Inventário: modelos de escritura com bens e sem bens a partilhar - Peças Jus Navigandi

Página 1 de 4

Inventário: modelos de escritura com bens e sem bens a partilhar
Elaborado em 03.2007.

Desligar o modo marca-texto

Novas minutas de escritura pública de inventário, nos termos da Lei nº 11.441/2007, elaboradas de acordo com as conclusões do Grupo de Estudos da Lei nº 11.441/07, instituído pela Egrégia Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de São Paulo (Portaria CG nº 01/2007, DOE-SP 08/02/2007, caderno I, parte I, p. 3-4). No primeiro caso, há bens a partilhar; no segundo, não. Por fim, apresenta-se modelo de escritura pública de procuração para inventário ou arrolamento, constituindo como mandatário um advogado para representar os sucessores junto ao cartório de notas. Elaborado por Samuel Luiz Araújo, notário em Minas Gerais,Professor universitário de Direito nos cursos de graduação e pósgraduação,Mestre em Direito das Relações Econômico-Empresariais,Especialista em Direito Civil e Processual Civil,Autor de artigos jurídicos.

ESCRITURA PÚBLICA DE INVENTÁRIO E PARTILHA DOS BENS QUE COMPÕEM O ESPÓLIO DE _____________________________ A _________________ de _________________ do ano dois mil e _________________ (__/__/200__), no Município e Comarca de _________________, Estado de Minas Gerais, República Federativa do Brasil, neste _________________ Tabelionato de Notas, sito à Praça _________________, _________________ CEP _________________, telefone (___) _________________,_________________(e-mail e endereço eletrônico), perante mim, Tabelião, comparecem: 1) VIÚVA MEEIRA: (qualificação completa – art. 215, § 1º, III, CC); e 2) HERDEIROS: 2.1) (qualificação completa – art. 215, § 1º, III, CC); 2.2) (qualificação completa – art. 215, § 1º, III, CC) e 2.3) (qualificação completa – art. 215, § 1º, III, CC), e como interveniente, que assiste a toda a lavratura do ato: Dr. MÁRIO MARIANO MORAIS MENDES, (qualificação completa – art. 215, § 1º, III, CC). Reconheço-lhes a identidade e a capacidade jurídica para este ato. As partes declaram, sob as penas da lei: 1) AUTOR DA HERANÇA: que faleceu na Santa Casa de Misericórdia desta cidade, no dia _________________, conforme Certidão de Óbito expedida em _________________, pelo Serviço de Registro Civil das Pessoas Naturais desta Comarca, extraída do livro _________________, o de cujus MORTO MORTINHO MORTÃO MORTE, o qual era brasileiro, casado com _____________________, sob o regime de ____________________, cuja celebração se deu em _________________ (conforme Certidão de Casamento expedida em ________________, pelo Serviço de Registro Civil das Pessoas Naturais de ________________, extraída do livro __________, folha __________, termo número ____________), produtor rural, domiciliado nesta cidade, onde residia na Rua da Boa Morte, 111, Bairro da Viagem Eterna, CEP 38190-000, filho de AAAAAAA e BBBBBB, nascido em _________________, no dia _________________, CI/RG _________________, expedida em _________________, CPF/MF _________________, CTPS _________________, expedida pela DRT/MG em _________________; 2) DA NOMEAÇÃO DA INVENTARIANTE: as partes nomeiam a viúva-meeira inventariante, conferindo-lhe os poderes para representar o espólio judicial ou extrajudicialmente e administrar todos os seus bens, bem como para contratar advogado, a fim de defender os interesses do espólio em juízo, ativa ou passivamente, e ela declara aceitar o encargo, compromissandose de cumpri-lo fielmente e prestar contas quando solicitado pelos interessados, esclarecendo que tem ciência da responsabilidade civil e penal de todas as declarações que forem prestadas. 3) DA INEXISTÊNCIA DE TESTAMENTO E HERDEIROS MENORES OU INCAPAZES: a inventariante declara que o de cujus faleceu sem deixar testamento ou qualquer outra disposição com eficácia post mortem, e que todos os herdeiros são capazes; 4) DOS BENS QUE COMPÕEM O ACERVO HEREDITÁRIO: o acervo hereditário é composto pelos seguintes bens: 4.1) IMÓVEIS: 4.1.1) (descrevê-los completamente, mencionando matrícula e cartório de registro em que estiver registrado, número de cadastro no Incra (CCIR) e na Secretaria da Receita Federal (Nirf) – para os rurais – e número de cadastro na

