Você está na página 1de 80

VIIVII SimpósioSimpósio BrasileiroBrasileiro dede AperAperfeiçoamentofeiçoamento emem AcupunturaAcupuntura ee TerapTerapiasias OrientaisOrientais EBRAMECEBRAMEC

AcupunturaAcupuntura JaponesaJaponesa ee TécnicasTécnicas AssociadasAssociadas

Ryodoraku:Ryodoraku:

MétodoMétodo dede AvaliaçãoAvaliação

Ryodoraku: Método Método de de Avaliação Avaliação Érika Érika Kawamorita Kawamorita de de Amorim Amorim

ÉrikaÉrika KawamoritaKawamorita dede AmorimAmorim PauloPaulo F.F. ChichettiChichetti dede AmorimAmorim

BreveBreve HistóricoHistórico

Breve Breve Histórico Histórico Acupuntura: Acupuntura: 5000 5000 anos anos na na China. China. No No

Acupuntura:Acupuntura: 5000 5000 anos anos na na China. China. Acupuntura: 50005000 anosanos nana China.China.

NoNo século século X X a a acupuntura acupuntura passou passou a a ser ser No séculoséculo XX aa acupunturaacupuntura passoupassou aa serser conhecidaconhecida nana CoréiaCoréia ee nono Japão.Japão.

NoNo século século XVII XVII passa passa a a ser ser difundida difundida na na No séculoséculo XVIIXVII passapassa aa serser difundidadifundida nana Europa.Europa.

ÚltimasÚltimas décadas: décadas: reconhecimento reconhecimento Relutância, Relutância, cultura cultura diferente diferente e Últimas décadas:décadas: reconhecimentoreconhecimento Relutância,Relutância, culturacultura diferentediferente ee recenterecente parapara asas nanaççõesões ocidentaisocidentais

cultura cultura diferente diferente e e recente recente para para as as na na ç ç
cultura cultura diferente diferente e e recente recente para para as as na na ç ç
cultura cultura diferente diferente e e recente recente para para as as na na ç ç

BreveBreve HistóricoHistórico

AcupunturaAcupuntura Japonesa Japonesa Acupuntura JaponesaJaponesa

Histórico Acupuntura Acupuntura Japonesa Japonesa Trazida Trazida a a partir partir da da China China por
Histórico Acupuntura Acupuntura Japonesa Japonesa Trazida Trazida a a partir partir da da China China por

TrazidaTrazida a a partir partir da da China China por por Chi Chi - - Trazida aa partirpartir dada ChinaChina porpor ChiChi--SoSo ParaPara outrosoutros historiadoreshistoriadores foifoi introduzidaintroduzida porpor JoJo-- FukuFuku emem 265265 aC.aC.

608608 aC: aC: Enishi Enishi e e Fukuin Fukuin (monges) (monges) estudaram estudaram acupuntura acupuntura 608 aC:aC: EnishiEnishi ee FukuinFukuin (monges)(monges) estudaramestudaram acupunturaacupuntura nana China.China.

984:984: Tamba Tamba Yasunori Yasunori publica publica Ichinpo Ichinpo ( ( livro livro m m 984: TambaTamba YasunoriYasunori publicapublica IchinpoIchinpo ((livrolivro mméédicodico maismais antigoantigo dodo JapãoJapão acupuntura)acupuntura)

PerPer í í odo odo Edo Edo (1603 (1603 at at é é 1867): 1867): Perííodoodo EdoEdo (1603(1603 atatéé 1867):1867): ApogeuApogeu dada acupuntura.acupuntura.

Per Per í í odo odo Edo Edo (1603 (1603 at at é é 1867): 1867):

BreveBreve HistóricoHistórico

Breve Breve His tórico His tórico Restaura Restaura ç ç ão ão Meiji Meiji (1868): (1868):

RestauraRestauraççãoão MeijiMeiji (1868):(1868): OO governogoverno japonêsjaponês adotouadotou aa MedicinaMedicina OcidentalOcidental ee aa MedicinaMedicina TradicionalTradicional ChinesaChinesa denominadadenominada KampoKampo ((medicinamedicina alternativaalternativa::

medicina “ “ alternativa alternativa ” ” : : acupuntura, acupuntura, moxabustão, moxabustão, massagem

acupuntura,acupuntura, moxabustão,moxabustão, massagemmassagem orientaloriental).).

moxabustão, massagem massagem oriental oriental ). ). Kampo Kampo : : s s é é rie
moxabustão, massagem massagem oriental oriental ). ). Kampo Kampo : : s s é é rie

KampoKampo:: sséérierie dede mméédicosdicos comcom formaformaççãoão ocidental.ocidental. DentreDentre eleseles YoshioYoshio NakataniNakatani

com com forma forma ç ç ão ão ocidental. ocidental. Dentre Dentre eles eles Yoshio Yoshio

