Você está na página 1de 9

ETNOCENTRISMO E

RELATIVISMO
CULTURAL
Prof. Breno Rodrigo de Oliveira Alencar
ETNOCENTRISMO

Corresponde a uma visão do mundo onde o


nosso próprio grupo é tomado como centro de
tudo, e todos os outros são pensados e sentidos
através dos nossos valores, nossos modelos,
nossas definições do que é a existência.
DESDOBRAMENTOS DO
ETNOCENTRISMO

Estereótipo
É uma noção que possui duas características básicas: é ao
mesmo tempo generalizador e redutor. Vejamos. Quando
se diz que “todo brasileiro gosta de praia e futebol ou que
todo paraense bebe açaí”, se está acionando um
estereótipo.
DESDOBRAMENTOS DO
ETNOCENTRISMO
Estigmatização
Corresponde a uma rotulação
negativa que identifica pessoas como
desviantes, não porque seu
comportamento viole normas, mas
porque elas têm características
pessoais ou sociais que levam outras
pessoas a excluí-las.
DESDOBRAMENTOS DO
ETNOCENTRISMO
Discriminação
Tratamento desigual e desfavorável dado a uma
pessoa ou grupo com base em características
raciais ou étnicas.

Preconceito
É uma atitude cultural positiva ou negativa
dirigida a membros de um grupo ou categoria
social. Como atitude, combina crenças e juízos de Dorothy Counts. Primeira estudante negra admitida numa escola pública
americana (de brancos). 4 de setembro de 1957.
valor com predisposições emocionais positivas ou
negativas.
DESDOBRAMENTOS DO
ETNOCENTRISMO
Racismo
Muito mais que apenas
discriminação ou preconceito racial,
é uma doutrina que afirma haver
relação entre características raciais e
culturais e que algumas raças são,
por natureza, superiores a outras.
Hereros sobreviventes após fuga pelo árido deserto de Omaheke (Namíbia).
Por volta de 1900.
DESDOBRAMENTOS DO
ETNOCENTRISMO
Xenofobia
Aversão ao estrangeiro, um tipo de
sentimento com fundamento na cultura.

Intolerância
É uma atitude mental caracterizada pela falta
de habilidade ou vontade em reconhecer e
respeitar diferenças em crenças e opiniões.
RELATIVISMO CULTURAL

Representa o oposto ao Etnocentrismo, pois trata-se é


uma atitude de se observar sistemas culturais sem uma
visão etnocêntrica da sociedade vigente, ou seja, realizar
a observação sem usar nenhum meio ou parâmetro pré-
concebido pela cultura em que se vive e, assim, realizar
um estudo e/ou observação do sistema cultural sem
nenhum pré-conceito.
MULTICULTURALISMO E
POLÍTICAS DE
RECONHECIMENTO
• Conceitos surgidos como forma de combate ao etnocentrismo
• Surgem como consequência do processo de descolonização na
África e na Ásia (déc. 1960)
• Se desdobra em movimentos sociais que buscam políticas de
ação afirmativa. Os mais conhecidos são o Sistema de Cotas
(Lei Federal n° 21.711/2012) e o Estatuto da Igualdade Racial
(Lei federal nº 12.288).