http://jus2.uol.com.br/pecas/texto.asp?id=744

1/10/2010

. ou gravação eletrônica de dados): 1) Declaração de Bens e Direitos. E por ser essa a vontade das partes.). datada de __/________________/2007. subscrita pelo Chefe da Administração Fazendária local.Inventário: modelos de escritura com bens e sem bens a partilhar . 4. item 5: nome do imóvel: ________________. subscrevo.). 2) que os bens declarados se encontram livres de ônus reais.. 7.3. capturada.. 4. estando dispensados de apresentar certidões negativas do INSS e da Secretaria da Receita Federal..uol. localização: ________________. 22..1..1) (.).2.. nacionalidade: brasileira.3.. 7. exercício de 2006.3) (.). acima identificado.2) (.3) SEMOVENTES: 4.1) (.. Haverá para o seu pagamento o seguinte: 7...2) (. 7) certidão negativa municipal. sob o n.4) (. podendo (ou sendo vedado) substabelecer. no endereço eletrônico da Secretaria da Receita Federal. 7) DA PARTILHA: as partes acordam a partilha dos bens da seguinte forma: 7.212/91. código de controle ________________. sob as penas da lei: 1) que todas as declarações prestadas nesta escritura são verdadeiras. quitado.).2) SEGUNDO PAGAMENTO FEITO AO HERDEIRO ___________________.1) (. autenticado mecanicamente pela agência local do ________________. ações reais e pessoais reipsersecutórias. O INTERVENIENTE.br/pecas/texto.). nº certificação planta/memorial: (em branco).1.4) (.1. no espólio dos bens deixados por falecimento de ___________________. dívidas em geral.. as partes declaram.). do qual se extraem os seguintes elementos previstos na Lei 4. 7. código: ________________. e 9) Certidão conjunta negativa de débitos relativos a tributos federais e à dívida ativa da União..Peças Jus Navigandi Página 2 de 4 Prefeitura Municipal – para os urbanos).com..3) (. 2) certidão negativa municipal. no valor de R$___________________.2.). tabelião. referente ao exercício 2003/2004/2005.).. no valor de R$________________. válida até __/________/2007. 7. no valor de R$___________________. 4. 7. município sede do imóvel: ________________: UF: ________________. capturada.1.). de 06/abril/1966.2. no espólio dos bens deixados por falecimento de ___________________.3) (. com área de ________________ha.947. 6) Certidão Negativa de Débitos de Imóvel Rural...4) (. ______________(_________________). ______________..3. 26. Emitida a Declaração sobre Operações Imobiliárias (DOI). com homologação do pagamento do ITCD.2. anexo I. datada de __/________________/2007. 5) DA INEXISTÊNCIA DE DÍVIDAS: a inventariante declara que não existem obrigações a serem satisfeitas pelo espólio.). 3) que não se enquadram nas restrições da Lei 8.2) (. assinando os documentos necessários. através do Documento de Arrecadação Estadual (DAE).). 