Você está na página 1de 37

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

Parte II Operação

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

1 - PAINEL DO COMANDO

Este capítulo tem como objetivo orientar o manuseio do painel e botões do comando, a fim de executarcomsegurançaqualquerprocedimentooperacional.

VISTA DO PAINEL DO COMANDO

VISTA DO PAINEL DO COMANDO PAINEL DE EXIBIÇÃO PAINEL DE PROGRAMAÇÃO PAINEL DE

PAINEL DE

EXIBIÇÃO

VISTA DO PAINEL DO COMANDO PAINEL DE EXIBIÇÃO PAINEL DE PROGRAMAÇÃO PAINEL DE OPERAÇÃO PAINEL DE

PAINEL DE PROGRAMAÇÃO

PAINEL DE

OPERAÇÃO

PAINEL DE

EXECUÇÃO

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

1.1 - Detalhes do Painel de Exibição

VÍDEO

PORTA PCMCIA (MEMORY CARD)

do Painel de Exibição VÍDEO PORTA PCMCIA (MEMORY CARD) SOFTKEYS Descrição do painel de exibição Nome

SOFTKEYS

Descrição do painel de exibição

Nome

Função

VÍDEO

Exibe todos os eventos do comando (interface entre o operador e o sistema operacional)

PORTA

PCMCIA

Porta para comunicação de dados utilizando o Memory Card

SOFTKEYS

Botões para navegação no comando

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

1.2 - Detalhes do Painel de Programação

TECLAS

ALFANUMÉRICAS

PÁGINAS

RESET

Painel de Programação TECLAS ALFANUMÉRICAS PÁGINAS RESET ALTER C A N SHIFT DELETE PAGE UP /
Painel de Programação TECLAS ALFANUMÉRICAS PÁGINAS RESET ALTER C A N SHIFT DELETE PAGE UP /
ALTER
ALTER

CAN

SHIFT

DELETE

PAGE UP / DOWN
PAGE UP /
DOWN

INPUT

CUSTOM

C A N SHIFT DELETE PAGE UP / DOWN INPUT C U S T O M

HELP

CURSORES

INSERT

Descrição do Painel de Programação

Nome

Função

RESET

Rebobina o programa, cancela alarmes, apaga o programa MDI, etc.

HELP

Ajuda do comando para os seguintes tópicos: operação, parâmetros e detalhes de alarmes

TECLAS

Letras, números e outros caracteres para a criação e a alteração dos dados do comando.

ALFANUMÉRICAS

SHIFT

Segunda função. É utilizada para inserir os caracteres secundários nas teclas de edição. Exemplo: SP (espaço), #, (, ), etc.

INPUT

Introduz dados no comando (geralmente utilizado para a introdução de parâmetros)

CAN

Cancela o último caracter, quando estiver na linha de edição.

INSERT

Introduz dados no comando (geralmente utilizado para a introdução de dados no programa)

ALTER

Altera os dados no programa

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

Nome

Função

DELETE

Apaga os dados do programa

PÁGINAS

Exibe as páginas do comando. São elas: POS (posições), PROG (programas),OFFSETSETTING(dadosferramenta,peça),SYSTEM (parâmetros),MESSAGE(alarmesemensagens)eGRAPH(gráfico)

CUSTOM

Exibe a página de inicial do comando e os diferenciadores Romi

CURSORES

Movimenta o cursor do comando

PAGE UP / DOWN

Movimenta a página para cima (PAGE UP) ou para baixo (PAGE DOWN)

1.3 - Detalhes do Painel de Operação

baixo (PAGE DOWN) 1.3 - Detalhes do Painel de Operação EIXOS (Z, A) EDIT CHIP CONV.

EIXOS

(Z, A)

DOWN) 1.3 - Detalhes do Painel de Operação EIXOS (Z, A) EDIT CHIP CONV. CW MDI
DOWN) 1.3 - Detalhes do Painel de Operação EIXOS (Z, A) EDIT CHIP CONV. CW MDI
DOWN) 1.3 - Detalhes do Painel de Operação EIXOS (Z, A) EDIT CHIP CONV. CW MDI
EDIT
EDIT

CHIP CONV.

CW

MDI

do Painel de Operação EIXOS (Z, A) EDIT CHIP CONV. CW MDI MPG PROG TEST OPT
do Painel de Operação EIXOS (Z, A) EDIT CHIP CONV. CW MDI MPG PROG TEST OPT
do Painel de Operação EIXOS (Z, A) EDIT CHIP CONV. CW MDI MPG PROG TEST OPT

MPG

PROG

TEST

OPT

STOP

TEACH

CHIP CONV.

CCW

CHIP CONV.

STOP

CLNT CLNT CLNT ON OFF AUTO EIXOS (X, Y) SPDL SPDL CW SPDL CCW STOP
CLNT
CLNT
CLNT
ON
OFF
AUTO
EIXOS
(X, Y)
SPDL
SPDL
CW
SPDL
CCW
STOP

AUTO

HOME

CLNT ON OFF AUTO EIXOS (X, Y) SPDL SPDL CW SPDL CCW STOP AUTO HOME DRY
CLNT ON OFF AUTO EIXOS (X, Y) SPDL SPDL CW SPDL CCW STOP AUTO HOME DRY
CLNT ON OFF AUTO EIXOS (X, Y) SPDL SPDL CW SPDL CCW STOP AUTO HOME DRY

DRY

RUN

JOG

SINGL

BLOCK

BLOCK

DELETE

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

Descrição do Painel de Operação

Nome

Função

AUTO

Modo de execução automática

EDIT

Modo de edição de programas

MDI

Entrada manual de dados

HOME

Referenciaramáquina

JOG

Movimentaçãocontínuadoseixos

MPG

Movimentaçãomanualdoseixos

TEACH

Elaboraçãode programas via posicionamento manual

SINGL

Ativa / desativa a execução de programas bloco a bloco

BLOCK

BLOCK

Ativa / desativa a omissão dos blocos do programa inicializado com "/ "(barra) durante a execução do mesmo

DELET

OPT

Ativa / desativa a parada do programa através da função M01

STOP

DRY

Ativa / desativa teste de programa commovimentaçãorápida dos eixos

RUN

PRG

Ativa / desativa teste semmovimento dos eixos

TEST

TRVRS

Aumenta o avanço dos eixos se acionado durante uma movimentação contínua

SPDL

Indica se o eixo-árvore está girando no sentido horário

CW

SPDL

Indica se o eixo-árvore parado

STOP

SPDL

Indica se o eixo-árvore está girando no sentido anti-horário

CCW

CLNT

Liga o refrigerante de corte manualmente

ON

CLNT

Desliga o refrigerante de corte manualmente

OFF

CLTN

Liga / desliga o refrigerante de corte através da programação das funções M08 e M09, respectivamente.

AUTO

CHIP CONV.

Liga o transportador de cavaco (sentido horário - normal)

CW

CHIP CONV.

Liga o transportador de cavaco (sentido anti-horário - inverso)

CCW

CHIP CONV.

Desliga o transportador de cavaco

STOP

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

1.4 - Detalhes do Painel de Execução

MACHINE CNC FEEDRATE SPINDLE EMERGENCY ON ON OVERRIDE OVERRIDE STOP CYCLE CYCLE CHAVE GUARD CHAVE
MACHINE
CNC
FEEDRATE
SPINDLE
EMERGENCY
ON
ON
OVERRIDE
OVERRIDE
STOP
CYCLE
CYCLE
CHAVE
GUARD
CHAVE
STOP
START
LOCK
DOOR
SETUP

Descrição do Painel de Execução

Nome

Função

CNC

Liga o comando (CNC)

ON

MACHINE

Ligaamáquina

ON

FEEDRATE

Aumenta / diminui o avanço programado dos eixos durante a execução do programa (de 0 a 200 %)

OVERRIDE

SPINDLE

Aumenta / diminui a rotação programada durante a execução do programa (de 50 a 120 %)

OVERRIDE

EMERGENCY

Parada de emergência

STOP

CHAVE

Ativa / desativa trabalhar com a porta aberta

SETUP

CHAVE

Ativa/desativa o modo de "SETUP" do operador, permitindo-o executar alguns eventos com a porta aberta

LOCK

GUARD

Habilita a abertura da porta

DOOR

CYCLE

Pára a execução do evento (programa, MDI, etc.)

STOP

CYCLE

Executar o evento (programa, MDI, etc.)

START

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

1.5 - Detalhes do Painel Remoto

- CNC Fanuc 21i - MB 1.5 - Detalhes do Painel Remoto SELETOR DE EIXO (X,

SELETOR DE EIXO (X, Y, Z ou 4) É usado para selecionar o eixo desejado para movimentação através da manivela eletrônica.

MANIVELA ELETRÔNICA

É

eixos manualmente.

usado

para

movimentar

os

ELETRÔNICA É eixos manualmente. usado para movimentar os SELETOR DE AVANÇO (x1, x10 ou x100) É
ELETRÔNICA É eixos manualmente. usado para movimentar os SELETOR DE AVANÇO (x1, x10 ou x100) É

SELETOR DE AVANÇO (x1, x10 ou x100) É usado para selecionar o avanço

por pulso da manivela eletrônica, sendo que:

• 0,001 mm/pulso

x1

=

• x10

=

0,01 mm/pulso

• x100 =

0,1 mm/pulso

1.6 - Outros detalhes do Painel do Comando

= 0,1 mm/pulso 1.6 - Outros detalhes do Painel do Comando TOMADA (110 V) PORTA SERIAL
= 0,1 mm/pulso 1.6 - Outros detalhes do Painel do Comando TOMADA (110 V) PORTA SERIAL
= 0,1 mm/pulso 1.6 - Outros detalhes do Painel do Comando TOMADA (110 V) PORTA SERIAL

TOMADA (110 V)

PORTA SERIAL (RS 232)

É

comunicação serial

usada

para

fazer

SONORIZADOR Emite um sinal sonoro caso ocorra determinados alarmes

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

2 - LIGAR A MÁQUINA

- Ligar a chave geral situada atrás da máquina

- Pressionar o botão "CNC ON" para ligar o CNC (aguardar o processo de inicialização)

- Desativar o botão de emergência

- Acionar a tecla "RESET"

- Pressionar o botão "MACHINE ON"

Nota: Nas máquinas com trocador de 22 ferramentas deve-se, após este procedimento, fazer o referenciamento do trocador de ferramentas, conforme o capítulo 4.2.

3

- DESLIGAR A MÁQUINA

-

Pressionar o botão de emergência

-

Desligar a chave geral.

4

- REFERENCIAR A MÁQUINA ( MACHINE HOME )

4.1 - Referenciar os eixos:

Antes de referenciar os eixos, deve-se observar se os mesmos já não estão próximos do ponto de referência. Caso positivo, deve-se movimentá-los no sentido negativo (X-, Y- e Z- ) para que saiam desta posição, conforme o capítulo 5. Para referenciar os eixos, deve-se:

- Acionar "HOME"

- Acionar "CYCLE START".

OBSERVAÇÕES:

- O processo de referenciamento dos eixos não é obrigatório ao se ligar a máquina. Portanto este procedimento só é necessário quando a tecla "PROG TEST" for utilizada.

- A tecla "HOME" permanece acesa enquanto se processar o referenciamento

- Ao término acende-se a tecla "JOG" automaticamente. Indicando que o referenciamento

terminou.

- Não movimente a máquina enquanto o referenciamento não tiver sido completado.

4.2 - Referenciar o trocador de ferramentas

Este processo é necessário somente para as máquinas equipadas com o trocador automático de ferramentas de 22 posições. Para referenciar o magazine deve-se:

- Acionar "JOG"

- Acionar "HOME ATC"

OBSERVAÇÃO:

- Neste referenciamento o magazine será indexado até a sua posição 1.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

5 - MOVIMENTAR OS EIXOS MANUALMENTE

5.1 - Movimentar os eixos através do Jog Contínuo

-

Acionar "JOG"

-

Acionar a tecla correspondente ao eixo (X, Y, Z ou A) e ao sentido de deslocamento (+ ou -).

Ex: X-

OBSERVAÇÕES:

- O eixo pára, quando a tecla for desacionada.

- O avanço de "JOG" pode ser ajustado através do seletor "OVERRIDE".

- Pressionando a tecla

"TRVRS" simultaneamente a tecla de movimentação do eixo, o

avanço será aumentado para até 5000 mm/min, dependendo do ajuste do seletor "OVERRIDE".

5.2 - Movimentar os eixos através da manivela eletrônica

- Acionar a tecla "MPG"

- No painel remoto, selecionar o avanço por pulsação (1, 10 ou 100 milésimos de milímetro)

- No painel remoto, selecionar o eixo que será movimentado (X, Y, Z ou A)

- Girar a manivela .

OBSERVAÇÕES:

- Um giro de 360 Graus na manivela corresponde a 100 graduações.

- Giro horário

- Giro anti-horário

movimenta o eixo positivamente.

movimenta o eixo negativamente.

6 - MDI ( ENTRADA MANUAL DE DADOS)

O modo "MDI" é utilizado para a execução de operações simples como, por exemplo, trocar a

ferramenta, ligar o eixo-árvore, movimentar os eixos para uma determinada posição, etc. Nele é possível criar um programa com até 10 blocos, o qual é editado e executado no mesmo formato que um programa normal. Para se trabalhar com o modo "MDI", deve-se:

- Acionar "MDI"

- Acionar "PROG"

- Acionar a soft key [ MDI ]

- Digitar as instruções desejadas. Exemplo 1: S800 M3; (ligar o eixo-árvore com 800 RPM) Exemplo 2: T01; M6; (trocar a ferramenta carregando a T01)

- Acionar "EOB"

- Acionar "INSERT"

- Acionar "CYCLE START"

OBSERVAÇÕES:

- Para apagar um programa editado em MDI deve-se acionar a tecla "RESET"

- Ao finalizar a execução do programa, este será automaticamente apagado.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

6.1 - Carregar as ferramentas no magazine

Para carregar as ferramentas no magazine deve-se seguir o procedimento abaixo:

- Acionar "MDI"

- Acionar "PROG"

- Acionar a soft key [ MDI ]

1. Sem ferramenta no eixo-árvore, chamar a primeira ferramenta a ser carregada.

- Digitar o número da ferramenta. Exemplo: T01

- Acionar "EOB"

- Acionar "INSERT"

- Digitar “M6”

- Acionar "EOB"

- Acionar "INSERT"

- Acionar "CYCLE START"

2. Inserir FERRAMENTA”

manualmente

a

ferramenta

no

eixo-árvore,

3. Chamar a próxima ferramenta a ser carregada.

- Digitar o número da ferramenta. Exemplo: T02

- Acionar "EOB"

- Acionar "INSERT"

- Digitar “M6”

- Acionar "EOB"

- Acionar "INSERT"

- Acionar "CYCLE START"

através

do

botão

“SOLTAR

Repetir os processos 2 e 3 até carregar todas as ferramentas

OBSERVAÇÕES:

a) Nas máquinas equipadas com o trocador de ferramentas de 22 posições (standard), os diâmetros das ferramentas não devem exceder:

- 80 mm: quando as posições adjacentes estiverem ocupadas

- 160 mm: quando as posições adjacentes estiverem livres

b) Nas máquinas equipadas com o trocador de ferramentas de 30 posições (opcional), os diâmetros das ferramentas não devem exceder:

- 85 mm: quando as posições adjacentes estiverem ocupadas

- 170 mm: quando as posições adjacentes estiverem livres

- 170 mm: quando as posições adjacentes estiverem livres Trocador de 22 posições (standard) Trocador de

Trocador de 22 posições (standard)

as posições adjacentes estiverem livres Trocador de 22 posições (standard) Trocador de 30 posições (opcional) 100

Trocador de 30 posições (opcional)

100

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

7 - EDIÇÃO DE PROGRAMAS

7.1 - Editar um programa novo

- Acionar "EDIT"

- Acionar "PROG"

- Acionar a soft key [ DIR ] (para mostrar a tela do diretório).

- Digitar o Endereço "O"

- Digitar o número do programa.

- Acionar "INSERT".

- Digitar o comentário (nome do programa) entre parênteses.

- Acionar "EOB".

- Acionar "INSERT".

7.2 - Selecionar um programa existente no diretório

- Acionar "EDIT"

- Acionar "PROG"

- Acionar a soft key [ DIR ] (para mostrar a tela do diretório).

- Digitar o endereço "O"

- Digitar o número do programa

- Acionar [ O SRH ] ou um dos cursores (, , , )

Aparecerá o programa existente no diretório para edição ou verificação.

7.3 - Procurar um dado no programa

7.3.1 - Procurar um dado no programa através dos cursores (, , , )

a) Procura indireta (endereço por endereço)

- Pressionar os cursores até selecionar a endereço desejado, sendo que:

- movimenta o cursor para trás - movimenta o cursor para frente - movimenta o cursor para cima - movimenta o cursor para baixo

b) Procurar direta (direto ao endereço)

- Digitar o endereço desejado. Ex: "T05" (buscar a ferramenta 5).

- Acionar " " (se a informação estiver acima) ou " " (se a informação estiver abaixo).

7.3.2 - Procedimento para pesquisa de dados através das teclas "SRH "

- Digitar o endereço desejado. Ex: "S2000" (buscar a rotação de 2000).

- Acionar "SRH " (se a informação estiver acima) ou "SRH " (se a informação estiver abaixo).

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

7.4 - Inserir dados no programa

- Posicionar o cursor num endereço imediatamente anterior a informação a ser inserida.

- Digitar o endereço a ser inserido.

- Digitar os dados numéricos.

- Acionar "INSERT". Exemplo: Inserir a função "M8" no bloco: "N350 G0 X-30 Y-50;"

- Posicionar o cursor em "Y-50".

- Digitar M8

- Acionar "INSERT".

Com isso, o bloco ficará da seguinte forma: "N350 G0 X-30 Y-50 M8"

7.5 - Alterar dados no programa

- Posicionar o cursor na palavra a ser alterada.

- Digitar a nova palavra a ser alterada.

- Acionar "ALTER".

7.6 - Apagar dados no programa

- Posicionar o cursor na palavra a ser apagada.

- Acionar "DELETE".

7.7 - Apagar um bloco do programa

- Posicionar o cursor no início do bloco a ser apagado.

- Acionar "EOB".

- Acionar "DELETE".

7.8 - Apagar vários blocos do programa

- Procurar o primeiro bloco a ser apagado.

- Digitar "N".

- Digitar o número do último bloco a ser apagado.

- Acionar "DELETE".

7.9 - Apagar um programa

- Acionar "EDIT".

- Acionar "PROG" para mostrar o programa na tela.

- Digitar o endereço "O".

- Digitar o número do programa a ser apagado.

- Acionar "DELETE".

7.10 - Apagar todos os programas

- Acionar "EDIT".

- Acionar "PROG".

- Digitar: "O-9999".

- Acionar "DELETE".

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

8 - EDIÇÃO DE PROGRAMAS COM FUNÇÕES EXTENDIDAS

Através desta função, pode-se

- Executar uma cópia total ou parcial de um programa que esteja na memória.

- Mover uma parte de um programa para outro.

- Um programa pode ser incluso em qualquer posição dentro de outro programa

- Um endereço ou função no programa pode ser alterado.

8.1 - Cópia total de um programa para um programa novo

- Acionar "EDIT".

- Acionar "PROG".

- Acionar a soft key [ ( OPRT ) ].

- Acionar a soft key [ EX - EDT ].

- Observar se o programa a ser copiado esta na tela e acionar a soft key [ COPIA ].

- Acionar a soft key [ TODO ].

- Entrar com o número do novo programa

( somente os valores numéricos ) e acionar

"INPUT".

- Acionar a soft key [ EXEC ].

8.2 - Cópia parcial de um programa para um programa novo

Um novo programa pode ser criado copiando parte de um programa já existente. Para isso, deve-se:

- Acionar "EDIT".

- Acionar "PROG".

- Acionar a soft key [ ( OPRT ) ].

- Acionar a soft key [ EX - EDT ].

- Observar se o programa a ser copiado esta na tela e acionar a soft key [ COPIA ].

- Mover o cursor para o início do bloco a ser copiado e acionar a soft key [ CURS ~ ]

- Mover o cursor para o fim do bloco a ser copiado e acionar a soft key [ ~ CURS ] ou [ ~ ABAIXO]

- neste caso, será copiado até o fim do programa.

- Entrar com o número do novo programa ( somente com os valores numéricos ) e acionar "INPUT".

- Acionar a soft key [ EXEC ]

8.3 - Mover parte de um programa para um programa novo

Um novo programa pode ser criado movendo ( retirando ) um trecho de um programa já existente.

- Acionar "EDIT".

- Acionar "PROG".

- Acionar a soft key [ ( OPRT ) ].

- Acionar a soft key [ EX - EDT ].

- Observar se o programa a ser copiado esta na tela e acionar a soft key [ MOVE ].

- Mover o cursor para o início do bloco a ser movido e acionar a soft key [ CURS ~ ]

- Mover o cursor para o fim do bloco a ser movido e acionar a soft key [ ~ CURS ] ou [ ~ ABAIXO]

- neste caso, será removido até o fim do programa.

- Entrar com o número do novo programa ( somente com os valores numéricos ) e acionar "INPUT".

- Acionar a soft key [ EXEC ].

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

8.4 - Unir dois Programas

- Acionar "EDIT".

- Acionar "PROG".

- Acionar a soft key [ ( OPRT ) ].

- Acionar a soft key [ EX - EDT ].

- Observar que o programa a ser editado esteja na tela e pressionar a soft key [ UNIR ]

- Mover o cursor para a posição em que o outro programa será inserido e acionar a soft key [~’CURS ] ou [ ~ABAIXO ‘ ] - neste caso, o fim do programa atual será mostrado.

( apenas o valor numérico ) e acionar

- Entrar com o número do programa a ser inserido "INPUT"

- Acionar a soft key [ EXEC ].

8.5 - Alteração de informações ou endereços

- Acionar "EDIT".

- Acionar "PROG".

- Acionar a soft key [ ( OPRA ) ].

- Acionar a soft key [ EX- EDT ].

- Acionar a soft key [ TROCAR ].

- Digitar a palavra ou endereço a ser alterado.

- Acionar a soft key [ ANTES ].

- Digitar a nova palavra ou endereço.

- Acionar a soft key [ DEPOIS ].

- Acionar:

* A soft key [ EXEC ] para alterar todas as palavras ou endereços após o cursor.

* A soft key [ EXEC-1 ] para procurar e alterar a próxima palavra após o cursor.

* A soft key [ SALTO ] para apenas procurar pela primeira ocorrência da palavra especificada após o cursor.

9 - EDIÇÃO EM BACKGROUND

A "Edição em Background" é o nome que se dá quando um programa é editado enquanto um outro está sendo executado. Para utilizar este recurso, deve-se:

- Selecionar o programa desejado (capítulo 7.2).

- Executar o programa (capítulo 14)

- Acionar a soft key [ ( OPRT ) ].

- Acionar a soft key [ ED-SIM ].

- Acionar a soft key [ DIR ].

- Digitar o número do programa a ser editado. Exemplo "O0302".

- Acionar "INSERT" (para criar um novo programa) ou o soft key "O SRH" (para selecionar um programa existente)

- Editar o programa (normalmente).

OBSERVAÇÃO:

Ao terminar a edição deve-se:

- Acionar a soft key [ (OPRT) ].

- Acionar a soft key [ FIN - ES ].

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

10 - TESTE DE PROGRAMAS

10.1 - Testar o programa sem girar a placa e sem o movimento dos eixos

10.1.1 - Teste de sintaxe

Este teste é utilizado para checar se todos os códigos inseridos no programa são existentes para o comando. Para efetuar este teste, deve-se:

- Selecionar o programa (capítulo 7.2)

- Acionar "AUTO"

- Acionar "PROG TEST"

- Acionar "RESET"

- Acionar o botão "CYCLE START"

IMPORTANTE:

Após executar este teste deve-se desativar a tecla “PROG TEST” e referenciar os eixos, conforme o capítulo 4.1.

