1.

A política de Assistência Social passou a integrar a Seguridade Social no Brasil juntamente com as políticas de Saúde e Previdência com a Constituição Federal de 1988. Assinale a alternativa que aponta a lei que a regulamenta. a) LOAS b) LOSS c) LOPS d) LOS e) SUS 2. A Política Nacional de Assistência Social - PNAS tem como compromisso redesenhar coletivamente a política de assistência social, na perspectiva de implementação do Sistema Único de Assistência Social - SUAS, materializando as diretrizes da Lei Orgânica de Assistência Social - LOAS. Ela expressa a concreticidade do conteúdo da Assistência Social como um pilar do sistema a) capitalista na garantia de acesso aos direitos sociais. b) descentralizado e participativo na condução do ideário neoliberal. c) de proteção social brasileiro no âmbito da Seguridade Social. d) de cidadania regulada sobre a égide da Constituição de 1988. e) de garantia de direitos sem interface com as demais políticas sociais. 3. "A assistência social, direito do cidadão e dever do Estado, é Política de Seguridade Social não contributiva, que provê os mínimos sociais, realizada através de um conjunto integrado de iniciativa pública e da sociedade, para garantir o atendimento às necessidades básicas". Este conceito de Assistência Social está de acordo com a) A Constituição Federal de 1988. b) Lei das Organizações Sociais. c) Lei da Seguridade Social. d) O artigo primeiro da LOAS. 4. Relacione as colunas e depois assinale a sequência correta nas alternativas abaixo. Alguns números poderão ser utilizados mais de uma vez e outros poderão não ser usados. 1. Objetivos da LOAS 2. Princípios da LOAS 3. Diretrizes da LOAS ( ( ( ( ( ( ) ) ) ) ) ) descentralização político-administrativa. o amparo às crianças e adolescentes carentes. universalização dos direitos sociais. participação da população. respeito à dignidade do cidadão. igualdade de direitos no acesso atendimento.

a) 1 - 2 - 3 - 2 - 2 - 1. b) 3 - 1 - 2 - 3 - 2 - 2. c) 1 - 1 - 2 - 2 - 1 - 2. d) 2 - 3 - 1 - 1 - 2 - 3. 5. A respeito das políticas de previdência e assistência social no Brasil, julgue os itens a seguir. a) Os benefícios que substituem o salário de contribuição ou o rendimento do trabalho do segurado têm como valor mínimo estabelecido dois salários mínimos mensais. b) Entre as diretrizes para a organização da assistência social, destaca-se a descentralização político-administrativa, sendo que ao governo federal cabem a coordenação e as normas gerais e aos governos estaduais e municipais, bem como às entidades beneficentes e de assistência social, a execução de programas sociais. c) A Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) é o instrumento legal que disciplina a operacionalização da gestão da política de assistência social. d) A pactuação de aspectos operacionais da gestão do SUAS é realizada no âmbito das comissões intergestores, sendo que, na esfera estadual, as negociações são de competência da comissão tripartite, formada por gestão estadual, municipal e comunitária. 6. Acerca da Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ), julgue os itens subsequentes. a) A organização da assistência social tem como base a centralização político-administrativa para os estados, o Distrito Federal, os municípios, com comando único das ações na esfera federal. b)[ ] De acordo com a LOAS, é competência do DF a execução dos projetos de enfrentamento da pobreza, incluindo a parceria com organizações da sociedade civil. c) [ ] Benefícios eventuais são aqueles que visam ao pagamento de auxílio por natalidade ou morte às famílias cuja renda mensal per capita seja inferior a ¼ do salário mínimo. 7. Acerca da Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ), julgue os itens subsequentes. a) [ ] Condicionam os repasses financeiros aos municípios, aos estados e ao DF a efetiva instituição e funcionamento de conselho de assistência social; a composição paritária entre governo e sociedade civil; o fundo de assistência social, com orientação e controle dos respectivos conselhos de assistência social; e o plano de assistência social. b) [ ] Considera-se incapaz de prover a sua manutenção a pessoa idosa ou portadora de necessidades especiais pertencente a família cuja renda mensal seja inferior a ¼ do salário mínimo.

c) [ ] A assistência social realiza-se de forma integrada às políticas setoriais, visando ao enfrentamento da pobreza, à garantia dos mínimos sociais, ao provimento de condições para atendimento às contingências sociais e à universalização dos direitos sociais. 8. TJ - SC 25/07/2010 - TJ - SC - Assistente Social A Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) estabelece competências à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios. Com relação a estas competências é correto afirmar: a) Compete aos Municípios executar, de forma independente, os serviços, os programas e os projetos de enfrentamento da pobreza. b) Compete aos Estados conceder registro e certificado de entidade beneficente de assistência social. c) Compete ao Distrito Federal efetuar o pagamento dos auxílios natalidade e funeral. d) Compete a União apoiar técnica e financeiramente os serviços, os programas e os projetos de enfrentamento da pobreza em âmbito regional ou local. e) Compete aos Municípios e aos Estados prestar os serviços assistenciais mediante critérios estabelecidos pelo Conselho Nacional de Assistência Social. 9. TJ - SC 25/07/2010 - TJ - SC - Assistente Social Dos princípios e das diretrizes estabelecidos para a organização da assistência social estabelecidos pela Lei Orgânica de Assistência Social, assinale a alternativa correta. I. Igualdade de direitos no acesso ao atendimento, sem discriminação de qualquer natureza, garantindo-se equivalência às populações urbanas e rurais, corresponde a um dos princípios da LOAS. II. Participação da população, por meio de organizações representativas, na formulação das políticas e no controle das ações em todos os níveis, corresponde a uma das diretrizes da LOAS. III. Primazia da responsabilidade do Estado na condução da política de assistência social, corresponde a um dos princípios da LOAS. IV. Respeito à dignidade do cidadão, à sua autonomia e ao seu direito a benefícios e serviços de qualidade, bem como à convivência familiar e comunitária, vedando-se qualquer comprovação vexatória de necessidade, corresponde a uma das diretrizes da LOAS. a) Somente a proposição IV está correta. b) Somente a proposição II está correta. c) Estão corretas as proposições III e I. d) Estão corretas as proposições I e II. e) Estão corretas as proposições I, III e IV.

11. É competente para propor ao Poder Executivo a alteração destes limites de renda.TJ . b) o compartilhamento de objetivos. e passa sistematicamente a integrá-los como estratégia à proposição e à operacionalização das ações voltadas aos destinatários dessas políticas. . a) mobilizar a sociedade civil organizada para a distribuição de auxílios emergenciais para o enfrentamento da pobreza.SC . na forma como está prevista na Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ). c) buscar a universalização dos direitos sociais. a fim de tornar o destinatário da ação . os instrumentos de comunicação entre os sujeitos partícipes da rede. b) reconhecer a supremacia do atendimento aos benefícios assistenciais. principalmente a partir da década de 90 do século XX no Brasil. tem.SC 25/07/2010 . 12. b) O Conselho Nacional de Assistência Social. c) o avanço para práticas democráticas que superem o histórico conservadorismo presente na política pública brasileira. a) O Conselho Nacional do Idoso. como um dos seus princípios. de compromissos e de responsabilidades por parte dos sujeitos do Estado e da sociedade civil. Essa perspectiva está referenciada no ECA e também na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS ).A assistência social.A perspectiva do trabalho em rede ganha terreno no campo das políticas sociais públicas brasileiras. O trabalho em rede não pressupõe a) o envolvimento de diferentes sujeitos do Estado e da sociedade civil. c) O Conselho Municipal do Idoso.______________________ 10.Assistente Social De acordo com a LOAS. e) a participação hegemônica de representantes do Poder Judiciário na construção das ligações entre os pontos das redes. . e) O Juiz. TJ . d) a necessidade de aprimorar e utilizar. d) O Ministério Público. "Considera-se incapaz de prover a manutenção da pessoa portadora de deficiência ou idosa a família cuja renda mensal per capita seja inferior a ¼ (um quarto) do salário mínimo". submetida à sociedade civil por meio das organizações não governamentais.