7.2.3) TERCEIRO PAGAMENTO FEITO À HERDEIRA ___________________. no endereço eletrônico da Secretaria da Receita Federal.. em nome de ___________________.. está identificada na Secretaria da Receita Federal sob o n. 4..3) (. válida até __/________________/2007.. em ________________. I a V e Instrução Normativa do INCRA n. emitido pelo INCRA. 4. 8) certidão negativa de débitos estaduais. que digito. Haverá para o seu pagamento o seguinte: 7. tudo perante mim.. 4.. As exigências legais e fiscais inerentes à legitimidade do ato foram cumpridas. _________________ – MASP _________________.. código de controle ____________________. em que consta o seguinte: "(. ________________... no espólio dos bens deixados por falecimento de ___________________.). 4.1) (.2) MÓVEIS: 4. datada de __/________________/2007. 7.1) 50% (cinqüenta por cento) do imóvel (.).)". 7. 6) DO MANDATO OUTORGADO AO INTERVENIENTE: a viúva-meeira e os herdeiros nomeiam como mandatário o Dr.. 4. 7. 4. em quaisquer tabelionatos de notas.4) (..2) (. 7. Apresentados os seguintes documentos. declara que prestou assistência jurídica às partes e acompanhou a lavratura desta escritura.3. conferindo os valores e a correção da partilha.. 4.asp?id=744 1/10/2010 .4) (.. FMP (ha): ________________.2. tributos e débitos condominiais.1.). outorgam e assinam. podendo ainda representá-los perante os órgãos públicos. em __/________________/2007.3.).. via Internet.). 3) que requerem ao(à) Oficial(a) do Serviço de Registro Imobiliário competente a prática de todos os atos registrais em sentido amplo. no valor de R$___________________.). 7. a fim de recolher tributos e requerer a sua homologação. emitida às ____________ horas do dia __/__________/2007. 3) certidão descritiva da matrícula ________________. ______________(_________________).1.). Em testemunho da verdade. lavro esta escritura que. expedida pela ________________..).2. em público e raso.3..1) PRIMEIRO PAGAMENTO FEITO À VIÚVA -MEEIRA ___________________.. que ficam arquivados por meio de _________________(classificador específico ou próprio de escrituras de inventário.... e 4) que aceitam esta escritura em todos os seus termos. 4.. Outorgante 1 Outorgante 2 Advogado Tabelião http://jus2. 4) CCIR. de 28/novembro/2005. 5) comprovante de quitação do ITR.. ________________. depois de lida. microfilmagem.. bem como para retificar quaisquer erros ou omissões e ratificar os demais dados desta escritura. dou fé e assino..3. via Internet.1..4) (. com poderes especiais para assinar eventual sobrepartilha.). Eu.3..). art.3) (.. na posição de advogado comum das partes. Haverá para o seu pagamento o seguinte: 7.).2) (..3) (.2) (. nome do detentor: ________________. § 6º.. onde consta que a ________________. escrevente.2.. Finalmente. emitida às ________________ horas do dia __/________________/2007.