10.1.2 - Teste gráfico

Este teste é utilizado para visualizar o perfil programado na tela, verificando a seqüência de usinagem.

- Selecionar o programa (capítulo 7.2)

- Acionar "AUTO"

- Acionar "RESET"

- Acionar "GRAPH" (até exibir a tela "TRAÇADO GRÁFICO")

- Acionar a soft key [ EXEC ]

- Acionar a soft key [ ( OPRT ) ]

- Acionar a soft key [ AUTO ]

a) Alterar os eixos da visualização gráfica

Para alterar os eixos da visualização do gráfico deve-se:

- Acionar "GRAPH" até exibir a tela "TRAÇADO GRÁFICO (PARAM.-1)"

- Acionar a soft key [ PARAM ]

- Posicionar o cursor no campo "EIXOS"

- Digitar o número correspondente aos eixos desejados (XY=0, YZ=1, ZY=2, XZ=3, XYZ=4, ZXY=5 e 2P=6).

- Acionar "INPUT".

b) Aumentar / diminuir a escala de visualização ("ZOOM")

- Executar a simulação gráfica

- Acionar [ < ]

- Acionar a soft key [ ESCALA ]

- Acionar a soft key [ ( OPRT ) ]

- Posicionar o cursor no ponto desejado através das setas (, , , )

- Acionar a tecla "P" (para aumentar) ou a "M" (para diminuir) até atingir a escala desejada.

- Acionar a soft key [ EXEC ].

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

10.1.2.2 - Parâmetros do gráfico ("PARAM. -2")

Os parâmetros do gráfico ("PARAM. 2") são ajustados através do seguinte procedimento:

- Acionar "GRAPH" até exibir a tela "TRAÇADO GRÁFICO (PARAM.-1)"

- Acionar "PAGE " será exibida a tela "TRAÇADO GRÁFICO (PARAM.-2)"

- Posicionar o cursor no campo desejado.

- Digitar o novo valor.

- Acionar "INPUT".

Explanação sobre os parâmetros "PARAM. -2":

COMP. FERRAM. P =

0 - simula o caminho percorrido pelo centro da ferramenta

= 1 -simula o caminho percorrido pela aresta da ferramenta,

quando

usado a compensação de raio P = _ - cor do traçado da simulação (de 1 a 6, conforme a figura abaixo)

Q = _ - cor do ponto que representa a ferramenta (de 1 a 6, conforme a

TRACADO

FERRAMENTA

figura abaixo) TROCA AUTOM. R = 1 - altera a cor da linha do gráfico quando ocorre troca de ferramenta.

= 0 - não altera a cor da linha do gráfico quando ocorre troca de ferramenta.

cor da linha do gráfico quando ocorre troca de ferramenta. Página de parâmetros do gráfico: "PARAM.

Página de parâmetros do gráfico: "PARAM. -2"

10.2 - Testar programa em avanço rápido ("DRY RUN")

A ferramenta se move com avanço especificado por parâmetro desprezando o avanço usado no programa. Esta função é usada para verificação dos movimentos da ferramenta sem a presença da peça. Para fazer este teste deve-se:

- Acionar "DRY RUN".

- Acionar "AUTO".

- Acionar "CYCLE START".

IMPORTANTE:

Este teste só deve ser executado após ter sido feito o preset das ferramentas e o zero-peça (capítulos 11 e 13, respectivamente).

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

11 - PRESET DE FERRAMENTAS 11.1 - Preset de ferramentas feito na máquina

Este processo é utilizado para fazer o referenciamento de ferramentas na própria máquina. Para isso o operador deverá tocar a ferramenta na superfície da peça e fazer com que o comando meça a distância do ponto "zero-máquina" até o ponto de referência tocado.

IMPORTANTE: Antes de fazer o preset das ferramentas deve-se observar se o valor do eixo Z da "Posição Relativa" está igual a da "Posição Máquina". Para isso deve-se:

- Acionar "POS"

- Acionar a soft key [ TODO ]

- Comparar os dois valores do eixo Z ("Relativo" e "Máquina")

Comprimento
Comprimento

Se os valores estiverem iguais, pode-se fazer o preset das ferramentas, caso contrário deve-se fazer o procedimento abaixo para igualá-los:

- Digitar "Z" e o valor contido no eixo Z da "Posição Máquina". Ex.: Z-253.270

- Acionar a soft key [ PRESET ]

- Fazer o preset de ferramentas

O preset é feito a partir do seguinte procedimento:

1 - Tocar a ferramenta na superfície da peça que será usada

como referência, através da manivela eletrônica (capítulo 5.2).

2 - Acionar a tecla “OFFSET SETTING”

3 - Acionar a soft key [ CORRET ]

4 - Posicionar o cursor no campo correspondente a coluna "GEOMETRIA" (em "COMPR") e a linha do número da ferramenta desejada.

5 - Digitar: "Z"

6 - Acionar a soft key [ INS. C ]

Repetir as operações de 1 a 6 para todas as ferramentas

OBSERVAÇÕES:

1) Após o preset, deve-se informar o valor do raio das ferramentas. Para isso, deve-se:

- Posicionar o cursor no campo correspondente a coluna "GEOMETRIA" (em "RAIO") e a linha do número da ferramenta desejada.

- Digitar o valor do raio. Exemplo: 10 (ferramenta Ø 20 mm)

- Acionar "INPUT".

2) O procedimento acima é utilizado para referenciar ferramentas a trabalhar com

compensação de raio no plano XY (G17). Caso seja necessário trabalhar com ferramentas de ponta esférica e com compensação de raio nos planos XZ (G18) ou YZ (G19), deve-se fazer o procedimento acima com a seguinte modificação: ao invés de digitar o valor anotado, deve-se digitar a diferença entre o valor anotado e o raio da ferramenta. Exemplo: Valor anotado = -320.000

Raio da ferramenta =

- 5.000

Valor a digitar

=

-325.000

3) Com o procedimento acima não há necessidade de fazer o "zero-peça" no eixo "Z". Por isso, antes de referenciar as ferramentas, deve-se apagar os dados contidos no campo "Z" das páginas de "TRAB" (G54 a G59).

107

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

11.2 - Preset de ferramentas feito fora da máquina

Este processo é utilizado quando a medição da ferramenta é feito num dispositivo externo. Com isso, o referenciamento das ferramentas é feito apenas carregando o valor do comprimento delas na página de correção de ferramentas.

Para carregar os comprimentos deve-se:

- Acionar "OFFSET SETTING".

- Acionar a softkey [ CORRET ]

- Posicionar o cursor no campo correspondente a coluna "GEOMETRIA" (em "COMPR") e a linha do número da ferramenta desejada.

- Digitar o comprimento da ferramenta.

- Acionar "INPUT".

Comprimento
Comprimento

OBSERVAÇÕES:

1) Após o preset, deve-se informar o valor do raio das ferramentas. Para isso, deve-se:

- Posicionar o cursor no campo correspondente a coluna

da

ferramenta desejada.

- Digitar o valor do raio. Exemplo: 10 (ferramenta Ø 20 mm)

- Acionar "INPUT".

"GEOMETRIA"

(em

"RAIO")

e

a

linha

do

número

2) Os valores dos comprimentos deverão ser colocados sem sinal. 3) O procedimento acima é utilizado para referenciar ferramentas a trabalhar com compensação de raio no plano XY (G17). Caso seja necessário trabalhar com ferramentas de ponta esférica e com compensação de raio nos planos XZ (G18) ou YZ (G19), deve-se subtrair o valor do

raio da mesma do valor de seu comprimento e colocar esse valor como sendo o de referenciamento. Exemplo: Comprimento = 110.000

Raio da ferramenta =

- 5.000

Valor a digitar

=

105.000

4) Após informar os comprimentos de todas as ferramentas, deve-se fazer o "zero-peça" no eixo "Z", conforme o capítulo 13.3 deste manual.