15. julgue os itens a seguir.Quanto à concepção das políticas de seguridade social no Brasil. entre 1985 e 1989. 5 ______________________ 13. onde havia a proposta do "resgate da dívida social" deixada pela ditadura militar.esta conquista assegurada na LOAS tem origem no chamado período de transição. c) Apenas III. em suas possibilidades.Considerando os princípios. a) Apenas I. b) Apenas II. e) Todas corretas. julgue os itens a seguir. (In Revista Serviço Social e Sociedade nº 58) Sobre essa assertiva é correto afirmar que: I . .os processos de luta pela cidadania (entre 1985 e 1989) geraram um clima esfuziante em alguns setores que anunciavam um período de futura revisão estrutural da organização da sociedade brasileira. e) fomentar campanhas participativas solidárias e a criação de programas de transferência de renda por meio de empresas cidadãs.O conceito de mínimos sociais está integrado ao texto da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) e sua inserção foi considerada um avanço na época. II. as competências e os benefícios estabelecidos na lei orgânica da assistência social ( LOAS ). d) Apenas II e III. b) [42] As ações e serviços públicos de assistência social são consideradas de relevância pública. d) preconizar a responsabilidade das entidades filantrópicas e entidades sem fins lucrativos na coordenação da política de assistência social. III . a) [41] O estatuto de política pública da assistência social destaca-se como inovação da LOAS. .o conceito de mínimos sociais foi se configurando como correspondente ao acesso aos bens e serviços básicos de reprodução da vida moderna. . . 14.assistencial alcançável pelas demais políticas públicas. oportunidades e condições.

explicitar o que diz a Lei e a operacionalização da política social.a) [91] A concessão e manutenção do benefício de prestação continuada ( BPC ) é de responsabilidade dos estados. explicitar o que diz o Código de Ética do Serviço Social e suas contradições para operacionalização da política social. tem o benefício suspenso por estar sob a custódia do estado. saúde.Para se avaliar as políticas sociais coerentes com o fundamento crítico da profissão. c) Analisar o papel do Estado para além dos limites de sua responsabilidade social. b) Analisar o papel do Estado nos limites de sua responsabilidade social. c) [93] A articulação entre órgãos responsáveis pelas políticas de assistência social. articular tanto a dinâmica . explicitar os direitos e deveres das forças sociais envolvidas no processo. explicitar o que diz a LOAS para operacionalização da política social. e) [95] São inegáveis os avanços incorporados na política da assistência social a partir da LOAS. d) [94] O idoso que recebe o BPC. explicitar os direitos e deveres das forças sociais envolvidas no processo. 16. previdência social. visando à elevação do patamar mínimo de atendimento às necessidades básicas. principalmente no que se refere ao enfoque regulatório e centralizado na 6 ______________________ assistência social como uma política que visa à rentabilidade econômica. explicitar as contradições existentes entre o que diz a Lei e a operacionalização da política social. d) Analisar a política entendida em sua totalidade. a) Analisar o papel do Estado nos limites de sua responsabilidade social. explicitar os direitos e deveres das forças sociais envolvidas no processo. quando acometido por neoplasia e em situação de internação hospitalar. b) [92] Ao conselho nacional de assistência social (CNAS) é atribuída a função de acompanhar e fiscalizar o processo de certificação das entidades e organizações de assistência social no Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. dos municípios e do Distrito Federal. está prevista na legislação atual. . devem ser buscados os seguintes objetivos e intenções.

. no país. 18. a título de participação no custeio do pagamento dos auxílios natalidade e funeral. c) refilantropização da assistência foi o traço distintivo das políticas sociais da ditadura ( 1964-1985 ). d) refilantropização da assistência foi instaurada pela Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ).Assinale a única alternativa correta. desde 1930. desconcentrada. d) Estimular e apoiar técnica e financeiramente as associações e consórcios municipais na prestação de serviços de assistência social. 203 da Constituição Federal. como uma política de proteção social pública.LOAS . os programas e os projetos de enfrentamento da pobreza em âmbito regional ou local. explicitar o que diz a Constituição. explicitar os direitos e deveres das forças sociais envolvidas no processo. c) Apoiar técnica e financeiramente os serviços. 17. e) Analisar o papel do Estado e das instituições envolvidas.dispõe sobre a organização e gestão da Assistência Social. e) Prestar os serviços assistenciais cujos custos ou ausência de demanda municipal justifiquem uma rede regional de serviços. Sobre este capítulo. b) Destinar recursos financeiros aos Municípios. mediante critérios estabelecidos pelos 7 ______________________ Conselhos Estaduais de Assistência Social. compete à União: a) Responder pela concessão e manutenção dos benefícios de prestação continuada definidos no art.Os principais estudiosos da relação Serviço Social/Assistência Social. no Brasil. e) refilantropização da assistência contribui para ampliar o mercado de trabalho dos Assistentes Sociais.estrutural quanto as forças sociais envolvidas no processo. no âmbito do respectivo Estado. afirmam que a a) assistência se configurou. . . b) assistência deslocou-se do assistencialismo para o campo das políticas públicas só nos últimos quinze anos. A Lei Orgânica da Assistência Social . de 07/12/1993.

anuncia as instâncias deliberativas do sistema descentralizado e participativo de Assistência Social. .Entende-se por benefícios eventuais aqueles que visam ao pagamento de auxílio por natalidade ou morte às famílias cuja renda mensal per capita seja inferior a 1/4 (um quarto) do salário mínimo.Assinale a única alternativa incorreta. . e) Estabelecer diretrizes. c) Os Conselhos Estaduais de Assistência Social. b) Os Conselhos Municipais de Assistência Social.O benefício de prestação continuada deve ser revisto a cada 2 (dois) anos para 8 ______________________ avaliação da continuidade das condições que lhe deram origem. 18 da LOAS: a) Convocar ordinariamente a cada 2 (dois) anos. por maioria absoluta de seus membros. de caráter permanente e composição paritária entre governo e sociedade civil. 16 da LOAS. 21. a Conferência Nacional de Assistência Social.O benefício da prestação continuada de que trata o Art. . dos Programas e dos Projetos de Assistência Social de que trata a LOAS no seu capítulo IV. dos Serviços. II.19. ao Distrito Federal. disposto no Art. aos Municípios e às entidades e organizações de assistência social. b) Aprovar a Política Nacional de Assistência Social. O Art.Marque a única alternativa incorreta quanto à competência do Conselho Nacional de Assistência Social. pode-se afirmar que: I. 20.Dos Benefícios. ou extraordinariamente. apreciar e aprovar os programas anuais e plurianuais do Fundo Nacional de Assistência Social ( FNAS ). d) Normatizar as ações e regular a prestação de serviços de natureza pública e privada no campo da assistência social. que terá a atribuição de avaliar a situação da assistência social e propor diretrizes para o aperfeiçoamento do sistema. d) O Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. e) O Conselho de Assistência Social do Distrito Federal. . c) Prestar assessoramento técnico aos Estados. III. que são: a) O Conselho Nacional de Assistência Social. 20 da LOAS pode ser acumulado pelo beneficiário no âmbito da seguridade social.

. ratificado pelo Decreto Legislativo nº 66. são o a) Ministério do Bem-Estar Social.O financiamento dos benefícios. aos Estados e ao Distrito Federal. d) I. III. e) II e III. além daqueles que compõem o Fundo Nacional de Assistência Social ( FNAS ). instituído pelo Decreto nº 91. c) II. dos recursos de que trata esta lei.O Financiamento da Assistência Social de que trata o Capítulo V da LOAS prevê que: I. os . d) I. à medida que se forem realizando as receitas.LOAS. . do Distrito Federal e dos Municípios. c) I. serviços. a efetiva instituição e funcionamento de apenas um Fundo de Assistência Social.Os recursos de responsabilidade da União destinados à assistência social serão automaticamente repassados ao Fundo Nacional de Assistência Social ( FNAS ).O benefício de prestação continuada é a garantia de 1 (um) salário mínimo mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso com 70 (setenta) anos ou mais e que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção e nem de tê-la provida por sua família. as instâncias deliberativas do sistema descentralizado e participativo de assistência social. 22. São corretas apenas as afirmações: a) I. de 22 de novembro de 1985. III e IV. III e IV.970. aos Municípios.IV.É condição para os repasses. 23. b) III. dos Estados.Conforme art. II. b) I.Fica o Fundo Nacional de Ação Comunitária ( Funac ). e) II e III. III e IV. IV. programas e projetos estabelecidos nesta lei far-se-á com os recursos da União. o Conselho Nacional de Assistência Social. das demais contribuições sociais previstas no art. 195 da Constituição Federal. II e IV. II e III. de caráter permanente e composição paritária entre governo e sociedade civil. de 18 de dezembro de 1990. São corretas apenas as afirmações: a) I. II e IV. transformado no Fundo Nacional de Assistência Social ( FNAS ). II e III. II e IV. e seu respectivo Plano de Assistência Social. 16 da Lei Orgânica de Assistência Social .

