Você está na página 1de 23






m 6 ÷6     

m   

m 6 6 ÷6    6 

m Ú  ÷Ú  

m 6 
m         
m           
   
m     ÷    
    

m   
m          
       
m        
      
m  ÷ !
  
m O circuito de disparo do tiristor representado na Fig.3 consiste
essencialmente
m numa mono estável que reage ao flanco positivo daquele sinal. À saída da
m Mono estável obtêm-se um impulso com uma duração programada
exteriormente
m pela resistência R e pelo condensador C. A duração do impulso depende
das
m características de ³gate´ do tiristor a utilizar (neste caso 10ms). Este
impulso
m necessita ser amplificado de modo a ser injectada na ³gate´ corrente
suficiente
m para se dar o disparo do tiristor. Para isso utiliza-se um transístor de ganho
m elevado. O transístor transita da saturação ao corte estabelecendo uma
tensão no
m primário do transformador de impulsos sempre que surja o impulso na
saída da
m mono estável. O transformador de impulsos estabelece o isolamento
galvânico
m entre o circuito de potência e o circuito de comando
m ñ   
m              "#$
m
m  "#$       %     &'&' "    
             
m
m  6  ÷"   # $ 
       
m           ( ñ $)"ñ$ ÷ * +    
 *         

m
m ,       "#$     -     
.              
m /0                   "#$
m .      0 &'1         
2   
m
m ,     0      ÷
      
    3 
m ÿ  ÿ6 #  "#$            
        0     
  4                
m
m #       "#$   (         ,
          (         
                 (  
 
m
m '    (           
          .     
   3 
m ,                  (   
      
m #5 6 57789%77/
m #: 6 57789%77/
m ;5 6 ;: 6 <7  =7      .  .  5>
m   .    57´  <  57   
m ;               
           
    
m ;           ÷ 
 "#$
        (    
        
m
m ,        "#$  
ñ7::7,? ÷ 
 .   "ñ  
m
m "      57,    
.      :77/  5777/ ֖':576:77/1
ñ'%576%77/1 ñ'=576=77/1 ñ'>576>77/ 
ñ'575765777/

m
m     4           
        0     
        ) ÷   

m
m @  . A  )   "#$       ÷   . 

m
m  6 ÿ6   6    ÿ ÿ
m )   ,B
m $  )
m ,        
m #   ,B
m
m ÿ6   Ú ÿÚ
m
m '   )CD E )C: E )C5
m 
 )C67              ÷.F
1
m .
  0              1
m 
          "#$ ÷  
    
              1
m 
   "#$       )G     
. A  ) 
m       .          
                
  '&'
m        3 .  &'&        
m H                 
  
m                    
m '           &'&        
      '&'          
m G       "#$        
m @              .  
             4    
  
m &                  .  
 "#$
m &   "#$                
  
m
m " . I
m
ñ  
ë   

       
   
    
  
    
 ë 
   ë


 
    
   
    
 
<    <           



<  
m 6   6 
m l       J  2 
 
m &   4    
  .  
        
      
"J.I
m 
 
   
            4     
 J '      (  $5 
$: 0   
 #      $# 
   ÷±
  ÷$5
+ $:
A #
    
 J        
    
       
       
    
,    J     (  $D      J 0
              
 #
K            
    ÷ 3   D7 /
    
   3    J        
       ÷$

         
÷$5 + $:
A #  $:       
     $: 0      
 #    ×
G   J

& ×
      
   J          '
        $:    
    #      G
A      $5 0  
 J   $:       
         
J 
m ,    J        
       
m K            
    ÷ 3   D7 /
    
   3    J       
   ÷$
    
m &  
  ÷DL 
   
 

    


 
 J 
0   ñ 
 
      ñ 


     

[  

 
[ 

      

   
 .
       
 
    
   
    
 
  

 
 
 

#    ÷5L
   
 
   & 
  . 


  
     
       /$
.  
.   . A
ñ 
 
ñ 
    
[  


    J 
[ 
 
      ÷/ñ

 
#   [

     
   /$   

  ! ÷.
 ñ  
    
.   J  
   
 
  

 
 
 
     
     /$
m 6 

ñ.     "#$     ;,"#$
÷;  ,   "#$

ñ   "#$ 0        
   
" A  0 &'  3     0
       J   
"#$
m #    ÷5L



   
  
  & 
  . 
  
      
      /$
ñ  .   .
 
ñ    . A


[  
 [ 
    
 

 
 
    J  
  ÷/ñ
 #  
[
 
       /$

   ! ÷.
 ñ
       
 .   J  
    
   
 
  

      /$
  
 

Ú Ú  
m "            J      
       J  A   

m ñ   J 4        . A   J  


 ÷)
   A               Cñ
                
        
Ô8)