Você está na página 1de 27

FBTS

FUNDAÇÃO BRASILEIRA DE
TECNOLOGIA DA SOLDAGEM
SÓCIOS FUNDADORES
ESTRUTURA
ORGANIZACIONAL

CONSELHO DE CONSELHO
ADMINISTRAÇÃO CONSULTIVO

CONSELHO FISCAL

DIRETORIA
EXECUTIVA

SUPERINTENDÊNCIA

➨ ÁREA TÉCNICA
➨ ÁREA DE CERTIFICAÇÃO DA QUALIDADE
➨ ÁREA DE TREINAMENTO
SNQC - IS

“SISTEMA NACIONAL DE QUALIFICAÇÃO E


CERTIFICAÇÃO DE INSPETORES DE SOLDAGEM ”
SNQC - IS
OBJETIVO

REGULAMENTAR OS REQUISITOS, CRITÉRIOS E


SISTEMÁTICA PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE
INSPETORES DE SOLDAGEM COM BASE NAS
NECESSIDADES DOS DIVERSOS SETORES PRODUTIVOS
COMISSÃO DE QUALIFICAÇÃO E
CERTIFICAÇÃO DE PESSOAL EM
SOLDAGEM

• ABS - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SOLDAGEM


• SENAI-RJ - SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL
• ABDIB - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA DESENVOLVIMENTO DAS
INDÚSTRIAS DE BASE
• ABEMI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL
• ABCEM - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CONSTRUTORES DE
ESTRUTURAS METÁLICAS
• INB - INDUSTRIAS NUCLEARES BRASILEIRAS
• ABRAMAN - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO
• SINAVAL - SINDICATO NACIONAL DA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO
NAVAL
• PETROBRAS - PETRÓLEO BRASILEIRO S/A
• ELETROBRÁS - CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S/A
ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA

Conselho de Qualificação e
Certificação de Pessoal em (Normativo)
Soldagem

Bureau de Qualific. (Executivo)


e Certific. (Consultivo)
Comissão
Setorial 1

Comissão
Setorial 2
CEQUAL 1 CEQUAL 2 CEQUAL n
Comissão
SEQUI - PB SENAI-Cetec de Solda Setorial n
CONSELHO

ÓRGÃO NORMATIVO, INDEPENDENTE, COM REGIMENTO


PRÓPRIO E ABRIGADO PELA FBTS
MEMBROS NATOS

UM REPRESENTANTE DAS SEGUINTES ENTIDADES/EMPRESAS


ABCEM ABINEE CNEN SENAI
ABEN ABIMAQ COONAI SINAVAL
ABDIB ABRAMAN ELETRONUCLEAR
ABENDE ABS IBQN
ABEMI ANFAVEA PETROBRÁS

O PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA FBTS


O GERENTE DO BUREAU
UM REPRESENTANTE DOS COORDENADORES DAS COMISSÕES
BUREAU

É UM ÓRGÃO EXECUTIVO DO SISTEMA


( Instituição privada ou pública independente)

APROVADO PELO CONSELHO PARA IMPLEMENTAR

E GERENCIAR O SISTEMA
COMPOSIÇÃO DO BUREAU

• O GERENTE DO BUREAU

( da Instituição sede do BUREAU)


• UM REPRESENTANTE DOS CENTROS DE EXAMES DE

QUALIFICAÇÃO - CEQUAL
• TRÊS MEMBROS DO CONSELHO
• COORDENADORES DAS COMISSÕES SETORIAIS
CENTROS DE EXAMES DE
QUALIFICAÇÃO - CEQUAL

SÃO ÓRGÃOS EXECUTORES DOS EXAMES DE QUALIFICAÇÃO

( INSTITUIÇÕES PÚBLICAS OU PRIVADAS) RECONHECIDOS

PELO CONSELHO
CENTROS DE EXAMES
DE QUALIFICAÇÃO

• SETOR DE QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO/SEGEN /


DIQUAL/SEQUI
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SP

• SENAI - CETEC DE SOLDA


RIO DE JANEIRO - RJ
COMISSÕES SETORIAIS

SÃO ÓRGÃOS CONSULTIVOS DO SISTEMA JUNTO AO


BUREAU, CRIADAS E EXTINTAS PELO CONSELHO
CRITÉRIOS PARA CREDENCIAMENTO
NIT-DICQR-004 (INMETRO)

• ESTRUTURA ADMINISTRATIVA
• RESPONSABILIDADE DO CONSELHO DIRETOR
• ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
• CAPACITAÇÃO DE PESSOAL
• CONTROLE DE DOCUMENTOS
• CONTROLE DE REGISTROS
• PROCEDIMENTO DE CERTIFICAÇÃO E ACOMPANHAMENTO
• MANUAL DA QUALIDADE
• CONFIDENCIALIDADE
• PUBLICAÇÕES
• RECLAMAÇÕES
•AUDITORIAS E ANÁLISES CRÍTICAS DO SQ
•USO ABUSIVO DOS CERTIFICADOS
•REVOGAÇÃO E CANCELAMENTO DE CERTIFICADOS
DOCUMENTAÇÃO

SNQC - IS
MANUAL DA
QUALIDADE
BUREAU
(01)
PROCEDIMENTOS
OPERACIONAIS

(23) BUREAU
INSTRUÇÕES
DE INTERFACE

(15)
CERTIFICADO DE
CREDENCIAMENTO
SISTEMA NACIONAL DE QUALIFI CAÇÃO E
CERTIFICAÇÃO DE INSPETORES DE
SOLDAGEM

NBR 14842 -
CRITÉRIOS PARA A QUALIFICAÇÃO E
CERTIFICAÇÃO DE INSPETORES DE
SOLDAGEM
NORMA NBR -14842

ESTABELECE
 Parâmetros
 Sistemática
DESCREVE
 Atribuições
 Responsabilidades
N1 e N2
RELAÇÃO DE NORMAS E CÓDIGOS
INSPETOR DE SOLDAGEM NÍVEL 2

NORMA/CÓDIGO PRINCIPAL:
• ANSI B31.1/ANSI B31.3 - TUBULAÇÕES
• ANSI B31.4/ANSI B 31.8 - OLEODUTOS e GASODUTOS
• API 1104 - OLEODUTOS e GASODUOS
• API 650 - TANQUES DE ARMAZENAMENTO
• ASME SEÇÃO VIII DIV. 1/ASME VIII DIV. 2 - VASOS DE PRESSÃO
• AWS D1.1 - ESTRUTURAS METÁLICAS

NORMA COMPLEMENTAR:
• ASME SEÇÃO IX - VASOS DE PRESSÃO E TUBULAÇÕES
• API 1104 - OLEODUTOS e GASODUOS
SISTEMA NACIONAL DE QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE INSPETORES DE SOLDAGEM

NBR 14842 - CRITÉRIOS PARA A QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE


INSPETORES DE SOLDAGEM

50 48
A - Ensino Fundamental Completo
EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

45
B - Ensino Médio Completo
40 C - Curso Técnico em Mecânica, Metalurgia ou Naval
36 36 D - Curso Técnico em Soldagem
35 E - Curso Superior em Engenharia na área de
30 Ciências Exatas
24 24 F - Curso de Especialização em Engenharia de
25 Soldagem
20
15 12 12
10
6 6 66
5
0
NÍVEL 1 A B C D E F
NIVEL 2 ESCOLARIDADE
TREINAMENTO
INSPETOR DE SOLDAGEM NÍVEIS 1 E 2

CONHECIMENTOS TÉCNICOS EXIGIDOS

Terminologia de Soldagem Materiais de Base


Simbologia de Soldagem e END Ensaios Mecânicos e Macrográficos
Consumíveis de Soldagem Ensaios Não Destrutivos
Processos de Soldagem Qualificação de Procedimento
Processos de Corte e Goivagem e Soldadores
Metalurgia da Soldagem Documentos Técnicos
Controle de Deformações Registros de Resultados
Instrumental e Técnicas de medidas Normas Técnicas

CARGA HORÁRIA:

NÍVEL 1: 162 HORAS


NÍVEL 2: 210 HORAS
SISTEMA NACIONAL DE QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE
INSPETORES DE SOLDAGEM

EXAME DE QUALIFICAÇÃO
NÍVEL 1 NÍVEL 2

✔ TEÓRICA 2
✔ TEÓRICA 1
✔ PROVAS DE NÍVEL 1
✔ VISUAL/DIMENSIONAL
✔ CONSUMÍVEIS 2
✔ ACOMPANHAMENTO DE
✔ DOCUMENTOS TÉCNICOS2
SOLDAGEM
✔ QUALIFICAÇÕES
✔ CONSUMÍVEIS 1
✔ MACROGRAFIA
✔ DOCUMENTOS TÉCNICOS 1
✔ NORMA/CÓDIGO PRINCIPAL
✔TRATAMENTO TÉRMICO

✔ DUREZA NBR 14842


Sistema de Qualificação e Certificação
de Inspetores de Soldagem

CERTIFICADO
O Bureau de Qualificação e Certificação de Inspetores de Soldagem

certifica que SEBASTIÃO DA SILVA


Cadastrado com o código de registro nº ISXXXXNY
documento de identidade 05000000-2
expedido pelo IFP-RJ
foi aprovado nos exames de qualificação executados com os critérios e
requisitos estabelecidos pelo Sistema, estando apto a desempenhar as
funções de INSPETOR DE SOLDAGEM, conforme especificado no verso

Rio de Janeiro, 30 de MAIO de 2000

Assinatura do Inspetor Gerente do Bureau de Q&C de


Inspetores de Soldagem
Nível Normas/Códigos Data Validade Assinatura e
Da certificados da Do Carimbo
Qualificação (somente para Nível 2) Certificação Certificado Gerente Bureau
N1 NÃO APLICÁVEL 30/05/00 29/05/05

MANUTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO
O Inspetor de Soldagem deverá enviar até 29 de novembro de 2002 toda a documentação
Necessária para proceder a manutenção de sua certificação (conforme ítem 5.8 da norma
FBTS N-001).

COMPROVAÇÃO DA MANUTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO

Este certificado somente é válido após 30 meses da


data de Certificação, quando carimbado com o
logotipo do Sistema de Qualificação e Certificação e
devidamente assinado.

TODA CORRESPONDÊNCIA DEVERÁ SER ENDEREÇADA PARA:


Bureau de Qualificação e Certificação de Inspetores de Soldagem
a/c FBTS - Fundação Brasileira de Tecnologia da Soldagem

OBS: Fotocópias e/ou reproduções não são autorizadas – só o original poderá ser usado como
documento hábil.
RECERTIFICAÇÃO

APÓS A VALIDADE DA CERTIFICAÇÃO, O INSPETOR DEVE


REALIZAR, NO CEQUAL, UM EXAME SIMPLIFICADO ( PROVAS
OBRIGATÓRIAS E ALEATÓRIAS) E RENOVAR A CERTIFICAÇÃO
POR MAIS 05 ANOS.
SISTEMA NACIONAL DE QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE INSPETORES DE SOLDAGEM

DISTRIBUIÇÃO DE INSPETORES CERTIFICADOS - FEVEREIRO/03

NÍVEL2
NÍVEL 1 = 604
19%
NÍVEL 2 = 146
TOTAL = 750

NÍVEL1
81%