Você está na página 1de 5

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO


ESCOLA ESTADUAL CECÍLIA PINTO

É a esperança que nos impulsiona a progredir e


avançar, apesar de situações adversas. Esperar é
desejar, confiar, propor objetivos. Em nada significa
acomodação, conclusão ou descomprometimento. Ao
contrário: admite a riqueza da processualidade do
cotidiano, que não é composto só de entraves, mas de
possibilidades. (CAVAGNARI, 2001).

MACAPÁ/AP
2009-2010
DIREÇÃO
Solange dos Santos Ribeiro

DIREÇÃO ADJUNTA
Maria de Jesus Moares

SECRETARIA ESCOLAR
José Maria Dias Cardoso

EQUIPE PEDAGÓGICA
Arlete Paiva Brandão
Claudia Fabrícia da Silva Dias
Rosimeire

EQUIPE DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO


Creuza
Dilcilene
Dinalva Barros
Eugeny
Floriza
Idelfonso
Socorro Vaz
Socorro Matos
Tânia
SUMÁRIO
I – IDENTIFICAÇÃO...................................................................................................... 4
II – APRESENTAÇÃO.................................................................................................... 5
III – JUSTIFICATIVA..................................................................................................... 6
IV - HISTÓRICO DA ESCOLA...................................................................................... 8
V - HISTÓRICO DA CONSTRUÇÃO DO PROJETO 10
VI - CONTEXTUALIZAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA 12
VII – ESTRUTURA ORGANIZACIONAL 13
7.1 – RECURSOS HUMANOS 13
7.2 – ESTRUTURA FÍSICA 14
7.3 – RECURSOS DIDÁTICOS 15
VIII – MISSÃO DA ESCOLA CECÍLIA PINTO 16
IX - VISÃO DE FUTURO 16
X – OBJETIVOS 16
10.1 - OBJETIVO GERAL 16
10.2 - OBJETIVOS ESPECÍFICOS 16
XI - CONCEPÇÃO DE EDUCAÇÃO 17
11.1 - FUNDAMENTOS ÉTICOS - POLÍTICOS 17
11.2 - FUNDAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS 18
11.3 - FUNDAMENTOS DIDÁTICOS - PEDAGÓGICOS 19
XII – DIMENSÃO CURRICULAR 20
12.1 – DO CURRÍCULO 22
12.2 – DO PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO 22
12.3 – DA AVALIAÇÃO 23
12.4 – DAS MODALIDADES DE ENSINO: 24
12.4.1 - ENSINO FUNDAMENTAL 24
12.4.1.1- OBJETIVOS 25
12.4.2 - EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (2ª A 4ª ETAPAS) 25
12.4.2.1 - OBJETIVOS 25
12.4.3 - EDUCAÇÃO ESPECIAL 25
12.4.4 - PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA 26
PROFESSORES
XIII - O OLHAR DA COMUNIDADE SOBRE A GESTÃO 28
XIV - O OLHAR DA COMUNIDADE SOBRE A COORDENAÇÃO
PEDAGÓGICA 29
XV – RELAÇÃO FAMÍLIA-ESCOLA 30