26. a Secretaria Nacional de Assistência Social. 25. exercida de modo sistêmico pelos entes federativos.Conforme o art. e) Conselho Nacional de Assistência Social. c) Conselho Nacional de Assistência Social. . à garantia dos mínimos sociais.- . ao provimento de condições para atender contingências sociais e à a) equidade social. c) justiça social. em consonância com a Constituição da República de 1988. e) pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. o Conselho Intergestor Tripartite. Seu conteúdo e sua regulação são sustentados a) pela sociedade civil. com a LOAS e com as legislações complementares a ela aplicáveis. . visando ao enfrentamento da pobreza. o Fundo Nacional de Assistência Social. parágrafo único. 9 ______________________ b) Conselho Nacional de Assistência Social. c) pelo pacto federativo.Conselhos Estaduais de Assistência Social e os Conselhos Municipais de Assistência Social. b) pelo governo. b) universalização dos direitos sociais. 2°. d) pelo Conselho Nacional de Assistência Social. e) potencialização dos usuários dos serviços. da LOAS. os Conselhos Estaduais de Assistência Social e os Conselhos Municipais de Assistência Social. 24. o Conselho de Assistência Social do Distrito Federal e os Conselhos Municipais de Assistência Social. . o Conselho Intergestor Bipartite e os Conselhos Municipais de Assistência Social.A NOB/SUAS disciplina a gestão pública da Política de Assistência Social no território brasileiro. d) Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. a assistência social realiza-se de forma integrada às políticas setoriais. d) emancipação social. o Conselho Nacional de Assistência Social e os Conselhos Municipais. os Conselhos Estaduais de Assistência Social.

pública 28. a) [89] Regime de economia familiar é a atividade em que o trabalho dos membros da família é indispensável à própria subsistência e ao desenvolvimento socioeconômico do núcleo familiar. a) social . dever . ou extraordinariamente. c) [91] De acordo com a Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS). privada e) à saúde . destinado a assegurar o direito relativo à saúde. dever . para garantir o atendimento às necessidades básicas.A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade. pública d) social . b) [90] A Lei Orgânica da Saúde. Assinale a alternativa que completa correta e sequencialmente as lacunas abaixo. . dever . 1° da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) Lei 8.O texto abaixo é referente ao art. direito . é Política de Seguridade Social _____________ .Segundo a Lei 8. A assistência _____________. julgue os itens a seguir. que prove os mínimos sociais. a Conferência Nacional de Assistência Social. Com relação a esse tema. por maioria absoluta de seus membros.742 de 7/12/1993.742 de 03/12/1993. dever . direito . à previdência e à assistência social. Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ). dever . contributiva . dever . 27. define que as 10 ______________________ ações e os serviços de saúde devem ser prestados apenas por órgãos e instituições públicas municipais. pública b) à saúde . não contributiva . não contributiva . contributiva . cuja atribuição é avaliar a situação da assistência social e propor diretrizes para o aperfeiçoamento do sistema. dever . que instituiu o Sistema Único de Saúde. sem a utilização de empregados permanentes. do cidadão e _____________ do Estado. além de ser exercido em condições de mútua dependência e colaboração. não contributiva . dever . é de competência do órgão responsável pela política nacional de assistência social convocar ordinariamente a cada dois anos. comunitária c) social . qual das afirmativas abaixo compreende um dos objetivos da Assistência Social? . realizada através de um conjunto integrado de ações de iniciativa _____________ e da sociedade. .

Assim. . reabilitação e integração à vida comunitária ( Art. e) A garantia de ½ salário mínimo de benefício mensal somente à pessoa portadora de deficiência mental e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família. b) somente no Centro de Referência de Assistência Social c) no Centro de Referência Especializado de Assistência Social e em entidades e organizações de Assistência Social. por meio do acesso a um conjunto de programas. d) no Centro de Referência de Assistência Social e em entidades e organizações de . b) A garantia de 1 salário mínimo de benefício mensal somente à pessoa portadora de deficiência que comprove não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família. d) A garantia de ½ salário mínimo de benefício mensal somente à pessoa portadora de deficiência física e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família. serviços e benefícios que favoreçam as pessoas com deficiência.11 ______________________ A Política Nacional de Assistência Social e a Norma Operacional Básica NOB/SUAS reafirmam a atenção à pessoa com deficiência. na responsabilidade que tem de promover ações visando à garantia do atendimento de suas necessidades básicas. 29. 2°. IV . em especial com relação aos processos de habilitação. c) A garantia de ½ salário mínimo de benefício mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família.a) A garantia de 1 salário mínimo de benefício mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família.LOAS . esse atendimento às pessoas com deficiência deve ser ofertado a) somente no Centro de Referência Especializado de Assistência Social. como destinatário da Política de Assistência Social.Lei Orgânica de Assistência Social ).

d) a primeira afirmação é falsa e a segunda é verdadeira. o Distrito Federal e os municípios a destinarem recursos fiscais ao orçamento da seguridade social. que revelou o predomínio do entendimento neoliberal do Estado como mínimo.A Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) dispõe sobre a organização da assistência social e dá outras providências. Acerca da LOAS.º 8. a) as duas afirmações são verdadeiras e a segunda justifica a primeira. c) [83] Os benefícios assistenciais instituídos pela LOAS são os de prestação continuada para idosos a partir dos 60 anos de idade. . e obrigando a União. a) [77] A política de assistência social é de caráter não-contributivo e provê os direitos .742/1993. 31.Lei Orgânica de Assistência Social requer universalização de direitos. Lei n. c) a primeira afirmação é verdadeira e a segunda é falsa. e) no Centro de Referência e Integração para pessoas com deficiência.Desde a década de 90 do século passado. e os contributivos. Este processo fere frontalmente o artigo 194 da Constituição Federal. transparência orçamentária e controle social. 32. os estados. que orienta a operacionalização da seguridade social no Brasil. b) as duas afirmações são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira. incidindo sobre empregadores. a) [81] A diversidade das bases de financiamento é fundamental para a estrutura da seguridade social.O estatuto de política pública de seguridade social conferido à assistência social pela Constituição Federal e pela LOAS . 12 ______________________ e) as duas afirmativas são falsas. julgue os itens a seguir. . trabalhadores. a serem assegurados pelo comando único nas três esferas de governo PORQUE O sistema de relações institucionais adotado no passado recente pela assistência social foi mais um modo separatista do que aglutinador. é uma lei secundária à política de assistência social. b) [82] A Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ). as políticas sociais brasileiras vem sofrendo um processo de restrição que tem levado a perdas e redução de direitos sociais para uma parcela significativa da população. Acerca da seguridade social no Brasil.Assistência Social. 30. . julgue os itens que se seguem.

os estados. permanente e planejada. que prestam serviços e executam programas ou projetos de forma continuada. b) [78] A assistência social tem como objetivos a habilitação e a reabilitação das pessoas portadoras de deficiência e a promoção de sua integração à vida comunitária. II O funcionamento das entidades e organizações de assistência social depende de prévia inscrição no respectivo conselho municipal de assistência social ou no Conselho de Assistência do Distrito Federal. d) III e IV. serviços. . de assessoramento.A Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) dedica seu capítulo III à organização e gestão da política de assistência social. isolada ou cumulativamente: de atendimento. que inclui. nas suas competências: a) fixar normas para concessão de certificado de registro a entidades de fins filantrópicos ou beneficentes de assistência social. 33. 3º da LOAS podem ser. c) I e IV. . Sobre esse tema. observarão as normas expedidas pelos conselhos municipais de assistência social. IV A União. III As entidades e organizações de assistência social identificadas no art. programas e projetos assistenciais. 13 . b) II e III. Estão certos apenas os itens a) I e II.De acordo com a Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ). os municípios e o Distrito Federal (DF) podem celebrar convênios com entidades e organizações de assistência social em conformidade com os interesses políticos de seus governantes. de defesa e garantia de direitos. bem como dos recursos oferecidos pelo poder público e dos critérios para sua concessão. no âmbito das entidades e organizações de assistência social.sociais por meio de um conjunto integrado de iniciativa pública e privada a fim de garantir o atendimento das necessidades básicas da população. julgue os itens a seguir. foi instituído o Conselho Nacional de Assistência Social. 34. c) [79] A assistência social tem como princípio a divulgação ampla dos benefícios. I As ações da assistência social. b) exercer o monitoramento da política de assistência social nos Estados.