12 - CORREÇÃO DE DESGASTE DA FERRAMENTA

Para fazer a correção de desgaste de ferramenta deve-se:

- Acionar "OFFSET SETTING".

- Acionar "CORRET"

- Posicionar o cursor no campo correspondente a coluna "DESGASTE" e a linha do número

da ferramenta desejada, sendo em "COMP" para efetuar a correção de altura e em "RAIO" a

correção de raio de ferramenta).

- Digitar o valor da correção (+/-)

- Acionar a soft key [ + INSER ]

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

13 - DEFINIÇÃO DO ZERO-PEÇA

13.1 - Definição do zero-peça no vértice (eixos “X” e “Y”)

- Através do movimento manual encostar a ferramenta na lateral da peça, no eixo X ou Y (conforme figuras abaixo).

- Acionar "OFFSET SETTING"

- Acionar a soft key [ TRAB ]

- Selecionar o corretor desejado (de G54 a G59 ou de G54.1 P1 a G54.1 P48)

- Posicionar o cursor no eixo desejado (X ou Y).

- Digitar "X" (ou "Y") e a soma do valor do raio da ferramenta com o sobremetal na lateral da peça, positivamente ou negativamente dependendo do posicionamento da ferramenta.

- Acionar a soft key [ MEDIR ].

Repetir os mesmos procedimentos para zerar o outro eixo.

Nota: Considerando o posicionamento da ferramenta conforme as figuras abaixo citados considerar o valor negativo. Ex: X-7 zeramento em X, sendo que a ferramenta tem Ø10 mm e a peça 2 mm de sobremetal na lateral)

Peça Z Y X
Peça
Z
Y
X

Fresa

Peça Z Y X
Peça
Z
Y X

Fresa

13.2 - Definição do zero-peça no centro (eixos “X” e “Y”)

- Através do movimento manual encostar a ferramenta na lateral da peça, no eixo X ou Y ( figura 13.2 - detalhes 1).

- Acionar "POS"

- Acionar a soft key [ RELATIVA ]

- Digitar "X" (ou "Y", dependendo do eixo a ser zerado)

- Acionar a soft key [ ORIGEM ] (o valor X ou Y será zerado)

- Através do movimento manual encostar a ferramenta na lateral oposta da peça, no eixo X ou Y ( figura 13.2 - detalhes 2).

- Anotar o valor "relativo" contido no eixo que está sendo zerado. Exemplo: X 150.000

- Acionar "OFFSET SETTING".

- Acionar a soft key [ TRAB ].

- Selecionar o corretor desejado (de G54 a G59 ou de G54.1 P1 a G54.1 P48)

- Digitar "X" (ou "Y") e a metade do valor anotado. Exemplo: se o valor anotado era X 150.000, deve-se digitar "X75" (150/2).

- Acionar a soft key [ MEDIR ].

Repetir os mesmos procedimentos para zerar o outro eixo.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

Fresa

Z Y X 1º
Z
Y X

Eixo X

Z Y X 1º
Z
Y
X
Z Y X 2º
Z
Y X

Fresa

Eixo Y Fresa Z Y X Fresa 2º Figura 13.2
Eixo Y
Fresa
Z
Y X
Fresa
Figura 13.2

13.3 - Definição do zero-peça em Z (na superfície ou na base) (Somente para preset de ferramenta feito fora da máquina)

- Através do movimento manual encostar a ferramenta na superfície da peça, (figura 13.3).

- Acionar "OFFSET SETTING".

- Acionar a soft key [ TRAB ].

- Selecionar o corretor desejado (de G54 a G59 ou de G54.1 P1 a G54.1 P48)

- Posicionar o cursor no eixo Z.

- Digitar "Z" e o valor do comprimento da ferramenta (valor do preset - capítulo 11.2). Ex.: "Z120"

- Acionar a soft key [ MEDIR ].

OBSERVAÇÕES:

- Com o procedimento acima o zero-peça ficará definido na

superfície da peça. Para fazer o zero-peça na base da mesma, deve-se digitar não só o comprimento da ferramenta, mas sim a soma do comprimento da ferramenta com a altura total da peça. Exemplo: Comprimento da ferram. = 120.000

Altura total da peça Valor a digitar

=

50.000

=

170.000

Comprimento
Comprimento

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

14 - COMUNICAÇÃO DE DADOS

14.1 - Especificação da porta de comunicação

No comando FANUC 21i-M é possível fazer a comunicação através de duas portas: a RS 232 (porta serial) e a PCMCIA (Memory Card). Para especificar qual será a porta de comunicação, deve-se alterar o parâmetro 20, sendo que:

- se #20 = 1

Porta serial

- se #20 = 4

Memory Card

OBSERVAÇÃO:

Para alterar os parâmetros da máquina deve-se seguir o procedimento descrito no capítulo 16.

14.2 - Comunicação através da Porta Serial (RS 232)

A comunicação serial é aquela realizada entre a máquina e o periférico (computador, perfuradora, coletor, etc.), através da porta serial. Para isso é necessário a utilização de um cabo (ver "ESPECIFICAÇÃO DO CABO DE COMUNICAÇÃO - capítulo 4.2.2) e, se o periférico for um computador, de um software de comunicação. Existem inúmeros softwares de comunicação e, por isso, neste capítulo serão descritos apenas as configurações e procedimentos para comunicação relativos à máquina. Para maiores detalhes sobre os softwares de comunicação, deve-se consultar os fabricantes dos mesmos.

14.2.1 - Configurar os parâmetros de comunicação

- Acionar a tecla "MDI".

- Acionar a tecla "SYSTEM"

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ ALL I/O ]

- Configurar os parâmetros de transmissão de acordo com o desejado. Exemplo:

de transmissão de acordo com o desejado. Exemplo: ] até exibir [ ALL I/O ] REC/TRANSM

] até exibir [ ALL I/O ]

REC/TRANSM (PROGRAMA) CANAL COMUM. NO. DO MODULO TAXA DE COM STOP BIT CARAC. NULO (EIA)
REC/TRANSM (PROGRAMA)
CANAL COMUM.
NO. DO MODULO
TAXA DE COM
STOP BIT
CARAC. NULO (EIA)
TV CHECK
1
TV CHECK
DES
0
CODIG. TRANS. ISO
19200
COD. ENTRADA
FURO TRACAO
TRANS. COD. EOB
EIA/ISO
1
S/TRAC.
NO
LF
DES

Página de configuração de comunicação de dados

OBSERVAÇÕES:

- O computador e o CNC devem conter as mesmas configurações de comunicação

- Para transmissão/recepção de programas ou de corretores de ferramentas deve-se, na página de configuração de comunicação de dados, ajustar apenas a "TAXA DE COMUNICAÇÃO" (Baudrate - 50 a 19200) e o "STOP BIT" (Bits de parada - 1 ou 2).

- No comando FANUC 21i-MB, os parâmetros de transmissão: "DATA BITS" (Tamanho de

palavra) e "PARITY" (Paridade), já estão configurados como: "7" e "PAR" (ou "EVEN"), respectivamente.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

14.2.2 - Configuração do cabo

O microcomputador ou periférico externo que fará a comunicação deverá possuir uma porta serial do tipo DB 9 ou DB 25 livre. O tipo de conector é irrelevante, desde que haja perfeita fixação, sem perigo de ocorrência de mal contatos. O cabo para a conexão deve obedecer a seguinte configuração:

DB 25

DB 25

(FEMEA)

(MACHO)

1

SHIELD

1

2

TXD

3

3

RXD

2

4

DTR

5

5

GND

4

6

DSR

20

20

RTS

6

7

CTS

7

DB 9

DB 25

(FEMEA)

(MACHO)

1

SHIELD

1

2

RXD

2

3

TXD

3

4

DTR

6

5

GND

7

6

DSR

20

7

RTS

5

8

CTS

4

14.2.3 - Salvar programa

- Preparar o periférico (microcomputador, coletor de dados, etc.)

- Acionar tecla "EDIT".

- Acionar tecla "PROG".

- Acionar a soft key [ DIR ].

- Digitar "O" e o número do programa desejado.

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ TRANSM ].

