Você está na página 1de 36

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do

Amapá
Licenciatura em Química
Didática aplicada a química

Aluno(a): Jamily da Silva Jardim

ANÁLISE DO LIVRO DIDÁTICO:


Ser Protagonista (Química)

Macapá- AP
2019
Sobre os autores:
Bibliografia
FICHA TÉCNICA

• Coleção: Ser Protagonista/Química / 1º ano do ensino médio


• Editora: Edições SM
• Editor responsável: Murilo Tissoni Antunes
• Edição: 2 ª (2013)
• Local e data da publicação: São Paulo, 2013
• Número de capítulos: 17 capitulo\10 unidades
• Número de páginas: 320
UNIDADES (LIVRO 3° ANO)
• Unidade 1 : O carbono e seus compostos;
• Unidade 2 :Funções orgânicas: características gerais e nomenclaturas;
• Unidade 3 :Reações orgânicas;
• Unidade 4 :Polímeros;
Sumário
Abertura da unidade
• ANaabertura
página seguinte
do capítulo
aindaé
exposto
na folhaemdepágina
abertura,
duplahá,
acompanhado
questões que permitem
de uma
imagem que
despertar o contextualiza
interesse do
o assunto
aluno, de formageral
a captarda
o
unidade, alémprévio.
conhecimento de conter
um texto motivador,
dizendo a respeito do
assunto.
Abertura do capítulo

• Nas aberturas dos capítulos


há uma fotografia e o texto
motivador, é apresentado os
conteúdos abordados pelo
capítulo. Além de questões
com o intuito de obter o
conhecimento prévio do
aluno.
LINGUAGEM
• O livro apresenta linguagem clara, moderna e cientifica.
• Cuidadosamente escrita para facilitar a compreensão, apresentando
sempre que possível uma relação direta com o elementos comuns a
realidade de qualquer estudante.
• O texto apresenta a tecnicidade para a compreensão da química.
RECURSOS VISUAIS
• O livro possui um total 723 imagens, todas com uma boa nitidez;
• As imagens, em todos os casos, possui uma relação direta ou
indireta com o conteúdo apresentado;
• A maior parte das imagens apresentadas não ajudam na
compreensão dos assuntos elas tem a função mais de
contextualizar.
• O livro não explora o uso de diagramas;
• O livro não possui muitos desenhos.
Quadros temáticos

• Química tem história


Traz informações de interesse
histórico, sobre descobertas e
experimentos.
Quadros temáticos

• Química e ... (biologia,


física ou matemática).

Relaciona determinado
conteúdo de química com
outras disciplinas.
Quadros temáticos

• Saiba mais

Fornece aplicações de
química no cotidiano,
curiosidades, entre outros
assuntos pertinentes ao
tema do capítulo.
Quadros temáticos
• Você se lembra?
Remete ao aluno
algum conhecimento
prévio, que poderá se
constituir como pré-
requisito para o
entendimento do
assunto.
Quadros temáticos

• Ação e cidadania

Apresenta informações
sobre legislação, meio
ambiente e saúde, além
de campanhas e políticas
públicas.
Quadros temáticos

• Para ( fazer, pensar ou


pesquisar)

Indica um momento em
que o aluno deve ser
protagonista.
Quadros temáticos

• Exercícios resolvidos
Apresenta estratégias na
resolução de atividades.
ABORDAGEM
• Os conteúdos são trabalhados de forma igualitária, todos eles iniciados
a partir de um tema gerador, que relaciona os conteúdos a ser
estudado com uma situação ou objeto do cotidiano de forma
dinâmica. Além disso, são feitas indagações em toda introdução com o
objetivo de estimular a leitura em busca de respostas.
• As abordagens presentes estão no cotidiano dos estudantes,
independente da região do país.
ABORDAGEM

• De formar geral, os conteúdos são apresentados favorecendo a


construção do conhecimento cientifico, entretanto, em alguns
momentos, é observado a aplicação de métodos que reforça a
memorização. Esses momentos, muita vezes é indispensável, pois há
impossibilidade de outra tipo de abordagem.
CONTEXTUALIZAÇÃO