de composição paritária entre Governo e sociedade civil. sob orientação e controle de entidades filantrópicas. empresários e trabalhadores ).Analista de Seguro Social Serviço Social O Art. 30 da LOAS (Capítulo V . FUNRIO 11/01/2009 08:02:11 . sob controle e orientação de representantes do Governo Federal. é necessária a efetiva instituição e funcionamento. dentre outros. composto por representação tripartite ( Governo. d) do Fundo de Assistência Social. para que haja o repasse de recursos do Fundo Nacional de Assistência Social da União para os Municípios. Municípios e pelo Distrito Federal. e) responder pela concessão e manutenção dos benefícios de prestação continuada. b) universalização da participação e incremento das políticas de distribuição de renda. 35.______________________ c) disciplinar os procedimentos de repasse dos recursos para as entidades de assistência social. . b) do Fundo de Assistência Social.Em consonância com o disposto na Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ). responsáveis por sua gestão.INSS . 36. a) do Conselho de Assistência Social. c) de um Plano de Assistência elaborado pela União e executado por Estados. . sem qualquer discriminação. d) interface da política de assistência social com a política de segurança alimentar e fomentação da política de economia solidária. e) do Conselho de Assistência. c) centralidade na família para concessão dos serviços e implementação de programas e projetos. a Política Nacional de Assistência Social tem como princípios de ação: a) descentralização político-administrativa e territorialização. Estados e Distrito Federal. e) respeito à dignidade do cidadão e igualdade de direitos no acesso ao atendimento.Do Financiamento da Assistência Social) estipula que. d) elaborar os programas plurianuais de aplicação dos recursos do Fundo Nacional de Assistência Social.

Analista de Seguro Social Serviço Social Segundo o Art. atendimento e assessoramento aos beneficiários abrangidos por esta lei. 3º da LOAS. foram definidos os princípios. c) atender. as competências. 39. d) estimular e apoiar. . de 1923.)". as diretrizes. a título de participação no custeio do pagamento dos auxílios natalidade e funeral. b) [89] O sistema de seguridade social atual teve início com as primeiras legislações da previdência. 38. julgue os itens subseqüentes. a gestão e o financiamento da política de assistência . em seu Art.. dentre outras funções. as ações assistenciais em caráter emergencial. incluindo a parceria com organizações da sociedade civil. a) destinar recursos financeiros aos Municípios. e) assumir a direção de entidades filantrópicas ou beneficentes que estejam em 14 ______________________ dificuldades financeiras.. (. c) confessionais. d) de assistência social. afirma ser competência da União. como a Lei Eloy Chaves.INSS . bem como os que atuam na defesa e garantia dos seus direitos são caracterizados como entidades e organizações a) beneficentes. FUNRIO 11/01/2009 08:02:11 . b) executar os projetos de enfrentamento da pobreza. sem fins lucrativos. as associações e consórcios municipais na prestação de serviços de assistência social..37. os organismos que "(. em conjunto com os Estados. a) [88] A concepção de seguridade social adotada na atual Constituição Federal atualiza a concepção anterior ao reconhecer a assistência social como política pública. e) empresariais.. técnica e financeiramente.INSS . FUNRIO 11/01/2009 08:02:11 .) prestam.Analista de Seguro Social Serviço Social A LOAS. b) filantrópicas. 12. o Distrito Federal e os Municípios. c) [90] Com a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS).Acerca dos avanços no âmbito das políticas e dos direitos sociais conquistados nos últimos vinte anos.

Conforme apregoa a LOAS . . considere as 15 ______________________ afirmativas abaixo.Para o pensamento conservador e tradicionalista. III . em seu art. selecionando os mais carentes. d) [91] A nova política de assistência social que institui o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).social. II . considera. 41.Lei Orgânica de Assistência Social. e sua implementação tem sido marcada pelo fortalecimento do princípio da universalidade das ações. 40. programas e projetos de enfrentamento à fome e à desnutrição. a Assistência Social rege-se. e) da provisão de transferência de recursos destinados ao pagamento dos benefícios eventuais. pois são elas que abrangem um maior número de usuários atendidos e a serem atendidos nos programas. . 4º. Está(ão) correta(s) APENAS a(s) afirmativa(s) a) I b) II c) I e II d) I e III e) II e III . c) da universalização dos direitos sociais. I .Na ótica do pensamento democrático e crítico.A respeito do debate contemporâneo sobre família e Serviço Social. b) do enfrentamento à pobreza. enfatiza a centralidade da família nas ações socioassistenciais.A Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) determina a família como um dos focos de atenção da política de assistência social. a fim de tornar o destinatário da ação assistencial alcançável pelas demais políticas públicas. pelo princípio a) do apoio às entidades e organizações de assistência social. diferentemente da dimensão genérica considerada pela LOAS. garantindo os "mínimos sociais" aos que deles mais necessitarem. d) do apoio técnico e financeiro aos serviços. entre outros. questões da esfera privada (como as familiares) devem ser resolvidas na esfera pública. projetos e serviços.se a família a grande responsável por prover as necessidades dos indivíduos.

b) efetuar o pagamento de auxílios natalidade e funeral. 19 da LOAS. aos municípios e às entidades e organizações de assistência social. . 2º da Lei Orgânica da Assistência Social .42. c) LOAS (Lei Orgânica de Assistência Social. b) Programas voltados ao idoso e à integração de pessoas com necessidades especiais. Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna. . responsável pela coordenação do Plano Nacional Assistência Social: a) coordenar e articular as ações no campo da assistência social e prestar assessoramento técnico aos estados. Estados e Distrito Federal. à infância.LOAS determina que são alguns objetivos da Assistência Social: a) apoiar técnicas e projetos sociais. à maternidade. a organização da assistência social tem como uma de suas diretrizes: a) O incentivo de projetos de enfrentamento da pobreza.Segundo o Art. a) CMDCA ( Conselho Municipal da Criança e do Adolescente ). e) nenhuma das alternativas anteriores está correta. d) A primazia da responsabilidade do Estado na condução da política de assistência social em cada esfera do governo. d) garantia de acesso à rede de serviços.O art. 44. da (LOAS). e atender às ações assistenciais. . 43. d) SUS ( Sistema Único de Saúde ).No Art 5. e) Nenhuma das alternativas anteriores está correta. c) promoção e integração ao mercado de trabalho e habilitação e reabilitação de pessoas portadoras de deficiência. à adolescência e à velhice. ao distrito federal. d) prestar serviços assistenciais. compete ao órgão da Administração Publica Federal. 45. e) ECA ( Estatuto da Criança e do Adolescente ). c) participação da população meio de programas de política social. . .16 ______________________ Um dos grandes momentos da Oitava Conferência Nacional de Saúde (1986) foi a aprovação das diretrizes do(a) ________________ . b) proteção à família. apoiar financeiramente os programas e projetos sociais. c) O repasse dos recursos aos Municípios. b) SUAS ( Sistema Único de Assistência Social ).

