
cérvix. Este produz um
muco que serve para
protegê-lo de
infecções.

O útero é formado
por camadas. A mais
interna se chama
ENDOMÉTRIO.

É nela que o bebê


se fixa. Quando não
há fecundação, o
endométrio se solta,
ÚTERO, TUBAS UTERINAS E OVÁRIOS
FETO DE 21 SEMANAS
SENDO OPERADO NO ÚTERO DA
MÃE
TUBAS
UTERINAS
Antigas “Trompas de
Falópios”.

São dois canais que


ligam os ovários ao
útero.

Possuem em suas
pontas franjas que têm
a função de capturar o
óvulo quando liberado
pelo ovário.

Geralmente é na tuba
uterina que ocorre a
fecundação do óvulo
OVÁRIOS
Em número de dois
são responsáveis pelo
armazenamento e
amadurecimento dos
óvulos.

Também produzem os
hormônios
progesterona e
estrógeno.

Ao contrário do
homem, a mulher já
nasce com um
número exato de
óvulos para a
Fotos de ovários
humanos.
A cada mês acontece o amadurecimento
normalmente de apenas um óvulo que
poderá ser fecundado.
VISTA LATERAL DOS ÓRGÃOS
INTERNOS
OVULAÇÃO Meninos,
cheguei!
É a liberação do óvulo pelo ovário.

Pode acontecer de um ovário liberar dois ou


mais óvulos.

Também cada ovário pode liberar um óvulo


ou mais ao mesmo tempo.

Nesse caso, se houver fecundação, teremos


gêmeos.

No período da ovulação a mulher se sente


com mais libido, produz um muco cervical
transparente, como uma clara de ovo e até o
seu cheiro natural muda (para atrair um
parceiro).

Tudo concorre para que haja a geração de


Na imagem ao lado é
possível ver o óvulo
emergindo do folículo,
um saco vermelho
cheio de fluidos
localizado nos ovários
(área clara).

Ao ser expelido, o
óvulo vem envolvido
em uma espécie de
gelatina amarela
contendo células
CICLO MENSTRUAL

Tempo que decorre desde que se inicia uma


menstruação até ao dia anterior ao aparecimento
da menstruação seguinte.

Dura em média 28 dias, mas que pode variar


bastante de mulher para mulher.

Não confundir Ciclo Menstrual com o período


menstrual, que é a altura do ciclo em que
aparece o fluxo da menstruação e que dura, em
média, de 3 a 7 dias
CICLO MENSTRUAL

No Ciclo Menstrual podemos observar três fases, além


da menstruação:

ANTES,
ANTES DURANTE e DEPOIS
da ovulação
Antes da ovulação, a mulher produz mais
ESTRÓGENO.

Depois da ovulação, a mulher produz mais


PROGESTERONA .
Isso influencia seu organismo, levando a
mudanças...
A progesterona leva seu corpo a reter líquido.
Com isso, seus seios, sua barriga e até o seu
cérebro podem sofrer um certo ficam inchaço.
Vem, então, uma mudança em seu
comportamento: ela se torna mais irritadiça,
chorona sem paciência...
É A FAMOSA TPM!
TPM
COMO ACONTECE A
FECUNDAÇÃO ?
NIDAÇÃO

Zigoto (óvulo
fecundado) se fixando
na parede do útero.
O cordão umbilical
liga o bebê até a
mãe (placenta).

É por ele que a


criança respira,
come, solta a sua
urina.

Após nascer, o
cordão é cortado.
Depois de alguns
dias, ele cai e fica
apenas uma cicatriz
na criança.
FIM!