- Acionar a soft key [ EXEC ].

a soft key [ TRANSM ] . - Acionar a soft key [ EXEC ] .

].

OBSERVAÇÃO:

- Para salvar todos os programas do diretório, digite "-9999" após o endereço "O".

- Para interromper a recepção, deve-se acionar a soft key [ PARAR ].

14.2.4 - Carregar programa

- Acionar tecla "EDIT".

- Acionar tecla "PROG".

- Acionar a soft key [ DIR ].

- Digitar "O" e o número do programa novo a ser arquivado.

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ RECEB ].

- Acionar a soft key [ EXEC ], ( aparecerá LSK ).

- Ativar o periférico (microcomputador, coletor de dados, etc.)

o periférico (microcomputador, coletor de dados, etc.) ] . OBSERVAÇÃO: - Se não digitarmos um número

].

OBSERVAÇÃO:

- Se não digitarmos um número para o programa, ele é carregado com o número que estiver no início do programa salvo no periférico. Exemplo 0001. - Se digitarmos o número do programa , ele é carregado com este próprio número, independente do número que estiver no início do programa salvo no periférico.

- O programa que estiver no periférico deve ter início com % e, no lugar do endereço O, deve constar " : " ( dois pontos ).

- Para interromper a recepção, deve-se acionar a soft key [ PARAR ].

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

14.2.5 - Salvar corretores de ferramentas

- Acionar tecla "EDIT".

- Acionar tecla "OFFSET SETTING", ( até visualizar "DESGASTE" ).

- Acionar a soft key [ OPRT ].

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ TRANSM ].

- Ativar o periférico (microcomputador, coletor de dados, etc.)

- Acionar a soft key [ EXEC ].

.coletor de dados, etc.) - Acionar a soft key [ EXEC ] . 14.2.6 - Carregar

14.2.6 - Carregar corretores de ferramentas:

- Acionar tecla "EDIT".

- Acionar tecla " OFFSET SETTING", ( até visualizar "DESGASTE" ).

- Acionar a soft key [ OPRT ].

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ RECEB ].

- Acionar a soft key [ EXEC ].

- Ativar o periférico (microcomputador, coletor de dados, etc.)

]. .

14.3 - Comunicação através do Memory Card (Cartão PCMCIA)

O Memory Card é um cartão de memória que pode ser acoplado a máquina, ao lado do vídeo, no qual pode-se armazenar diversos tipos de dados, como programas, corretores de ferramentas, parâmetros de máquina, etc.

14.3.1 - Memory Cards recomendados:

Fabricante

Código

Capacidade

 

HB289016A4

16

MB

Hitachi LTD

HB289032A4

32

MB

HB289160A4

160 MB

 

BN-012AB

12

MB

Matushita eletric

BN-020AB

20

MB

BN-040AB

40

MB

 

SDP3B-4

4 MB

ScanDisk

SDP3B-20

20

MB

SDP3B-40

40

MB

NOTA: Considerando que os cartões PCMCIA (Memory Cards) são instrumentos sensíveis, recomenda-se tomar uma série de cuidados especiais quanto ao manuseio e armazenamento dos mesmos, tais como: evitar choques (quedas), calor, umidade, não desconectar durante uma comunicação de dados, etc.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

14.3.2 - Visualização dos arquivos do Memory Card no comando

No comando há possibilidade de visualizar a lista dos arquivos do Memory Card através do seguinte procedimento:

- Acionar "EDIT"

- Acionar "PROG"

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ CARD ]

- Acionar a soft key [ - Acionar a soft key [ CARD ] ] até

] até exibir [ CARD ]

[ - Acionar a soft key [ CARD ] ] até exibir [ CARD ] Página

Página de arquivos do Memory Card

OBS: Caso haja muitos arquivos no cartão, será necessário acionar as teclas "PAGE " ou "PAGE " para que assim se possa visualizar os outros arquivos.

14.3.3 - Buscar um arquivo

- Acionar a tecla "EDIT".

- Acionar a tecla "PROG".

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ CARD ]

- Acionar a soft key [ OPRT ]

- Acionar a soft key [ F SRH ]

- Digitar o número do arquivo (coluna da esquerda). Exemplo: 5

- Acionar a soft key [ DEF. F ]

- Acionar a soft key [ EXEC ]

] até exibir [ CARD ] até exibir [ CARD ]

14.3.4 - Salvar um programa no Memory Card

- Acionar a tecla "EDIT".

- Acionar a tecla "PROG".

- Acionar o soft key [

- Acionar a soft key [ CARD ].

- Acionar a soft key [ OPRT ].

- Acionar a soft key [ TRANSM ].

- Digitar um nome para o arquivo. Exemplo: TESTE

- Acionar a soft key [ ARQUIV ].

- Digitar o número do programa que será enviado. Exemplo: 1 (para o programa O0001)

- Acionar a soft key [ DEF. O ]

- Acionar a soft key [ EXEC ]

1 (para o programa O0001) - Acionar a soft key [ DEF. O ] - Acionar

] até exibir [ CARD ]

114

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

14.3.5 - Carregar um programa no Memory Card

a) Através do número do arquivo

- Acionar a tecla "EDIT".

- Acionar a tecla "PROG".

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ CARD ].

- Acionar a soft key [ OPRT ].

- Acionar a soft key [ F READ ].

- Digitar o número do arquivo que será carregado (coluna da esquerda). Exemplo: 5

- Acionar a soft key [ DEF. F ].

- Digitar o número com que o programa será carregado. Exemplo: 1 (para o programa O0001)

- Acionar a soft key [ DEF. O ].

- Acionar a soft key [ EXEC ].

a soft key [ DEF. O ]. - Acionar a soft key [ EXEC ]. ]

] até exibir [ CARD ].

b) Através do nome do arquivo

- Acionar a tecla "EDIT".

- Acionar a tecla "PROG".

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ CARD ].

- Acionar a soft key [ OPRT ].

- Acionar a soft key [ N READ ].

- Digitar o nome do arquivo que será carregado (coluna do meio). Exemplo: TESTE

- Acionar a soft key [ ARQUIV ].

- Digitar o número com que o programa será carregado. Exemplo: 1 (para o programa O0001)

- Acionar a soft key [ DEF. O ]

- Acionar a soft key [ EXEC ]

] até exibir [ CARD ]. até exibir [ CARD ].

14.3.6 - APAGAR UM ARQUIVO DO MEMORY CARD

- Acionar a tecla "EDIT"

- Acionar a tecla "PROG"

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ CARD ]

- Acionar a soft key [ OPRT ]

- Acionar a soft key [ APAGAR ]

- Digitar o número do arquivo que será apagado (coluna da esquerda). Exemplo: 5

- Acionar a soft key [ DEF. F ]

- Acionar a soft key [ EXEC ]

da esquerda). Exemplo: 5 - Acionar a soft key [ DEF. F ] - Acionar a

] até exibir "CARD"

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

15 - EXECUÇÃO DE PROGRAMAS

15.1 - Executar um programa da memória da máquina

Todo programa após ter sido testado estará disponível para execução em automático. Para isso deve-se:

- Selecionar o programa.

- Acionar a tecla "AUTO".

- Acionar a tecla "RESET".

- Acionar a soft key [ TODO ].

- Acionar tecla "CYCLE START".

OBSERVAÇÃO: Caso queira executar o programa passo a passo, acionar a tecla "SING BLOCK", e para a execução de cada um dos blocos, acionar a tecla "CYCLE START".

15.1.1 - Reinício no meio do programa (pela ferramenta)

- Selecionar o programa (capítulo 7.2)

- Acionar "RESET"

- Digitar o código da ferramenta que será utilizada para reinício do programa. Exemplo: T02

- Acionar o cursor " "

- Acionar "AUTO".

- Acionar "CYCLE START".

15.2 - Executar um programa direto do cartão PCMCIA

No comando FANUC 21i-MB é permitido a execução de programas diretamente do cartão PCMCIA. Para isso, deve-se:

- Configurar o canal de comunicação (capítulo 15.2.1);

- Ativar o modo remoto de execução

- Selecionar e executar o programa (capítulo 15.2.2).