c) destinar recursos financeiros. as ações na área de Assistência Social devem a) privilegiar as populações urbanas. . da LOAS . sem discriminação de qualquer natureza.Lei Orgânica de Assistência Social. estimulando a autonomia do cidadão.De acordo com a LOAS. . para a manutenção do custeio de ações assistenciais de caráter emergencial. c) subordinar as necessidades sociais às exigências da rentabilidade econômica. concedendo primazia às iniciativas privadas. voltadas para as necessidades básicas. colocando o que são competências do município. refere-se a organização e 17 ______________________ gestão da assistência social. 46. b) 5 anos. Uma dessas competências é a) prestar os serviços assistenciais.e) fomentar recursos de amparo à criança. d) promover a igualdade de direitos ao acesso ao atendimento. articulando e promovendo a participação de diferentes áreas governamentais em sistema de cooperação entre os organismos governamentais e não governamentais. principais vítimas do fenômeno de exclusão social. tenham na organização dos serviços a priorização à infância e à adolescência. 21 da Lei Orgânica da Assistência Social ( LOAS ) determina que o benefício da prestação continuada deverá ser revisto a cada a) 3 anos. 48. 47.O artigo 15. . entendidos como as atividades continuadas que visem à melhoria de vida da população e cujas ações. ao adolescente e à população de rua. e) 8 anos.O art. . c) 2 anos. b) incentivar a elaboração e execução de projetos de enfrentamento à pobreza. e) reduzir a tendência à universalização dos direitos sociais. d) 1 ano. b) ser organizadas em um sistema centralizado.

c) vincular a discussão de mínimos sociais com a globalização. 50.O SUAS . universalização da proteção social e defesa social e institucional. . controle social e desafio da participação popular. b) descentralização político-administrativa e territorialização.d) conceder atestado de registro e certificado de filantropia às entidades privadas prestadoras de serviços e assessoramento de assistência social.A Lei Orgânica de Assistência Social ? LOAS. qualidade no atendimento. vigilância social e política de recursos humanos. dispõe que "a assistência social. em seu artigo primeiro. b) compreender os fenômenos de pobreza e exclusão social como uma multiplicidade de trajetórias de desvinculação. Dentre esses eixos.Sistema Único de Assistência Social materializa o conteúdo da LOAS ." Assim. .Lei Orgânica de Assistência Social. d) informação. é política de Seguridade Social não-contributiva. e) defesa social e institucional. possibilitando a normatização dos padrões nos serviços. que provê mínimos sociais. para garantir o atendimento às necessidades básicas. traduzidos pela situação de renda e pelo seu poder de compra. 49. podemos citar: a) matricialidade sóciofamiliar. para manter os níveis mínimos de vida da população. monitoramento e avaliação nos subsistemas desse modelo de gestão. . institucionalizando a responsabilidade governamental. direito do cidadão e dever do Estado. c) desafio da participação popular/cidadão usuário. e) responder pela concessão e manutenção dos benefícios de prestação continuada. a democracia ea economia. indicadores de avaliação e resultado. indicando os limites e as possibilidades para adequação dessas situações. financiamento e novas bases para a releção entre Estado e sociedade civil. d) resgatar a gênese do Estado de Bem Estar Social. propor mínimos sociais é a) identificar mínimos sociais com condições precárias. realizada através de um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da sociedade. define e organiza os elementos essenciais e imprescindíveis à execução da política de Assistência Social. nomenclatura dos serviços e da rede sócioassistencial bem como os eixos estruturantes dessa política.

o padrão societário de civilidade. . Sobre ele. a partir de julho de 2005. não prevê a participação da sociedade. 18 ______________________ 51. após a regulamentação da Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) em 1993 e posteriormente a criação. efetivamente. Assim. substituiu na verdade.e) estabelecer o patamar de cobertura de riscos e garantias que uma sociedade quer garantir a todos os seus cidadãos. substituiu. monitoramento e avaliação. e) informação. 53. .O Sistema Único de Assistência Social . na verdade a RMV. chamado na estatística do INSS de "amparo assistencial".SUAS materizaliza o conteúdo da LOAS. proteção social e vigilância social. . do Fundo Nacional de Assistência Social ( FNAS ). E) Este benefício. proteção social e defesa social e institucional. do Conselho Nacional de Assistência Social ( CNAS ). 52. B) Garante alguns preceitos fundamentais estabelecidos na LOAS. chamado na estatística do INSS de "amparo assistencial". em 1995. b) financiamento. entretanto. c) vigilância social. D) Começou a ser emitido em janeiro de 1988. proteção social e controle social. os serviços socioassistenciais no SUAS são organizados segundo as seguintes referências: a) matricialidade sociofamiliar. cumprindo as exigências para a realização dos objetivos e resultados esperados que devem consagrar direitos de cidadania e inclusão social.O Sistema Único de Assistência Social (SUAS) entrou em vigor. após a regulamentação da Lei Orgânica de Assistência Social ( LOAS ).Sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC) é correto afirmar que: A) Começou a ser emitido em janeiro de 1993. B) Começou a ser emitido em janeiro de 1996. é correto afirmar que: A) É um sistema centralizado e participativo que regula as ações de proteção social. C) Este benefício. territorialização e intersetorialidade. após a regulamentação da Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) e a criação em 1992. criada em 1964. a RMV criada em 1988. d) descentralização. .

e) I. 54. b) Apenas a I e a II. projetos e benefícios socioassistenciais. 55. Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. técnica e financeiramente. define as competências de cada ente federado. II. Qual(is) está(ão) correta(s)? a) Apenas a I. . exceto os benefícios não contributivos. programas e os projetos de enfrentamento da pobreza em âmbito regional e local. 6º da LOAS define que as ações na área de assistência social são organizadas em sistema descentralizado e participativo. Organização Social. Estados. d) avaliar todos os serviços. Distrito 19 ______________________ Federal e Municípios. d) Apenas a II e a III. seus membros e indivíduos são o foco prioritário para o atendimento e este deve ter o território como base de organização. constituído pelas entidades e organizações de assistência social. sendo uma das responsabilidades da esfera municipal: a) executar os projetos de enfrentamento da pobreza. III. D) O sistema estabelece que as famílias. II e III. em todo território nacional. e) apoiar financeiramente as ações de erradicação da pobreza em âmbito local. LOAS.Art. E) Embora o SUAS tenha como objetivo regular as ações socioassistenciais na lógica de um sistema. . As entidades e organizações referidas são: I. as associações e consórcios municipais na prestação de serviços de assistência social.C) O SUAS regula e organiza. programas. b) prestar apoio técnico aos serviços. Organização Filantrópica. programas e os projetos de enfrentamento da pobreza em âmbito regional e local. c) Apenas a I e a III.União. os serviços.A Lei Orgânica da Assistência Social. isso não significa planejar a política de Assistência Social de forma articulada entre os diversos entes federados . . c) estimular e apoiar. incluindo a parceria com organizações da sociedade civil.

ou por sua família. c) [74] O financiamento das ações da política de assistência social municipal é feito com recursos financeiros repassados diretamente pela União.O conceito de seguridade social foi instituído pela Constituição de 1988. planos e fundos) deve ser representada ao Ministério Público estadual. por meio do Fundo Nacional de Assistência Social ao município. o acesso a esse benefício foi significativamente ampliado. a) [72] A PNAS reitera o papel central da família nas ações socioassistenciais.A Lei Orgânica da Assistência Social . garantindo-se. no caso da União e do Distrito Federal. diretamente pelo órgão responsável pela política de assistência social. . 58. ou ao federal. c) [96] A denúncia de irregularidades com relação à LOAS (conselhos. no âmbito dos estados e dos municípios. e o valor desse benefício não recebido em vida pelo beneficiário será pago aos herdeiros. assim. b) [95] A Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS) apóia-se na concepção de carência.Em relação a política pública de assistência social. . d) [75] O benefício de prestação continuada é intransferível.LOAS regulamenta e dá abrangência e significado à assistência social no Brasil. julgue os itens que se seguem. em reforço à referida centralidade determinada na Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS). em seu domicílio. os meios materiais de sobrevivência denominados mínimos sociais. a) [94] Com o Estatuto do Idoso e a eliminação do critério de idade para recebimento do benefício de prestação continuada. 20 ______________________ 57.56. b) [73] A implementação dos programas de transferência de renda garante a proteção social no que se refere a segurança de acolhida e convívio familiar. a efetivação da referida política. prioritariamente centrada na incapacidade econômica do cidadão de prover por si. previdência e assistência social. . em garantia do direito a saúde. A partir daí concebemos . Sobre esse tema julgue os itens seguintes. considerada fundamental à estabilidade da sociedade democrática.

