Você está na página 1de 14

A IMPORTÂNCIA DO S.I.

G NA
GESTÃO AMBIENTAL

 GESTÃO AMBIENTAL - MUCAMBO - CE

EQUIPE:

FERNANDO FERREIRA
JARDEL MELO
CHICO GILSON
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 É vasta a aplicação do S.I.G na gestão ambiental, em ambientes
antrópicos como cidades e grandes centros urbanos, auxiliando
como ferramenta essencial para elaboração de projetos voltados
a ocupações humanas, planejamento e gerenciamento urbano,
redes de infra-estrutura, e muitos outros.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 A utilização de um SIG torna-se uma ferramenta
importante a ser usada na Gestão, Controle e
Monitoramento Ambiental, na elaboração de Estudos
de Impactos Ambientais (EIA), Relatórios de Impactos
Ambientais (RIMA), Diagnóstico e Prognósticos
Ambientais, em Bacias Hidrográficas, Mapeamento
Temático, Geomorfológico, Pedológico, Geológico,
Vegetacional, Hidrológico, etc., visto que pode
proporcionar, além do armazenamento de imagens e
informações, o cruzamento destes, permitindo assim
uma visão mais ampla e precisa do local em estudo.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL

 Devido à vasta aplicabilidade do S.I.G. na Gestão Ambiental, esse


trabalho tem como foco demonstrar a importância desse sistema
no Mapeamento Temático, Diagnóstico Ambiental, Avaliação de
Impacto Ambiental, Ordenamento Territorial e nos Prognósticos
Ambientais.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 Os estudos de Mapeamento
Temático visam a caracterizar
e entender a organização do
espaço, como base para o
estabelecimento das bases
para ações e estudos futuros.
Como exemplo pode-se citar
levantamentos temáticos
como: geologia,
geomorfologia, solos,
cobertura vegetal.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 No Brasil esse estudo é
incipiente, especialmente em
escalas maiores. “Como o caso
da Amazônia, onde o mais
abrangente conjunto de dados
temáticos existente é o realizado
pelo projeto RADAM, no qual os
dados foram levantados na
escala 1: 250.000 e compilados
na escala 1:1.000.000”.
(MEDEIROS & CÂMARA, 1996).
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 A área de Diagnóstico Ambiental objetiva
estabelecer estudos específicos sobre
regiões de interesse, com vistas a projetos
de ocupação ou preservação. O
diagnóstico ambiental poder se definir
como o conhecimento de todos os
componentes ambientais de uma
determinada área (país, estado, bacia
hidrográfica, município) para a
caracterização da sua qualidade ambiental.
Portanto, elaborar um diagnóstico
ambiental é interpretar a situação ambiental
problemática dessa área, a partir da
interação e da dinâmica de seus
componentes relacionada aos elementos
abióticos e bióticos, e socioculturais.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 As informações adquiridas pelo SIG
auxiliarão no planejamento, servindo
de base para o conhecimento e o
exame da situação ambiental,
visando a traçar linhas de ação ou
tomar decisões para prevenir,
controlar e corrigir os problemas
ambientais (políticas ambientais e
programas de gestão ambiental).
Exemplos são os Estudo de Impacto
Ambientai (EIA) e seu respectivo
Relatório de Impacto Ambiental
(RIMA) e os estudos visando a
elaboração e implantação de plano
de manejo em Unidades de
Conservação.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL

 A avaliação de impacto ambiental é composta pelo


monitoramento dos resultados da intervenção
antrópica sobre o meio ambiente, incluindo
levantamentos de dados e informações provenientes
do SIG. Exemplo é a realização dos estudos sobre os
remanescentes da Mata Atlântica em toda a costa
leste brasileira, feito pela organização SOS Mata
Atlântica, onde o SIG foi peça fundamental para
elaboração desses estudos.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 A Gestão Ambiental assume ênfase como instrumento básico para o
desenvolvimento sustentável. Dessa mesma forma o SIG, essa ferramenta, é
imprescindível para o apoio à decisão a ser tomada sobre as questões ambientais e
sociais. Pois uma boa decisão relativa às questões socioambientais é
importantíssima para contribuição de uma sociedade mais sustentável e de um
ambiente mais equilibrado.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 Todos estes estudos têm uma característica básica: a
interdisciplinaridade. Decorrente da convicção de que não é
possível compreender perfeitamente os fenômenos ambientais
sem analisar todos os seus componentes e as relações entre
eles, estes projetos buscam sempre uma visão integrada da
questão ambiental em conjunto com a questão social.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 Os trabalhos de ordenamento
territorial objetivam normatizar a
ocupação do espaço, buscando
racionalizar a gestão do território, com
vistas a um processo de
desenvolvimento sustentado. Neste
cenário, está em andamento hoje no
Brasil uma grande quantidade de
iniciativas de zoneamento, que
incluem estudos abrangentes como o
zoneamento ecológico e econômico da
Amazônia Legal (Becker & Egler,
1996) e de aspectos específicos,
como o zoneamento pedo-climático
por cultura, coordenado pela
EMBRAPA.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL
 Referências bibliográficas
 Becker, B. K.; Egler, C. A. G.Detalhamento da Metodologia para Execução do Zoneamento Ecológico-
Econômico pelos Estados da Amazônia Legal. Brasília. SAE Secretaria de Assuntos Estratégicos/ MMA-
Ministério do Meio Ambiente. 1996.
 MEDEIROS, J. S.; CAMARA, G, Geoprocessamento para Projetos Ambientais, VIII Simpósio Brasileiro de
Sensoriamento Remoto, Salvador-BA, 1996.
 Moraes, A. C. R. Meio-Ambiente e Ciências Humanas. Edição do autor, 1997.
 Oliveira, Paulo Tarso Sanches de et al. Geoprocessamento como ferramenta no licenciamento ambiental
de postos de combustíveis. Soc. nat. (Online), 2008, vol.20, no.1, p.86-99. ISSN 1982-4513
 ROCHA, C. H. B. Geoprocessamento: tecnologia transdisciplinar. 3. ed. Juiz de Fora, Editora UFJF, 2007.
 SILVA, J. S. V. Análise multivariada em zoneamento para planejamento ambiental. Estudo de caso:Bacia
Hidrográfica do Rio Taquari MS/MT. 2003. 307f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola). Universidade
Estadual de Campinas, Campinas, 2003
 TEIXEIRA, A. O Perfil do Profissional de GIS; Rio de Janeiro: edição do autor, 2000.
 Teixeira, C. V.; Castro, C. E. Geoprocessamento no licenciamento ambiental - estudo de caso com mineração.
In: Simpósio Brasileiro de Cartografia, 21, 2003, Belo Horizonte. Anais... Rio de Janeiro: SBC, 2003.
 VEIGA, T. C. & SILVA, J. X. da. Geoprocessamento aplicado à identificação de áreas potenciais para
atividades turísticas: O caso do Município de Macaé– RJ. In: SILVA, J. X. & ZAIDAN, R. T. (Org.)
Geoprocessamento & Análise ambiental. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, p.179-215, 2004.
A IMPORTÂNCIA DO S.I.G NA
GESTÃO AMBIENTAL

 OBRIGADO!!!