NakataniNakatani ee oo RyodorakuRyodoraku

Nakatani Nakatani e e o o Ryodoraku Ryodoraku Estudou Estudou acupuntura acupuntura eletrofisiologicamente

EstudouEstudou acupunturaacupuntura eletrofisiologicamenteeletrofisiologicamente ee descobriudescobriu queque aa maioriamaioria dosdos pontospontos dosdos meridianosmeridianos dada acupunturaacupuntura tradicionaltradicional correspondiacorrespondia aa pontospontos queque apresentavamapresentavam baixabaixa resistênciaresistência eleléétricatrica ((tsubotsubo)) cutâneacutânea emem relarelaççãoão aa superfsuperfííciecie corpcorpóórearea normal.normal.

ComoComo NakataniNakatani fez?fez?

2525 anos anos de de estudo, estudo, 300 300 mil mil pacientes pacientes estudados estudados 25 anosanos dede estudo,estudo, 300300 milmil pacientespacientes estudadosestudados ee tratados,tratados, meticulosidade,meticulosidade, observaobservaççãoão ee basebase cientcientíífica.fica.

ç ç ão ão e e base base cient cient í í fica. fica. Em Em

EmEm 1950, 1950, o o Dr. Dr. Nakatani Nakatani efetuou efetuou medi medi ç ç Em 1950,1950, oo Dr.Dr. NakataniNakatani efetuouefetuou medimediççõesões dada resistênciaresistência eleléétricatrica dada pelepele -- comcom umum aparelhoaparelho dede 1212 VoltsVolts dede correntecorrente contcontíínua:nua: nono abdômen,abdômen, peitopeito ee membrosmembros emem geralgeral dede pacientespacientes comcom edemaedema generalizadogeneralizado porpor nefritisnefritis

em geral geral de de pacientes pacientes com com edema edema generalizado generalizado por por nefritis

ComoComo NakataniNakatani fez?fez?

Como Como Nakatani Nakatani fez? fez? Ele Ele descobriu descobriu toda toda uma uma s s

EleEle descobriudescobriu todatoda umauma sséérierie dede pontos,pontos, comcom umauma eletroeletro condutividadecondutividade maismais altaalta queque osos dasdas ááreasreas circundantescircundantes ee queque sese distribudistribuííamam porpor todotodo oo ladolado mméédiodio dodo peito,peito, atravessavamatravessavam oo abdômenabdômen ee aa parteparte internainterna dada extremidadeextremidade inferior,inferior, atatéé chegarchegar àà plantaplanta dodo ppéé dede formaforma simsiméétricatrica dosdos ladoslados direitodireito ee esquerdoesquerdo dodo corpo.corpo.

forma sim sim é é trica trica dos dos lados lados direito direito e e esquerdo
forma sim sim é é trica trica dos dos lados lados direito direito e e esquerdo

ComoComo NakataniNakatani fez?fez?

EstesEstes pontospontos foramforam denominadosdenominados RyodotenRyodoten

AA linhalinha dede conexãoconexão destesdestes denominadenomina--sese

conexão destes destes denomina denomina - - se se Ryodoraku Ryodoraku ( ( “ “ Linha

RyodorakuRyodoraku

((LinhaLinha dede boaboa eletroeletro condutividadecondutividade))

se se Ryodoraku Ryodoraku ( ( “ “ Linha Linha de de boa boa eletro eletro

NomeaçãoNomeação dosdos meridianosmeridianos

NakataniNakatani nomeounomeou osos pontospontos dosdos meridianosmeridianos porpor umum mméétodotodo muitomuito ffáácil,cil, ouou seja:seja:

todo muito muito f f á á cil, cil, ou ou seja: seja: Os Os meridianos

OsOs meridianosmeridianos (Ryodoraku)(Ryodoraku) dasdas mãosmãos sãosão representadosrepresentados pelapela letraletra HH OsOs meridianosmeridianos (Ryodoraku)(Ryodoraku) dosdos ppééss sãosão representadosrepresentados pelapela letraletra FF

TodosTodos osos meridianos,meridianos, tantotanto HHcomocomo FF,, sãosão numeradosnumerados progressivamente.progressivamente.