Dessa forma analise as afirmativas a seguir. d) a assistência social enquanto direito a qualquer cidadão brasileiro. ou seja. caracterizam-se como investimentos econômicos sociais nos grupos populacionais em situação de pobreza. compreendendo ações da iniciativa pública e privada.a) os programas e projetos socioassistenciais inovadores. a universalização dos direitos sociais. e) o fomento de ações que impulsionam a poupança popular. à adolescência e à velhice.Assistente Social A Lei Orgânica da Assistência Social .LOAS tem por objetivo a proteção à família. CAIPIMES 19/08/2007 . 3-Programas de Assistência Social ( ) definidos nos Artigos 25 e 26 da LOAS.São Paulo Turismo .São Paulo Turismo . entre outros.Assistente Social Relacione a 2a coluna de acordo com a 1ª e assinale a seqüência correta correspondente: 1. os conselhos em seus vários níveis. cujas ações estejam voltadas para as necessidades básicas da população. à maternidade. verifique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) e assinale a alternativa correspondente à ordem correta. com objetivos. c) a resistência do cidadão e de sua família em receber serviços e benefícios sociais. CAIPIMES 19/08/2007 . a) 1-2-3 b) 3-1-2 c) 2-1-3 d) 1-3-2 60. e portando exclusivamente contributiva.Projetos de enfrentamento da pobreza ( ) atividades continuadas definidas no Artigo 23 da LOAS. que visam à melhoria da vida da população. 1) A assistência social é direito do cidadão 21 ______________________ e dever do Estado. tendo em vista o enfrentamento da pobreza. É uma política de seguridade social. b) a possibilidade de total cobertura do campo socioassistencial aos mais pobres. 2. tempo e área de abrangência definidos. 59. à infância.Serviços assistenciais ( ) compreendem ações integradas e complementares tratadas no Artigo 24 da LOAS. 2) As instâncias deliberativas do sistema descentralizado e participativo do política de assistência social. têm composição paritária entre o poder .

V. b) aqueles destinados a fornecer alimentação à parcela significativa da população sem acesso a oportunidades de trabalho e geração de renda para atendimento de suas necessidades.742. move-se na complexidade e nas contradições que permeiam esta sociedade e os diferentes projetos que a mobilizam e se confrontam. entende-se por serviços assistenciais a) as atividades continuadas que visem à melhoria de vida da população e cujas ações. V. direito do cidadão e dever do Estado. a) F. de 1993. chefes de família. d) V. observa-se que ele se caracterizou e se manteve sob um sistema de regulação que. princípios e diretrizes nela estabelecidas.º 8. foi pactuado com os interesses da Igreja e das classes dominantes mantenedoras das organizações sociais sem fins lucrativos. 3) Uma das diretrizes da LOAS é a descentralização política administrativa para os estados. Lei Orgânica da Assistência Social. b) V. . A Lei n. Sendo assim. apesar de único. . Conforme previsões contidas na LOAS.público e a sociedade civil. superando o antigo traço paternalista e clientelista predominante no setor. c) a concessão gratuita de postos de trabalho às mulheres. c) V. é fundamental que todas as ações sejam centralizadas e comandadas pelo governo federal. V. d) as ações destinadas ao apoio técnico e financeiro às organizações sem fins lucrativos destinadas ao atendimento de idosos e de pessoas com deficiências. F. V. Distrito Federal e os municípios. interfere diretamente nesse cenário e inova ao conferir a assistência social status de política pública. A Loas aborda a assistência social conforme as particularidades da questão social na realidade brasileira de hoje. porque exercido pelo Estado. F. responsáveis por prover as condições necessárias à manutenção de seus dependentes. voltadas para as necessidades básicas. isto é. 61. o que significa autonomia para todos.Ao se analisar historicamente a formação do aparato de assistência social brasileira. F. V. observem os objetivos.

em caráter exclusivo. implementada principalmente por profissionais .e) iniciativas da sociedade civil organizada.A forma de gestão no sistema descentralizado e participativo proposto pela LOAS implica a participação popular. potencializando a divisão de responsabilidades entre as esferas de governo ea sociedade civil. devem 22 ______________________ obrigatoriamente prestar contas a seus dirigentes. conforme previsões da LOAS. c) aquelas que incorrerem em irregularidades na aplicação dos recursos que lhes forem repassados pelos poderes públicos terão cancelado seu registro no Conselho Nacional de Assistência Social . . é correto afirmar que a) tais entidades. resguardada sua independência na definição de metas físicas e financeiras que solucionem questões pertinentes a seu melhor interesse. e) os programas e projetos de sua responsabilidade devem incorporar receitas provenientes de campanhas e doações como forma de considerar e acatar demandas populares que reduzam desigualdades e promovam o bem-estar da coletividade. d) as ações desenvolvidas deverão estar pautadas nas normas e diretrizes estabelecidas pela lei. sem prejuízo de ações cíveis e penais.CNAS. ainda que sejam receptoras de recursos públicos para desenvolvimento de seus projetos. estimular e apoiar técnica e financeiramente os consórcios municipais na prestação de serviços. 63. de caráter pontual. b) o funcionamento dessas organizações terá como objetivo mobilizar. 62.A Política Nacional de Assistência Social. autônomas que são em razão de sua natureza jurídica. programas e projetos de assistência social. a autonomia da gestão municipal e o cofinanciamento. que solucionem questões sociais resultantes de calamidades em razão da repercussão de situações dessa natureza junto à mídia. . à margem dos usuários dos serviços prestados. compreendidas como iniciativas solidárias e de controle social. Sobre a atuação das entidades e organizações de assistência social.

4. é um modelo de gestão que se propõe descentralizado e participativo. c) 3 e 4. b) 2. 64. d) 1 e 3.LOAS.estabelece que: a) a execução de programas para idosos deve ser focalizada nas pessoas de baixa . e) reduzir a tendência à universalização dos direitos sociais. 2. estimulando a autonomia do cidadão. materializa o conteúdo da Lei Orgânica da Assistência Social .de Serviço Social. 3 e 4. Estão corretas apenas: a) 1. e) 2 e 5. organiza-se no Sistema Único de Assistência Social que: 1. . 3. independentemente da diversidade das regiões em decorrência de características culturais e políticas. 4 e 5. 65.A Lei Orgânica da Assistência Social . . d) promover a igualdade de direitos no acesso ao atendimento. e) conjunto integrado de ações estatais. . concedendo primazia às iniciativas privadas. sem discriminação de qualquer natureza. as ações na área da assistência social devem: a) privilegiar as populações urbanas.LOAS .De acordo com a LOAS.A LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social) caracteriza a assistência social como: a) instrumento para atender às necessidades básicas. c) dever exclusivo do Estado. b) ser organizadas em um sistema centralizado. d) política de seguridade social contributiva e focalizada. organiza os serviços socioassistenciais para a vigilância social. supõe o privilegiamento da sociedade civil na prestação de serviços sociais. 66. principais vítimas do fenômeno da exclusão social. 23 ______________________ c) subordinar as necessidades sociais às exigências da rentabilidade econômica e financeira. 5. estabelece padrões nacionais de atenção social. b) dever do Estado e do cidadão. a proteção social e a defesa social e institucional.

em todos os níveis de governo. está o que determina a(o): a) supremacia da rentabilidade econômica sobre o atendimento das necessidades sociais. estimulando as famílias a assumir o cuidado personalizado. b) todas as pessoas portadoras de deficiência têm direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC). e) órgãos consultivos e integrados por igual numero de representantes das organizações particulares e da sociedade civil.ao definir a organização da política de assistência social.LOAS . diante da dimensão da pobreza rural. esses conselhos são: a) mecanismos democráticos com legitimidade para atuar na formulação de estratégias e no controle da execução da política na instancia correspondente. d) a organização da assistência social tem como diretriz a participação da população. c) prioridade ao atendimento das necessidades das populações urbanas. por meio de entidades representativas. b) caracterização dos direitos sociais de forma a que não sejam cobertos por políticas públicas. De acordo com a lei. d) orientados para reformular a ordem estrutural pelo seu potencial de controle dos movimentos sociais.Dentre os princípios que regem a assistência social.A Lei Orgânica da Assistência Social . . permanentes e têm atribuições de gerenciamento do plano de cargos e carreiras na respectiva esfera de governo. e) as populações rurais devem ter privilégio de atendimento. 24 ______________________ . 68.renda. na formulação e controle das políticas e ações. 67. segundo a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). c) paritários. e) sigilo sobre os critérios para a concessão de benefícios. estabelece a criação de conselhos. d) ampla divulgação dos benefícios e recursos oferecidos pelo Poder Público. c) os benefícios eventuais .são garantidos a todos os cidadãos independentemente de comprovação de renda. b) justificados pelo objetivo de reformulação da hierarquia administrativa nos municípios.auxílio por natalidade ou morte às famílias . .

A Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). c) os benefícios eventuais . caracteriza-a como: a) conjunto de ações de exclusiva iniciativa pública.- A Lei Orgânica da Assistência Social .ao definir a organização da política de assistência social. e) ação focalista de iniciativa pública e privada.69.estabelece que: a) a execução de programas para idosos deve ser focalizada nas pessoas de baixa renda. .são garantidos a todos os cidadãos independentemente de comprovação de renda.O Art. b) justificados pelo objetivo de reformulação da hierarquia administrativa nos municípios. permanentes e têm atribuições de gerenciamento do plano de cargos e carreiras na respectiva esfera de governo. e) as populações rurais devem ter privilégio de atendimento. 0 71. d) a organização da assistência social tem como diretriz a participação da população.A Lei Orgânica da Assistência Social . . por meio de entidades representativas.LOAS . e) órgãos consultivos e integrados por igual numero de representantes das organizações particulares e da sociedade civil.auxílio por natalidade ou morte às famílias . esses conselhos são: a) mecanismos democráticos com legitimidade para atuar na formulação de estratégias e no controle da execução da política na instancia correspondente. em todos os níveis de governo. d) orientados para reformular a ordem estrutural pelo seu potencial de controle dos movimentos sociais.LOAS . . c) paritários. diante da dimensão da pobreza rural. b) dever do cidadão e do Estado. 72. d) política contributiva para prover mínimos sociais. 70. . na formulação e controle das políticas e ações. De acordo com esse regime: . 6º da LOAS dispõe que as ações na área são organizadas em sistema descentralizado e participativo. estimulando as famílias a assumir o cuidado personalizado. b) todas as pessoas portadoras de deficiência têm direito ao Benefício de Prestação Continuada [BPC]. c) política não contributiva de Seguridade Social. estabelece a criação de conselhos. ao definir a assistência social. De acordo com a lei.

2 e 3. Estão corretas : a) 1.LOAS .a assistência social tem como público-alvo: a) toda a população brasileira. c) 3 e 4. Plano e Fundo são elementos fundamentais da gestão da Política de Assistência Social. 74. b) o comando único em cada esfera de governo. as mães. 3. d) crianças e adolescentes portadores de deficiências quando vítimas de discriminação. e) 3. 73. considera-se desnecessário o controle social em nível local. apenas. . segundo a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). b) 1 e 2. está o que determina a(o): . tendo em vista o 25 ______________________ volume das demandas e a necessidade de serviços mais complexos. 75.Pela Lei Orgânica da Assistência Social . d) a efetiva instituição e funcionamento dos fundos de assistência social. c) crianças e adolescentes autores de atos infracionais. a abordagem territorial é substituída pelas metas setoriais. as famílias. e os idosos. e) a realização de Conferências Nacionais de Assistência Social de 2 em 2 anos.Dentre os princípios que regem a assistência social. apenas.NÃO está em acordo com o que prevê a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) para a implementação da política de assistência social: a) a integração intersetorial entre a assistência e as demais políticas sócioeconômicas setoriais. 4 e 5. c) a desconcentração político-administrativa. 4. dentro da lógica da descentralização.1. 5. d) 1 e 4. . apenas. a atuação da rede socioassistencial é redirecionada pelos pressupostos da intersetorialidade. Conselho. apenas. a rede de assistência social prioriza os municípios de pequeno porte. 2. da descentralização e da territorialização. apenas. com o objetivo de alcançar resultados integrados. e) as famílias pobres moradoras dos grandes centros urbanos. b) crianças e adolescentes carentes. .

d) política contributiva para prover mínimos sociais. b) como conjunto de ações de iniciativa exclusivamente pública. . e) deve ser objeto de revisão a cada 2 (dois) anos. 78. como direito e parte integrante da seguridade social. 76. ao definir a assistência social. caracteriza-a como: a) conjunto de ações de exclusiva iniciativa pública. 79. d) só pode ser assegurado ao portador de deficiência ou idoso no município em que reside. . e) sigilo sobre os critérios para a concessão de benefícios. a assistência social. 26 ______________________ b) dever do cidadão e do Estado.No Brasil. . d) como instrumento para garantir o atendimento de necessidades básicas. . b) caracterização dos direitos sociais de forma a que não sejam cobertos por políticas públicas. instaura-se: a) a partir da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). o benefício de prestação continuada (BPC): a) não pode ser extensível a portador de deficiência ou idoso na situação de internado. para avaliação da continuidade das condições que lhe deram origem. d) ampla divulgação dos benefícios e recursos oferecidos pelo Poder Público. c) pode ser acumulado pelo beneficiário com qualquer outro (salvo o da assistência médica) no âmbito da seguridade social.a) supremacia da rentabilidade econômica sobre o atendimento das necessidades sociais. c) política não contributiva de Seguridade Social. b) é extensível a portador de deficiência ou idoso cuja família tenha renda mensal per capita inferior à metade do salário mínimo.Tal como inscrito na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS).A Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) define a assistência social: a) como política de seguridade social contributiva. . c) como direito do cidadão e dever da sociedade civil. 77.A Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). e) sem referência a mínimos sociais. c) prioridade ao atendimento das necessidades das populações urbanas. e) ação focalista de iniciativa pública e privada.

realizada através de um conjunto integrado de ações e iniciativa pública e da sociedade. d) o modelo de solidariedade da sociedade civil. é política de Seguridade Social não contributiva. d) com a criação da Legião Brasileira de Assistência (LBA). e) o indicativo do nível de pobreza no país. a lei prevê . b) o direito do cidadão. 82. c) a incapacidade de se alcançar um padrão de vida mínimo. 27 ______________________ 81. c) o fortalecimento do princípio da eqüidade. que provê os mínimos sociais. . Os estudos realizados no âmbito do Serviço Social consideram como mínimo social a) a afirmação da qualidade de vida como modo de indenizar os excluídos. pode-se afirmar que a provisão dos mínimos sociais pode ser aceita como a) a não incorporação das diferenças. estabelece a Política de Seguridade Social não contributiva. a expansão da proteção aos setores privilegiados. inclusive dos usuários do Serviço Social. Nesse sentido. d) o conjunto de possibilidades que assegurem condições de liberdade e sobrevivência. e) com a Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). em seu artigo 1)º.A LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social .A Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). no seu artigo primeiro. direito do cidadão e dever do Estado. que através de suas entidades representativas podem interferir na formulação da política e no controle das ações em todos os níveis. que presume a igualdade com a incorporação das diferenças.b) a partir da Constituição Federal de 1988. . A fim de fazer valer tal diretriz. e) um padrão básico de proteção social. c) com as garantias ao trabalho surgidas durante o Estado Novo (19371945). conforme estudos acadêmicos produzidos pelo Serviço Social. contemplando a provisão dos mínimos sociais. mas não um dever do Estado.8742/93) se organiza por diretrizes que garantem a participação da população.A LOAS. 80. b) a proposta minimalista num processo de inclusão social. . prescreve: A assistência social. para garantir o atendimento às necessidades básicas.

