Você está na página 1de 22

Moral e Ética

Brisa Moura
O que é ética?
Essa pergunta tão simples atormenta os
estudiosos do comportamento humano há
séculos.

Antes de tudo convém anotar que a ética


é sobretudo uma questão de relações
humanas.

Falar em ética é falar de relações entre os


seres humanos, de convivência social.
Aristóteles
ÉTHOS: Modo de ser, costume.

É o que determina o que fazer em


determinadas situações.
Exemplo: Marcar um compromisso e não
ir nem avisar.

Causa final do homem: Eudaimonia (bem


maior).
Kant
• Ética não individualista: O que eu devo
fazer.
• Ao praticar uma ação, você deve pensar
no outro.
• O outro não é um meio para atingir um
objetivo, mas sim como um fim.
Hans Jonas
•Ética da responsabilidade: seguir
preceitos que você gostaria que fossem
impostos para todos.
O que é ética?
Ética x Moral
• Moral: Possui uma compreensão coletiva/social. São
as “regras” que vivenciamos no dia a dia. Está
relacionada com a cultura, o tempo e o local.

A moral é única para todos.

• Ética: Pode ser compreendida como uma reflexão


individual acerca da moral coletiva.

Existe uma convenção ética social (ética local).


Ética x Moral
Leis: Ética ou moral???
Ética x Moral
Quando a ética social se altera, a
tendência é que a moral mude.
Ética x Moral
Ética x Moral
Corrupção é antiético?
Ética x Moral
Tudo que é imoral é antiético?
Ética x Moral

Imoral
Ou
Amoral???
Ética x Moral
Reconhece, mas não
segue os princípios
morais.

Imoral
Ou
Amoral???
Não conhece os princípios
morais: Crianças, deficientes
mentais, pessoas de outras
culturas, etc.
Por que existe a ética?
• Há necessidade de ética – conjunto de
sentimentos, de modos, de valores – porque
os seres humanos não vivem isolados.
• Os seres humanos são livres, sim; podem dizer
sim e não, usando o raciocínio e a lógica, mas
num ponto são escravos de sua natureza: o
homem é um ser social.
Ética Profissional
• A ética profissional é composta pelos padrões
e valores da sociedade e do ambiente de
trabalho que a pessoa convive.
• No meio corporativo, a ética profissional traz
maior produtividade e integração dos
colaboradores e, para o profissional, ela
agrega credibilidade, confiança e respeito ao
trabalho.
Importância da ética profissional
• Com uma conduta ética bem estruturada é
possível contribuir para a melhora do clima
organizacional, do trabalho em equipe e
respeito mútuo entre todos colaboradores.
• Com um ambiente de trabalho mais prazeroso
e amistoso é possível ter profissionais mais
engajados, motivados e satisfeitos.
Postura ética no trabalho

1 Honestidade

2 Respeito ao sigilo

3 Compromisso

4 Prudência
Código de Ética Profissional
Esses Códigos de Ética criados Fique atento às normas
pelos Conselhos existem para estabelecidas em sua
padronizar procedimentos profissão. Independentemente
operacionais e condutas de de ter ou não um Código
comportamento, garantindo a específico, todas as profissões
segurança dos profissionais e exigem o cumprimento de
dos usuários de cada serviço. valores morais e princípios
Eles estabelecem princípios éticos considerados universais
ético-morais de determinada como a honestidade, a
profissão, e preveem penas competência e a
disciplinares aos trabalhadores responsabilidade.
que não obedecerem aos
procedimentos e normas de sua
área, protegendo a
sociedade de injustiças e
desrespeito em qualquer esfera.
Por isso, cabe ainda aos
Conselhos a função de fiscalizar
o cumprimento dos Códigos de
Ética.
Código de conduta ética organizacional
• As empresas com um número elevado de
funcionários sentem mais a necessidade de
adotar um código de conduta ética
organizacional própria.

• Elas criam um instrumento que padroniza os


procedimentos de trabalho e estabelece
regras e valores de conduta para todas as
áreas, de forma igualitária.
Para refletir
Uma mulher estava quase morrendo devido a uma doença rara. Havia
um remédio que os médicos imaginavam que poderia salvá-la, e que um
farmacêutico da mesma cidade havia descoberto recentemente. A produção do
remédio era cara, mas o farmacêutico cobrava por ele dez vezes mais do que
lhe custava produzi-lo: O farmacêutico gastava R$ 400 em sua produção e
cobrava R$ 4000 pelo remédio.
Henrique, o marido da doente, procurou todos os seus conhecidos
para lhes pedir dinheiro emprestado, e tentou todos os meios legais para
2 só pôde obter uns R$ 2000. Henrique disse ao farmacêutico
consegui-lo, mas
que a sua mulher estava morrendo e pediu-lhe que vendesse o remédio mais
barato, ou que o deixasse pagar a prestações. Mas o farmacêutico respondeu:
‘Não, eu descobri o remédio e vou ganhar dinheiro com ele’.
Assim, tendo tentado obter o medicamento por todos os meios
3 desesperado, considera a hipótese de assaltar a farmácia para
legais, Henrique,
roubar o medicamento para sua esposa.

De acordo às regras morais vigentes, Henrique devo roubar o


4
medicamento?
Numa perspectiva ética, Henrique pode decidir que deve roubar o
medicamento?
OBRIGADA!