• Os conteúdos são trabalhados em pequenos blocos, cada bloco


apresenta um quadros de sugestões de interdisciplinaridade e fatos
curiosos que podem ser explicados através da química. Tais quadros
são denominados como: Química e Física, Química e Biologia, Química
tem história e Saiba mais.
• Cada bloco é finalizado com um seção denominada: Ciências,
tecnologia e sociedade que objetiva, prioritariamente a
contextualização.
Abordagem de ciência, tecnologia e
sociedade
• Texto predominantemente
cientifico e questões para
análise e discussão são
propostos para uma
reflexão mais aprofundada
sobre o texto e o assunto
estudado no capítulo.
CONTEXTUALIZAÇÃO

• São 17 temas que abordam o cotidiano, limitando a aspectos,


científicos, sociais e socioeconômicos. Deixando a desejar no quesito
cultural e étnicos, além de não possuir nenhuma relação do
conhecimento apresentado com saberes populares.
CONTEXTUALIZAÇÃO
CARATER DA CONTEXTUALIZAÇÃO

0.5
0.45
0.4
0.35
0.3
0.25
0.2
0.15
0.1
0.05
0
CIENTIFICO SOCIAL SOCIECONÔMICO
EXPERIMENTAÇÃO
• Apresentam títulos
especifico em cada
experimento
• Apresentam
objetivos específicos
• Roteiro claro e
sistemático
• Apresenta questões
norteadoras para
discussão; (ex.p.99)
EXPERIMENTAÇÃO
• Para avaliar a aplicabilidade dos experimentos disposto, foi utilizado
uma escala com os seguintes parâmetros:

ALTA: fácil aplicabilidade, apresenta pouca ou


nenhuma necessidade de laboratório, não utiliza
reagentes perigosos e nem instrumentos complexos

MÉDIA: Possível
adaptação

BAIXA: Extremamente complexo, com uso de


instrumentos e reagentes de difícil acesso e
descarte.
EXPERIMENTAÇÃO
• METODOLOGIA DE ANÁLISE

 Faz uso de materiais de laboratório?


 É possível realizar fora do laboratório de química?
 Sua aplicação pode ser um elemento para a aprendizagem?
EXERCÍCIOS
• Cada bloco apresenta: exercícios resolvidos, atividades
experimentais, questões globais (cuja o objetivo e exercitar em
totalidade o conteúdo apresentado) e vestibular e Enem. Dessarte,
divide-se em exercício que recrudesce o conhecimento e exercícios
que apenas salienta a mecanicidade necessária para o ENEM e
outros vestibulares.
Atividades
• Ao final de cada módulo (ou
de uma sequência de
módulos) há atividades
relacionadas ao conteúdo
estudado, trabalhando
diferentes habilidades e
competências.
Questões globais
• Atividades que articulam
conhecimentos
abordados em diferentes
capítulos ou módulos.
Vestibular e enem
• Questões retiradas do
enem e de principais
vestibulares.
Críticas
Em uma visão de educação ambiental com o livro Ser protagonista-
Química, Batista e Sá (2016,p.5) afirmam:

“[...]O autor busca a contextualização da química com o cotidiano


não como um modismo, mas dentro de uma concepção que
destaque seu papel na sociedade mediante uma contextualização
social, política, filosófica, econômica e ambiental. Auxiliando no
ensino-aprendizagem dos alunos. Ou seja, verifica-se uma
abordagem dos conceitos químicos de forma contextualizada,
relacionando cotidiano e Educação Ambiental.”
Referências
BATISTA, Maria;Sá, Roberto. ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE
QUÍMICA. 18º. 2016, Florianopólis. Anais do 18º encontro nacional de
ensino de química , Florianopólis: UFSC/SC;ALB, 2016. Disponível em:
http://www.eneq2016.ufsc.br/anais/resumos/R1146-1.pdf. Acesso em:
05 Mai. 2019.