Nota: Para saber maiores detalhes sobre o cartão PCMCIA, consultar o capítulo 14.3.

15.2.1 - Configurar o canal de comunicação

IMPORTANTE: Antes de configurar os parâmetros de comunicação é necessário liberar a alteração de parâmetros, conforme o capítulo 16.

Para configurar o canal de comunicação deve-se:

- Acionar a tecla “MDI”;

- Acionar a tecla “SYSTEM”;

- Acionar a soft key [ PARAM ];

- Posicionar o cursor (áou â) no parâmetro 20 (“I/O CHANNEL”);

- Digitar “4” (ativa a porta PCMCIA);

- Acionar a tecla “INPUT”.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

15.2.2 - Ativar o modo remoto de execução (“RMT”)

- Acionar a tecla “MDI”;

- Acionar a tecla “PROG”;

- Acionar a soft key [ MDI ];

- Digitar “M93”;

- Acionar “EOB” e “INSERT”;

- Acionar o botão “CYCLE START”.

15.2.3 - Executar o programa

- Colocar o PCMCIA na máquina.

- Acionar a tecla "AUTO" (aparecerá a mensagem RMT no canto esquerdo do vídeo.)

- Acionar a tecla "PROG".

- Acionar a soft key [

- Acionar a soft key [ DNC CD ] ( irá aparecer no vídeo os programas contidos no cartão

( irá aparecer no vídeo os programas contidos no cartão ] até exibir a soft key

] até exibir a soft key [ DNC CD]

PCMCIA)

- Digitar o número do arquivo (coluna da esquerda). Exemplo: 5

- Acionar a soft key [ DNC ST ] (O nome do programa selecionado aparecerá em frente de "DNC FILE NAME".

- Acionar "CYCLE START" (iniciará a usinagem)

OBSERVAÇÃO: Após a execução do programa, pode-se desabilitar o modo remoto de execução ", ativando a função "M94" ao invés da "M93", conforme capítulo 15.2.2.

15.3 - Executar um programa direto do periférico ("ON LINE")

Para executar um programa “ON LINE” deve-se seguir os procedimentos abaixo:

- Configurar o canal de comunicação (capítulo 15.3.1);

- Configurar os parâmetros de comunicação (capítulo 15.3.2);

- Ativar o modo remoto de execução (“RMT”) - (capítulo 15.3.3);

- Executar o programa (capítulo 15.3.4).

OBSERVAÇÃO: A seguir estão descritos todos os procedimentos citados acima.

15.3.1 - Configurar o canal de comunicação

IMPORTANTE: Antes de configurar os parâmetros de comunicação é necessário liberar a alteração de parâmetros, conforme o capítulo 16.

Para configurar o canal de comunicação deve-se:

- Acionar a tecla “MDI”;

- Acionar a tecla “SYSTEM”;

- Acionar a soft key [ PARAM ];

- Posicionar o cursor ( ou ) no parâmetro 20 (“I/O CHANNEL”);

- Digitar “1” (ativa a porta serial – RS 232);

- Acionar a tecla “INPUT”.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

15.3.2 - Configurar os parâmetros de comunicação

- Acionar a tecla “MDI”;

- Acionar a tecla “SYSTEM”;

- Acionar a soft key [ + ] até exibir [ ALL I/O ];

- Acionar a soft key [ ALL I/O ];

- Configurar os parâmetros de comunicação de acordo com o desejado.

Para

parâmetros de comunicação")

OBSERVAÇÃO:

maiores

detalhes,

consultar

o

capítulo

14.2.1

("Configurar

os

15.3.3 - Ativar o modo remoto de execução (“RMT”)

- Acionar a tecla “MDI”;

- Acionar a tecla “PROG”;

- Acionar a soft key [ MDI ];

- Digitar “M93”;

- Acionar “EOB” e “INSERT”;

- Acionar o botão “CYCLE START”.

15.3.4 - Executar o programa

Para executar o programa deve-se:

- Selecionar o programa

- Acionar a tecla “AUTO”;

- Acionar a tecla “PROG”;

- Acionar o botão “CYCLE START” (aparecerá a mensagem “LSK” piscando no canto inferior direito);

- Enviar o programa do periférico.

OBSERVAÇÃO: Após a execução do programa, pode-se desabilitar o modo remoto de execução ", ativando a função "M94" ao invés da "M93", conforme capítulo 15.3.3.

15.4 - Abortar a execução do programa

Para abortar a execução do programa deve-se

- Acionar o botão "CYCLE STOP".

- Acionar a tecla "RESET".

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

15.5 - Interromper / continuar a execução do programa

Para interromper a execução do programa, seja para a troca de pastilha, limpeza de peça ou outra finalidade qualquer, deve-se:

- Parar os eixos:

• Acionar o botão "CYCLE STOP" (pára os eixos X, Y e Z)

• Acionar a tecla "SPDL STOP" (pára o eixo-árvore)

- Zerar as coordenadas relativas:

• Acionar a tecla "POS"

• Acionar a soft key [ REL ]

• Digitar "X"

• Acionar a soft key [ ORIGIN ]

• Digitar "Y"

• Acionar a soft key [ ORIGIN ]

• Digitar "Z"

• Acionar a soft key [ ORIGIN ]

- Movimentar os eixos:

• Acionar a tecla "JOG"

• Movimentar o(s) eixo(s) desejado(s)

- Efetuar o evento necessário (troca da pastilha, limpeza da peça, etc.)

- Reposicionar os eixos nas coordenadas relativas "X0", "Y0" e "Z0"

- Continuar a execução do programa

• Acionar a tecla "AUTO"

• Fechar o seletor de avanço (por segurança)

• Acionar o botão "CYCLE START" (ativará os eixos e ligará o eixo-árvore)

• Liberar o avanço dos eixos

15.6 - Selecionar parada opcional (OPT STOP)

- Acionar a tecla "OPT STOP".

OBSERVAÇÃO:

- Esta função ativa uma parada opcional pré-definida no programa, através da função M01.

- O operador deve selecionar esta função antes de iniciar a execução do programa.

- Para desativar a função basta acionar a tecla "OPT STOP" novamente.

15.7 - Omitir os blocos do programa com barra ("/")

- Acionar tecla "BLOCK DELET"

OBSERVAÇÕES:

- Caso a opção "BLOCK DELET" esteja ativada, o comando irá ignorar qualquer bloco de

informações precedidos do código "/" (barra).

- Se a opção "BLOCK DELET" não estiver ativa, todos os blocos serão executados inclusive os que contém a função (/).

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

16 - ALTERAÇÃO DE PARÂMETROS

IMPORTANTE: A ALTERAÇÃO DE PARÂMETROS DA MÁQUINA INFLUI NO SEU DEVIDO FUNCIONAMENTO, PORTANTO, A MUDANÇA DE QUALQUER ITEM DEVE SER FEITA CUIDADOSA E CRITERIOSAMENTE.

- Acionar "MDI"

- Acionar "OFFSET SETTING"

- Acionar a soft key [ DEFIN ]

- Posicionar o cursor até o campo "Escrita Param."

- Digitar: "1"

- Acionar "INPUT"

OBSERVAÇÃO:

Caso o alarme "LIBERADO A ESCRITA DE PARÂMETROS" seja exibido, deve-se acionar simultaneamente as teclas "CAN" e "RESET" para cancelá-lo.

Para modificar os parâmetros, deve-se:

- Acionar "SYSTEM".

- Acessar a soft key [ PARAM ]

- Acionar "MDI"

- Digitar o número do parâmetro. Ex. 20 (parâmetro para especificar o canal de comunicação)

- Acionar a soft key "N. SRH" - o cursor se posicionará no parâmetro 2

- Digitar o novo valor para o parâmetro. Ex.: 1 (especifica o canal de comunicação 1 - RS

232)

- Acionar "INPUT".

OBSERVAÇÃO: Após alterar os parâmetros, deve-se bloquear novamente a escrita de parâmetros digitando "0" em "Escrita Param", na página "DEFIN.".