NotaNota MeridianoMeridiano && RyodorakuRyodoraku

MeridianoMeridiano éé oo caminhocaminho dada circulacirculaçção,ão, ondeonde oo conteconteúúdodo internointerno éé aa energia.energia. AoAo mensurarmensurar oo RyodorakuRyodoraku sobresobre aa pele,pele, aa excitaexcitaççãoão ee aa inibiinibiççãoão coincidemcoincidem comcom oo cheiocheio ee vaziovazio clcláássicossico dodo meridiano.meridiano.

vazio cl cl á á ssico ssico do do meridiano. meridiano. Ryodoraku Ryodoraku baseia baseia -

RyodorakuRyodoraku baseiabaseia--sese nana resistênciaresistência dada pelepele àà estimulaestimulaççãoão eleléétricatrica ee cientificamente,cientificamente, observaobserva--sese aa funfunççãoão dodo corpocorpo atravatravééss dodo SNA.SNA.

observa observa - - se se a a fun fun ç ç ão ão do do

PontosPontos ReativosReativos EletroEletro PermeáveisPermeáveis (PREP)(PREP)

ZangZang--FuFu && RyodorakuRyodoraku

1.1. OsOs impulsosimpulsos provenientesprovenientes dosdos óórgãosrgãos ee dasdas vvííscerassceras chegamchegam aa medulamedula espinhal.espinhal.

2.2. RefletidosRefletidos àà pelepele pelopelo SNA,SNA, numnum sistemasistema dede conexãoconexão == linhalinha dodo meridiano.meridiano.

conexão = = linha linha do do meridiano. meridiano. Ryodoraku Ryodoraku mensura mensura = = reflexo

RyodorakuRyodoraku mensuramensura == reflexoreflexo nervosonervoso simpsimpááticotico queque existeexiste entreentre vvííscerassceras ee pele.pele.

nervoso nervoso simp simp á á tico tico que que existe existe entre entre v v
De De acordo acordo com com a a teoria teoria Ryodoraku, Ryodoraku, um um estado

DeDe acordoacordo comcom aa teoriateoria Ryodoraku,Ryodoraku, umum estadoestado idealideal dede sasaúúdede éé obtidoobtido quandoquando todostodos osos canaiscanais RyodorakuRyodoraku estãoestão emem umum estadoestado energenergééticotico equilibradoequilibrado e,e, nono casocaso dede desequildesequilííbriobrio emem algumalgum dosdos canais,canais, oo problemaproblema podepode serser detectadodetectado comcom medimediççõesões eleléétricastricas dede certoscertos pontospontos dada pelepele e,e, porpor meiomeio dede eletroeletro estestíímulosmulos dede pontospontos terapêuticos,terapêuticos, sese regularegula estaesta anormalidade.anormalidade.

mulos de de pontos pontos terapêuticos, terapêuticos, se se regula regula esta esta anormalidade. anormalidade.
mulos de de pontos pontos terapêuticos, terapêuticos, se se regula regula esta esta anormalidade. anormalidade.

EE oo limiarlimiar dede equilíbrio?equilíbrio? ComoComo foifoi encontrado?encontrado?

equilíbrio? Como Como foi foi encontrado? encontrado? 1 . 1 . Os Os pontos pontos reativos

1.1. OsOs pontospontos reativosreativos eletroeletro permepermeááveisveis (pontos(pontos dada acupuntura)acupuntura) aoao longolongo dede umum meridianomeridiano foramforam determinadosdeterminados ee desenhadosdesenhados comcom umum ccíírculo.rculo.

2.2. FixouFixou discosdiscos comcom pastapasta dede salsal aa cadacada umum dessesdesses pontospontos ee conectouconectou--sese correntecorrente eleléétricatrica dede 1212 mA.mA.

destasdestas

3.3. FoiFoi

de de 12 12 mA. mA. destas destas 3 . 3 . Foi Foi feito feito

feitofeito

grgrááficofico

dada

mméédiadia

umum

correntes.correntes.

ComparaCompara normalidadenormalidade ee afecções!afecções!

VoltouVoltou a a checar checar com com muito muito cuidado cuidado em em outros outros Voltou aa checarchecar comcom muitomuito cuidadocuidado emem outrosoutros casoscasos dede infecinfecççõesões renaisrenais ee observouobservou umum padrãopadrão dede similaridadesimilaridade patolpatolóógica.gica.

de similaridade similaridade patol patol ó ó gica. gica. Entretanto, Entretanto, este este padrão padrão não

Entretanto,Entretanto, este este padrão padrão não não era era observado observado em em pessoa pessoa Entretanto, esteeste padrãopadrão nãonão eraera observadoobservado emem pessoapessoa sã,sã, somentesomente emem pessoapessoa comcom problemasproblemas renais.renais.

em em pessoa pessoa sã, sã, somente somente em em pessoa pessoa com com problemas problemas
em em pessoa pessoa sã, sã, somente somente em em pessoa pessoa com com problemas problemas

ComparaCompara normalidadenormalidade ee afecções!afecções!

DepoisDepois disto,disto, eleele checouchecou vvááriasrias enfermidadesenfermidades dede diferentesdiferentes vvííscerassceras dede igualigual maneira:maneira:

v í í sceras sceras de de igual igual maneira: maneira: Verifica: Verifica: correspondência correspondência

Verifica:Verifica: correspondênciacorrespondência RyodorakuRyodoraku queque existiaexistia parapara oo meridianomeridiano dodo pulmãopulmão quandoquando apareciamapareciam problemasproblemas pulmonares,pulmonares, umauma correspondênciacorrespondência RyodorakuRyodoraku existiaexistia parapara oo clcláássicossico meridianomeridiano dodo estômagoestômago quandoquando apareciaaparecia umauma enfermidadeenfermidade estomacal.estomacal.

do do estômago estômago quando quando aparecia aparecia uma uma enfermidade enfermidade estomacal. estomacal.

ComparaCompara normalidadenormalidade ee afecções!afecções!

Assim,Assim,

oo

fenômenofenômeno

RyodorakuRyodoraku

pôdepôde

serser

reconhecidoreconhecido emem todostodos osos meridianosmeridianos clcláássicosssicos quandoquando eleseles apresentavamapresentavam enfermidadesenfermidades ouou estavamestavam alterados.alterados.

quando eles eles apresentavam apresentavam enfermidades enfermidades ou ou estavam estavam alterados. alterados.
quando eles eles apresentavam apresentavam enfermidades enfermidades ou ou estavam estavam alterados. alterados.

MétodoMétodo dede DiagnósticoDiagnóstico

OO diagn diagn ó ó stico stico é é feito feito medindo medindo - - O diagndiagnóósticostico éé feitofeito medindomedindo--sese aa eletroeletro condutividadecondutividade dosdos diferentesdiferentes pontospontos representativos,representativos, sendosendo dozedoze dodo ladolado direitodireito ee dozedoze dodo ladolado esquerdo.esquerdo. DestesDestes pontos,pontos, seisseis sãosão nasnas mãosmãos ee seisseis nosnos ppéés.s.

nas mãos mãos e e seis seis nos nos p p é é s. s. É
nas mãos mãos e e seis seis nos nos p p é é s. s. É

ÉÉ utilizado utilizado nas nas medi medi ç ç ões ões um um aparelho aparelho É utilizadoutilizado nasnas medimediççõesões umum aparelhoaparelho eletrônicoeletrônico denominadodenominado NeurometerNeurometer ouou EnergyEnergy Meter,Meter, dede correntecorrente contcontíínuanua comcom tensãotensão dede 1212 Volts,Volts, calibradocalibrado comcom umauma correntecorrente dede 200200 microamperesmicroamperes

12 12 Volts, Volts, calibrado calibrado com com uma uma corrente corrente de de 200 200

MétodoMétodo dede DiagnósticoDiagnóstico

ConectaConecta - - se se a a sonda sonda tipo tipo martelo martelo no no Conecta--sese aa sondasonda tipotipo martelomartelo nono conectorconector vermelhovermelho dodo aparelho.aparelho. PunhoPunho--terraterra nana parteparte preta.preta.

LigaLiga - - se se o o aparelho. aparelho. Liga--sese oo aparelho.aparelho.

ColocaColoca - - se se um um algodão algodão embebido embebido com com solu solu Coloca--sese umum algodãoalgodão embebidoembebido comcom solusoluççãoão salinasalina nana pontaponta plpláásticastica dada sondasonda tipotipo martelo.martelo.

ç ão ão salina salina na na ponta ponta pl pl á á stica stica da
ç ão ão salina salina na na ponta ponta pl pl á á stica stica da

MétodoMétodo dede DiagnósticoDiagnóstico

ProvocaProvoca - - se se um um curto curto - - circuito circuito entre entre Provoca--sese umum curtocurto--circuitocircuito entreentre aa pontaponta plpláásticastica contendocontendo oo algodãoalgodão ee oo punhopunho--terra.terra.

algodão algodão e e o o punho punho - - terra. terra. Ajusta Ajusta - -

AjustaAjusta - - se se o o botão botão de de sensibilidade sensibilidade para para Ajusta--sese oo botãobotão dede sensibilidadesensibilidade parapara obterobter

umauma leituraleitura dede 200200 microamperesmicroamperes,, comcom tensãotensão dede 1212 Volts.Volts.

leitura de de 2 0 0 2 0 0 microamperes microamperes , , com com tensão

MétodoMétodo dede DiagnósticoDiagnóstico

Método Método de de Diagnóstico Diagnóstico

PontosPontos aa seremserem mensuradosmensurados

ID5 P9 TA4 PC7 C7 IG5
ID5
P9
TA4
PC7
C7
IG5

BP3

R4

VB40

F3

B65

E42

MediçãoMedição energéticaenergética

Medição Medição energética energética O O volume volume energ energ é é tico tico é é

OO volumevolume energenergééticotico éé medidomedido comcom oo eletrodoeletrodo tipotipo martelomartelo,, comcom algodãoalgodão embebido.embebido. OO eletrodoeletrodo éé aplicadoaplicado diretamentediretamente sobresobre osos pontospontos fontefonte enquantoenquanto oo pacientepaciente empunhaempunha firmementefirmemente oo eletrodoeletrodo tipotipo hastehaste (terra).(terra).

É É muito muito importante importante observar observar para para que que o o tempo

ÉÉ muitomuito importanteimportante observarobservar parapara queque oo tempotempo dede leituraleitura nãonão ultrapasseultrapasse trêstrês segundos,segundos, parapara nãonão influenciarinfluenciar nosnos dadosdados coletados.coletados.

três segundos, segundos, para para não não influenciar influenciar nos nos dados dados coletados. coletados.

MediçãoMedição energéticaenergética

DeveDeve procurarprocurar empregarempregar aa mesmamesma pressãopressão emem todostodos osos pontos,pontos, verificandoverificando aa deflexãodeflexão dada agulhaagulha dodo microampermicroamperíímetrometro ouou variavariaççãoão numnumééricarica emem aparelhosaparelhos digitais,digitais, marcandomarcando oo valorvalor lidolido nana escalaescala dodo grgrááficofico logarlogaríítmicotmico Ryodoraku.Ryodoraku.

fico logar logar í í tmico tmico Ryodoraku. Ryodoraku. Para Para cada cada meridiano, meridiano, o

ParaPara cadacada meridiano,meridiano, oo grgrááficofico RyodorakuRyodoraku possuipossui duasduas escalasescalas iguais.iguais. UmaUma éé parapara queque sejamsejam plotadosplotados osos valoresvalores dasdas medimediççõesões dodo ladolado esquerdoesquerdo ee aa outraoutra éé parapara queque sejamsejam plotadosplotados osos valoresvalores lidoslidos nono ladolado direito.direito.

MediçãoMedição energéticaenergética

Medição Medição energética energética Deve Deve - - se se iniciar iniciar as as tomadas tomadas

DeveDeve--sese iniciariniciar asas tomadastomadas dasdas leiturasleituras pelopelo ladolado direitodireito dada mãomão direita.direita. EmEm seguidaseguida aa esquerda,esquerda, depoisdepois oo ppéé direitodireito ee aa seguirseguir oo esquerdo,esquerdo, sempresempre comecomeççandoando pelopelo pontoponto dodo ladolado direito.direito.

Tamb Tamb é é m m é é necess necess á á rio rio segurar

TambTambéémm éé necessnecessááriorio segurarsegurar comcom seusseus dedosdedos polegarpolegar ee indicador,indicador, aa mãomão dodo pacientepaciente comcom aa palmapalma parapara cima,cima, conformeconforme mostradomostrado nana figurafigura aa seguir:seguir:

a a palma palma para para cima, cima, conforme conforme mostrado mostrado na na figura figura

MediçãoMedição energéticaenergética

Medição Medição energética energética

MediçãoMedição energéticaenergética

Medição Medição energética energética

SeqüênciaSeqüência dada leituraleitura

1.1. InicieInicie asas mediçõesmedições pelopelo pontoponto P9P9 dada mãomão direita.direita. EmEm seguida,seguida, meçameça oo pontoponto P9P9 dada mãomão esquerda.esquerda. ContinueContinue alternandoalternando entreentre asas mãosmãos direitadireita ee esquerdaesquerda atéaté medirmedir oo últimoúltimo pontoponto C7.C7.

2.2. EmEm seguida,seguida, comcom aa palmapalma dada mãomão dodo pacientepaciente parapara baixo,baixo, continuecontinue oo processoprocesso dede mediçõesmedições dosdos pontospontos ID5,ID5, TA4TA4 ee IG5,IG5, sempresempre alternadoalternado entreentre mãosmãos direitadireita ee esquerda.esquerda.

3.3. RepitaRepita oo processoprocesso dede mediçõesmedições nosnos pontospontos dosdos pés,pés, iniciandoiniciando pelopelo pontoponto BP3BP3 dodo direitodireito ee terminandoterminando comcom oo pontoponto E42E42 dodo esquerdo.esquerdo.

pé direito direito e e terminando terminando com com o o ponto ponto E42 E42 do
pé direito direito e e terminando terminando com com o o ponto ponto E42 E42 do
pé direito direito e e terminando terminando com com o o ponto ponto E42 E42 do

OBSERVAÇÕESOBSERVAÇÕES

OBSERVAÇÕES OBSERVAÇÕES É É importante importante que que as as medições medições não não sejam sejam

ÉÉ importanteimportante queque asas mediçõesmedições nãonão sejamsejam realizadasrealizadas imediatamenteimediatamente apósapós exercíciosexercícios físicos,físicos, ouou apósapós refeições.refeições. OO pacientepaciente devedeve estarestar relaxadorelaxado porpor pelopelo menosmenos dezdez minutos.minutos.

PodePode sofrersofrer interferências:interferências: etnia,etnia, clima,clima, estaçãoestação dodo ano,ano, manhãmanhã aoao meiomeio--dia,dia, antesantes dodo adormecer.adormecer. ParaPara tratamento,tratamento, melhormelhor pelapela manhã.manhã.

antes antes do do adormecer. adormecer. Para Para tratamento, tratamento, melhor melhor pela pela manhã. manhã.
antes antes do do adormecer. adormecer. Para Para tratamento, tratamento, melhor melhor pela pela manhã. manhã.

PontosPontos representativosrepresentativos dasdas mãosmãos

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – P9 Direito – 115 e

Anota-se valor no gráfico – P9

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – P9 Direito – 115 e

Direito – 115 e Esquerdo – 132

PontosPontos representativosrepresentativos dasdas mãosmãos

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – PC7 Direito – 102 e

Anota-se valor no gráfico – PC7

representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – PC7 Direito – 102 e Esquerdo

Direito – 102 e Esquerdo – 110

PontosPontos representativosrepresentativos dasdas mãosmãos

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – C7 Direito – 77 e

Anota-se valor no gráfico – C7

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – C7 Direito – 77 e

Direito – 77 e Esquerdo – 66

PontosPontos representativosrepresentativos dasdas mãosmãos

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – ID5 Direito – 45 e

Anota-se valor no gráfico – ID5

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – ID5 Direito – 45 e

Direito – 45 e Esquerdo – 48

PontosPontos representativosrepresentativos dasdas mãosmãos

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – TA4 Direito – 84 e

Anota-se valor no gráfico – TA4

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – TA4 Direito – 84 e

Direito – 84 e Esquerdo – 80

PontosPontos representativosrepresentativos dasdas mãosmãos

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – IG5 Direito – 67 e

Anota-se valor no gráfico – IG5

representativos representativos das das mãos mãos Anota-se valor no gráfico – IG5 Direito – 67 e

Direito – 67 e Esquerdo – 62

PontosPontos representativosrepresentativos dosdos péspés

Pontos representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – BP3 Direito – 95

Anota-se valor no gráfico – BP3

representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – BP3 Direito – 95 e

Direito – 95 e Esquerdo – 104

PontosPontos representativosrepresentativos dosdos péspés

Pontos representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – F3 Direito – 90

Anota-se valor no gráfico – F3

representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – F3 Direito – 90 e

Direito – 90 e Esquerdo – 100

PontosPontos representativosrepresentativos dosdos péspés

Pontos representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – R4 Direito – 33

Anota-se valor no gráfico – R4

representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – R4 Direito – 33 e

Direito – 33 e Esquerdo – 27

PontosPontos representativosrepresentativos dosdos péspés

Pontos representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – B65 Direito – 89

Anota-se valor no gráfico – B65

representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – B65 Direito – 89 e

Direito – 89 e Esquerdo – 84

PontosPontos representativosrepresentativos dosdos péspés

Pontos representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – VB40 Direito – 44

Anota-se valor no gráfico – VB40

representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – VB40 Direito – 44 e

Direito – 44 e Esquerdo – 42

PontosPontos representativosrepresentativos dosdos péspés

Pontos representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – E42 Direito – 65

Anota-se valor no gráfico – E42

representativos representativos dos dos pés pés Anota-se valor no gráfico – E42 Direito – 65 e

Direito – 65 e Esquerdo – 70

Gráfico com todos os valores pontuados

Gráfico com todos os valores pontuados

Ligação dos pontos

Ligação dos pontos

AnáliseAnálise dodo GráficoGráfico dede RyodorakuRyodoraku

do do Gráfico Gráfico de de Ryodoraku Ryodoraku Com Com os os valores valores anotados anotados

ComCom osos valoresvalores anotadosanotados nono gráficográfico Ryodoraku,Ryodoraku, determinadetermina--sese umum pontoponto médiomédio entreentre todostodos eleseles traçandotraçando emem seguir,seguir, nesteneste pontoponto médio,médio, umauma linhalinha paralelaparalela aoao gráfico.gráfico.

seguir, neste neste ponto ponto médio, médio, uma uma linha linha paralela paralela ao ao gráfico.

Traçar linha no ponto mais alto e ponto mais baixo

Traçar linha no ponto mais alto e ponto mais baixo

Descobrir a média

Descobrir a média

AnáliseAnálise dodo GráficoGráfico dede RyodorakuRyodoraku

AA seguir, seguir, da da média média encontrada, encontrada, com com uma uma régua, régua, A seguir,seguir, dada médiamédia encontrada,encontrada, comcom umauma régua,régua, tracetrace maismais duasduas retasretas paralelasparalelas -- umauma acimaacima ee outraoutra abaixoabaixo dada anterioranterior -- comcom umauma distânciadistância dede 0,70,7 mmmm parapara cimacima ee 0,70,7 mmmm parapara baixo.baixo.

EstaEsta faixa faixa compreendida compreendida entre entre as as duas duas retas retas (14 (14 Esta faixafaixa compreendidacompreendida entreentre asas duasduas retasretas (14(14 mm),mm), éé aa faixafaixa dada normalidadenormalidade energéticaenergética dodo gráfico.gráfico.

mm), mm), é é a a faixa faixa da da normalidade normalidade energética energética do do

EstabelecerEstabelecer 1414 mmmm (1,4(1,4 cm)cm) nono gráficográfico

14 14 mm mm (1,4 (1,4 cm) cm) no no gráfico gráfico Alcance Alcance fisiológico fisiológico

AlcanceAlcance fisiológicofisiológico dede cadacada meridianomeridiano 100100 mAmA alcancealcance dede 22 cmcm ee 2020 mAmA alcancalcancee dede 0,60,6 cm.cm. VerificaVerifica--sese oo maiormaior ee menormenor alcancealcance ee calculacalcula--sese aa médiamédia 200200 mAmA == 1,41,4 cmcm alalcancecance fisiológicofisiológico

AnáliseAnálise dodo GráficoGráfico dede RyodorakuRyodoraku

QuandoQuando todos todos os os pontos pontos caem caem dentro dentro da da faixa faixa Quando todostodos osos pontospontos caemcaem dentrodentro dada faixafaixa compreendidacompreendida entreentre asas duasduas retas,retas, querquer dizerdizer queque aa funçãofunção nervosanervosa autônomaautônoma dede todotodo oo corpocorpo estáestá bembem balanceadabalanceada e,e, portanto,portanto, aa pessoapessoa encontraencontra-- sese comcom saúdesaúde perfeita.perfeita.

- - se se com com saúde saúde perfeita. perfeita. Utilizando Utilizando estes estes dados, dados,

UtilizandoUtilizando estesestes dados,dados, oo terapeutaterapeuta poderápoderá sabersaber aa sintomatologiasintomatologia dodo pacientepaciente antesantes dede umauma anamneseanamnese ComCom eleseles ee comcom aa memorizaçãomemorização dada chamadachamada “Síndrome“Síndrome Ryodoraku”,Ryodoraku”, poderápoderá verificar,verificar, quaisquais RyodorakuRyodoraku têmtêm algumaalguma anormalidade.anormalidade.

poderá verificar, verificar, quais quais Ryodoraku Ryodoraku têm têm alguma alguma anormalidade. anormalidade.

AnáliseAnálise dodo GráficoGráfico dede RyodorakuRyodoraku

CasoCaso oo gráficográfico nãonão estejaesteja equilibrado,equilibrado, passapassa--sese àà análiseanálise dasdas condiçõescondições energéticaenergética dodo paciente:paciente:

OsOs valoresvalores marcadosmarcados acimaacima dada faixafaixa indicarãoindicarão umauma plenitudeplenitude energéticaenergética dodo Ryodoraku,Ryodoraku, devendodevendo serser sedados.sedados.

Ryodoraku, devendo devendo ser ser sedados. sedados. Os Os valores valores marcados marcados abaixo abaixo

OsOs valoresvalores marcadosmarcados abaixoabaixo corresponderãocorresponderão aoao vaziovazio energético,energético, devendodevendo serser tonificados.tonificados.

corresponderão ao ao vazio vazio energético, energético, devendo devendo ser ser tonificados. tonificados.
Excesso Deficiência

Excesso

Deficiência

OsOs pontospontos terapêuticosterapêuticos estãoestão mostradosmostrados nana parteparte dede baixobaixo dodo gráfico,gráfico, devendodevendo--sese sedarsedar ouou tonificar,tonificar, dede acordoacordo comcom osos pontospontos queque sese apresentamapresentam acimaacima ouou abaixoabaixo dasdas retasretas indicadorasindicadoras dede equilíbrio.equilíbrio. CasosCasos emem queque somentesomente umum pontoponto apareceaparece forafora dasdas linhas,linhas, apenasapenas oo pontoponto dodo ladolado emem desequilíbriodesequilíbrio devedeve serser sedadosedado ouou tonificado.tonificado.

desequilíbrio desequilíbrio deve deve ser ser sedado sedado ou ou tonificado. tonificado. Tratamento Tratamento

Tratamento Tratamento

ConsideraçõesConsiderações quantoquanto leituraleitura dodo gráficográfico

PorPor queque podepode ocorrerocorrer diferençasdiferenças nosnos valoresvalores dodo mesmomesmo meridianomeridiano entreentre ladolado esquerdoesquerdo ee direito?direito?

AA diferençadiferença nãonão éé causadacausada porpor doençasdoenças viscerais,viscerais, masmas porpor distúrbiosdistúrbios superficiaissuperficiais dodo sistemasistema nervosonervoso (nevralgia,(nevralgia, rigidezrigidez homolateralhomolateral,, simpatectomiasimpatectomia,, doençasdoenças nosnos olhos,olhos, audição,audição, rigidezrigidez torácica)torácica)

audição, rigidez rigidez torácica) torácica) Quando Quando todos todos os os valores valores estão
audição, rigidez rigidez torácica) torácica) Quando Quando todos todos os os valores valores estão

QuandoQuando todostodos osos valoresvalores estãoestão altosaltos ouou baixos,baixos,

oo queque fazer?fazer? PodePode--sese usarusar oo pontoponto dede inibiçãoinibição ouou excitaçãoexcitação dodo meridiano.meridiano. ValoresValores altosaltos emem todostodos osos meridianosmeridianos podepode serser sinalsinal dede doençadoença nono tônustônus simpático,simpático, problemaproblema agudo.agudo. QuandoQuando éé baixo,baixo, consideraconsidera--sese hipofuncionamentohipofuncionamento,, doençadoença crônica.crônica.

ConsideraçõesConsiderações quantoquanto leituraleitura dodo gráficográfico

PresençaPresença dede feridasferidas modificamodifica aa aferição.aferição.

SeSe porpor acasoacaso aa parteparte HH (MMSS)(MMSS) aferidaaferida ee FF (MMII)(MMII) estãoestão completamentecompletamente diferentesdiferentes significasignifica neuroseneurose ouou distúrbiosdistúrbios mentais.mentais. DaíDaí dividedivide--sese osos

v i d e d i v i d e - - s e s e

resultadosresultados emem gruposgrupos HH (MMSS)(MMSS) ee FF (MMII)(MMII) ee depoisdepois determinamosdeterminamos oo equilíbrioequilíbrio parapara cadacada grupogrupo ++ 22 gráficos.gráficos.

cada cada grupo grupo + + 2 2 gráficos. gráficos. Obs.: Obs.: Pontos Pontos da da

Obs.:Obs.: PontosPontos dada auriculoterapiaauriculoterapia nãonão sãosão idôneosidôneos aoao Ryodoraku.Ryodoraku.

Pontos da da auriculoterapia auriculoterapia não não são são idôneos idôneos ao ao Ryodoraku. Ryodoraku.

QuadroQuadro dede síndromessíndromes

FoiFoi estabelecidoestabelecido que,que, dede acordoacordo comcom aa condutividadecondutividade dosdos pontos,pontos, osos sintomassintomas característicoscaracterísticos apresentamapresentam--sese conformeconforme tabelatabela abaixoabaixo descrita.descrita.

característicos apresentam apresentam - - se se conforme conforme tabela tabela abaixo abaixo descrita. descrita.

PontoPonto

AltaAlta condutividadecondutividade

BaixaBaixa condutividadecondutividade

P9P9 (H1)(H1)

DoresDores nosnos ombros.ombros. SangueSangue queque sobesobe aa cabeça,cabeça, asma,asma, hemorróidashemorróidas

FrioFrio nasnas extremidadesextremidades infinf.,., doresdores dede cabeça,cabeça, desordemdesordem respiratória,respiratória, confusãoconfusão

PC7PC7 (H2)(H2)

RigidezRigidez nosnos ombros,ombros, desordemdesordem cardíaca,cardíaca, constipaçãoconstipação

Palpitações,Palpitações, doresdores dede cabeça,cabeça, sensaçãosensação dede calorcalor nana palmapalma

C7C7 (H3)(H3)

SensaçãoSensação dede estômagoestômago inchado,inchado, constipação,constipação, doresdores nosnos ombros,ombros, febrefebre

Palidez,Palidez, náuseas,náuseas, diarréia,diarréia, palpitaçõespalpitações

ID5ID5 (H4)(H4)

DebilidadeDebilidade dasdas