comparecem: 1) VIÚVA MEEIRA: (qualificação completa – art. que ficam arquivados por meio de _________________(classificador específico ou próprio de escrituras de inventário. tal como está redigida. perante mim. Bairro da Viagem Eterna. República Federativa do Brasil. termo número ____________). bem como para contratar advogado. 4) DA INEXISTÊNCIA DE BENS A PARTILHAR E DÍVIDAS DO ESPÓLIO: a inventariante declara que o de cujus faleceu sem deixar bens corpóreos ou incorpóreos a partilhar. Apresentados os seguintes documentos. ________________.com. Em testemunho da verdade. conforme Certidão de Óbito expedida em _________________. datada de __/________________/2007.2) (qualificação completa – art. na posição de advogado comum das partes. CC). sob as penas da lei: 1) que todas as declarações prestadas nesta escritura são verdadeiras. em ________________. bem como para retificar quaisquer erros ou omissões e ratificar os demais dados desta escritura. lavro esta escritura que. escrevente. As exigências legais e fiscais inerentes à legitimidade do ato foram cumpridas. 111. válida até __/________/2007. as partes declaram. III. conferindo-lhe os poderes para representar o espólio judicial ou extrajudicialmente e administrar todos os seus bens.asp?id=744 1/10/2010 . em público e raso. 2. III. _________________ CEP _________________. a fim de defender os interesses do espólio em juízo. III. 2) certidão negativa municipal. e ela declara aceitar o encargo. sito à Praça _________________. expedida pela DRT/MG em _________________. com poderes especiais para assinar eventual sobrepartilha. 215. CEP 38190-000. O INTERVENIENTE. Reconheço-lhes a identidade e a capacidade jurídica para este ato.Inventário: modelos de escritura com bens e sem bens a partilhar . 3) certidão negativa de débitos estaduais. telefone (___) _________________._________________(e-mail e endereço eletrônico). Eu. no Município e Comarca de _________________. extraída do livro __________. extraída do livro _________________. que digito. neste _________________ Tabelionato de Notas. declara que prestou assistência jurídica às partes e acompanhou a lavratura desta escritura. outorgam e assinam. § 1º. Estado de Minas Gerais. através do Documento de Arrecadação Estadual (DAE). via Internet. CPF/MF _________________. CC). § 1º. onde residia na Rua da Boa Morte. 215. Outorgante 1 http://jus2. conferindo-a em todos os seus termos.3) (qualificação completa – art. sob as penas da lei: 1) DE CUJUS: que faleceu na Santa Casa de Misericórdia desta cidade. com homologação do pagamento do ITCD. acima identificado. 215.212/91. em nome de ___________________. 215.br/pecas/texto. e 3) que aceitam esta escritura em todos os seus termos. 2. ou gravação eletrônica de dados): 1) Declaração de Bens e Direitos. Finalmente. § 1º. _________________ – MASP _________________. ______________(_________________). § 1º. ativa ou passivamente. filho de AAAAAAA e BBBBBB. que assiste a toda a lavratura do ato: Dr. o qual era brasileiro. pelo Serviço de Registro Civil das Pessoas Naturais de ________________.uol. emitida às ____________ horas do dia __/__________/2007. e como interveniente. 215. E por ser essa a vontade das partes. subscrita pelo Chefe da Administração Fazendária local. CTPS _________________. tabelião. 5) DO MANDATO OUTORGADO AO INTERVENIENTE: a viúva-meeira e os herdeiros nomeiam como mandatário o Dr.1) (qualificação completa – art. no dia _________________. CI/RG _________________. sob o n. cuja celebração se deu em _________________ (conforme Certidão de Casamento expedida em ________________. CC). ______________. no endereço eletrônico da Secretaria da Receita Federal. (qualificação completa – art. sob o regime de ____________________. e que todos os herdeiros são capazes. compromissando-se de cumpri-lo fielmente e prestar contas quando solicitado pelos interessados. produtor rural. expedida pela ________________. no valor de R$________________. bem como que não existem obrigações a serem satisfeitas pelo espólio. CC). datada de __/________________/2007. pelo Serviço de Registro Civil das Pessoas Naturais desta Comarca. em __/________________/2007. dou fé e assino. autenticado mecanicamente pela agência local do ________________. tudo perante mim. As partes declaram.Peças Jus Navigandi Página 3 de 4 ESCRITURA PÚBLICA DE INVENTÁRIO NEGATIVO DOS BENS QUE COMPÕEM O ESPÓLIO DE _____________________________ A _________________ de _________________ do ano dois mil e _________________ (__/__/200__). e 4) Certidão conjunta negativa de débitos relativos a tributos federais e à dívida ativa da União. e 2) HERDEIROS: 2. 2) que não se enquadram nas restrições da Lei 8. III. subscrevo. o de cujus MORTO MORTINHO MORTÃO MORTE. nascido em _________________. casado com _____________________. capturada. 3) DA INEXISTÊNCIA DE TESTAMENTO E HERDEIROS MENORES OU INCAPAZES: a inventariante declara que o de cujus faleceu sem deixar testamento ou qualquer outra disposição com eficácia post mortem. III. microfilmagem. estando dispensados de apresentar certidões negativas do INSS e da Secretaria da Receita Federal. § 1º. CC). ______________(_________________). MÁRIO MARIANO MORAIS MENDES. expedida em _________________. domiciliado nesta cidade. 2) – DA NOMEAÇÃO DA INVENTARIANTE: as partes nomeiam a viúva-meeira inventariante. código de controle ____________________. Tabelião. folha __________. no dia _________________. depois de lida. esclarecendo que tem ciência da responsabilidade civil e penal de todas as declarações que forem prestadas.

