Você está na página 1de 26

SIMBOLOS E LINGUAGEM

LINGUAGEM É EXPRESSAR
O QUE PENSAMOS E PARA
EXPRESSAR ESTA
LINGUAGEM CRIAMOS
SIMBOLOS
ALFABETO
A B C D E ...
FORMANDO UMA IDEIA
ATRAVES DE SIMBOLOS

TARTARUGA
A ORIGEM DO NATAL
Semíramis era casada com Ninrode (sua mãe)
e após a morte dele, estando ela grávida, deu
à luz a Tamuz. Semíramis reivindicou que
este filho era a re-encarnação de Ninrode. Ela
havia muito provavelmente escutado a
profecia do Messias de Gênesis 3:15, e
reivindicou que seu filho fora concebido de
maneira sobrenatural; Semíramis reivindicou
que Tamuz era a semente prometida, o
“Salvador”
A ORIGEM DO NATAL
Quando Tamuz era moço e sai para uma
caçada na mata, é morto por um porco
selvagem. Então, esta é a lenda que os
babilônicos criam, Semíramis reúne as
mulheres de Babilônia e vão jejuar e
chorar por Tamuz. Depois de 40 dias de
jejum e clamores, Tamuz volta à vida e
Semíramis passa a ser adorada como a
doadora da vida
A ORIGEM DO NATAL
Desenvolveu-se então em Babilônia uma
religião do culto chamado “culto à mãe com a
criança”, em que a mãe era adorada pois
trouxe o filho à vida novamente; o poder era
dela. Rapidamente essa religião espalhou-se
pelo mundo. Foi levada pelos fenícios
(grandes navegadores) e esse culto instalou-
se em várias partes do mundo. Os nomes de
Semíramis e Tamuz mudavam de acordo com
a língua do local:
A ORIGEM DO NATAL
NINRODE – OLORUM, ZEUS,
OSÍRIS, ARES, THEOS, DAIMON,
ADONIS, CRONOS, KRONI, ÓRION,
ENKI, NANNAR-SIN, NIMURDA,
GILGAMÉS, EL, BELIEL,
MARDUK, BAAL, MERODAQUE,
MOLOQUE, MALCÃ, JOSÉ;
A ORIGEM DO NATAL
TAMUZ – OXALÁ, BUDDHA, CUPIDO,
EROS, APOLO, BACO, DIONISIO,
KRISHNA, HORUS, JUNO, JÚPITER,
SATURNO, MARTE, MITRA,
KUKULKÁN, QUETZALCOATL,
SHAMASH, SIN, UTUDOS, NEBO,
NABU, DAMUZI, SURYA, ODIN, RA,
HADAD, ADAD, BAAL-ZEBUBE, BEL,
BELZEBU, MENINO JESUS;
A ORIGEM DO NATAL
SEMÍRAMIS – AFRODITE, ISIS,
VÊNUS, ARTEMIS, HEBE, HERA,
GAIA, CERA, RÉIA, HÁ-SHEM,
BAALATH, ISHTAR, AKU,
NINHURSAG, ASTARTE, DIANA,
MARIA.
O “NATAL” CRISTÃO
Parece incrível, mas a escolha da data não tem nada a
ver com o nascimento de Jesus. Os romanos
aproveitaram uma importante festa pagã realizada por
volta do dia 25 de dezembro e "cristianizaram" a data,
comemorando o nascimento de Jesus pela primeira vez
no ano 354. Aquela festa pagã, chamada de Natalis
Solis Invicti ("nascimento do sol invencível"), era uma
homenagem ao deus persa Mitra, popular em Roma.
As comemorações aconteciam durante o solstício de
inverno, o dia mais curto do ano. No hemisfério norte,
o solstício não tem data fixa - ele costuma ser próximo
de 22 de dezembro, mas pode cair até no dia 25.
ÁRVORE DE NATAL
SIMBOLO DE NINRODE
JUNTAMENTE COM JOSÉ

SEMIRAMIS – MARIA
(RAINHA DOS CÉUS – Jr 7:18

TAMUZ – MENINO JESUS


Jeremias 10:2-4
Assim diz o Senhor: "Não aprendam as
práticas das nações nem se assustem com os
sinais no céu, embora as nações se assustem
com eles.
Os costumes religiosos das nações são
inúteis: corta-se uma árvore da floresta, um
artesão a modela com seu formão;
enfeitam-na com prata e ouro, prendendo
tudo com martelo e pregos para que não
balance.
PRESÉPIO
1) Ankh Nes Meryre e filho Pepi.
2) Cyprus.
3) Madonna Guanyin, deusa da misericórdia
4) Matrika de Tanesara da India
5) Yasoda e Krishna.
6) Mãe e Filho 2000-1850 B.C.
7) Mexico, Jalisco 200 B.C.- 500 A.D.
8) Maya.
9) Mexico, Colima 200 B.C.- 500A.D.
10) Mykene, Grécia
11) deusa Sun , Arinna.
12) Virgem Maria (esta não é e virgem Maria da Bíblia)
PAPAI NOEL
PAPAI NOEL

SÃO
NICOLAU
PAPAI NOEL
SÃO
NICOLAU E
SEU ALTER
EGO
KRAMPUS
PAPAI NOEL
I Corintios 10:20-21
20 - Antes digo que as coisas que os
gentios sacrificam, as sacrificam aos
demônios, e não a Deus. E não quero
que sejais participantes com os
demônios.
21 - Não podeis beber o cálice do Senhor
e o cálice dos demônios; não podeis ser
participantes da mesa do Senhor e da
mesa dos demônios.
GUIRLANDAS

são símbolos da celebração memorial aos


deuses, significam um adorno de
chamamento e legalidade da entrada de
deuses.
OS ELFOS – Elementais do ar
FADAS – Elementais do ar
DRAGÕES – Elementais da água
e do fogo
SEREIAS – Elementais da água
GNOMOS – Elementais da terra
Mateus 15:3
Ele, porém, respondendo,
disse-lhes: Por que transgredis
vós, também, o mandamento
de Deus pela vossa tradição?