17 - DIFERENCIADORES DE SOFTWARE ROMI

Os "Diferenciadores de Software Romi" são aplicativos desenvolvidos pela Romi no comando Fanuc 21i, com o objetivo de proporcionar maior flexibilidade e agilidade na preparação e operação de suas máquinas. Abaixo estão descritos os principais diferenciadores da linha Discovery.

17.1 - Dados de Usinagem

Este aplicativo tem o objetivo de exibir uma série de informações relativas ao estado da

máquina no presente momento, tais como: consumo de potência dos eixos, quantidade de peças usinadas, ferramenta atual, rotação atual, avanço atual, etc. Para acessar esta página deve-se:

- Acionar a tecla “CUSTOM”

- Acionar a soft key [ DADOS USING ]

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

Dados referentes ao Contador de Peças e Tempos de Usinagem Dados Referentes a Fer. Atual
Dados referentes ao Contador de Peças
e Tempos de Usinagem
Dados Referentes
a Fer.
Atual e a
Fer. Programada
Parte referente ao monitor de carga.
Visualização gráfica e de
porcentagem de carga consumida

Página de Dados de Usinagem

17.2 - Sistema Trocador de Ferramentas Randômico (Opcional)

Este aplicativo foi desenvolvido para gerenciar o sistema de troca de ferramentas para máquinas equipadas com o magazine randômico, chamado ATC. Com isso, durante as trocas de ferramentas, esta página vai exibindo o local onde as ferramentas estão sendo armazenas. Nela também é possível nomear as ferramentas (fresa topo, broca, alargador, etc.) e informar seus respectivos diâmetros, para que posteriormente, ao selecionar uma ferramenta, o operador possa ter uma informação geral sobre a mesma.

Para acessar a página do sistema trocador randômico deve-se:

- Acionar a tecla “CUSTOM”

- Acionar a soft key

Para acessar a página do sistema trocador randômico deve-se: - Acionar a tecla “CUSTOM” - Acionar

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

- Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB Página do Sistema Trocador

Página do Sistema Trocador de Ferramenta

17.2.1 – Introdução de dados na página do ATC

Para alterar os dados desta página deve-se:

- Acionar a soft key [ SETLIG ]

- Acionar a soft key [ OK ? ]

a soft key [ SETLIG ] - Acionar a soft key [ OK ? ] soft

soft keys SETLIG / SETDSL

OBSERVAÇÃO: Após alterar os dados na página do ATC, deve-se bloquear a introdução dos mesmos, acionado a soft key [ SETDSL ].

a) Nomear as ferramentas

Para nomear as ferramentas deve-se:

- Acionar a soft key [ TIPO ]

- Selecionar o nome (tipo) da ferramenta (figura 2). Exemplo: “Fresa topo”

- Acionar novamente a soft key [ TIPO ]

“Fresa topo” - Acionar novamente a soft key [ TIPO ] soft keys TIPO Janela para

soft keys TIPO

“Fresa topo” - Acionar novamente a soft key [ TIPO ] soft keys TIPO Janela para

Janela para definição do Tipo de ferramenta

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

b) Informar o diâmetro da ferramenta

Para informar o diâmetro da ferramenta deve-se:

- Acionar a soft key [ DETALH ]

Digitar o diâmetro da ferramenta. Exemplo: 20

- Acionar a tecla “INPUT”

- Acionar novamente a soft key [ DETALH ]

c) Remapear o magazine:

novamente a soft key [ DETALH ] c) Remapear o magazine: soft key DETALH IMPORTANTE: Este

soft key DETALH

IMPORTANTE: Este procedimento apaga todos os dados da página “Sistema Trocador de Ferramentas Randômico” e remapeia o magazine deixando as ferramentas nas posições originais, ou seja, a ferramenta 01 na posição 01, a ferramenta 02 na posição 02 e assim sucessivamente. Por isso sua execução deve ser feita com bastante cautela.

Para remapear o magazine deve-se:

- Acionar a soft key [ REFMAG ] (será exibida a mensagem: “ATENÇÃO ! FAVOR CONFIRMAR SE O MAGAZINE SERÁ REFERENCIADO.”

- Acionar a soft key [ OK ? ]

SERÁ REFERENCIADO.” - Acionar a soft key [ OK ? ] soft key REFMAG 17.3 -

soft key REFMAG

17.3 - Diagnóstico Remoto (Opcional)

O Diagnóstico Remoto é um recurso que permite a análise e solução de problemas da máquina, por um técnico Romi localizado à distância, utilizando-se de um microcomputador instalado na Romi e de uma linha telefônica conectada à máquina do usuário. Através desse sistema é possível ao técnico Romi visualizar e comandar através do seu microcomputador uma série de eventos, como se estivesse na frente da máquina, tais como:

- Leitura e carregamento de programas de usinagem;

- Edição de programas direto na máquina;

- Visualização das operações de trabalho da máquina (processo de acompanhamento);

- Operação virtual da máquina via soft keys (sem movimentação dos eixos por questões de segurança);

- Visualização e análise de alarmes;

- Leitura de parâmetros para análise, com plenas possibilidades de alterações;

- Backups da configuração eletrônica da máquina.

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

- Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB Página de Diagnóstico Remoto

Página de Diagnóstico Remoto

17.3.1 - Funções das Soft keys do Diagnóstico Remoto

O Diagnóstico Remoto pode ser operado através de várias soft keys. Suas funções estão descritas abaixo:

a) Função de DIAG LIGADO

Esta função é usada para ativar o Diagnóstico Remoto, escrevendo no parâmetro #2 bit 0 =1. Quando habilitando o Diagnóstico Remoto, no lugar de aparecer o relógio, aparecerá em blink e com o background em vermelho com a letra em cinza o texto "

.RMT DGN

". Este texto indica que o diagnóstico remoto está ligado.

b) Função de DIAG DSLGDO

Esta função é usada para desativar o Diagnóstico Remoto, escrevendo no parâmetro #2 bit 0 =0. Quando desabilitando o Diagnóstico Remoto, no lugar de aparecer em blink e com o background em vermelho com a letra em cinza o texto "

.RMT DGN

", aparecerá novamente o relógio.

c) Função de MSG

Esta função será implementada nos novos softwares que virão, com a finalidade de comunicação entre o usuário e o técnico de serviço. Na versão atual esta soft key está sem função operacional.

entre o usuário e o técnico de serviço. Na versão atual esta soft key está sem
entre o usuário e o técnico de serviço. Na versão atual esta soft key está sem
entre o usuário e o técnico de serviço. Na versão atual esta soft key está sem

S43784D - Manual de Programação e Operação - CNC Fanuc 21i - MB

d) Função de RS-232

Esta função habilita, através do canal de comunicação, a porta RS-232 do CNC, escrevendo no parâmetro #20, com o valor do mesmo igual a 0.

e) Função de PCMCIA

Esta função habilita, através do canal de comunicação, a porta PCMCIA do CNC, escrevendo no parâmetro #20, com o valor do mesmo igual a 4.

17.3.2 - Ativar o sistema de Diagnóstico Remoto

igual a 4. 17.3.2 - Ativar o sistema de Diagnóstico Remoto O sistema de Diagnóstico Remoto
igual a 4. 17.3.2 - Ativar o sistema de Diagnóstico Remoto O sistema de Diagnóstico Remoto

O sistema de Diagnóstico Remoto só pode ser utilizado pelo técnico Romi se houver a

permissão do usuário da máquina. Portanto, para disponibilizar este recurso ao técnico Romi, o usuário deve fazer o seguinte procedimento:

- Desligar a máquina

- Conectar o modem (no caso da máquina possuir um modem externo)

- Conectar a linha telefônica.

- Ligar a máquina

- Ligar o modem (no caso da máquina possuir um modem externo)

- Acionar a tecla "CUSTOM"

- Acionar a soft key [ DIAG. REMOTO ]

- Acionar a soft key [ LIGA ]

- Informar ao técnico Romi o número da linha telefônica conectada ao modem.

OBSERVAÇÃO: Para desativar o sistema de Diagnóstico Remeto, deve-se entrar novamente na página de diagnóstico ("CUSTOM", [ DIAG. REMOTO ] ) e acionar a soft key [ DESL ].