Na localidade. 28 ______________________ 84. uma agência dos Correios e dois telefones públicos na pracinha.instâncias deliberativas que compõem o sistema descentralizado e participativo da assistência social. municipais e do Distrito Federal de assistência social. de caráter transitório e composição majoritária da sociedade civil. de caráter permanente e composição paritária entre governo e sociedade civil. estaduais. a Assistência Social tem o enfoque nos seguintes princípios: a) descentralização política e administrativa das ações governamentais. d) fóruns nacional. estaduais. d) supremacia do atendimento às necessidades sociais e universalização dos direitos sociais. municipais e do Distrito Federal de assistência social. a) [92] Apesar da pobreza reinante entre a quase totalidade das famílias com crianças . . Tais instâncias são os: a) conselhos nacional. em cada item a seguir. b) conselhos federal. b) igualdade de direitos no acesso ao atendimento e diferenciação das populações urbanas e rurais. aos idosos e aos deficientes físicos. regionais.Com base na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). c) amparo às crianças. de caráter permanente e composição paritária entre governo e sociedade civil.A grande maioria dos habitantes do lugarejo conhecido como Vila do Sossego é muito pobre. c) fóruns federal. de caráter permanente e de composição não paritária entre governo e sociedade civil. municipais e do Distrito Federal de assistência social. municipais e do Distrito Federal de assistência social. regionais e do Distrito Federal de assistência social. e) fóruns e conselhos nacional. de caráter permanente ou temporário e composição paritária entre governo e sociedade civil. Em face desse quadro social hipotético. 83. um posto de saúde. . seguida de uma assertiva a ser julgada à luz da legislação relativa aos direitos sociais no Brasil. aos adolescentes. há uma única escola pública. regionais. é apresentada uma situação também hipotética. e) preponderância da rentabilidade econômica e proteção à família.

85. c) [94] Em razão da pobreza. Nessa situação. a) A assistência social. alimentação e assistência à saúde. na localidade. ele tem direito de ser atendido no posto de saúde da vila para tratamento de diabetes. embora haja alguns idosos com idades que variam entre os 60 e os 75 anos de idade.A respeito dos dispositivos da Lei Orgânica da Assistência Social.O princípio de subsidiaridade da ação do Estado brasileiro em relação à instituição familiar está presente na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS): a) nos critérios de concessão do Benefício da Prestação Continuada (BP C). transporte. todas as crianças mencionadas têm direito a atendimento no ensino fundamental público por meio de programas suplementares de material didáticoescolar. e) na exigência de uma revisão das condições de concessão do benefício a cada dois anos. por estar incapacitado para o trabalho. direito do cidadão e dever do Estado é política de seguridade . . Seus dois filhos moram com eles. a longevidade média da população é baixa. e cada um ganha um salário mínimo mensal. de acordo com a lei. Nessa situação. b) na definição dos idosos e pessoas com deficiência como seus principais beneficiários. exigindo cuidados permanentes da mulher. Nessa situação. está tetraplégico.matriculadas no ensino fundamental. . somente por estar pontualmente em dia com os pagamentos do INSS. somente os idosos com mais de 70 anos de idade terão o direito a atendimento prioritário na agência dos Correios da vila. há duas famílias relativamente abastadas que também contam com crianças em condição escolar igual à daquelas. independentemente de sua condição socioeconômica. assinale a opção correta. c) na fixação do valor do benefício em dois salários mínimos. Nessa situação. 86. d) em sua orientação assistencialista. d) [95] Vasco é um dos artesãos da vila e paga o carnê do INSS todos os meses. b) [93] Juca. LOAS. morador da vila. Juca tem direito a receber o benefício de prestação continuada previsto na LOAS. trabalham na cidade. ou em outros prestadores de serviços.

.- Podemos apontar como um avanço na Política de Assistência Social brasileira a partir da Constituição de 1988 e da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS): a) a assistência como direito auto-aplicável inscrito na Lei Magna e que por isso dispensa regulamentação posterior. d) apresenta critérios para definir o que é Filantropia. mas podem estabelecer convênios com o poder público bastando registro em cartório.742.social contributiva. mediante algum tipo de retribuição financeira. 29 ______________________ c) Um dos princípios da LOAS é a universalização dos direitos sociais. b) situa a Assistência Social fora do controle da população. formado por gestores governamentais e usuários dos serviços. a fim de tornar o destinatário da assistência. c) define os campos de atuação do assistente social. que provê os mínimos sociais. . b) Consideram-se como entidades e organizações de assistência social aquelas que prestam atendimento e assessoramento aos beneficiários abrangidos pela LOAS. 87. direito do cidadão e dever do Estado. 88. de 07/12/1993) a) situa a Assistência Social como Política de Seguridade Social. e) As entidades assistenciais privadas não fazem parte do sistema de assistência social. e) apresenta os padrões de qualidade para o funcionamento da Assistência Social no país. . . d) A instância coordenadora da Política Nacional de Assistência Social é o Conselho Nacional de Assistência Social . alcançável pelas demais políticas públicas. realizada por meio de um conjunto integrado de ações de iniciativa exclusivamente pública. Esse foco foi estabelecido: a) pelo SUS b) pela DRADS c) pela LOAS d) pela SEAS e) pela ONU 89.A LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social Lei no 8.As famílias vulnerabilizadas pela pobreza e pela exclusão social são consideradas o foco principal dos serviços assistenciais.CNAS.

d) a descentralização político-administrativa e o comando múltiplo das ações em cada esfera de governo. 92. regida pelo estatuto do seguro social. c) a inclusão da assistência social como um componente da seguridade social. d) sua lógica contributiva.A Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). de 1993. regulamentando os princípios norteadores da Assistência impressos na Constituição de 1998. b) ser uma política contratual. tem como um de seus pressupostos: a) estar submetida à lógica da cidadania e da acumulção privada. d) integrar o rol de direitos sociais em conjunto com outras políticas sociais. b) a descentralização político-administrativa e a participa ção social através dos Conselhos de Assistência Social. ao lado da saúde e da Previdência. e) a preconização dos diagnósticos para orientar alternativas assistenciais que não desestimulem a busca pelo trabalho. e) a integração intersetorial entre a Assistência e as demais políticas públicas e a supremacia da gestão privada das ações assistenciais. condicionando o direito ao benefício à inserção do beneficiário ao mercado de trabalho. . na forma como está prevista na LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social) de 07/12/93. 30 ______________________ c) preconizar a responsabilidade das ONG's na coordenação da política. 91. e) prover benefícios sociais independentemente do perfil dos beneficiários. Estão entre as diretrizes da LOAS: a) a integração intersetorial entre a Assistência e as demais políticas públicas e o comando múltiplo das ações em cada esfera de governo. . define e detalha a natureza e o campo da Assistência Social no âmbito da Seguridade Social. .Um dos principais programas sociais voltados ao combate à pobreza previsto pela LOAS .Assisência Social. 90. c) a supremacia da gestão privada das ações assistenciais e a participação social através dos Conselhos de Assistência Social.b) a função suplementar das medidas assistenciais cuja provisão deve ser gratuita e balizada pelo mérito.

. c) a tranferência de recursos federais em casos de emerg ência e calamidade pública. d) a concessão de renda vitalícia a profissionais vinculados ao setor público. . e) o repasse de recursos materiais a gestantes em situação de risco social grave.(Lei Orgânica da Assistência Social) é o chamado . b) a dispensação de auxílios natalidade e funeral aos segmentos sociais mais empobrecidos e vulneráveis. mediante critérios de seletividade pré-definidos.Benefício da Prestação Continuada. que prevê: a) a concessão de uma renda mínima para idosos e deficientes pobres.

GABARITO: 1) A 2) C 3) D 4) B 5) ECEE 6) ECC 7) CEC 8) C 9) D 10) B 11) E 12) C 13) E 31 ______________________ 14) 15) 16) 17) 18) 19) 20) 21) 22) 23) 24) 25) 26) 27) 28) 29) 30) 31) 32) 33) 34) 35) 36) 37) 38) 39) 40) 41) 42) 43) 44) 45) 46) CE ECCEE D B A D C C C E B C CEE A A D CEE B ECC B C E A C D ECEC C B D A D B D .

47) 48) 49) 50) 51) 52) 53) 54) 55) 56) 57) 58) 59) 60) 61) 32 C A C E C B D A C ECC EEEE D B A A ______________________ 62) 63) 64) 65) 66) 67) 68) 69) 70) 71) 72) 73) 74) 75) 76) 77) 78) 79) 80) 81) 82) 83) 84) 85) 86) 87) 88) 89) 90) 91) 92) C A A D D A D C D A D NULO B D C E D B E C A D CEEE A C A C C D B A .