Você está na página 1de 22

Eleição e Livre-Arbítrio

Pelágio (Séc. IV)

“O pecado de Adão afetou apenas Adão”.


“As pessoas pecam por aprenderem pela socialização”.
“O ser humano não é de todo ruim”.
“Somos livres para escolher Deus”.
Agostinho (Séc. IV)

“Nascemos mortos”.
“Não somos livres por que o pecado nos tendencionam para
o mal”.
“Meu arbítrio foi afetado pelo pecado de tal maneira que sou
um escravo”.
“Somos reputados como cegos e mortos”.
Os concílios da época consideraram Pelágio herege.

Idade Média (Séc. XV) a igreja Católica adotou o semi-


pelagianismo.
Erasmo de Roterdam x Lutero

Lutero escreve o livro: Nascido escravo para refutar Erasmo


João Calvino (Francês - 1509 a 1564): 2ª geração da
Reforma.
Considerava o homem prejudicado na sua liberdade por
causa do pecado.
Calvino dizia que se Deus der a escolha para o homem
ninguém se salvaria.

Ele enfatizava a soberania e a graça de Deus.

50 anos após a Reforma toda Europa era reformada e


calvinista.
Arminianismo x Calvinismo
Jacobus Armínius (Holandês - 1560 a 1609)

Começou a ressuscitar as ideias de pelágio e de Erasmo de


Roterdam.
O Calvinismo era a doutrina oficial em toda Europa.
E foi aí que os discípulos de Armínio proporam a igreja da
Holanda a abandonar o calvinismo e foram chamados de
Remonstrantes.
Arminianismo x Calvinismo
Sínodo de Dort (1618 a 1619)

Cerca de 150 teólogos se reúnem para debaterem durante 1


ano em mais de 100 sessões o destino da doutrina oficial
que mais chegava próximo a Bíblia.
Arminianismo
1º Ponto (Livre-arbítrio): O pecado não afetou de todo o
homem. Ele ainda era livre para escolher por Deus.

2º Ponto (A Predestinação é condicional): Pré-ciência


(conhecimento do futuro)
Arminianismo
3º Ponto (Sacrifício Geral): Jesus morreu por todos.

4º Ponto (A graça de Deus pode ser resistida): Deus respeita


o livre-arbítrio.

5º Ponto (A queda da graça): Do mesmo jeito que o pecador


aceita Cristo, ele pode abandonar Cristo.
Calvinismo
1º Ponto (Total depravação): O arbítrio do homem está
prejudicado pela corrupção da sua natureza. Vontade,
sentimentos, faculdades, consciência etc.
O homem não pode, sem uma influência externa, entender
Deus, ouvir ou escolher por Deus.

2º Ponto (A Eleição é incondicional): Deus elege pela


soberania. Não existe injustiça em não escolher alguns.
Injustiça seria tirar o direito de alguém, mas nós pecadores
não tínhamos direito a nada.
Calvinismo
3º Ponto (Sacrifício Eficaz): Jesus morreu pelos eleitos.

4º Ponto (A graça é irresistível): O homem não tem poder


para resistir um chamado divino.

5º Ponto (Perseverança dos santos): É impossível perder a


salvação, pois ela foi conquistada por Cristo e não por mim.
E está baseada no fundamento da eleição.
Os cinco pontos do Calvinismo (TULIP)

Total Depravity
Unconditional Election
Limited Atonement
Irresistible Grace
Perseverance of the Saints
Ordo Salutis
Sequência (ordem) da salvação
Arminianismo
Arrependimento/fé => Regeneração => Justificação

Calvinismo
Regeneração => Arrependimento/fé => Justificação
Ilustrações
Lista do nome não está no céu (Arm.)
Pessoas caminhando para o abismo (As duas formas)
O homem morrendo afogado (As duas formas)
Porta “vinde a mim”
Só podem vir a mim aquele que o Pai o trouxer
Juiz de futebol
Carro sem alinhamento
Livre arbítrio

Livre-arbítrio é uma expressão que denota a vontade livre de


escolha, as decisões livres.

Capacidade livre de escolha. Nenhum agente externo pode


influenciar na decisão da sua escolha
Livre arbítrio x Livre agência

“Hoje não podemos decidir nada livremente, de maneira


isenta. Em nossas escolhas estão embutidas nossa
genética, traumas, preferências, tendências, experiências,
carga familiar, toda nossa história de vida vai contribuir para
tomada de decisão”.
Portanto, o estado ideal e neutro para executar uma escolha
não existe.
5 Solas
1º) SOLA SCRIPTURA

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino,


para a repreensão, para a correção, para a educação na
justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e
perfeitamente habilitado para toda boa obra”. (II Timóteo 3.
16 e 17).
5 Solas
2º) SOLA GRATIA

“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não


vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que
ninguém se glorie”. (Ef 2.8,9).
5 Solas
3º) SOLA FIDE

“visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé


em fé, como está escrito: O justo viverá por fé”. (Romanos 1.
17).
5 Solas
4º) SOLUS CHRISTUS

“Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao


Pai senão por mim. Se vós me tivésseis conhecido,
conheceríeis também a meu Pai”.(João 14. 6).
5 Solas
5º) SOLI DEO GLORIA

“Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para


que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai
que está nos céus”. (Mateus 5. 16).
Lema
Devemos resgatar hoje o lema dito pelo reformado holandês
Gisbertus Voetius:

“Ecclesia Reformata et Semper Reformanda Est”


(Igreja Reformada Sempre se Reformando)