Você está na página 1de 1

Os diferentes capítulos deste livro,

É por isso que os docentes escrivães


“Educação em tempos precários”, tecidos

A FORMAÇÃO ENTRE O HUMANO E O INUMANO


EDUCAÇÃO EM TEMPOS PRECÁRIOS
criticam sem hesitação os dias em que de conceitos-palavras carregados de dor,
vivem e a educação que é dada aos jovens de violência, de ressentimento, de luta
e crianças. Questionam porque pelo poder, de sementes de deformação,
conseguem enxergar interesses ao mesmo tempo, espargem, em suas
dominantes que contagiam os momentos
de vida e de formação dos dias de hoje.
A educação, como produto do ensino e da aprendizagem, em
conjunto com a formação moral e social do homem (Bildung),
recai sob o foco da múltipla crise de nossa época: da Escola,
EDUCAÇÃO EM insidiosas linhas e sublinhas, palavras-
conceitos prenhes de afetividade, de
Problematizam porque ir às raízes das
contradições da sociedade e da educação
pondo em julgamento as relações entre professor e aluno,
dos conhecimentos disciplinares (Ciências da Natureza e
TEMPOS PRECÁRIOS crítica, de resistência, de formação e de
indícios de tempos melhores.
Ciências humanas), quanto aos princípios que os A FORMAÇÃO ENTRE O HUMANO E O INUMANO
pode significar a construção de ensaios E tudo isso no contato ambíguo com a
fundamentam e aos métodos que os concretizam e das infância, no interior danificado da sala-
para superar as contradições. Criticam
tentativas filosóficas de síntese entre as ciências.
radicalmente e, também, muitos deles até Damião Bezerra Oliveira de-aula, no dia-a-dia do espoliado
Benedito Nunes Waldir Ferreira de Abreu cidadão, na seara da experiência
ousam propor alternativas, porque Maria dos Remédios de Brito
(Organizadores) esperançosa do educar. É a tensão entre o
julgam que o espaço-tempo educacional
humano e o inumano que permeia o
ainda constitui um instrumento em suas
campo do ensino/aprendizagem, no
mãos na perspectiva de uma sociedade
interior da sociedade tecnologizada, e,
mais justa. certamente, com prevalência e destaque
Talvez valha a pena você se para o inumano. Precariedade da
aproximar das palavras/conceitos deste educação e da sociedade em tempos
sombrios e perigosos!
livro e ler em suas entrelinhas o que
pensam esses não-quietos e persistentes Mas os conceitos/palavras expressos
educadores. na constituição destes capítulos nos
Orgs.
mostram outras coisas estimulantes.

Maria dos Remédios de Brito


Waldir Ferreira de Abreu
Damião Bezerra Oliveira
Todos os seus compositores são docentes,
Bruno Pucci a maioria, universitários, que vivem a
precariedade da educação no interior da
própria atividade e partilham da
experiência de formar jovens para os
tempos precários do capitalismo
ISBN: 978-85-909698-1-5
globalizante, que com suas seduções e
soluções busca encaminhar o humano
para o inumano mercado de consumo e de
GEPFEE
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
Grupo de Pesquisa em trabalho. E está conseguindo realizar com
Filosofia, Ética e Educação
êxito essa façanha!