060/50. impugne inventariantes. tal como previsto no art. tabelião. O(s) mandante(s).Inventário: modelos de escritura com bens e sem bens a partilhar . pague tributos. lavro esta procuração que. firme e valioso. Tabelião. neste __________ Tabelionato de Notas. 38 do Código de Processo Civil. inclusive perante a Secretaria da Receita Federal. aceite a inventariança. sito à Praça ___________________. assinando a Declaração de Bens e Direitos. dando quitação. requeira e receba alvarás e quantias. se existirem). __________________________(e-Mail e endereço eletrônico. escrevente. Mandante 1 Mandante 2 Tabelião http://jus2. estaduais ou municipais. assinando termos e o seu compromisso. aprove ou impugne partilhas. perante mim. com os poderes especiais do art. número de inscrição na OAB e qualificação completa – art. em quaisquer juízos e instâncias. seja elas federais. em todos os seus termos. INCLUSIVE PARA OS EFEITOS DO ART. em público e raso. III. aceite ou conteste avaliações. ou remissões. 982 do Código de Processo Civil. podendo o mandatário representá-lo(s) em quaisquer cartórios de notas. cálculos e contas. a fim de regularizar o CPF do(s) mandante(s) ou do(a) de cujus. depois de lida. nomeia(m) seu(sua) mandatário(a): __________________________( nome do advogado. __________________. em todos os seus órgãos. República Federativa do Brasil. aceita(m). A _______________(dia)de _________(mês)do ano dois mil e sete (____/____/2007). III. subscrevo. CC). Eu. intervenha em outras ações que decorram do Inventário. CEP ______________. ______________(assinatura e nome do escrevente) . comparece(m) como mandante(s): __________________________(nome e qualificação completa – art. atos e incidentes. 215. a quem confere(m) os poderes especiais para atuar no foro em geral. e Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais. __________________________(telefone. que digito. requeira os benefícios da Lei 1. por meio desta procuração pública. declare bens e concorde ou não com a declaração deles e com a relação e qualidade de herdeiros. apresentando os seus planos e investindo os demais comunheiros na posse dos seus quinhões. dou fé e assino.com. Estado de Minas Gerais. Em testemunho da verdade. § 1º. outorga(m) e assina(m). testamenteiros e suas contas.uol. 215. o que promete(m) fazer sempre bom. represente-os perante quaisquer repartições públicas.asp?id=744 1/10/2010 . bem como pré-partilhas. o Inventário/Arrolamento dos bens deixados por falecimento de __________________________(nome do de cujus). Reconheço-lhe(s) a identidade e a capacidade jurídica para este ato. requeira colações e adjudicações. a fim de requerer e acompanhar. a fim de que apresente e retire documentos. requeira sobrepartilhas e/ou retificação de partilha. As exigências legais e fiscais inerentes à legitimidade do ato foram cumpridas.br/pecas/texto. 982 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL PROCURAÇÃO que faz(em) __________________________(apenas o nome dos mandantes). E por ser essa a vontade da(s) parte(s). § 1º.Peças Jus Navigandi Página 4 de 4 Outorgante 2 Advogado Tabelião ESCRITURA PÚBLICA DE PROCURAÇÃO PARA INVENTÁRIO/ARROLAMENTO. no Município e Comarca de ________________. CC). tudo perante mim. Esses poderes abrangem a possibilidade se fazer o inventário extrajudicialmente.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful