UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE
SVSISFO-04 - SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS
Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 • Cidade Universitária • Butantã
CEP 05508-010 • São Paulo • SP • BRASIL • www.iee.usp.br
CNPJ: 63.025.530/0042-82 • Inscrição Estadual: isento

Folha
RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613

1 de 8

A. Laboratório Responsável: SVSISFO-04 - SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS
B. Ordem de Serviço nº: 2013637
C. Descrição do Corpo de Prova: Nº: 3-Módulo Fotovoltaico Marca: Jinko Solar Modelo: JKMS250P-60
60 células policristalino
D. Cliente: Sendi Industrial Ltda
Endereço: Rua Aparecida, n° 09-28 Vila Rodrigues,
Cep: 17020-210
Cidade/Estado: Bauru SP
E. Interessado: Sendi Industrial Ltda
Endereço: Rua Aparecida, n° 09-28 Vila Rodrigues,
Cep: 17020-210
Cidade/Estado: Bauru SP
F. Objetivo: Serviço nº: 3/1 - Pré-condicionamento Serviço nº: 3/2 - Inspeção Visual Serviço nº: 3/3 Determinação da Potência Máxima Serviço nº: 3/4 - Isolamento Elétrico
G. Norma e/ou Procedimento: Portaria INMETRO 004/2011
H. Observações:
• O Corpo de Prova foi recebido em: 13/06/2013
• Ensaio realizado no período de: 02/07/2013 a 29/07/2013
• Relatório de Ensaio em arquivo eletrônico:
- é cópia integral e fiel do original impresso e assinado que estará à disposição no IEE/USP.
• Forma de apresentação:
X

Arquivo Eletrônico de igual teor ao original impresso;

X

Impresso em 2 via(s).

• A reprodução deste documento não pode ser parcial e depende da aprovação por escrito do laboratório;
• O conteúdo e as conclusões aqui apresentadas são da exclusiva responsabilidade do(s) autor(es) e não refletem, necessariamente, as opiniões
da Universidade de São Paulo.
• Os resultados apresentados neste documento referem-se exclusivamente ao corpo de prova submetido ao(s) ensaio(s) nas condições
especificadas, não sendo extensivos a quaisquer lotes;
• O IEE-USP manterá o original deste documento arquivado por um período de cinco anos, no mínimo.
IEE-MD-007 - rev 01 - ABR/2013

Antes de imprimir, pense em sua responsabilidade e compromisso com o meio ambiente

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE
SVSISFO-04 - SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

Folha
RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613

Item

5

2 de 8

Prescrição
Pré-condicionamento

Conf.

Observação

Antes de começar os testes todos os módulos, inclusive o de
controle, devem ser expostos em circuito aberto a um nível de
2
irradiação entre 5 kWh/m2 e 5,5 kWh/m .

C

---

Legenda
C

Conforme

N/C

Não Conforme

N/A

Não Aplicável

IEE-MD-007 - rev 01 - ABR/2013

inspecione cada módulo sob uma iluminação não inferior a 1000 lux verificando as seguintes condições: C --- Superfícies externas rachadas. C C C ------- Tomar nota e/ou fotografar a natureza e a posição de qualquer trinca.1 3 de 8 Prescrição Inspeção Visual Conf. C --- Legenda C Conforme N/C Não Conforme N/A Não Aplicável IEE-MD-007 . Falha nos materiais adesivos. Observação Para detectar Eventuais defeitos visuais no módulo fotovoltaico.rev 01 . C --- Superfícies de plástico mal produzidas.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 . Terminações defeituosas ou partes elétricas expostas. bolha ou delaminação. não em linha reta ou desalinhadas. que podem piorar ou afetar negativamente o desempenho do módulo nos testes subsequentes. Células quebradas. Quaisquer outras condições que podem afetar o desempenho.ABR/2013 . C --- C C ----- Células se tocando entre si ou tocando a moldura. Interconexões com defeito ou articulações. etc.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613 Item 10. C C ----- Bolhas ou delaminações formando um caminho contínuo entre uma célula e a borda do módulo.

4 18 A Etiqueta Sindustrial Jinko Solar JKMS250P-60 15.25 250 IEE-MD-007 .ABR/2013 . Desempenho nas Condições Padrão de Teste.62 31. Tabela I Fabricante Marca Modelo Área (m²) Potência (W) Corrente Impp (A) Produção (kWh/mês) Eficiência (%) Peso (kg) Classificação Sindustrial Jinko Solar JKMS250P-60 1.4 1.rev 01 .62 250 8. nas condições padrão de teste.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613 4 de 8 Este informe apresenta a determinação da máxima potência com o resultado do ensaio realizado no módulo fotovoltaico: JKMS250P-60 O ensaio foi efetuado conforme as indicações e orientações do Regulamento Específico para Uso da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – Sistemas e Equipamentos para Energia Fotovoltaica. conforme apresentado na tabela I.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .23 31.25 15. O módulo ensaiado possui potência nominal e eficiência.

rev 01 .24Br Temp-coeff V β -0.0 °C Temperatura Módulo T 22.94 V Tensão PMP UPMP 31.0.24 V Corrente curto-circuito IK 8.txt Arquivo Versão do Programa OptoFlash 2.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613 5 de 8 Curva I x V 10 Corrente A 8 6 4 2 0 0 5 10 Operador 15 20 25 Tensão V 30 35 40 Givaldo E:\Data2.79 Data segunda-feira.00060 %/°C Temperatura Referência TREF 25.0.ABR/2013 Conforme .72 W Fator de Forma FF 0.0 °C Intensidade G 1008 W/m² Intensidade Referência GREF 1000 W/m² Tensão Circuito Aberto UO 37.12032 V/°C Temp-coeff I α 0.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 . 15 de julho de 2013 Módulo Sindustrial JKMS250P-60 60 cells poli Modelo Sindustrial JKMS250P-60 60 cells poli N° Serial 360504130307106806290003 Tolerância Potência - 1 Tolerância Potência + 1 Ok IEE-MD-007 .96 A Potência PPMP 248.30 A Corrente PMP IPMP 7.16\Optosolar\Settings\Sindustrial JKMS250P-60 60 cells poli.

item C. 01 de agosto de 2013 Tec. Givaldo dos Reis Tec. Observação C --- N/A --- C --- Máxima Tensão do Sistema: 1000 V 2 Para módulos com uma área inferior a 0.4 G Ω Área: 1.1 m a resistência isolação não deve ser inferior a 400 MΩ. de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP SVSISFO – 04 Serv.3.rev 01 .62 m 2 Valor: 32. 3075 V/ 1 minuto Resistência: 20. Conf. V/1 minuto Resistência: Ω V/2 minutos Resistência: Ω 10.1 m .3.87 GΩ.62 m 2 2 Valor: 50. André Ricardo Mocelin SVSISFO – 04 Serv.72 GΩ.4 .m 2 Conforme Não Conforme Não Aplicável São Paulo. Tadeu Osano de Oliveira SVSISFO – 04 Serv.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .2 G Ω Área: 1. Tec.m Legenda C N/C N/A 1034 V/2 minutos Resistência: 31. Tec.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613 Item 10. de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP IEE-MD-007 .Clausula 10.3 6 de 8 Prescrição RESISTÊNCIA DE ISOLAMENTO Não deve haver ruptura dielétrica ou rastreamento de superfície conforme IEC61215 .5 Área m2 Área m 2 2 Para módulos com área superior a 0.ABR/2013 . o produto entre a resistência de isolamento medida e a área do módulo não 2 deve ser inferior a 40 MΩ x m . Tec. de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP Esp.

SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613 IEE-MD-007 .rev 01 .ABR/2013 7 de 8 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .

rev 01 .ABR/2013 8 de 8 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75613 IEE-MD-007 .

530/0042-82 • Inscrição Estadual: isento Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 1 de 8 A. Norma e/ou Procedimento: Portaria INMETRO 004/2011 H. não sendo extensivos a quaisquer lotes. no mínimo. Cep: 17020-210 Cidade/Estado: Bauru SP E. • O conteúdo e as conclusões aqui apresentadas são da exclusiva responsabilidade do(s) autor(es) e não refletem.ABR/2013 Antes de imprimir. pense em sua responsabilidade e compromisso com o meio ambiente . X Impresso em 2 via(s).Pré-condicionamento Serviço nº: 4/2 . Laboratório Responsável: SVSISFO-04 . Observações: • O Corpo de Prova foi recebido em: 13/06/2013 • Ensaio realizado no período de: 02/07/2013 a 30/07/2013 • Relatório de Ensaio em arquivo eletrônico: .iee. n° 09-28 Vila Rodrigues.Isolamento Elétrico G.025. • Forma de apresentação: X Arquivo Eletrônico de igual teor ao original impresso. • Os resultados apresentados neste documento referem-se exclusivamente ao corpo de prova submetido ao(s) ensaio(s) nas condições especificadas.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS B.rev 01 . n° 09-28 Vila Rodrigues. Cep: 17020-210 Cidade/Estado: Bauru SP F. Cliente: Sendi Industrial Ltda Endereço: Rua Aparecida. Interessado: Sendi Industrial Ltda Endereço: Rua Aparecida.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 . Ordem de Serviço nº: 2013637 C. Luciano Gualberto.é cópia integral e fiel do original impresso e assinado que estará à disposição no IEE/USP.usp. • A reprodução deste documento não pode ser parcial e depende da aprovação por escrito do laboratório. Prof. Objetivo: Serviço nº: 4/1 .br CNPJ: 63.Inspeção Visual Serviço nº: 4/3 Determinação da Potência Máxima Serviço nº: 4/4 . IEE-MD-007 . Descrição do Corpo de Prova: Nº: 4-Módulo Fotovoltaico Marca: Jinko Solar Modelo JKMS300P-72 72 células policristalino D. 1289 • Cidade Universitária • Butantã CEP 05508-010 • São Paulo • SP • BRASIL • www. necessariamente. • O IEE-USP manterá o original deste documento arquivado por um período de cinco anos.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Av. as opiniões da Universidade de São Paulo.

Observação Antes de começar os testes todos os módulos. devem ser expostos em circuito aberto a um nível de 2 irradiação entre 5 kWh/m2 e 5. inclusive o de controle. C --- Legenda C Conforme N/C Não Conforme N/A Não Aplicável IEE-MD-007 .SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 Item 5 2 de 8 Prescrição Pré-condicionamento Conf.ABR/2013 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .rev 01 .5 kWh/m .

bolha ou delaminação. Quaisquer outras condições que podem afetar o desempenho. Terminações defeituosas ou partes elétricas expostas. C C ----- Bolhas ou delaminações formando um caminho contínuo entre uma célula e a borda do módulo. que podem piorar ou afetar negativamente o desempenho do módulo nos testes subsequentes.ABR/2013 . Falha nos materiais adesivos.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 . Células quebradas.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 Item 10. não em linha reta ou desalinhadas. etc. C C C ------- Tomar nota e/ou fotografar a natureza e a posição de qualquer trinca. C --- C C ----- Células se tocando entre si ou tocando a moldura.1 3 de 8 Prescrição Inspeção Visual Conf. C --- Legenda C Conforme N/C Não Conforme N/A Não Aplicável IEE-MD-007 . Observação Para detectar Eventuais defeitos visuais no módulo fotovoltaico. inspecione cada módulo sob uma iluminação não inferior a 1000 lux verificando as seguintes condições: C --- Superfícies externas rachadas. Interconexões com defeito ou articulações. C --- Superfícies de plástico mal produzidas.rev 01 .

nas condições padrão de teste.07 37. Tabela I Fabricante Marca Modelo Área (m²) Potência (W) Corrente Impp (A) Produção (kWh/mês) Eficiência (%) Peso (kg) Classificação Sindustrial Jinko Solar JKMS300P-72 1.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 4 de 8 Este informe apresenta a determinação da máxima potência com o resultado do ensaio realizado no módulo fotovoltaico: JKMS300P-72 O ensaio foi efetuado conforme as indicações e orientações do Regulamento Específico para Uso da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – Sistemas e Equipamentos para Energia Fotovoltaica.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .93 37. O módulo ensaiado possui potência nominal e eficiência. Desempenho nas Condições Padrão de Teste.50 300 IEE-MD-007 .5 26 A Etiqueta Sindustrial Jinko Solar JKMS300P-72 15. conforme apresentado na tabela I.ABR/2013 .rev 01 .50 15.93 300 8.5 1.

0 °C Temperatura Módulo T 22.54 V Tensão PMP UPMP 37.79 Data segunda-feira.24Br Temp-coeff V β -0.0.21 A Corrente PMP IPMP 7.0. 15 de julho de 2013 Módulo Sindustrial JKMS300P-72 72 cells poli Modelo Sindustrial JKMS300P-72 72 cells poli N° Serial 360304130307106806310001 Tolerância Potência - 1 Tolerância Potência + 1 Ok IEE-MD-007 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .19 W Fator de Forma FF 0.16\Optosolar\Settings\Sindustrial JKMS300P-72 72 cells poli.ABR/2013 Conforme .87 A Potência PPMP 296.8 °C Intensidade G 1019 W/m² Intensidade Referência GREF 1000 W/m² Tensão Circuito Aberto UO 45.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 5 de 8 Curva I x V 10 Corrente A 8 6 4 2 0 0 5 10 15 Operador 20 25 Tensão V 30 35 40 45 50 Givaldo E:\Data2.txt Arquivo Versão do Programa OptoFlash 2.64 V Corrente curto-circuito IK 8.rev 01 .14528 V/°C Temp-coeff I α 0.00060 %/°C Temperatura Referência TREF 25.

01 de agosto de 2013 Tec.61 G Ω Área: 1.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 Item 10.ABR/2013 . 3075 V/ 1 minuto Resistência: 1. Tec. Tec. André Ricardo Mocelin SVSISFO – 04 Serv.99 GΩ.3.04 GΩ.55 G Ω Área: 1.m 2 Conforme Não Conforme Não Aplicável São Paulo.Clausula 10. Tec.93 m 2 Valor: 2. Givaldo dos Reis Tec.4 .item C. o produto entre a resistência de isolamento medida e a área do módulo não 2 deve ser inferior a 40 MΩ x m .3 6 de 8 Prescrição RESISTÊNCIA DE ISOLAMENTO Não deve haver ruptura dielétrica ou rastreamento de superfície conforme IEC61215 .5 Área m2 Área m 2 2 Para módulos com área superior a 0. Conf.1 m .rev 01 . de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP IEE-MD-007 . Tadeu Osano de Oliveira SVSISFO – 04 Serv. V/1 minuto Resistência: Ω V/2 minutos Resistência: Ω 10.93 m 2 2 Valor: 5. de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP Esp.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .3. Observação C --- N/A --- C --- Máxima Tensão do Sistema: 1000 V 2 Para módulos com uma área inferior a 0. de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP SVSISFO – 04 Serv.m Legenda C N/C N/A 1034 V/2 minutos Resistência: 2.1 m a resistência isolação não deve ser inferior a 400 MΩ.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 IEE-MD-007 .ABR/2013 7 de 8 .rev 01 .

ABR/2013 8 de 8 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .rev 01 .SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75614 IEE-MD-007 .

Cep: 17020-210 Cidade/Estado: Bauru SP F. pense em sua responsabilidade e compromisso com o meio ambiente . • Forma de apresentação: X Arquivo Eletrônico de igual teor ao original impresso. as opiniões da Universidade de São Paulo.br CNPJ: 63.iee. • O IEE-USP manterá o original deste documento arquivado por um período de cinco anos. • O conteúdo e as conclusões aqui apresentadas são da exclusiva responsabilidade do(s) autor(es) e não refletem.025. Descrição do Corpo de Prova: Nº: 5-Módulo Fotovoltaico Marca: Jinko Solar Modelo: JKMS250M-60 60 células monocristalino D.Inspeção Visual Serviço nº: 5/3 Determinação da Potência Máxima Serviço nº: 5/4 . Cep: 17020-210 Cidade/Estado: Bauru SP E. Interessado: Sendi Industrial Ltda Endereço: Rua Aparecida. • Os resultados apresentados neste documento referem-se exclusivamente ao corpo de prova submetido ao(s) ensaio(s) nas condições especificadas. Ordem de Serviço nº: 2013637 C.Pré-condicionamento Serviço nº: 5/2 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 . não sendo extensivos a quaisquer lotes. Observações: • O Corpo de Prova foi recebido em: 13/06/2013 • Ensaio realizado no período de: 02/07/2013 a 30/07/2013 • Relatório de Ensaio em arquivo eletrônico: .Isolamento Elétrico G.ABR/2013 Antes de imprimir. n° 09-28 Vila Rodrigues.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Av. no mínimo. Norma e/ou Procedimento: Portaria INMETRO 004/2011 H. Objetivo: Serviço nº: 5/1 . IEE-MD-007 . necessariamente.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS B.usp. n° 09-28 Vila Rodrigues. Prof. 1289 • Cidade Universitária • Butantã CEP 05508-010 • São Paulo • SP • BRASIL • www. Laboratório Responsável: SVSISFO-04 .rev 01 . X Impresso em 2 via(s).530/0042-82 • Inscrição Estadual: isento Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 1 de 8 A. • A reprodução deste documento não pode ser parcial e depende da aprovação por escrito do laboratório. Luciano Gualberto. Cliente: Sendi Industrial Ltda Endereço: Rua Aparecida.é cópia integral e fiel do original impresso e assinado que estará à disposição no IEE/USP.

devem ser expostos em circuito aberto a um nível de 2 irradiação entre 5 kWh/m2 e 5. inclusive o de controle. Observação Antes de começar os testes todos os módulos.rev 01 .5 kWh/m .ABR/2013 .SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 Item 5 2 de 8 Prescrição Pré-condicionamento Conf.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 . C --- Legenda C Conforme N/C Não Conforme N/A Não Aplicável IEE-MD-007 .

etc. Células quebradas. bolha ou delaminação.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .rev 01 . Quaisquer outras condições que podem afetar o desempenho. Interconexões com defeito ou articulações. Falha nos materiais adesivos. não em linha reta ou desalinhadas. que podem piorar ou afetar negativamente o desempenho do módulo nos testes subsequentes. Terminações defeituosas ou partes elétricas expostas. C C ----- Bolhas ou delaminações formando um caminho contínuo entre uma célula e a borda do módulo. C --- Legenda C Conforme N/C Não Conforme N/A Não Aplicável IEE-MD-007 . Observação Para detectar Eventuais defeitos visuais no módulo fotovoltaico.1 3 de 8 Prescrição Inspeção Visual Conf. C --- C C ----- Células se tocando entre si ou tocando a moldura.ABR/2013 . C --- Superfícies de plástico mal produzidas. C C C ------- Tomar nota e/ou fotografar a natureza e a posição de qualquer trinca.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 Item 10. inspecione cada módulo sob uma iluminação não inferior a 1000 lux verificando as seguintes condições: C --- Superfícies externas rachadas.

conforme apresentado na tabela I. Tabela I Fabricante Marca Modelo Área (m²) Potência (W) Corrente Impp (A) Produção (kWh/mês) Eficiência (%) Peso (kg) Classificação Sindustrial Jinko Solar JKMS250M-60 1.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .25 250 IEE-MD-007 .62 31.ABR/2013 .4 1.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 4 de 8 Este informe apresenta a determinação da máxima potência com o resultado do ensaio realizado no módulo fotovoltaico: JKMS250M-60 O ensaio foi efetuado conforme as indicações e orientações do Regulamento Específico para Uso da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – Sistemas e Equipamentos para Energia Fotovoltaica.17 31. nas condições padrão de teste.62 250 8.rev 01 . Desempenho nas Condições Padrão de Teste. O módulo ensaiado possui potência nominal e eficiência.25 15.4 18 A Etiqueta Sindustrial Jinko Solar JKMS250M-60 15.

11280 V/°C Temp-coeff I α 0.ABR/2013 Conforme .2 °C Intensidade G 983 W/m² Intensidade Referência GREF 1000 W/m² Tensão Circuito Aberto UO 37.00050 %/°C Temperatura Referência TREF 25. 15 de julho de 2013 Módulo Sindustrial JKMS250M-60 60 cells mono Modelo Sindustrial JKMS250M-60 60 cells mono N° Serial 350504130307106806300002 Tolerância Potência - 1 Tolerância Potência + 1 Ok IEE-MD-007 .24Br Temp-coeff V β -0.rev 01 .78 Data segunda-feira.82 A Potência PPMP 240.0.53 V Tensão PMP UPMP 30.txt Arquivo Versão do Programa OptoFlash 2.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 5 de 8 Curva I x V 10 Corrente A 8 6 4 2 0 0 5 10 Operador 15 20 25 Tensão V 30 35 40 Givaldo E:\Data2.16\Optosolar\Settings\Sindustrial JKMS250M-60 60 cells mono.0 °C Temperatura Módulo T 22.81 V Corrente curto-circuito IK 8.94 W Fator de Forma FF 0.0.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .26 A Corrente PMP IPMP 7.

ABR/2013 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 . Conf.item C. Tadeu Osano de Oliveira SVSISFO – 04 Serv. 01 de agosto de 2013 Tec.62 m 2 Valor: 16.m Legenda C N/C N/A 1034 V/2 minutos Resistência: 16. V/1 minuto Resistência: Ω V/2 minutos Resistência: Ω 10. o produto entre a resistência de isolamento medida e a área do módulo não 2 deve ser inferior a 40 MΩ x m .m 2 Conforme Não Conforme Não Aplicável São Paulo. André Ricardo Mocelin SVSISFO – 04 Serv.3.rev 01 .17 GΩ.62 m 2 2 Valor: 27. Tec.5 Área m2 Área m 2 2 Para módulos com área superior a 0.3 6 de 8 Prescrição RESISTÊNCIA DE ISOLAMENTO Não deve haver ruptura dielétrica ou rastreamento de superfície conforme IEC61215 .1 m a resistência isolação não deve ser inferior a 400 MΩ. Tec.Clausula 10.1 m . de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP Esp.98 G Ω Área: 1. de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP SVSISFO – 04 Serv. 3075 V/ 1 minuto Resistência: 9.4 . Observação C --- N/A --- C --- Máxima Tensão do Sistema: 1000 V 2 Para módulos com uma área inferior a 0. Tec.8 G Ω Área: 1.3.22 GΩ. de Sistemas Fotovoltaicos IEE – USP IEE-MD-007 . Givaldo dos Reis Tec.SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 Item 10.

ABR/2013 7 de 8 .SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 IEE-MD-007 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .rev 01 .

SERVIÇO TÉCNICO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Folha RELATÓRIO DE ENSAIO Nº 75615 IEE-MD-007 .UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE DE ENERGIA E AMBIENTE SVSISFO-04 .rev 01 .ABR/2013 8 de 8 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful