Você está na página 1de 3

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE

CONCILIAÇÃO, MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM


(MINUTA)

Por este instrumento, de um lado a empresa educacional CENTRO


EDUCACIONAL SHALLON, pessoa jurídica de direito privado,
regularmente inscrita no CNPJ/MF sob o nº _______________,
estabelecida na Rua Fortaleza, nº 261, do Setor Urias Magalhães, em
Goiânia-GO, CEP nº 74.565-080 e Fone fax nº 3210-4861, neste ato
representada por ________, brasileiro, estado civil, diretor, portador da
CI/RG nº ______ e do CPF/MF nº ______, doravante denominada de
CONTRATANTE; e, de outro lado, a CÂMARA ARBITRAL E
MEDIAÇÃO DO ESTADO DE GOIÁS – CAMEGO regulamente
inscrita no CNPJ/MF sob o nº 10.927.768/0001-69, com sede na Rua
115, nº 824, do Setor Sul, em Goiânia-GO, neste ato representada por seu
Presidente, Sr. Osvaldo Pereira, brasileiro, (estado civil), (profissão),
portador da CI/RG nº ________ e do CPF/MF nº _____________,
doravante denominada de CONTRATADA; firmam o presente na forma
da Lei Federal nº 9.307/96 e dos Artigos 593/609 e 851/853, do Código
Civil Brasileiro vigente; mediante as cláusulas e condições abaixo:

CLÁUSULA PRIMEIRA:
O CONTRATANTE firma o presente termo com a CONTRATADA, para que esta lhe
forneça a sua estrutura física e de procedimentos, materiais, disponibilização de
conciliadores, mediadores e árbitros capazes e todas as condições de que dispõe para
prestação de serviços para dirimir todo e qualquer litígio relativo a direitos patrimoniais
disponíveis em que faça parte, seja como Autora ou Requerida; mediante os
procedimentos de Arbitragem, via de efetivações de Conciliações, Mediações e
Arbitragens, no âmbito de sua atuação e competência, na forma da Lei Federal nº
9.307/96 e Artigos 851/853, do Código Civil Brasileiro em vigor.

CLÁUSULA SEGUNDA:
A CONTRATANTE, por este termo e em atendimento aos objetivos acima, se
compromete a inserir em todos os seus contratos com terceiros e relativos a direitos
patrimoniais disponíveis, a CLÁUSULA COMPROMISSÓRIA em favor da
CONTRATADA, renunciando o foro de eleição ao Poder Judiciário Estatal; na forma
de modelo a lhe ser fornecido por esta última; principalmente quanto aos contratos
firmados entre a CONTRATANTE e os representantes legais de seu corpo discente.

CLÁUSULA TERCEIRA:
As partes convencionaram que os procedimentos arbitrais a cargo da CONTRATADA,
solicitados pela CONTRATANTE, serão isentos de taxas e/ou custas de protocolizações
de processos, cabendo à CONTRATADA, como remuneração pelos seus serviços
prestados, cobrar tais custas das partes requeridas, além dos Honorários Arbitrais, na
forma de sua Tabela e do Regimento Interno; a serem arbitrados ao final de cada
processo, mediante acordo arbitral e respectiva sentença homologatória arbitral, ou
sentença arbitral de mérito; exceto nos casos mencionados no Parágrafo Único, da
Cláusula Quarta.

PARÁGRAFO ÙNICO:
Para a formação dos processos e procedimentos arbitrais, e por ocasião da
protocolização dos mesmos e em ambos os casos/demandas mencionadas nas Cláusulas
Primeiras e Segundas; além do Requerimento formalizado (pedido inicial) a
CONTRATANTE fornecerá à CONTRATADA cópias de todos os documentos
necessários, tais quais: cópias do seu Contrato Social, CNPJ, Inscrição Estadual e
Municipal (se for o caso), cópias de documentos pessoais de seu representante legal,
cópias de contratos com terceiros constando a “Cláusula Compromissória” em favor da
CONTRATADA, planilhas com atualizações de valores, endereços completos e
corretos das partes contrárias e Requeridas; e demais que se fizerem necessários, a
pedido e após triagem e análise desta ultima.

CLÁUSULA QUARTA:
Por este termo e instrumento as partes pactuam que o mesmo, quanto aos resultados, é
na modalidade de “meio” e não de “fim”, ou seja, a CONTRATADA não é obrigada a
alcançar os resultados almejados pela CONTRATANTE, principalmente ante os
princípios da autonomia de vontade, privacidade, confidencialidade, imparcialidade,
independência, diligência e confidencialidade, estampados na Lei Federal nº 9.307/96.

PARÁGRAFO ÚNICO:
Ante isto, as demandas ou litígios formalizados e protocolizados que, ao final dos
procedimentos de conciliação, mediação e arbitragem, com ou sem, a prolatação de
sentença arbitral, resultarem inexitosas por culpa exclusiva da CONTRATANTE, ou
em que esta venha a ser sucumbente, caberá à mesma os ônus sucumbenciais quanto
às Custas, Taxas, Emolumentos e inclusive os Honorários Arbitrais devidos.

CLÁUSULA QUINTA:
Atendendo às disposições contidas no Parágrafo Terceiro, do Artigo 13, da Lei Federal
nº 9.307/96, a CONTRATANTE delega poderes à CONTRATADA para as indicações
de conciliadores, mediadores e/ou árbitros, bem como aceita, na íntegra, o Regimento
Interno desta última, que norteará a condução dos procedimentos arbitrais; bem como as
regras de Direito ou a Equidade aplicáveis aos casos em concreto.

CLÁUSULA SEXTA:
As partes convencionam que o presente Contrato é por prazo indeterminado, entretanto
deverá ser revisto e/ou renegociado a cada 04 (quatro) meses; salvo se uma das partes
contratantes vir a solicitar, formalmente, tal revisão/renegociação antes deste prazo e
nos casos de rescisão do mesmo, na forma abaixo.
PARÁGRAFO PRIMEIRO:
Convencionam também que o presente instrumento poderá vir a ser rescindido por
ambas as partes, desde que a parte interessada na rescisão notifique a outra, com
antecedência mínima de 30 (trinta) dias; sem prejuízo dos processos já iniciados e
audiências já designadas.

PARÁGRAFO SEGUNDO:
Na vigência deste instrumento e principalmente em caso de rescisão do mesmo, a
CONTRATANTE tem ciência que todos os documentos fornecidos para formação dos
processos e procedimentos, ficarão retidos nos arquivos internos da CONTRATADA,
por período não superior a 05 (cinco) anos, conforme exigências legais; sendo
apenas devolvidos os que estiverem em originais; podendo ser fornecidas cópias
mediante requerimentos e pagamentos das taxas respectivas.

CLÁUSULA SÉTIMA:
Quanto aos direitos e responsabilidades as partes contratantes se reportam às constantes
no Código Civil Brasileiro (Lei Federal nº 10.406/2002), em seu Livro III, da Parte
Geral e Livro I, da Parte Especial, ressalvado o constante na Cláusula Quarta.

CLÁUSULA OITAVA:
As partes aqui contratantes elegem o Foro da Comarca e Jurisdição de Goiânia-GO.,
para dirimir quaisquer dúvidas, omissões ou inadimplemento do presente Contrato.

E por estarem concordes subscrevem este instrumento, em 02 (duas) vias de igual teor e
forma, na presença das testemunhas abaixo identificadas e firmadas.

Goiânia-GO,

_______________________
CONTRATANTE

______________________________________
CONTRATADA

Testemunhas:
Nome:
CI/RG:
Assinatura:

Nome:
CI/RG:
Assinatura: