Você está na página 1de 2

CONJUNES CONJUNES

Leia o poema abaixo para responder s Leia o poema abaixo para responder s
questes de 1 a 4. questes de 1 a 4.

Ciranda ao redor do mundo Ciranda ao redor do mundo


Se todas as moas do mundo Se todas as moas do mundo
Quisessem se dar Quisessem se dar
A mo ao redor do mar A mo ao redor do mar
Poderiam danar uma ciranda Poderiam danar uma ciranda

Se todos os rapazes do mundo Se todos os rapazes do mundo


Quisessem ser marinheiros Quisessem ser marinheiros
Sairiam em barcos ligeiros Sairiam em barcos ligeiros
Pelo mar profundo Pelo mar profundo
Saltando de onda em onda... Saltando de onda em onda...

Poderiam ento Poderiam ento


Fazer uma ciranda Fazer uma ciranda
Ao redor do mundo Ao redor do mundo
Se toda gente do mundo Se toda gente do mundo
Quisesse se dar a mo... Quisesse se dar a mo...

(Paul Fort. In: Obras-primas da poesia universal. (Paul Fort. In: Obras-primas da poesia universal.
Trad. Raymundo Magalhes Trad. Raymundo Magalhes
ATIVIDADE

1. Na 1 e 2 estrofes do poema, a conjuno se inicia o 1 verso.

a) Essa conjuno coordenativa ou subordinativa?


b) Que ideia ela expressa?

2. Essa conjuno expressa uma ideia necessria para que se realize ou deixe de se realizar a ao
expressa na orao principal.

a) Qual a ao que pode se realizar ou no na 1 estrofe?

b) E na 2?

3. A ideia de condio retomada na ltima estrofe do poema.

Qual a condio para que a ao de fazer uma ciranda ao redor do mundo ocorra?

4. No plano da realidade:

a) possvel que todas as moas do mundo queiram se dar as mos, ou que todos os rapazes do
mundo queiram ser marinheiros?

b) possvel que toda gente do mundo queira se dar a mo?

c) Ao empregar a conjuno se, o eu lrico expressa um desejo realizvel ou uma hiptese?

1.
a) A conjuno subordinativa.
b) Uma ideia de condio.

2.
a) Danar uma ciranda.
b) Sair em barcos, saltando de onda em onda.

3. Que toda gente do mundo queira se dar a mo.

4.
a) improvvel, mas possvel.
b) improvvel, mas possvel.
c) uma hiptese